Você está na página 1de 18

Empreendedorismo

na confeitaria
DANIELA VERGARA E ROBERTA ABUD
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-2-

O curso
Empreendedorismo na confeitaria:
Quer ter um negócio de doces
artesanais que seja prazeroso, lu-
crativo, sustentável e alinhado
com o seu propósito? As experts
e empreendedoras, Roberta Abud
e Daniela Vergara, fundadoras da
Escola Doces Negócios, vão te
mostrar, aqui na Eduk, tudo sobre
empreender na confeitaria, a rea-
lizar seus sonhos trabalhando de
forma estratégica com aquilo que
você ama, além do que você pre-
cisa fazer para ter atitudes e men-
te empreendedoras, eliminando
aquilo que está te impedindo de
ter a renda que deseja com o seu
negócio de doces artesanais. Não
perca essa oportunidade e apro-
veite esse curso!

NÍVEL DO CURSO - Intermediário

ACESSE PELO APP assista a


cursos ao vivo e acesse o catálogo
de seu smartphone ou tablet.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-3-

As experts
Daniela Vergara: Com vinte
anos de experiência com marcas
nacionais e internacionais, atua
nas áreas de varejo, serviços, mar-
keting, vendas, operações, gestão
de pessoas, RH e relações públi-
cas. Além disso, é especialista em
Marketing, Coaching e Desenvol-
vimento de novos negócios.

Roberta Abud: Formada em Di-


reito e empreendedora na área de
confeitaria, tem mais de 20 anos
de experiência em vendas, aten-
dimento aos clientes e gestão de
negócios, atuando como Gerente
de vendas, Ouvidora/Ombudman
e Consultora de Franquias/Fran-
chising. Hoje, se dedica exclusi-
vamente à Escola Doces Negó-
cios e à confeitaria, onde ajuda as
pessoas a empreender e “viver de
confeitaria” de forma prazerosa,
lucrativa e sustentável

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-4-

Sumário
SONHAR SEM PLANEJAR É APENAS DESEJAR.................5

O MERCADO DA CONFEITARIA...............................................8

POR QUE VOCÊ COMEÇOU?...................................................10

PRINCIPAIS ATIVIDADES DO EMPREENDEDOR


CONFEITEIRO.............................................................................12

A IMPORTÂNCIA DA PRECIFICAÇÃO PARA O SUCESSO...........15

COMO PRECIFICAR OS SEUS DOCES..................................18

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-5-

Sonhar sem planejar é apenas desejar


O sonho de muitas pessoas é ter a sua própria empresa e ser bem sucedido fazendo
o que ama.

Esse também é o seu sonho?

Se sua resposta for positiva, pedimos que continue lendo atentamente cada página
desse material e que faça todas as reflexões e atividades propostas, pois "o sonho
é apenas o combustível para o motor das realizações. Combustível sem motor não
irá leva-lo a lugar algum. O motor das nossas realizações é construído por nossas
atitudes. Sonhar é importante, mas realizar o seu sonho é fundamental. Sem movi-
mento, não existe vida." (Fillion, 1999, p. 19).

Para começar a realizar o seu sonho, é preciso identificar aquilo que te move, qual
o seu combustível, o que motiva o seu motor a andar. Qual é o seu sonho?

Um empreendedor de sucesso imagina (sonha), desenvolve (age) e realiza visões.

Afinal o que é empreendedorismo?

De acordo com o dicionário Aurélio, empreendedorismo é:

1 - a qualidade ou caráter do que é empreender.

2 - atitude de quem, por iniciativa própria, realiza ações ou idealiza novos métodos
com objetivo de desenvolver e dinamizar serviços, produtos ou quaisquer ativida-
de de organização e administração.

Conceito de Empreendedor:

“o empreendedor é um indivíduo capaz de pensar e agir de forma inovadora, iden-


tificando e criando oportunidades, inspirando, renovando e liderando processos,
tornando possível o que parece impossível, entusiasmando pessoas, combatendo a
acomodação à rotina e assumindo riscos calculados em favor do lucro.”

