Você está na página 1de 59

ANATOMIA DA CONSCIÊNCIA

| Quem Sou? | De Onde Venho? | Para Onde Vou? |

Geometria Sagrada – 9 | Kundalini – 2

Parte I
(https://anatomiadaconsciencia.wordpress.com/2
019/04/06/kundalini-parte1/)

Na primeira parte deste artigo apresentei alguma informação que retrata a pesquisa feita pela
Fronteira da Ciência relativamente à investigação e fundamentação científica do fenómeno da
Fisiokundalini e dos sistemas energéticos envolvidos.

Nesta 2ª parte vou apresentar a informação da Ciência Keylontica e comparar os mesmos processos
energéticos e sistemas envolvidos e iremos aperceber-nos da maior profundidade e complexidade da
abordagem. De facto, este conhecimento fazia parte co conhecimento corrente da Humanidade mas
foi intencionalmente ocultado e também distorcido. O que resta desse conhecimento apresenta-se
bastante incompleto, com lacunas e informações incorretas.

A Fronteira da Ciência, recorrendo aos instrumentos científicos/tecnológicos disponíveis, apenas


consegue criar modelos que explicam as estruturas energéticas a partir do nível 6 da sequência de
transdução-manifestação da anatomia multidimensional. A Fronteira da Ciência apenas reconhece 7
chakras enquanto a Ciência Keylontica apresenta 15 chakras, cada um correspondendo a 1 das 15
dimensões da nossa Matrix Temporal. A Fronteira da Ciência apenas reconhece 7 Corpos Hova
(Auricos) relacionados com os 7 Chakras.

Alguns Terapeutas que “curam” através da transferência de energia pelas mãos, também possuem a
capacidade de ver a aura e apercebem-se de níveis da anatomia (emissões de bioplasma) que os
instrumentos científicos não conseguem medir. É o caso de Barbara Ann Brennan que pratica a cura,
psicoterapeuta e cientista. Foi investigadora na NASA no Goddard Space Flight Center (Formação em
Física Atmosférica na Universidade de Wisconsin) e durante 15 anos (na altura que publicou o livro)
estudou e trabalhou com o campo energético humano.
Na Parte I (h ps://anatomiadaconsciencia.wordpress.com/2019/04/06/kundalini-parte1/) deste tema
“Kundalini”, enfatizei uma afirmação de Gopi Krishna a qual será explicada e aprofundada nesta
Parte II recorrendo à Ciência Keylontica ¹.

Kundalini – processo de natureza inteiramente Biológica:

O fenómeno da kundalini é de natureza inteiramente biológica. Com o despertar da kundalini,


inicia-se uma espantosa atividade em todo o sistema nervoso, do alto da cabeça aos dedos dos
pés. O corpo torna-se um laboratório em miniatura, funcionando em alta velocidade, noite e
dia.
Gopi Krishna

Parte II
1. Ciência Keylontica: Keylonta = linguagem dos “Códigos Simbólicos/Símbolo”. Estruturas
internas geométricas-elétricas e magnéticas que criam os alicerces para os sistemas dimensionais.
Resumindo é a ciência da luz, som e códigos de símbolos subconscientes – Códigos de luz
Simbólicos que afetam a forma como a energia se movimenta através das estruturas energéticas e
biológicas – e os códigos de base da matéria designados por Códigos Keylons.
2. Keylons = compósitos de unidades de energia ultra-micro eletro-tonal designados por Partiki. Os
Keylons agrupam-se entre si para formar as estruturas cristalinas de energia dimensionalizada
que existem enquanto base matricial morfogenética (sustentam a forma) dentro de todas as
formas de matéria, particulas e consciência. São os campos de frequência de som e luz sobre os
quais toda a Matriz Cósmica se edifica. O Campo Unificado da Energia Cósmica é composta por
Keylons Krystalinos (Cristalinos em português).
3. Partiki = Substância Primária que se constitui por unidades de energia consciente que existe
enquanto pontos omni-polares (contêm o potencial para todas as polaridades e não possui
polaridade) de vibração fixa. As unidades Partiki são unidades omni-polares de energia vibratória
que pulsão perpetuamente (para dentro e para fora) entre o estado de Luz radiante bi-polar
(ondas escalares estacionárias) e a vibração de som omni-polar. São os mais pequenos blocos
edificadores da matéria e formam a matriz sobre a qual a consciência em todas as suas formas
entra na manifestação. As partiki são a Inteligência organizadora e operacional ou o “combustível
da Força de Vida” por detrás e dentro de toda a manifestação e consciência. São as unidades
primárias de energia que formam toda a matéria, anti-matéria, pré-matéria e não-matéria.
Funcionam como geradores de Fissão-Fusão.

Sequência de Transdução pessoal relativa à anatomia multidimensional:

Fonte da imagem: dicionário keylontic. Sequência de transdução pessoal. Esta


sequência envolve determinadas estruturas da anatomia multidimensional.

1. Grelha Kathara pessoal.


2. Escudo Tribal e Escudo Pessoal.
3. Corpo Pessoal Crystal Keylon, forma de pensamento.
4. Campos Merkaba Pessoais.
5. Matriz de ADN de 12 filamentos e Linhas Axiom.
6. Corpos Hova Pessoais |[Fonteira da Ciência] → Chakras e Linhas Meridianos.
7. Corpo Radial e Radis.
8. ADN Físico e Corpo Físico.
9. Holograma.
A ciência Keylontica apresenta um nível de conhecimento sobre a mecânica da física interdimensional
bem como as funções da energia, consciência e espírito através das quais se processa a manifestação,
de forma muito mais aprofundada e sistematizada. A sequência de transdução apresentada no início
representa as fases pelas quais a consciência passa para chegar à manifestação e os processos pelos
quais a energia consciente sofre modificações até se manifestar no espectro ondulatório dentro do
nosso campo percetivo. As instruções Matemáticas-Geométricas precisas (informação/inteligência)
que permite que o Programa da Criação se manifeste a partir da Fonte Criadora designa-se por
Código Krist.

A palavra Krist e “Kristallisation” (Cristalização) tem a sua origem nas 7 encriptações vibracionais
que dão origem às expressões sonoras audíveis externas da consciência originárias dos Aglomerados
(Cluster) Hub ADON Bud (os Bud-Aahs da primeira Criação eterna da vida Monádica Interna) ou,
por outras palavras, os 6 tons primordiais externos: Ka, Ra, Ya, Sa, Ta, Ha, La. Estes sons são
conhecidos por KRYST-Hala do Aah ou primeiro grande vazio ou Kryst-(h)aL(a)Aah, o núcleo tonal
da primeira criação externa.

Kryst – deu origem à palavra Cristo (Filho de Deus) no Cristianismo.


Hala – deu origem à palavra Alá ou Alláh, a palavra utilizada no árabe para designar Deus.
Bud-Aahs – Deu origem ao nome de Buda na Filosofia/religião Budista.

HUB – são sistemas Krysticos designados pelos domínios Internos.

O Hara e a Kundalini

Centro Hara

As energias Prateadas-Douradas do Centro Hara (9ª estrela do Selo Crystal ¹) estão entrelaçadas na
base da coluna vertebral com aquilo que se designa pelas energias da Força Vital Kundalini. As
energias Kundalini representam as correntes de energia primárias através das quais a consciência
encarnada ancora o seu campo morfogenético dentro do Corpo fetal através das Primeiras 8 células
da conceção.

¹ Selo Crystal – conjuntos de compósitos de ondas escalares Partiki (Pki) tridimensionais que
regulam a taxa de pulsação Partiki para criar as estruturas base sobre as quais se cria a
dimensionalização. Ou seja, regulam as frequências entre bandas de frequência dimensionais e
Universos Harmónicos bem como as taxas de expansão e contração/fissão e fusão das Partiki, as
taxas de Vibração-oscilação da Partiki e a velocidade de rotação angular das partículas.
Corpo Radial – Campo Trion-Meajhe:

O corpo conjunto dos 5 Corpos Hova ou Cápsulas (representado na figura anterior pelas linhas
contínuas ovais mais escuras) designa-se por Corpo Radial ou Campo Trion-Meajhe. Todas as
formas manifestas possuem um Corpo Radial/Campo Trion Meajhe que forma uma Cápsula ou
Membrana de Tecido Esférico ou estrutura da Cápsula Hova. Os Corpos Radiais são esferas/cápsulas
ou membranas que envolvem a estrutura tridimensional do Corpo Hova.

