Você está na página 1de 14

QUESTÃO 01

A palavra “biotecnologia” surgiu no século XX, quando o cientista Hebert Boyer introduziu a
informação responsável pela fabricação da insulina humana em uma bactéria, para que ela
passasse a produzir a substância.

As bactérias modificadas por Herbert Boyer passaram a produzir insulina humana porque
receberam:

A) A sequência de DNA codificante de insulina humana.

B) A proteína sintetizada por células humanas.

C) Um RNA recombinante de insulina humana.

D) O RNA mensageiro de insulina humana.

E) Um cromossomo da espécie humana.

QUESTÃO 02

Durante muito tempo, os cientistas acreditaram que variações anatômicas entre os animais
fossem consequência de diferenças significativas entre seus genomas. Porém, os projetos de
sequenciamento de genoma revelaram o contrário. Hoje, sabe-se que 99% do genoma de um
camundongo é igual ao do homem, apesar das notáveis diferenças entre eles. Sabe-se
também que os genes ocupam apenas cerca de 1,5% do DNA e que menos de 10% dos genes
codificam proteínas que atuam na construção e na definição das formas do corpo. O restante,
possivelmente, constitui DNA não-codificante. Como explicar, então, as diferenças fenotípicas
entre as diversas espécies animais? A resposta pode estar na região não-codificante do DNA.

A região não-codificante do DNA pode ser responsável pelas diferenças marcantes no fenótipo
porque contém:

(A) as sequências de DNA que codificam proteínas responsáveis pela definição das formas do
corpo.

B) uma enzima que sintetiza proteínas a partir da sequência de aminoácidos que formam o
gene.

C) centenas de aminoácidos que compõem a maioria de nossas proteínas.

D) informações que, apesar de não serem traduzidas em sequências de proteínas, interferem


no fenótipo.

E) os genes associados à formação de estruturas similares às de outras espécies.

QUESTÃO 03

Em 1950, Erwin Chargaff e colaboradores estudavam a composição química do DNA e


observaram que a quantidade de adenina (A) é igual à de timina (T), e a quantidade de guanina
(G) é igual à de citosina (C) na grande maioria das duplas fitas de DNA. Em outras palavras,
esses cientistas descobriram que o total de purinas (A + G) e o total de pirimidinas (C + T) eram
iguais. Um professor trabalhou esses conceitos em sala de aula e apresentou como exemplo
uma fita simples de DNA com 20 adeninas, 25 timinas, 30 guaninas e 25 citosinas.

Qual a quantidade de cada um dos nucleotídeos, quando considerada a dupla fita de DNA
formada pela fita simples exemplificada pelo professor?

(A) Adenina: 20; Timina: 25; Guanina: 25; Citosina: 30.

B) Adenina: 25; Timina: 20; Guanina: 45; Citosina: 45.

C) Adenina: 45; Timina: 45; Guanina: 55; Citosina: 55.

D) Adenina: 50; Timina: 50; Guanina: 50; Citosina: 50.

E) Adenina: 55; Timina: 55; Guanina: 45; Citosina: 45

QUESTÃO 04

Em um experimento, preparou-se um conjunto de plantas por técnica de clonagem a partir de


uma planta original que apresentava folhas verdes. Esse conjunto foi dividido em dois grupos,
que foram tratados de maneira idêntica, com exceção das condições de iluminação, sendo um
grupo exposto a ciclos de iluminação solar natural e outro mantido no escuro. Após alguns
dias, observou-se que o grupo exposto à luz apresentava folhas verdes como a planta original
e o grupo cultivado no escuro apresentava folhas amareladas.

Ao final do experimento, os dois grupos de plantas apresentaram:

A) os genótipos e os fenótipos idênticos.

B) os genótipos idênticos e os fenótipos diferentes.

C) diferenças nos genótipos e fenótipos.

D) o mesmo fenótipo e apenas dois genótipos diferentes.

E) o mesmo fenótipo e grande variedade de genótipos.

QUESTÃO 05

Leia atentamente a afirmação abaixo, sobre produtos transgênicos:

Alimentos transgênicos são alimentos geneticamente modificados com alteração do código


genético.

A afirmação é:

A) correta, pois os organismos transgênicos possuem o código genético alterado para serem
mais produtivos.

