Você está na página 1de 49

V I

D A
Créditos
AUTOR
Luiz Henrique Salvati

IMAGENS
Matheus Moraes

EDITORA
Saraiva
Apresentação
Prazer!

Chamo-me Luiz Henrique Salvati, tenho 23 anos, ariano com ascendente em sagitário,
turismólogo, apreciador de bons drinks, gordo e homossexual.

Neste livro vocês vão encontrar textos que retratam a vida e cada passagem, sentimento,
do ser humano. Através de palavras tentar mostrar que ninguém é melhor que ninguém,
algumas pessoas poderão dizer que, esse livro, é um grande desabafo.

De certa forma!

Boa leitura!
Mas por quê?
No ano de 2016 iniciei um novo ciclo na minha vida, com o fim da faculdade, começo
de uma vida mais adulta com responsabilidades, decidi escrever um livro, no qual, por
meio da minha história, trago mensagens para as pessoas. Posso dizer que foi um
sucesso.

Logo após escrevi meu segundo livro e diferente do primeiro, escrevi como é a vida de
um universitário e buscar mostrar para as pessoas que nós não apenas estudamos.
Mas o porquê desse terceiro, e último, livro?

Quando eu pensei em escrever, consegui observar que o ciclo de uma vida é divida em 3
partes. A primeira é o nascer e os primeiros acontecimentos, a segunda etapa consiste no
amadurecimento e a terceira e última é quando observamos que a vida é apenas a vida e,
apesar de momentos, um dia ela chega ao fim.

Foi dessa forma que imaginei minhas obras. O nascimento, o amadurecimento e então
plenitude.

Através de textos sobre diversos assuntos, e também sentimentos, levo você comigo
para dar um passeio pela vida e analisar o que somos, através dos nossos sentimentos e
momentos.

A VIDA É FEITA DE MOMENTOS, ENJOY!


Realização
Confesso que quando escrevi o titulo desse texto pensei em mudá-lo algumas vezes,
talvez para satisfação, mas também pensei se esse texto ia ter sentido no livro como um
todo. A real é o foda-se!

A verdade é: preciso deixar aqui minhas anotações sobre o quanto estou me sentindo
feliz, alegre, e vivo por tudo na minha vida estar tomando um rumo. Estou formado
naquilo que sempre sonhei em fazer, tenho muitos trabalhos e 3 livros publicados, como
eu poderia estar menos satisfeito e realizado com tudo isso?!.

As vezes paro pra pensar em tudo o que aconteceu na minha vida até o momento,
lembro da vontade de ter um blog mas não saber fazer um, lembro da vontade de trazer
alegria e diversão as pessoas através de um vídeo, mesmo sendo tímido, mesmo sem
saber nada sobre edição, mesmo tendo que espremer o cérebro pra conseguir um tema
bacana.

Como posso não me sentir realizado? Obrigado.


Luiz by Jéssica A.
(BFF)

Falar sobre o Luiz é falar sobre luz, sobre ser quem realmente é, sem medos, sem
amarras, é falar sobre espontaneidade e sobre sinceridade.

Nos últimos quatro anos tive o privilegio de conviver diariamente com essa pessoa que
é só amor e alegria. Nossa afinidade vai muito além da escolha de uma profissão em
comum, é sobre músicas excêntricas, é sobre séries, é sobre historias que escrevemos
juntos.

Ter o Luiz em sua vida é sinônimo de mais leveza, mais gargalhadas, mais exageros,
mas acima de tudo é sinônimo de ter alguém para confiar sempre.
Faça seu
caminho, siga
seu destino e
seja feliz!
Meu tempo
Sou do tempo que aniversariantes levavam ovadas, o pão francês custa 10 centavos, o
“peraí mãe” era pra não sair da rua, crianças tinham tamagoshi, kinder ovo era 1 real,
criança colecionava tazoo, batia figurinha, brincava de policia e ladrão quando faltava
luz, pulava amarelinha e elástico, jogava bets, tocava campainha e saia correndo, não
importava se meu amiguinho era preto, branco, pobre ou rico.

Eu cresci comendo o que meus pais podiam colocar na mesa, sempre respeitei as
pessoas, tive e tenho TV com 7 canais, fazia juramento a bandeira na escola e bebia
água da mangueira, andava descalço, ajudava minha mãe nas tarefas de casa, tinha
horário pra dormir, quando tirava notas boas na escola não ganhava presentes, notas
baixas eram castigo, apanhava quando aprontava.

Você também se identificou?

