Você está na página 1de 92

Leia atentamente este manual antes de utilizar este

veículo.

MANUAL DO UTILIZADOR

YS125-5C
BT4-F819D-P0

[Portuguese (P)] DIC183


UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

PAU46094

Leia atentamente este manual antes de utilizar este veículo. Se o veículo for vendido, este manual deve acompanhá-lo.
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Introdução
PAU10103

Bem-vindo ao mundo do motociclismo da Yamaha!


Como proprietário da YS125-5C, está a beneficiar da vasta experiência da Yamaha e da mais recente tecnologia relativa ao design e
fabrico de produtos de alta qualidade, as quais concederam à Yamaha uma reputação de fiabilidade.
Por favor leia atentamente este manual para que possa desfrutar de todas as vantagens da sua YS125-5C. O Manual do Utilizador não
só lhe dá instruções relativas ao funcionamento, inspeção e manutenção do seu motociclo, como também lhe indica como se proteger
a si próprio e aos outros de problemas e ferimentos.
Além disso, as diversas sugestões apresentadas neste manual, ajudá-lo-ão a manter o seu motociclo nas melhores condições possíveis.
Caso tenha quaisquer outras questões, não hesite em contactar o seu concessionário Yamaha.
A equipa da Yamaha deseja-lhe muitas viagens seguras e agradáveis. Por isso, nunca se esqueça de que a segurança é o fator mais
importante!
A Yamaha procura continuamente desenvolver o design e a qualidade do produto. Consequentemente, embora este manual contenha
as informações mais atuais disponíveis sobre o produto na altura da impressão, poderão existir ligeiras discrepâncias entre o seu mo-
tociclo e este manual. Se tiver qualquer questão sobre este manual, consulte um concessionário Yamaha.
PWA10032

AVISO
Por favor leia este manual cuidadosamente e na totalidade antes de utilizar este motociclo.
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações importantes do manual


PAU10134

As informações particularmente importantes são distinguidas neste manual pelas notas seguintes:

Este é o símbolo de alerta de segurança. É usado para alertá-lo para potenciais perigos de
ferimentos. Respeite todas as mensagens de segurança assinaladas com este símbolo para
evitar possíveis ferimentos ou morte.

Um AVISO indica uma situação perigosa que, se não for evitada, pode resultar em morte ou
AVISO ferimentos graves.

Uma PRECAUÇÃO indica precauções especiais que devem ser adotadas para evitar danos
PRECAUÇÃO no veículo ou outros danos materiais.

NOTA Uma NOTA fornece informações importantes para esclarecer ou simplificar os procedimentos.

*O produto e as especificações estão sujeitos a alterações sem aviso prévio.


UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações importantes do manual

PAU36391

YS125-5C
MANUAL DO UTILIZADOR
©2016 pela Yamaha Motor Co., Ltd.
1ª edição, novembro 2016
Reservados todos os direitos.
Qualquer reimpressão ou utilização
não autorizada sem
o consentimento escrito da
Yamaha Motor Co., Ltd.
estão expressamente proibidas.
Impresso na Holanda.
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Índice
Informações relativas à Para sua segurança – verificações Verificação da folga do punho do
segurança ......................................... 1-1 prévias à utilização...........................4-1 acelerador ................................. 6-18
Folga das válvulas ........................ 6-18
Descrição.......................................... 2-1 Utilização e questões importantes Pneus ........................................... 6-18
Vista esquerda................................ 2-1 relativas à condução ........................5-1 Rodas de liga................................ 6-20
Vista direita..................................... 2-2 Colocação do motor em Ajuste da folga da alavanca da
Controlos e instrumentos ............... 2-3 funcionamento.............................5-1 embraiagem .............................. 6-21
Mudança de velocidades................5-2 Verificação da folga da alavanca
Funções dos controlos e Sugestões para a redução do do travão ................................... 6-22
instrumentos .................................... 3-1 consumo de combustível ............5-3 Ajuste da folga do pedal do
Interruptor principal/bloqueio da Rodagem de amaciamento do travão ........................................ 6-22
direção ........................................ 3-1 motor ...........................................5-3 Interruptores das luzes dos
Indicadores luminosos e luz de Estacionamento ..............................5-4 travões....................................... 6-23
advertência ................................. 3-2 Verificação das pastilhas do
Contador multifuncional ................. 3-3 Manutenção periódica e ajustes.....6-1 travão da frente e das sapatas
Interruptores do guiador ................ 3-5 Jogo de ferramentas do do travão de trás ...................... 6-23
Alavanca da embraiagem............... 3-6 proprietário ..................................6-2 Verificação do nível de líquido
Pedal de mudança de Tabela de manutenção periódica dos travões................................ 6-24
velocidades ................................. 3-6 para o sistema de controlo das Mudança do líquido dos
Alavanca do travão......................... 3-6 emissões......................................6-3 travões ...................................... 6-25
Pedal do travão .............................. 3-7 Tabela de lubrificação e Folga da corrente de
Tampa do depósito de manutenção geral........................6-4 transmissão............................... 6-26
combustível................................. 3-7 Remoção e instalação da Limpeza e lubrificação da
Combustível ................................... 3-8 carenagem e painéis ...................6-9 corrente de transmissão ........... 6-28
Conversores catalíticos ............... 3-10 Verificação da vela de ignição .....6-11 Verificação e lubrificação dos
Assento......................................... 3-10 Óleo do motor e elemento do cabos......................................... 6-28
Ajuste dos amortecedores ........... 3-11 filtro de óleo...............................6-12 Verificação e lubrificação do
Descanso lateral........................... 3-12 Limpeza do elemento do filtro de punho e do cabo do
Sistema de corte do circuito de ar e do tubo de inspeção...........6-16 acelerador ................................. 6-29
ignição....................................... 3-12 Ajuste da velocidade de ralenti do
motor .........................................6-17
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Índice
Verificação e lubrificação dos Deteção e resolução de
pedais do travão e de mudança problemas ................................. 6-42
de velocidades...........................6-29 Tabela de deteção e resolução
Verificação e lubrificação das de problemas ............................ 6-44
alavancas do travão e da
embraiagem ...............................6-30 Cuidados e arrumação do
Verificação e lubrificação do motociclo .......................................... 7-1
descanso central e do descanso Cor mate cuidado ........................... 7-1
lateral .........................................6-30 Cuidados ........................................ 7-1
Lubrificação dos pivôs do braço Armazenagem................................. 7-3
oscilante.....................................6-31
Verificação da forquilha Especificações ................................. 8-1
dianteira .....................................6-31
Verificação da direção...................6-32 Informações para o consumidor .... 9-1
Verificação dos rolamentos de Números de identificação............... 9-1
roda............................................6-32 Conector de diagnóstico ................ 9-2
Bateria ...........................................6-33 Registo dos dados do veículo ........ 9-2
Substituição do fusível ..................6-34
Substituição da lâmpada do farol Índice remissivo ............................. 10-1
dianteiro .....................................6-35
Substituição da lâmpada dos
mínimos ....................................6-37
Substituição da lâmpada da luz
do travão/farolim traseiro...........6-37
Substituição de uma lâmpada do
sinal de mudança de direção.....6-38
Substituição da lâmpada da luz
da chapa de matrícula ...............6-39
Roda da frente...............................6-39
Roda de trás..................................6-40
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações relativas à segurança


PAU1028B
cipiantes devem fazer formação com se que seja visto para reduzir as hipó-
1 um instrutor certificado. Contacte um teses de ocorrência deste tipo de aci-
concessionário de motociclos autori- dente.
Seja um Proprietário Responsável zado para obter informações sobre os Por isso:
Como proprietário do veículo, é responsá- cursos de formação mais próximos de • Use um casaco de cor viva.
vel pela segurança e funcionamento corre- si. • Redobre a atenção ao aproximar-
to do seu motociclo. se e ao passar por cruzamentos,
Os motociclos são veículos de duas rodas. Condução segura uma vez que estes são os locais
A sua utilização e manuseamento seguros Efetue as verificações prévias sempre que mais prováveis para a ocorrência
dependem da adoção de técnicas de con- utilizar o veículo para garantir que se en- de acidentes com motociclos.
dução adequadas, bem como da perícia contra em perfeitas condições de funcio- • Conduza onde os outros conduto-
do condutor. Todos os condutores deverão namento. Se o veículo não for res o possam ver. Evite conduzir no
ter conhecimento dos seguintes requisitos inspecionado ou mantido em condições, ângulo morto de outro condutor.
antes de conduzir este motociclo. há mais possibilidades de ocorrer um aci- • Nunca realize operações de manu-
O condutor deverá: dente ou danos no equipamento. Consulte tenção num motociclo sem os co-
 obter instruções completas de uma a página 4-1 para obter uma lista de verifi- nhecimentos adequados. Contacte
entidade competente sobre todos os cações prévias à utilização. um concessionário de motociclos
aspetos da utilização do motociclo;  Este motociclo está concebido para autorizado para se informar sobre
 observar os avisos e os requisitos de transportar o condutor e um passa- as operações básicas de manuten-
manutenção apresentados neste Ma- geiro. ção do motociclo. Algumas opera-
nual do utilizador;  O facto dos automobilistas não dete- ções de manutenção só podem ser
 obter formação qualificada sobre as tarem nem reconhecerem os motoci- efetuadas por pessoal certificado.
técnicas de condução corretas e se- clos no trânsito é a principal causa  Muitos acidentes envolvem conduto-
guras; dos acidentes entre automóveis e mo- res inexperientes. De facto, muitos
 obter serviços técnicos profissionais, tociclos. Muitos acidentes são causa- condutores envolvidos em acidentes
conforme indicado neste Manual do dos por automobilistas que não veem nem sequer têm carta de condução
utilizador e/ou sempre que se torne o motociclo. É importante assegurar- de motociclos atual.
necessário devido a problemas mecâ- • É importante que esteja qualificado
nicos. para conduzir um motociclo e que
 Nunca conduza um motociclo sem só o empreste a outros condutores
formação ou instrução adequada. qualificados.
Faça um curso de formação. Os prin-
1-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações relativas à segurança


• Conheça as suas capacidades e as  A postura do condutor e do passagei-  Use sempre um capacete aprovado.
suas limitações. Não tentar exceder ro é importante para um controlo ade-  Use uma viseira ou óculos protetores. 1
as suas limitações é um fator que quado. O vento direcionado para os olhos
pode ajudá-lo a evitar um acidente. • Durante a condução, o condutor desprotegidos pode contribuir para
• Recomendamos que pratique a deverá manter as mãos no guiador uma deficiência da visão que pode
condução do seu motociclo em lo- e os pés nos apoios de pés, a fim atrasar a visualização de uma situa-
cais onde não haja trânsito, até que de manter o controlo do motociclo. ção de perigo.
esteja bem familiarizado com o • O passageiro deve segurar-se  O uso de um casaco, botas, calças e
mesmo e com todos os seus meca- sempre no condutor, na correia do luvas resistentes, etc., é um meio efi-
nismos de controlo. assento ou na barra de manobra caz na prevenção ou redução de es-
 Muitos acidentes são causados por (se o veículo os possuir), com am- coriações ou lacerações.
um erro cometido pelo condutor do bas as mãos, e deve manter os pés  Nunca use roupas largas, caso con-
motociclo. Um erro tipicamente co- nos apoios de pés para o passagei- trário estas poderão prender-se nas
metido pelo condutor é fazer uma cur- ro. Nunca transporte um passagei- alavancas de controlo, nos apoios de
va fora-de-mão devido a velocidade ro, exceto se ele ou ela puderem pés ou nas rodas, causando ferimen-
excessiva ou a um ângulo de inclina- colocar, com firmeza, ambos os tos ou até um acidente.
ção insuficiente em relação à veloci- pés nos apoios de pés do passa-  Use sempre vestuário de proteção
dade. geiro. que cubra as pernas, os tornozelos e
• Obedeça sempre ao limite de velo-  Nunca conduza sob a influência de ál- os pés. O motor ou o sistema de es-
cidade e nunca ande mais depres- cool ou outras drogas. cape ficam muito quentes durante ou
sa do que o permitido pelas  Este motociclo está concebido para após a utilização e podem provocar
condições da estrada e do trânsito. utilização apenas em estrada. Não de queimaduras.
• Sinalize sempre qualquer mudança se destina a utilização todo-o-terreno.  As precauções acima referidas apli-
de direção ou ultrapassagem. As- cam-se também ao passageiro.
segure-se de que os outros condu- Artigos de proteção
tores o conseguem ver. A maioria das fatalidades ocorridas em aci- Evitar a intoxicação por monóxido de
dentes com motociclos resultam de feri- carbono
mentos na cabeça. O uso de um capacete Qualquer sistema de escape do motor pro-
de segurança é o fator mais importante duz monóxido de carbono, um gás mortífe-
para a prevenção ou redução de ferimen- ro. A inalação de monóxido de carbono
tos na cabeça.

1-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações relativas à segurança


pode provocar dores de cabeça, tonturas,  Não coloque o motor em funciona-  A carga e os acessórios devem ser re-
1 sonolência, náuseas, incapacidade de ra- mento no exterior em zonas onde os duzidas ao mínimo indispensável, de-
ciocínio e, eventualmente, a morte. gases de escape do motor possam in- vendo os mesmos ser colocados tão
O monóxido de carbono é um gás incolor, troduzir-se num edifício através de chegados ao motociclo quanto possí-
inodoro e insípido que pode estar presente portas ou janelas. vel. Acondicione bem os artigos mais
mesmo que não consiga ver nem cheirar pesados o mais perto possível do
qualquer gás do escape do motor. Um ní- Carga centro do veículo e distribua o peso o
vel mortífero de monóxido de carbono O acréscimo de acessórios ou carga ao mais uniformemente possível por am-
pode acumular-se rapidamente e a pessoa seu motociclo pode afetar adversamente a bos os lados do motociclo para mini-
pode perder os sentidos e não conseguir estabilidade e o manuseamento se a distri- mizar o desequilíbrio ou a
salvar-se. Além disso, em locais fechados buição de peso no seu motociclo for altera- instabilidade.
ou com má ventilação, um nível mortífero da. Para evitar a possibilidade de um  A deslocação dos pesos pode criar
de monóxido de carbono pode manter-se acidente, tenha bastante cuidado ao adi- um desequilíbrio súbito. Antes de
durante horas ou dias. Se tiver algum sinto- cionar carga ou acessórios ao seu motoci- conduzir, certifique-se de que os
ma de intoxicação por monóxido de carbo- clo. Redobre o cuidado quando conduzir acessórios e a carga estão bem pre-
no, abandone imediatamente o local, um motociclo que tenha mais carga ou sos ao motociclo. Verifique com fre-
apanhe ar fresco e PROCURE CUIDADOS acessórios. Aqui, juntamente com as infor- quência os suportes dos acessórios e
MÉDICOS. mações sobre acessórios apresentadas os prendedores da carga.
 Não coloque o motor em funciona- em seguida, encontram-se algumas reco- • Ajuste a suspensão em função da
mento em locais fechados. Mesmo mendações gerais a seguir se colocar car- carga (apenas modelos com sus-
que tente ventilar os gases de escape ga no seu motociclo: pensão regulável) e verifique o es-
do motor com ventiladores ou abrindo O peso total do operador, passageiro, tado e a pressão dos pneus.
portas e janelas, o monóxido de car- acessórios e carga não devem exceder o li- • Nunca prenda artigos grandes ou
bono pode atingir rapidamente níveis mite máximo de carga. A utilização de um pesados ao guiador, à forquilha
perigosos. veículo sobrecarregado pode provocar dianteira ou ao guarda-lamas dian-
 Não coloque o motor em funciona- um acidente. teiro. Estes artigos, incluindo algu-
mento em locais com má ventilação ma carga, tal como sacos-cama,
ou parcialmente fechados, como ce- Carga máxima: sacos grossos de lã ou tendas, po-
leiros, garagens ou alpendres. 171 kg (377 lb) dem criar um manuseamento instá-
vel ou uma fraca resposta da
Quando carregar dentro deste limite de pe- direção.
so, mantenha em mente o seguinte:
1-3
UBT4P0P0.book Page 4 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações relativas à segurança


 Este veículo não foi concebido para sórios ou modificações do mercado de ou alterações aerodinâmicas. Se
puxar um reboque nem para ser reposição não são adequados devido aos forem colocados acessórios na 1
conjugado com um sidecar. potenciais perigos para a sua segurança e área do guiador ou da forquilha
a de terceiros. A instalação de produtos do dianteira, estes devem reduzidos
Acessórios Yamaha genuínos mercado de reposição ou a implementação ao número indispensável e devem
A escolha de acessórios para o seu veículo de modificações no veículo que alterem ser tão leves quanto possível.
é uma decisão importante. Os acessórios qualquer uma das suas características de • Os acessórios volumosos ou gran-
Yamaha genuínos, disponíveis apenas em design e de funcionamento podem expô-lo des podem afetar seriamente a es-
concessionários Yamaha, foram concebi- a si e a terceiros a um maior risco de feri- tabilidade do motociclo devido aos
dos, testados e aprovados pela Yamaha mentos graves ou morte. O proprietário do efeitos aerodinâmicos. O vento
para utilização no seu veículo. veículo é responsável por ferimentos rela- pode fazer o motociclo levantar da
Muitas empresas sem ligação à Yamaha cionados com alterações do mesmo. estrada, ou este pode ficar instável
fabricam peças e acessórios ou oferecem Quando montar acessórios, tenha em em zonas com ventos cruzados.
outros tipos de modificações para veículos mente as seguintes linhas de orientação, Estes acessórios também podem
Yamaha. A Yamaha não está numa posi- bem como as apresentadas na secção causar instabilidade ao ultrapassar
ção que permita testar os produtos que es- “Carga”. ou ao ser ultrapassado por veículos
tas empresas do mercado de reposição  Nunca instale acessórios nem trans- de grandes dimensões.
fabricam. Por este motivo, a Yamaha não porte carga que possam prejudicar o • Alguns acessórios podem deslocar
pode aprovar nem recomendar a utilização desempenho do seu motociclo. Ins- o condutor da sua posição normal
de acessórios não comercializados pela pecione cuidadosamente o acessório de condução. Esta posição inapro-
Yamaha, nem modificações não recomen- antes de o utilizar, para se certificar de priada limita a liberdade de movi-
dadas especificamente pela Yamaha, mes- que este não vai, de modo algum, afe- mentos do condutor e pode limitar
mo que a venda e a instalação seja tar a visibilidade para a estrada ou a a capacidade de controlo, pelo que
efetuada por um concessionário Yamaha. visibilidade nas curvas, limitar o per- tais acessórios não são recomen-
curso da suspensão, o percurso da dados.
Peças, acessórios e modificações do direção ou o funcionamento dos con-  Tenha cuidado ao acrescentar aces-
mercado de reposição trolos, nem ocultar luzes ou refletores. sórios elétricos. Se os acessórios elé-
Embora possa encontrar produtos do mer- • Os acessórios instalados na área tricos excederem a capacidade do
cado de reposição idênticos a acessórios do guiador ou da forquilha dianteira sistema elétrico do motociclo pode
Yamaha genuínos ao nível de design e qua- podem criar instabilidade devido à
lidade, deve reconhecer que alguns aces- distribuição de peso inapropriada