B) correta, pois a alteração do código genético faz com que os organismos sintetizem novas
proteínas.

C) correta, e por isso só são criados em laboratórios especializados que possuem tecnologia
para modificar o código genético

D) incorreta, pois tanto organismos transgênicos como não transgênicos possuem o mesmo
código genético.

E) incorreta, pois o código genético dos organismos transgênicos é alterado apenas em


algumas partes do genoma.
QUESTÃO 06

Há 150 anos, Darwin publicou o livro A origem das espécies, no qual apresentou sua
concepção sobre a evolução dos seres vivos.

De acordo com a teoria proposta por Darwin, é correto afirmar:

A) As alterações sofridas no organismo, ao longo da vida, são transmitidas aos descendentes.

B) A recombinação gênica é o mecanismo que garante a variedade entre os indivíduos, a cada


geração.

C) Os indivíduos melhor adaptados a novas condições têm maiores chances de sobrevivência.

D) O fenômeno das mutações garante variações vantajosas de estrutura, de hábito e de


instinto.

QUESTÃO 07

Apesar de bastante criticadas na época em que foram postuladas, as idéias propostas por
Charles Darwin sobre o processo evolutivo dos seres vivos são hoje amplamente aceitas, uma
vez que outras evidências colhidas empiricamente corroboram a Teoria da Evolução. Assinale
a alternativa que NÃO expressa uma evidência dessa teoria.

A) O estudo dos fósseis ao longo dos tempos geológicos mostra um aumento da complexidade
das formas de seres vivos.

B) As características apresentadas por sucessivas gerações, dentro de uma espécie, são


herdadas das gerações antecessoras.

C) Algumas estruturas corporais desenvolvem-se quando muito utilizadas ou atrofiam-se


quando não utilizadas, como por exemplo a musculatura dos animais.

D) Quando se estudam os genomas, observa-se uma grande semelhança entre espécies muito
próximas, como o homem e o chimpanzé.

E) O funcionamento bioquímico das células de todos os organismos é semelhante, sugerindo


que todos tiveram um ancestral comum.

QUESTÃO 08

Por conta de um incêndio, uma floresta teve sua vegetação totalmente destruída. Ao longo do
tempo, foram observadas alterações no número e na diversidade de espécies vegetais no
local, conforme ilustra a imagem.
(A) eutrofização

B) amensalismo

C) magnificação trófica

D) sucessão ecológica

QUESTÃO 09

A limitada disponibilidade de nitrogênio como nutriente faz com que este elemento tenha um
importante papel nos processos de crescimento e reprodução de organismos. Apesar da
atmosfera da Terra ser composta por cerca de 75% de gás nitrogênio, este nitrogênio não está
disponível para a maioria das espécies vivas, pois o gás N2 é muito pouco reativo. A fixação do
nitrogênio gasoso pode ocorrer naturalmente através de fenômenos atmosféricos ionizantes,
resultantes de radiação cósmica e queda de meteoros e raios, que proporcionam
instantaneamente a alta energia necessária para que o nitrogênio reaja com o oxigênio e o
hidrogênio atmosférico (Eclet. Quím.; 2012). A principal rota de fixação natural ocorre através
de processos microbiológicos que envolvem,

A) Absorção de água pelas raízes das plantas.

B) Passagem de átomos de oxigênio de compostos inorgânicos do ambiente.

C) Envolve CO2 atmosférico utilizado no processo de fotossíntese, por fungos

D) Bactérias associadas com plantas leguminosas.

E) Existência de apenas um composto de fósforo, o ion fosfato.

QUESTÃO 10

Analise a figura abaixo e assinale a alternativa CORRETA:


A) A estrutura do combustível representa um carboidrato de cadeia aberta e heterogênea.

B) O gás liberado na combustão é de grande importância para as plantas e o seu excesso


pode contribuir para o aquecimento global e para a formação da chuva ácida.

C) A substância química (dióxido de titânio) presente nos protetores solares funciona como
uma base que, a partir de uma reação química, neutraliza os raios solares.

D) A gasolina é considerada um combustível fóssil e renovável de grande importância para os


dias atuais, embora sua combustão completa seja prejudicial para os seres vivos.

E) O principal componente presente no tanque de gasolina, ao sofrer combustão total, além de


liberar energia, produz o gás oxigênio, que é de extrema importância para a respiração celular
dos seres aeróbicos.