(Autor desconhecido)
Ensinamentos
A vida nos ensina muitas coisas, quando eu era criança/adolescente, sempre tive tudo
muito na mão, e aos 16 anos ocorreu uma grande reviravolta e precisei me tornar adulto
da noite pro dia.

Duvidava de quando falavam que idade não era velhice e sim anos de experiência.

Hoje com apenas 23 anos de idade eu acredito e afirmo essa frase. A vida trás muitos
ensinamentos!

Ela nos ensina a sermos pessoas fortes, corajosas, batalhadoras, seguras. Nos dá
opiniões e vontade de vencer. Se aproveitadas da forma certa, teremos um paraíso de
muita paz e amor, mas a ganância nos tornou pessoas que, quanto mais temos, mais
queremos.

Se a gente tem opinião, quebramos amizades.


Se a gente é pessoa forte, passamos por pessoas más e sem coração.

Os anos passam, as experiências ficam, e hoje consigo enxergar para a frente sem ter
medo do futuro que me aguarda, sem ter medo da vida que está sendo trilhada para
meus pés caminharem pela longa estrada.
Vício
Hábito repetitivo que degenera ou causa algum prejuízo ao viciado e aos que com ele
convivem.

Todos têm vícios! Seja por algo lícito ou ilícito, por sentimentos ou por alguém.
Costumo falar pra mim mesmo que eu possuo alguns vícios, dentre os quais, a saudade,
a tristeza, a felicidade e o sentimento, são os maiores seguidores dos meus rastros.

Não é ruim ser um viciado, quando esse vício é um sentimento puro e verdadeiro, ou
quando é para uma pessoa. Pois a partir desse momento começamos a exalar um
sentimento de amor e carinho por nós e pelos outros.

De acordo com a definição citada no inicio desse texto, vício é um hábito, pode ser o
hábito de amar alguém, sentir saudades da pessoa amada, e isso vai trazer prejuízos a
você, o prejuízo da tristeza, da inquietude, e também aos que convivem com você, pois
essa pessoa vai ter o mesmo sentimento/prejuízo.
Luiz by Ana L.
(BFF)

Minha primeira impressão do Luiz Henrique foi totalmente o oposto do que ele é, de um
visão tímida e conservadora dos tempos de ensino médio, para quando o conheci
realmente, na época de cursinho pré-vestibular eu soube como ele é, sendo um cara
cheio de vida, que tem carisma pra dar e vender, e cheio de atitude em relação à
alcançar seus objetivos de vida. Isso me deixa muito orgulhosa dele, ao mesmo tempo
em que ele aproveita a vida intensamente, ele usufrui em adquirir e acrescentar seu
conhecimento no cotidiano de maneira proveitosa com diversas experiências. Agora
prestes a se formar, o menino que ria copiosamente nas aulas de biologia vegetal no
cursinho, vai rir e chorar por estar se formando, fazendo inclusive, aquilo que sempre
sonhou.

Luiz é muito especial para mim, é uma das poucas e boas pessoas que preservei a
amizade de longa data, que mesmo morando longe e cada um vivendo a sua vida
corrida, consegue tirar um tempo pra contar as novidades e pedir como esta; enfim,
quero dizer que adoro seu jeito brincalhão, bem humorado e querido de ser, que
continue assim com o passar dos anos, para que possamos falar muita besteira juntos
ainda, seja aonde for! Te admiro muito, e quando digo que é especial é do fundo do
coração ok.
Beijos
Hipocrisia
Assim deveria ser a nomenclatura dada a uma sociedade, algo hipócrita, pessoas
hipócritas, falsas e sem caráter.

A sociedade sempre dita regras:


- você tem um nome a zelar;
- você não pode se assumir porque vai nos envergonhar;
- como vou sair por ai e as pessoas me olhando porque você traiu seu noivx;
- a culpa foi sua, ninguém mandou usar minissaia.

QUE?

Reflitam sobre isso e depois venham me falar se o hipócrita, falso e sem coração sou eu,
OU SÃO VOCÊS!
Máscara
(Pitty)

Diga quem você é, me diga


Me fale sobre a sua estrada
Me conte sobre a sua vida

Tira a máscara que cobre o seu rosto


Se mostre e eu descubro se eu gosto
Do seu verdadeiro jeito de ser

Ninguém merece ser só mais um bonitinho


Nem transparecer consciente inconsequente
Sem se preocupar em ser adulto ou criança

O importante é ser você


Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja

Meu cabelo não é igual


A sua roupa não é igual
Ao meu tamanho não é igual
Ao seu caráter não é igual
Não é igual, não é igual
Não é igual
Gente feliz
não enche o
saco!
Politicamente correto
Pisar em ovos.