As instruções da manifestação fluem a partir da Grelha Kathara através do Campo Merkaba para a
matriz do ADN (ADN não físico) para depois continuar o seu percurso de transdução pelo sistema de
circulação da energia que entrega estas instruções ao Corpo Radial para a manifestação a nível das
partículas atómicas.

Sistema Circulatório da energia:

Linhas Axiom.
Corpos Hova.
Chakras.
Meridianos.

O Corpo Radial e o Radis traduzem a impressão de ondas-escalares da Matriz do ADN (ADN não
físico) e da Grelha Kathara nas sub-unidades Particuladas Iónicas Polarizadas Mion-Dion, as quais
realizam a acreção em função das instruções da Matriz do ADN para formar a forma material
subatómica, atómica, molecular, ADN químico e corpo físico, os veículos da consciência
incorporada.
Embora o Corpo Radial seja descrito como uma Cápsula de Tecido é, na verdade, uma estrutura
tridimensional muito específica dentro da qual se dá a manifestação da matéria. Também assume as
funções de ecrã de projeção da nossa experiências holográfica. As distorções dentro do nosso corpo
Radial criam hologramas distorcidos determinado a qualidade da vida que manifestamos à nossa
volta. O Corpo Radial pode ser comparado ao Teatro Vivo dentro do qual a consciência contida no
nosso ADN e em toda a estrutura energética pode ser experimentado como um holograma 3D. É como
se fosse a lente de refração holográfica que permite que o holograma flua através de nós.

Escudo = códigos matemáticos que “dizem” à consciência como criar o Holograma


Tridimensional.
Corpo Radial = Ecrã de Projeção Holográfica
Corpo Hova: 8 estações de identidade: a nossa anatomia multidimensional possui 5 CH dentro da
nossa Matriz Temporal (Corpos Ar-E-a) e 3 dentro da Matriz Energética (Corpos Yu-Set-a). Nos
Seres Humanos, os 8 Corpos Hova designam-se por Corpo Crystal. As Grelhas Escalares
tridimensionais dos Corpos Hova e Escudos que contêm porções da nossa consciência, estão
separados entre si de forma a permitir que nós possamos experimentar a realidade – podem ser
entendidos como Plataformas de Perceção. Uma porção da nossa identidade está estacionada
dentro de cada um dos Escudos do Corpo Hova e as dimensões contidas dentro dos Escudos
tornam-se nas plataformas a partir das quais essa parte de nós próprios percebe a realidade de
forma objetiva.

Comparação/Analogia:

Imagem: foto e esquema do OMNIMAX la Geode (Cinema IMAX Esférico) na Cidade das Ciência e
Industria, la Villete, Paris.

Para percebermos as estruturas da nossa identidade vou usar o exemplo do cinema IMAX projetado
numa cúpula geodésica:

A Esfera do Geodo corresponde aos Corpos Hova – Cápsulas/Membranas de “tecido” que


envolvem cada nível de densidade – estação e/ou porção da nossa identidade.
Corpo Radial (esferas/cápsulas) ou ecrã de projeção holográfica, neste caso IMAX que envolve o
campo visual e cria a sensação de imersão na realidade projetada.
1. Plataforma de Perceção 1 – Ecrã 1: o primeiro nível de realidade holográfica corresponde à
experiência vivida pelos espetadores sentados no anfitieatro imersos sensorialmente pelo filme
IMAX (Seria a densidade 1).
2. Platafoma de Perceção 2 – Ecrã 2: se o Geodo tivesse uma cúpula móvel que permitisse uma
abertura, o espetador conseguiria ver a realidade envolvente (Ambiente citadino que o
envolve, o céu, as pessoas que se passeiam, etc…) – seria a densidade 2.
3. Plataforma de Perceção 3 – Ecrã 3: se fosse aplicado um filtro de radiação diferente, o
espetador conseguiria ver as cidades astrais situadas na atmosfera superior.
4. Plataforma de Perceção 4 – Ecrã 4: ao anoitecer, sentado no banco do anfiteatro, a luz do sol
deixaria de bloquear a perceção da abóbada celeste e o espetador conseguiria ver as estrelas,
lua, planetas do sistema solar, naves ET, etc.
Escudo (Shield) = representado pela máquina de projeção que envia a informação visual digital
(pixeis/fotões – o menor ponto que forma uma imagem digital) para a tela a qual é descodificada e
interpretada pelos nossos sentidos como a realidade naquele momento.

As cores das esferas foram escolhidas apenas para distinguir cada “Geodo” Densidade ou Plataforma
de perceção.
A Ciência Keylontica refere que o facto das partículas possuírem diferentes Taxas de Oscilação
Vibratória e Velocidades de Rotação Angular diferentes, permite que os múltiplos campos de
realidade dimensionais coexistam dentro do mesmo espaço permanecendo, no entanto, invisíveis uns em
relação aos outros em termos percetivos. As relações entre os estratos de ondas dentro das bandas de
frequência vibratória criam uma refração holográfica da luz, som e ondas escalares que permite à
consciência perceber a ilusão da matéria sólida, do espaço, tempo e a externalização da realidade
enquanto ela permanece oculta dentro das estruturas da dimensionalização.

1. O primeiro nível da Grelha Kathara constitui a base dos programas eletro-tonais do processo de
oscilação Partiki e da estrutura dimensional sobre a qual os outros níveis da Grelha Kathara e o
Campo Morfogenético se edificam.
2. O segundo nível da Grelha Kathara compõe-se de 5 grupos de Escudos Escalares tridimensionais
e Selos Crystal que regulam as Taxas de oscilação das Unidades Partiki para criar a estrutura base
sobre a qual se cria a dimensionalização.
3. O terceiro Nível da Grelha Kathara constitui-se por conjuntos de Buracos Brancos e Negros ou
vórtices de energia constituídos pelo espectro de ondas escalares interdimensionais que regulam
o fluxo da energia-consciência entre os sistemas dimensionais, harmónicos e anti-
particulas/paralelas.
Analogia entre a nossa anatomia multidimensional e a Esfera Geodo de projeção OMNIMAX.

Estrutura do Escudo ou “Projetor Holográco”:


Fonte da Imagem: Ashayana Deane Freedom Teachings MCEO. K2-3 Manual Page 117

Os Escudos de Densidade & Dimensionais designados por “Relógios Escudo” são discos de ondas
escalares estacionárias compostos por uma intrincada rede de arranjos Keylon (ondas estacionárias)
que sustêm uma replica (cópia) dos programas Matemáticos do Código Krist das Letras Fogo (Fire
Le ers) de Densidade & Dimensão bem como as sequências de Letras Fogo (bandas de sub-
frequências dimensionais de ondas estacionárias que formam os 12 conjuntos de Letras Fogo das
quais cada dimensão é composta) tal como existem dentro do Escudo de Base Ecka.

Cada Escudo Relógio serve como a Matriz de projeção através da qual a Força Vital Primeva e as
correntes Ecka da Fonte de Vida fluem (pulsão), transportando os programas do escudo de fase-única
para a expressão de manifestação nos vários planos.

Comparação:
Analogia entre um projetor IMAX (Realidade) e o Projetor da realidade
Holográfica Humana designado por ESCUDO que cria a nossa “Matrix”

Disposição dos Escudos sobre a Grelha Kathara


Fonte da Imagem: Ashayana Deane Freedom Teachings MCEO. K2-3 Manual
Page 117

Grelha Kathara, Escudos, Linhas Axi-A-Tonal, Corpo Humano:


Fonte da Imagem: Ashayana Deane Freedom Teachings MCEO. K2-3 Manual
Nível Aurico, Chakras e Corpos Hova.
Nível Aurico: Imagem adaptada de Ciência Keylontica – Freedom teachings MCEO. Nível Aurico,
Chakras e Corpos Hova. Cada Escudo Escalar tridimensional forma um domínio eletromagnético
esférico designado por Corpo Hova. Cada Corpo Hova manifesta a estrutura e gere a função dos seus
3 chakras (CORPO RADIAL)

Kundalini

Correntes Triádicas de Cura


A Esfera Dorádica recolhe energia no 4º Chakra | As cordas Dorádicas transmitem a corrente da
esfera Dorádica para os Chakras das Palmas das Mãos através das Linhas Axi-A-Tonal nos braços e
mãos. | A Bola Dorádica permite que a corrente recolhida nos Chakras secundários das Palmas das
Mãos intensifiquem a corrente.
TÉCNICA:

Selo Maharico e a Limpeza da Luz Líquida – PDF


(h ps://anatomiadaconsciencia.files.wordpress.com/2019/04/selo-maharico-e-a-limpeza-da-luz-
lc3adquida..pdf)

Energia Kundalini, Espirais Kundalini, Antakarana ou Kundalini Universal:

As correntes de força vital correspondentes às primeiras 9 dimensões e aos primeiros 3 Corpos Hova,
Densidades de Matéria e Escudos designam-se por Energias Kundalini (Também conhecidas por
Kundalini Universal ou Antakarana).