1-4
UBT4P0P0.book Page 5 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações relativas à segurança


ocorrer uma falha elétrica, a qual pode  Aponte a roda dianteira para a frente
1 causar uma perda perigosa de potên- no reboque ou na caixa do camião e
cia das luzes ou do motor. prenda-a num carril para impedir o
movimento.
Pneus e jantes do mercado de reposi-  Engrene a transmissão (para os mo-
ção delos equipados com transmissão
Os pneus e as jantes fornecidos com o seu manual).
motociclo foram concebidos para corres-  Prenda o motociclo com cabos de re-
ponder às capacidades de desempenho e tenção ou prendedores adequados
para garantir a melhor combinação possí- que estejam presos a partes sólidas
vel de condução, travagem e conforto. Ou- do motociclo, tal como o chassis ou o
tros pneus, jantes, dimensões e triplo grampo da forquilha dianteira
combinações podem não ser apropriados. superior (e não, por exemplo, a guia-
Consulte a página 6-18 para obter mais in- dores montados em borracha ou si-
formações sobre as especificações dos nais de mudança de direção, ou
pneus e a substituição dos mesmos. peças que possam partir). Escolha
cuidadosamente o local para os pren-
Transporte do Motociclo dedores, de modo que estes não fric-
Certifique-se de que segue as instruções cionem contra superfícies pintadas
que se seguem antes de transportar o mo- durante o transporte.
tociclo noutro veículo.  A suspensão deve ser ligeiramente
 Retire todos os itens soltos do moto- comprimida pelos cabos de retenção,
ciclo. se possível, para que o motociclo não
 Certifique-se de que a torneira de ressalte excessivamente durante o
combustível (se fizer parte do equipa- transporte.
mento) está na posição “OFF” e de
que não existem fugas de combustí-
vel.

1-5
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Descrição
PAU10411

Vista esquerda

2
1 2 3 4 5 6 7 8 9

10

1. Mínimos (página 6-37) 9. Luz da chapa de matrícula (página 6-39)


2. Farol dianteiro (página 6-35) 10.Pedal de mudança de velocidades (página 3-6)
3. Tampa do depósito de combustível (página 3-7)
4. Parafuso ajustador do ralenti (página 6-17)
5. Elemento do filtro de ar (página 6-16)
6. Assento (página 3-10)
7. Anel ajustador de pré-carga da mola do amortecedor (página 3-11)
8. Luz do travão/farolim traseiro (página 6-37)

2-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Descrição
PAU10421

Vista direita

2
1 2 3,4

9 8 7 6 5
1. Anel ajustador de pré-carga da mola do amortecedor (página 3-11) 9. Interruptor da luz do travão traseiro (página 6-23)
2. Jogo de ferramentas do proprietário (página 6-2)
3. Bateria (página 6-33)
4. Fusíveis (página 6-34)
5. Elemento do filtro de óleo do motor (página 6-12)
6. Cavilha de drenagem do óleo do motor (página 6-12)
7. Tampa de enchimento de óleo do motor (página 6-12)
8. Pedal do travão (página 3-7)

2-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Descrição
PAU10431

Controlos e instrumentos
1 2 3 4 5 6 7 8
2

1. Alavanca da embraiagem (página 3-6)


2. Interruptores do guiador esquerdo (página 3-5)
3. Interruptor principal/bloqueio da direção (página 3-1)
4. Módulo do contador multifuncional (página 3-3)
5. Reservatório de líquido do travão dianteiro (página 6-24)
6. Interruptores do punho direito do guiador (página 3-5)
7. Punho do acelerador (página 6-18)
8. Alavanca do travão (página 3-6)

2-3
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU10462 PAU54301
1. Vire o guiador completamente para a
Interruptor principal/bloqueio da (desligado)
esquerda ou para a direita.
direção Todos os sistemas elétricos estão desliga-
2. Com a chave na posição “ ”, em-
dos. A chave pode ser retirada.
PWA16371
purre-a para dentro e rode-a para
“LOCK”.
AVISO
3. Retire a chave.
3 Nunca rode a chave para “ ” ou “LO-
CK” (BLOQUEIO) com o veículo em mo- NOTA
vimento. Se o fizer, os sistemas elétricos Se a direção não bloquear, tente virar o
serão desligados, o que pode resultar na guiador ligeiramente para a direita ou para
perda de controlo ou num acidente. a esquerda.
LOCK
PAU73820
Para desbloquear a direção
BLOQUEIO (LOCK)
O interruptor principal/bloqueio da direção A direção está bloqueada e todos os siste-
controla os sistemas de ignição e ilumina-
1
mas elétricos estão desligados. A chave
ção, e é utilizado para bloquear a direção. pode ser retirada.
As várias posições são descritas a seguir.
Para bloquear a direção
PAU78890
(ligado)
Todos os circuitos elétricos são alimenta-
1 2
dos e as luzes do veículo são ligadas. O
motor pode ser ligado. A chave não pode
ser retirada. 1. Mudança de direção.
NOTA Introduza a chave e rode-a para “ ”.
Para evitar drenar a bateria, não deixe a
chave na posição ON durante um longo pe-
ríodo de tempo sem o motor estar em fun-
cionamento. 1. Premir.
2. Mudança de direção.

3-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU1100D PAU11081

Indicadores luminosos e luz de Indicador luminoso de máximos “ ” NOTA


advertência Este indicador acende-se quando são utili- Considere as seguintes sugestões para re-
zados os máximos do farol dianteiro. duzir o consumo de combustível:
1 2 345  Evite velocidades do motor elevadas
PAU78310
durante a aceleração.
Luz de advertência de problema no
 Viaje a uma velocidade constante. 3
motor “ ”
 Selecione a engrenagem de transmis-
Esta luz de advertência acende-se se for
são apropriada à velocidade do veícu-
detetado um problema no sistema de con-
lo.
trolo do motor ou noutro sistema de con-
trolo do veículo. Se isto acontecer, solicite
a um concessionário Yamaha que verifique
o sistema de diagnóstico a bordo.
1. Indicador luminoso de mudança de direção O circuito elétrico da luz de advertência
“ ” pode ser verificado rodando a chave
2. Indicador luminoso de ponto morto “ ” para “ ”. A luz de advertência deverá
3. Indicador luminoso de máximos “ ” acender-se durante alguns segundos e de-
4. Indicador luminoso de economia “ECO” pois apagar-se.
5. Luz de advertência de problema no motor Se a luz de advertência não se acender
“ ”
logo quando a chave é rodada para “ ”
ou se permanecer acesa, solicite a um con-
PAU11022
Indicador luminoso de mudança de cessionário Yamaha que verifique o veícu-
direção “ ” lo.
Este indicador luminoso fica intermitente
PAUE2572
quando um sinal de mudança de direção Indicador luminoso de economia “ECO”
está a piscar. Este indicador luminoso acende-se quan-
do o veículo está a ser conduzido de forma
PAU11061
Indicador luminoso de ponto morto “ ” económica, em termos de combustível, e
Este indicador luminoso acende-se quan- amiga do ambiente. O indicador luminoso
do a transmissão está em ponto morto. apaga-se quando o veículo é desligado.

3-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU78331
 taquímetro Conta-quilómetros e contador de per-
Contador multifuncional  indicador de combustível curso
1 2 3 4 5 6  visor da caixa de transmissão
1
NOTA
 Certifique-se de que roda a chave
3 para “ ” antes de utilizar a tecla “RE-
SET/SELECT”.
 Para o Reino Unido: Para alternar os
visores do velocímetro e conta-quiló-
metros/contador de percurso entre
quilómetros e milhas, prima a tecla
1. Taquímetro “RESET/SELECT” durante dois se-
1. Conta-quilómetros/contador de percurso
2. Indicador de combustível gundos. Contudo, as unidades do vi-
3. Visor da caixa de transmissão sor apenas podem ser alternadas O conta-quilómetros mostra a distância to-
4. Velocímetro enquanto o conta-quilómetros é mos- tal percorrida pelo veículo.
5. Conta-quilómetros/contador de percurso trado. O contador de percurso mostra a distância
6. Tecla “RESET/SELECT” percorrida desde que foi reiniciado pela úl-
tima vez.
PWA12423 Velocímetro
AVISO O velocímetro mostra a velocidade de des- NOTA
locação do veículo.  O conta-quilómetros bloqueia ao atin-
Pare o veículo antes de fazer ajustes ao
módulo do contador multifuncional. A gir 999999.
alteração dos ajustes durante a condu-  O contador de percurso reinicia e
ção pode distrair o condutor e aumentar continua a contar após atingir 9999.9.
o risco de acidente.
Premir a tecla “RESET/SELECT” muda o
O módulo do contador multifuncional está visor entre o conta-quilómetros “ODO” e o
equipado com o seguinte: contador de percurso “TRIP”.
 velocímetro
 conta-quilómetros
 contador de percurso
3-3
UBT4P0P0.book Page 4 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


Para reiniciar o contador de percurso, sele- Indicador de combustível mitentes. Se isto acontecer, solicite a um
cione-o premindo a tecla “RESET/SE- concessionário Yamaha que verifique o cir-
LECT” e, depois, prima a tecla 1 2 cuito elétrico.
“RESET/SELECT” durante um segundo.

Visor da caixa de transmissão


Taquímetro
1 3
2
1

1. Indicador de advertência do nível de


combustível “ ”
2. Indicador de combustível

O contador de combustível indica a quanti-


dade de combustível que se encontra no 1. Visor da caixa de transmissão
1. Taquímetro respetivo depósito. Os segmentos do visor
2. Zona vermelha do taquímetro correspondentes ao contador de combus- Este visor mostra a velocidade seleciona-
tível desaparecem de “F” (cheio) na direção da. No entanto, a posição de ponto morto
O taquímetro permite ao condutor contro-
de “E” (vazio) à medida que o nível de com- não é mostrada, sendo indicada pelo indi-
lar a velocidade do motor e mantê-la den-
bustível diminui. Quando o último segmen- cador luminoso de ponto morto.
tro da gama de potência ideal.
PCA10032 to do contador de combustível e o
PRECAUÇÃO indicador de advertência do nível de
combustível “ ” ficarem intermitentes, re-
Não utilize o motor na zona vermelha do
abasteça assim que for possível.
taquímetro.
Zona vermelha: 9000 rpm e acima NOTA
Se for detetado um problema no circuito
elétrico do contador de combustível, todos
os segmentos do visor e o indicador de avi-
so do nível de combustível “ ” ficam inter-
3-4
UBT4P0P0.book Page 5 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU1234M PAU12352 PAU12713

Interruptores do guiador Interruptor de ultrapassagem “ ” Interruptor de arranque “ ”


Prima este interruptor para acender e apa- Prima este interruptor para pôr o motor a
Esquerda gar o farol dianteiro. trabalhar com o motor de arranque. Con-
sulte a página 5-1 para obter instruções re-
1 2 NOTA lativas ao arranque, antes de colocar o
Quando o interruptor de farol alto/baixo motor em funcionamento.
3 está regulado para “ ”, o interruptor de
ultrapassagem não tem efeito.

PAU12401
Interruptor de farol alto/baixo “ / ”
43 Regule este interruptor para “ ” para
acender os máximos e para “ ” para
1. Interruptor de ultrapassagem “ ” acender os médios.
2. Interruptor de farol alto/baixo “ / ”
3. Interruptor do sinal de mudança de direção PAU12461
“ / ” Interruptor do sinal de mudança de
4. Interruptor da buzina “ ” direção “ / ”
Para sinalizar uma mudança de direção
Direita
para a direita, empurre este interruptor
para “ ”. Para sinalizar uma mudança de
direção para a esquerda, empurre este in-
terruptor para “ ”. Assim que libertado, o
interruptor volta para a posição central.
Para desligar o sinal de mudança de dire-
ção, prima o interruptor depois deste ter
voltado para a posição central.
1 PAU12501
Interruptor da buzina “ ”
1. Interruptor de arranque “ ” Prima este interruptor para buzinar.

3-5
UBT4P0P0.book Page 6 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU12822 PAU12872 PAU78900

Alavanca da embraiagem Pedal de mudança de velocida- Alavanca do travão


des
1 1

1
1. Alavanca da embraiagem 1. Alavanca do travão
1. Pedal de mudança de velocidades
A alavanca da embraiagem situa-se no A alavanca do travão situa-se no lado direi-
lado esquerdo do guiador. Para desengatar O pedal de mudança de velocidades en- to do guiador. Para acionar o travão da
a embraiagem, puxe a alavanca em direção contra-se no lado esquerdo do motociclo e frente, puxe a alavanca em direção ao pu-
ao punho do guiador. Para engatar a em- é utilizado em conjunto com a alavanca da nho do acelerador.
braiagem, liberte a alavanca. A alavanca embraiagem para mudar as velocidades na Este modelo está equipado com um siste-
deverá ser premida rapidamente e liberta- caixa de transmissão contínua de 5 veloci- ma de travões unificado.
da lentamente, para obter uma utilização dades instalada neste motociclo. Se a alavanca do travão for puxada, o tra-
suave da embraiagem. vão traseiro também é aplicado de forma
A alavanca da embraiagem está equipada proporcional ao travão dianteiro. Para uma
com um interruptor, o qual faz parte do sis- eficácia total de travagem, acione a alavan-
tema de corte do circuito de ignição. (Con- ca e o pedal do travão simultaneamente.
sulte a página 3-12.)
NOTA
 Uma vez que o sistema de travões
unificado é mecânico, pode sentir-se
uma folga adicional no pedal do tra-

3-6
UBT4P0P0.book Page 7 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


vão enquanto a alavanca do travão PAU78910 PAU13003

está a ser puxada; no entanto, tal não Pedal do travão Tampa do depósito de combustí-
indica a existência de uma avaria. vel
 O sistema de travões unificado não
funciona quando o pedal do travão 1
está pressionado diretamente para
3 baixo.

1
1. Pedal do travão
1. Desbloquear.
O pedal do travão situa-se no lado direito
do motociclo. Para acionar o travão trasei-
ro, pressione o pedal do travão. Remoção da tampa do depósito de
combustível
NOTA Introduza a chave na fechadura e rode-a
Uma vez que o sistema de travões unifica- 1/4 de volta no sentido dos ponteiros do re-
do é mecânico, pode sentir-se uma folga lógio. A fechadura abrir-se-á e a tampa do
adicional no pedal do travão enquanto a depósito de combustível pode ser removi-
alavanca do travão está a ser puxada; no da.
entanto, tal não indica a existência de uma
avaria. Instalação da tampa do depósito de
combustível
1. Coloque a tampa do depósito de
combustível, empurrando-a com a
chave inserida na fechadura.
2. Rode a chave no sentido contrário ao
dos ponteiros do relógio em direção à
posição original e depois retire-a.
3-7
UBT4P0P0.book Page 8 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU13213
NOTA Combustível 1 2
A tampa do depósito de combustível não Verifique se há gasolina suficiente no depó-
poderá ser colocada a não ser que a chave sito.
esteja na respetiva fechadura. Para além PWA10882

disso, a chave não pode ser removida se a AVISO


tampa não estiver devidamente colocada e A gasolina e os vapores de gasolina são 3
fechada. extremamente inflamáveis. Para evitar
incêndios e explosões, bem como redu-
PWA11142
zir o risco de ferimentos durante o rea-
AVISO bastecimento, siga estas instruções. 1. Tubo de enchimento de depósito de
Certifique-se de que a tampa do depósi- combustível
to de combustível está devidamente ins- 1. Antes de reabastecer, desligue o mo- 2. Nível de combustível máximo
talada antes de conduzir o veículo. As tor e não permita que ninguém se sen-
fugas de combustível constituem um te no veículo. O reabastecimento 3. Limpe imediatamente qualquer com-
perigo de incêndio. nunca deve ser efetuado se estiver a bustível derramado. PRECAUÇÃO:
fumar, perto de faíscas, de chamas Limpe imediatamente qualquer
desprotegidas ou de outras fontes de combustível derramado com um
ignição, como as luzes piloto de es- pano macio, seco e limpo, uma vez
quentadores e de máquinas de secar que o combustível poderá deterio-
roupa. rar as superfícies pintadas ou plás-
2. Não encha demasiado o depósito de ticas. [PCA10072]
combustível. Pare de abastecer quan- 4. Certifique-se de que fecha bem a
do o combustível chegar à parte infe- tampa do depósito de combustível.
PWA15152
rior do tubo de enchimento. Visto que
o combustível expande quando aque- AVISO
ce, este pode sair do depósito de A gasolina é tóxica e pode causar feri-
combustível devido ao calor do motor mentos ou morte. Tenha cuidado ao li-
ou do sol. dar com gasolina. Nunca puxe a
gasolina com a boca. Se engolir gasoli-
na, inalar muito vapor de gasolina ou se
esta entrar em contacto com os olhos,
3-8
UBT4P0P0.book Page 9 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


consulte imediatamente um médico. Se Mistura de gasolina com álcool
saltar gasolina para a sua pele, lave com Existem dois tipos de mistura de gasolina
sabão e água. Se saltar gasolina para o com álcool: um contém etanol e outro con-
seu vestuário, mude de roupa. tém metanol. A mistura de gasolina com
etanol pode ser utilizada se o conteúdo

3
PAU76860 E10 deste não exceder os 10% (E10). A mistura
de gasolina com metanol não é recomen-
dada pela Yamaha, pois pode danificar o
Combustível recomendado: sistema de combustível ou causar proble-
Gasolina normal sem chumbo mas ao nível das prestações do veículo.
(mistura de gasolina com álcool
[E10] aceitável)
Capacidade do depósito de
NOTA
combustível:  Esta marca identifica o combustível
14 L (3.7 US gal, 3.1 Imp.gal) recomendado para este veículo con-
Quantidade da reserva de forme especificado pela norma euro-
combustível: peia (EN228).
2.2 L (0.58 US gal, 0.48 Imp.gal)  Verifique que o bico injetor de gasoli-
na tem o mesmo identificador quando
PCA11401
abastecer.
PRECAUÇÃO
Utilize apenas gasolina sem chumbo. A O motor Yamaha foi concebido para usar
utilização de gasolina com chumbo pro- gasolina sem chumbo regular com um índi-
vocará danos graves nas peças internas ce de octano obtido pelo método “Resear-
do motor como, por exemplo, nas válvu- ch” de 95 ou mais. Se ouvir um som de
las, anéis do pistão, sistema de escape, batimento (ou sibilante), utilize gasolina de
etc. uma marca diferente ou com um índice de
octano superior. A utilização de combustí-
vel sem chumbo prolongará a vida útil da
vela de ignição e reduzirá os custos de ma-
nutenção.

