Você está na página 1de 4

ANO 44 | C | BRANCO LT.

1 | Nº 62 | 24/11/2019

SOLENIDADE DE NOSSO do Espírito Santo estejam convosco. 4 GLÓRIA


SENHOR JESUS CRISTO, T. Bendito seja Deus que nos reu-
niu no amor de Cristo. Glória a Deus nas alturas, / e paz
REI DO UNIVERSO na terra aos homens por Ele ama-
P. (ou Anim.) Irmãos e irmãs, hoje dos. / Senhor Deus, Rei dos céus,
celebramos o último Domingo do Deus Pai todo-poderoso. / nós vos
litúrgico. Ao longo de todo o ano louvamos, nós vos bendizemos, /
liturgico, inicado no primeiro do- nós vos adoramos, nós vos glorifi-
mingo do Advento passado, con-
templamos o Cristo que se fez ho- camos, / nós vos damos graças por
mem por nós, por nós anunciou e vossa imensa glória. / Senhor Jesus
tornou presente o Reino do Pai e, Cristo, Filho Unigênito, / Senhor
para nos dar esse Reino de modo Deus, Cordeiro de Deus, Filho de
definitivo, por nós entregou-se na Deus Pai. / Vós que tirais o pecado
cruz, morreu e ressuscitou, dan- do mundo, tende piedade de nós. /
do-nos de modo definitivo o seu Vós que tirais o pecado do mundo,
Espírito Santo. Hoje, depois de acolhei a nossa súplica. / Vós que
termos contemplado todo este estais à direita do Pai, tende pieda-
mistério, chegamos ao fim e pro- de de nós. / Só vós sois o Santo, só
clamamos o Senhor Jesus como vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo,
Rei do Universo. No Brasil, inicia- Jesus Cristo, / com o Espírito Santo,
mos a Campanha para a Evan-
gelização e acolhemos, de modo na glória de Deus Pai. Amém.
particular, os leigos e leigas que,
assumindo seu Batismo, colabo- 5 ORAÇÃO
ABERTURA DA CAMPANHA ram por vocação com a missão da
NACIONAL PARA A EVANGELIZAÇÃO Igreja. P. Oremos: (silêncio) Deus eterno
DIA DO LEIGO e todo-poderoso, que dispusestes
3 ATO PENITENCIAL restaurar todas as coisas no vosso
RITOS INICIAIS amado Filho, Rei do universo, fa-
P. Em Jesus Cristo, Rei do Universo, zei que todas as criaturas, libertas
1 CANTO DE ABERTURA que intercede por nós e nos recon- da escravidão e servindo à vossa
Tu és o rei dos reis / O Deus dos céus cilia com o Pai, abramos o nosso majestade, vos glorifiquem eterna-
deu-te reino, força e glória. / E en- espírito ao arrependimento para mente. Por N.S.J.C.
tregou em tuas mãos / a nossa his- sermos menos indignos de aproxi- T. Amém.
mar-nos da mesa da Palavra e da
tória. / Tu és rei e o amor é a tua lei. Eucaristia.
1. Sou o primeiro e o derradeiro / LITURGIA DA PALAVRA
fui ungido pelo amor. / Vós sois meu (Silêncio)
Anim. O Senhor, nosso Rei-Pastor,
povo / eu, o vosso rei, e Senhor re- P. Senhor, que viestes salvar os co- nos oferece sua Palavra, alimento
dentor. rações arrependidos, tende pieda- de nossa jornada e luz que ilumina
2. Vos levarei às grandes fontes / de de nós. nosso caminho de salvação. Aco-
dor e fome não tereis. / Vós sois T. Senhor, tende piedade de nós. lhamos em nossos corações o que
meu povo eu, vosso rei. / Junto a P. Cristo, que viestes chamar os pe- iremos ouvir.
mim vivereis. cadores, tende piedade de nós.
