Você está na página 1de 3

BAIXA IDADE MÉDIA

❖ Século XI-XV
❖ Crise do feudalismo
❖ Transição feudo-capitalista
❖ Formação do capitalismo
CRESCIMENTO POPULACIONAL
❖ Fim das invasões eslavas, magiares, sarracenas e normandas
❖ Redução das guerras e epidemias
❖ Pressão no sistema produtivo feudal
❖ Êxodo rural
❖ Crescimento do comércio
❖ Crescimento da criminalidade
CRUZADAS
❖ Tentativa de recuperar a Terra Santa (Palestina) do domínio muçulmano
❖ Defesa da fé cristã e combate aos infiéis
❖ Espírito cruzadista — conquista e conversão dos pagãos
❖ Perdão dos pecados ou cura das enfermidades
❖ Excedentes populacionais
❖ Busca por terras e enriquecimento (pilhagem)
❖ Interesse comercial (comerciantes italianos)
❖ Fracasso militar
❖ Sucesso comercial — estabelecimento de relações comerciais com o
Oriente/reabertura do Mar Mediterrâneo
PRINCIPAIS CRUZADAS
❖ Primeira Cruzada: tomada da Terra Santa
❖ Terceira Cruzada (cruzada dos reis): organizada pelos monarcas da França
(Felipe Augusto), Alemanha (Frederico Barbarroxa) e Inglaterra (Ricardo
Coração de Leão)
❖ Quarta Cruzada: saque e pilhagem de Constantinopla (Estado cristão),
organizada pelos comerciantes venezianos
CONSEQUÊNCIAS DAS CRUZADAS
❖ Relações comerciais entre Oriente e Ocidente (seda e especiarias)
❖ Reabertura do Mediterrâneo
❖ Fortalecimento econômico de Gênova e Veneza
❖ Contato cultura Ocidente e Oriente (bizantinos e sarracenos) — cultura
greco-romana/chinesa/hindu/persa
❖ Renascimento Comercial e Urbano
RENASCIMENTO COMERCIAL
-Causas
❖ Reabertura do Mediterrâneo/Comércio com o Oriente/Crescimento
populacional (mercado consumidor)
-Características
❖ Rotas comerciais — vinhos, tecidos, artigos de luxo oriental
❖ Rota do Mediterrâneo: portos de Constantinopla e Alexandria — cidades
italianas (Gênova e Veneza)
❖ Rota da Champagne: norte da Itália — Flandres
❖ Rota do Mar Norte: Flandres — Norte da Europa
❖ Feiras — locais de comércio
❖ Circulação monetária — aumento do uso da moeda
-Consequências
❖ Declínio do sistema feudal
❖ Renascimento Urbano
❖ Acumulação primitiva de capitais
❖ Origem do sistema bancário e cambista — prática da usura
❖ Surgimento das manufaturas
❖ Formação das classes sociais
❖ Espírito de lucro
❖ Racionalismo
RENASCIMENTO URBANO
-Formação dos burgos
❖ Retomada do comércio impulsiona o renascimento urbano
❖ Burgos — fortalezas
❖ Desenvolvimento desordenado/condições precárias
❖ Burgueses — habitantes dos burgos (artesãos e comerciantes)
-Movimento comunal
❖ Movimento de libertação da autoridade dos senhores feudais
❖ Cartas de Franquia/Guerras/Indenizações
-Guildas e corporações de ofícios
❖ Guildas — associações de comerciantes/defesa de interesses/proteção
contra concorrência/regulamentação de preços/monopólio do comércio local
❖ Corporações de ofício — associações de artesãos/monopólio das atividades
artesanais/controle da concorrência/controle dos preços e da
qualidade/estabelecimento de normas de produção/assistência aos membros
❖ Hansas — associação de cidades-livres alemãs/monopólio comercial de uma
região/Hansa Renana/Liga Hanseática
ASPECTOS CULTURAIS
-Igreja — controle cultural
-Teocentrismo
-Filosofia
❖ Alta Idade Média — Santo Agostinho/Filosofia
Clássica+Cristianismo/Natureza humana é corrompida/Salvação por meio da
vontade de Deus
❖ Baixa Idade Média — Escolástica/São Tomás de Aquino/Harmonia entre fé e
razão/Valorização do esforço humano/Livre arbítrio
-Literatura
❖ Trovadorismo
❖ Literatura religiosa (biografias de santos)
-Universidades
❖ Ensino de Humanidades e Ciências Exatas
❖ Ensino teórico/Pouca experimentação
-Arquitetura
❖ Estilo românico(Alta Idade Média) — horizontalidade/construções maciças e
pesadas/Insegurança/Pouca iluminação e janelas/simplicidade
❖ Estilo gótico(Baixa Idade Média) — verticalidade/leveza e graciosidade/vitrais
e grandes janelas/boa iluminação natural/arco ogival
-Grandes invenções – contato cultural
❖ Pólvora
❖ Bússola
❖ Papel
❖ Imprensa

Você também pode gostar