As 3 Correntes Kundalini incorporadas designam-se por correntes:

Telurica (Telluric),
Doradica (Doradic)
Teurica (Teuric)

Cada corrente kundalini é uma corrente Triádica, ou seja, é um conjunto de correntes


tridimensionais que funcionam em conjunto e estão separadas por uma Zona de Repulsão magnética.
Cada uma destas Correntes Kundalini apresenta-se em forma de espiral dentro das regiões das
primeiras 8 células durante a sequência da conceção, localizadas no Cóccis na base da coluna vertebral. A
consciência encarnada ancora a sua identidade na Matriz da manifestação Christos dentro das
primeiras 8 células para dar início no processo de integração fetal.
Mutação

O Véu do Caduceu ou Maçã Envenenada é um campo eletromagnético que inicia a sua formação
dentro e em torno de cada célula e do embrião em crescimento depois da Mutação do 6º dia. A partir
daí o crescimento e todas as divisões celulares seguem o Código de Expansão da Sequência
Metatrónica de Fibonacci depois do 6º dia que provoca um bloqueio no Corpo de Luz que assume
uma topologia Toroidal anómala.
Mutação da Luz Vescica Piscis: bloqueia a ligação atómica e subatómica parando o processo de
regeneração do Átomo Semente (Centelha Krist) estando na base das distorções no nosso ADN
provocando degeneração celular e reduz a luz Sha-LA-a Base-12 em duas correntes de luz separadas
com rotação invertida de Base-4 Sho-na, cada uma fluindo a 1/3 da velocidade (1/3 do ritmo de
faseamento partiki) da Luz natural Sha-LA-a de Base-12. As unidades Partiki deixam de conseguir
movimentar-se de forma independente umas em relação às outras para realizar um faseamento
natural e ficam bloqueadas na mesma momento de rotação/spin compactado formando Unidades de
Luz estática Artificial Dodecaedro Sho-na, que de agrupam para formar Cristais de Luz Congelada
miasmicos e diasmicos que giram com um spin invertido relativamente ao que seria suposto, criando
vórtices de spin invertidos que bloqueiam a função natural do Corpo Cristal.

A partir do 6º dia a Mutação distorce os fluxos orgânicos eletromagnéticos Yan-Yun-A (“Borboleta


Sagrada”) do Corpo de Luz, formando a Mutação dos Fluxos Metatrónicos Yin-Yang (“Maçã
Envenenada”) e o Bloqueio Eletromagnético dentro das estruturas do Corpo de Luz e do Corpo
Radial.
Fonte da Imagem: Freedom teachings MCEO Sliders 10, pp. 24 | No processo de gestação fetal
orgânico Krystic da vida eterna, os fluxos orgânicos da “Borboleta sagrada” ativam-se dentro do
aglomerado de células designado por Blastocisto quando se dá a ativação do Semente-Crystal-
Prateado Aya no 6º dia. Os Fluxos orgânicos transharmónicos Hidro-acústicos da “Borboleta
Sagrada” fundem-se com os Fluxos do Corpo de Luz Radial “Yan-Yun-A” abrindo a circulação entre
o Corpo Fetal Atómico, O Corpo de Luz, o Corpo Espírito e a Fonte de Deus, dando início ao processo
orgânico de DhA-ya-fication do Corpo Humano Angélico. A mutação do 6º dia bloqueia este
processo ativando a “Mortificação” do Corpo Humano (mortal).

Corrente de Força Densidade Base-Elemental:

“A” = D-1 Etérica


“dha” = D-2 Telúrica
“DhA” = D-1 Etérica & D-2 Telúrica
“TEi” = D-3 Atmica
Borboleta Sagrada: os fluxos orgânicos Yan-Yun-A permitem uma circulação aberta de energia
entre o Corpo Radial de Luz, Corpo Espiritual e a Fonte Criadora. os fluxos da Vida Eterna
Orgânica Krystica Yan-Yun-A estão bloqueados dentro da divisão celular pelo véu do
caduceu/maçã envenenada, depois do 6º dia da mutação. Um sistema Krystico natural permite
uma circulação livre das Correntes de Força de Vida Primária (CFVP) entre o Self e a Consciência
de Deus.
Os fluxos metatrónicos em Circuito fechado Yin-Yang formam um bloqueio eletromagnético
inorgânico em forma Toroidal em torno e dentro do Corpo de Luz radial que recicla de forma
inorgânica as Forças de Corrente de Vida primárias aprisionadas dentro de um sistema de
circulação fechado. Este é o motivo pelo qual morremos assim que esgotamos a energia
armazenada.
O campo de torsão/merkaba inorgânico, anómalo externo toroidal em torno do nosso coração e do
nosso corpo gera um bloqueio eletromagnético interdimensional não natural em forma de toro (com
fluxos eletromagnéticos inorgânicos yin-yang num sistema fechado) em torno e dentro do nosso
corpo, formando o campo biomagnético anómalo e inorgânico em forma de “Maçã Envenenada”.

Adaptado de Freedom Teachings MCEO. Distorções na geometria da grelha


kathara que criam distorções anatómicas e bloqueios energéticos.
Fonte da Imagem: adaptado de Freedom Teachings MCEO Sliders 10: Selos do Kha-SteiL-A: 7 Selos
Elementais do DhA-TEi e Fluxos de Força DhA-ya-TEi.
Ativação das 3 Correntes Kundalini

A ativação das 3 Correntes Kundalini cria progressivamente a integração das dimensões superiores da
consciência e a de-densificação da estrutura molecular. A Kee-Ra-ShA é ativada quando todas as
frequências dentro das 3 Correntes Kundalini estão incorporadas. A ativação da Kee-Ra-ShA ancora
os Feixes Hidroplasmáticos 12-dimensionais dentro do corpo iniciando o processo de transmutação
celular e a de-manifestação intencional e o processo de ascensão dimensional da forma biológica
humana.

Os 3 Campos de Luz Primários Kee-Ra-Sha são normalmente designados por Um Shaddai Ur (Pilar
Causa da Primeira Luz), a partir dos quais emergem os 12 Raios das Correntes de Força de Vida
Universal Kundalini.

Kee – cor turquesa – dimensão D-13.


Ra – cor amarela pálida – dimensão D-14.
ShA – cor rosa magenta – dimensão D-15

A Kee-Ra-ShA é a energia de força-vital que cria e mantém o Corpo Físico e a consciência durante o seu
período de manifestação física. Nos seres Humanos as energias Kee-Ra-ShA manifestam-se como pilares
de luz tubulares que percorrem o centro do corpo e o campo bioenergético sendo originárias da
Matrix da Alma e dos níveis de identidade superiores, fluindo até ao Núcleo da Terra onde está
armazenado o Campo Morfogenético da Raça.

A Kee-Ra-Sha humana começa no momento da conceção com a criação das “pontes” de Kundalini e
o “Cordão Prateado” de frequências inter-dimensionais que ligam o feto à Matrix da Alma e através
do qual se dá a Integração fetal da Essência da Alma. Quando se dá a conceção, parte da Essência da
alma que chega, entra primeiro nas 8 células originais na base da coluna que irão crescer para se tornarem
no feto, estabelecendo uma ligação energética que se designa habitualmente por Energias Kundalini
entre o embrião e a essência da alma. À medida que as Espirais Kundalini se estabelecem na base da
coluna dentro do padrão fetal, cria-se outra ponte de frequência no corpo na região dos chakras do
umbigo, coração e coroa (cabeça) e nas Glândulas Pineal, Tiróide e Timo. Esta parte das energias
Kee-Ra-ShA criam uma ponte de frequências 9-dimensionais, um “Cordão de prata” que abre o
Vórtice do Chakra da Coroa para permitir a Total Integração fetal e liga a forma corporal no umbigo e
noutras regiões do corpo permitindo a sustentação das energias da Matrix da Alma e Corpos Nada
Hova. As energias Kundalini na base da coluna ligam a Ponte de energias do Cordão Prateado
formando a Principal Corrente de Energia Vertical que percorre o feto e o campo morfogenético
através do qual o corpo e a consciência elevarão progressivamente a sua vibração e expandem o
crescimento físico e permitem que a integração da essência da alma continue ao longo do tempo.

