Você está na página 1de 11

Endereço da página:

https://novaescola.org.br/plano-de-aula/3696/concordancia-nominal

Planos de aula / Língua Portuguesa / 4º ano / Análise linguística/Semiótica

Concordância Nominal
Por: Maria Teresa Tezolini Sugahara / 15 de Dezembro de 2018

Código: LPO4_12ATS01

Sobre o Plano

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Maria Teresa Sugahara
Mentor: Sonia Caregnato
Especialista: Heloísa Jordão
Título da aula: Concordância Nominal
Finalidade da aula: Compreender a variação das palavras em relação a gênero e número. Revisar as classes de palavras envolvidas na variação: substantivo, artigo e adjetivo
Ano: 4º ano do Ensino Fundamental
Objeto(s) do conhecimento: Morfossintaxe
Prática de linguagem: Análise linguística e semiótica
Habilidade(s) da BNCC: EF04LP07
Esta é a primeira aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. Recomendamos o uso desse plano em sequência.

Materiais complementares

Documento
Texto para impressão - O ratinho, o gato e o galo
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/Va7kkgT9wWeSyJGgcG5WbPqyb7GK9VxeAqraVAvU566hbXt2P7WRhtRHbuWU/texto-para-impressao-o-ratinho-o-gato-e-o-galo-lp4-12ats-01.pdf

Documento
Resolução da atividade - O ratinho, o gato e o galo
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/sdtYq9Ns4W8uTDF5y5JbTFtZTcEQ4ZJG4NXdrhzxVuWAeMPsmr5yfDnkQtA4/resolucao-da-atividade-o-ratinho-o-gato-e-o-galo-lp4-12ats-01.pdf

Documento
Resolução da atividade - Desenvolvimento
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/y6dFmtPgEu8cWbgyXZc4xYFwDffZdcy5ErFV5JqM7rfJvKn7mMaYRyAavBjE/resolucao-da-atividade-desenvolvimento-lp4-12ats-01.pdf

Documento
Resolução da atividade - Mudando e transformando
https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/6SEmZUVukE9mngZwCSmDPMzmeHaJN2yRyBtQdwKMTRzZBgyxCH9YCD7FKMzn/resolucao-da-atividade-mudando-e-transformando-lp4-12ats-01.pdf

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


Plano de aula

Concordância Nominal

Slide 1 Sobre este plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos,


ele apenas resume o conteúdo da aula para que
você, professor, possa se planejar.
Sobre esta aula: esta é a primeira aula de um
conjunto de 3 planos de aula com foco em análise
linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto
de planos é Identificar em textos e usar na
produção textual a concordância entre artigo,
substantivo e adjetivo (concordância no grupo
nominal).
Materiais necessários:
Pequeno conto para análise; datashow.
Caderno e lápis para fazer as modificações nos
textos (trabalho com reescritas).
Dificuldades antecipadas :
É importante que os alunos compreendam que as
modificações em gênero e número sejam feitas
com base na reescrita anterior e não no texto
original para perceberem o impacto na construção
do sentido do texto. Apesar de o verbo modificar-se
na variação em número, ele não é o foco desta aula.
Pode-se falar que são palavras que variam em
tempo e o objetivo é refletir apenas sobre os grupos
nominais .
Referências sobre o assunto:
MIRANDA, Neusa Salim. Reflexão metalingüística
do ensino fundamental: caderno do professor. Belo
Horizonte : Ceale/FaE/UFMG, 2006. 114 p. -
(Coleção Alfabetização e Letramento). Disponível
em:
http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/files/uploads/Col.%20Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o%20e%20Letramento/Col%20Alf.Let.%2016%20Reflexao_Metalinguistica.pdf
Acesso em 04/11/2018.

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


Plano de aula

Concordância Nominal

Slide 2 Tema da aula


Tempo sugerido : 2 minutos
Orientações:
Escreva no quadro o título da fábula “O RATINHO,
O GATO E O GALO”.
Proponha que alterem o gênero: (a ratinha, a gata
e a galinha).
Levante questionamentos:
Essa mudança altera o sentido?
E como ficaria se mudássemos o número? (As
ratinhas, as gatas e as galinhas)
Também modifica o sentido?
Explique que faremos este exercício na aula,
pensando sempre no contexto e em como as
alterações provocam mudanças de sentido.
Chame a atenção de que a mudança será feita da 1ª
versão (o original) para a segunda (gênero) e da 2ª
para a 3ª versão (número - singular e plural) a fim
de observar a concordância nominal e os efeitos de
sentido provocados.
A partir da leitura de textos, explore aspectos
relacionados à concordância nominal e sua função
na construção textual. Socialize as descobertas por
meio de cartazes, fichas e outros suportes.