Empreendedores são pessoas extraordinárias?

Não! “empreendedores são pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias.”


Empreendedores não nascem prontos. É preciso construir-se um!”
Carlos Hilsdorf, autor dos best-sellers “Atitudes vencedoras” e “51 atitudes essenciais para vencer na vida e na carreira”.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-6-

Características empreendedoras:

Autoconfiança

Autoconfiança:
O empreendedor precisa confiar em si mesmo para a tomada decisões, deve se arris-
car e buscar novas formas de solucionar um problema. Acredite no seu negócio, ex-
perimente, arrisque, erre, tente outra vez, mas mantenha-se confiante no seu sucesso.

Persuasão e rede de contatos:


O empreendedor usa estratégias para influenciar e persuadir pessoas, conseguir apoio
para seus projetos, além de desenvolver redes de contatos, construindo bons relacio-
namentos e parcerias comerciais.

Paixão:
O empreendedor precisa ser apaixonado por cada "pedaço" do seu negócio, incluindo
as faltas de resultados do começo. Na confeitaria, esse é o ingrediente principal, o
combustível que precisamos para seguir e enfrentar todos os desafios que envolvem
o negócio.

Persistência:
O empreendedor desenvolve a habilidade de enfrentar obstáculos para alcançar o su-
cesso. A pessoa com essa característica não desiste, reavalia e insiste ou muda seus
planos para alcançar os seus objetivos.

Comprometimento:
Os empreendedores sempre fazem o que dizem, cumprem seus compromissos, são
fiéis a tudo o que foi combinado, ainda que tenham que fazer sacrifícios pessoais ou
realizar um esforço extraordinário para completar uma tarefa; comprometimento é a
honra dos empreendedores.

Estabelecimento de metas:
O emprendedor precisa estabelecer objetivos claros para a empresa, tanto a longo prazo
quanto a curto prazo. As metas devem ter um significado pessoal, ser específicas, de-
safiadoras(provocantes), executáveis, realistas, temporais (com prazo) e mensuráveis.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-7-

Busca por informação e conhecimento:


O empreendedor deve conhecer todos os pontos do seu negócio, buscando sempre
se especializar, se atualizar e se envolver com dados, produtos, clientes, fornecedores
e concorrentes. Na confeitaria, é importante acompanhar as tendências e as novas
técnicas.

Saber calcular e minimizar riscos:


O empreendedor calcula os riscos do seu negócio, assume os desafios e responde por
eles. Ele busca e avalia alternativas para tomada de decisões, minimizando, assim,
as chances de erro.

Planejamento e monitoramento sistemáticos:


O empreendedor precisa saber estabelecer objetivos que sejam claros para a empre-
sa, tanto a longo quanto a curto prazo (com data pré-definida). Assim, o empreen-
dedor persegue objetivos desafiantes e importantes para si mesmo. Um negócio de
sucesso requer investimento de tempo e dinheiro, mas, por trás de todas as ações, é
necessário que haja um plano de negócios bem delineado.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-8-

O mercado da confeitaria
A Confeitaria é um ramo da Gastronomia voltado para a produção e decoração de
diversos pratos doces. A gastronomia está diretamente relacionada à economia
criativa, pertence ao núcleo criativo das artes, ou seja, utiliza as ideias (criativida-
de) como insumo principal para a geração de valor.

A confeitaria é um mercado que possuí múltiplas possibilidades de negócios, onde


existem vários nichos que podem ser explorados, porém cada um deles deve ser
desenvolvido com estratégias focadas em seu público alvo para que haja assertivi-
dade nas ações.

Mais adiante trataremos como você pode identificar o seu nicho e desenvolver
todas as estratégias para empreender com o seu negócio confeiteiro, através da
metodologia que desenvolvemos (dn5).

Queremos que você conheça um pouco mais sobre algumas estatísticas do mer-
cado da confeitaria para que possa ampliar a sua visão sobre as possibilidades de
negócio.