T. Cristo, tende piedade de nós. 6 PRIMEIRA LEITURA (2Sm 5, 1-3)

2 SAUDAÇÃO P. Senhor, que intercedeis por nós Leitura do Segundo Livro de Sa-
junto do Pai, tende piedade de nós. muel. Naqueles dias, 1todas as tri-
P. Em nome do Pai e do Filho e do T. Senhor, tende piedade de nós. bos de Israel vieram encontrar-se
Espírito Santo. P. Deus todo-poderoso, tenha com- com Davi em Hebron e disseram-
T. Amém. paixão de nós, perdoe os nossos pe- -lhe: “Aqui estamos. Somos teus
P. A graça de nosso Senhor Jesus cados e nos conduza à vida eterna. ossos e tua carne. 2Tempo atrás,
Cristo, o amor do Pai e a comunhão T. Amém. quando Saul era nosso rei, eras tu
1
que dirigias os negócios de Israel. E 10 EVANGELHO do: / ele que falou pelos profetas. /
o Senhor te disse: ‘Tu apascentarás (Lc23,35-43) Creio na Igreja, /una, santa, católica
o meu povo Israel e serás o seu che- P. O Senhor esteja convosco. e apostólica. / Professo um só ba-
fe’”. 3Vieram, pois, todos os anciãos T. Ele está no meio de nós. tismo / para remissão dos pecados.
de Israel até o rei em Hebron. O rei P. Proclamação do Evangelho de Je- / E espero a ressurreição dos mor-
Davi fez com eles uma aliança em sus Cristo segundo Lucas. tos / e a vida do mundo que há de
Hebron, na presença do Senhor, e vir. Amém.
eles o ungiram rei de Israel. - Pala- T. Glória a vós, Senhor.
vra do Senhor. P. Naquele tempo, 35os chefes zom-
T. Graças a Deus. bavam de Jesus dizendo: “A outros 13 ORAÇÃO DOS FIÉIS
ele salvou. Salve-se a si mesmo,
se, de fato, é o Cristo de Deus, o P. A Cristo, Rei do Universo e Senhor
7 SALMO 121(122) Escolhido!”36Os soldados também de nossa história, elevemos nossos
caçoavam dele; aproximavam-se, pedidos, suplicando:
Quanta alegria e felicidade: vamos ofereciam-lhe vinagre, 37e diziam: T. Venha a nós o vosso Reino, Se-
à casa do Senhor! “Se és o rei dos judeus, salva-te a nhor!
1. Que alegria, quando ouvi que me ti mesmo!”38Acima dele havia um 1. Cristo, Rei do Universo, que vies-
disseram: / “Vamos à casa do Se- letreiro: “Este é o Rei dos Judeus”. tes ao mundo para dar testemunho
nhor!” / E agora nossos pés, já, se 39
Um dos malfeitores crucificados da verdade; sustentai a fé e a cora-
detêm, / Jerusalém, em tuas portas. o insultava, dizendo: “Tu não és o gem de todos os leigos e leigas que,
2. Para lá sobem as tribos de Israel, Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós!” pelo Batismo, se colocam a serviço
/ as tribos do Senhor. / Para louvar, 40
Mas o outro o repreendeu, dizen- do vosso Reino.
segundo a lei de Israel, / o nome do do: “Nem sequer temes a Deus, tu 2. Cristo, vós que sois a testemunha
Senhor. A sede da justiça lá está / e que sofres a mesma condenação? fiel, concedei à Igreja em São Paulo,
o trono de Davi. 41
Para nós, é justo, porque estamos a graça de realizar seu caminho si-
recebendo o que merecemos; mas nodal tendo como meta o anúncio e
8 SEGUNDA LEITURA(Cl 1, 12-20) ele não fez nada de mal”. 42E acres- o testemunho de vosso Reino.
centou: “Jesus, lembra-te de mim, 3. Cristo, nosso Pastor, guiai em
Leitura da Carta de São Paulo aos quando entrares no teu reinado”. vossos caminhos de paz os refu-
Colossenses. Irmãos, 12com ale- 43
Jesus lhe respondeu: “Em verdade giados do mundo inteiro, para que
gria dai graças ao Pai, que vos tor- eu te digo: ainda hoje estarás comi-
nou capazes de participar da luz, encontrem acolhida quando dela
go no Paraíso”.- Palavra da Salvação. precisarem.
