Você está na página 1de 7

SAUDAÇÕES!!

-
Bem-vindo à edição 1.1 da revista Globalizando! É com muito prazer que a
equipe o recebe e os guiará por assuntos diversos de nosso mundo.
Mas afinal, o que houve com a edição 1.0?

A primeira edição da revista realmente ocorreu. De fato, houve problemas


com a equipe e o design da revista. Por isso, preparamos uma nova versão,
com novos assuntos e fatos para te divertir e informar. Não fique de fora!

TEMAS DA EDIÇÃO ATUAL:

 A IDEIA MATEMÁTICA QUE PODE TE DEIXAR


MILIONÁRIO: Já pensou em ficar rico com matemática? Bem, para
isso, há uma série de problemas sem solução (obtidos ao longo da
história), que podem te levar ao $1.000.000. Será que você consegue
resolver um deles?
 IMAGENS DO INCONSCIENTE: UM PASSEIO PELA
PSICOLOGIA ANALÍTICA DE JUNG: Imagine um filme gravado
no velho hospital psiquiátrico de Engenho de Dentro – RJ. Com
comentários inspiradores de Nise da Silveira pelo trabalho artístico de
três pacientes, uma viagem pelo incrível mundo do afeto e psicologia
o aguarda.
 CONTOS DE TERROR DO UMBRAL: O que há de tão
aterrorizante na noite? Afinal, porquê temos um medo de congelar os
ossos quando pensamos em monstros e causos macabros? Oferecemos
três contos de terror nunca antes publicados para seu deleite. Prepare
o café quente, acenda e luz e, claro, tranque bem as portas.
A IDEIA MATEMÁTICA QUE PODE TE DEIXAR
MILIONÁRIO

Você sabia que o instituto Clay Mathematics Institute passou a oferecer um


prêmio que pode chegar a 1 milhão para quem apresentasse a solução de um
dos sete problemas matemáticos do Millenium? O desafio foi lançado no ano
2000, no entanto, os problemas são bem mais antigos.
O famoso matemático David Hilbert já teria, em 1900, proposto uma lista
com 23 problemas matemáticos para serem resolvidos durante o século XX.
Os problemas quebraram cabeças durante muito tempo, mas só recentemente
o prêmio em dinheiro foi oferecido pela fundação privada sem fins
lucrativos. Apesar de serem um tanto complexos, escolhi um a dedo. Esse
escolhido parte de premissas que estudamos durante o ensino fundamental e
cujas deduções individuais não são necessariamente complexas (a ponto de
ter que saber matemática avançada).
Mesmo que muitos matemáticos tenham se dedicado há anos e anos e
chegaram apenas a conjecturas (os famosos “chutes”), saiba que no mundo
dos cálculos um simples lampejo de ideia ou um “eureca!” é aceitável, e por
isso não precisa ser alguém renomado na área ou com mil e uma formações
para se estar perto de resolver uns desses problemas. Ás vezes, pessoas como
eu e você podemos ter uma luz que nos leve ao prêmio.
Alguns dos problemas apresentados por Hilbert já foram resolvidos. Já dos
problemas do milênio, a Conjectura de Poincaré já foi solucionada e,
surpreendentemente, o responsável decidiu não receber o prêmio. No
entanto, a maioria dos problemas continuam sem soluções, e iremos ver o
problema importante desse tópico.
ENTENDA OS NÚMEROS PRIMOS
Você sabe o que são números primos? Este conhecimento é importante para
que você entenda o problema da lista. O conceito é básico e ensinado nas
escolas desde o ensino fundamental. Geralmente aprendemos que um
número primo é um número que só pode ser dividido por 1 e por ele mesmo.
A declaração acima está correta e é também aceitável (Se um professor,
algum dia, lhe perguntar a definição de números primos, você poderá
responder com a frase acima sem maiores dificuldades). No entanto, uma
segunda propriedade dos números primos os torna fascinantes e ainda muito
mais importante na matemática.
 Qualquer número não-primo pode ser escrito como a multiplicação
de dois ou mais números primos
Tomemos por exemplo, o número 45. É obvio que ele pode ser escrito
como 15 × 3. Perceba que o 15 ainda pode ser ”decomposto” em mais
números (3 × 5), mas o 3 não. Agora temos 3 × 3 × 5, ou 32 × 5. Perceba
que os números restantes (3 e 5) não podem mais serem decompostos, eles
chegaram no limite e é impossível simplifica-los em multiplicações de
números inteiros. Logo, 3 e 5 são primos.
Essa propriedade é tão importante que chamamos os números que não podem
ser simplificados de primos, e o restante são o que chamamos de números
compostos, quais, de fato, podem ser simplificados em um produto de
números primos. O processo de simplificação, chamamos de fatoração.
 Qual a lista de números primos?
A lista de números primos não começa com o 1, como naturalmente
pensamos. O fato é que muitos matemáticos antigos definiam o número 1
como primo, mas, com o passar dos anos, o número foi excluído da lista de
números primos. O motivo são vários, e um deles é que o 1, apesar de
realmente só ser divisível por ele mesmo, não ajuda na fatoração de nenhum
número composto (divida um número qualquer por 1 e o resultado será ele
mesmo).
Começamos a lista com o número 2 (os matemáticos gostam de brincar ao
falar que 2 é o único número primo par) e continua com 3,5,7,11....
 Quantos números primos existem?
A quantidade de números primos existentes é simplesmente infinita. Essa
propriedade foi provada por Euclides e você não precisa se preocupar mais
com o fim da lista de primos, pois já se sabe que ela não tem fim. A questão
é: Se achar números compostos é fácil, como achar números primos? A
resposta é que essa é a questão que aflige todos os matemáticos de qualquer
idade: é relativamente difícil achar números primos com precisão, usando
uma formula certeira. Muitos métodos são utilizados para achar números
primos, como veremos a seguir, mas não existe nenhuma equação mágica
que te diga, por exemplo, qual o décimo número primo depois do 2, sem que
você precisa retomar cansadamente a lista de primos já descobertos.
 Por que uma fórmula para achar números primos é tão importante?
Os números primos são os “átomos” da matemática e sua aplicação vai desde
achar números amplamente utilizados em criptografia até saciar a fome de
um mundo que luta para entende-los.
 Quais os métodos atuais para se achar números primos?
Um dos métodos para se achar números primos é bem sistemático e funciona,
no entanto, é muito exaustivo quando se trata em checar números extensos.
É o chamado crivo de Erastótenes, criado pelo matemático grego antigo
Erastótenes, que consisti, basicamente, em um modo de deletar todos os
números compostos de uma lista.
“Crivo” significa “peneira”. E é
Digamos que queremos descobrir todos os bem que se faz, “peneirar “ todos
primos de 1 até 60. Primeiro, escrevemos os números de uma lista à
todos os números desse intervalo, um a um. procura de primos
Em seguida riscamos o 1 (ele não é primo),
daí partimos para próximo: 2. Ele é primo, então, ao invés de risca-lo, os
contornamos num círculo para destaca-lo e sabermos que ele é primo. Agora,
vem o truque de mágica. Riscamos na lista todos os números que são
múltiplos de 2. Todos os que são riscados não são primos, são compostos.
Agora partimos para próximo número não riscado: 3. Contornamos ele e
riscamos da lista todos os múltiplos de 3. Assim fazemos até não ter mais
números para riscar.
[Título da Barra Lateral]