Estatísticas:

As empresas do segmento de panificação e confeitaria do país encerraram 2015


com vendas de R$ 84,7 bilhões, o que representou um crescimento nominal de
2,7% em relação ao ano anterior. O levantamento foi realizado pelo Instituto Tec-
nológico de Panificação e Confeitaria (ITPC) em parceria com a ABIP. As entidades
ouviram 1.018 empresas de todo o país.
(http://www.abip.org.br/site/sobre-o-setor-2015/).

18% da população brasileira consome alimentos doces, como sorvetes, bolos e


chocolates, durante cinco ou mais dias da semana. Segundo o levantamento, os
alimentos doces estão mais presentes nas refeições das mulheres.
(http://www.brasil.gov.br/saude/2015/04/pesquisa-diz-que-18-dos-brasileiros-consomedoces-5-dias-por-semana)

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

-9-

O mercado de confeitaria para festas e celebração (casamentos, batizados, aniversá-


rios, lembranças comestíveis etc) é, em grande parte, realizado pela confeitaria artesa-
nal, ou seja, profissionais que produzem doces em suas próprias residências, mas com
fins comerciais e, na maioria das vezes, de forma informal.

Segundo a Data Foods, estima-se que o mercado de produção de doces artesanais


corresponde a 300.000 profissionais no Brasil. Por conta da informalidade, ainda
não existem estudos envolvendo essa categoria. Essa informalidade se justifica pelo
baixo investimento para a produção de doces, tanto dos ingredientes quanto na
aquisição de equipamentos e na adaptação do local de produção.

O doce artesanal representa apenas 2% da produção nacional; as vendas do produto


subiram 20% em 2012, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Cho-
colates, Cacau, Amendoim, Balas e derivados (ABICAB).

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 10 -

Por que você começou?


Por que você começou a trabalhar com doces?

Através de pesquisas, identificamos 3 situações muito frequentes:

• Necessidade financeira: está desempregado ou precisa de uma renda extra para com-
plementar o orçamento ou tem um projeto que precisa juntar dinheiro (casamento,
viagem, festa etc);

• Adora cozinhar: faz tudo com muito carinho e todos os amigos sempre fazem questão
de seus quitutes nas suas festas, reuniões e eventos.

• Desejo de trabalhar em casa: desejo de estar mais perto dos filhos pequenos e encontrou,
na confeitaria, uma ótima oportunidade para trabalhar em casa.

Em todas essas situações é muito fácil iniciar as atividades da "empresa", pois não é neces-
sário um investimento alto. Basta ter uma cozinha com alguns equipamentos, utensílios,
uma receita, os ingredientes, uma boa foto compartilhada nas redes sociais e, é claro,
muita disposição.

Assim aparecem as primeiras encomendas, primeiro a família, depois os amigos, depois os


amigos dos amigos e, conforme os meses vão passando, tudo começa a tomar outra forma. É
quando o profissional se dá conta de que já está cheio de encomendas e atribuições além de
fazer doces, como: fazer as compras, responder orçamentos, embalar os doces, lavar louça,
entregar pedidos, ligar para os clientes, publicar as fotos dos doces nas redes sociais, contro-
lar as entradas e saídas etc. Tudo isso sem muita estrutura, planejamento ou controle.

É muito fácil se empolgar, tudo é feito com amor e é tão doce, não é mesmo?
Nesse momento surgem os primeiros problemas:

• Noites sem dormir fazendo encomendas;


• Reclamações do marido/esposa e dos filhos em relação a sua ausência nos finais de semana;
• A casa vira uma bagunça, tem açúcar por todos os cantos;
• No final do mês, não se sabe quantos doces foram vendidos, nem o lucro com as vendas;
Sensação de que trabalha mais que ganha;
• As pessoas não dão valor para o seu trabalho
• Não consegue separar o dinheiro da empresa x pessoal,
• O cartão de credito só tem contas de mercado e artigos de confeitaria; Não consegue
atender a todos os pedidos que aparecem;
• Não tem mais tempo para você e vive estressado;

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 11 -

Você já viveu os vive alguma dessas situações?