3-9
UBT4P0P0.book Page 10 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU13447 PCA10702 PAU78851

Conversores catalíticos PRECAUÇÃO Assento


Este veículo está equipado com converso-
Utilize apenas gasolina sem chumbo. A
res catalíticos no sistema de escape. Remoção do assento
PWA10863
utilização de gasolina com chumbo cau-
sará danos irreparáveis no conversor 1. Retire os painéis A e B. (Consulte a
AVISO página 6-9.)
catalítico.
O sistema de escape fica quente depois 2. Retire as cavilhas. 3
da utilização. Para evitar risco de incên-
dio ou queimaduras:
 não estacione o veículo junto de
materiais que possam constituir um
risco de incêndio, tais como erva ou
1
outros materiais que ardam facil-
mente;
 estacione o veículo num local onde
não haja probabilidade de peões ou
crianças tocarem no sistema de es-
cape quente; 1. Cavilha
 certifique-se de que o sistema de
escape arrefeceu antes de efetuar
qualquer trabalho de manutenção; 1
 não deixe o motor em ralenti por
mais de alguns minutos. O ralenti
prolongado pode causar sobrea-
quecimento.

1. Cavilha

3-10
UBT4P0P0.book Page 11 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


3. Levante a parte dianteira do assento e PAU68420

puxe-o para a frente. Ajuste dos amortecedores


PWA10211

AVISO
Instalação do assento
1. Introduza o prolongamento da parte Ajuste sempre ambos os amortecedo-
posterior do assento no suporte do res de forma igual, caso contrário pode-
3 rá resultar numa fraca capacidade de
(b)
assento, conforme ilustrado.
manobra e perda de estabilidade. (a) 2
1 1
Cada um dos amortecedores está equipa-
3
do com um anel ajustador de pré-carga da
1. Anel ajustador de pré-carga da mola
mola.
2 PCA10102
2. Indicador de posição
3. Chave de fendas
PRECAUÇÃO
Para evitar danificar o mecanismo, não Ponto de afinação da pré-carga da
tente efetuar ajustes além dos limites mola:
máximo ou mínimo. Mínimo (suave):
1. Prolongamento
1
Ajuste a pré-carga da mola como se segue. Normal:
2. Suporte do assento
Para aumentar a pré-carga da mola e as- 2
2. Coloque o assento na posição original sim tornar a suspensão mais dura, rode o Máximo (dura):
e depois aperte as cavilhas. anel ajustador em cada um dos amortece- 5
3. Instale os painéis. dores na direção (a). Para reduzir a pré-car-
ga da mola e assim tornar a suspensão
NOTA mais mole, rode o anel ajustador em cada
Certifique-se de que o assento está devi- um dos amortecedores na direção (b).
damente fixo antes de conduzir o veículo.  Alinhe o entalhe adequado do anel
ajustador com o indicador de posição
no amortecedor.
 Utilize a chave de fendas incluída no
jogo de ferramentas do proprietário
para fazer este ajuste.
3-11
UBT4P0P0.book Page 12 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos


PAU15306
gularmente e se não funcionar bem, so- PAU78340

Descanso lateral licite a sua reparação a um Sistema de corte do circuito de


O descanso lateral situa-se no lado esquer- concessionário Yamaha. ignição
do do chassis. Suba ou desça o descanso O sistema de corte do circuito de ignição
lateral com o pé enquanto segura o veículo (composto pelo interruptor do descanso la-
direito. teral, o interruptor da embraiagem e o inter-
ruptor de ponto morto) apresenta as 3
NOTA
seguintes funções.
O interruptor incorporado do descanso la-
 Evita o arranque quando a transmis-
teral faz parte do sistema de corte do cir-
são está engrenada e o descanso la-
cuito de ignição, que corta a ignição em
teral está para cima, mas a alavanca
determinadas situações. (Consulte a sec-
da embraiagem não está a ser premi-
ção seguinte para obter uma explicação
da.
sobre o sistema de corte do circuito de ig-
 Evita o arranque quando a transmis-
nição.)
são está engrenada e a alavanca da
PWA10242 embraiagem está a ser premida, mas
AVISO o descanso lateral ainda está para
baixo.
O veículo não deve ser conduzido com o  Corta o funcionamento do motor
descanso lateral para baixo, nem se o quando a transmissão está engrena-
descanso lateral não puder ser devida- da e o descanso lateral é colocado
mente recolhido para cima (ou não fique para baixo.
em cima), caso contrário o descanso la- Verifique periodicamente o funcionamento
teral pode entrar em contacto com o do sistema de corte do circuito de ignição
solo e distrair o condutor, resultando em conformidade com o procedimento
numa possível perda de controlo. O sis- que se segue.
tema de corte do circuito de ignição da
Yamaha foi concebido para lembrar ao
utilizador que lhe cabe levantar o des-
canso lateral antes de arrancar. Por
conseguinte, verifique este sistema re-

3-12
UBT4P0P0.book Page 13 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Funções dos controlos e instrumentos

Com o motor desligado: AVISO


1. Mova o descanso lateral para baixo. ● Durante esta inspeção, o veículo deve ser
2. Rode a chave para “ON”.
colocado no descanso central.
3. Mude a transmissão para ponto morto.
4. Prima o interruptor de arranque. ● Caso se verifique uma avaria, solicite a um
O motor começa a trabalhar? concessionário Yamaha que verifique o
3 sistema antes de conduzir o veículo.
SIM NÃO
O interruptor de ponto morto pode não estar
Com o motor ainda a trabalhar: a funcionar corretamente.
5. Mova o descanso lateral para cima. O motociclo não deverá ser conduzido até
6. Mantenha a alavanca da embraiagem puxada. que seja inspecionado por um concessionário
7. Engrene uma velocidade. Yamaha.
8. Mova o descanso lateral para baixo.
O motor para? O interruptor do descanso lateral pode não estar
a funcionar corretamente.
SIM NÃO O motociclo não deverá ser conduzido até
que seja inspecionado por um concessionário
Depois de o motor ter parado: Yamaha.
9. Mova o descanso lateral para cima.
10. Mantenha a alavanca da embraiagem puxada.
11. Prima o interruptor de arranque.
O motor começa a trabalhar? O interruptor da embraiagem pode não estar
a funcionar corretamente.
SIM NÃO O motociclo não deverá ser conduzido até
que seja inspecionado por um concessionário
O sistema está OK. O motociclo pode ser conduzido. Yamaha.

3-13
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Para sua segurança – verificações prévias à utilização


PAU15599

Inspecione o seu veículo sempre que o utilizar para garantir que se encontra em perfeitas condições de funcionamento. Cumpra sempre
os procedimentos e intervalos de inspeção e manutenção descritos no Manual do Utilizador.
PWA11152

AVISO
Se o veículo não for inspecionado ou mantido em condições, há mais possibilidades de ocorrer um acidente ou danos no equi-
pamento. Não utilize o veículo se detetar algum problema. Se não for possível corrigir um problema através dos procedimentos
deste manual, solicite a um concessionário Yamaha que inspecione o veículo.
4
Antes de utilizar este veículo, verifique os pontos que se seguem:
ITEM VERIFICAÇÕES PÁGINA

• Verifique o nível de combustível no respetivo depósito.


Combustível • Se necessário, reabasteça. 3-8
• Verifique se o tubo de combustível apresenta fuga.
• Verifique o nível de óleo no motor.
Óleo do motor • Se necessário, adicione óleo recomendado até ao nível especificado. 6-12
• Verifique se o veículo apresenta fugas de óleo.
• Verifique o funcionamento.
• Se o travão estiver mole ou esponjoso, solicite a um concessionário Yamaha que
sangre o sistema hidráulico.
• Verifique se as pastilhas do travão apresentam desgaste.
Travão dianteiro • Se necessário, substitua-os. 6-23, 6-24
• Verifique o nível de líquido no reservatório.
• Se necessário, adicione o líquido dos travões especificado até ao nível especifi-
cado.
• Verifique se o sistema hidráulico apresenta fugas.
• Verifique o funcionamento.
Travão traseiro • Verifique a folga do pedal. 6-22, 6-23
• Se necessário, ajuste-a.

4-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Para sua segurança – verificações prévias à utilização


ITEM VERIFICAÇÕES PÁGINA

• Verifique o funcionamento.
• Se necessário, lubrifique o cabo.
Embraiagem 6-21
• Verifique a folga da alavanca.
• Se necessário, ajuste-a.
• Certifique-se de que o funcionamento é suave.
• Verifique a folga do punho do acelerador.
Punho do acelerador 6-18, 6-29
• Se necessário, solicite a um concessionário Yamaha que ajuste a folga do punho
do acelerador e lubrifique o cabo e o compartimento do punho.
4
• Certifique-se de que o funcionamento é suave.
Cabos de controlo 6-28
• Se necessário, lubrifique-a.
• Verifique a folga da corrente.
• Se necessário, ajuste-a.
Corrente de transmissão 6-26, 6-28
• Verifique o estado da corrente.
• Se necessário, lubrifique-a.
• Verifique se apresentam danos.
• Verifique o estado dos pneus e a profundidade da face de rolamento.
Rodas e pneus 6-18, 6-20
• Verifique a pressão do ar.
• Se necessário, corrija.
Pedais do travão e de mu- • Certifique-se de que o funcionamento é suave.
6-29
dança de velocidade • Se necessário, lubrifique os pontos de articulação dos pedais.
Alavancas do travão e da • Certifique-se de que o funcionamento é suave.
6-30
embraiagem • Se necessário, lubrifique os pontos de articulação da alavanca.
Descanso central, descanso • Certifique-se de que o funcionamento é suave.
6-30
lateral • Se necessário, lubrifique os pivôs.
• Certifique-se de que todas as porcas, cavilhas e parafusos estão devidamente
Fixadores do chassis alinhados. —
• Se necessário, aperte-os.
Instrumentos, luzes, sinais e • Verifique o funcionamento.

interruptores • Se necessário, corrija.

4-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Para sua segurança – verificações prévias à utilização


ITEM VERIFICAÇÕES PÁGINA

• Verifique o funcionamento do sistema de corte do circuito de ignição.


Interruptor do descanso late-
• Se o sistema não estiver a funcionar corretamente, solicite a um concessionário 3-12
ral
Yamaha que verifique o veículo.

4-3
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Utilização e questões importantes relativas à condução


PAU15952 PAUM3150 PAU78350

Colocação do motor em funcio-


Leia atentamente o Manual do Utilizador namento
para se familiarizar com todos os controlos.
NOTA
Para que o sistema de corte do circuito de
Se não compreender algum controlo ou Este modelo está equipado com um sensor
ignição permita o arranque, tem de haver
função, pergunte ao seu concessionário de ângulo de inclinação para desligar o
conformidade com uma das seguintes
Yamaha. motor no caso de capotagem. Para ligar o
condições:
PWA10272 motor após capotagem, não se esqueça de
 A transmissão está em ponto morto.
AVISO rodar o interruptor principal para “ ” e de-
 A transmissão está engrenada com a
pois para “ ”. Se não o fizer, o motor não
Se não se familiarizar com os controlos, alavanca da embraiagem acionada e
ligará, apesar de este dar sinal quando é
poderá perder o controlo do veículo, o o descanso lateral para cima.
premido o interruptor de arranque.
5 que pode causar um acidente ou feri- Consulte a página 3-12 para obter
mentos. mais informações.
1. Rode a chave para “ ”.
A luz de advertência de problema no
motor deve acender-se durante al-
guns segundos e, depois, apagar-se.
PCA23970

PRECAUÇÃO
Se a luz de advertência não se acender
inicialmente, quando a chave é rodada
para “ ”, ou se a luz de advertência
permanecer acesa, consulte a página
3-2 para obter informações sobre a veri-
ficação do circuito da luz de advertên-
cia.

2. Mude a transmissão para ponto mor-


to. O indicador luminoso de ponto
morto deve acender-se. Se não acen-

5-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Utilização e questões importantes relativas à condução


der, solicite a um concessionário PAU16673 PCA10261

Yamaha que verifique o circuito elétri- Mudança de velocidades PRECAUÇÃO


co.  Mesmo com a transmissão em
3. Coloque o motor em funcionamento, ponto morto, não deslize o motoci-
premindo o interruptor de arranque. 5 clo durante longos períodos de
Se o motor não arrancar quando utili- 4 tempo com o motor desligado e
zar o interruptor de arranque, solte-o, 3 não o reboque durante grandes dis-
aguarde alguns segundos e tente no- 2 tâncias. A transmissão é devida-
vamente. Cada tentativa de arranque N
2 mente lubrificada apenas quando o
deve ser o mais pequena possível 1 motor está a funcionar. Uma lubrifi-
para preservar a bateria. Não tente fa- 1 cação inadequada poderá danificar
zer o motor arrancar durante mais de a transmissão. 5
10 segundos por tentativa. 1. Pedal de mudança de velocidades  Utilize sempre a embraiagem para
PCA11043 2. Ponto morto mudar de velocidade de modo a
PRECAUÇÃO evitar danos no motor, na transmis-
A mudança de velocidades permite-lhe
Para uma maior duração do motor, nun- controlar o nível de potência do motor dis- são e no sistema de transmissão,
ca acelere profundamente com o motor ponível para o arranque, aceleração, subi- que não estão concebidos para su-
frio! da de encostas, etc. portar o choque de uma mudança
As posições das velocidades estão ilustra- de velocidade forçada.
das na imagem.
NOTA
Para colocar a transmissão em ponto mor-
to, pressione repetidamente o pedal de
mudança de velocidades até este atingir o
fim do percurso e, finalmente, suba-o ligei-
ramente.

5-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Utilização e questões importantes relativas à condução


PAU16811 PAU16831
150–500 km (90–300 mi)
Sugestões para a redução do Rodagem de amaciamento do Evite o funcionamento prolongado acima
consumo de combustível motor de 5400 rpm.
O consumo de combustível depende muito Nunca existe um período tão importante na Utilize livremente as velocidades do motor
do seu tipo de condução. Considere as se- vida útil do motor do seu veículo como o mas nunca utilize a aceleração máxima.
guintes sugestões para reduzir o consumo período entre os 0 e os 1000 km (600 mi).
de combustível: Por esse motivo, deverá ler cuidadosamen- 500–1000 km (300–600 mi)
 Mude rapidamente para uma veloci- te o seguinte material. Evite o funcionamento prolongado em ace-
dade superior e evite velocidades ele- Uma vez que o motor é completamente no- leração máxima.
vadas do motor durante a aceleração. vo, não o sobrecarregue demasiado nos Evite o funcionamento prolongado acima
 Não embale o motor enquanto muda primeiros 1000 km (600 mi). As diferentes de 7000 rpm. PRECAUÇÃO: Após ter
5 para uma velocidade inferior e evite peças do motor desgastam-se e obtêm um percorrido 1000 km (600 mi), o óleo do
velocidades elevadas do motor sem polimento por si próprias até que atinjam motor deverá ser mudado e o cartucho
carga no mesmo. as folgas de funcionamento adequadas. ou elemento do filtro de óleo substituí-
 Em vez de deixar o motor ao ralenti Durante este período, deve-se evitar o fun- do. [PCA10303]
durante um longo período de tempo cionamento prolongado em aceleração
(ex., em engarrafamentos, em semá- máxima ou qualquer condição que possa A partir de 1000 km (600 mi)
foros ou em passagens de nível), des- resultar no sobreaquecimento do motor. O veículo pode agora ser utilizado normal-
ligue-o. mente.
PAU16883 PCA10311

PRECAUÇÃO
0–150 km (0–90 mi)  Não permita que a velocidade do
Evite o funcionamento prolongado acima motor atinja a zona vermelha do ta-
de 4500 rpm. químetro.
Após uma hora de funcionamento, desli-  Caso surja algum problema no mo-
gue o motor e deixe-o arrefecer durante tor durante o período de rodagem
cinco a dez minutos. do motor, solicite imediatamente a
Varie regularmente a velocidade do motor. um concessionário Yamaha que ve-
Não permita que o motor funcione com rifique o veículo.
uma posição fixa do acelerador.

5-3
UBT4P0P0.book Page 4 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Utilização e questões importantes relativas à condução


PAU17214

Estacionamento
Para estacionar, desligue o motor e retire a
chave do interruptor principal.
PWA10312

AVISO
 Dado que o motor e o sistema de
escape podem ficar muito quentes,
estacione num local onde não haja
probabilidade de peões ou crianças
lhes tocarem e queimarem-se.
 Não estacione num declive ou num 5
piso macio, pois o veículo pode
tombar, aumentando o risco de
fuga de combustível e de incêndio.
 Não estacione perto de erva ou de
outros materiais inflamáveis que
possam incendiar-se.

