Você está na página 1de 21
PROJETO FLORESCER GINCANA VERD E: 1 MIL HÃO D E ÁRVORES CEB B 2019 –

PROJETO FLORESCER

GINCANA VERD E: 1 MIL HÃO

D E ÁRVORES

CEB B

2019

B H

Objetivo Principal

O grupo Florescer surgiu da mobilização na Mandala do Lótus do CEBB/BH em aderir ao Projeto:

Movimento Tempo de Plantar 2019 - Gincana Verde.

Este movimento, tem origem em Brasília, e está reunindo e incentivando a ação de plantar, em um

único dia, 1 milhão de árvores.

O dia definido é 8 de dezembro de 2019.

Neste dia, todos aqueles instigados em agir para ampliar e melhorar a qualidade de vida e a salvaguarda ambiental estarão plantando uma árvore, em algum lugar do Brasil.

O grupo Florescer encontrou em Esmeraldas/MG (distrito São José) sua ação Bodicita de plantar no dia 8 de dezembro, em conjunto ao Movimento Tempo de Plantar 2019 - Gincana Verde.

Distrito São José - Esmeraldas/MG

Objetivo:

Ampliar a qualidade ambiental e áreas verdes no Distrito São José, com o plantio de espécies arbóreas frutíferas (Pomar

escolar) e de beleza cênica, incentivando a ação do cuidar e o cultivo da paciência em acompanhar o ciclo da vida para colher os frutos.

Metodologia:

- Encontros de Planejamento (1º encontro - 9/10; 2º encontro - 26/10)

- Reconhecimento e definição do local de plantio e dos atores interessados (26/10/2109);

- Estabelecimento de parceria com atores da escola e do distrito (26/10/2109);

- Estabelecimento das ações pré-plantio (definição das mudas, preparo, do solo, cova, irrigação, etc.);

- Plantio em 08/12/2019;

- Manutenção e cuidado das mudas.

Parcerias definidas:

- Escola Municipal de ensino Fundamental I alunos e professores;

- Bar e Restaurante do Marquinho;

- Praça da Igreja São José Comerciantes entorno da praça

- Fazenda Recanto Vovó Edna

Escola Municipal

Escola Municipal Bar e Restaurante do Marquinho Praça da Igreja São José F a z e

Bar e Restaurante do Marquinho

Escola Municipal Bar e Restaurante do Marquinho Praça da Igreja São José F a z e

Praça da Igreja São José

Bar e Restaurante do Marquinho Praça da Igreja São José F a z e n d

Fazenda Recanto Vovó Edna

do Marquinho Praça da Igreja São José F a z e n d a R e

Ação: Pomar e Bosque

ESCOLA MUNICIPAL

O Pomar foi indicado com a finalidade de ampliar a percepção infantil para frutas, promover a colheita dos frutos e inserção no cardápio de suco da cantina, além de promover qualidade local por sombreamento e atrativo para pássaros.

O Bosque foi indicado com a finalidade de ampliar a área de

sombreamento e local de descanso e contemplação.

área de sombreamento e local de descanso e contemplação. Espaço indicado para formação de um Pomar/Bosque

Espaço indicado para formação de um Pomar/Bosque

Cantina POMAR
Cantina
POMAR

Fundo da escola, utilizado para fins recreativos e esporte das crianças.

da escola, utilizado para fins recreativos e esporte das crianças. Lateral da escola, utilizado para fins

Lateral da escola, utilizado para fins recreativos

ESCOLA MUNICIPAL

Ipê Ipê Ação de Plantio Cerca limitando o espaço escolar
Ipê
Ipê
Ação de Plantio
Cerca limitando o espaço
escolar

Fundo - POMAR

ESCOLA MUNICIPAL

F u n d o - P O M A R ESCOLA MUNICIPAL

Lateral - BOSQUE

ESCOLA MUNICIPAL

Lateral - BOSQUE ESCOLA MUNICIPAL

POMAR

5 1,5m 6 4 4 2,5m 2,5m 1,5m 2 3 2,5m 2 2,5m2,5m 5 3
5
1,5m
6
4
4
2,5m
2,5m
1,5m
2
3
2,5m
2
2,5m2,5m
5
3

1.

Goiabeira

2.

Amoreira

3.

Acerola

4.

Pitanga

5.

Limão

(priorizar nas

extremidades

do pomar)

6.

Lichia

4 m BOSQUE 2 3 5 5 3 m 4 1
4 m
BOSQUE
2
3
5
5
3 m
4
1

ESCOLA MUNICIPAL

1.

Caroba - Jacaranda cuspidifolia

2.

