Você está na página 1de 3

Álgebra II

AP2 - Gabarito

Questão 1: (3,0 pontos) Considere a seguinte função, definida em toda a reta real:

x3 + 2x2 + x + 2
f (x) = .
x4 + 2x2 + 1

(a) (1,0 ponto) Verifique se f possui raiz racional, isto é, se existe x ∈ Q tal que f (x) = 0.

(b) (2,0 pontos) Calcule o mdc entre os polinômios do numerador e denominador e


conclua que f pode ser simplificada.

Solução:
(a) Precisamos verificar se o numerador p(x) = x3 + 2x2 + x + 2 possui raiz racional.
p
Como p(x) ∈ Z[x], sabemos que se α = ∈ Q é raiz de p(x), então devemos ter p | 2 e
q
q | 1. Logo as únicas raı́zes racionais possı́veis para p(x) são 1, −1, 2 e −2. Calculando o
valor de p(x) em cada uma das candidatas à raiz obtemos p(1) = 6, p(−1) = 2, p(2) = 20 e
p(−2) = 0. Dessa forma, conclui-se que x = −2 é a única raiz racional de f .

(b) Vamos utilizar o algoritmo visto no EP8.

1 2
x−2 x+
5 5
x4 + 2x2 + 1 x3 + 2x2 + x + 2 2
5x + 5
5x2 + 5 0

Conclusão: mdc = 5x2 + 5 ou x2 + 1 ou .... Dessa forma, dividindo-se o numerador e o


denominador pelo mdc a função f pode ser reescrita como o quociente de um polinômio de
grau 1 por um polinômio de grau 2.

Questão 2: (2,0 pontos) Determine todos os polinômios de grau 2 que são irredutı́veis em
Z2 [x].

Solução:

1
Os polinômios procurados são da forma

p(x) = x2 + a1 x + a0 ,

onde
 
a1 ∈ 0, 1 e a0 ∈ 0, 1 .

Como os polinômios possuem grau 2, serão irredutı́veis se, e somente se, não possuı́rem raiz
em Z2 . Note que a0 = 1 (caso contrário, x = 0 seria raiz de p(x)) e, portanto,

p(x) = x2 + a1 x + 1.

Vamos analisar os polinômios restantes:

p(x) = x2 + 1 =⇒ p(0) = 1 e p(1) = 0


p(x) = x2 + x + 1 =⇒ p(0) = 1 e p(1) = 1

Conclusão: O único polinômio de grau 2 que não possue raiz e, portanto, é irredutı́vel
sobre Z2 , é
p(x) = x2 + x + 1.

Questão 3: (3,0 pontos) Determine se as afirmações abaixo são verdadeiras ou falsas e


justifique sua resposta.
(a) (1,0 ponto) O polinômio p(x) = x5 + 15x3 + 30x + 150 é redutı́vel em Q [x].

(b) (1,0 ponto) Todo grupo possui um subgrupo abeliano.

(c) (1,0 ponto) Se (G, ·) é um grupo cı́clico de ordem 12, gerado por a, então a3 é um
gerador de (G, ·).

Solução:
(a) Falso
Aplicando Critério de Eisenstein com o primo p = 3, obtemos:

• 3 | 150, 3 | 30, 3 | 15 e 3 | 0

• 3-1

2
• 32 = 9 - 150

e, portanto, p(x) é irredutı́vel em Q [x].

(b) Verdadeiro
Dado qualquer grupo G com elemento neutro e, o conjunto {e} é um subgrupo abeliano
de G.

(c) Falso
Note que G = {e, a, a2 , a3 , a4 , a5 , a6 , a7 , a8 , a9 , a10 , a11 } e que ap é gerador de (G, ·) se, e
somente se, M DC (p, 12) = 1. Logo, a3 não é gerador de (G, ·).

Questão 4: (2,0 pontos) Considere o grupo G = R − {3}, cuja operação ∗ é definida por

(a − 3)(b − 3)
a∗b= + 3.
3

(a) (1,0 pontos) Determine o elemento neutro de G.

(b) (1,0 pontos) Determine o elemento inverso de 4 ∈ G.

Solução:
(a) Seja e o elemento neutro do grupo G. Para todo a ∈ G, temos

(a − 3)(e − 3)
a=a∗e= + 3 ⇔ 3(a − 3) = (a − 3)(e − 3).
3

Como a 6= 3, segue que


3 = e − 3 ⇒ e = 6.

(b) Seja 40 o elemento inverso de 4. Temos que

(4 − 3)(40 − 3)
6 = 4 ∗ 40 = + 3 ⇔ 9 = 40 − 3 ⇔ 40 = 12.
3