Esse é o modo de viver em um mundo que tornou-se politicamente correto, no qual


devemos ter muito cuidado com o que falamos, pois qualquer palavra, até um simples
sim ou não, podem ser motivos de preconceito, processo e deselegância por parte da
sociedade.

Assuntos como sexo é um total tabu, e pensar que anos atrás os homens viviam em
bordéis e mulheres faziam sexo anal para poderem casar virgens. Tatuagem, cabelo com
um corte ou cor diferente, falar palavrão, te torna um bandido, ou pior, uma pessoa sem
caráter.

Voltamos a mencionar que está cada vez mais difícil viver com pensamentos e ideias
diferentes, pois se você pensa algo e outra pessoa discorda, já é motivo para te chamar
de preconceito, ou as vezes, as pessoas estão apenas fazendo brincadeiras e tudo é
levado para o lado sério.

Não somos responsáveis pelo que você entende, somos responsáveis pelo que
falamos!

Acredito que as pessoas precisam parar de tentar ser politicamente corretas e colocar
mais cor na vida.
Palavras
Entender que o mundo não gira em torno de nós é uma atividade muito complexa para a
maioria das pessoas.

Ao todo, somos bilhões de pessoas no planeta, que cordialmente nomeamos de Terra!


Isso significa muitas ideias, muitos pensamentos e muitas opiniões.

Para alguns momentos, REFLETIR antes de falar é o mais certo a se fazer, discutir por
assuntos indiscutíveis. Cada ser humano tem seu ponto de vista sobre o assunto, e
opiniões divergem.

O que é de agrado de uma pessoa, muitas vezes, pode ser do desagrado de outras.

Palavras magoam e ferem. Ferem um sentimento, uma mente, um coração.


Amizade
Cara, nesse momento vocês devem me achar a pessoa mais chata do mundo, já estou no
terceiro e último livro e ainda falando sobre esse assunto: AMIZADE!!!

Podemos passar a maior parte de nossas vidas ao lado de pessoas que mudaram todo
nosso destino. Sempre irei tratar desse assunto com muito amor e delicadeza, pois é
algo complicado, mas ao mesmo tempo simples, algo frágil, mas ao mesmo tempo, mais
forte que um diamante.

É muito bom saber que podemos confiar, estar sempre junto, de pessoas que nos
enchem de alegria e satisfação, poder contar com um ‘estranho’, que mal conhecemos e
já amamos.

Ao longo desse livro, vocês vão poder conferir alguns textos de amigxs, sobre o que
eles tem pra falar sobre mim, e cada vez que leio essas anotações eu fico emocionado
em saber que vocês moram no meu coração, muito obrigado, AMO VOCÊS.
Amor
EU ACREDITO!

Às vezes é difícil conseguir juntar as peças de dois corações e uni-los em um só.

Às vezes é difícil reconstruir aquilo que já encontra-se despedaçado.

Às vezes só é preciso encarar o desconhecido sem medo de ser feliz, sem medo se que
está indo rápido demais.

Eu acredito que quando estamos apaixonados e o amor é recíproco, não precisamos ir


com calma, vai na intensidade que deseja, não perca tempo para besteiras do dia-a-dia e
fala em alto e bom som: EU TE AMO!

Existem coisas que não precisam ser explicadas e o amor é uma delas, pois não a nada
melhor que receber aquela mensagem, estar na companhia da pessoa amada.

Se precisar chore, deem gargalhadas, beijos, abraços, mas além disso, se deem a mão e
encarem a caminhada juntos.
Acredite, o
tempo é a
solução para
todos os seus
problemas.
Ele é de áries
Está preparada para viajar de carona até o Paraguai? Comer escorpião frito? Se você
respondeu não a todas essas perguntas, esquece o rapaz de áries ele não é pra você. Ele
é aventureiro, está sempre afim de se jogar e experimentar as possibilidades que o
mundo tem a oferecer. Sua alma é livre que quando criança ele desejava ter o poder de
derreter o portão de casa, assim poderia fugir para rua e jogar futebol até o fim da noite.
Depois que cresceu entendeu que os portões e as grades as vezes são necessários, mas
vira e mexe rouba as chaves ou pula os muros para correr os riscos que o mundo tem a
oferecer.

Ama ser o centro das atenções, a curiosidade abriu portas que o deixaram sempre
preparado para o que fazer e dizer, cativa a todos quando começa falar, anda cheio de
boas histórias e conhece de tudo. Fluente na língua da malandragem, improviso e de vez
em quando dá até pra se levar a sério.