5-4
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU17246 PWA15123 PAU17303

AVISO
A inspeção, ajuste e lubrificação periódicos O controlo das emissões não funciona ape-
Salvo especificação em contrário, desli-
manterão o seu veículo no estado mais se- nas para garantir um ar mais limpo, como
gue o motor durante os procedimentos
guro e eficiente possível. A segurança é também é vital para um funcionamento
de manutenção.
uma obrigação do proprietário/condutor adequado do motor e o máximo de desem-
 Um motor em funcionamento tem
do veículo. Os pontos mais importantes de penho. Nas tabelas de manutenção perió-
peças em movimento que podem
inspeção, ajuste e lubrificação do veículo dica que se seguem, os serviços
prender-se a partes do corpo ou ao
são explicados nas páginas a seguir. relacionados com o controlo de emissões
vestuário e componentes elétricos
Os intervalos especificados na tabela de são agrupados separadamente. Estes ser-
que podem provocar choques ou
manutenção periódica deverão ser apenas viços requerem dados, conhecimentos e
incêndios.
considerados como um guia geral em con- equipamentos especializados. A manuten-
 Se o motor estiver em funciona-
dições normais de condução. No entanto, ção, substituição ou reparação dos dispo-
mento durante os procedimentos
dependendo das condições climáticas, do sitivos e sistemas de controlo de emissões
6 de assistência pode provocar feri-
terreno, da localização geográfica e da uti- podem ser realizadas por qualquer profis-
mentos oculares, queimaduras, in-
lização individual, os intervalos de manu- sional ou estabelecimento de reparação
cêndio ou intoxicação por
tenção poderão ter de ser reduzidos. devidamente certificado (caso aplicável).
monóxido de carbono – podendo
PWA10322
Os concessionários Yamaha possuem a
provocar a morte. Consulte a pági-
AVISO formação e o equipamento necessários
na 1-2 para obter mais informações
Se o veículo não for mantido em condi- para realizar estes serviços em particular.
sobre o monóxido de carbono.
ções ou se a manutenção for efetuada
incorretamente, o risco de ferimentos PWA15461

ou morte pode ser maior durante os pro- AVISO


cedimentos de assistência ou a utiliza- Os discos, pinças, cilindros e revesti-
ção do veículo. Se não estiver mentos dos travões podem ficar muito
familiarizado com a assistência ao veí- quentes durante a utilização. Para evitar
culo, solicite este serviço a um conces- eventuais queimaduras, deixe os com-
sionário Yamaha. ponentes dos travões arrefecer antes de
lhes tocar.

6-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU17342

Jogo de ferramentas do proprie- NOTA


tário Caso não possua as ferramentas nem a ex-
periência necessárias para um determina-
do trabalho, solicite a um concessionário
Yamaha que o faça por si.

1. Jogo de ferramentas do proprietário


6
O jogo de ferramentas do proprietário en-
contra-se por trás do painel B. (Consulte a
página 6-9.)
As informações relativas à assistência in-
cluídas neste manual e as ferramentas for-
necidas no jogo de ferramentas do
proprietário destinam-se a ajudá-lo na rea-
lização da manutenção preventiva e de pe-
quenas reparações. No entanto, poderão
ser necessárias ferramentas adicionais, tal
como uma chave de binário, para realizar
corretamente determinados trabalhos de
manutenção.

6-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU71020

NOTA
 As verificações anuais deverão ser efetuadas todos os anos, exceto se for efetuada uma manutenção com base nos qui-
lómetros percorridos, ou no caso do Reino Unido, se for efetuada uma manutenção com base nas milhas percorridas.
 A partir dos 30000 km (17500 mi), repita os intervalos de manutenção, começando a partir dos 6000 km (3500 mi).
 Os itens marcados com um asterisco devem ser efetuados por um concessionário Yamaha na medida em que são necessárias
ferramentas especiais, dados e capacidades técnicas.

PAU71040

Tabela de manutenção periódica para o sistema de controlo das emissões


LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS VERIFICA-
TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU
6 N.º ITEM 1000 km 6000 km 12000 km 18000 km 24000 km ÇÃO ANU-
MANUTENÇÃO
(600 mi) (3500 mi) (7000 mi) (10500 mi) (14000 mi) AL

• Verifique se os tubos de combus-


Tubo de combustí- tível apresentam fendas ou da-
1 * √ √ √ √ √
vel nos.
• Se necessário, substitua-os.
• Verifique o estado.
√ √
2 * Vela de ignição • Ajuste a folga e limpe.
• Substitua. √ √
3 * Folga das válvulas • Verifique e ajuste. √ √ √ √
Injeção de combus- • Verifique e ajuste a velocidade de
4 * √ √ √ √ √ √
tível ralenti do motor.
• Verificar se existem fugas.
5 * Sistema de escape • Se necessário, aperte-os. √ √ √ √ √
• Se necessário, substitua a anilha.

6-3
UBT4P0P0.book Page 4 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU71342

Tabela de lubrificação e manutenção geral


LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS VERIFICA-
TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU
N.º ITEM 1000 km 6000 km 12000 km 18000 km 24000 km ÇÃO ANU-
MANUTENÇÃO
(600 mi) (3500 mi) (7000 mi) (10500 mi) (14000 mi) AL

• Realize a inspeção dinâmica com


Verificação do sis-
a ferramenta de diagnóstico da
1 * tema de diagnósti- √ √ √ √ √ √
Yamaha.
co
• Verifique os códigos de erro.

Elemento do filtro • Limpe. √ √


2 *
de ar • Substitua. √ √
Tubo de inspeção
3 da caixa do filtro de • Limpe. √ √ √ √ √
ar 6
• Verifique o funcionamento.
4 Embraiagem √ √ √ √ √
• Ajuste.
• Verifique o funcionamento, o nível
de líquido e se existem fugas de
5 * Travão dianteiro líquidos. √ √ √ √ √ √
• Substitua as pastilhas do travão,
se necessário.
• Verifique o funcionamento.
• Ajuste a folga do pedal do travão.
6 * Travão traseiro √ √ √ √ √ √
• Substitua as sapatas do travão,
se necessário.
• Verifique se apresentam fendas
√ √ √ √ √
7 * Tubo do travão ou danos.
• Substitua. Cada 4 anos
8 * Líquido dos travões • Mude. Cada 2 anos

6-4
UBT4P0P0.book Page 5 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS VERIFICA-
TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU
N.º ITEM 1000 km 6000 km 12000 km 18000 km 24000 km ÇÃO ANU-
MANUTENÇÃO
(600 mi) (3500 mi) (7000 mi) (10500 mi) (14000 mi) AL

• Verifique se apresentam desgaste


9 * Rodas ou danos. √ √ √ √
• Se necessário, substitua-os.
• Verifique a profundidade do piso
e se existem danos.
10 * Pneus • Se necessário, substitua-os. √ √ √ √ √
• Verifique a pressão do ar.
• Se necessário, corrija.
• Verifique se os rolamentos estão
11 * Rolamentos de roda √ √ √ √
soltos ou se apresentam danos.
6 • Verifique se os casquilhos estão
√ √ √ √
Casquilhos do pivô soltos.
12 *
do braço oscilante • Lubrifique com massa de lubrifi-
√ √
cação de sabão de lítio.
• Verifique a folga, o alinhamento e
o estado da corrente.
Corrente de trans- • Ajuste e lubrifique minuciosa- A cada 1000 km (600 mi) e depois de lavar o motociclo, de conduzir à chuva ou
13
missão mente a corrente com lubrificante em áreas húmidas
especial para correntes de anel
de vedação em O.
• Verifique se os rolamentos estão
√ √ √ √
soltos.
Rolamentos da di-
14 * • Aplique novamente uma quanti-
reção
dade moderada de massa de lu- √
brificação de sabão de lítio.
• Certifique-se de que todas as
Fixadores do chas-
15 * porcas, cavilhas e parafusos es- √ √ √ √ √
sis
tão devidamente alinhados.

6-5
UBT4P0P0.book Page 6 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS VERIFICA-
TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU
N.º ITEM 1000 km 6000 km 12000 km 18000 km 24000 km ÇÃO ANU-
MANUTENÇÃO
(600 mi) (3500 mi) (7000 mi) (10500 mi) (14000 mi) AL

Eixo de pivô da ala-


16 • Lubrifique com graxa de silicone. √ √ √ √ √
vanca do travão
Eixo de pivô do pe- • Lubrifique com massa de lubrifi-
17 √ √ √ √ √
dal do travão cação de sabão de lítio.
Eixo de pivô da ala-
• Lubrifique com massa de lubrifi-
18 vanca da embraia- √ √ √ √ √
cação de sabão de lítio.
gem
Eixo de pivô do pe-
• Lubrifique com massa de lubrifi-
19 dal de mudança de √ √ √ √ √
cação de sabão de lítio.
velocidades
• Verifique a folga do cabo e ajuste,
6
√ √ √ √ √ √
se necessário.
Sistema de travões
20 * • Lubrifique o pivô do pedal do tra-
unificado
vão com massa de lubrificação √ √ √ √ √
de sabão de lítio.
• Verifique o funcionamento.
Descanso lateral,
21 • Lubrifique com massa de lubrifi- √ √ √ √ √
descanso central
cação de sabão de lítio.
Interruptor do des- • Verifique o funcionamento e
22 * √ √ √ √ √ √
canso lateral substitua, se necessário.
• Verifique o funcionamento e se
23 * Forquilha dianteira apresenta fuga de óleo. √ √ √ √
• Se necessário, substitua-os.
• Verifique o funcionamento e se
24 * Amortecedores apresenta fuga de óleo. √ √ √ √
• Se necessário, substitua-os.

6-6
UBT4P0P0.book Page 7 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


LEITURA DO CONTA-QUILÓMETROS VERIFICA-
TRABALHO DE VERIFICAÇÃO OU
N.º ITEM 1000 km 6000 km 12000 km 18000 km 24000 km ÇÃO ANU-
MANUTENÇÃO
(600 mi) (3500 mi) (7000 mi) (10500 mi) (14000 mi) AL

• Substitua (aqueça o motor antes


de drenar).
25 Óleo do motor √ √ √ √ √ √
• Verifique o nível do óleo e se o
veículo apresenta fugas de óleo.
Elemento do filtro
26 • Substitua. √ √ √
de óleo do motor
Interruptores dos
27 * travões dianteiro e • Verifique o funcionamento. √ √ √ √ √ √
traseiro
Peças de movimen-
28 * • Lubrifique. √ √ √ √ √
6 to e cabos
• Verifique o funcionamento e a fol-
ga.
Compartimento e
• Ajuste a folga do cabo do acele-
29 * cabo do punho do √ √ √ √ √
rador, se necessário.
acelerador
• Lubrifique o compartimento e o
cabo do punho do acelerador.
Luzes, sinais e in- • Verifique o funcionamento.
30 * √ √ √ √ √ √
terruptores • Ajuste o feixe do farol dianteiro.

PAU72690

NOTA
 O filtro de ar exige uma assistência mais frequente se a condução for feita em áreas invulgarmente húmidas ou poeirentas.
 Assistência do travão hidráulico
• Verifique regularmente e, se necessário, corrija o nível de líquido dos travões.
• Substitua os componentes internos do cilindro mestre e pinça do travão, e mude o líquido dos travões de dois em dois anos.

6-7
UBT4P0P0.book Page 8 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


• Substitua os tubos dos travões de quatro em quatro anos e caso apresentem fendas ou estejam danificados.

6-8
UBT4P0P0.book Page 9 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU18724
Instalação da carenagem
Remoção e instalação da care- 1 2 Coloque a carenagem na posição original e
nagem e painéis depois instale a cavilha.
A carenagem e os painéis ilustrados têm de
ser retirados para efetuar alguns dos traba-
lhos de manutenção descritos neste capí-
tulo. Consulte esta secção sempre que
precisar de retirar e instalar a carenagem
ou um painel.

1
1. Painel B
2. Carenagem A

PAU78741
6 Carenagem A PAU56050

Remoção da carenagem
Retire a cavilha e, depois, a carenagem. Painel A

1. Painel A 2 Remoção do painel


1. Retire o parafuso.

1. Carenagem A
2. Cavilha

6-9
UBT4P0P0.book Page 10 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


Painel B

Remoção do painel
1. Abra a cobertura da fechadura do pai-
nel, introduza a chave na fechadura e
rode-a 1/4 de volta no sentido dos
ponteiros do relógio.

1 1
1. Parafuso 2
Instalação do painel
2. Puxe a parte da frente do painel para 3 1. Fixe a parte de trás do painel e depois
fora e depois deslize-o para a frente, empurre a parte da frente do mesmo
para o soltar atrás. 6
para dentro com a chave introduzida
na fechadura.
2. Enquanto empurra o painel para den-
1. Painel B tro, rode a chave no sentido contrário
2. Cobertura da fechadura do painel ao dos ponteiros do relógio para a po-
3. Desbloquear. sição original, retire-a e feche a cober-
tura da fechadura do painel.
2. Puxe a parte da frente do painel para
fora com a chave introduzida na fe-
chadura e faça deslizar o painel para a
frente para o soltar atrás.

Instalação do painel
1. Prenda a parte posterior do painel e
depois empurre a parte da frente do
mesmo para dentro.
2. Instale o parafuso.

6-10
UBT4P0P0.book Page 11 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU78710

Verificação da vela de ignição


A vela de ignição é um componente impor- 1
tante do motor, que é fácil de verificar. Uma
vez que o calor e os resíduos provocarão a
erosão lenta da vela de ignição, a vela de 1
ignição deverá ser removida e verificada de
acordo com a tabela de lubrificação e ma-
nutenção periódica. Para além disso, o es-
2
tado da vela de ignição pode revelar o 4
3
estado do motor.
1. Carenagem A 1. Chave de velas
2. Tampa Y.R.C.S (Yamaha Ram–Air Cooling
Remoção da vela de ignição System, sistema de refrigeração do ar de Verificação da vela de ignição
1. Retire a carenagem A. (Consulte a pá- impacto da Yamaha)
6 1. Verifique se o isolador de porcelana à
gina 6-9.) 3. Cavilha
volta do elétrodo central da vela de ig-
2. Retire a tampa do Y.R.C.S. (Yamaha 4. Tampa da vela de ignição
nição tem uma cor acastanhada mé-
Ram-Air Cooling System, sistema de
3. Retire a vela de ignição conforme ilus- dia a leve (a cor ideal quando o veículo
refrigeração do ar de impacto da
trado, com a chave de velas incluída é conduzido normalmente).
Yamaha) retirando as cavilhas e, de-
pois, retire a tampa da vela de ignição. no jogo de ferramentas do proprietá-
NOTA
rio.
Se a vela apresentar uma cor claramente
diferente, o motor poderá estar a funcionar
de modo inapropriado. Não tente diagnos-
ticar por si mesmo este tipo de problemas.
Em vez disso, solicite a um concessionário
Yamaha que verifique o veículo.

2. Verifique a vela de ignição quanto à


erosão dos elétrodos e excesso de
carbono ou outros resíduos, e substi-
tua-a se necessário.

6-11
UBT4P0P0.book Page 12 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


Vela de ignição especificada: 2. Instale a vela de ignição com a chave PAU78803

de velas e aperte-a em conformidade Óleo do motor e elemento do fil-


NGK/CPR8EA-9
com o binário especificado. tro de óleo
3. Meça a distância do elétrodo da vela O nível de óleo do motor deve ser verifica-
de ignição com um indicador de es- Binário de aperto: do antes de cada viagem. Para além disso,
pessura do fio e, se necessário, ajus- Vela de ignição: o óleo e o elemento do filtro de óleo devem
13 N·m (1.3 kgf·m, 9.4 lb·ft) ser substituídos nos intervalos especifica-
te-a em conformidade com as
especificações. dos na tabela de lubrificação e manuten-
NOTA ção periódica.
Se não houver uma chave de binário dispo-
nível quando instalar uma vela de ignição, Verificação do nível de óleo do motor
uma boa estimativa do momento de aperto 1. Coloque o veículo no descanso cen-
correto é 1/4–1/2 volta além do aperto ma- tral. Uma ligeira inclinação lateral po-
nual. No entanto, a vela de ignição deverá derá resultar numa falsa leitura.
2. Coloque o motor em funcionamento,
6
ser apertada com o momento de aperto es-
pecificado logo que possível. deixe-o aquecer durante alguns minu-
tos e depois desligue-o.
3. Instale a tampa da vela de ignição. 3. Aguarde alguns minutos até o óleo as-
1. Distância do elétrodo da vela de ignição 4. Instale a tampa do Y.R.C.S. (Yamaha sentar, retire a tampa de enchimento
Ram-Air Cooling System, sistema de de óleo, limpe a vareta medidora de
Distância do elétrodo da vela de refrigeração do ar de impacto da nível, introduza-a novamente no orifí-
ignição: Yamaha) instalando as cavilhas. cio de enchimento de óleo (sem a
0.8–0.9 mm (0.031–0.035 in) 5. Monte a carenagem. atarraxar) e depois retire-a novamente
para verificar o nível do óleo. AVISO!
Nunca retire a tampa de enchimen-
Instalação da vela de ignição to de óleo do motor depois de uma
1. Limpe a superfície da anilha da vela utilização a alta velocidade, caso
de ignição e a superfície correspon- contrário o óleo do motor quente
dente, e depois limpe quaisquer im- pode esguichar e causar danos ou
purezas existentes nas roscas da ferimentos. Aguarde sempre que o
vela. óleo do motor arrefeça suficiente-

6-12
UBT4P0P0.book Page 13 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


mente antes de retirar a tampa de
enchimento de óleo. [PWA17640]
NOTA
PRECAUÇÃO: Não utilize o veículo O óleo do motor deverá situar-se entre as
até ter a certeza de que o nível de marcas de nível máximo e mínimo.
óleo do motor é suficiente. [PCA10012]
4. Caso o óleo do motor se situe abaixo 2
da marca do nível mínimo, adicione
óleo suficiente do tipo recomendado
para corrigir o nível.
5. Verifique se existem danos no anel de 1
vedação em O e, se necessário, subs-
1. Cavilha de drenagem do óleo do motor
1 titua-o.
2. Anilha
6. Instale e aperte a tampa de enchimen-
to de óleo.
6 NOTA
Mudança do óleo do motor (com ou sem Ignore os passos 4–6 se não desejar subs-
1. Tampa de enchimento de óleo do motor tituir o elemento do filtro de óleo.
substituição do elemento do filtro de
óleo)
1. Coloque o motor em funcionamento, 4. Retire a cobertura do elemento do fil-
deixe-o aquecer durante alguns minu- tro de óleo, retirando as respetivas ca-
tos e depois desligue-o. vilhas.
1
2. Coloque um tabuleiro de recolha do
óleo por baixo do motor para recolher
2 o óleo usado.
3 3. Retire a tampa de enchimento de
óleo, a cavilha de drenagem de óleo
4 do motor e a respetiva anilha, para
1. Anel de vedação em O drenar o óleo do cárter.
2. Vareta medidora do nível de óleo
3. Marca do nível máximo
4. Marca do nível mínimo

6-13
UBT4P0P0.book Page 14 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PCA11621
Binário de aperto:
Cavilha da cobertura do elemento PRECAUÇÃO
do filtro de óleo:  Para evitar o patinar da embraia-
10 N·m (1.0 kgf·m, 7.2 lb·ft) gem (uma vez que o óleo do motor
2 também lubrifica a embraiagem),
1 não misture quaisquer aditivos quí-
NOTA
micos. Não utilize óleos com a es-
Certifique-se de que o anel de vedação em
pecificação para diesel de “CD”
O está bem encaixado.
nem óleos de qualidade superior à
7. Instale a cavilha de drenagem de óleo especificada. Para além disso, não
1. Cavilha
do motor e a respetiva nova anilha e, utilize óleos denominados “ENER-
2. Cobertura do elemento do filtro de óleo
depois, aperte a cavilha em conformi- GY CONSERVING II” ou superiores.
dade com o binário especificado.  Certifique-se de que não entra ne-
5. Retire e substitua o elemento do filtro nhum material estranho no cárter.
de óleo e o anel de vedação em O. 6
Binário de aperto:
Cavilha de drenagem de óleo do 9. Verifique se existem danos no anel de
motor: vedação em O e, se necessário, subs-
20 N·m (2.0 kgf·m, 14 lb·ft) titua-o.