Pau-ferro Libidibia ferrea var. leiostachya

3.

Quaresmeira Tibouchina granulosa

4.

Extremosa ou Resedá Lagerstroemia indica NÃO é NATIVA

5.

Oiti Licania tomentosa NÃO é

NATIVA

Ipês isolados na fachada do prédio escolar

ESCOLA MUNICIPAL

Ipê rosa – Handroanthus heptaphyllus Handroanthus heptaphyllus

Ipê amarelo – Handroanthus chrysotrichus Handroanthus chrysotrichus

prédio escolar ESCOLA MUNICIPAL Ipê rosa – Handroanthus heptaphyllus Ipê amarelo – Handroanthus chrysotrichus

heptaphyllusIpê rosa - Handroanthus Ipê amarelo - Handroanthus chrysotrichus Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya

Ipê rosa - Handroanthus

Ipê amarelo - Handroanthus chrysotrichusheptaphyllus Ipê rosa - Handroanthus Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Aroeira salsa - Schinus molle

Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Libidibia ferrea var. leiostachya

Aroeira salsa - Schinus molle Schinus molle

PRAÇA DA IGREJA SÃO JOSÉ

chrysotrichus Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Aroeira salsa - Schinus molle PRAÇA DA IGREJA SÃO

BAR E RESTAURANTE DO MARQUINHO

6 m 60 m
6 m
60 m

Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Farinha seca ou Sete Cascas – Samanea tubulosa Cássia-do-nordeste – Libidibia ferrea var. leiostachya
Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Farinha seca ou Sete Cascas – Samanea tubulosa Cássia-do-nordeste – Farinha seca ou Sete Cascas Samanea tubulosa
var. leiostachya Farinha seca ou Sete Cascas – Samanea tubulosa Cássia-do-nordeste – Senna spectabilis var. excelsea Cássia-do-nordeste Senna spectabilis var. excelsea

FAZENDA RECANTO VOVÓ EDNA

FAZENDA RECANTO VOVÓ EDNA Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Farinha seca ou Sete Cascas –

Pau-ferro – Libidibia ferrea var. leiostachya Libidibia ferrea var. leiostachya

Farinha seca ou Sete Cascas –

Samanea tubulosa

Ipê Amarelo – Handroanthus ochraceus Handroanthus ochraceus

Distância entre as mudas de

10m

OBSERVAÇÕES

No estudo de plantio das áreas selecionadas estão sugeridas 16 espécies arbóreas e/ou frutíferas, representando 51 mudas;

As espécies arbóreas são sugestões mais comuns para Pomar e Bosque. Alguns poucas espécies sugeridas não são nativas da região, embora sejam de distribuição no Brasil; mas foram listadas por cumprirem papéis

interessantes na arborização urbana, seja pelo sombreamento ou pela beleza cênica. Além disso, algumas delas

estão sendo cultivadas por colaboradores da Mandala;

Árvores de grande porte, como mangueiras, jaqueiras e abacateiros, não devem ser plantadas nos locais

selecionados para não danificar as estruturas escolar, restaurante e veículos, além de sujar muito o telhado e

calhas;

Árvores de jaqueiras e abacateiros possuem frutos pesados que podem danificar telhados e veículos e machucar

as crianças;

A manutenção com poda conduzida e cuidado com ataque de formigas e cupins precisa ser garantido até pelo

menos, 1 ano do plantio da muda, para o pomar, e 2 anos para as demais;

A irrigação do Pomar deve ser garantido pelo menos 4 vezes por semana, sempre; e nos demais 3 vezes por

semana, ao menos até os 2 primeiros anos;

É desejável cercamento e/ou proteção das mudas na praça, restaurante e Faz. Vovó Edna. Previsão de 42 mudas

cercadas.

SOLO E COVA

1. Abrir cova de 80x80x80cm em solo pouco fértil, ou se o solo for fértil, utilizar 60x60x60cm. No momento em que

você for tirar terra da cova, irá precisar separar de um lado a terra da superfície e do outro a do fundo;

A terra da superfície deve ser misturada com 20 litros de esterco de boi bem curtido, ou cinco litros de esterco de

galinha. Além disso, deve acrescentar 500 gramas de calcário dolomítico, 1 kg de fosfato natural e 150 gramas de

cloreto de potássio;

2. Teste a condição de drenagem ao irrigar a cova, caso, no solo, a água demore a infiltrar, coloque duas partes de areia grossa de construção junto com a mistura;

3. Depois de plantar deixe mais ou menos um metro em torno da planta, com um centímetro de profundidade com

formato de bacia, assim irá reter água;

4. Caso seja possível, cubra em volta com folhas secas, palha de milho, arroz ou serragem grossa, assim manterá a

umidade do solo, evitando que o mato cresça.