que é a herança dos santos. 13Ele T. Glória a vós, Senhor.
nos libertou do poder das trevas e 4. Cristo, a vossa Igreja no Brasil
nos recebeu no reino de seu Filho inicia hoje a Campanha em prol da
amado, 14por quem temos a reden- 11 HOMILIA evangelização; concedei-nos um
ção, o perdão dos pecados. 15Ele é coração solidário e generoso, aten-
a imagem do Deus invisível, o pri- 12 PROFISSÃO DE FÉ to às necessidades da Igreja.
mogênito de toda a criação, 16pois (Outras preces da comunidade)
por causa dele foram criadas todas Creio em um só Deus, Pai todo-po-
as coisas no céu e na terra, as visí- deroso, / Criador do céu e da terra; P. Concluamos nossas preces rezan-
veis e as invisíveis, tronos e domi- de todas as coisas visíveis e invisí- do a oração da Campanha para a
nações, soberanias e poderes. Tudo veis. / Creio em um só Senhor, Jesus Evangelização:
foi criado por meio dele e para ele. Cristo, / Filho Unigênito de Deus, T. Deus de amor e de ternura, /
17
Ele existe antes de todas as coisas / nascido do Pai antes de todos com carinho, criastes o ser o hu-
e todas têm nele a sua consistência. os séculos: / Deus de Deus, / luz mano / e lhe destes a missão de
18
Ele é a Cabeça do corpo, isto é, da da luz, / Deus verdadeiro de Deus cuidar de toda criação. / Na feliz
Igreja. Ele é o Princípio, o Primo- verdadeiro, / gerado, não criado, / espera do nascimento de Jesus, /
gênito dentre os mortos; de sorte consubstancial ao Pai. / Por Ele to- pedimos a graça de crescer no cui-
que em tudo ele tem a primazia, das as coisas foram feitas. / E por dado para com o próximo, nosso
19
porque Deus quis habitar nele nós, homens, e para nossa salva- irmão. / Conduzidos pela força do
com toda a sua plenitude 20e por ção, / desceu dos céus: /e se encar- Espírito Santo, / renovai em nos-
ele reconciliar consigo todos os se- nou pelo Espírito Santo, / no seio sos corações o compromisso com
res, os que estão na terra e no céu, da virgem Maria, / e se fez homem. / o anúncio do Evangelho a fim de
realizando a paz pelo sangue da sua / Também por nós foi crucificado / que / a obra evangelizadora seja
cruz.- Palavra do Senhor. sob Pôncio Pilatos; / padeceu e foi levada adiante, / comprometida
T. Graças a Deus. sepultado. / Ressuscitou ao tercei- no cuidado com os pobres, / zelosa
ro dia, / conforme as Escrituras, / e pela celebração dos mistérios da
9 ACLAMAÇÃO subiu aos céus, / onde está sentado fé, / edificando comunidades mis-
(Mc 11,9.10)
à direita do Pai. / E de novo há de sionárias, evangelizadoras, / casas
Aleluia, aleluia, aleluia! (bis) vir, em sua glória, / para julgar os do cuidado e da partilha. / Maria,
É bendito Aquele que vem vindo, vivos e os mortos; / e o seu reino Mãe que cuidou do Menino Jesus,
que vem vindo em nome do Se- não terá fim. / Creio no Espírito / intercedei a Deus por nós, a fim
nhor! / E o Reino que vem, seja Santo, / Senhor que dá a vida, / e de que sejamos / cada vez mais
bendito, ao que vem e a seu Reino, procede do Pai e do Filho; / e com generosos e corresponsáveis / na
o louvor! o Pai e o Filho é adorado e glorifica- missão de evangelizar. / Amém!
2
-lhe paz e proteção, unindo-a num GUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA,
só corpo e governando-a por toda QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS
14 APRESENTAÇÃO DAS a terra. Nós as oferecemos também E POR TODOS, PARA REMISSÃO
OFERENDAS pelo vosso servo o Papa Francisco, DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM ME-
por nosso Bispo Odilo e por todos MÓRIA DE MIM.