As Espirais Kundalini estão ligadas ao Cordão de Prata e à Glândula Pineal no centro do Cérebro e
apenas se tornam ativas quando a Glândula Pineal receber estimulação suficiente das frequências
das dimensões superiores, à medida que se desenrola o processo de Integração da Alma e de
Ativação do ADN.

A quantidade de energia armazenada na Kundalini será determinada pela capacidade do código


genético em suster as energias ULF e UHF. As energias da essência da alma que não se podem
integrar no ADN serão armazenadas no Centro Kundalini na base da coluna. À medida que o feto
começa a acelerar a taxa vibratória e de crescimento, devido ao estímulo aplicado pela Essência da
Alma, as porções da essência da alma com maior taxa vibratória, são introduzidas no corpo fetal,
formando as 3 espirais energéticas na base da coluna que ligam o corpo fetal diretamente ao campo
morfogenético da raça no Núcleo da Terra e à Matrix da Alma no Universo Harmónico-2. As espirais
de energia ULF e UHF enroladas tornam-se nas energias Kundalini que alimentam o corpo lentamente
à medida que cresce, até atingir a maturidade.
Atualmente na maioria dos Seres Humanos, as espirais de Kundalini permanecem adormecidas ao
longo da sua vida, desde o momento da conceção. Assim, apenas conseguem usar uma porção da
Kundalini e a Linha Hara e não consegue efetuar uma total ativação do Pilar de Luz.

Para ativarmos as espirais Kundalini teremos que ativar o 4º filamento de ADN e seguintes o que
acontece durante o processo de integração fetal. A maioria das pessoas não experimenta uma
Ativação da Kundalini, processo através do qual a “Ponte” de ligação das frequências do Pilar de Luz
dos níveis de Identidade Superiores com o corpo, através da glândula Pineal e o Cordão de Prata no
umbigo. As ativações do ADN e da Kundalini não acontecem como resultado do nosso desejo ou da
nossa intenção esperançosa uma vez que são processos Bio-espirituais naturais inerentes à Física da
Criação que apenas se desencadeiam através da orientação da energia de forma consciente e educada,
associada ao conhecimento/sabedoria espiritual. Existe uma Ordem Divina Correta da mecânica da
energia que rege a manifestação da consciência nas formas biológicas e esta mecânica tem que ser
compreendida e aplicada de forma adequada se queremos alcançar uma Mestria Bio-Espiritual
genuína.

Despertar da Kundalini

Nota muito importante – Ka:

O “Ka” refere-se aos 4 Corpos Hova que correspondem às dimensões 1 a 12:

Corpo Nada Hova.


Corpo Alphi Hova.
Corpo Betcha Hova.
Corpo Mahara Hova.

O Ka deve ser despertado do seu estado dormente dentro da Matriz da manifestação antes de
desencadearmos o processo de ativação e despertar da Kundalini. O Ka torna-se ativo (é ativado) através da
remoção dos 4 Implantes inorgânicos ou Selos Crystal Semente que bloqueiam a função natural das
matrizes dos 2º, 3º e 4º Filamentos do ADN.

Ka = luz

Os Selos Crystal Estrela do Corpo Humano estão atualmente num estado adormecido o que mantém
fechado:

Mantém fechados os Selos Crystal Semente do Sistema de Chakras.


Mantém separada a consciência e a base corporal das partículas.
mantém bloqueados os Campos Merkaba Dimensionais pessoais bloqueados nas suas respetivas
bandas de frequência dimensional.

Estas condições mantiveram os seres humanos presos dentro das Coordenadas Espacio-Temporais da
Terra no atual Ciclo temporal.
O Campo Bioenergético Humano contém 15 Selos Crystal Estrela que controlam as funções dos
Selos Crystal Semente e o ângulo de Rotação dos Campos Merkaba pessoal e harmónico. Quando
ativamos os Selos Crystal Estrela através da infusão de frequências Energéticas de Ondas Estelares e
Ativações Estelares, estas abrem/desbloqueiam progressivamente os Vários Selos Crystal Semente e
os Chakras. Através deste processo, os Campos Merkaba, do ser encarnado do Universo Harmónico-
1, fundem-se com os campos Merkaba da Matrix da Alma do Universo Harmónico-2, permitindo ao
Corpo Humano e à sua Consciência, transferir progressivamente o seu conteúdo de partículas do
UH-1 para o UH-2 e deste para a Matrix da Sobre-Alma (Oversoul) do UH-3.

Os Selos Crystal Estrela controlam o funcionamento dos Selos Crystal Semente em cada dimensão e
podem libertá-los, permitindo que as porções dimensionais separadas do campo morfogenético se
fundam entre si.

A imagem seguinte mostra de forma esquemática a anatomia do nosso Corpo Astral que é uma
replica eletromagnética do corpo tridimensional da densidade-1.
Fonte da Imagem: Ciência Keylontica

Centro Hara

As energias do Centro Hara entrelaçam-se na base da coluna vertebral com as frequências do


primeiro Selo Estrela Cristal (Star Crystal Seal), na primeira célula. Quando o Selo do Centro Hara
está dormente, e apenas ativado até ao nível tridimensional, a sua frequência Prateada Pálida-
dourada parece estar encapsulada dentro da bainha vermelha carmesin da energia da 1ª dimensão,
criando a aparência de que o Centro Hara e a linha Hara parecem assumir a cor vermelha. à medida
que o centro Hara se ativa, através da libertação progressiva do 9º Selo Estrela Cristal (9th Star
Crystal Seal), as frequências da 8ª dimensão Dourada e da 9ª dimensão Prateada do Hara tornam-se
as tonalidades dominantes, dando ao Centro Hara e Linha Hara a sua cor natural Prateada-Dourada.
Com a ativação total do Centro Hara e a integração Maharica de 12-dimensões, as frequências de 3
tons do Centro Hara e Linha Hara assumem um espetro de três cores, Prateado Pálido, Dourado e
Vermelho-Violeta (magenta pálido), à medida que as correntes de força vital primárias Kundalini, na
base da coluna vertebral se ativam dentro da Corrente Central Vertical do corpo. A ativação total da
Kundalini funde as frequências 7-dimensdional Violeta, 1ª dimensão vermelho, 8ª dimensão Dourado
e 9ª dimensão Prateado com a totalidade das energias do espetro Branco-Prateado das correntes
Maharicas 12-dimensionais.

O Centro Hara, tal como todos os Selos Crystal Estrela, são um dos principais elementos reguladores das
energias Kundalini naturais. À medida que as energias Kundalini, na base da coluna vertebral, são
despertas/ativadas do seu estado “dormente” nas dimensões superiores, através de um processo de
ativação progressivo dos Selos Crystal Estrela no nível 2 da Grelha Kathara, o Centro Hara reflete
progressivamente estas alterações expandindo-se em tamanho e também nas suas capacidades de
processar a energia (espetro ondulatório) das frequências de dimensões superiores. As energias
Kundalini, na base da coluna vertebral são a chave do processo de transmutação celular a nível do
corpo físico. As correntes de energia Kundalini regulam a posição do corpo físico nas coordenadas do
espaço-tempo, mantendo o corpo físico sincronizado/emparelhado com o Ciclo Temporal Planetário
no qual foi concebido, seguindo o programa matemático estabelecido pelos Selos Crystal Estrela e
pela Grelha Kathara. Para que se dê a transmutação física, as energias Kundalini das dimensões
superiores devem ser trazidas para o corpo (incorporadas) para serem ativadas, colocando em
movimento o processo do Complexo Templário Interno.

