Você está na página 1de 4

Prof.

Fabricio Scheffer

De acordo com as teorias atuais, os prótons e os nêutrons são


COMPLEMENTARES OUTROS VESTIBULARES
RECENTES
formados, cada um, por três partículas elementares chamadas de
quarks. Existem doze tipos de quarks na natureza, mas os prótons
e nêutrons são formados por apenas dois tipos. O quark up (u)
possui carga elétrica positiva igual a 2/3 do valor da carga elétrica
01. (FURG 2006) Num reator nuclear, núcleos de U235 capturam elementar (e), enquanto o quark down (d) possui carga elétrica
nêutrons e então sofrem um processo de fragmentação em nú- negativa igual a 1/3 do valor da carga elétrica elementar.
cleos mais leves, liberam energia e emitem nêutrons. Assinale a alternativa que representa a composição do
Esse processo é conhecido como próton (p) e do nêutron (n), respectivamente:
A) fusão.
B) aniquilação. (a) (p) u, d, d – (n) u, d, u.
C) espalhamento. (b) (p) d, d, u – (n) d, d, d.
D) reação termonuclear. (c) (p) u, u, u – (n) u, d, u.
E) fissão. (d) (p) u, u, d – (n) u, d, d.
(e) (p) u, u, d – (n) u, u, u.
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 02, considere as
informações a seguir. 06. (UFCSPA 2009) O estudo das partículas subatômicas e intera-
A energia que as estrelas e o Sol irradiam por bilhões de anos ções fundamentais da natureza trouxe a compreensão para muitos
nasce da reação nuclear conhecida como fusão. fenômenos da natureza. A respeito dessa área da física, analisar os
Essa acontece no interior das estrelas sob altíssimas temperaturas. itens abaixo:
De uma forma simplificada, podemos dizer que dois dêuterons I- Os prótons e os nêutrons são formados, cada qual, por três
(núcleos do deutério, ou hidrogênio pesado, formado por um quarks.
próton e um nêutron) se unem (fundem) dando origem a um II- As forças nucleares próton-nêutron, nêutron-nêutron e próton-
núcleo de hélio. próton são apenas atrativas.
A relação ∆E = ∆m.c2, que expressa a relação entre massa e III-A interação gravitacional entre o elétron e o próton no átomo é
energia, pode ser lida como: “a cada variação ∆E de energia muito mais forte que a eletromagnética entre ambos.
corresponde uma variação ∆m de massa e vice-versa”. Por outro Está(ão) CORRETO(S) os itens
lado, c representa o valor da velocidade da luz no vácuo. A) Apenas I.
B) Apenas II.
02. (PUC2007) Considerando a massa de cada dêuteron como C) Apenas I e II.
m, e a massa do núcleo de hélio como 1,99m, é correto afirmar D) Apenas II e III.
que, no processo de fusão de dois dêuterons em um núcleo de E) Todos os itens.
hélio,
07. (UFCSPA 2009) A respeito da energia, é INCORRETO afirmar
A) houve ganho de massa. que:
B) a diferença de massa foi 0,99m. A) Quanto mais o universo se expande, menor sua energia total,
C) a energia liberada na fusão aumenta a massa total do Sol. pois sua temperatura diminui.
D) a energia liberada na fusão não altera a massa total do Sol. B) a relação de Einstein, E=m.c2, afirma que toda matéria tem
E) a energia liberada na fusão diminui a massa total do Sol. energia.
C) O calor é uma forma de energia.
03.(PUC 2007/2) Responder à questão com base nas afirmati- D) A energia total do universo é conservada.
vas a seguir. E) A energia que vem do Sol até a Terra é transmitida por radiação
I. A força que mantém os prótons no núcleo de um átomo é de eletromagnética.
natureza eletrostática.
II. No Sol, como em outras estrelas, ocorrem reações de fusão 08. (UFCSPA 2009) A alternativa que preenche a alternativa
nuclear. CORRETAMENTE as lacunas abaixo.
III. Na fusão nuclear, núcleos fundem-se com grande absorção de O processo de obtenção de energia nas usinas nucleares é a
energia. __________ nuclear. Nas estrelas por sua vez, ocorre a
IV. Na fissão nuclear, núcleos são divididos, liberando energia. __________ nuclear. Nas usinas nucleares , em geral, se utiliza
Estão corretas somente como “combustível” ___________, enquanto nas estrelas, como no
(A) II e III nosso Sol, o combustível é____________
(B) II e IV A) Fissão-Fusão-Hidrogênio-Urânio.
(C) I e II B) Fissão-Fusão- Urânio-Hidrogênio.
(D) I, III e IV C) Fusão-Fissão- Urânio-Hidrogênio.
(E) I e III D) Fusão-Fissão- Hidrogênio-Urânio.
E) Fusão-Fissão- Hidrogênio-Plutônio.
04. (PUC 2008) Os avanços tecnológicos referentes ao uso da
energia nuclear para produzir eletricidade são notáveis. A legisla-
ção pertinente pune severamente as empresas responsáveis por
quaisquer danos pessoais e ambientais. Mas os acidentes continu-
am acontecendo, como os do segundo semestre de 1999 na Ásia.
O grau de risco dessa atividade é alto porque todas as usinas
I. dependem do processo da fusão nuclear.
II. empregam água pesada (ou deuterada), que é originariamente
radioativa.
III. empregam materiais físseis, que permanecem radioativos por
longos períodos de tempo.
Analisando-se os três fatores acima, deve-se concluir que é correta
a alternativa
(A) somente I .
(B) I, II e III.
(C) somente I e III.
(D) somente III.
(E) somente I e III.

