Você está na página 1de 3

=

ATIVIDADE DISCURSIVA

DIREITO DE RECUPERAÇÃO E FALÊNCIA DE EMPRESAS

SANTO ANDRÉ

2018
A sociedade em nome coletivo XY suprimentos teve a sua falência decretada e
15.05.2015. De acordo com a r. sentença, nos termos do art. 99, da Lei 11.101/05, a r.
sentença nomeou administrador judicial, determinou o termo legal de falência para 90
dias anteriores ao primeiro protesto, bem como determinou o registro junto à Junta
Comercial e da condição de inabilitação. Dois meses após a decretação da falência,
Evandro, que era um dos sócios da referida sociedade, compareceu à Junta Comercial
para protocolar a criação de nova sociedade empresária.

Pergunta: Evandro poderá ser sócio da nova sociedade empresária? Responda de forma
fundamentada, citando os dispositivos legais pertinentes.

Resposta: Evandro não poderá constituir nova sociedade empresária, devido a


decretação de falência da sociedade em nome coletivo XY, pois neste caso, a
responsabilidade dos sócios de uma sociedade em nome coletivo é ilimitada perante
todos os credores da sociedade, (artigo 81 da Lei 11101/05).

Portanto, Evandro somente poderá voltar a ser sócio de uma nova sociedade empresária
após cumprir todos as obrigações e atos determinados na Lei de Falências, artigos 102,
103 e 181 da Lei 11101/05.
Bibliografia:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/Lei/L11101.htm- LEI No

11.101, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2005<acesso em 08/11/2018>

Você também pode gostar