A Matriz do ADN (ADN etérico) manifesta-se segundo os programas estabelecidos pela Grelha
Kathara. À medida que se ativam os centros da Grelha kathara e os seus correspondentes Selos
Crystal Estrela, Escudos, correntes Kundalini, Selos Sacro-Cranianos (Pineal-Cóccis), Selos Crystal
Semente e chakras, também se ativam os Filamentos de ADN Matriz adormecidos, alterando
progressivamente a Velocidade de Rotação Angular das Partículas, as capacidades de processamento
energético, os processos neurológicos e de orientação metabólica do corpo e das estruturas
moleculares correspondentes. À medida que estas alterações físicas ocorrem através da ativação dos
Selos Crystal e energias Kundalini, o Veículo Merkaba (Campos eletromagnéticos contra-rotativos
interdimensionais com a forma de estrela tetraédrica) amplificam-se dentro do campo bioenergético
permitindo que o corpo físico se liberte da sua sincronização/emparelhamento relativamente ao seu
vetor espacio-temporal (coordenadas) inicial. A ativação do Centro Hara representa uma das etapas
deste processo natural de transmutação.
Imagem baseada nos Ensinamentos da Verdade MCEO.

Existem 2 tipos de Selos Crystal:


1. Selos Crystal Estrela (SCE): localizam-se entre os chakras ao longo da corrente central do
corpo. Os 15 Selos Crystal Semente estão localizados entre as bandas dimensionais e servem
para regular as funções dos Selos Crystal Semente. | O processo de Juntar filamentos de ADN
através do trabalho com os Chakras superiores corresponde ao processo de fazer fluir essas
frequências a partir das Espirais Estelares para os Selos Crystal Estrela.
2. Selos Crystal Semente (SCS): localizam-se entre os SCE e servem como pontos de frequências
compósitas a partir dos quais surgem os 15 principais Vórtices dos Chakras. Controlam a
velocidade de rotação do Campo Merkaba 4-dimensional e por isso orientam o Ritmo de
Pulsação das partículas dentro de cada dimensão. Os Selos Crystal Semente estabelecem o
Campo Morfogenético no centro de cada dimensão. | Quando os SCS ficam libertos ou
desbloqueados permitem que haja uma fusão dos campos morfogenéticos das várias
dimensões. Cada Selo Crystal Semente corresponde diretamente e controla as funções básicas
de um filamento de ADN.
6 Pontos Hara principais (Selos Crystal Estrela no Nível Hara)

1. Centro Hara (Estrela Central) 9º Selo Crystal Estrela Prateado situado a 5,08 cm abaixo do umbigo
2. Estrela Alma (6º Selo Crystal Estrela Índigo) Parte superior do externo no Timo.
3. Estrela Galática (12º Selo Crystal Estrela Branco) 14º Chakra – 91,5 cm acima da cabeça.
4. Estrela Sol (3º Selo Crystal Estrela Amarelo) mesmo abaixo do Centro Hara.
5. Estrela Terra (8º Selo Crystal Estrela Dourado) 15 cm abaixo dos pés no 12º Chakra.
6. Núcleo da Terra (10º Selo Crystal estrela Azul-Preto) no 13º Chakra no Núcleo da terra.

Complexos Bio-energéticos relacionados:

1. Centro Hara: D-9 Complexo Tálamo| Responsável pela Função cerebral.


2. Estrela Alma: D-8 Complexo do Timo | responsável pelas funções metabólicas.
3. Estrela Galática: D-10 Complexo Shara | Responsável pelo Sistema Imunitário e HSP
4. Estrela Sol: D-4 Complexo Nadial | Responsável pela função cardiovascular, pulmonar e
nutrição.
5. Selo Terra: Harmónica-5 Complexo Raja | Responsável pela Transmutação.
3º Selo Crystal Estrela Sol

O 3º Selo Crystal Estrela Sol (SCES ou SES) e o Complexo Nadial:

Também presente, mas menos visível ao longo da Linha Hara do Nível 2 da Grelha Kathara encontra-
se o 3º Selo Crystal Estrela, localizado logo abaixo do Centro Hara do 9º Selo estrela abaixo do
Umbigo e associado às frequências da 2ª e 3ª dimensões do Universo Harmónico 1 da Matrix
Encarnada (Escudo Telúrico). O 3º Selo Estrela, visível enquanto um ponto de luz difusa pálida
Amarelo-Laranja-Vermelho ao longo da linha Hara que se designa Selo Estrela Sol. Devido à
proximidade do Centro Hara Prateado-Dourado, o Selo Estrela Sol é frequentemente considerado
como fazendo parte do Centro Hara, porém quando realizamos um rastreio mais profundo do Nível
Hara a distinção entre estes dois Selos Crystal torna-se evidente.
O SES é o ponto onde a identidade dimensionalizada entra nas densidades da Matéria Física mais
densa do Universo Harmónico-1. O SES representa o ponto no qual a identidade encarnada , o seu
núcleo subconsciente telúrico, o Corpo Nada-Hova e os Centros kathara 1, 2 e 3 ficam ancorados no
corpo físico. O SES retém a impressão morfogenética dos filamentos de ADN 1, 2 e 3 e corresponde
aos Chakras e Linhas Axi-A-Tonal 1, 2 e 3 e é um ponto chave pela redistribuição dos programas
eletro-tonais do Escudo telúrico e o realinhamento e ativação dos respetivos filamentos de ADN,
Chakras, Linhas Axi-A-Tonais e as regiões do corpo da sua responsabilidade.
O SES está associado ao Complexo nadial, o sistema reponsável pela regulação e tradução dos
impulsos elétricos e químicos que gere o Interface da 4ª Dimensão entre o Complexo Timo, Complexo
Tálamo e as funções dos sistemas corporais elétricos, químicos e metabólicos do sangue, sistema
cardio-vascular, sistema respiratório/polmonar. o Complexo nadial gere o funcionamento dos ritmos
respiratórios e cardíacos, o fluxo da energia-consciência “Prana” das dimensões anatómicas
superiores para as corporais e regula muitas funções chave dentro dos processos de conversão dos
nutrientes e a sua distribuição dentro do esqueleto e tecidos moles. O Complexo Nadial é o centro
chave para a orientação das energias de cura dentro do Corpo Nada Hova, Escudo telúrico e sistemas
corporais.

O Complexo Nadial pode ser usado, durante as sessões de Cura Avançada e de Manifestação
(Sistema de Interface Planetário de Retro-Alimentação: SIPRA), em combinação com os atributos do
Complexo Shara, Complexo Tálamo, do Complexo Timo e o Complexo Universal Raja do Universo
Harmónico-5 que liga o corpo humano aos Campos Unificados Universais e Galáticos, através dos
Chakras 12º e 13º e do 10º Selo Crystal Estrela no Núcleo da Terra. As frequências do 3º SCES que
regulam as funções do Complexo nadial, podem-se combinar com as frequências do 9º Selo Crystal
Estrela central ou Centro Hara e os 8º e 10º Selos Crystal Estrela através dos Chakras 12 e 13, o
SIPRA, e os Escudos Dorádico, Teurico e maharico e os Complexos Raja para formar uma Potente
Corrente Teurica-telúrica para curar e manifestar, desde que as Correntes Dorádica e Teurica tenham
sido ativadas dentro do corpo.

O Selo estrela Sol e o Complexo nadial ligam as funções dos Corpos Alphi e nada Hova, os Escudos
Dorádico e Telúrico e os níveis da alma e a identidade incarnada da consciência dentro do corpo e do
campo bioenergético.

As principais áreas de responsabilidade do Complexo Nadial D-4 são os sistemas cardio-vascular,


Pulmonar e as funções nutritivas de conversão/absorção dos alimentos.
6º Selo Crystal Estrela da Alma

O 6º Selo Estrela Alma e o Complexo Timo D-8:

Também visível ao longo da linha Hara do 2º Nível da Grelha Kathara encontra-se o 6º Selo Crystal
Estrela, localizado em torno do Timo, acima do esterno o qual está associado às frequências da 5ª e 6ª
dimensões do 2º Universo Harmónico da Matrix da Alma (Escudo Dorádico). O 6º Selo Estrela,
visivel como um ponto branco-violeta-azul pálido de luz difusa ao longo da linha Hara designa-se
por Selo Estrela Alma.