Espontâneo, não se surpreenda se ele no estilo barbudinho com cara de hipster te


convidar para um show do Thiaguinho, ou uma sexta aparecer com a ideia de ir acampar
em Campos do Jordão, o ambiente diferente lhe desperta sensações boas demais.

Ele é teimoso. Muito. Demais. Começar uma briga com ele é fácil, difícil é ter paciência
pra termina-lá. Recomendo, quando os ânimos se exaltarem não perca tempo e o
convide para o novo barzinho. Certeza que ele aceita e deixa a discussão para lá.
Personalidade forte, agitado e encontra equilíbrio em meio ao caos, o que faz ficar ao
seu lado um pouco difícil, precisa de paciência, disposição, entrega, porque afastar-se
parece impossível.

Pois aí precisa desapegar, desapaixonar, apagar uma luz em você que talvez só ele
acenda. Então mesmo com toda dificuldade fique, insista um pouco mais que ele sempre
retribui. Marrento só na postura e carente no coração.
Comentários
“uhulll! seus leitores te amam!”.

“adorei os videos!
eu estava trabalhando a bordo!”.

“Uhuuul que legal, adorei a serie!!!!!”

“Luiz, primeiramente parabéns pelos videos... Gostei bastante e percebi que deu
bastante trabalho pra fazer... Parabéns pela iniciativa e orientações...”

“OMG OMG OMG VC TAVA DO LADO DA MINHA SUÍTE :O EU ERA O 14005


OMG NÃO ACREDITO OMG OMG”
Doses de remédios
Minha vida começa com VÁRIAS doses diárias de remédios:

Uma dose de sono ao tocar o despertador e não querer sair da cama quentinha e
confortável para enfrentar um dia cinza e frio lá fora;
Uma dose de felicidade por mais um dia vivido e até porque ser feliz é a coisa mais
linda e importante do mundo;
Uma dose de liberar energias positivas em possuir uma vida iluminada e radiante;
Uma dose de amor pela vida, por tudo, por todos e por você;
Uma dose de sabedoria em cada minuto de aprendizado e a cada laço passado no dia-a-
dia;
Uma dose de cansaço, mas ao mesmo tempo uma dose de realização pessoal e
profissional; e por fim os últimos remédios;
Uma dose de gratidão por tudo que vivi, vivo e vou viver;
E uma dose de sermos nós mesmos, quem somos, e melhor de tudo, sem medo de ser
feliz.
Luiz by Amanda
(BFF, confidente, irmã, porto seguro)

COR, VIDA, AMOR e ALEGRIA essas poucas palavras, porém de significado muito
forte definem o Luiz Henrique. Nossos momentos juntos estão marcados por essas
palavras. O Luiz é assim, pra ele a vida tem que ser colorida, como o cabelo dele que,
em um ano, pintou com mais de cinco tonalidades diferentes.

Nos conhecemos a cerca de quatro anos, mas temos histórias para uma vida inteira.
Talvez eu não tivesse rido tanto nestes quatro anos, e com certeza aprontaria menos se
ele não fizesse parte da minha vida, mas não teria a menor graça!

Em uma das nossas viagens em um transatlântico encontrei com o Luiz, em um corredor


na madrugada, ambos acompanhados após a balada já ter acabado, na mesma hora um
perguntou para o outro o que estava fazendo, não precisamos responder só rimos juntos,
sabíamos 'bem' o que o outro estava fazendo.

Para nós dois não basta estar no mundo, nós precisamos viver intensamente, por isso
somos e continuaremos bons amigos.

TODOS DEVERIAM SER UM POUCO MAIS COMO O LUIZ, A VIDA SERIA


MAIS DIVERTIDA!

Agradeço do fundo do meu coração todo o companheirismo, por sempre estar presente
em todos os momentos importantes, espero retribuir sempre. Desejo sinceramente que
sejamos amigos enquanto vivermos e além!
Com todo amor do mundo,

Amanda.
Não!
Consequentemente, em alguns momentos que passam em nossas vidas nos perguntamos
o porquê dela ser tão injusta a ponto de fazer certas coisas com nós.

Uma resposta que sempre teremos em mente é o NÃO, pois ele nós já temos. Agora já
está na hora de tomar atitude e correr atrás dos nossos sins!

Alguns de nós levamos NÃOS todos os dias, seja porque levou um pé na bunda do
namorado; foi demitido, ou muitas vezes nem aceito em um novo emprego; outras vezes
levamos NÃO de pessoas que nos criticam sem ao menos saber quem somos.

