Você está na página 1de 9

Universidade Estadual do Centro Oeste

Setor de Ciências Exatas e de Tecnologia


Departamento de Química

DANIELA HIPÓLITO DOS SANTOS


GABRIELLY INGLES

EQUÍLIBRIO QUÍMICO DE ÁCIDOS E BASES

Guarapuava
2019
1. INTRODUÇÃO

O princípio neessário para existir equilíbrio químico em uma solução


é a reversiabilidade da reação envolvida. Isto é, a reação ocorre tanto no seu
sentido direto como no inverso. Por convensão o equílibrio pode ser
representado com o símbolo (⇄), como mostrado:1

H2O(l) H+(aq) + OH-(aq)

Em uma situação de equilíbrio químico, as velocidades das


reações direta e inversa são equivalentes. Como consequência, as
concentrações de reagentes e produtos permanecerem constantes após um
determinado intervalo de tempo que pode ser curto ou não. 1
Uma vez representando o equilíbrio químico através do sinal (⇄),
isso indica que temos duas reações ocorrendo ao mesmo tempo. Chamamos
de reação direta aquela que acontece no sentido da produção de produtos. A
outra reação, denominada reação inversa é aquela que ocorre no sentido da
produção de reagentes.1
Ao analisarmos a cinética do equilíbrio químico, podemos verificar
a igualdade entre a velocidade da reação direta e a velocidade da reação
inversa. Ao mesmo tempo em que 1 mol da espécie H 2O é consumido na
produção de H+ + OH- pela reação direta, 1 mol da mesma espécie H 2O é
produzido pela reação inversa. Com isso a concentração de H 2O permanece
constante.1
Figura 1: Velocidade das reações direta e inversa com o tempo.
Quase todas as reações químicas consomem ou liberam energia
(denominadas reações endotérmicas e exotérmicas). No caso destas
reações podemos olhar a energia como sendo um dos reagentes ou produto
e, pela adição de energia ao sistema (por aquecimento) ou pela remoção de
energia do sistema (por resfriamento), podemos produzir um deslocamento
no ponto de equilíbrio químico. As concentrações de reagentes e produtos
mudam para refletir esse novo equilíbrio. 1
Desde que as condições sejam mantidas constantes, um sistema
em estado de equilíbrio químico não apresentará mudanças macroscópicas
perceptíveis. Entretanto isto deixa de ser válido quando há modificação de
alguma variável do sistema (concentração, temperatura, volume, etc.). Neste
caso, o ponto de equilíbrio se desloca em uma direção que tende a
compensar a modificação sofrida. Esse comportamento pode ser resumido
pelo princípio geral que foi enunciado completamente pela primeira vez em
1884 pelo químico francês Henri Louis Châtelier: “Uma reação química que
tem seu equilíbrio perturbado por alguma mudança nas condições prossegue
em busca de um novo estado de equilíbrio na direção que atenua, pelo
menos parcialmente, essa mudança”.1

2. OBJETIVO
Observar o deslocamento dos equilíbrios nas reações ácido-base

3. MATERIAIS E MÉTODOS

3.1 Materiais e reagentes


Materiais: Tubos de ensaio; (6), Pipeta; 1 ( 10 mL); Conta gotas ou
pipeta de paster (3).
Reagentes: NaOH solução ( 0,5 mol L-1 6,0 mol L-1); HCl solução (
0,5 mol L-1 e 6,0 mol L-1 ); solução de NH4Cl 0,1 mol L-1; solução amoniacal
NH3(aq.); solução de cloreto de ferro III 0,5 mol L-1; solução de tiocianato de
amônio 1,0 mol L-1; cristais de tiocianato de amônio (NH4SCN).; cristais de
cloreto de ferro III (FeCl3); cristais de cloreto de amônio (NH4Cl); fenolftaleína;
alaranjado de metila.
3.2 Metodologia

3.2.1 Equilíbrio ácido-fraco-base fraca dos indicadores


Colocou-se 3,0mL de água em um tubo de ensaio, adicionou-se 2
gotas de alaranjado de metila a água, observou-se a coloração. Adicionou-se a
este mesmo tubo 4 gotas de HCl 0,5 mol/L -1, observou-se. Em seguida
adicionou-se 4 gotas de NaOH 0,5 mol/L-1 ao mesmo tubo.