Não precisa se sentir culpado por ter passado por algumas dessas situações, isso acontece
pela facilidade de se iniciar um negócio de doces e, muitas vezes, pela falta de planeja-
mento.Para ter sucesso fazendo doces, é preciso paixão pela produção e organização para
desempenhar as demais funções que envolvem seu negócio confeiteiro, pois a produção é
apenas uma parte do seu negócio.

Para colocar a “casa em ordem” e ter controle do seu negócio, é necessário organizar o pen-
samento, entender o que te move e também tudo que envolve um negócio confeiteiro.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 12 -

Principais atividades do
empreendedor confeiteiro

Ser um empreendedor confeiteiro é encarar desafios dos mais variados tipos. Não são
poucos os que se perdem na rotina e acabam sem foco e energia para realizar suas
metas e sonhos. Nós entendemos que o combustível de um empreendedor é a clareza
daquilo que ele quer alcançar e, principalmente, ter o seu negócio alinhado ao seu
propósito. Abaixo descreveremos as atividades que consideramos fundamentais para
que você alcance o sucesso que deseja na confeitaria. Esteja consciente que o êxito do
seu negócio se dará na mesma medida da sua habilidade em gerir este conjunto de
atividades.

Planejamento:
Vamos começar pelo planejamento, uma atividade fundamental para o sucesso de
um empreendedor. Sem planejamento nada se alcança. Defina um objetivo claro
para o seu negócio, trace um plano e entre em ação. Para ser produtivo e cumprir o
seu plano, é de extrema importância reservar horários na sua agenda para cada uma
das atividades relacionadas ao seu negócio.

Pesquisa:
A pesquisa é uma atividade ampla para um empreendedor, pois quando temos o
nosso negócio, somos responsáveis pelas decisões e elas sempre devem ser pautadas
em pesquisas, dados e fatos. Tipos de pesquisa que você deverá manter atualizadas:

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 13 -

• De mercado
• De tendências
• De satisfação dos seus clientes
• Novos equipamentos
• Tipo de embalagem e apresentação
• Fornecedores e etc.

Estrutura:
Se o seu negócio está em estágio inicial, você pode pensar que definir a sua estrutura
é uma questão a ser pensada mais adiante. E isso é um grande erro, pois adotar uma
estrutura mínima desde o início é fundamental para o seu crescimento sustentável.
Adotar uma estrutura facilita a identificação das tarefas necessárias que você deve
realizar como empreendedor confeiteiro, além de delimitar as tarefas que serão suas
e quais tarefas você precisará delegar. Independentemente do seu local de trabalho,
é muito importante estar atento à organização e à higiene. Uma estrutura básica de
produção deve englobar: área de preparo produção em si, equipamentos, local para
guardar ferramentas e matérias primas, bem como, uma área que se destine para os
produtos finalizados.

Produção:
De uma forma geral, o processo produtivo engloba: a compra dos ingredientes/mate-
riais + a produção da receita + a finalização dos produtos (decoração, embalagem,
acabamentos). Essa é a parte mais vital do seu negócio. Por isso, é preciso planejar e
se organizar para que o amor fale sempre mais alto que o estresse.

Compras:
Planejar as compras é uma atividade importante para garantir: organização de tem-
po, gestão de estoque, economia e a tranquilidade para produzir. A compra está dire-
tamente ligada à organização financeira: desde o fluxo de caixa até a forma de rece-
bimento acordado com o seu cliente. Quando reduzimos a quantidade de produtos,
conseguimos otimizar nossas compras, o tempo de produção e o gerenciamento do
nosso estoque.

