Você está na página 1de 21

1

FABRICIO BORGES DE FARIA

1 FABRICIO BORGES DE FARIA E-BOOK

E-BOOK

2

2
2 MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA Definição. A auriculoterapia é o recurso, técnica ou modalidade terapêutica,

MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA

Definição. A auriculoterapia é o recurso, técnica ou modalidade terapêutica, originária da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), na qual se utiliza a inserção de agulhas ou esferas especiais em pontos ou locais específicos da orelha, com a intenção de produzir a remissão de doenças e bem-estar geral, contribuindo com a homeostase integral do homem ou mulher.

Características. A auriculoterapia no Brasil é bem difundida e estruturada por cursos e profissionais capacitados. Seus efeitos imediatos e diretos são o principal fator dessa popularidade.

Linhas científicas. O estudo da auriculoterapia é complexo e por isso exige empenho e sabedoria para compreender seus efeitos. O autor, ao longo de sua carreira, preferiu organizar seus conceitos estudando o melhor das escolas chinesa, francesa e brasileira.

Características. O tradicionalismo da escola chinesa em explicar o mecanismo fisiológico das energias, alinhado ao pragmatismo cientificista da escola francesa e a tendência neofílica da escola brasileira compõem os pilares magnos dessa obra.

Estranha diferença. A diversidade das escolas é facilmente observada pela diferença anatômica dos mapas reflexos auriculares. A localização de uma mesma estrutura ou função orgânica pode ser apontada em locais distintos e isso gera estranheza e dúvida. Que logo deve se acomodar com o efeito produzido pela terapêutica selecionada individualmente para cada paciente. As- sim a diferença é aceita com inteligência e o melhor para todos conquistado.

Método. A linha de raciocínio terapêutica criada, deve ser justificada pelo efeito produzido pela prática. Para isso, talvez seja melhor priorizar o intelecto para produzir combinações que selecionam o melhor de cada ponto e que em conjunto esses pontos possam estimular o efeito equilibrante natural, sempre adaptado à mazela e energética ou orgânica.

Efeito. O organismo é constituído por sistemas de autorregulação obedientes as instruções de sobrevivência que priorizam, antes de mais nada, a conservação da espécie. Sendo então formados por estruturas energéticas e orgânicas sensíveis as modificações do padrão de funcionamento orgânico. A capacidade de adaptação desse sistema provoca o equilíbrio naturalmente. Assim as técnicas de sedação e tonificação são dispensadas, pois a combinação terapêutica auricular montada com prudência e inteligência acessa o sistema autorregulatório e estimula o efeito contrário ao estabelecido pela patologia.

Conclusão. O desenvolvimento de combinações auriculares capazes de acessar o sistema autorregulatório e provocar o equilíbrio naturalmente, deve preconizar algumas regras, explicadas nessa obra com critério e prudência pela fisiologia energética, orgânica e neurofisiologia.

algumas regras, explicadas nessa obra com critério e prudência pela fisiologia energética, orgânica e neurofisiologia.

MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA

3

MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA 3
MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA 3 Quantidade de pontos auriculares. Não trate com mais de 7 pontos auriculares.

Quantidade de pontos auriculares. Não trate com mais de 7 pontos auriculares. Essa proposta faz parte do cabedal de conceitos das combinações inteligentes que prevê a eficiência da combinação através da qualidade e não pela quantidade de pontos.

Sedação ou tonificação. Como explicado, indico produzir a combinação se- lecionando os melhores pontos capazes de estimular

a atividade equilibrante do sistema autorregulador.

Material. Priorize as agulhas auriculares (1.8 mm ou 2.0 mm). Posterior- mente os cristais radiônicos e por ultimo as sementes de mostarda. Adultos que rejeitam o tratamento com agulhas, bem como crianças de até 7 anos indica-se o uso de cristais radiônicos ou sementes de mostarda.

Agulhas sistêmicas. É indicado o uso de agulhas sistêmicas para tratar patologias crônicas ou promover analgesia. Normalmente

o tempo de trata- mento com esse material é de 20 a 30 minutos.

Seleção dos pontos. Selecione os pontos de acordo com o desequilíbrio a ser tratado. Para isso, utilize os conceitos sobre Fisiologia energética. Nesse caso, busque a relação energética do sintoma com o elemento. Feito isso, selecione os melhores pontos auriculares para compor a combinação.

• Alinhe a prioridade terapêutica com os níveis de atuação: energética, neural, endócrina, orgânica ou emocional.

• Selecione os pontos de acordo com o objetivo do tratamento. Contudo, é importante punturar em todas as combinações os

pontos Shenmem e na maioria das vezes o ponto auricular do órgão relacionado ao problema. A necessidade dessa regra é devido a liberação de substâncias químicas relaxan- tes estimuladas pelo Shenmem e pelo direcionamento terapêutico oferecido pelo órgão.

• Nas primeiras sessões, se possível, selecione o órgão e a víscera acoplada para dar força ao protocolo.