3.2.2 Equilíbrio ácido fraco-base fraca envolvendo ácidos ou bases


incolores
Separou-se 2 tubos de ensaio, em cada um deles colocou-se 3,0mL
de solução amoniacal, NH3(aq) e 3 gotas de fenolftaleína. Em um dos tubos
adicionou-se uma solução de NH4Cl 0,1 mol/L-1 gota a gota, agitou-se e
observou-se.
No outro tubo adicionou-se a solução de HCl 0,5 mol/L-1 gota a gota,
agitou-se e observou-se.

3.2.3 Estado de equilíbrio e deslocamento de equilíbrio alterando a


concentração
Colocou-se em um tubo de ensaio 2mL de água destilada, 10 gotas
da solução de cloreto de ferro III 0,5 mol/L-1, 2 gotas de HCl 6 mol/L-1 e 5 gotas
de tiocianato de amônio 1,0 mol/L -1. Observou-se o que ocorreu.
Dividiu-se o conteúdo do tubo de ensaio em outros quatro tubos
(cerca de 12 gotas) para obter-se cinco tubos com volumes aproximadamente
iguais e foram numerados. O tubo 1 foi usado como referência.
No tubo 2 foram colocados alguns cristais de tiocianato de amônio
(NH4SCN).
No tubo 3 foram colocados alguns cristais de Cloreto de Ferro III
(FeCl3).
No tubo 4 foram colocados alguns cristais de Cloreto de amônio
(NH4Cl) 6 mol/L-1.
No tubo 5 foram adicionadas 5 gotas de solução de hidróxido de
sódio (NaOH) 6 mol/L-1, após observar mudança adicionou-se 5 gotas de HCl 6
mol/L-1.

4. RESULTADOS E DISCUSSÕES

4.1 Equilíbrio ácido-fraco-base fraca dos indicadores


 A reação do procedimento A é reversível? Qual a evidência?
Sim, é reversível. Isso ocorre porque os indicadores ácido-base
(nesse caso o alaranjado de metila) são substâncias orgânicas que, ao entrar
em contato com um ácido, ficam com uma cor, e ao entrar em contato com
uma base ficam com outra cor.
 Explique com base no princípio de Le Châtelier como o equilíbrio
do indicador alaranjado de metila é afetado pela adição de um ácido.
Quando o sistema em equilíbrio é alterado com a adição do ácido,
há o deslocamento do equilíbrio por isso é possível notar a mudança
na coloração.
 Idem, com a adição de uma base.

HIn + H2O H3O+ + In-


Ao adicionar a base o sistema volta ao seu equilíbrio, as velocidades
das reações direita e inversa são iguais, por isso volta a sua
coloração inicial.

Notou-se que após adicionar 2 gotas de alaranjado de metila à água


sua coloração ficou alaranjada, quando adicionou-se o HCl 0,5 mol/L-1 ficou
vermelho e quando adicionou-se NaOH 0,5 mol/L-1 ao mesmo tubo ficou
alaranjado novamente.
4.1.2 Equilíbrio ácido fraco-base fraca envolvendo ácidos ou bases
incolores
 A equação para a reação da amônia com água é:
NH3 + H2O NH4OH + H2
 Explique claramente como os equilíbrios se deslocam quando
íons NH4+ (do NH4Cl) e H3O+ (do HCl) são adicionados.
Notou-se que no tubo que continha 3,0mL de solução amoniacal,
NH3(aq), fenolftaleína e 30 gotas de solução de NH4Cl 0,1 mol/L-1 não aconteceu
nada. No tubo que continha 3,0mL de solução amoniacal, NH 3(aq), fenolftaleína
e 50 gotas de HCl, antes estava com um aspecto opaco e após a adição do
ácido ficou transparente. Isso ocorre porque a molécula NH3 (amônia) é uma
base forte, ou seja, ela tende a receber prótons (íons H+), devido ao par de
elétrons livres que o nitrogênio possui. Por outro lado, o HCl é um ácido forte
que tem tendência a doar prótons e que quando dissolvida em água se ioniza
completamente, liberando esses prótons. Logo, o nitrogênio da molécula de
amônia vai "prender" o próton que o HCl libera em solução aquosa, formando
então o íon NH4+ e por consequência também se forma o íon Cl -, então o
composto é NH4Cl é formado.2

 Escreva a equação iônica para a reação de NH3 com HCl.