A vida pode ser um grande e exuberante NÃO!

Mas os sins acontecem, e quando acontecem esquecemos todos os NÃOS levados e


aproveitamos cada minuto de um sim ganhado.
Odeio
gente
chata.
Sai do armário querida
Qual a necessidade das pessoas acharem que serão verdadeiras com todo mundo,
inclusive com elas, achando que se escondendo de tudo e de todos e não sendo quem
realmente são?

A grande maioria tem medo do que os outros irão pensar, mas e se os outros forem ao
teu lado e te ajudarem, que tal se os outros ficarem mais próximos de você por estar
sendo verdadeiro?

Para que está feio! Apenas seja você, gay, lésbica, bi, pan, hétero, ou o que for, tudo
vai ter mais graça e a vida não vai se tornar um fardo por você se esconder sempre de
tudo e de todos.
Século XXI
Vocês não acham um saco estarmos em pleno século XXI e ainda existirem pessoas
com mentalidade, ações, opiniões e cabeça como se fosse no século passado?!

EU ACHO!

Podem me criticar em certos assuntos, mas eu não consigo entender como ainda podem
existir pessoas com preconceito racial, sexual, etc. Precisamos ser pessoas evoluídas,
deixar diferenças e pensamentos do passado, no passado.

Muitas coisas ruins acontecem no mundo todos os dias, mas tudo seria resolvido se a
mentalidade de preconceitos fosse deixada de lado.

Vou dar um exemplo: receber imigrantes no país, falar para uma mulher que foi por
conta da saia curta que ela foi estuprada, colocar a culpa no homossexual que morreu
por escolher amar uma pessoa, ou que mulher não pode transar no primeiro encontro.

Apenas seje menas.

(Sim o erro foi proposital, garanto que algumas pessoas leriam esse texto e falariam que
escrevo errado, ninguém é perfeito, erros de português podem acontecer e se reclamar
paga um serviço editorial pra mim, assim o livro passa por revisão, gramatização e
ainda 100 exemplares impressos).
Momentos de felicidade
A felicidade:

Do samba no pé;
Do barzinho com os amigos;
Do amor estampado na cara e nos olhos;
De ver o sol nascer ou se pôr;
Da lareira no inverno;
Do aroma do café;

A felicidade:

Em fazer o que ama;


De deitar no chão e ver estrelas;
Do sexo;
Do tesão;
Porque não?

A felicidade:

Em deitar na cama;
De ser grato pelo que tens;
De caminhar descalço na terra, na areia, no barro.

A felicidade:

De ser feliz!
Sonhos
Nada é tão nosso quanto os nossos sonhos!

Eu por exemplo, tive vários, e sempre achei que eles nunca iriam se realizar por vários
motivos, seja por ser algo muito longe do alcance, ir no meet and greet da Selena, algo
que custe caro, fazer um grande tour pela Indochina, ou outros motivos.

Mas nunca devemos esquecer-nos desses sonhos que nos alimentam, ao mesmo tempo
que possuímos objetivos, um tanto quanto inatingíveis, também possuímos sonhos bem
fáceis de acontecer, por exemplo, o quanto você desejou determinada comida, ou ir em
tal festa, e comeu, e foi? Isso não deixa de ser um desejo/sonho que quer realizar.

Temos o costume de pensar que a vida as vezes acaba rodando e rodando e nunca vai
chegar nossa vez de realizar os nossos objetivos, mas quem diria, eu realizei vários e
você também com certeza já realizou muitos sonhos.

Sonhar é acreditar e acreditar é sempre ter esperança de que coisas boas ainda
acontecem em um mundo de maldade.
Não são apenas animais
- Oi pessoal, eu sou o Baltazar, e eu sou o Fofão!

Muitas vezes me pergunto o porquê que nossos queridos parceiros de vida não falam
conosco. Queria saber o que eles pensam, o que eles falam, pois quando eles vem até
nós é só amor.

Hoje recebi uma ligação da minha mãe: - “fiquei boba quando cheguei em casa e vi o
Baltazar ajudar o Fofo a se esconder da chuva, ele puxou o tapete e ficou segurando
com a boca protegendo os dois. Fiquei boba!”

Um foi adotado quando tinha 4 anos, hoje com 18, já não está sendo fácil, a idade
chega para todos, inclusive aos nossos animaizinhos. Ver ele cansado de apenas
caminhar 10 metros, sentir dores por apenas pular no sofá e saber que não podemos
fazer nada, apenas dar todo nosso amor e carinho.

