Você está na página 1de 1

REGIONALIZAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

Regionalizar significa dividir um país, um estado ou um município em áreas que apresentam características
semelhantes, tomando por base aspectos naturais, socioeconômicos ou outros. A regionalização de
um território contribui para a administração pública, pois permite compreender melhor a organização do
espaço interno. Possibilitam identificar o lugares que mais carecem de investimentos, entre outros usos.
Em razão das diferenças entre os estados brasileiros, tornou-se muito difícil para o poder público planejar
e executar ações voltadas para a população do país inteiro.
A regionalização permite agrupar características em comum,
facilitando o conhecimento do território e o planejamento. Em 1942, o
Instituto Brasileiro de geografia e estatística, criou a primeira divisão do Brasil em Norte, Nordeste, Leste,
Sul e Centro. Em 1962, o IBGE, dividiu o Brasil em cinco Macrorregiões: Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e
Centro Oeste, levando em conta as suas semelhanças em desenvolvimento sócioeconômico dos estados de
cada região.
Em 1988, o Amapá e Roraima foram elevados à categoria de estados e Fernando de Noronha
incorporado Pernambuco. A porção norte de Goiás tornou-se o estado de Tocantins.
Em 1960, o geógrafo Pedro Geiger dividiu as regiões do IBGE em três regiões com níveis de
desenvolvimento semelhantes: Amazônia, Nordeste e Centro-sul.

ATIVIDADES
Leia o texto escrito na década de 1950 por um sociólogo francês que viveu no Brasil por mais de quinze
anos, e responda:

Brasil, terra de contraste


“Brasil, terra de contrastes... Contrastes geográficos, contrastes econômicos, contrastes sociais. País que (...)
alonga-se desde a Floresta Amazônica até os pampas do Uruguai, alternando planícies, montanhas e
altiplanos, plantações e pastagens, clima temperado sucedendo ao clima tropical: a Amazônia líquida, em
terra e água, rio e floresta fundem-se numa imensa sinfonia verde: o polígono das secas, de solo calcinado
pelo sol, eriçado de cactos, o gado mugindo a pedir chuva; o litoral dos canaviais, velhos engenhos
adormecidos, negros dançando ao luar junto de igrejas barrocas: terra gaúcha de capinzais cobrindo vastas
extensões, homens-centauros guardando as fronteiras do sul...”
1) Por que o autor afirma que o Brasil é um pais de contrastes?
2) Em sua opinião, o texto, que é de 1950, retrata o Brasil de hoje? Por quê?
3) Além dos contrastes naturais ou físicos, o território brasileiro é marcado por muitos contrastes sociais.
Escreva as situações em que esses contrastes ficam evidentes.
___________________________________________________________________________________
Clima temperado:
As regiões de clima temperado são úmidas, com inverno frio e verão moderado, além de grande
precipitação de chuvas.

Homem-centauro:
Eram seres fabulosos da mitologia grega, metade homem e metade cavalo, que habitavam as regiões da
Arcádia.