Orelha. Normalmente a orelha do lado dominante é a primeira a ser utiliza- da terapeuticamente. A partir da segunda sessão inicia-se o revezamento e a orelha contralateral é estimulada. A cada sessão o revezamento é seguido.

Exemplo: Paciente G.P.O. 30 anos, sexo masculino, destro, reclama ser ansioso e hipertenso. No exame do pavilhão auricular foi constatado a colo- ração vermelha e muita sudorese.

ser ansioso e hipertenso. No exame do pavilhão auricular foi constatado a colo- ração vermelha e

MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA

4

MINIBOOK DE AURICULOTERAPIA 4

Objetivo do tratamento: tratar a essência Shén através da função energética do coração principalmente.

Sessão 1 Combinação: Shenmen, coração, coração emocional, simpático, sede, ansiedade - preocupação e hipotensão.

Material: agulha 1,8 mm.

Orelha: direita.

Sessão 2

Combinação: Sm, coração, coração emocional, SNA, sede, ansiedade-preocupação e hipotensão.

Relato: paciente relata melhora da ansiedade, diz sentir-se mais calmo e tranquilo. Conta que o suor corporal também diminuiu e o sono está “dife- rente”.

Combinação: Sm, coração, coração emocional, SNA, sede, ansiedade-preocupação e hipotensão.

Material: agulha 1,8 mm.

Orelha: esquerda.

coração emocional, SNA, sede, ansiedade-preocupação e hipotensão. Material: agulha 1,8 mm. Orelha: esquerda.

5

ANATOMIA DO PAVILHÃO AURICULAR

5 ANATOMIA DO PAVILHÃO AURICULAR
5 ANATOMIA DO PAVILHÃO AURICULAR
5 ANATOMIA DO PAVILHÃO AURICULAR

6

INERVAÇÃO DO PAVILHÃO AURICULAR

6 INERVAÇÃO DO PAVILHÃO AURICULAR
6 INERVAÇÃO DO PAVILHÃO AURICULAR
6 INERVAÇÃO DO PAVILHÃO AURICULAR

7

CORRESPONDÊNCIA ANATÔMICA DOS MICROSSISTEMAS

7 CORRESPONDÊNCIA ANATÔMICA DOS MICROSSISTEMAS
7 CORRESPONDÊNCIA ANATÔMICA DOS MICROSSISTEMAS
7 CORRESPONDÊNCIA ANATÔMICA DOS MICROSSISTEMAS

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA

8

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 8

AURICULOTERAPIA CIENTÍFICA

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 8 AURICULOTERAPIA CIENTÍFICA
E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 8 AURICULOTERAPIA CIENTÍFICA

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA

9

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 9

AURICULOTERAPIA CIENTÍFICA

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 9 AURICULOTERAPIA CIENTÍFICA

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA

10

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 10

RESULTADOS

1. O protocolo APPA, quando aplicado com a equipe de enfermagem de um hospital em São Paulo, obteve diferenças positivas significativas na redução da ansiedade, segundo as medidas repetidas ANOVA, após 10 sessões. O grupo com agulhas semipermanentes apresentou um índice de Cohen d 1,08 (efeito grande) e 17% de redução. Houve uma redução nos níveis de dor em 34% para o grupo de agulhas e 24% para o grupo de sementes e um aumento de 13% no domínio mental da medida de qualidade de vida do SF12v2, embora não tenha havido diferenças estatísticas na análise intergrupos. Novos estudos são sugeridos com novas populações e em diferentes contextos e situações para que os resultados possam ser confirmados. Recomenda-se também que outros pontos auriculares sejam testados para intensificar os efeitos em relação à dor.

Recomenda-se também que outros pontos auriculares sejam testados para intensificar os efeitos em relação à dor.

11

11
11
11

PROTOCOLO N.A.D.A.

12

PROTOCOLO N.A.D.A. 12
PROTOCOLO N.A.D.A. 12
PROTOCOLO N.A.D.A. 12

CONCLUSÃO

13

CONCLUSÃO 13

O protocolo NADA, desenvolvido como uma terapia de dependência, foi adaptado em uma variedade de ambientes de cuidados de saúde em todo o mundo. O protocolo é melhor integrado como um modelo abrangente de atendimento. Esta revisão de literatura substancia a expansão continuada desta modalidade dentro de vícios e tratamento de saúde comportamental, incluindo prisões, medicina militar e ajuda humanitária, bem como seu uso para tratar câncer / distúrbios sangüíneos.

prisões, medicina militar e ajuda humanitária, bem como seu uso para tratar câncer / distúrbios sangüíneos.

14

14 Como a acupuntura é um sistema de diagnóstico e tratamento baseado na normalização da disfunção

Como a acupuntura é um sistema de diagnóstico e tratamento baseado na normalização da disfunção do corpo, a acupuntura tem

sido aplicada para proporcionar alívio da dor, relaxamento e outros efeitos [1-8]. Investigações experimentais e clínicas indicaram que o input aferente em fibras nervosas somáticas tem um efeito significativo sobre o sistema nervoso autônomo e hormônios.