O outro foi comprado assim que nasceu, possui apenas 1 ano de vida e esbanja amor,
carinho e proteção. Parece e é um bebê.

Um não consegue viver sem o outro!

É triste ver cenas de abandono ou de espancamento, como pode existir pessoas desse
nível.

Não sei viver sem meus filhos, e não sei o que seria de mim sem eles. Queria poder
conversar e dizer quantas coisas passamos juntos, e o quanto eu sou muito grato em ter
eles em minha vida, alegrando, divertindo, e tirando sorrisos de todas as pessoas e de
todas as idades.

UM OI JÁ BASTAVA!
Reality show
A vida é um grande reality show, e nós, seres humanos, somos meros participantes e
também à audiência. Penso que às vezes as nossas vidas mesclam-se com a história de
muitos filmes, séries e personagens.

Por exemplo, o filme ‘Jogos vorazes’, a protagonista durante toda a série de filmes corre
a luta pelos direitos do seu povo e luta contra o governo imposto a eles. Isso não
aparenta um pouco com nossa realidade? Lutamos diariamente contra nossos
governantes, lutamos contra o preconceito e outros problemas.

Outro exemplo, a série ‘Lost’, onde os personagens estão perdidos em uma ilha dada
como deserta. Já pensou que esse “perdido” nós também estamos? Quem estava perdido
quando saiu da faculdade e foi em busca do primeiro emprego? Ou quem de nós estava
perdido por não ser correspondido no amor, ou por ter trocado de escola e não estarmos
com nossas amizades?

Ou as personagens Blair e Serena (Gossip Girl), quando passamos por um spa day,
vamos as lojas e compramos aquela roupa bafo, e finalmente quando chega o fim de
semana, passamos o dia nos arrumando, ficamos maravilhosos, e então vamos pra
balada e nos sentimos arrasadores.

A vida é uma mera cena com INICIO, MEIO e FIM.


Eles e eu
 Ela estande a roupa molhada na sacada;
2. Ele tem uma caricatura da Madonna com David Bowie e toca violão toda noite;
 Eu escuto todos os passos correndo de um lado para o outro;
 Eles fazem festa praticamente todos os dias, algumas temáticas, outras não;
 Ela varre a frente de casa todos os dias;
6. Elas chegam de madrugada em casa, pois estavam na balada;
 E eu vivo na janela pensando na vida.

Esses são meus vizinhos!


Grindr
Growlr
Hornet
Tinder.
Medo
Todos os seres humanos possuem medo, medo do incerto, medo do inseguro, medo de
se arriscar na vida, medo de animais, medo de pessoas.

Um medo que me consome até hoje é o medo do escuro, pode me achar e me chamar de
criança, mas eu estou nem aí. Muitas vezes na minha vida dei minha cara a tapa,
enfrentei meus medos e por mais que pensamos, meu deus mas você já tem 23 anos e
ainda tem medo do escuro.

Não sou psicólogo nem psiquiatra pra tratar sobre o assunto, mas eu tenho medo e não
deixo ele se apropriar de mim, já venci medo de altura, ou quase, já venci o medo de me
arriscar em viagens distantes, sozinho. O meu medo ele é menor que minha vontade de
viver, de conhecer a vida e o mundo, conhecer pessoas, algumas pessoas confundem
medo por ser uma pessoa ingênua, incrédula do bem.

É o incerto, é o inesperado, é o frio na barriga, é o que? É a desculpa para não se


arriscar, é a desculpa para demonstrar que você pode vencer os seus maiores desafios.
Eu não deixo o medo, por maior que ele seja, tomar conta de mim, porque eu tenho
sede, uma sede que nunca se secará, é a sede de viver.
D.o.m.
Ao escutar uma super voz cantando ou um super desenho feito a mão e sem moldes,
sempre me pergunto o porque de eu não ter um d.o.m. desse. E, exatamente no dia em
que estou escrevendo esse texto, eu recebi a minha resposta.

Eu posso não ter uma ótima voz pra cantar


Eu posso não ter um corpo escultural e ser modelo

Mas, sou uma pessoa muito dedicada e percebi que o meu d.o.m. é com o esforço e
dedicação em tudo o que faço.

D.o.m. no turismo;
D.o.m. com o blog e canal;

E principalmente a minha resposta:

D.o.m. em escrever.
Inspirações
Você devem se perguntar da onde eu tiro tanta coisa dessa cabeça.

Eu descobri a vida, um tema que, literalmente, está no nosso dia-a-dia.