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


Plano de aula

Concordância Nominal

Slide 3 Introdução
Tempo sugerido : 15 minutos
Orientações:
Apresente no slide ou papel colado no quadro e
explore o gênero fábula.
Proponha que leiam e compreendam o texto.
Coletivamente, mudem o primeiro parágrafo
(destacado em negrito), variando em gênero.
Analise as alterações de sentido provocadas na
mudança de gênero e as palavras que possuem
gênero, mas que no contexto não devem variar.
(Homens por mulheres, por exemplo).
Reflita sobre a mudança do artigo para concordar
com o substantivo.
Materiais complementares:
Acesse o texto na íntegra: acesse aqui
Acesse a resolução do primeiro parágrafo: acesse
aqui
Fonte: LOBATO, Monteiro. Alfabetização: livro do
aluno/ Ana Rosa Abreu et al. Brasília:
FUNDESCOLA/SEFEMEC,2000.3V.:128P. N 2.
Disponível em:
http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me001614.pdf

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


Plano de aula

Concordância Nominal

Slide 4 Introdução
Orientações: Continuação do texto.

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


Plano de aula

Concordância Nominal

Slide 5 Desenvolvimento
Tempo sugerido : 20 minutos
Orientações:
1. Proponha que alterem o trecho do slide acima -
também em gênero - agora em duplas.
2. Proponha que alterem o mesmo trecho em
número.
3. Levante questionamentos:
Todas as palavra do trecho variaram? Sublinhe
todas as palavras que variaram nas duas reescritas.
De que modo as palavras variaram? (Do masculino
para o feminino e vice-versa e em seguida variaram
em número).
A que classe gramatical essas palavras pertencem?
(Artigos, substantivos e adjetivos).
Apesar de possível, haveria sentido variar o
número de pais (O papai rato…)? Por quê?
Em que isso ajuda no momento de escrever textos?
- escute as colocações e vá anotando no quadro.
Caso os alunos atentem para o verbo, lembre-os de
que o foco é a variação em gênero e número,
promovendo a concordância nominal, mas que no
caso de um texto, o verbo também varia em
número, para concordar com o substantivo ou
pronome.
Materiais complementares:
Acesse a resolução da atividade: acesse aqui

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


Plano de aula

Concordância Nominal

Slide 6 Fechamento

Tempo sugerido : 10 minutos


Orientações:
Escreva no quadro as conclusões levantadas:
O artigo, o substantivo e o adjetivo sempre
concordam, “combinam” entre si num texto...
Monte um cartaz mostrando que a variação de
palavras na concordância nominal no texto é
importante para a construção do sentido.
Peça que registrem no caderno as conclusões.
Lembre que na variação em número o verbo
também vai variar, mas neste plano ele não é o
foco do trabalho.
Materiais complementares:
Para imprimir o cartaz, acesse aqui

Associação Nova Escola © - Todos os direitos reservados.