Vários estudos investigaram o efeito da acupuntura no sistema nervoso simpático. Em contraste, apenas alguns exploraram seu efeito no sistema nervoso parassimpático [16]. Alguns estudos sugeriram que as técnicas modulariam a formação reticular e o

sistema nervoso autônomo [5], induzindo os efeitos supracitados. Embora tenha havido uma controvérsia sobre o efeito da acupuntura na atividade nervosa parassimpática, vários estudos mostraram que a acupuntura auricular influencia a atividade do

nervo parassimpático [17, 18].

O presente estudo mostrou que a acupuntura auricular manteve a relação LF / HF em níveis mais baixos e a IC em níveis mais

elevados durante o período pós-operatório nos pacientes submetidos a hemicolectomia. Os dados indicam que agulhas de pressão oclusivas nos pontos “Shenmen” e “Ponto Zero” em ambas as aurículas aumentaram a atividade do nervo parassimpático, o que é

consistente com os estudos acima mencionados.

Em alguns casos fisiopatologicamente alterados, observam-se sintomas neuropsiquiátricos, como crises epilépticas e Vários estudos

mostraram que a epilepsia ocorre em consonância com o desequilíbrio autonômico, uma atividade simpática aumentada e uma ativação parassimpática reduzida [21, 22]. Além disso, vários relatos descreveram que a indução ou a retirada de algumas drogas

induziram simultaneamente delirium e disfunção autonômica, um aumento da atividade simpática [23-25]. Assim, os procedimentos que aumentam o tônus parassimpático podem tratar e aliviar essas doenças. Nossa série de casos anterior mostrou que, após

pacientes agitados, receberam acupuntura auricular em pontos tranqüilizantes, eles não mostraram comportamento problemático no pós-operatório, como agitação [9]. Portanto, postulamos que, como o presente estudo demonstrou, a acupuntura auricular em

pontos tranquilizantes induziu a ativação do tônus do nervo parassimpático, prevenindo a agitação pós-operatória na série de casos.

prevenindo a agitação pós-operatória na série de casos. Em conclusão, a acupuntura auricular manteve a relação

Em conclusão, a acupuntura auricular manteve a relação LF / HF em níveis mais baixos e a IC em níveis mais elevados durante o

período pós-operatório nos pacientes submetidos à hemicolectomia.

15

15
15
15

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA

16

E-BOOK DE AURICULOTERAPIA 16

COMBINAÇÕES E EFEITOS

1. Shen men + Ponto ZERO.

A. Estabilidade cardíaca através do controle da atividade Autônoma e estimulo do SNParasimpático.

B. Associado aos pontos Yintang+VC24 esse efeito pode ser prolongado e bem mais profundo - .

C. O mais indicado é utilizar a ELETROACUPUNTURA (EA); Frequência 2 - 100 hz durante 30 minutos.

D. O trabalho auricular realizado com AGULHAS é melhor do que com sementes.

Frequência 2 - 100 hz durante 30 minutos. D. O trabalho auricular realizado com AGULHAS é

COMBINAÇÕES INTELIGENTES

17

COMBINAÇÕES INTELIGENTES 1 7
COMBINAÇÕES INTELIGENTES 1 7

18

CURSO DE COMBINAÇÕES INTELIGENTES EM AURICULOTERAPIA

18 CURSO DE COMBINAÇÕES INTELIGENTES EM AURICULOTERAPIA

HIPERTENSÃO: ANSIEDADE

SIMPÁTICO CORAÇÃO SHEN MEN NICOTINA CORAÇÃO EMOÇÃO ANSIEDADE e PREOCUPAÇÃO
SIMPÁTICO
CORAÇÃO
SHEN MEN
NICOTINA
CORAÇÃO EMOÇÃO
ANSIEDADE e
PREOCUPAÇÃO

CURSO DE COMBINAÇÕES INTELIGENTES PROTOCOLOS EFICIENTES EM AURICULOTERAPIA

19

CURSO DE COMBINAÇÕES INTELIGENTES PROTOCOLOS EFICIENTES EM AURICULOTERAPIA 19

IMPOTÊNCIA: HORMONAL

Rim Bexiga Genitais Shén men Formação reticular Tireóide Próstata
Rim
Bexiga
Genitais
Shén men
Formação reticular
Tireóide
Próstata
CURSO EAD AURICULOTERAPIA DENTRE AS NOVAS AULAS AINDA TEREMOS: DENTÁRIA OMBRALGIA LOMBALGIA GONALGIA TABAGISMO ÁLCOOL

CURSO EAD AURICULOTERAPIA

DENTRE AS NOVAS AULAS AINDA TEREMOS:

DENTÁRIA OMBRALGIA LOMBALGIA GONALGIA TABAGISMO ÁLCOOL PROTOCOLO N.A.D.A. ESTÍMULO NEURAL ESTÍMULO ENERGÉTICO ESTÍMULO ENDÓCRINO LER

O CURSO SE INICIA EM 14/11/2018.

CUPOM DE 25% DE DESCONTO: AURICULO25 O CUPOM SÓ FICA DISPONÍVEL ATÉ O DIA 9/11/2018 (SEXTA-FEIRA)