1. Bendito sejais, Senhor, pelos os que guardam a fé que receberam Eis o mistério da fé!
dons que apresentamos. Bendito dos apóstolos.
pelo pão, / bendito pelo vinho, / T. Salvador do mundo, salvai-nos,
T. Conservai a vossa Igreja sempre vós que nos libertastes pela cruz e
bendito sejais, também, / pela graça unida.
no caminho! ressurreição.
1C. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos CC. Celebrando, pois, a memória da
2. Bendito sejais, Senhor, / pelos filhos e filhas..., e de todos os que
dons que apresentamos. Bendito paixão do vosso Filho, da sua res-
circundam este altar, dos quais co- surreição dentre os mortos e glorio-
pela fé, / bendito pela Igreja, / ben- nheceis a fidelidade e a dedicação
dito sejais, também, / pela força na sa ascensão aos céus, nós, vossos
em vos servir. Eles vos oferecem co- servos, e também vosso povo san-
peleja! nosco este sacrifício de louvor por to, vos oferecemos, ó Pai, dentre
3. Bendito sejais, Senhor, / pelos si e por todos os seus, e elevam a os bens que nos destes, o sacrifício
dons que apresentamos. Bendi- vós as suas preces para alcançar o
to pelo amor, / bendito pela vida, perfeito e santo, pão da vida eterna
perdão de suas faltas, a segurança e cálice da salvação.
/ bendito sejais, também, / pelas em suas vidas e a salvação que es-
nossas mãos unidas! T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
peram. Recebei, ó Pai, esta oferenda, como
T. Lembrai-vos, ó Pai, de vossos fi- recebestes a oferta de Abel, o sacri-
15 ORAÇÃO SOBRE AS lhos! fício de Abraão e dos dons de Mel-
OFERENDAS 2C. Em comunhão com toda a Igre- quisedec. Nós vos suplicamos que
P. Oferecendo-vos estes dons que ja, veneramos a sempre Virgem ela seja levada à vossa presença,
nos reconciliam convosco, nós vos Maria, Mãe de nosso Deus e Senhor para que, ao participarmos deste al-
pedimos, ó Deus, que o vosso pró- Jesus Cristo; e também São José, tar, recebendo o Corpo e o Sangue
prio Filho conceda paz e união a esposo de Maria, * os santos Após- de vosso Filho, sejamos repletos de
todos os povos. Por Cristo, nosso tolos é Mártires: Pedro e Paulo, An- todas as graças e bênçãos do céu.
Senhor. dré, (Tiago e João, Tomé, Tiago e Fi- T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!
T. Amém. lipe, Bartolomeu e Mateus, Simão e
Tadei, Lindo, Cleto, Clemente, Sisto, C3. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos
Cornélio e Cipriado, Lourenço e Cri- filhos e filhas N. e N. que partiram
16 ORAÇÃO EUCARÍSTICA I sógono, João e Paulo, Cosme e Da- desta vida, marcados com o sinal da
(Prefácio, MR 384)
mião), e todos os vossos Santos. Por fé. A eles, e a todos os que adorme-
P. Na verdade, é justo e necessário, seus méritos e preces concedei-nos ceram no Cristo, concedei a felicida-
é nosso dever e salvação dar-vos sem cessar a vossa proteção. de, a luz e a paz.
graças, sempre e em todo lugar, Se- T. Em comunhão com toda a Igreja T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos
nhor, Pai santo, Deus eterno e todo- aqui estamos! filhos!
-poderoso. Com óleo de exultação, C4. E a todos nós pecadores, que
consagrastes sacerdote eterno e CP. Recebei, ó Pai, com bondade,
a oferenda dos vossos servos e de confiamos na vossa imensa mise-
rei do universo vosso Filho único, ricórdia, concedei, não por nossos
Jesus Cristo, Senhor nosso. Ele, ofe- toda a vossa família; dai-nos sem-
pre a vossa paz, livrai-nos da conde- méritos, mas por vossa bondade, o
recendo-se na Cruz, vítima pura e convívio dos Apóstolos e Mártires:
pacífica, realizou a redenção da hu- nação e acolhei-nos entre os vosso
eleitos. João Batista e Estevão, Matias e
manidade. Submetendo ao seu po- Barnabé ... e todos os vossos san-
der toda criatura, entregará à vossa CC. Dignai-vos, ó Pai, aceitar e san- tos. Por Cristo, Senhor nosso.