Distribuição:
Ter um bom produto não basta, é necessário que esse produto chegue até o cliente
certo, na quantidade certa e no momento acordado ou ideal. A distribuição precisa
garantir a entrega do seu produto e pode ser feita de 3 formas/canais de distribuição:
• Exclusiva: significa que você é o responsável pela entrega;
• Seletiva: utiliza-se de intermediários para entrega (marido, entregador, táxi, filho etc);
• Intensiva: consiste em colocar os seus produtos em pontos de venda para revenda.
É preciso garantir que o seu produto saia da sua cozinha e chegue em perfeito estado
até as mãos do seu cliente.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 14 -

Financeiro:
É uma atividade estratégica que deve ser pautada em dados, ou seja, em informa-
ções precisas e fundamentais para a tomada de decisão. A área financeira é respon-
sável por viabilizar a atividade fim da empresa através da alocação de recursos.

De forma simplificada, essa atividade consiste em:

1- Fluxo de caixa
2- Controle de vendas
3- Precificação adequada
4- Retorno dos investimentos

Para o sucesso do seu negócio, sugerimos que utilize as ferramentas disponibilizadas


nesse treinamento.

Marketing e Vendas:
A área de marketing e vendas é responsável por gerar recursos financeiros e elevar o
valor da sua marca diante do mercado.

De forma simplificada, essas atividades consistem em:

Marketing:
1- Conhecer o seu cliente profundamente
2- Criar produtos que gerem desejo ao seu consumidor
3- Definir onde e como você se comunicará com seu cliente
4- Ter identidade visual atrativa para o seu cliente alvo
5- Planejar calendário de ações: captação de novos clientes, fidelização, desejo pela
sua marca e etc.
7 - Definição de canais de vendas/distribuição

Vendas:
Venda é a ação e o efeito de vender (transferir a propriedade de algo para outra pes-
soa, mediante o pagamento de um preço estipulado). A venda de produtos ou de
serviços constitui a base das operações das empresas. Através destas vendas, as em-
presas obtêm lucro. Quanto ao fato delas serem rentáveis, isso depende de muitos
fatores, como a gestão de custos.

1- De qual forma você venderá os seus doces em cada um dos locais em que ele esti-
ver presente? Através de redes sociais, feiras, eventos, padarias, cafés, confeitarias e
qualquer outro local que você defina ser interessante para o seu negócio confeiteiro.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 15 -

A Importância da precificação para o sucesso


Sabemos que a atividade que você mais gosta é estar na cozinha fazendo os seus
doces, mas, para que você tenha um negócio lucrativo e sustentável, você precisa
entender a importância da precificação para alcançar o sucesso que deseja.

Vamos analisar a atividade que você mais gosta e as demais atividades do em-
preendedor confeiteiro:

Vendas x Produção
Se você não vende, não tem produção!

Marketing x Produção
Se você não divulga, não tem contatos
e não vende, não tem produção!

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 16 -

Compras X Produção
Se você não comprar produtos, não tem como fazer doces
e, consequentemente, não tem produção

Financeiro X Produção
Se você não tiver dinheiro, não pode comprar insumos,
pagar as contas, fazer propaganda, não pode investir em
equipamentos. Logo, não tem produção.

Planejamento X Produção
Se você não se planeja, não tem um crescimento sustentável.
Logo, quem sofre? A produção e, principalmente, você, que
é o produtor do seu negócio.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 17 -

Conclusão:

Não existe negócio de doces de sucesso sem produção organizada, sem gestão
estruturada e, principalmente, sem dinheiro. Logo, dedicar parte do seu tempo
para as outras atividades além da produção é fundamental para o crescimento
sustentável do seu negócio de doces artesanais.

Vamos fazer uma análise final:

De onde vem o dinheiro do seu negócio?


Resposta: dos seus doces.

E como você tem a certeza de que este doce está trazendo dinheiro para o seu negócio?
Resposta: Através do lucro que ele gera.

Como você precifica o seu doce?


Resposta: como não sabemos a sua resposta, vamos te ensinar exatamente o passo
a passo da precificação correta.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)
EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA

- 18 -

Como precificar os seus doces


4 passos da precificação:

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “EMPREENDEDORISMO NA CONFEITARIA” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR)
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)