Você está na página 1de 1

Regras antigas Reforma Federal Reforma Estadual Segurado do RGPS

Requisitos: 55 anos + 30 de contribuição (mulheres) e 60 anos + Requisitos: 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens) + 25 anos de Requisitos: 62 anos, se mulher, e 65 anos, se homem,
35 de contribuição (homens); ou 65 anos (homens) e 60 anos contribuição, sendo 10 de serviço público, 5 no cargo da Requisitos: 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens) + 25 com 15 anos de contribuição, se mulher, e 20, se
Aposentadoria Comum
(mulheres), com proventos proporcionais ao tempo de aposentadoria (artigo 10 da Reforma). anos de contribuição, sendo 10 de serviço público, 5 no cargo homem.
contribuição (artigo 126, §1º, CE). da aposentadoria (artigos 1º, III da PEC e 2º, III do PLC).
25 anos de contribuição, se homem e 20, se mulher, e a Mesmas regras da Lei Complementar Federal 142/13, de acordo 10 anos de efetivo exercício de serviçõ público e 5 anos no Mesmas regras da Lei Complementar Federal 142/13,
deficiências for grave; 29 anos, se homem e 24, se mulher, se for com o artigo 22, da Reforma. cargo em que é concedida a aposentadoria, observadas as de acordo com o artigo 22, da Reforma.
deficiências moderada; 33 anos, se homem e 28, se mulher, se for seguinbtes condições: (i) 20 anos de contribuição se mulher e
deficiência leve; ou 60 anos, se homem e 55, se mulher, 25, se homem, para deficiência grave; (ii) 24 anos de
independentemente do tipo de deficiência, e houver contribuído contribuição se mulher e 29, se homem, para deficiência
Aposentadoria de deficientes
por 15 anos (artigo 3º da Lei Complementar Federal n.º 142/13). moderada; (iii) 28 anos anos, se mulher, e 33, se homem,
para deficiência leva; e (iv) 55 anos de idade, se mulher, e 60,
se homem, desde que contribuídos 15 anos (artigo 3º, do
PLC).

Policiais Civis que entraram no serviço antes de 2003, aposentam- 55 anos, com 30 de contribuição e 25 de efetivo exercício de cargo 55 anos de idade, 30 de contribuição, 25 de exercício de Não há.
se pela Lei Complementar Federal n.º 51/85, que garante nessas carreiras (artigo 10, §2º, I da Reforma). cargo policial e 5 no cargo em que se efetivará a
proventos integrais aos policiais homens que tenham contribuído aposentadoria (artigo 4º, do PLC).
por 30 anos e exercido função policial por 20 e às policiais
Aposentadoria de policiais e afins mulheres que tenham contribuído por 25 anos, com 15 de
exercício de cargo policial (artigo 1º, da Lei Complementar
Federal 51/85). Depois de 2003, aplica-se a regra dos 80% do
período contributivo (Lei federal 10.887/04).

Conta apenas o tempo de exposição, não se exigindo idade 60 anos de idade, com 25 de exposição ao risco e de contribuição, 60 anos de idade, com 25 de exposição ao risco e de 55 anos de idade, quando se tratar de atividade de
mínima. Será necessário comprovar 25, 20 ou 15 anos de 10 anos de serviço público, com 5 na carreira (artigo 10, §2º, II da contribuição, 10 anos de serviço público, com 5 na carreira risco que exige 15 anos de contribuição; 58 anos,
exposição ao fator de risco, a depender do seu grau de nocividade Reforma). (artigo 5º, do PLC). quando a atividade exigir 20 anos de contribuição; ou
Aposentadoria profissões de risco
(artigo 57, da Lei Federal 8.213/91). 60 anos de idade, quando a atividade exigir 25 anos de
contribuição (artigo 19, §1º, I da Reforma)

55 anos de idade e 30 de contribuição, se homem e 50 anos de 60 anos de idade, se homem, e 57, se mulher, com 25 anos de 60 anos de idade, se homem, e 57, se mulher, com 25 anos de 25 anos de contribuição na Educação básica e tenha 57
idade e 25 de contribuição, se mulher (artigo 126, § 5º da CE). contribuição em exercício de cargos de magistério na educação contribuição em exercício de cargos de magistério na anos, se mulher, e 60 anos, se homem (artigo 19, §1º, II
Aposentadoria professores
básica, mais 10 anos de serviço público, com 5 na carreira (artigo educação básica, mais 10 anos de serviço público, com 5 na da Reforma).
10, §3º da Reforma). carreira (artigo 6º, do PLC).
Será de 14%, variável, em função da base da contribuição. Alíquota 14%, sempre (artigos 28 a 31 do PLC). Até um salário, será de 7,5%; de um salário até 2000
varia de 7,5% até 22% (art. 11 da Reforma). reais, será de 9%; de 2000,01 até 3000 reais, será de
Alíquotas 12%; e de 3000,01 até o limite do salário de
11%, para todos os servidores, em todas as classes (art. 8, da Lei contribuição, será de 14% (artigo 28, da Reforma).
1012/07).
Média simples das maiores remunerações, correspondentes a Média aritmética simples dos salários adotados como base para as Média simples das remunerações adotadas como base para Média aritmética simples dos salários adotados como
80% do período contributivo (artigo 1º, da Lei Federal 10.887/04). contribuições, correspondentes a 100% do período contributivo. as contribuições, correspondentes a 100% do período base para as contribuições, correspondentes a 100% do
Sobre esse valor, a aposentadoria é calculada em 60%, contributivo, podendo se excluir as pardelas que impliquem período contributivo. Sobre esse valor, a aposentadoria
Cálculo dos proventos (para aposentadoria aumentando-se 2% para cada ano que exceda 20 anos de diminuição do benefício, desde que mantido o tempo mínimo é calculada em 60%, aumentando-se 2% para cada ano
comum) contribuição (artigo 26, §2º da Reforma). de contribuição. A aposentadoria é estabelecida em 60% que exceda 20 anos de contribuição (artigo 26, §2º da
desse valor, com acréscimo de 2% para cada ano, que Reforma).
exceder 20 anos de contribuição (artigo 7º, caput e § 4º do
PLC).
Transferência para reserva a pedido ocorre com 30 anos de
Policiais Militares serviço, sendo 20 em atividade estritamente policial (artigo 17 do
Decreto-Lei 260/70).