8. Reabasteça com a quantidade espe-


1
cificada de óleo do motor recomenda-
do. 2
1
Óleo do motor recomendado:
2 Consulte a página 8-1.
1. Elemento do filtro de óleo Quantidade de óleo:
2. Anel de vedação em O Mudança de óleo:
1.00 L (1.06 US qt, 0.88 Imp.qt)
6. Instale a cobertura do elemento do fil- Com remoção do filtro de óleo:
1.10 L (1.16 US qt, 0.97 Imp.qt) 1. Tampa de enchimento de óleo do motor
tro de óleo colocando as cavilhas e
apertando-as de seguida, em confor- 2. Anel de vedação em O
midade com o binário especificado.
6-14
UBT4P0P0.book Page 15 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


10. Instale e aperte a tampa de enchimen- 8. Desligue o motor, verifique o nível do
to de óleo. óleo e, se necessário, corrija-o.
PCA10441
1
PRECAUÇÃO
Depois de substituir o óleo do motor,
não se esqueça de verificar a pressão do
óleo, do modo descrito a seguir.

Para verificar a pressão do óleo


1. Retire a carenagem A. (Consulte a pá-
1. Cavilha de sangrar
gina 6-9.)
2. Retire a tampa do Y.R.C.S. (Yamaha 4. Depois de verificar a pressão do óleo,
Ram-Air Cooling System, sistema de aperte a cavilha de drenagem utilizan-
6 refrigeração do ar de impacto da do o binário especificado.
Yamaha). (Consulte a página 6-11.)
3. Desaperte a cavilha de sangrar, ligue Binário de aperto:
o motor e deixe-o ao ralenti até sair Cavilha de sangrar:
óleo. Se não sair óleo após alguns mi- 7 N·m (0.7 kgf·m, 5.1 lb·ft)
nutos, desligue o motor imediatamen-
te e solicite a inspeção do veículo a 5. Instale a tampa do Y.R.C.S. (Yamaha
um concessionário Yamaha. Ram-Air Cooling System, sistema de
refrigeração do ar de impacto da
Yamaha).
6. Monte a carenagem.
7. Coloque o motor em funcionamento e
deixe-o ao ralenti durante alguns mi-
nutos enquanto verifica se existem fu-
gas de óleo. Caso haja uma fuga de
óleo, desligue imediatamente o motor
e procure a causa.

6-15
UBT4P0P0.book Page 16 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAUW3321
3. Bata levemente no elemento do filtro tão(ões) e/ou cilindro(s) poderão
Limpeza do elemento do filtro de de ar de modo a remover a maior par- desgastar-se excessivamente.
ar e do tubo de inspeção te do pó e sujidade e, de seguida, uti- [PCA10482]

O elemento do filtro de ar deve ser limpo lize ar comprimido para eliminar o


nos intervalos especificados na tabela de resto da sujidade, tal como ilustrado.
lubrificação e manutenção periódica. Lim-
pe o elemento do filtro de ar mais frequen- NOTA
temente se a condução for feita em áreas Substitua elemento do filtro de ar caso es-
invulgarmente húmidas ou poeirentas. teja excessivamente gasto ou danificado.
Além disso, o tubo de inspeção do filtro de
ar deve ser frequentemente verificado e, se 1
necessário, limpo.
1
Para limpar o elemento do filtro de ar 1. Elemento do filtro de ar
1. Retire o painel A. (Consulte a página
6
6-9.) 5. Instale a tampa da caixa do filtro de ar,
2. Retire a tampa da caixa do filtro de ar, colocando os respetivos parafusos.
retirando os parafusos e, depois, puxe 6. Instale o painel.
o elemento do filtro de ar para fora.
Para limpar o tubo de inspeção do filtro
1. Elemento do filtro de ar de ar
1. Retire o painel A. (Consulte a página
4. Introduza o elemento do filtro de ar na
6-9.)
2 respetiva caixa. PRECAUÇÃO: Certi-
2. Verifique se o tubo indicado apresen-
1 fique-se de que o elemento do filtro
2 ta sujidade, água ou óleo acumula-
de ar está devidamente fixo na cai-
dos.
xa do filtro de ar. O motor nunca
deve ser colocado em funciona-
mento sem o elemento do filtro de
ar instalado, caso contrário o(s) pis-
1. Tampa da caixa do filtro de ar
2. Parafuso

6-16
UBT4P0P0.book Page 17 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU34302

Ajuste da velocidade de ralenti Velocidade de ralenti do motor:


1300–1500 rpm
do motor
A velocidade de ralenti do motor deverá ser
verificada e, caso necessário, ajustada NOTA
como se segue, nos intervalos especifica- Se a velocidade de ralenti do motor não pu-
dos na tabela de lubrificação e manuten- der ser obtida tal como descrito anterior-
ção periódica. mente, solicite a um concessionário
1 Para fazer este ajuste, o motor deve estar Yamaha que faça o respetivo ajuste.
quente.
1. Tubo de inspeção do filtro de ar Verifique a velocidade de ralenti do motor
e, se necessário, regule-a em conformida-
3. Caso observe a existência de sujida- de com as especificações rodando o para-
de, água ou óleo, retire o tubo, limpe- fuso ajustador do ralenti. Para aumentar a
6 o e volte a instalá-lo na posição origi- velocidade de ralenti do motor, rode o pa-
nal. rafuso na direção (a). Para reduzir a veloci-
4. Instale o painel. dade de ralenti do motor, rode o parafuso
na direção (b).

(a) (b)
1

1. Parafuso ajustador do ralenti

6-17
UBT4P0P0.book Page 18 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU21386 PAU21402 PAU69760

Verificação da folga do punho do Folga das válvulas Pneus


acelerador A folga das válvulas muda com a utilização, Os pneus são o único contacto entre o ve-
Meça a folga do punho do acelerador con- resultando numa mistura inadequada de ículo e a estrada. A segurança em todas as
forme ilustrado. ar/combustível e/ou ruído no motor. Para condições de condução depende de uma
evitar que isto ocorra, a folga das válvulas área relativamente pequena de contacto
deverá ser regulada por um concessionário com a estrada. Por conseguinte, é essen-
Yamaha nos intervalos especificados na cial manter os pneus sempre em bom esta-
tabela de lubrificação e manutenção perió- do e substituí-los na altura apropriada
dica. pelos pneus especificados.

Pressão de ar dos pneus


1 A pressão de ar dos pneus deverá ser veri-
ficada e, se necessário, ajustada antes de
cada viagem. 6
PWA10504
1. Folga do punho do acelerador
AVISO
Folga do punho do acelerador: A utilização deste veículo com a pressão
3.0–7.0 mm (0.12–0.28 in) dos pneus incorreta pode causar feri-
mentos graves ou morte devido à perda
Verifique periodicamente a folga do punho de controlo.
do acelerador e, se necessário, solicite a  A pressão de ar dos pneus deve ser
um concessionário Yamaha que a ajuste. verificada e ajustada com os pneus
frios (isto é, quando a temperatura
dos pneus é igual à temperatura
ambiente).
 A pressão de ar dos pneus tem de
ser ajustada de acordo com a velo-
cidade de condução e o peso total

6-18
UBT4P0P0.book Page 19 Thursday, December 22, 2016 11:51 AM

Manutenção periódica e ajustes


do condutor, passageiro, carga e Inspeção dos pneus
acessórios aprovados para este
NOTA
modelo. Os limites de profundidade do piso dos
pneus poderão diferir de país para país.
Cumpra sempre os regulamentos locais.
Pressão de ar dos pneus (medida
com os pneus frios): PWA10472
1 pessoa: AVISO
Frente:
175 kPa (1.75 kgf/cm², 25 psi)  Solicite a um concessionário
Trás: Yamaha que substitua os pneus ex-
200 kPa (2.00 kgf/cm², 29 psi) cessivamente gastos. Para além de
2 pessoas: ser ilegal, utilizar o veículo com
1. Flanco do pneu
Frente: pneus excessivamente gastos di-
2. Profundidade do piso do pneu
175 kPa (1.75 kgf/cm², 25 psi) minui a estabilidade de condução e
6 Trás: Os pneus devem ser verificados antes de pode levar a perda de controlo.
225 kPa (2.25 kgf/cm², 33 psi)
cada viagem. Se a profundidade da face de  A tarefa de substituição de todas as
Carga máxima:
rolamento central atingir o limite especifi- peças relacionadas com as rodas e
Frente:
175 kPa (1.75 kgf/cm², 25 psi) cado, se o pneu tiver um prego ou frag- os travões, incluindo os pneus,
Trás: mentos de vidro, ou se o flanco estiver deve ser executada por um conces-
250 kPa (2.50 kgf/cm², 36 psi) rachado, solicite a um concessionário sionário Yamaha, que possui os co-
Carga máxima*: Yamaha que substitua o pneu imediata- nhecimentos e experiência
171 kg (377 lb) mente. profissional necessários para o fa-
* Peso total com condutor, passagei- zer.
ro, carga e acessórios Profundidade mínima do piso do  Após a substituição de um pneu,
pneu (frente e trás): conduza a velocidades moderadas,
PWA10512
1.6 mm (0.06 in) uma vez que a superfície do pneu
AVISO deverá primeiro ser “rodada” para
Nunca sobrecarregue o seu veículo. A que desenvolva as respetivas ca-
utilização de um veículo sobrecarrega- racterísticas ótimas.
do pode provocar um acidente.

6-19
UBT4P0P0.book Page 20 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


Informações relativas aos pneus Pneu da frente:
PAU21963

Este modelo está equipado com pneus Rodas de liga


Tamanho:
sem câmara de ar e válvulas de ar em bor- Para maximizar o desempenho, durabilida-
2.75-18M/C 42P
racha. Fabricante/modelo: de e funcionamento seguro do seu veículo,
Os pneus desgastam-se, mesmo que não CHENG SHIN/C910 tenha atenção aos seguintes pontos relati-
sejam usados ou tenham sido usados ape- Pneu de trás: vos às rodas especificadas.
nas ocasionalmente. Uma prova de des- Tamanho:  Antes de cada viagem, deverá verifi-
gaste são as fendas no piso do pneu e na 100/80-18M/C 59P car se os aros das rodas apresentam
borracha do flanco, por vezes acompanha- Fabricante/modelo: fendas, dobras, deformações ou da-
CHENG SHIN/C905 nos. Caso encontre qualquer tipo de
das de deformação da carcaça. Os pneus
velhos e desgastados devem ser verifica- danos, solicite a um concessionário
dos por especialistas em pneus para ga- Yamaha que substitua a roda. Não
rantir que estão em condições para tente fazer qualquer tipo de reparação
continuarem a ser usados. na roda, por pequena que seja. Uma
PWA10462 roda que esteja deformada ou racha- 6
AVISO da deverá ser substituída.
 A roda deve ser equilibrada sempre
Os pneus da frente e de trás devem ser
que o pneu ou a roda sejam trocados
da mesma marca e modelo; caso con-
ou substituídos. Uma roda desequili-
trário, as características de condução
brada pode resultar num fraco de-
do veículo podem ser diferentes, o que
sempenho, características de
poderia causar um acidente.
manuseamento adversas e uma vida
Depois de testes extensivos, apenas os reduzida do pneu.
pneus abaixo listados foram aprovados
para este modelo pela Yamaha.

6-20
UBT4P0P0.book Page 21 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU51253
3. Para aumentar a folga da alavanca da
Ajuste da folga da alavanca da embraiagem, rode a respetiva cavilha
embraiagem ajustadora na direção (a). Para reduzir
Meça a folga da alavanca da embraiagem a folga da alavanca da embraiagem, 3
1
conforme ilustrado. rode a cavilha ajustadora na direção (a)
(b). 2
(b)
NOTA
(a) Se tiver sido possível obter a folga especi-
4 1 23
ficada para a alavanca da embraiagem
conforme descrito acima, ignore os passos
1. Cobertura de borracha
4–7.
2. Porca ajustadora da folga da alavanca da
(b) embraiagem
4. Rode a cavilha ajustadora na alavanca
3. Contraporca
6 da embraiagem totalmente na direção
(a) para desapertar o cabo da em- 6. Para aumentar a folga da alavanca da
1. Contraporca
braiagem. embraiagem, rode a respetiva porca
2. Cavilha ajustadora da folga da alavanca da
embraiagem 5. Faça deslizar a cobertura de borracha ajustadora na direção (a). Para reduzir
3. Cobertura de borracha que está localizada mais para trás no a folga da alavanca da embraiagem,
4. Folga da alavanca da embraiagem cabo da embraiagem e, depois, desa- rode a porca ajustadora na direção
perte a contraporca. (b).
Folga da alavanca da embraiagem: 7. Aperte a contraporca no cabo da em-
10.0–15.0 mm (0.39–0.59 in) braiagem e, depois, faça deslizar a
cobertura de borracha para a posição
Verifique periodicamente a folga da alavan- original.
ca da embraiagem e, se necessário, ajuste 8. Aperte a contraporca na alavanca da
como se segue. embraiagem e, depois, faça deslizar a
1. Deslize a cobertura de borracha para cobertura de borracha para a posição
trás na alavanca da embraiagem. original.
2. Desaperte a contraporca.

6-21
UBT4P0P0.book Page 22 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU37914 PAU39815

Verificação da folga da alavanca Ajuste da folga do pedal do tra-


do travão vão
Meça a folga do pedal do travão na extre-
midade do pedal do travão conforme ilus- (a)
trado.
1
(b)
1
1. Porca ajustadora da folga do pedal do
travão
PWA10681
1. Sem folga da alavanca do travão
AVISO 6
Não deve haver folga na extremidade da 1  Depois de ajustar a folga da corren-
alavanca do travão. Caso haja folga, solici- 1. Folga do pedal do travão te de transmissão ou de retirar e
te a um concessionário Yamaha que inspe- instalar a roda traseira, verifique
cione o sistema de travagem. Folga do pedal do travão: sempre a folga do pedal do travão.
PWA14212
10.0–20.0 mm (0.39–0.79 in)  Se não puder ser obtido o ajuste
AVISO apropriado da forma descrita, soli-
Uma sensação suave ou esponjosa na Verifique periodicamente a folga do pedal cite a um concessionário Yamaha
alavanca do travão pode indicar a pre- do travão e, se necessário, ajuste-a como que faça este ajuste.
sença de ar no sistema hidráulico. Se se segue.  Depois de ajustar a folga do pedal
houver ar no sistema hidráulico, solicite Para aumentar a folga do pedal do travão, do travão, verifique o funcionamen-
a um concessionário Yamaha que san- rode a porca ajustadora da folga do pedal to da luz do travão.
gre o sistema antes de utilizar o veículo. do travão no tirante do travão na direção
O ar no sistema hidráulico diminuirá o (a). Para reduzir a folga do pedal do travão,
desempenho dos travões, o que poderá rode a porca ajustadora na direção (b).
resultar na perda de controlo e num aci-
dente.

6-22
UBT4P0P0.book Page 23 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU22274
ajustadora na direção (a). Para fazer com PAU22382

Interruptores das luzes dos tra- que a luz do travão se acenda mais tarde, Verificação das pastilhas do tra-
vões rode a porca ajustadora na direção (b). vão da frente e das sapatas do
travão de trás
1 Deverá verificar se existe desgaste nas
(a) 2 pastilhas dos travões da frente e nas sapa-
(b) tas dos travões de trás nos intervalos espe-
cificados na tabela de lubrificação e
manutenção periódica.