QUESTÃO 11

O resultado de um teste de DNA para identificar o filho de um casal, entre cinco jovens, está
representado na figura. As barras escuras correspondem aos genes compartilhados.

Qual dos jovens é filho do casal?

A) I

B) II

C) III
D) IV

E) V

QUESTÃO 12

A distrofia muscular Duchenne (DMD) é uma doença causada por uma mutação em um gene
localizado no cromossomo X. Pesquisadores estudaram uma família na qual gêmeas
monozigóticas eram portadoras de um alelo mutante recessivo para esse gene
(heterozigóticas). O interessante é que uma das gêmeas apesentava o fenótipo relacionado ao
alelo mutante, isto é, DMD, enquanto a sua irmã apresentava fenótipo normal.

A diferença na manifestação da DMD entre as gêmeas pode ser explicada pela:

A) dominância incompleta do alelo mutante em relação ao alelo normal.

B) falha na separação dos cromossomos X no momento da separação dos dois embriões.

C) recombinação cromossômica em uma divisão celular embrionária anterior à separação dos


dois embriões.

D) inativação aleatória de um dos cromossomos X em fase posterior à divisão que resulta nos
dois embriões.

E) origem paterna do cromossomo portador do alelo mutante em uma das gêmeas e origem
materna na outra.

EXPLICAÇÃO: NAS CÉLULAS DOS TECIDOS DAS MULHERES, UM CROMOSSOMO X


PERMANESSE ATIVO E O OUTRO INATIVO. SENDO AS GÊMEAS HETEROZIGÓTICAS, NA
IRMÃ DE FENÓTIPO SAUDÁVEL O CROMOSSOMO X ATIVO É O DE ALELO NORMAL,
ENQUANTO NA FENÓTIPO ALTERADO PERMANECEU ATIVO O CROMOSSO X DE ALELO
MUTANTE.

QUESTÃO 13

O deserto é um bioma que se localiza em regiões de pouca umidade. A fauna é,


predominantemente, composta por animais roedores, aves, répteis e artrópodes.

Uma adaptação, associada a esse bioma, presente nos seres vivos dos grupos citados é o(a):

a) existência de numerosas glândulas sudoríparas na epiderme.


b) eliminação de excretas nitrogenadas de forma concentrada.
c) desenvolvimento do embrião no interior de ovo com casca.
d) capacidade de controlar a temperatura corporal.
e) respiração realizada por pulmões foliáceos.

QUESTÃO 14

Para serem absorvidos pelas células do intestino humano, os lipídios ingeridos precisam ser
primeiramente emulsificados. Nessa etapa da digestão, torna-se necessária a ação dos ácidos
biliares, visto que os lipídios apresentam uma natureza apolar e são insolúveis em água.

Esses ácidos atuam no processo de modo a:


a) hidrolisar os lipídios.
b) agir como detergentes.
c) tornar os lipídios anfifílicos.
d) promover a secreção de lipases.
e) estimular o trânsito intestinal dos lipídios.

QUESTÃO 15

As proteínas de uma célula eucariótica possuem peptídeos sinais, que são sequências de

aminoácidos responsáveis pelo seu endereçamento para as diferentes organelas, de acordo

com suas funções. Um pesquisador desenvolveu uma nanopartícula capaz de carregar

proteínas para dentro de tipos celulares específicos. Agora ele quer saber se uma

nanopartícula carregada com uma proteína bloqueadora do ciclo de Krebs in vitro é capaz de

exercer sua atividade em uma célula cancerosa, podendo cortar o aporte energético e destruir

essas células.

Ao escolher essa proteína bloqueadora para carregar as nanopartículas, o pesquisador deve

levar em conta um peptídeo sinal de endereçamento para qual organela?

A) Núcleo.

B) Mitocôndria.

C) Peroxissomo.

D) Complexo golgiense.

E) Retículo endoplasmático.

RESOLUÇÃO: Como a proteína utilizada no experimento é bloqueadora do ciclo de Krebs, e


esse processo ocorre no interior das mitocôndrias, como parte da respiração celular, então o
endereçamento tem que ser para essa organela.