O RATINHO, O GATO E O GALO 
 
 
Certa manhã, um ratinho saiu do buraco pela primeira vez. 
Queria conhecer o mundo e travar relações com tanta coisa bonita de que 
falavam seus amigos. Admirou a luz do sol, o verdor das árvores, a correnteza 
dos ribeirões, a habitação dos homens. E acabou penetrando no quintal duma 
casa da roça. 
— Sim senhor! É interessante isto! 
Examinou tudo minuciosamente, farejou a tulha de milho e a estrebaria. 
Em seguida, notou no terreiro um certo animal de belo pêlo, que dormia 
sossegado ao sol. Aproximou-se dele e farejou-o, sem receio nenhum. Nisto, 
aparece um galo, que bate as asas e canta. O ratinho, por um triz, não morreu 
de susto. 
Arrepiou-se todo e disparou como um raio para a toca.  
Lá contou à mamãe as aventuras do passeio. 
— Observei muita coisa interessante — disse ele. — Mas nada me 
impressionou tanto como dois animais que vi no terreiro. Um de pêlo macio e ar 
bondoso, seduziu-me logo. Devia ser um desses bons amigos da nossa gente, e 
lamentei que estivesse a dormir impedindo-me de cumprimentá-lo. O outro... Ai, 
que ainda me bate o coração! O outro era um bicho feroz, de penas amarelas, 
bico pontudo, crista vermelha e aspecto ameaçador. Bateu as asas 
barulhentamente, abriu o bico e soltou um có-ri-có-có tamanho, que quase caí 
de costas. Fugi. Fugi com quantas pernas tinha, percebendo que devia ser o 
famoso gato, que tamanha destruição faz no nosso povo. 
A mamãe rata assustou-se e disse: 
— Como te enganas, meu filho! O bicho de pêlo macio e ar bondoso é que 
é o terrível gato. O outro, barulhento e espaventado, de olhar feroz e crista 
rubra, filhinho, é o galo, uma ave que nunca nos fez mal. As aparências 
enganam. Aproveita, pois, a lição e fica sabendo que: 
Quem vê cara não vê coração. 
 
Monteiro Lobato 
 
LOBATO, Monteiro ​http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me001614.pdf  
 
O RATINHO, O GATO E O GALO 
 
Certa manhã, ​uma ratinha​ saiu do buraco pela primeira vez. 
Queria conhecer o mundo e travar relações com tanta coisa bonita 
de que falavam s​ uas amigas.​ Admirou a luz do sol, o verdor das 
árvores, a correnteza dos ribeirões, a habitação dos homens. E 
acabou penetrando no quintal duma casa da roça. 
 

AS RATINHAS, AS GATAS E AS GALINHAS 


 
Certa manhã, ​uma​s​ ratinha​s​ s​ aíram​ do​s​ buraco​s​ pela primeira vez. 
Queria​m​ conhecer o mundo e travar relações com tanta coisa bonita 
de que falavam s​ uas amigas.​ Admir​aram​ a luz do sol, o verdor das 
árvores, a correnteza dos ribeirões, a habitação dos homens. E 
acab​aram​ penetrando no​s​ quinta​is​ d​e ​uma​s​ casa​s​ da roça. 
 
RESOLUÇÃO DA ATIVIDADE 
 
(...) 
A mamãe rata assustou-se e disse: 
— Como te enganas, meu filho! O bicho de pêlo macio e ar bondoso é que é o 
terrível gato. O outro, barulhento e espaventado, de olhar feroz e crista rubra, 
filhinho, é o galo, uma ave que nunca nos fez mal.  
As aparências enganam.  
 
 
 
Variação em gênero:  

 
(...) 
O​ p​ apai​ r​ ato​ assustou-se e disse: 
— Como te enganas, m ​ inha​ f​ ilha​! ​A​ c​ riatura​ de pêlo macio e ar bondoso é que 
é ​a​ terrível ​gata​. A
​ outra​, b
​ arulhenta​ e e ​ spaventada​, de olhar feroz e crista 
rubra, ​filhinha​, é​ a​ g
​ alinha​, uma ave que nunca nos fez mal.  
As aparências enganam.  
 
 
 
 
Variação em número:  

 
(...) 
O papai rato assustou-se e disse: 
— Como ​vocês​ se e ​ nganam​, ​minhas​ f​ ilhas​! ​As​ c​ riaturas​ de p ​ êlos​ m
​ acios​ e a
​ res 
bondosos​ s​ ão​ q ​ ue é​ a
​ s​ t​ erríveis​ g
​ atas​. ​As outras​, ​barulhentas​ e ​espaventadas​, 
de o ​ lhares​ f​ erozes​ e ​cristas​ r​ ubras​, f​ ilhinhas​, ​são​ as​ g
​ alinhas​, ​umas​ a
​ ves​ que 
nunca ​nos​ f​ izeram​ mal.  
As aparências enganam.  
 
 
 
 
Mudando e transformando: 
concordância Nominal 
 
 
A concordância nominal é feita pela 
variação em: 
 
Gênero - ir do masculino para o 
feminino e vice-versa; 
 
Número - ir do singular para o plural e 
vice-versa; 
 
 
Percebemos que é o sentido do texto 
que indica quando uma palavra deve ou 
não variar.