PAU22432
Pastilhas do travão da frente

1. Interruptor da luz do travão traseiro


6
2. Porca ajustadora do interruptor da luz do
travão traseiro

A luz do travão, que é ativada pelo pedal do 1


travão e pela alavanca do travão, deve 1
acender-se imediatamente antes da trava-
gem se concluir. Se necessário, ajuste o in-
terruptor da luz do travão traseiro como
segue, mas tendo em atenção que o inter- 1. Ranhura indicadora de desgaste da pastilha
ruptor da luz do travão dianteiro deve ser do travão
ajustado por um concessionário Yamaha.
Rode a porca ajustadora do interruptor da Cada uma das pastilhas do travão da frente
luz do travão traseiro enquanto mantém o está equipada com ranhuras indicadoras
interruptor da luz do travão traseiro no res- de desgaste, que lhe permitem verificar o
petivo lugar. Para fazer com que a luz do desgaste da pastilha do travão sem ter de
travão se acenda mais cedo, rode a porca desmontar o travão. Para verificar o des-
gaste da pastilha do travão, verifique as ra-
nhuras indicadoras do desgaste. Caso uma
6-23
UBT4P0P0.book Page 24 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


pastilha do travão se tenha gasto até ao marca do limite de desgaste, solicite a um PAU32346

ponto em que as ranhuras indicadoras de concessionário Yamaha que substitua o Verificação do nível de líquido
desgaste tenham quase desaparecido, so- conjunto das sapatas do travão. dos travões
licite a um concessionário Yamaha que Antes de conduzir, verifique se o líquido
substitua as pastilhas do travão como um dos travões se encontra acima da marca
conjunto. de nível mínimo. Ao verificar o nível do líqui-
do, certifique-se de que o topo do reserva-
PAU43171 tório se encontra na horizontal. Reabasteça
Sapatas do travão traseiro o líquido dos travões, se necessário.

2
1 6

1. Marca do limite de desgaste da sapata do 1. Marca do nível mínimo


travão
2. Indicador de desgaste da sapata do travão
Líquido dos travões especificado:
O travão traseiro é fornecido com um indi- DOT 4
cador de desgaste, o qual lhe permite veri- PWA15991
ficar o desgaste da sapata do travão sem
AVISO
ter de desmontar o travão. Para verificar o
desgaste da sapata do travão, verifique a Uma manutenção inadequada pode re-
posição do indicador de desgaste enquan- sultar em perda de capacidade de trava-
to aciona o travão. Caso uma sapata do gem. Cumpra as seguintes precauções:
travão se tenha gasto até ao ponto em que
o indicador de desgaste tenha atingido a
6-24
UBT4P0P0.book Page 25 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


 Se o líquido dos travões for insufi- PCA17641 PAU22724

ciente, poderá ocorrer entrada de PRECAUÇÃO Mudança do líquido dos travões


ar no sistema de travagem, redu- Solicite a um concessionário Yamaha que
O líquido dos travões poderá danificar
zindo o desempenho da travagem. substitua o líquido dos travões nos interva-
superfícies pintadas ou peças plásticas.
 Limpe a tampa de enchimento an- los especificados na tabela de lubrificação
Limpe sempre de imediato o líquido der-
tes de remover. Utilize apenas líqui- e manutenção periódica. Para além disso,
ramado.
do dos travões DOT 4 de um mande substituir os vedantes de óleo do
recipiente selado. À medida que as pastilhas do travão se cilindro mestre do travão e da pinça, assim
 Utilize apenas o líquido dos travões desgastam, é normal que o nível de líquido como os tubos dos travões, nos intervalos
especificado, caso contrário os ve- dos travões desça gradualmente. Um nível especificados a seguir ou sempre que
dantes de borracha podem deterio- reduzido de líquido dos travões pode indi- apresentem danos ou fugas.
rar-se, causando fugas. car que as pastilhas dos travões estão gas-  Vedantes de óleo: Substitua de dois
 Reabasteça com o mesmo tipo de tas e/ou fuga no sistema de travagem. Por em dois anos.
líquido de travões. A adição de lí- conseguinte, verifique se as pastilhas dos  Tubo do travão: Substitua de quatro
6 quido dos travões diferente de DOT em quatro anos.
travões estão gastas e se o sistema de tra-
4 pode resultar numa reação quími- vagem apresenta fugas. Se o nível de líqui-
ca nociva. do dos travões descer repentinamente,
 Durante o reabastecimento, tenha solicite a um concessionário Yamaha que
cuidado para que não entre água no verifique qual a causa antes de conduzir.
reservatório de líquido dos travões.
A água fará o ponto de ebulição do
fluido descer significativamente e
poderá resultar na formação de
uma bolsa de vapor.

6-25
UBT4P0P0.book Page 26 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU22762
4. Se a folga da corrente de transmissão
Folga da corrente de transmis- estiver incorreta, ajuste-a do modo
são que se segue. PRECAUÇÃO: Uma
A folga da corrente de transmissão deve folga inadequada da corrente de
ser verificada antes de cada viagem e, se transmissão sobrecarregará o mo-
necessário, ajustada. tor assim como outras peças vitais
do motociclo e pode provocar pati-
PAU22799
nagem ou quebra da corrente. Para
Verificação da folga da corrente de 1
evitar que isto ocorra, mantenha a
transmissão 2
folga da corrente de transmissão
1. Coloque o motociclo no descanso
dentro dos limites especificados. 1. Porca ajustadora da folga do pedal do
central.
[PCA10572] travão
2. Mude a transmissão para ponto mor-
2. Porca do tirante de binário do travão
to. PAU78831
3. Meça a folga da corrente de transmis- Ajuste da folga da corrente de transmis- 6
são como indicado. são 1 2
Consulte um concessionário Yamaha antes
de ajustar a folga da corrente de transmis- (a)
são.
1. Retire o motociclo do descanso cen-
tral e, depois, coloque o descanso la-
teral em baixo. (b)
2. Desaperte a porca ajustadora da folga
do pedal do travão, a porca do tirante 4 3
1 de binário do travão e a porca do eixo. 1. Porca do eixo
2. Porca ajustadora da folga da corrente de
1. Folga da corrente de transmissão transmissão
3. Contraporca da polia da corrente de
Folga da corrente de transmissão: transmissão
40.0–50.0 mm (1.57–1.97 in) 4. Polia da corrente de transmissão

6-26
UBT4P0P0.book Page 27 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


3. Desaperte a contraporca da polia da 8. Ajuste a folga do pedal do travão.
corrente de transmissão em ambas as (Consulte a página 6-22.)
1 2
extremidades do braço oscilante. PWA10661

4. Coloque o motociclo no descanso AVISO


central. Depois de ajustar a folga do pedal do
5. Para apertar a corrente de transmis- travão, verifique o funcionamento da luz
são, rode a porca ajustadora da folga do travão.
da corrente de transmissão em am-
bas as extremidades do braço osci- 9. Certifique-se de que as polias da cor-
lante na direção (a). Para desapertar a rente de transmissão estão na mesma
corrente de transmissão, rode a porca 1. Anilha posição, a folga da corrente de trans-
ajustadora em ambas as extremida- 2. Marcas de alinhamento missão está correta, e a corrente de
des do braço oscilante na direção (b) transmissão se move suavemente.
e, de seguida, empurre a roda de trás 6. Retire o motociclo do descanso cen-
6 para a frente. tral e, depois, coloque o descanso la-
teral em baixo.
NOTA 7. Aperte as duas contraporcas e, de-
Através das marcas de alinhamento situa- pois, aperte a porca do eixo e a porca
das em ambas as polias da corrente de do tirante de binário do travão em
transmissão, verifique se ambas as polias conformidade com os binários espe-
da corrente de transmissão se encontram cificados.
na mesma posição para obter um correto
alinhamento das rodas. Binários de aperto:
Contraporca:
7 N·m (0.7 kgf·m, 5.1 lb·ft)
Porca do eixo:
90 N·m (9.0 kgf·m, 65 lb·ft)
Porca do tirante de binário do
travão:
18 N·m (1.8 kgf·m, 13 lb·ft)

6-27
UBT4P0P0.book Page 28 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU23018
rente, certificando-se de que todas as PAU23098

Limpeza e lubrificação da cor- placas laterais e roletes foram sufi- Verificação e lubrificação dos
rente de transmissão cientemente lubrificados. cabos
A corrente de transmissão deve ser limpa e Antes de cada viagem, deverá verificar o
lubrificada nos intervalos especificados na funcionamento e o estado de todos os ca-
tabela de lubrificação e manutenção perió- bos de controlo e, se necessário, deverá lu-
dica, caso contrário gastar-se-á rapida- brificar os cabos e as respetivas
mente, especialmente quando conduz o extremidades. Se um cabo estiver danifica-
veículo em áreas poeirentas ou húmidas. do ou não se deslocar suavemente, solicite
Faça a manutenção da corrente de trans- a um concessionário Yamaha que o verifi-
missão do seguinte modo: que ou substitua. AVISO! Eventuais da-
PCA10584
nos no recetáculo exterior dos cabos
PRECAUÇÃO podem resultar no aparecimento de fer-
A corrente de transmissão deverá ser lu- rugem no interior e provocar interferên-
cia com o movimento dos cabos. 6
brificada após lavar o motociclo, condu-
zir à chuva ou conduzir em áreas Substitua os cabos danificados assim
húmidas. que possível, para evitar situações de in-
segurança. [PWA10712]
1. Retire toda a sujidade e lama da cor-
rente de transmissão com uma esco- Lubrificante recomendado:
va ou pano. Lubrificante para cabos Yamaha ou
outro lubrificante para cabos
NOTA adequado
Para uma limpeza cuidada, solicite a um
concessionário Yamaha que retire a cor-
rente de transmissão e a impregne de sol-
vente.

2. Pulverize lubrificante para correntes


Yamaha ou outro lubrificante para
correntes adequado em toda a cor-

6-28
UBT4P0P0.book Page 29 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU49921 PAU44276

Verificação e lubrificação do pu- Verificação e lubrificação dos Lubrificante recomendado:


Massa de lubrificação de sabão de
nho e do cabo do acelerador pedais do travão e de mudança lítio
O funcionamento do punho do acelerador de velocidades
deverá ser verificado antes de cada via- Antes de cada viagem, deverá verificar o
gem. Além disso, o cabo deverá ser lubrifi- funcionamento dos pedais do travão e de
cado por um concessionário Yamaha nos mudança de velocidades e, se necessário,
intervalos especificados na tabela de ma- deverá lubrificar os pivôs dos pedais.
nutenção periódica.
Pedal do travão

Pedal de mudança de velocidades

6-29
UBT4P0P0.book Page 30 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU23144 PAU23215

Verificação e lubrificação das Lubrificantes recomendados: Verificação e lubrificação do


Alavanca do travão:
alavancas do travão e da em- Massa de lubrificação de silicone descanso central e do descanso
braiagem Alavanca da embraiagem: lateral
Antes de cada viagem, deverá verificar o Massa de lubrificação de sabão
funcionamento das alavancas do travão e de lítio
da embraiagem e, se necessário, deverá
lubrificar os pivôs da alavanca.
Alavanca do travão

6
Antes de cada viagem, deverá verificar o
funcionamento dos descansos central e la-
teral e, se necessário, deverá lubrificar os
pivôs e as superfícies de contacto de metal
com metal.
PWA10742
Alavanca da embraiagem
AVISO
Caso o descanso central ou o descanso
lateral não se desloquem suavemente
para cima e para baixo, solicite a um
concessionário Yamaha que os verifique
ou repare. Caso contrário, o descanso
central ou lateral podem bater no chão e
distrair o condutor, resultando numa
possível perda de controlo.

6-30
UBT4P0P0.book Page 31 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAUM1653 PAU23273
Lubrificante recomendado: Lubrificação dos pivôs do braço Verificação da forquilha dianteira
Massa de lubrificação de sabão de
oscilante O estado e funcionamento da forquilha
lítio
Os pivôs do braço oscilante devem ser lu- dianteira deverão ser verificados como se
brificados por um concessionário Yamaha segue, nos intervalos especificados na ta-
nos intervalos especificados na tabela de bela de lubrificação e manutenção periódi-
lubrificação e manutenção periódica. ca.

Lubrificante recomendado: Verificação do estado


Massa de lubrificação de sabão de Verifique se os tubos internos estão arra-
lítio nhados, danificados ou perdem óleo em
excesso.

Verificação do funcionamento
6 1. Coloque o veículo numa superfície ni-
velada e segure-o numa posição ver-
tical. AVISO! Para evitar ferimentos,
apoie bem o veículo para que não
haja o perigo de este tombar.
[PWA10752]

2. Com o travão dianteiro acionado, em-


purre várias vezes o guiador com for-
ça para baixo para verificar se a
forquilha dianteira se comprime e re-
cua suavemente.

6-31
UBT4P0P0.book Page 32 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU45512 PAU23292

Verificação da direção Verificação dos rolamentos de


Os rolamentos da direção gastos ou soltos roda
podem provocar situações de perigo. Por-
tanto, o funcionamento da direção deverá
ser verificado do modo que se segue e nos
intervalos de tempo especificados na tabe-
la de lubrificação e manutenção periódica.
1. Coloque o veículo no descanso cen-
tral. AVISO! Para evitar ferimentos,
apoie bem o veículo para que não
PCA10591
haja o perigo de este tombar.
PRECAUÇÃO [PWA10752]

Se encontrar quaisquer danos na forqui- 2. Segure as extremidades inferiores


lha dianteira ou se esta não funcionar das pernas da forquilha dianteira e Os rolamentos de roda dianteiros e trasei- 6
devidamente, solicite a um concessio- tente deslocá-las para a frente e para ros têm de ser verificados nos intervalos de
nário Yamaha que a verifique ou repare. trás. Se sentir alguma folga, solicite a tempo especificados na tabela de lubrifica-
um concessionário Yamaha que veri- ção e manutenção periódica. Se houver
fique e repare a direção. uma folga no cubo da roda ou se a roda
não virar suavemente, solicite a um con-
cessionário Yamaha que verifique os rola-
mentos de roda.

6-32
UBT4P0P0.book Page 33 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU2338A
olhos quando trabalhar perto de Carregamento da bateria
Bateria baterias. Em caso de contacto, efe- Solicite a um concessionário Yamaha que
tue os seguintes PRIMEIROS SO- carregue a bateria o mais rapidamente
1 CORROS. possível se lhe parecer descarregada. Não
• EXTERNOS: Lave com água se esqueça de que a bateria tende a des-
abundante. carregar mais rapidamente se o veículo es-
• INTERNOS: Beba grandes quan- tiver equipado com acessórios elétricos
tidades de água ou leite e chame opcionais.
3 2 imediatamente um médico. PCA16522

• OLHOS: Lave com água durante PRECAUÇÃO


15 minutos e procure imediata- Para carregar uma bateria VRLA (chum-
mente cuidados médicos. bo-ácido com regulação por válvula), é
1. Bateria  As baterias produzem hidrogénio necessário um carregador de baterias
2. Fio de bateria positivo (vermelho) explosivo. Por conseguinte, mante- especial (tensão constante). A utilização
6 3. Fio de bateria negativo (preto) nha a bateria afastada de faíscas, de um carregador de baterias conven-
chamas, cigarros, etc. e assegure cional danificará a bateria.
A bateria encontra-se por trás do painel B.
ventilação suficiente quando a esti-
(Consulte a página 6-9.)
ver a carregar num espaço fecha-
Este modelo está equipado com uma bate- Acondicionamento da bateria
do.
ria VRLA (chumbo-ácido com regulação 1. Caso não pretenda conduzir o veículo
 MANTENHA TODAS AS BATERIAS
por válvula). Não é necessário verificar o durante mais de um mês, retire a ba-
FORA DO ALCANCE DAS CRIAN-
eletrólito nem acrescentar água destilada. teria, carregue-a totalmente e colo-
ÇAS.
No entanto, as ligações dos fios para bate- que-a num local fresco e seco.
ria devem ser verificadas e, se necessário, PCA10621 PRECAUÇÃO: Para remover a bate-
apertadas. PRECAUÇÃO ria, deve verificar se o interruptor
PWA10761
Nunca tente retirar as tampas dos ele- principal está desligado e, em se-
AVISO guida, desligar o fio negativo antes
mentos da bateria, uma vez que ao fazê-
 O eletrólito é venenoso e perigoso lo poderá provocar danos permanente- do positivo. [PCA16304]
pois contém ácido sulfúrico, o qual mentes na bateria. 2. Caso a bateria fique guardada duran-
provoca queimaduras graves. Evite te mais de dois meses, verifique-a
o contacto com a pele, os olhos ou pelo menos uma vez por mês e, se ne-
o vestuário e proteja sempre os cessário, carregue-a totalmente.
6-33
UBT4P0P0.book Page 34 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


3. Carregue totalmente a bateria antes PAU78861

de a instalar. PRECAUÇÃO: Para Substituição do fusível


O fusível encontra-se por trás do painel B. 1
instalar a bateria, deve verificar se o
interruptor principal está desligado (Consulte a página 6-9.)
e, em seguida, ligar o fio positivo Para aceder ao fusível, remova a cobertura
antes do negativo. [PCA16842] do relé do motor de arranque e desligue o
respetivo acoplador.
2
4. Após a instalação, certifique-se de
que os fios para bateria estão devida-
mente ligados aos terminais de bate-
ria.
PCA16531
1 1. Fusível
PRECAUÇÃO 2. Suporte do relé do motor de arranque
Mantenha sempre a bateria carregada.
Guardar uma bateria descarregada po- O fusível de substituição encontra-se na
parte de trás do suporte do relé do motor 6
derá provocar danos permanentes na
mesma. de arranque.
Para aceder ao fusível de substituição, reti-
1. Cobertura do relé do motor de arranque re o relé do motor de arranque (em conjun-
to com o respetivo suporte) puxando-o
primeiro para fora e virando-o de seguida.