Sim! Todos os textos eu trago inspirações que de fato ocorreram ou ocorrem na minha
vida, tudo com muita sinceridade.

Precisamos pensar que a vida é ampla e que apesar de vivermos em uma grande bolha,
já pensou em estoura-la e sair por ai só observando sem pensar em você, mas sim nos
acontecimentos que o cercam?!

Minhas inspirações são o meu próprio eu, minha família, meus amigos, e porque não,
amores. Penso em muitas coisas todos os dias, por exemplo, a loucura que é edifícios
gigantescos não desmoronarem quando acontece aquela chuva torrencial!
Quem pensa nisso? Eu.

E é pensamentos voando livremente que observo cada passo, cada gesto, cada
movimento que a vida possui e faz acontecer no seu devido tempo.

DEIXA SUA MENTE FLUIR.


Luiz by Vivi
(Amiga)

Ao entrar em uma Universidade, uma das melhores coisas é conhecer os


veteranos, entre os quais conheci, as afinidades foram maior com alguns, em uma
viajem á Foz do Iguaçu.
Desde então tive o prazer de saber quem era o famoso Salvati, que só conhecia
por nome, um aluno dedicado, inteligente, criativo nos trabalhos, comentado na sala de
aula pelos professores. Comentários esses que causavam certa inveja nos alunos, mas,
pude conhecer alguém diferente, que além de tudo isso, era também alguém que teve
mais oportunidades na vida, fez muitas viagens, conhecia vários lugares do mundo, era
daí que vinha toda essa criatividade.
Tem uma grande bagagem cultural, e não por isso era alguém que se achava
melhor que os outros, uma pessoa mega especial, humilde, extrovertido, companheiro,
leal com os amigos, MUITO SENTIMENTAL, do tipo que chora nas baladas
lembrando que está acabando a faculdade. Carente, sempre precisa estar falando com
alguém e fica extremamente triste quando não é valorizado por uma amizade da qual
tinha tanto apreço.
Aquela pessoa com quem você pode dividir tudo, as coisa boas, as coisas
ruins, mas principalmente as mais cabeludas que só podemos contar pra uma pessoa, É
ELE! O amigo em que se pode confiar, rir e chorar sem culpa, criativo, sim, muito
criativo com seus livros, com o Blog, um amigo que transborda orgulho.
E aquele choro do final de festa na verdade da vontade de chorar junto,
considerando essa possibilidade de mudança, de volta pra casa, de ficar longe, não é
fácil.
Saudade
De quem vai;
De quem fica;
E de quem nunca ficou;

Do amor;
Do calor;
Da pessoa,
Que soa;

Saudade quem tens;


Saudade que vai;
Saudade que fica;
Saudade que atrai;

O pensar;
O querer;
O estar;

Ficar? Quem sabe;


Amar? Eu sei;
Querer? O bem.
Família
Não escolhemos aonde nascemos nem as pessoas que nos cercam, apenas sabemos que
são nossa FAMÍLIA. Já ouvi dizerem por aí que família é algo que não escolhemos, a
gente nasce com ela e não mudamos, precisamos aceitar e respeitar a convivência,
podemos não gostar de algumas pessoas, mas serão elas que passaram boa parte de
nossas vidas conosco.

Não vou ser hipócrita e falar que eu gosto de todos os componentes das minhas
famílias, mas posso garantir que eu entrei na melhor família possível, me cerquei de
pessoas maravilhosas, pessoas que exalam paz, amor, companheirismo, diversão e
felicidade.

Sabe-se que família não é apenas de sangue, existem pessoas que são tão próximas de
nós, pessoas que temos um carinho tão grande, que carinhosamente chamamos de
amigos, esses também são família, de laços, fraternidade e coração!
Não sei falar baixo, não sei
rir
discretamente, não consigo
controlar
minha raiva e sempre grito
quando tento
resolver algum problema,
não sei
amar pouco e menos ainda
fingir.
Lado bom
Já disse que muitas coisas ocorrem em nossas vidas e que, essas coisas, nem sempre são
acontecimentos bons. Algo que costumo fazer repetidas vezes é buscar enxergar o lado
bom desses fatos.

Talvez sair daquele emprego foi algo bom porque você encontrará um melhor;

Talvez terminar aquele namoro foi algo bom porque te fazia sofrer;

Talvez aquela pessoa que tanto amamos tenha partido para outro lugar porque em terra
ela só iria ficar cada vez mais mal.

