Você está na página 1de 28

Transformações do Carbono no Solo

Nossa vida se baseia em Carbono

O solo possui uma quantidade de carbono estocada sob diversas formas


Solo GigTon. de C
Biota 500
Húmus 1500
Combustível fóssil 10.000
Carbono no Solo

A Biomassa microbiana é
considerada como compartimento
central do ciclo do carbono
Carbono no Solo

A Biomassa microbiana é
considerada como compartimento
central do ciclo do carbono
Carbono no Solo
MS
MS

Resíduos
Máquina orgânicos
decompositora
Nitrogênio
Carbono MS
MS

Fósforo MS
Potássio
Cálcio
Magnésio
Ferro
Enxofre
Manganês Microrganismo
Cobre operário
outros

MS

Húmus
Fases da Transformação do Carbono
- Amido
1- Fixação Fotossíntese - Hemicelulose
- Celulose
- Ligninas

- Lixiviação
2- Regeneração Decomposição - Catabolismo
- Fragmentação
Fases da Transformação do Carbono
- Amido
1- Fixação Fotossíntese - Hemicelulose
- Celulose
- Ligninas

Fotossíntese (CO2  C6H12O6)

Carbono

Microrganismos (crescimento e multiplicação)


Fases da Transformação do Carbono
2- Regeneração Decomposição: Quebra química de um
composto em compostos mais simples.
Processos de decomposição:

A- Lixiviação: processo físico que remove os compostos solúveis em água.

B- Catabolismo: reações enzimáticas envolvendo transformações dos


compostos orgânicos em unidades simples.

C- Fragmentação: redução de partículas em pequenos detritos para


colonização e ataque microbiano.

O produto final da
decomposição dos Liberado
resíduos do solo na
CO2 atmosfera

Biomassa Microbiana
Matéria Orgânica do Solo = MOS

Liberado
na
CO2 atmosfera
Matéria Orgânica do Solo = MOS

Liberado
na
CO2 atmosfera
Matéria Orgânica do Solo = MOS

Liberado
na
CO2 atmosfera
Matéria Orgânica do Solo = MOS

Liberado
na
CO2 atmosfera
Matéria Orgânica do Solo = MOS
Matéria Orgânica do Solo = MOS
Matéria Orgânica do Solo = MOS
Matéria Orgânica do Solo = MOS
Matéria Orgânica – Origem e Constituição
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Celulose: 50% da madeira, palha e folhas.


 Polissacarídeo de maior ocorrência
natural:
• Polímero de glicose;
• Insolúvel em água;
• Principal componente dos vegetais;

 Decomposição:
- Celulase: microrganismos celulolíticos;
- Microrganismos aeróbios;
- Solos:
a) Úmidos  fungos
b) Semi-áridos  bactériaS
ATP
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Hemicelulose: 30% do vegetal


Segundo maior componente dos vegetais:
- Poliss. de pentoses, hexoses;
- Ex: Xilanas, mananas e galactanas;

 Decomposição:
• Enzimas:
- Endoxilanases  oligômeros
- Exoxilanases  dissacarídeos
- Glicosidades  monossacarídeos

• Microrganismos:
- Bacillus e Clostridium.
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Pectina:
- Pectinas: importante componente da
lamela média da parede celular;

 Decomposição:
• Microrganismos:
- Bacillus, Erwinia,
- Clostridium, Pseudomonas.
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Lignina: 35% da biomassa vegetal.


 Biopolímero mais abundante na biosfera
(recalcitrância):
- Confere rigidez impermeabilidade e resistência contra
ataques biológicos aos tecidos vegetais;
- Estrutura complexa – sub-unidades aromáticas;

 Decomposição:
- Baixa taxa de degradação  Teor de lignina: relação
inversa com a taxa de decomposição
- Baixa incorporação do C à biomassa microbiana;
• Enzimas:
- Laccases e peroxidases;
• Microrganismos:
- Basidiomicetos e alguns ascomicetos.
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Lignina: 35% da biomassa vegetal.


Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Amido:
- Mistura de polímeros de glicose (amilose e amilopectina);
- Poucos microrganismos aptos à degradação
(actinobactérias).

Amilopectina

Amilose
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos

 Quitina:
- Importante componente do exoesqueleto de artrópodes, da
parede celular de fungos, de algumas algas.
 Degradação:
• Enzimas:
- Quitinase e gliconase.
• Microrganismos:
- Leveduras, bactérias e fungos

 Proteínas:
- Alto teor de N – fácil decomposição;
- Associação com taninos, lignina e argilas
 Degradação:
• Enzimas: Proteases e Queratinolíticos;
• Microrganismos: Fungos e Bactérias.
Degradabilidade dos Constituintes dos Resíduos Orgânicos
Húmus
Húmus
- 70% a 80% transformados em H2O e CO2
- 20% a 30% compostos fenólicos e lignina

- Húmus

Converção de
um elemento
da forma
orgânica para
forma
inorgânica

- Substâncias Húmicas (70%)


1- Humina
2- Ácido Húmico
3- Ácido Fúlvico
- Substâncias não húmicas (30%)

Você também pode gostar