05. (UFPEL 2009) Recentemente foi inaugurado o LHC, um


grande acelerador de partículas que deverá permitir a recriação
das condições do universo logo após o “Big Bang”.
Testes complementares de Física nuclear
Prof. Fabricio Scheffer

09. (UDESC 2009) Em 1908, Ernest Rutherford recebeu o Prê- cada um deles com grande energia cinética, a qual é transformada
mio Nobel de Química pelo seu trabalho para determinar a massa em calor e aproveitada para gerar energia elétrica.
e a carga elétrica das partículas α, β e γ, que são emitidas pelos
núcleos dos átomos de certos elementos radioativos.
Analise as afirmativas abaixo, considerando que e e me sejam,
respectivamente, a carga e a massa de repouso do elétron.
I - A partícula α tem carga elétrica +4e, e sua massa de repouso é
aproximadamente 7340me. Para a reação nuclear de fusão representada acima, a soma das
II - A partícula pode ter carga elétrica +e ou e, e sua massa de massas dos produtos da reação
repouso é igual à do próton, ou seja, aproximadamente 1840me.
III - A partícula γ é um fóton de radiação eletromagnética, não a) é menor que a soma das massas dos isótopos, antes da reação,
possui carga elétrica e sua massa é nula. e a energia a ser aproveitada é determinada pela equação ∆E = hf .
Assinale a alternativa correta. b) é maior que a soma das massas dos isótopos, antes da reação, e
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. a energia a ser aproveitada é determinada pela equação ∆E = ∆mc2
b) Somente a afirmativa III é verdadeira. c) é menor que a soma das massas dos isótopos, antes da reação,
c) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras. e a energia a ser aproveitada é determinada pela equação ∆E =
d) Somente a afirmativa II é verdadeira. ∆mc2.
e) Somente a afirmativa I é verdadeira. d) é maior que a soma das massas dos isótopos, antes da reação, e
a energia a ser aproveitada é determinada pela equação ∆E = hf
10. (UEPA 2009) O princípio de quantização de cargas estabele-
ce que a quantidade de carga elétrica em um corpo é sempre um 13. (UNIR 2009) Quando uma partícula β- é emitida por um
múltiplo inteiro do valor da carga elementar, ou seja: núcleo radioativo, seu número de massa
q=ne A) não muda e seu número atômico aumenta em 1 unidade.
em que q é a carga total, n é um número inteiro e e é o valor da B) aumenta em 1 unidade e seu número atômico aumenta em 1
carga elementar, que corresponde ao módulo da carga do elétron. unidade.
Contudo, de acordo com a teoria dos quarks, proposta por Gell- C) diminui em 1 unidade e seu número atômico aumenta em 2
mann e colaboradores, em 1964, a carga dos quarks é uma fração unidades.
da carga elementar, o que não viola o princípio da quantização D) não muda e seu número atômico não muda.
porque os quarks não existem isoladamente, ou seja, eles sempre E) diminui em 4 unidades e seu número atômico diminui em 2
compõem uma carga igual à elementar. A tabela apresenta os seis unidades.
quarks conhecidos, com suas respectivas cargas.
14. (UFG 2008) Em 2007, completou-se 20 anos do acidente
radiológico com o césio 137 em Goiânia. No ano do acidente, 20 g
de cloreto de césio 137, por total desconhecimento do conteúdo e
de suas conseqüências, foram liberados a céu aberto, provocando
um dos maiores acidentes radiológicos de que se tem notícia. Após
a tragédia, o dejeto radioativo foi armazenado num local próximo à
Segundo a teoria, a carga do próton e a do nêutron são dadas cidade de Abadia de Goiás. O gráfico a seguir mostra a curva de
pela soma de três quarks apenas dos tipos u e d. A partir dessas decaimento radioativo do césio.
informações, as cargas do próton e do nêutron são melhor repre-
sentadas pelas seqüências
a) Próton: uuu. Nêutron: ddd.
b) Próton: uud. Nêutron: udd.
c) Próton: udd. Nêutron: uud.
d) Próton: ddd. Nêutron: uud.
e) Próton: uud. Nêutron: uuu.