Precisamos ver as coisas boas que nos cercam, e não sermos pessoas negativas ou com
má fé. Vamos exercitar mais o lado bom da vida de cada um, coloca esse sorriso no
rosto e fale para si mesmo que hoje é seu dia, e que nada vai estraga-lo e nem te
derrubar.
Seres humanos
J-U-R-O! Eu não consigo entender o que se passa na cabeça das pessoas, na cabeça de
cada ser humaninho, confesso até que gostaria de ler pensamentos.

Agradar a todos é algo muito difícil e complicado, pois todo mundo, ou quase todo
mundo, tem a mania de criticar, julgar, sem antes saber o que realmente se passa com
aquela pessoa.

Se você fica deitado, te chamam de preguiçoso;


Se você pratica várias modalidades de esporte, te chamam de paranoico;
Se você gosta de tomar um drink após o serviço, te chamam de bêbado;
Se você não bebe, te chamam de careta;
Se você é acima do peso, te chamam de gordo;
Se você é abaixo do peso, te chamam de magro; (chamar de magro nem sempre é um
elogio).
Se você quer usar minissaia, te chamam de vagabunda e ainda falam que foi por causa
da sua roupa que o pedreiro falou “gostosa”;
Se você não faz nada, falam de você;
Se você faz alguma coisa, falam de você do mesmo jeito.

As pessoas precisam parar de julgar e criticar os outros e cuidar um pouco mais da sua
vida. Pois cada um se olha no espelho antes de sair pela manhã de casa, e no reflexo à
uma vida a ser vivida, sendo assim, cada um tem a sua. Diga não a critica, preconceito e
julgamento.
Luiz by Luiz
(Eu)

Eu via um garoto chorando, desesperado, um menino imaturo e inseguro, com medo de


tudo e de todos. Uma vez esse menino começou a encher o seu ego achando que o
mundo girava em torno dele, e ele sempre quis ser o centro das atenções, hoje em dia
ele é o centro das atenções, mas para o lado bom, divertido. Falar sobre ele é algo
difícil, mas prometo que vou me esforçar ao máximo.

Eu vejo um garoto feliz, iluminado, vivendo tudo muito intensamente e tornando a sua
vida e a vida das pessoas que o cercam em um parque de diversões, completo de
emoções a todos os gostos.

Eu vejo um garoto que descobriu o mundo, descobriu a si mesmo e descobriu que os


planetas giram em torno do sol, e não dele.

Eu vejo um garoto cheio de energia, ansioso, porém determinado, viciado em viver até o
último segundo, ingênuo e inofensivo.

Apesar de adulto, eu vejo e sempre vou ver uma criança descobrindo a vida a cada
segundo que se passa.

Eu vejo amor, carinho, angústia, felicidade, mas principalmente, eu vejo minha alma
como ela é. E esse sou eu!
Sou do verão,
sou do axé,
sou do
mundo!
É o fim
Já pararam para pensar que, talvez, tudo o que acontece em nossas vidas, no nosso dia-
a-dia, não seja o fim? Mas sim apenas o começo de novos tempos, novas eras.

Quando estamos em uma viagem, não queremos que ela acabe, mas quem sabe não seja
o fim, mas sim o começo para voltar rever amigos, família e depois retornar ao destino
para se lembrar dos bons momentos passados.

Ou em um conto de fadas, onde o fim não precisa ser o final feliz do casamento da
princesa com o príncipe encantado, mas sim o começo de uma vida de casados, com
filhos, e passando perrengue.

Até mesmo nossas vidas, não podemos pensar que temos um fim já nos aguardando,
mas sim o começo em outro lugar, talvez melhor!
Vida
Chega um momentos que a vida é apenas a vida, sem vírgulas e sem pontos finais.
Aproveita-la ao máximo e viver intensamente é a regra.

Como diz o velho ditado “vivendo e aprendendo”, descobri ao longo desses três livros
que se tem algo que eu amo e me identifico é com a vida. Ser feliz é o que precisa,
deixarmos diferenças de lado, também, mas principalmente sempre ser grato por cada
minuto que vivemos, das amizades adquiridas e das boas histórias e experiências para
contarmos.

Pois esse não é o nosso fim, mas sim o começo de uma longa caminhada, sem rumo,
dentre os quais só temos uma lei, a lei da felicidade!

Esse é o resumo da vida, segundo o meu ponto de vista, e você já parou para refletir
sobre cada minuto da sua enquanto humano? Não tenha medo de encarar e pense que
até hoje você sobreviveu a todos os seus piores dias.

Esse é o fim de um começo, de uma nova página no livro que se chama VIDA!