infinita majestade um reino eterno tificar estas oferendas, a fim de que
se tornem para nós o Corpo e o T. Concedei-nos o convívio dos
e universal: reino da verdade e da eleitos!
vida, reino da santidade e da graça, Sangue de Jesus Cristo vosso Filho
reino da justiça, do amor e da paz. e Senhor Nosso. Por ele não cessais de criar e santi-
Por essa razão, hoje e sempre, nós T. Santificai nossa oferenda, ó Se- ficar estes bens e distribuí-los entre
nos unimos aos anjos e arcanjos, nhor! nós.
aos querubins e serafins, e a toda a Na noite em que ia ser entregue, CP ou CC. Por Cristo, com Cristo, em
milícia celeste, cantando (dizendo) ele tomou o pão em suas mãos, ele- Cristo, a vós, Deus Pai todo-pode-
a uma só voz: vou os olhos a vós, ó Pai, deu graças roso, na unidade do Espírito Santo,
T. Santo, Santo, Santo... e o partiu e deu a seus discípulos, toda a honra e toda a glória, agora
dizendo: e para sempre.
CP. Pai de misericórdia, a quem so-
bem nossos louvores, nós vos pedi- TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O T. Amém.
mos, por Jesus Cristo, vosso Filho e MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE
Senhor nosso, que abençoeis estas POR VÓS. 17 RITO DA COMUNHÃO
oferendas apresentadas ao vosso Do mesmo modo, ao fim da ceia,
altar. ele tomou o cálice em suas mãos, 17 CANTO DE COMUNHÃO
18
T. Abençoai nossa oferenda, ó Se- deu graças novamente, e o deu a (Mt 28,18 e Sl 71)

nhor! seus discípulos, dizendo: Todo o poder foi-me dado no céu e


CP. Nós as oferecemos pela vossa TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O na terra, afirmou o Senhor.
Igreja santa e católica: concedei- CÁLICE DO MEU SANGUE, O SAN- 1. Dai ao Rei vossos poderes, Se-
3
nhor Deus, vossa justiça ao descen- 21 CANTO FINAL 2. Reino de amor e de graça! \ Rei-
dente da realeza! Com justiça ele (CO 452) no que habita em nós teus filhos! \
governe o vosso povo, com equida- (Refrão só no início e no fim) Teu Reino...
de ele julgue os vossos pobres. Anunciaremos teu Reino Senhor! \ 3. Reino que sofre violência! \ Rei-
2. Este Rei defenderá os que são po- Teu Reino, Senhor! Teu Reino! no que não é deste mundo! \ Teu
bres, os filhos dos humildes salvará, 1. Reino de paz e de justiça! \ Reino Reino...
Tanto tempo quanto o sol há de vi- de vida e verdade! \ Teu Reino, Se- 4. Reino que já começou! \ Reino
ver, quanto a lua através das gera- nhor! \ Teu Reino... que não terá fim! \ Teu Reino...
ções!
3. Virá do alto, como o orvalho so-
bre a relva, como a chuva que irriga
DISCÍPULOS DE CRISTO REI
toda a terra. Nos seus dias a justiça O título de “Cristo Rei”, celebrado anunciado e acolhido por todos.
florirá e grande paz, até que a lua neste último Domingo do ano li- O reino de Deus é o maior bem
perca o brilho! túrgico, nos lembra muitas coisas. para os homens e para o mundo.
4. Terá pena do indigente e do in- No Evangelho, Jesus foi chamado Quando ele é aceito, os homens
feliz, e a vida dos humildes salvará. “rei dos judeus”, mas não aceitou vivem em paz, respeito, justiça e
Há de livrá-los da violência e opres- ser rei à maneira dos outros reis. caridade neste mundo. Desapa-
são, pois vale muito o sangue deles Diante de Pilatos, afirmou que é
rei, mas que seu reino não é des- recem os males que oprimem as
a seus olhos! pessoas e tiram a beleza e a vida
te mundo.
do mundo e da convivência hu-
19 ORAÇÃO APÓS A Jesus mesmo falou numerosas mana. Os males não pertencem
COMUNHÃO vezes que veio ao mundo para
ao reino de Cristo.