NH3(aq) + HCl(l) NH4(aq)+ + Cl(aq)-

4.1.3 Estado de equilíbrio e deslocamento de equilíbrio alterando a


concentração
A reação entre 10 gotas da solução de cloreto de ferro III 0,5
mol/L-1, 5 gotas de HCl 6 mol/L-1 e 5 gotas da solução de tiocianato de
amônio 1,0 mol/L-1 é representada pela equação iônica:

Fe3+(aq) + 6 SCN-(aq) [Fe(SCN)6]3-

íon complexo solúvel vermelho intenso

Com os dados dos testes de Estado de equilíbrio e deslocamento de


equilíbrio alterando a concentração foi organizada a Tabela 1.
Tabela 1: Resultados das observações
TUBO REAGENTE O QUE FOI INTERPRETAÇÃO
ADICIONADO OBSERVADO DO RESULTADO
2 NH4SCN A solução ficou Seguindo o
consistente princípio de Le-
Châtelier –
deslocou o
equilíbrio para a
direita
3 FeCl3 A solução ficou com A coloração
uma coloração escura vermelho-sangue
surgiu através da
reação entre os
íons de ferro (Fe+3)
com o íon
Tiocianato (SCN-)
4 NH4Cl O sal solubilizou O íon cloreto (Cl–)
não se hidrolisa,
porque é uma
base
extremamente
fraca (HCl ácido
muito forte). O íon
amônio, NH4+ sofre
hidrólise, pois é
um ácido forte,
sendo capaz de
ceder próton para
a água (NH3 base
fraca).3
5 A. NaOH a. Formou Ocorreu uma
precipitado reação de
neutralização.
B. HCl b. Desfez o Uma vez que tanto
precipitado o ácido quanto
a base foram
consumidos e
novos produtos
foram formados.4 A
reação tem
estequiometria de
1:1, ou seja, cada
mol de HCl reage
com um mol de
NaOH.4
HCl + NaOH → NaCl + H2O
 Que alteração permitiu identificar que ocorreu uma reação
química ao misturar as soluções de Tiocianato de Amônio e Cloreto de Ferro III
?
No instante em que o Tiocianato de Amônio entrou em contato com
o Cloreto de Ferro III, a solução apresentou uma coloração vermelho-sangue.

 Sabendo que o conteúdo inicial dos cinco tubos de ensaio era


o mesmo, que íons ou moléculas estavam presentes nos mesmos?

 TUBO 2 - NH4SCN; FeCl3; Fe(SCN)3; NH4Cl.


 TUBO 3 - íons de ferro (Fe+3); íon Tiocianato (SCN-).
 TUBO 4 - íon cloreto (Cl–); HCl; íon amônio NH4+.
 TUBO 5 – HCl; NaOH; NaCl; H2O.

5. CONCLUSÕES
 Comparando o tubo 1 ao tubos 2, 3 e 4, após a adição dos
Reagentes, explique baseando-se no princípio de Le Châtelier os resultados
obtidos.
Com as práticas realizadas foi possível concluir que a relação entre
ácidos e bases possuem características distintas e é necessário saber sobre
elas para compreender o que acontece durante a realização do experimento. 5
Cada experimento realizado trás consigo uma teoria básica e
importante com relação ao equilíbrio químico e as reações reversíveis e
irreversíveis e assim foi possível concluir as alterações causadas pelo
deslocamento do equilíbrio.5
6. REFERÊNCIAS
1- Roteiro da aula
2- Profes. Disponível em: <https://profes.com.br/tira-
duvidas/quimica/duvida-sobre-nh4cl/> Acesso em: 21 set. 2019.
3- Colégio Web. Disponível em:
<https://www.colegioweb.com.br/hidrolise-de-sais/sal-de-acido-forte-e-
base-fraca.html> Acesso em: 22 out. 2019.
4- Info Escola. Disponível em:
<https://www.infoescola.com/quimica/reacao-de-acido-base/> Acesso
em: 22 out. 2019.
5- DocSity. Disponível em: < https://www.docsity.com/pt/equilibrio-
quimico-86/4840015/> Acesso em: 22. Out. 2019.

Você também pode gostar