11. (UFMT 2009) Em relação aos conceitos da Física Moderna,


marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) A energia cinética de um elétron emitido pelo efeito fotoelétrico


é proporcional à amplitude da onda eletromagnética que incide
sobre a placa. A partir do ano de 2007 e com base nos dados fornecidos, a quan-
( ) A radioatividade é um fenômeno que ocorre na eletrosfera de tidade em gramas do sal 137CsCl nos resíduos, após o tempo equiva-
átomos instáveis. lente a uma meia-vida do césio 137, será em gramas, aproximada-
( ) A luz apresenta propriedades de grandezas descontínuas assim mente,
como de grandezas contínuas. a) 5,0
( ) A massa de um elétron é constante, seja medida em relação ao b) 6,4
núcleo de um átomo ou a um sistema de referência em que o c) 8,4
elétron esteja em repouso. d) 10,0
( ) Existem partículas com cargas elétricas fracionárias em relação e) 12,8
à carga elétrica do elétron.
Assinale a seqüência correta. 15. (FURG 2010) Do experimento de bombardeamento de partí-
a) F, V, V, F, V culas alfa em uma lâmina de ouro, Ernest Rutherford postulou a
b) V, V, V, F, F existência
c) V, F, F, V, F A) dos elétrons.
d) F, F, V, F, F B) do núcleo atômico.
e) F, F, V, F, V C) dos múons.
D) do neutrino.
12. (UFRN 2009) O desenvolvimento da geração de energia por E) do neutron.
fusão nuclear tem sido lento e difícil, porém existe uma esperança
de que esse processo seja fundamental como fonte de energia
para as futuras gerações. Nele, dois núcleos leves se fundem para
formar um novo elemento. Reações como essa ocorrem no interior
do Sol e se constituem na sua principal fonte de geração de ener-
gia. Por exemplo, quando, o trítio e o deutério (isótopos do hidro-
gênio) se combinam, formam um núcleo de hélio e um nêutron,
Testes complementares de Física nuclear
Prof. Fabricio Scheffer

16. (FURG 2010) A força que mantém os prótons dentro do


núcleo é:
A) força gravitacional.
B) força nuclear forte.
C) força nuclear fraca.
D) força elétrica.
E) força magnética.

INSTRUÇÃO: Para responder à questão 17, leia as informações


a seguir.
A Física Médica é uma área da Física voltada ao estudo das aplica-
ções da Física na Medicina. Estas aplicações incluem, entre outras,
a obtenção de imagens do corpo que auxiliam no diagnóstico de
doenças. Um dos equipamentos utilizados para obter essas ima-
gens é o aparelho de raios X. A produção dos raios X ocorre no
tubo de raios X, o qual consiste basicamente de uma ampola
evacuada que contém dois terminais elétricos, um positivo e um
negativo. Os elétrons liberados por um filamento no terminal
negativo são acelerados em direção a um alvo metálico no termi-
nal positivo por uma tensão aplicada entre esses terminais. Ao
chegarem ao alvo, os elétrons são bruscamente freados e sua
energia cinética é convertida em radiação infravermelha e raios X.
Em relação ao descrito acima, afirma-se:
I. A energia cinética adquirida pelos elétrons é diretamente pro-
porcional à tensão aplicada entre os terminais positivo e negativo
do tubo de raios X.
II. O trabalho realizado sobre os elétrons é inversamente proporci-
onal ao campo elétrico existente no tubo de raios X.
III. Se toda a energia cinética de um determinado elétron for
convertida em um único fóton de raios X, esse fóton terá uma
frequência f igual a E/h, onde E é a energia cinética do elétron e h
é a constante de Planck.
IV. Em relação ao espectro eletromagnético, a radiações produzi-
das (radiação infravermelha e raios X) têm frequências superiores
às da luz visível.

17. (PUC-RS 2010/1) Estão corretas apenas as afirmativas


A) I e III.
B) I e IV.
C) II e IV.
D) I, II e III.
E) II, III e IV.

INSTRUÇÃO: Para responder à questão 18, considere as infor-


mações e preencha os parênteses com V (verdadeiro) ou F (falso).
A fissão e a fusão são processos que ocorrem em núcleos energe-
ticamente instáveis como forma de reduzir essa instabilidade. A
fusão é um processo que ocorre no Sol e em outras estrelas,
enquanto a fissão é o processo utilizado em reatores nucleares,
como o de Angra I.
( ) Na fissão, um núcleo se divide em núcleos mais leves, emitindo
energia.
( ) Na fusão, dois núcleos se unem formando um núcleo mais
pesado, absorvendo energia.
( ) Na fusão, a massa do núcleo formado é maior que a soma das
massas dos núcleos que se fundiram.
( ) Na fissão, a soma das massas dos núcleos resultantes com a
dos nêutrons emitidos é menor do que a massa do núcleo que
sofreu a fissão.
( ) Tanto na fissão como na fusão ocorre a conversão de massa
em energia.

18. (PUC-RS 2010/2) A sequência correta, de cima para baixo,


é:
A) F – V – F – V – V
B) F – F – V – V – F
C) V – F – V – F – V
D) V – F – F – V – V
E) V – V – V – F – F

Testes complementares de Física nuclear


Prof. Fabricio Scheffer

Complementares Recentes Física Nuclear


1-E ; 2-E ; 3-B ; 4-D; 5-D ; 6-C ; 7-A ; 8-B ; 9-B; 10-B ; 11-E
12- C ; 13-A; 14-B ; 15-B ; 16-B ; 17-A ; 18-D

Testes complementares de Física nuclear

Você também pode gostar