P. Oremos: (silêncio) Alimentados anunciar o reino de Deus aos
homens e convidar todos a to- De fato, no mundo há muitos si-
pelo pão da imortalidade, nós vos
marem parte nesse reino, maior nais de que um outro reino, que
pedimos, ó Deus, que, glorian- bem que o homem pode desejar.
do-nos de obedecer na terra aos não é o de Cristo, também quer
Comparou o reino de Deus com imperar. Jesus passou a vida fa-
mandamentos de Cristo, Rei do muitas coisas: com a semente
Universo, possamos viver com ele zendo o bem e lutando contra os
lançada em vários tipos de ter- males que oprimiam as pessoas.
eternamente no Reino dos céus. reno e que produz frutos na pro-
Por Cristo, nosso Senhor. porção da qualidade do terreno; Em uma palavra, lutou para que
T. Amém. ou com uma rede lançada ao mar, fosse vencido o reino do Maligno
que recolhe toda sorte de peixes; e para que triunfasse o reino de
RITOS FINAIS ou com um banquete ao qual to- Deus. Sua própria ressurreição é
dos são convidados, mas nem to- sinal de que o reino da maldade
20 BÊNÇÃO FINAL (TC 1)
dos aceitam o convite... não terá a última palavra, mas
O título de Cristo Rei lembra que sim, o reino de Deus.
P. O Senhor esteja convosco.
Jesus Cristo está no começo, no Como discípulos de Cristo e cida-
T. Ele está no meio de nós. meio e no final da história do
P. Deus vos abençoe e vos guarde. dãos do seu reino, somos chama-
mundo e de nossa salvação; que dos hoje mais uma vez a nos em-
T. Amém. Ele é o Salvador de todos, o Me- penhar na luta contra tudo o que
P. Ele vos mostre sua face e se com- diador entre os homens e Deus,
o Juiz a quem todos devem pres- se opõe ao reino de Deus. E pode-
padeça de vós.
tar contas da própria vida, Aquele mos fazer isso de muitas manei-
T. Amém. ras. Especialmente os leigos, cujo
P. Volva para vós o seu olhar e vos que, finalmente, abre as portas
do paraíso e da vida eterna a dia comemoramos hoje, são dis-
dê a sua paz.
quem nele crê. cípulos e testemunhas do reino
T. Amém. de Cristo e de Deus no meio do
P. Abençoe-vos Deus todo-podero- Mas a festa de hoje também lem-
bra que somos todos discípulos mundo. Que o Espírito de Deus
so, Pai e Filho † e Espírito Santo. conceda a todos a alegria e a co-
T. Amém. do reino de Cristo e de Deus e,
portanto, somos seus missioná- ragem da fé cristã para que cada
P. Ide em paz, e o Senhor vos acom- rios e colaboradores para que o um viva sua vocação conforme o
panhe. reino de Deus seja conhecido, dom recebido.
T. Graças a Deus.
Cardeal Odilo P. Scherer
Arcebispo de São Paulo
POVO DE DEUS EM SÃO PAULO
- SEMANÁRIO LITÚRGICO -
Publicação da Mitra Arquidiocesana de São Paulo
Av. Higienópolis, 890 - São Paulo - SP - 01238-000
TEL: 3660-3700
Redator: Pe. Luiz Eduardo Pinheiro Baronto | Administra-
ção: Maria das Graças (Cássia) | Assinaturas: Ariane r.3724
| Diagramação: Fábio Lopes | Ilustração de cabeçalho:
Cláudio Pastro | Ilustrador: Guto Godoy | povodedeus@
arquidiocesedesaopaulo.org.br | Site: www.arquisp.org.
br | Impressão: Paulus Gráfica - 90.000 por celebração

4 Atenção! As partituras dos cantos estão disponíveis em nosso portal: www.arquisp.org.br/liturgia/folheto-povo-de-deus