Você está na página 1de 2

Contabilidade Básica

Aula 1 - Introdução à Contabilidade.

Contabilidade é a ciência que estuda, controla e apura os fatos decorrentes sobre os


Patrimônios das entidades, sejam elas com fins lucrativos, do terceiro setor ou cooperativas.
Todas tem algum lucro para administrar e a contabilidade é a ciência que toma conta. Para
atingir esse fim, a Contabilidade utiliza várias técnicas, tais como: escrituração, auditoria e
análise e consolidação das demonstrações contábeis.
A contabilidade disponibiliza informações sobre a materialidade da entidade para o usuário
interno e externo que são os mais interessados. Os internos são: gerentes, colaboradores e os
próprios donos. E os externos são: investidores, credores e clientes. E essas pesquisas para
verificar a capacidade da empresa, lucros e gastos são chamadas de “informações
qualitativas”. Essas informações são divididas em duas categorias:
Relevância: É a informação aquela que diz respeito à influência de uma informação contábil
na tomada de decisões.
As informações são relevantes quando fazem a diferença nas decisões econômicas dos
usuários, ajudando-os a avaliar o impacto de eventos passados ou corrigindo suas avaliações
anteriores (valor confirmatório), ou ajudando-os nos processos para predizer resultados
futuros (valor preditivo).
Representação fidedigna: Aquela que diz respeito a três atributos: a informação precisa ser
completa, neutra e livre de erro. Para ser completa, ela tem de conter o necessário para que o
usuário compreenda o fenômeno retratado. Para ser neutra, ela necessita estar desprovida de
viés na seleção ou na apresentação, não podendo ser distorcida para mais ou para menos.
Para ser livre de erro, o processo para obtenção da informação deve ser selecionado e
aplicado sem equívocos.

E ainda há as de melhorias que não são precisamente sempre necessárias, mas são bastantes
desejáveis:

Comparabilidade:
É a comparação de um matérial ao outro, onde ambos devem ter um valor igual ou de
diferenças entre ambos.

Verificabilidade:
É a verificação da veracidade da informação por uma pessoa de fora se bate com o que foi
verificado.

Tempestividade:
É a entrega da informação em tempo hábil para tomada de decisão.

Compreensibilidade:
É a informação está descrita com coesão e clareza. Mas se houver partes onde são difíceis o
entendimento, não deverá NUNCA ser excluída se isso tornar o relatório incompleto e
distorcido.

Há também as funções do funcionário contábil na função econômica e na administrativa que


são:
Econômica: Apurar o resultado econômico do período, o qual pode se apresentar na forma de
lucro ou prejuízo.

Administrativo: Controlar o patrimônio da entidade sobre os seguintes aspectos:

Estático – posição em determinado momento, como aquela apresentada no Balanço


Patrimonial (BP);

Dinâmico – movimento ou mudanças qualitativas e quantitativas dos elementos.

Por fim, há palavras no português que são consideradas positivas ou negativas que na
contabilidade pode ser considerada os dois:
Ativo: Pode ter significados diferentes, dependendo do setor de atuação de cada pessoa.
Débito: Na terminologia contábil, essa palavra pode ter sentidos semelhantes ou, até mesmo
assumir uma situação positiva.
Crédito: Na terminologia contábil, essa palavra pode ter sentidos semelhantes ou, até mesmo,
corresponder à situação negativa.