TOTAL DAS MUDAS

ESPÉCIE

NÚMERO DE

MUDAS

Amoreira

2

Acerola

2

Pitanga

2

Limão (priorizar nas extremidades do pomar)

2

Lichia

1

Caroba - Jacaranda cuspidifolia

1

Pau-ferro Libidibia ferrea var. leiostachya

12

Quaresmeira Tibouchina granulosa

1

Extremosa ou Resedá Lagerstroemia indica NÃO é NATIVA

1

Oiti Licania tomentosa NÃO é NATIVA

2

Ipê amarelo - Handroanthus chrysotrichus

2

Ipê Amarelo Handroanthus ochraceus

6

Ipê rosa - Handroanthus heptaphyllus

2

Aroeira salsa - Schinus molle

1

Farinha seca ou Sete Cascas Samanea tubulosa

9

Cássia-do-nordeste Senna spectabilis var. excelsea

5

TOTAL

51

MATERIAL PARA AS COVAS

 

N.

     

MATERIAL

COVAS

UNIDADE

QUANTIDADE

TOTAL

POMAR

9

     

Esterco

 

L

20

180

Calcário dolomítico

 

kg

0,5

4,5

Fosfato Natural

 

kg

1

9

Cloreto de potássio

 

kg

0,15

1,35

Areia (eventual)

 

L

0,5

4,5

BOSQUES

42

     

Adubo NPK (10:30:10)

 

kg

0,12

5,04

Adubo orgânico curtido (esterco

 

L

3

 

curtido)

126

Areia (eventual)

 

L

0,5

21

Proteção da Muda

Tamanho

Total

Observação

Estacas (4 por cova)

 

1,5m

204

Sugestões: cabos velhos de vassouras,

Bambu, Canos velhos ou restos

Tela (m) / cova

 

1,2m

61,2

Sugestão: fios de garrafa PET

Tutor

     

Estacas (m) /cova

 

1,5m

51

Sugestões: cabos velhos de vassouras,

Bambu, Canos velhos ou restos

AÇÕES EM ANDAMENTO

Produção de Mudas em andamento por colaboradores da Mandala:

Pau-ferro Libidibia ferrea var. leiostachya

Farinha seca ou Sete Cascas Samanea tubulosa

AÇÕES PARA CONTINUAÇÃO

Doação de mudas;

Doação do adubos;

Doação de tempo para abertura de covas e plantio;

Doação de material para o cercamento e tutoramento das mudas (cabos velhos de vassouras, Bambu, Canos

velhos ou restos, garrafas PET);

Doação de criatividade e elaboração de material de divulgação (Sugestão: cartaz indicando, no dia 08, que é uma

ação em andamento em todo o Brasil, criando assim uma identidade de participação em uma ação ampla e sem

fronteiras).

PARTICIPANTES

Mandala Lótus CEBB/BH

Professores Escola Municipal do Distrito de São José Esmeraldas/MG

Comerciantes do Distrito de São José Esmeraldas/MG

Faz. Vovó Edna

CRONOGRAMA

 

ATIVIDADE

QUANTIDADE

ATUANTE

DATA DE ENTREGA DA ATIVIDADE

LOCAL DA ATIVIDADE OU ENTREGA

1

Confecção de cartaz do Movimento Tempo de Plantar 2019 -

1

     

Gincana Verde

2

Abertura das covas

51

     
   

ver tabela

     

3

Angariação de insumos para o plantio (esterco, NPK, calcario )

específica

4

Angariação de estacas

255

     

5

Angariação de tela ou garrafas PET

61,2m ou 120

     

PETS (1L)

6

Confecção dos fios de PET, se substituir a tela

       

7

Angariação das mudas definidas

51

     

8

Mobilização de voluntários para o dia 08/12

8 Mobilização de voluntários para o dia 08/12   08/dez Distrito São José
 

08/dez

Distrito São José

   
         
     

9

Encontros de planejamento

     
MANDALA DO LÓTUS AÇÃO NO MUNDO CEBB/BH Rua Benvinda de Carvalho, 239, sala 502 –

MANDALA DO LÓTUS

AÇÃO NO MUNDO

CEBB/BH

Rua Benvinda de Carvalho, 239, sala 502 Santo Antônio Próximo ao clube Mackenzie

DO LÓTUS AÇÃO NO MUNDO CEBB/BH Rua Benvinda de Carvalho, 239, sala 502 – Santo Antônio