QUESTÃO 16

Corredores ecológicos visam mitigar os efeitos da fragmentação dos ecossistemas


promovendo a ligação entre diferentes áreas, com o objetivo de proporcionar o deslocamento
de animais, a dispersão de sementes e o aumento da cobertura vegetal. São instituídos com
base em informações como estudos sobre o deslocamento de espécies, sua área de vida (área
necessária para o suprimento de suas necessidades vitais e reprodutivas) e a distribuição de
suas populações.

Nessa estratégia, a recuperação da biodiversidade é efetiva porque

a) propicia o fluxo gênico


b) intensifica o manejo de espécies

c) amplia o processo de ocupação humana

d) aumenta o número de indivíduos nas populações

e) favorece a formação de ilhas de proteção integral

QUESTÃO 17

Um trecho de uma das cadeias da molécula de DNA tem a seguinte sequência de bases
nitrogenadas:

Abaixo, temos os códons correspondentes a quatro aminoácidos:

Suponha que, em um caso de mutação, a terceira base daquele trecho de DNA, que se
encontra sublinhada (A), seja substituída pela base Guanina. Essa nova situação:

A) acarretaria modificação em parte da sequência de aminoácidos da proteína a ser


sintetizada.

B) acarretaria modificação em todos os códons subsequentes no trecho do RNA mensageiro


correspondente.

C) não acarretaria modificação na sequência de nucleotídeos do RNA mensageiro


correspondente.

D) não acarretaria modificação na sequência de aminoácidos da proteína a ser sintetizada.

QUESTÃO 18

Nas células ocorrem reações químicas para a síntese de moléculas orgânicas necessárias à
própria célula e ao organismo. A figura mostra a reação química de formação de uma estrutura
molecular maior a partir da união de três outras moléculas menores.
(Jane B. Reece et al. Campbell biology, 2011. Adaptado.)

Esta reação química ocorre no interior da célula durante a:

A) formação dos nucleotídeos.

B) tradução do RNA mensageiro.

C) formação dos triglicerídeos.

D) transcrição do DNA.

E) síntese dos polissacarídeos.

QUESTÃO 19

“Existem muitas controvérsias na comunidade científica a respeito do vírus ser ou não um ser
vivo. Muitos autores consideram que a vida se originou do RNA, pois, a partir destas moléculas
são formadas novas quantidades dela mesma. Em 1960, o físico alemão Manfred Eigen,
ganhador de um prêmio Nobel, descobriu que era possível a replicação de RNA in vitro. O
RNA, portanto, tornou-se um grande candidato à condição de supermolécula da vida primitiva,
capaz de se replicar e sofrer mutações, albergando genes codificadores de enzimas e outras
proteínas. Essa molécula, denominada RNA de Eigen, é muito semelhante ao vírus, pois se
encontra na fronteira entre o químico e o biológico. Uma das hipóteses da origem do vírus,
denominada teoria dos Elementos subcelulares, é de que o vírus seria proveniente de uma
molécula de RNA. Uma outra hipótese defende que o vírus teria se originado de seres
unicelulares de vida(…).”

(Paulo Roberto Soares Stephens; Maria Beatriz Siqueira Campos de Oliveira; Flávia Coelho
Ribeiro; Leila Abboud Dias Carneiro. Conceitos e Métodos para a Formação de Profissionais
em Laboratórios de Saúde. Virologia, capítulo 2.)
Sobre os vírus, é INCORRETO afirmar que:

A) sua capacidade de replicação difere-os de outros agentes, tais como as toxinas bacterianas.

B) possuem uma estrutura protetora de seu material genético, que é ausente nos plasmídeos
(molécula de DNA circular).

C) apesar de terem a capacidade de se replicar, não possuem um aparato enzimático


suficiente para a replicação, necessitando, assim, da maquinaria celular para completar o seu
ciclo replicativo, o que os torna parasitas intracelulares obrigatórios.

D) o genoma viral pode ser somente de DNA, com exceção do Mimivírus (família: Mimiviridae),
que apresenta em seu genoma os dois ciclos nucleicos, DNA e RNA.

QUESTÃO 20

O mapa a seguir identifica com números as áreas correspondentes aos diferentes biomas

brasileiros.

É CORRETO supor que a maior variedade de nichos ecológicos e microambientes favoráveis


ao estabelecimento do epifitismo ocorra nos biomas:

A) 2 e 3.