Como usar o Crivo


Simplesmente riscamos
todos os múltiplos de um
primo menor na lista. Em
seguida partimos para o
próximo não-riscado e
riscamos todos os
múltiplos dele. Assim,
sobram apenas os
números que se dividem
somente por um e pior
Mais tarde, o famoso matemático Carl Friedrich Gauss ele mesmo. Um modo
apresentaria várias propriedades importantes de simples de achar primos,
números primos, e até uma função π(n), que mostra a de certo. Mas, você
quantidade de primos entre 1 e n. Tantas contribuições conseguiria dizer se o
número 1438 é primo
enriqueceram o meio matemática, mas a fórmula para se usando o Crivo? Seria
encontrar números primos ainda permanece um uma lista muito grande
mistério. para fazer, não acha? É
por isso que os
E você pode ainda ganhar o milhão se descobrir alguma matemáticos estão atrás
fórmula para se achar números primos! A Hipótese de de métodos mais
Riemann, um importante passo rumo a um padrão de eficientes.
números primos, ainda é uma questão sem solução e que
vale toda essa grana. A questão da hipótese envolve
matemática avançada (pode ser que isso desanime um pouco), mas pode ser
ainda motivador (ou não) saber que não tem solução e que uma nova fórmula
que dê pistas concretas para a distribuição dos números primos traria muita
riqueza e fama a seu criador. E aí, consegue descobrir algum método
promissor para se achar números primos e ficar milionário?
IMAGENS DO INCONSCIENTE:
A VIDA POR TRÁS DOS MUROS
DO HOSPITAL PSIQUIÁTRICO
Hospitais psiquiátricos são lugares cheio de estigma social e, de certo,
bastante tristes. Não faz muito tempo desde que os esquizofrênicos, bipolares
e dependentes químicos iam para esses lugares para nunca mais voltar. O
tempo passou e, hoje, na maioria dos locais, a coisa mudou e o tempo de
internação agora é o mínimo possível, mas os preconceitos construídos pela
sociedade continuam a perseguir os doentes mentais.
Na década de 1940, os tratamentos para os pacientes de hospitais
psiquiátricos eram violentos e perturbadores. Convulso-terapia, insulina-
terapia e psicocirurgia eram os mais utilizados. Em 1946, comandando o
Setor de Terapia Ocupacional de Engenho de Dentro, a psiquiatra Nise da
Silveira cria um ateliê de pintura que, mais tarde, se tornaria o famoso Museu
de Imagens do Inconsciente.

Você também pode gostar