Você está na página 1de 2

Características da narrativa transmídia na grande reportagem “130 anos pós-abolição”:

Marina Aparecida Sad Albuquerque de Carvalho1


Universidade Federal de Juiz de Fora

RESUMO
No contexto do digital, a grande reportagem passa a ser construída com múltiplos códigos, sendo
denominada Grande Reportagem Multimídia – GRM. A GRM está inserida em um contexto intermídia, e o
artigo pretende descobrir se também pode ser caracterizada como narrativa transmídia. Para isso, realizou-
se uma revisão bibliográfica em que foram retomadas as características desse tipo de narrativa no jornalismo
para diferentes autores, como, por exemplo, expansão da história por meio de múltiplas plataformas (não
repetição de conteúdo), profundidade e engajamento do público. Em seguida, a partir de uma compilação
de tais características, analisou-se a GRM “130 anos pós-abolição”, do Nexo Jornal. Por fim, chegou-se a
conclusão de que, apesar de a reportagem apresentar algumas características do jornalismo transmídia, não
pode ser denominada como tal, porque ainda permanece fortemente relacionada a formas transmissivas de
comunicação, enquanto a narrativa transmídia precisa trazer, também, as práticas de compartilhamento da
rede.
Palavras-chave: Grande Reportagem Multimídia. Narrativa transmídia. Jornalismo.

Referências

ALZAMORA, Geane. Televisão em semiose: mídia, intermídia, transmídia. XXVI Encontro Anual da Compós,
Faculdade Casper Líbero, São Paulo – SP, 06 a 09 de junho de 2017.
ALZAMORA, Geane; TÁRCIA, Lorena. Convergência e Transmídia: galáxias semânticas e narrativas
emergentes em jornalismo. Brazilian Journalism Research, v. 8, n. 1, p. 22-35, 2012. Disponível em
<https://goo.gl/RsazZS>, acesso em 11 set. 2018.
CANAVILHAS, J. Jornalismo Transmídia: um desafio ao velho ecossistema midiático. In Denis Renó, Carolina
Campalans, Sandra Ruiz e Vicente Gosciola, Periodismo Transmedia: miradas múltiples, pp. 53-68, Bogotá:
Editorial Universidad del Rosario, 2013. Disponível em: <https://goo.gl/t1Q99K>. Acesso em 11 set. 2018.
GAMBARATO, Renira R.; ALZAMORA, Geane C.; TÁRCIA, Lorena Péret T. Russian News Coverage of the 2014
Sochi Winter Olympic Games: A Transmedia Analysis. International Journal of Communication, v. 10, p.
1446–1469, 2016. Disponível em: <https://goo.gl/QGZBij>. Acesso em 13 set. 2018.
______. The Revenge of the Origami Unicorn: Seven Principles of Transmedia Storytelling (Well, Two
Actually. Five More on Friday). Confessions of an Aca-Fan, 12 dez. 2009a. Disponível
em:<https://goo.gl/32u6c4>. Acesso em 07 jan. 2018.
______. “Revenge of the Origami Unicorn: The Remaining Four Principles of Transmedia Storytelling.”
Confessions of an Aca-Fan, 12 dez. 2009b. Disponível em: <https://goo.gl/Y6uvMC>. Acesso em 09 jan.
2018.

1 Mestre em Comunicação pelo PPGCOM/UFJF e doutoranda pela mesma instituição. E-mail:


marina_sad@hotmail.com.
LONGHI, Raquel Ritter. O turning point da grande reportagem multimídia. Revista Famecos: mídia, cultura e
tecnologia, Porto Alegre, v. 21, n. 3, p. 897-917, setembro/dezembro 2014. Disponível em:
<https://goo.gl/ceP1Mk>. Acesso em: 26 abr. 2016.
MOLONEY, Kevin T. Porting Transmedia Storytelling to Journalism. 2011. 115 p. Dissertação (Mestrado em
Artes) – Faculty of Social Sciences, University of Denver, Denver, 2011.
PERNISA JÚNIOR, Carlos. Jornalismo Transmidiático ou Multimídia? Interim, Curitiba, v. 10, n. 2, jul./dez.
2010.
SCOLARI, Carlos A. Narrativas Transmedia: cuando todos los meios cuentan. Barcelona: Deusto, 2013.
Edição do Kobo.