O Selo Estrela da Alma é o ponto onde a Identidade dimensionalizada entra nas Densidades da
matéria Semietéricas do Universo Harmónico-2. A Estrela Alma representa o ponto onde ficam
ancoradas no corpo a Identidade da Alma, o seu Núcleo Arquetípico, o Corpo Alphi Hova e os
Centros Kathara 4, 5 e 6. A Estrela Alma contém a impressão morfogenética dos filamentos de ADN
4, 5 e 6, corresponde aos Chakras e Linhas Axi-A-Tonal 4, 5 e 6 e é um ponto chave para a distribuição
dos programas eletro-tonais do Escudo Dorádico e o realinhamento e ativação dos respetivos
filamentos de ADN, Chakras, Linhas Axi-A-Tonal e as regiões do corpo da sua responsabilidade.
A Estrela Alma está associada ao Complexo Timo, o sistema regulador e de tradução químico que
gere e regula o interface da dimensão-8 entre a Glândula Pineal, a Pituitária e a Tiroide as quais
regulam os processos químicos e metabólicos das hormonas, Glândulas Supra-Renais, Sistema
Endócrino, Baço e a formação cristalina das Células Vermelhas Sanguíneas e da Hemoglobina.

O Complexo Timo e os sistemas glandulares e metabólicos associados são responsáveis pelos:

1. Os ritmos e cíclicos de ativação dos filamentos de ADN através da Glândula Pineal,


2. A taxa de crescimento e degeneração dos tecidos corporais através da Glândula Tiroide, da
Glândula Pituitária e dos seus processos inter-glandulares.
3. Regulação das funções de conversão dos impulsos eletro-tonais, tradução e distribuição através
do cérebro, Sistema Nervoso Central e sangue.

O Complexo Timo controla:

1. O equilíbrio dos sistemas inter-glandulares entre as Glândulas Pineal-Tiroide-Pituitária.


2. Através da Glândula Timo, regula as operações primárias dos impulsos elétricos, a tradução
química e os processos de transferência através do cérebro e dos sistemas corporais.

O Complexo Timo 8-dimensional é gerido pelas funções do Complexo Tálamo 9º-Dimensional e do


Complexo Shara 10º-Dimensional.
A Estrela Alma e o Complexo Timo ligam as funções dos Corpors Betcha e Alphi Hova, Os Escudos
Teurico e Doradico e os níveis da consciência e identidade da Alma e Sobre-Alma dentro do corpo e
do campo bio-energético.

As principais áreas de domínio do Complexo Timo D-8 é a Função metabólica.


9º Selo Crystal Estrela – Centro Hara

O Selo Crystal Estrela 9º Núcleo, o Centro Hara (Tan Tein) e o Complexo


Tálamo D-9:

Os Selos Crystal Estrela e Semente do 2º nível da Grelha Kathara que sustêm a consciência
sincronizada/emparelhado com a realidade dimensional é estabelecida pelos Centros Kathara do
nível 1 que efetuam o processo de acreção ao longo da Linha Kathara Central/Vertical e a corrente
Corporal Central. A partir do Nível Hara – as porções externas do 2º Nível da Grelha Kathara – os
12º, 9º e 6º Selos Crystal Estrela, surgem como áreas de luz condensada ao longo da Linha Hara
vertical.

O 9º Selo Crystal Estrela, localizado cerca de 5,08 cm (2 polegadas – 2″) abaixo do umbigo é
conhecido pelo Selo Crystal Estrela Central – o ponto da 8ª e 9ª frequências dimensionais da
harmónica-3 da Matriz da Sobre-Alma ou Alma Superior (Over-Soul), correspondente ao Estudo
Teurico que ancora o Campo Morfogenético pessoal no Escudo da Terra e serve como o centro de
gravidade para o corpo humano adulto. O Selo Estrela Crystal Central aparece do Nível Hara como
uma Bola de Energia Dourada com 5,08 cm (D-8) envolvida por uma Membrana Fina Prateada (D-9).
Na teoria oriental, esta bola de energia designa-se por Tan Tein e é usada para orientar as energias da
Terra e corporais nos níveis mais avançados das artes marciais e práticas de cura. Na teoria kathara,
apenas se referem a esta bola de energia como o Centro Hara ou o 9º Selo Crystal Estrela Central.

O Centro Hara é o ponto onde a identidade dimensionalizada entra nas densidades de Matéria
Etérica do Universo Harmónico-3. O centro Hara representa o ponto onde a Identidade da Sobre-
Alma, o seu Núcleo Monádico, o Corpo Betcha Hova e os Centros Kathara 7, 8 e 9 se ancoram dentro
do corpo. O Centro Hara retém a impressão Morfogenética dos Filamentos 7, 8 e 9 que correspondem
aos Chakras e Linhas Axi-A-Tonal 7, 8 e 9 e também é o ponto chave para repadronizar os programas
eletro-tonais do Escudo Teurico e o realinhamento e ativação correspondente dos filamentos de ADN,
Chakras, Linhas Axi-A-Tonais e regiões corporais da sua responsabilidade.

O Centro Hara está associado ao complexo Talâmico, o sistema regulador e de tradução química que
tem a responsabilidade de fazer de ponte entre a 9ª Dimensão, as várias áreas do cérebro e as
operações glandulares e metabólicas do Complexo Timo, Gónadas, Sistema Linfático e sistemas
corporais correspondentes. O Complexo Talâmico da 9ª Dimensão gere os impulsos elétricos, as
relações químicas e hormonais entre o Complexo Shara da Dimensão-10 e o Complexo Timo da
Dimensão-8 e sistemas corporais associados.

O Centro Hara e o Complexo Talâmico ligam as funções dos Corpos Hova e Betcha, os Escudos
Maharico e Teurico e os Níveis de Consciência e identidade da Sobre-Alma com o nível Avatar dentro
do corpo e campo bio-energético.

A área primária de domínio do Complexo Talâmico D-9 corresponde à função Cerebral.


12º Selo Crystal Estrela Galática

O 12º Selo Estrela Galático (SEG) e o Complexo Shara D-9

O 3º ponto de luz condensada visível ao longo da linha Hara do 2º Nível da Grelha Kathara é o 12º
Selo Crystal Estrela, localizado no 14º Chakra, 91,44 cm (36″ polegadas) acima da cabeça. este Selo
está relacionado às frequências da 10ª, 11ª e 12ª dimensão da matrix Avatar da harmónica-4 (Escudo
Maharico). O 12º Selo estrela, visivel como um ponto de luz Prateado-Branco, emana (irradia) um
cone de energia invertido de cor Branca-Prateada-Dourada no 14º Chakra correpondendo ao Selo
Estrela Galático ou Estrela Branca.
O SEG é o ponto onde o Gestalt da identidade dimensionalizada entra nas densidades de Luz
Líquida de Pré-Matéria da Harmónica-4, o ponto onde a identidade começa a sua jornada de
individuação e densificação no espectro ondulatório da matéria percetível. O SEG repersenta o ponto
no qual a Identidade Avatar, o seu núcleo Buddhaic, o Corpo Mahara Hova e os Centros Kathara 10,
11 e 12 inicialmente se ancoram (ligam) dentro do Campo Bio-energético para dar início ao campo
escalar do corpo. O SEG contém a impressão morfogenética dos filamentos de ADN 10, 11 e 12 que
corresponde aos chakras e Linhas Axi-A-Tonais 10, 11 e 12 e é o ponto chave para o processo de
redefinição dos padrões dos programas eletro-tonais do Escudo Maharico e realinhamento e ativação
dos Filamentos de ADN correspondentes, Chakras, Linhas Axi-A-Tonais e regiões do corpo da sua
responsabilidade.
A Estrela Galática está associada ao Complexo Shara, o sistema regulador que gere o interface da 10ª
Dimensão entre o Complexo Tálamo D-9 e a porção D-13 do escudo Rishico no Universo Harmónico-
5. Através do Complexo Shara, o Campo Escalar que suporta a Identidade Gestalt do Coletivo de
Consciência Rishi do Universo harmónico-5 – A Família da Consciência Universal – traduz (através
de um processo de condução eletro-tonal) a Família da Consciência Galática nos campos Escalares
mais individualizados que albergam o Gestalt da identidade Avatar do Coletivo de Consciência.