1
1. Acoplador do relé do motor de arranque

6-34
UBT4P0P0.book Page 35 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU78872
3. Rode a chave para “ ” e ligue os cir-
cuitos elétricos para verificar se os
Substituição da lâmpada do farol
2 dianteiro
dispositivos funcionam.
4. Caso o fusível se volte imediatamente Este modelo está equipado com uma lâm-
a queimar, solicite a um concessioná- pada do farol dianteiro de halogéneo. Se a
3
rio Yamaha que verifique o sistema lâmpada do farol dianteiro se fundir, subs-
1 elétrico. titua-a do modo que se segue.
PCA10651

PRECAUÇÃO
Tenha cuidado para não danificar as se-
1. Fusível de substituição guintes peças:
2. Suporte do relé do motor de arranque  Lâmpada do farol dianteiro
3. Relé do motor de arranque Não toque na parte em vidro da
lâmpada do farol dianteiro para evi-
6 Se o fusível estiver queimado, substitua-o tar que se suje com óleo, caso con-
do modo seguinte. trário a transparência do vidro, a
1. Rode a chave para “ ” e desligue to- luminosidade da lâmpada e o seu
dos os circuitos elétricos. tempo de duração serão adversa-
2. Retire o fusível queimado e instale um mente afetados. Limpe minuciosa-
novo fusível com a amperagem espe- mente quaisquer vestígios de
cificada. AVISO! Não utilize um fusí- sujidade e de marcas de dedos, uti-
vel com uma amperagem superior à lizando um pano humedecido com
recomendada, para evitar causar álcool ou diluente.
grandes danos no sistema elétrico  Lente do farol dianteiro
e possivelmente um incêndio. Não cole nenhum tipo de película
[PWA15132]
colorida nem autocolantes na lente
do farol dianteiro.
Fusível especificado: Não utilize uma lâmpada do farol
15.0 A
dianteiro com um consumo em
watts superior ao especificado.

6-35
UBT4P0P0.book Page 36 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


4. Desligue o acoplador do farol diantei-
ro e, depois, retire a cobertura da lâm-
pada do farol dianteiro.
1
2
2
3

1. Não toque na parte em vidro da lâmpada. 1. Cobertura lateral da unidade do farol


dianteiro
1. Remova as coberturas laterais da uni- 2. Parafuso 1
dade do farol dianteiro, retirando os 3. Cavilha do farol dianteiro 1. Acoplador do farol dianteiro
parafusos dos dois lados. 6
2. Suporte da lâmpada do farol dianteiro
2. Remova a cavilha dos dois lados.
1 5. Desprenda o suporte da lâmpada do
farol dianteiro e, depois, retire a lâm-
2 pada fundida.
1

1 2

1. Cobertura lateral da unidade do farol


dianteiro 1. Cavilha
2. Parafuso
3. Desaperte a cavilha de fixação da uni-
dade do farol dianteiro e incline a uni-
1. Suporte da lâmpada do farol dianteiro
dade do farol dianteiro para a frente.
2. Lâmpada do farol dianteiro

6-36
UBT4P0P0.book Page 37 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


6. Coloque uma nova lâmpada do farol PAU45226 PAU78920

dianteiro e, depois, fixe-a com o res- Substituição da lâmpada dos mí- Substituição da lâmpada da luz
petivo suporte. nimos do travão/farolim traseiro
7. Instale a cobertura da lâmpada do fa- Se a lâmpada dos mínimos se fundir, subs- 1. Retire o assento. (Consulte a página
rol dianteiro e, depois, ligue o acopla- titua-a do modo seguinte: 3-10.)
dor do farol dianteiro. 1. Remova a unidade do farol dianteiro. 2. Retire o recetáculo da lâmpada da luz
8. Coloque a unidade do farol dianteiro (Consulte a página 6-35.) do travão/farolim traseiro (em conjun-
na posição original e aperte a cavilha 2. Retire o recetáculo da lâmpada dos to com a lâmpada), rodando-o no
da mesma com o binário especifica- mínimos (em conjunto com a lâmpa- sentido contrário ao dos ponteiros do
do. da), puxando-o para fora. relógio.

Binário de aperto: 1
Cavilha de fixação da unidade do
farol dianteiro:
6 7 N·m (0.7 kgf·m, 5.1 lb·ft) 2
1
9. Instale a cavilha dos dois lados.
10. Coloque as coberturas laterais da uni-
dade do farol dianteiro na posição ori-
ginal e instale o parafuso dos dois
lados.
1. Lâmpada dos mínimos 1. Recetáculo da lâmpada da luz do travão/
11. Solicite a um concessionário Yamaha farolim traseiro
2. Recetáculo da lâmpada dos mínimos
que ajuste o feixe do farol dianteiro,
caso necessário. 3. Puxe a lâmpada fundida para removê- 3. Retire a lâmpada fundida, empurran-
la. do-a para dentro e rodando-a no sen-
4. Introduza uma nova lâmpada no rece- tido contrário ao dos ponteiros do
táculo. relógio.
5. Instale o recetáculo (em conjunto com
a lâmpada), empurrando-o para den-
tro.
6. Instale a unidade do farol dianteiro.

6-37
UBT4P0P0.book Page 38 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU24205

Substituição de uma lâmpada do 1


sinal de mudança de direção
1. Retire a lente do sinal de mudança de
direção, removendo o respetivo para-
1 fuso.

1. Lâmpada da luz do travão/farolim traseiro 1. Lâmpada do sinal de mudança de direção

4. Introduza uma lâmpada nova no rece- 3. Introduza uma lâmpada nova no rece-
táculo, empurre-a para dentro e rode- táculo, empurre-a para dentro e rode-
a no sentido dos ponteiros do relógio a no sentido dos ponteiros do relógio 6
2
até que pare. até que pare.
5. Instale o recetáculo (em conjunto com 1. Lente do sinal de mudança de direção 4. Instale a lente, colocando o respetivo
a lâmpada), rodando-o no sentido dos 2. Parafuso parafuso. PRECAUÇÃO: Não aperte
ponteiros do relógio. demasiado o parafuso pois a lente
6. Instale o assento. 2. Retire a lâmpada fundida, empurran- poderá partir. [PCA11192]
do-a para dentro e rodando-a no sen-
tido contrário ao dos ponteiros do
relógio.

6-38
UBT4P0P0.book Page 39 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAU78970
6. Instale a unidade da luz da chapa de PAU24361

Substituição da lâmpada da luz matrícula, instalando as porcas. Roda da frente


da chapa de matrícula
PAUW3361
1. Retire a unidade da luz da chapa de
matrícula, retirando as porcas.

4 Remoção da roda dianteira


PWA10822

AVISO
Para evitar ferimentos, apoie bem o veí-
1 culo para que não haja o perigo de este
4 2
3 tombar.

1. Retire o veículo do descanso central


6 para que a roda dianteira fique pousa-
da no chão e, depois, coloque o des-
1. Unidade da luz da chapa de matrícula
canso lateral em baixo.
2. Lâmpada da luz da chapa de matrícula
2. Desaperte a porca do eixo da roda
3. Recetáculo da luz da lâmpada da chapa de
dianteira.
matrícula
4. Porca

2. Retire o recetáculo da lâmpada da luz


da chapa de matrícula (em conjunto
com a lâmpada), puxando-o para fo-
ra.
3. Puxe a lâmpada fundida para removê-
la.
4. Introduza uma nova lâmpada no rece- 1
táculo.
5. Instale o recetáculo (em conjunto com 1. Porca do eixo
a lâmpada), empurrando-o para den-
tro.
6-39
UBT4P0P0.book Page 40 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


3. Coloque o veículo no descanso cen- 3. Retire o veículo do descanso central PAU25081

tral e remova a porca do eixo. para que a roda dianteira fique pousa- Roda de trás
4. Puxe o eixo da roda para fora e retire da no chão e, depois, coloque o des-
a roda. PRECAUÇÃO: Não acione o
PAU78751
canso lateral em baixo.
travão depois de a roda e o disco do 4. Aperte a porca do eixo em conformi-
travão terem sido removidos, caso dade com o binário especificado.
Remoção da roda traseira
contrário as pastilhas do travão se- PWA10822
rão forçadas a fechar. [PCA11073] Binário de aperto:
AVISO
Porca do eixo:
59 N·m (5.9 kgf·m, 43 lb·ft) Para evitar ferimentos, apoie bem o veí-
culo para que não haja o perigo de este
5. Exerça força no sentido descendente tombar.
1 sobre o guiador várias vezes para ve-
rificar se a forquilha está a funcionar 1. Retire o motociclo do descanso cen-
devidamente. tral para que a roda traseira fique pou- 6
sada no chão e, depois, coloque o
descanso lateral em baixo.
2. Desaperte a porca do eixo.
3. Desligue o tirante de binário do travão
1. Eixo da roda da placa de sapata do travão, retiran-
do a porca e a cavilha.
Instalação da roda dianteira
1. Levante a roda entre as pernas da for-
quilha.
NOTA
Certifique-se de que existe espaço sufi-
ciente entre as pastilhas do travão antes de
introduzir o disco do travão na pinça.

2. Introduza o eixo da roda e instale a


porca do eixo.

6-40
UBT4P0P0.book Page 41 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


7. Retire a porca do eixo e a anilha e, de-
3 4 5 pois, puxe o eixo da roda juntamente
6 com a anilha pelo lado direito para
7 posteriormente retirar os colares.
1 2
1 1 2 2 13

9
8
1. Porca do eixo 1. Porca ajustadora da folga do pedal do
travão
4. Retire a porca ajustadora da folga do 2. Alavanca do eixo de ressaltos do travão
pedal do travão e depois desligue o ti- 3. Contraporca da polia da corrente de
6 rante do travão da alavanca do eixo transmissão
1. Anilha
de ressaltos do travão. 4. Porca ajustadora da folga da corrente de
2. Colar
transmissão
3. Eixo da roda
5. Placa de sapata do travão
6. Tirante do travão
7. Tirante de binário do travão NOTA
8. Cavilha do tirante de binário do travão Para retirar o eixo da roda, pode ser útil um
9. Porca do tirante de binário do travão martelo de borracha.

5. Desaperte a contraporca da polia da 8. Empurre a roda para a frente e retire a


corrente de transmissão e a porca corrente de transmissão do carreto
ajustadora da folga da corrente de traseiro.
transmissão em ambos os lados do
braço oscilante.
6. Coloque o motociclo no descanso
central.

6-41
UBT4P0P0.book Page 42 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


5. Ligue o tirante de binário do travão à PAU25853

placa de sapata do travão, instalando Deteção e resolução de proble-


a cavilha e a porca. mas
6. Ajuste a folga da corrente de trans- Embora os motociclos Yamaha sejam sub-
missão. (Consulte a página 6-26.) metidos a uma inspeção minuciosa antes
7. Retire o motociclo do descanso cen- do envio da fábrica, poderão ocorrer al-
tral para que a roda traseira fique pou- guns problemas durante a sua utilização.
sada no chão e, depois, coloque o Qualquer problema nos sistemas de com-
descanso lateral em baixo. bustível, compressão ou ignição, por
8. Ajuste a folga do pedal do travão. exemplo, poderá provocar um fraco arran-
(Consulte a página 6-22.) que e perda de potência.
NOTA
PWA10661 A seguinte tabela de deteção e resolução
A corrente de transmissão não precisa de AVISO de problemas apresenta um procedimento
ser desmontada para remover e instalar a Depois de ajustar a folga do pedal do fácil e rápido para verificar você mesmo es-
tes sistemas vitais. No entanto, caso o seu 6
roda. travão, verifique o funcionamento da luz
do travão. motociclo precise de qualquer reparação,
9. Retire a roda. leve-o a um concessionário Yamaha, cujos
técnicos habilitados possuem as ferramen-
tas, experiência e conhecimentos necessá-
Instalação da roda traseira
1. Instale a corrente de transmissão no rios para assistir devidamente o motociclo.
carreto traseiro. Utilize apenas peças sobresselentes genu-
ínas da Yamaha. As peças não originais
2. Instale a roda com os colares dos dois
lados e instale a anilha e o eixo pelo poderão parecer-se com as da Yamaha,
lado direito. mas são frequentemente inferiores, pos-
suem um tempo de duração mais curto e
3. Instale a anilha e a porca do eixo.
4. Ligue o tirante do travão à alavanca podem levar a despesas de reparação ele-
do eixo de ressaltos do travão e insta- vadas.
le a porca ajustadora da folga do pe-
dal do travão no tirante do travão.

6-42
UBT4P0P0.book Page 43 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PWA15142

AVISO
Não fume durante a verificação do siste-
ma de combustível e verifique se não há
chamas desprotegidas nem faíscas na
área, incluindo luzes piloto de esquenta-
dores ou caldeiras. A gasolina ou os va-
pores de gasolina podem incendiar-se
ou explodir e causar ferimentos graves
ou danos materiais.

6-43
UBT4P0P0.book Page 44 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Manutenção periódica e ajustes


PAUT1985

Tabela de deteção e resolução de problemas

1. Combustível
Há combustível suficiente. Verifique a bateria.
Verifique o nível de
combustível no respectivo
depósito. O motor não arranca.
Não há combustível. Abasteça com combustível.
Verifique a bateria.

2. Bateria
O motor roda rapidamente. A bateria está em boas condições.
Accione o motor de O motor não arranca.
arranque eléctrico. Verifique as ligacoes dos fios da bateria e, Verifique a ignição.
O motor roda lentamente. se necessario, solicite a um
concessionario Yamaha que a carregue.
6
3. Ignição Limpe com um pano seco e corrija a distância do eléctrodo da
Húmida Accione o motor de arranque eléctrico.
vela de ignição ou substitua a vela de ignição.
Retire a vela de ignição e
verifique os eléctrodos.
O motor não arranca.
Seca Solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo.
Verifique a compressão.

4. Compressão O motor não arranca.


Há compressão.
Solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo.
Accione o motor de
arranque eléctrico.
Não há compressão. Solicite a um concessionário Yamaha que verifique o veículo.

6-44
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Cuidados e arrumação do motociclo


PAU37834 PAU26005
rente de transmissão e eixos das ro-
Cor mate cuidado Cuidados das. Enxague sempre a sujidade e o
PCA15193
Embora a conceção aberta de um motoci- desengordurante com água.
PRECAUÇÃO clo revele o encanto da tecnologia, torna-o
Alguns modelos estão equipados com também mais vulnerável. Poderá desenvol- Limpeza
peças com acabamento em cor mate. ver-se ferrugem e corrosão mesmo que se- PCA10773

Consulte um concessionário Yamaha jam utilizados componentes de alta PRECAUÇÃO


para obter conselhos sobre quais os qualidade. Embora um tubo de escape en-
 Evite utilizar agentes de limpeza
produtos a utilizar antes de limpar o veí- ferrujado possa passar despercebido num
das rodas demasiado ácidos, espe-
culo. Se utilizar uma escova, produtos carro, este influencia negativamente o as-
cialmente em rodas de raio. Se este
químicos agressivos ou compostos de peto geral de um motociclo. Um cuidado
tipo de produtos for utilizado em
limpeza para limpar estas peças vai ris- frequente e adequado não só vai ao encon-
sujidade de difícil remoção, não
car ou danificar a superfície das mes- tro dos termos da garantia, como também
deixe o agente de limpeza sobre a
mas. Também não deve aplicar cera em influencia na manutenção de um bom as-
área afetada durante mais tempo
nenhuma peça com acabamento em cor peto do seu motociclo, aumentando o tem-
do que o recomendado. Além disso,
mate. po de vida e otimizando o desempenho.
enxague minuciosamente a área
7 com água, seque-a imediatamente
Antes da limpeza
e aplique um spray anti-corrosão.
1. Tape a saída do silencioso com um
 Uma limpeza inadequada pode da-
saco de plástico depois do motor ter
nificar as peças plásticas (como as
arrefecido.
carenagens, painéis, para-ventos,
2. Certifique-se de que todas as tampas
lentes do farol dianteiro, lentes dos
e coberturas, assim como todos os
indicadores, etc.) e os silenciosos.
acopladores e conectores elétricos,
Utilize um pano ou esponja macia e
incluindo a tampa da vela de ignição,
limpa com água para limpar os
estão bem fixos.
plásticos. Contudo, se as partes
3. Retire a sujidade extremamente entra-
plásticas não puderem ser bem lim-
nhada, como por exemplo óleo quei-
pas com água, pode utilizar um de-
mado no cárter, com um
tergente suave diluído na água.
desengordurante e uma escova, mas
Enxague bem todos os resíduos de
nunca aplique este tipo de produto
nos vedantes, anilhas, carretos, cor-
7-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Cuidados e arrumação do motociclo


detergente usando bastante água, deixar riscos no para-vento. Teste o
uma vez que o mesmo é prejudicial produto numa pequena parte ocul-
NOTA
para os plásticos. ta do para-vento, para se assegurar O sal espalhado nas estradas durante o In-
 Não utilize nenhum produto quími- de que não deixa ficar marcas. Se o verno, poderá permanecer no piso até à
co forte nas peças em plástico. Evi- para-vento ficar riscado, utilize um Primavera.
te utilizar panos ou esponjas que composto de polimento de qualida-
1. Limpe o motociclo com água fria e um
tenham estado em contacto com de para plástico após a lavagem.
produtos de limpeza fortes ou abra- detergente suave, depois do motor ter
arrefecido. PRECAUÇÃO: Não utilize
sivos, solvente ou diluente, com-
Após a utilização normal água morna pois esta aumenta a
bustível (gasolina), produtos anti-
Retire a sujidade com água morna, um de- ação corrosiva do sal. [PCA10792]
ferrugem ou de remoção da ferru-
tergente suave e uma esponja macia limpa 2. Aplique um spray anti-corrosão em
gem, líquido dos travões, anti-con-
e, finalmente, enxague totalmente com todas as superfícies metálicas, in-
gelante ou eletrólito.
água limpa. Utilize uma escova de dentes cluindo as cromadas e niqueladas,
 Não utilize sistemas de lavagem a
ou uma escova para limpar garrafas nas para evitar a corrosão.
alta pressão ou dispositivos de lim-
áreas de difícil acesso. A sujidade de difícil
peza a jato de vapor, uma vez que
remoção e os insetos serão facilmente re- Após a limpeza
podem causar infiltração de água e 7
movidos se a área for coberta por um pano 1. Seque o motociclo com uma camurça
deterioração nas seguintes zonas:
húmido durante alguns minutos antes de ou um pano absorvente.
vedantes (dos rolamentos da roda e
fazer a limpeza. 2. Seque imediatamente a corrente de
do braço oscilante, forquilha e tra-
vões), componentes elétricos (aco- transmissão e lubrifique-a para evitar
pladores, conectores, Após a condução do veículo à chuva, perto que enferruje.
instrumentos, interruptores e lu- do mar ou em estradas nas quais foi espa- 3. Utilize um produto de polir crómio
zes), tubos de respiração e respira- lhado sal para dar brilho a peças de crómio, alu-
douros. Uma vez que o sal do mar ou o sal espalha- mínio e aço inoxidável, incluindo o sis-
 Para os motociclos equipados com do nas estradas durante o Inverno é extre- tema de escape. (Mesmo a
para-vento: Não utilize produtos de mamente corrosivo quando misturado com descoloração dos sistemas de esca-
limpeza fortes ou esponjas duras, água, realize os passos a seguir explicados pe em aço inoxidável induzida termi-
uma vez que podem causar perda após cada viagem à chuva, perto do mar camente pode ser removida através
de cor ou riscos. Alguns compostos ou em estradas nas quais foi espalhado sal. de polimento.)
de limpeza para plásticos podem