B) 1 e 4.

C) 1, 2 e 3.

D) 4, 5 e 6.

(ENEM 2016) Portadores de diabetes insipidus reclamam da confusão feita pelos


profissionais da saúde quanto aos dois tipos de diabetes: mellitus e insipidus. Enquanto o
primeiro tipo está associado aos níveis ou à ação da insulina, o segundo não está ligado à
deficiência desse hormônio. O diabetes insipidus é caracterizado por um distúrbio na
produção ou no funcionamento do hormônio antidiurético (na sigla em inglês, ADH),
secretado pela neuro-hipófisepara controlar a reabsorção de água pelos túbulos renais.
Tendo em vista o papel funcional do ADH, qual é um sintoma clássico de um paciente
acometido por diabetes insipidus?
a) Alta taxa de glicose no sangue.
b) Aumento da pressão arterial.
c) Ganho de massa corporal.
d) Anemia crônica.
e) Desidratação.

Quanto mais alimentos que elevam a glicose são consumidos,


mais insulina o corpo precisa bombardear para lidar com essa
carga. Com o tempo, repetidas oscilações de insulina podem
“forçar” os receptores desse hormônios nas células, de modo
que elas não funcione tão bem e a insulina não possa ser
utilizadas de maneira tão eficiente. Quando isso acontece
acontece, o corpo precisa bombear muito mais insulina para
fazer o mesmo trabalho. Em suma, condição é chamada de
resistência à insulina.

21 - As superbactérias respondem por um número crescente de infecções e mortes em


todo o mundo. O termo superbactérias é atribuído às bactérias que apresentam resistência
a praticamente todos os antibióticos. Dessa forma, no organismo de um paciente, a
população de uma espécie bacteriana patogênica pode ser constituída principalmente por
bactérias sensíveis a antibióticos usuais e por um número reduzido de superbactérias que,
por mutação ou intercâmbio de material genético, tornaram-se resistentes aos antibióticos
existentes.
FERREIRA, F. A.; CRUZ, R. S.; FIGUEIREDO, A. M. S. Superbactérias: o
problema mundial da resistência a antibióticos. Ciência Hoje, n. 287, nov. 2011 (adaptado).

Qual figura representa o comportamento populacional das bactérias ao longo de uma


semana de tratamento com um antibiótico comum?

Alternativas

a)
b)

c)

d)

e)
22- A classificação dos seres vivos permite a compreensão das relações evolutivas entre
eles. O esquema representa a história evolutiva de um grupo.

Os animais representados nesse esquema pertencem ao filo dos cordados, porque:


a) possuem ancestrais que já foram extintos.

b) surgiram há mais de 500 milhões de anos.


c) evoluíram a partir de um ancestral comum.
d) deram origem aos grupos de mamíferos atuais.
e) vivem no ambiente aquático em alguma fase da vida.

24 - Estudos de fluxo de energia em ecossistemas demonstram que a alta produtividade


nos manguezais está diretamente relacionada às taxas de produção primária líquida e à
rápida reciclagem dos nutrientes. Como exemplo de seres vivos encontrados
nesse ambiente, temos: aves, caranguejos, insetos, peixes e algas. Dos grupos de seres
vivos citados, os que contribuem diretamente para a manutenção dessa produtividade no
referido ecossistema são:

Alternativas

a) aves.
b) algas.
c) peixes.
d) insetos.
e) caranguejos.

25- Em certos locais, larvas de moscas, criadas em arroz cozido, são utilizadas como iscas
para pesca. Alguns criadores, no entanto, acreditam que essas larvas surgem
espontaneamente do arroz cozido, tal como preconizado pela teoria da geração
espontânea.
Essa teoria começou a ser refutada pelos cientistas ainda no século XVII, a partir dos
estudos de Redi e Pasteur, que mostraram experimentalmente que

Alternativas

a) seres vivos podem ser criados em laboratório.


b) a vida se originou no planeta a partir de microrganismos.
c) o ser vivo é oriundo da reprodução de outro ser vivo pré-existente.
d) seres vermiformes e microrganismos são evolutivamente aparentados.
e) vermes e microrganismos são gerados pela matéria existente nos cadáveres e nos
caldos nutritivos, respectivamente.

Você também pode gostar