O Complexo Shara regula o “desgaste” da consciência na forma individualizada através dos campos
dimensionais da Matrix Temporal e serve como elo de ligação entre todas os elementos incarnados
do Coletivo da Identidade Geomantica para lá da Matriz Temporal, passando pela identidade Avatar
e a Família de Consciência Galática no Universo Harmónico-4, até à Família de Consciência Universal
da Identidade Rishi no Universo Harmónico-5. O Complexo Shara representa a principal estrutura
através da qual uma consciência individualizada retém a sua ligação energética indelével com a sua
família de Consciência maior, através da qual está ligado diretamente à Fonte.

O Complexo Shara gere, regula e organiza a tradução, transdução dos ritmos cíclicos da projeção
eletro-tonal da consciência na dimensionalização, configura a estrutura operacional original da
organização da Grelha escalar kathara e orienta a evolução sincronizada da família da Consciência
através do Tempo. As operações do Complexo Shara regulam os ciclos de incarnação e manifestação
da identidade dentro dos 5 Universos Harmónicos da Matrix temporal de 15 Dimensões, que por sua
vez estabelece os ritmos intrinsecos de regulação do processo de Pulsação Partiki, da expansão e
contração da consciência e dos racios de vibração-oscilação que orientam a formação e função dos
Complexos Talâmico e Timo e todos os aspetos dos sistemas corporais indiviualizados na Grelha
kathara e Campo Bio-energético. O Complexo Shara regula os fluxos de energia para dentro e para
fora entre o campo morfogenético pessoal e o campo morfogenético do Campo Unificado
Dimensionalafetando desta forma todos os sistemas do corpo e da consciência, com preponderância
nas funções sanguíneas, nas instâncias imunológicas e de consumo e excreção e na ativação das
plataformas dos sentidos de dimensões superiores dentro da consciência incorporada.

Complexo Shara e os 12 Sentidos:


Sentidos Dimensionais Inferiores:
1. Visual – Corpo Nada Hova (dimensões 1-2-3)
2. Auditivo – Corpo Nada Hova (CNH)
3. Tátil – CNH
4. Olfato – CNH
5. Sabor – CNH

Sentidos Dimensionais Superiores:


1. Audurea – Sentido Merkaba (Abrange todos os Corpos Hova). Principal atributo: manifestação
(circulação de consciência e acreção de frequência).
2. Tristet – Telepatia Celular – Corpo Alphi Hova (Dimensões 4-5-6). Principal Atributo:
Cognição Interna Direta-Audio-Visual que permite ler as assinaturas energéticas.
3. Nurgode – Sentido da Transmutação (Corpo Betcha Hova – dimensões 7-8-9). Principal
Atributo: Transmutação Molecular – Mudar de forma.
4. Ragode – Sentido da Transmigração (Corpo Betcha Hova). Principal Atributo: Transmigração –
projeção da consciência.
5. Geuard – Sentido da Transfiguração (Corpo Mahara Hova – dimensões 10-11-12). Principal
Atributo: Bilocação – manifestação multiplo-holográfica.
6. Shara – Sentido Centrifugo (Corpo Raja Hova – dimensões 13-14-15). principal Atributo:
Projeção Eletrónica – a consciência entra na dimensionalização.
7. Aurt-U – Sentido Centrípeto (Corpo Raja Hova). Principal Atributo: acreção magnética – saída
das consciência da dimensionalização.

O Complexo Shata liga as funções dos Corpos Mahara Hova e Raja Hova, os Escudos Maharic e
Rishic de identidade dentro da consciência incorporada.

A principal área de domínio do Complexo Shara D-10 é o Sistema Imunitário e HSP.


8º e 10º Selos Crystal Terra

8º Selo da Terra e o Complexo Raja:

Existem dois Selos Crystal importantes situados no Nível 2 da Grelha Kathara que se chamam os
Selos da Terra. Estes selos funcionam como aspetos intrinsecos ao Sistema de Interface Planetário de
Retro-Alimentação (SIPRA – referido anteriormente) e ao Complexo Raja. O 8º Selo Crystal Estrela
designado por Selo Estrela Terra localiza-se dentro do Chakra 12, a 15,24 cm (6 polegadas) abaixo dos
pés e está associado às 7ª, 8ª e 12ª frequências dimensionais do Universo Harmónico-3 Matrix Sobre-
Alma (Escudo Teurico) e o Universo Harmónico-4 Matrix Avatar (Escudo Maharico)
O Selo Terra é visível como um ponto de luz difusa de cor Dourada-Laranja, localizado no
prolongamento da linha Hara em direção ao centro da Terra.

O 8º Selo estrela Terra é o ponto onde a a identidade dimensionalizada combina as frequências da 12ª
dimensão do Universo harmónico-4 da Luz Líquida da Pré-matéria com as frequências dimensionais
das densidades da matéria Etérica do Universo Harmónico-3 efetuando a ligação do campo
morfogenético pessoal e a Grelha Kathara com as frequências dimensionais correspondentes e Grelha
Kathara do Planeta. O Selo Crystal estrela Terra pode ser visto como o ponto onde as Grelhas Kathara
Pessoal e Planetária se ligam à Grelha Kathara Galática. A Estrela Terra representa os ponto onde os
Corpos Mahara e Betcha Hova, os centros kathara 8, 9 e 12 e o 12º Selo Estrela Galático do Complexo
Shara ficam primeiramente ancorados das Grelhas Kathara Galática e Planetária. A Estrela Terra
contém a impressão morfogenética para todos os Filamentos de ADN relativamente a todas a
Incarnações manifestas nas 4 Harmónicas do Tempo que corresponde aos Chakras e Vórtices
Planetários e também às linhas Axi-A-Tonal Pessoais e Planetárias 8, 9, 10 e 12 e é o ponto chave para
a repadronização dos programas eletro-tonais dos escudos Pessoais Maharico, Teurico, Doradico e
telúrico e o realinhamento e ativação dos filamentos de ADN correspondentes, Chakras, Vórtices
Planetários, Linhas Axi-A-Tonal e as regiões do corpo pessoal e planetário da sua responsabilidade.
No processo de ativação do escudo Maharico, a Estrela Terra é ativada para libertar a cadeado de fase
(Phase-lock) do 12º Chakra de forma a abrir a grelha kathara Pessoal Sistema de Interface Planetário
de Retro-Alimentação (SIPRA).

10º Selo do Núcleo da Terra:

O 10º Selo Crystal estrela designado por Selo do Núcleo da Terra localiza-se no 13º Chakra onde a
Linha Hara interceta o Núcleo da Terra e está associado às 9ª, 10ª, 12ª e 13ª frequências dimensionais
do Universo Harmónico-3 (Escudo Teurico), Universo Harmónico-4 (Escudo Maharico) e Universo
Harmónico-5 da Matrix Rishic (Escudo Rishico). O Selo do Núcleo da Terra é um ponto de luz difusa
pálida Azul-Preto localizado no Núcleo da Terra no ponto onde a Linha Hara pessoal interceta o
centro da Terra (Núcleo) nos Centros da Grelha Kathara 1 e 12.
O 10º Selo do Núcleo da Terra é o ponto onde a identidade dimensionalizada combina as frequências
do 8º Selo Crystal estrela Terra com as frequências da dimensão 13 do Universo Harmónico-5 Ante-
matéria de forma a ligar os campos morfogenéticos pessoal e planetário e as grelhas Kathara à Grelha
Kathara Universal do Universo harmónico-5. O Selo do Núcleo da Terra pode ser visto como o ponto
onde as Grelhas Kathara Pessoal, Planetária e Galática se ligam à Grelha kathara Universal. O Núcleo
da Terra representa o ponto onde a Identidade Rishica, o Corpo raja Hova e os centros 1, 2 e 3 da
Grelha Kathara Universal se ancoram aos Selos Estrela Terra 3 e Estrela galática 12 para formarem o
Centro Raja dos campos escalares do Universo Harmónico-5 através do qual a experiência manifesta
pessoal, Planetária e galática ocorrem. O Selo do Núcleo da Terra corresponde ao Chakra 13 e contém
a impressão morfogenética para todas as incarnações manifestas de pessoas, Planetas, Galáxias
dentro dos 5 Universos Harmónicos do tempo numa Matrix de 15 Dimensões. Através das
frequências combinadas dos Selos Terra e Núcleo da Terra, a Grelha Kathara pessoal liga-se á Grelha
kathara Planetária, Galática e Universal formando o Sistema de Interface Planetário de Retro-
Alimentação (SIPRA) e o Complexo Raja – ou Sistema de Interface Universal de Retro-Alimentação
(SIURA), que liga a consciência pessoal, planetária, galática e universal no tempo.