7-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Cuidados e arrumação do motociclo


4. Para evitar a corrosão, é recomenda- riores, teste o motociclo quanto ao PAU43204

da a aplicação de um spray anti-cor- desempenho dos travões e ao com- Armazenagem


rosão em todas as superfícies portamento nas curvas.
metálicas, incluindo as cromadas e ni- Curto prazo
queladas. PCA10801
Guarde sempre o seu motociclo num local
5. Utilize um óleo em spray como produ- PRECAUÇÃO fresco e seco e, se necessário, utilize uma
to de limpeza universal para remover  Aplique óleo em spray ou cera com cobertura porosa para o proteger do pó.
qualquer sujidade remanescente. moderação e certifique-se de que Antes de cobrir o motociclo, verifique se o
6. Retoque pequenos danos na pintura limpa qualquer excesso. motor e o sistema de escape estão frios.
PCA10811
provocados por pedras, etc.  Nunca aplique óleo nem cera em
7. Encere todas as superfícies pintadas. peças de borracha e plástico, trate- PRECAUÇÃO
8. Deixe o motociclo secar completa- as com um produto de tratamento  Guardar o motociclo num compar-
mente antes de o guardar ou tapar. adequado. timento com fraca ventilação ou
PWA11132
 Evite utilizar compostos de poli- tapá-lo com um oleado, enquanto
AVISO mento abrasivos, pois estes des- este se encontra ainda molhado,
A presença de contaminantes nos tra- gastam a pintura. permitirá a infiltração de água e hu-
7 vões ou nos pneus pode provocar a per- midade, o que provocará o apareci-
da de controlo. mento de ferrugem.
NOTA
 Certifique-se de que não existe  Para prevenir a corrosão, evite ca-
 Consulte um concessionário Yamaha
óleo ou cera nos travões ou nos ves húmidas, estábulos (devido à
para obter conselhos sobre quais os
pneus. presença de amónia) e áreas onde
produtos a utilizar.
 Caso necessário, limpe os discos estejam armazenados químicos
 As lavagens, o tempo de chuva ou os
do travão e os revestimentos do fortes.
climas húmidos podem causar o em-
travão com um agente de limpeza baciamento da lente do farol diantei-
de discos do travão normal ou ace- ro. Ligar o farol dianteiro durante um Longo prazo
tona, e lave os pneus com água pequeno período de tempo ajudará a Antes de guardar o seu motociclo durante
morna e um detergente suave. An- remover a humidade da lente. vários meses:
tes de conduzir a velocidades supe- 1. Siga todas as instruções da secção
“Cuidados” deste capítulo.

7-3
UBT4P0P0.book Page 4 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Cuidados e arrumação do motociclo


2. Encha o depósito de combustível e e. Retire a tampa da vela de ignição
adicione estabilizador de combustível e, de seguida, instale a vela de ig-
(se disponível) para evitar que o depó- nição e a respetiva tampa.
sito de combustível enferruje e que o 4. Lubrifique todos os cabos de controlo
combustível se deteriore. e pontos articulados de todas as ala-
3. Execute os passos que se seguem vancas e pedais, assim como do des-
para proteger o cilindro, os anéis do canso lateral/descanso central.
pistão, etc. da corrosão. 5. Verifique e, se necessário, corrija a
a. Retire a tampa da vela de ignição pressão de ar dos pneus, e finalmente
e a vela. levante o motociclo de modo a que
b. Verta uma colher de chá de óleo ambas as rodas fiquem afastadas do
do motor na cavidade da vela de chão. Como alternativa, rode um pou-
ignição. co as rodas todos os meses para evi-
c. Coloque a tampa da vela de igni- tar que os pneus se degradem num
ção na respetiva vela e coloque a determinado ponto.
vela de ignição na cabeça de cilin- 6. Tape a saída do silencioso com um
dros de modo a que os elétrodos saco de plástico para evitar a entrada 7
fiquem ligados à terra. (Isto limita- de humidade.
rá a produção de faíscas durante o 7. Retire a bateria e carregue-a total-
passo seguinte.) mente. Guarde-a num local fresco e
d. Coloque várias vezes o motor em seco e carregue-a uma vez por mês.
funcionamento, utilizando o motor Não guarde a bateria num local ex-
de arranque. (Esta ação revestirá a cessivamente frio ou quente [menos
parede do cilindro com óleo.) de 0 °C (30 °F) ou mais de 30 °C
AVISO! Para evitar danos ou fe- (90 °F)]. Para obter mais informações
rimentos provocados por faís- relativamente ao acondicionamento
cas, certifique-se de que liga os da bateria, consulte a página 6-33.
elétrodos da vela de ignição à
terra enquanto liga o motor.
NOTA
[PWA10952]
Antes de guardar o motociclo, deverá fazer
todas as reparações necessárias.

7-4
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Especificações
Dimensões: Sistema de arranque: Combustível:
Comprimento total: Arrancador eléctrico Combustível recomendado:
2005 mm (78.9 in) Sistema de lubrificação: Gasolina normal sem chumbo (mistura de
Largura total: Cárter húmido gasolina com álcool [E10] aceitável)
735 mm (28.9 in) Óleo de motor: Capacidade do depósito de combustível:
Altura total: Marca recomendada: 14 L (3.7 US gal, 3.1 Imp.gal)
1050 mm (41.3 in) YAMALUBE Volume da reserva de combustível:
Altura do assento: Graus de viscosidade SAE: 2.2 L (0.58 US gal, 0.48 Imp.gal)
795 mm (31.3 in) 10W-40, 20W-40 Injecção de combustível:
Distância entre os eixos: Corpo do acelerador:
1320 mm (52.0 in) 0 10 30 50 70 90 110 130 ˚F Marca da identificação:
Distância mínima do chão: BT41 00
150 mm (5.91 in) Vela(s) de ignição:
Raio de viragem mínimo: SAE 10W-40 Fabricante/modelo:
2.2 m (7.22 ft) NGK/CPR8EA-9
Peso: Distância do eléctrodo da vela de ignição:
SAE 20W-40
Massa em vazio: 0.8–0.9 mm (0.031–0.035 in)
129 kg (284 lb) Embraiagem:
Motor: -20 -10 0 10 20 30 40 50 ˚C Tipo de embraiagem:
Ciclo de combustão: Molhado, multidisco
8 4 tempos Sistema de transmissão:
Grau recomendado do óleo de motor:
Sistema de refrigeração: Relação primária de redução:
Tipo SG de Serviço API ou superior, norma
Refrigerado a ar 3.409 (75/22)
JASO MA
Comando de válvulas: Transmissão final:
Quantidade de óleo de motor:
SOHC Corrente
Mudança de óleo:
Número de cilindros: Relação secundária de redução:
1.00 L (1.06 US qt, 0.88 Imp.qt)
Um cilindro 3.071 (43/14)
Com remoção do filtro de óleo:
Cilindrada: Tipo de transmissão:
1.10 L (1.16 US qt, 0.97 Imp.qt)
125 cm3 Permanentemente engrenada, 5
Diâmetro × curso:
Filtro de ar:
velocidades
Elemento do filtro de ar:
52.4 × 57.9 mm (2.06 × 2.28 in) Relação das velocidades:
Elemento seco
Relação de compressão: 1.ª:
10.0 : 1 2.714 (38/14)

8-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, December 22, 2016 11:51 AM

Especificações
2.ª: Pressão de ar do pneu (medida com Líquido recomendado:
1.789 (34/19) pneus frios): DOT 3 ou 4
3.ª: 1 pessoa: Travão traseiro:
1.318 (29/22) Dianteiro: Tipo:
4.ª: 175 kPa (1.75 kgf/cm², 25 psi) Travão de tambor mecânico com calços
1.045 (23/22) Traseiro: primário/secundário
5.ª: 200 kPa (2.00 kgf/cm², 29 psi) Suspensão dianteira:
0.875 (21/24) 2 pessoas: Tipo:
Quadro: Dianteiro: Forquilha telescópica
Tipo de quadro: 175 kPa (1.75 kgf/cm², 25 psi) Mola:
Diamond Traseiro: Mola helicoidal
Ângulo de avanço: 225 kPa (2.25 kgf/cm², 33 psi) Amortecedor:
25.0 graus Carga máxima: Amortecedor hidráulico
Cauda: Dianteiro: Curso da roda:
82 mm (3.2 in) 175 kPa (1.75 kgf/cm², 25 psi) 120 mm (4.7 in)
Pneu dianteiro: Traseiro: Suspensão traseira:
Tipo: 250 kPa (2.50 kgf/cm², 36 psi) Tipo:
Sem câmara de ar Roda dianteira: Braço oscilante
Dimensão: Tipo de roda: Mola:
2.75-18M/C 42P Roda de liga Mola helicoidal
Fabricante/modelo: Dimensão do aro: Amortecedor: 8
CHENG SHIN/C910 18M/C x MT1.85 Amortecedor hidráulico
Pneu traseiro: Roda traseira: Curso da roda:
Tipo: Tipo de roda: 112 mm (4.4 in)
Sem câmara de ar Roda de liga Sistema eléctrico:
Dimensão: Dimensão do aro: Tensão do sistema:
100/80-18M/C 59P 18M/C x MT2.15 12 V
Fabricante/modelo: Sistema de travões unificado: Sistema de ignição:
CHENG SHIN/C905 Operação: TCI
Carga: Activado pelo travão dianteiro Sistema de carregamento:
Carga máxima: Travão dianteiro: Magneto de C.A.
171 kg (377 lb) Tipo: Bateria:
(Peso total com condutor, passageiro, Travão hidráulico com um disco Modelo:
carga e acessórios) YTX5L-BS

8-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, December 22, 2016 11:51 AM

Especificações
Voltagem, capacidade:
12 V, 4.0 Ah (10 HR)
Farol dianteiro:
Tipo de lâmpada:
Lâmpada de halogénio
Potência da lâmpada:
Farol dianteiro:
HS1, 35.0 W/35.0 W
Sinal de mudança de direcção dianteiro:
10.0 W
Sinal de mudança de direcção traseiro:
10.0 W
Mínimos:
3.0 W
Iluminação do contador:
LED
Indicador luminoso de ponto morto:
LED
Indicador luminoso de máximos:
LED
Indicador luminoso de mudança de direcção:
8
LED
Luz de advertência de problema no motor:
LED
Indicador luminoso ECO:
LED
Fusível:
Fusível principal:
15.0 A

8-3
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações para o consumidor


PAU53562 PAU26401 PAU26442

Números de identificação Número de identificação do veículo Número de série do motor


Registe o número de identificação do veí-
culo, o número de série do motor e a infor-
mação da etiqueta do modelo nos espaços
fornecidos a seguir. Estes números de
identificação são necessários quando re-
gistar o veículo nas autoridades da sua 1
área e sempre que encomende peças so-
bresselentes a um concessionário
Yamaha.
1
NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO 1. Número de identificação do veículo 1. Número de série do motor
VEÍCULO:
O número de identificação do veículo está O número de série do motor está gravado
gravado no tubo dianteiro da direção. Re- no cárter.
giste este número no espaço fornecido
para esse efeito neste manual. PAU36981
Etiqueta do modelo
NOTA
NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR: O número de identificação do veículo é uti-
lizado para identificar o seu motociclo e
pode ser utilizado para registá-lo na dire- 9
ção-geral de viação da sua área.
1
INFORMAÇÃO DA ETIQUETA DO
MODELO:

1. Etiqueta do modelo

9-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Informações para o consumidor


A etiqueta do modelo está colocada no PAU69910 PAU74701

chassis por trás do painel A. (Consulte a Conector de diagnóstico Registo dos dados do veículo
página 6-9.) Registe a informação constan- Este modelo de ECU armazena certos da-
te nesta etiqueta no espaço providenciado dos do veículo com o objetivo de auxiliar no
para esse efeito neste manual. Esta infor- diagnóstico de avarias e para fins de pes-
mação será necessária para encomendar quisa e desenvolvimento. Estes dados
peças sobresselentes a um concessionário apenas serão transferidos quando uma fer-
Yamaha. ramenta de diagnóstico especial da
1 Yamaha for ligada ao veículo, por exemplo,
ao realizar verificações ou procedimentos
de manutenção.

1. Conector de diagnóstico Apesar dos sensores e dos dados regista-


dos variarem consoante o modelo, os prin-
O conector de diagnóstico encontra-se no cipais dados recolhidos são:
sítio ilustrado.  Dados sobre o estado do veículo e o
desempenho do motor
 Dados sobre a injeção de combustível
e relativos às emissões

A Yamaha não divulgará estes dados a ter-


ceiros, exceto:
9  Com o consentimento do proprietário
do veículo
 Se obrigada por força de lei
 Para uso da Yamaha em situações de
litígio
 Para pesquisa geral realizada pela
Yamaha, quando estes dados não es-
tiverem associados a um veículo ou
proprietário específicos

9-2
UBT4P0P0.book Page 1 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Índice remissivo
A E Interruptor principal/bloqueio da
Alavanca da embraiagem ....................... 3-6 Elemento do filtro de ar e tubo de direção.................................................. 3-1
Alavanca da embraiagem, ajuste da inspeção, limpeza .............................. 6-16 J
folga ................................................... 6-21 Especificações ....................................... 8-1 Jogo de ferramentas............................... 6-2
Alavanca do travão................................. 3-6 Estacionamento ..................................... 5-4 L
Alavancas do travão e da embraiagem, Etiqueta do modelo................................ 9-1 Lâmpada da luz da chapa de
verificação e lubrificação ................... 6-30 F matrícula, substituição ....................... 6-39
Amortecedores, ajuste ......................... 3-11 Folga da alavanca do travão, Lâmpada da luz do travão/farolim
Armazenagem ........................................ 7-3 verificação.......................................... 6-22 traseiro, substituição .......................... 6-37
Assento................................................. 3-10 Folga da corrente de transmissão ....... 6-26 Lâmpada de mínimos, substituição...... 6-37
B Folga das válvulas................................ 6-18 Lâmpada do farol dianteiro,
Bateria .................................................. 6-33 Folga do pedal do travão, ajuste ......... 6-22 substituição ........................................ 6-35
C Folga do punho do acelerador, Lâmpada do sinal de mudança de
Cabos, verificação e lubrificação ......... 6-28 verificação.......................................... 6-18 direção, substituição .......................... 6-38
Carenagens e painéis, remoção e Forquilha dianteira, verificação ............ 6-31 Líquido dos travões, mudança ............. 6-25
instalação ............................................. 6-9 Fusível, substituição............................. 6-34 Localizações das peças ......................... 2-1
Colocação do motor em I Luz de advertência de problema no
funcionamento ..................................... 5-1 Indicadores luminosos e luz de motor .................................................... 3-2
Combustível............................................ 3-8 advertência .......................................... 3-2 M
Conector de diagnóstico ........................ 9-2 Indicador luminoso de máximos............ 3-2 Manutenção e lubrificação, periódica .... 6-4
Consumo de combustível, sugestões Indicador luminoso de mudança de Manutenção, sistema de controlo das
para a redução ..................................... 5-3 direção ................................................. 3-2 emissões .............................................. 6-3
Contador multifuncional ......................... 3-3 Indicador luminoso de ponto morto....... 3-2 Mudança de velocidades ....................... 5-2
Conversores catalíticos ........................ 3-10 Indicador luminoso Eco ......................... 3-2 N
Cor mate, cuidado.................................. 7-1 Informações relativas à segurança ........ 1-1 Nível de líquido dos travões,
Corrente de transmissão, limpeza e Interruptor da buzina.............................. 3-5 verificação .......................................... 6-24
lubrificação......................................... 6-28 Interruptor de arranque .......................... 3-5 Número de identificação do veículo ....... 9-1 10
Cuidados ................................................ 7-1 Interruptor de farol alto/baixo ................ 3-5 Número de série do motor...................... 9-1
D Interruptor de ultrapassagem................. 3-5 Números de identificação....................... 9-1
Descanso central e descanso lateral, Interruptor do sinal de mudança de O
verificação e lubrificação ................... 6-30 direção ................................................. 3-5 Óleo do motor e elemento do filtro de
Descanso lateral ................................... 3-12 Interruptores das luzes dos travões..... 6-23 óleo..................................................... 6-12
Deteção e resolução de problemas ..... 6-42 Interruptores do guiador ........................ 3-5
Direção, verificação.............................. 6-32

10-1
UBT4P0P0.book Page 2 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM

Índice remissivo
P
Pastilhas e sapatas dos travões,
verificação ..........................................6-23
Pedais do travão e de mudança de
velocidades, verificação e
lubrificação .........................................6-29
Pedal de mudança de velocidades ........3-6
Pedal do travão.......................................3-7
Pivôs do braço oscilante,
lubrificação .........................................6-31
Pneus ....................................................6-18
Punho e cabo do acelerador,
verificação e lubrificação....................6-29
R
Registo dos dados, veículo ....................9-2
Roda (dianteira).....................................6-39
Rodagem de amaciamento do motor.....5-3
Rodas....................................................6-20
Roda (traseira).......................................6-40
Rolamentos de roda, verificação ..........6-32
S
Sistema de corte do circuito de
ignição ................................................3-12
T
Tabela de deteção e resolução de
problemas...........................................6-44
10 Tampa do depósito de combustível .......3-7
V
Vela de ignição, verificação ..................6-11
Velocidade de ralenti do motor ............6-17

10-2
UBT4P0P0.book Page 3 Thursday, November 17, 2016 9:08 AM
Manual original

PRINTED IN THE NETHERLANDS


2016.11

DIC183

Você também pode gostar