Centro Ra

O 3º Selo Estrela Sol, os 8º e 10º Selos Terra e o Centro Ra:


Quando combinamos o Sistema de Interface Planetário de Retro-Alimentação (SIPRA), os Escudos
Dorádico, Teurico e Maharico, o Complexo Raja D-5 , O 3º Selo Crystal Estrela e o 9º Selo Crystal
Estrela Central ou Centro Hara fundem-se para formar as Correntes Teurica-Telúrica que envolvem o
Selo Crystal Semente dentro do 3º Chakra no Plexo Solar, formando a Esfera de Energias de Cura
bastante poderosa designada por Centro Ra.

No segundo Nível de Cura Kathara inicia-se o processo de ativação da Corrente Teurica do Corpo
Betcha Hova do Universo Harmónico-3 através da ativação da Corrente Dorádica Fase-2 e explora-se
as aplicações iniciais da combinação da Fase-1 Dorádica e Correntes Teuricas com a Corrente Telúrica
natural do Corpo Nada Hova do Universo Harmónico-1 para se iniciar o processo de Ativação da
capacidade de cura e manifestação do centro Hara.
Chakras

Alinhamento natural Christico dos Chakras das espirais Reu-sha-TA & Sha-
LA-a:

Os chakras são conjuntos de vórtices de 4-vias que se formam através da sobreposição da Espiral
Reu-Sha-TA.
Imagem: MCEO Freedom Teachings Series 1999-2011 Ashayana
Deane. Sliders 10 – Alinhamento natural Christico dos Chakras das
espirais Reu-sha-TA e Sha-LA-a

Os pontos na Grelha Kathara onde as linhas Axiom se sobrepõem num único eixo ao longo da linha
Vertical central Kathara (Nível 1) e as linhas flash horizontais dos Selos Crystal Semente, formando
Pontos Diódicos Consolidados Fixos – grandes vórtices de energia compostos de muitos Vórtices
Diódicos mais pequenos. Os pontos maiores do Vórtice chamam-se Chakras e cada um deles forma-
se segundo um programa eletro-tonal da sua banda de frequência dimensional correspondente,
Centro kathara, Selo Semente e Linha Axi-A-Tonal, e cada Chakra corresponde a um Nível do Campo
Aurico, Impressão do Filamento de ADN e Nível de Consciência. Tal como os 3 Sinetes (Pontos da
Grelha kathara), Selos Semente e Linhas Axi-A-Tonal correspondem a cada Escudo do Corpo Hova,
os 3 Chakras regulam e correspondem a cada um dos 5 Corpos Hova perfazendo um total de 15
Chakras Principais.

Pontos Diódicos Biológicos: dentro da forma biológica e campo morfogenético, os Pontos


Diódicos estão localizados nas regiões do corpo onde as linhas interdimensionais horizontais
intersetam as linhas interharmónicas verticais funcionando como portais da consciência entre
contínuos temporais dimensionais ou Ciclos Temporais Harmónicos. Os pontos Diódicos
controlam as linhas diagonais da Grelha kathara e a sequência de pulsação das partiki ou “Linhas
Flash” que fluem na diagonal entre Centros kathara.

Os Chakras Primários 1-12 correspondem aos Centros kathara 1-12 das Grelhas Kathara Pessoal e
Planetária e os Chakras Primários correpondem aos primeiros 3 Centros Kathara e Linhas Axi-A-
Tonal da Grelha Katara Universal.

Os Chakras regulam a transdução das sequências de linhas flash do Campo Unificado


Dimensionalizado e os Vórtices Diódicos das Linhas Axi-A-Tonal e dos vários Níveis do campo
Aurico nas Cápsulas de tecido dos Corpos Hova e os canais rivulet que ligam os aspetos físico,
eletromagnético, químico e hormonal da forma fisica manifesta.

Os Chakras regulam o fluxo de energia-consciência entre os vários níveis do campo Aurico


Dimensionalizado dos Corpos Hova, mantendo as várias estações multidimensionais de consciência
separadas de forma a permitir a experiência da perceção holográfica da manifestação. Cada Chakra
circula a sua sequência de Linhas-Flash ao longo do ângulo de projeção que flui dentro das linhas
Axi-A-Tonal e este ângulo de projeção das linhas-Flash determina a Velocidade de Rotação Angular
das Partículas (o eixo a partir do qual as partículas rodam) dentro de cada porção dimensionalizada
da anatomia. Existe uma mudança de 90° no ângulo de projeção das linhas Flash de um Chakra e
banda dimensional para a próxima o que cria uma mudança de 90° na Velocidade de Rotação
Angular das partículas entre cada porção dimensionalizada da anatomia. Entre cada Corpo Hova
Dimensionalizado e entre cada conjunto de 3 Chakras (Chakras 1-2-3, 4-5-6, 7-8-9, 10-11-12, 13-14-15).
Os ângulos precisos da projeção das linhas Flash e Velocidades de Rotação Angular das partículas
entre Chakras cria o holograma tridimensional.

7 Chakras Primários (C):

C1 – Base
C2 – Sagrado
C3 – Plexo Solar
C4 – Coração
C5 – Garganta
C6 – 3º olho – pituitária
C7 – Coroa – Pineal

8 Chakras Morfogenéticos (MC):

MC8 – Timo
MC9 – Tálamo
MC10 – galático 1
MC11 – Galático 2
MC12 – Estrela Terra
MC13 – Núcleo da Terra
MC14 – Universal 1
MC15 – Universal 2
Cura

Em todas as aplicações de cura, o conhecimento dos escudos é de grande valor e importância uma
vez que qualquer desordem manifesta terá a sua origem na Grelha Kathara e nos escudos que se
formam com base nela. O processo de cura é um processo de restauro dos escudos na sua ordem
adequada para que possam ser ativados de forma a despertar o Veículo Merkaba através da
integração de porções superirores da nossa identidade. No Sistema de Cura Kathara® o processo
inicia-se com o Escudo Maharico, o escudo que contém os programas eletro-tonais da forma pura sobre a
qual a consciência entrou inicialmente na matéria densa através dos campos Líquidos da Pré-matéria do
Universo Harmónico-4, dimensões 10-11-12. Através do processo de ativação progressiva que recorre ao
fluxo de frequências das dimensões 11 e 12 do Escudo Maharico, as distorções nos Escudos Inferiores
podem mais facil e rapidamente ser realinhadas em função do seu padrão original. Quando
trabalhamos com os centros kathara do Nível-1 da Grelha kathara de 12 Centros, criamos
simultaneamente uma mudança dentro dos Sinetes (conjunto de três centros ou esferas) que dirigem
a função dos Escudos e, desta forma, passamos a ser capazes de facilitar rapidamente um
alinhamento adequado dos Escudos e dos Corpos Hova.

O aspeto fundamental da cura está relacionado com o restauro dos Corpos Hova e os Escudos
sobre os quais eles se manifestam de regresso à sua ordem e integridade original.

Ashayana Deane

Cura kathara

Competências para facilitar a cura: tal como outros sistemas que conhecemos de transmissão de
energia pelas mãos, a Ciência keylontica possui o seu sistema de cura. Como este artigo já está muito
longo apenas irei publicar uma imagem dos Ensinamentos da verdade, Manual kathara Nível 1
(Kathara Bio-Spiritual Healing System®).
Bibliograa

Arek Popovich. Keylontic Dictionary. Azurite press. PDF


(h ps://anatomiadaconsciencia.files.wordpress.com/2018/12/dicionario-da-ciencia-keylontica.pdf)
Ashayana Deane: MCEO Freedom Teachings® kathara Bio-Spiritual Healing System – The
maharic Recoding Process – Keylontic Morphogenetic Science.
Ashayana Deane: MCEO Freedom Teachings® kathara levels 2 & 3 Foundations – Awakening the
Living Lotus – Healing Facilitation Through Crystal Body Alignement.
Ashayana Deane: MCEO Freedom Teachings® Return of the Sacred Bu erfly. May 27-29 2011
Sarasota FL.