Você está na página 1de 13

Bateria de Sistemas de Aprendizagem e Memória

A Bateria de Sistemas de Aprendizagem e de Memória é uma adaptação do Teste


Barcelona, sendo constituída por 7 sub-testes, tendo como objectivo a avaliação de
diversos aspectos cognitivos como o controlo mental, memória, atenção e concentração.

I. Orientação
A orientação é, nesta prova, entendida como o próprio conhecimento e inserção
do indivíduo no meio espacial e temporal, requerendo uma adequada atenção, percepção
do meio, normal memória e normal capacidade de integração e valorização dos
acontecimentos.
Inclui 3 sub-testes, pessoal, lugar e tempo, constituído, cada um por diversas
perguntas que deverão ser realizadas ao sujeito e que estão no caderno de anotações.

PONTUAÇÕES:
A Orientação pessoal e de lugar cota-se atribuindo um valor a cada pergunta
correcta.
A Orientação no tempo obedece a critérios distintos:
1. Dia do mês: 1 ponto por resposta correcta.
2. Mês: 5 pontos por resposta correcta. Aceita-se como correcta toda a resposta que
está dentro de uma margem de 3 dias da data real.
3. Ano: 10 pontos por resposta certa. Se houver erro de um ano estando no mês de
Dezembro ou Janeiro: 5 pontos.
4. Dia da semana: 1 ponto por resposta certa.
5. Hora: 1 ponto por resposta certa. Aceita-se com uma margem de uma hora.
6. Parte do dia: 5 pontos por resposta certa ( o paciente tem que referir concretamente
se é manhã, tarde ou noite).

Pontuações Máximas:
Orientação Pessoal - 7 pontos

1
Orientação de Lugar - 5 pontos
Orientação no Tempo - 23 pontos

II. Memória de Dígitos


A Memória de Dígitos, semelhante à prova da WAIS, constitui um índice de
atenção e concentração, podendo-se avaliar, na prova de ordem directa, a capacidade de
atenção imediata e da vigilância. Por sua vez, a prova de ordem invertida permite a
análise da capacidade de atenção e memória imediata, constituindo um processamento
activo diferente da ordem inversa e diminui com a idade.

 A 1.ª série de cada par constitui um primeiro ensaio de repetição.


 A 2ª série (2.º ensaio) é aplicada unicamente em caso de erro na repetição do 1.º
ensaio.
1. Repetição de dígitos em ordem directa
Instrução: «Vou dizer-lhe alguns números e, quando eu terminar, você deverá
repeti-los exactamente e na mesma ordem».
O teste termina quando o paciente erra nas duas séries de um par.

PONTUAÇÕES:
A pontuação é igual ao n.º de dígitos da série mais comprida repetida
correctamente.
Pontuação Máxima: 9 pontos

2. Repetição de dígitos em ordem inversa


Instrução: «Agora você deverá repetir os números que eu lhe vou dizer, mas ao
contrário. Por exemplo, se eu digo 3-9 você deverá dizer 9-3. Compreende? Repita ao
contrário estes números: 5-2».
O examinador seguirá a mesma metodologia utilizada na repetição de dígitos em
ordem directa.
PONTUAÇÕES:
A mesma metodologia da repetição de dígitos em ordem directa.
Pontuação Máxima: 8 pontos

2
III. Linguagem Automática - Controlo Mental
A prova Linguagem Automática – Controlo Mental estuda a capacidade de
expressar séries automáticas e a capacidade de as inverter.
É constituída por 2 sub-testes, ordem directa e ordem inversa. Na ordem directa
é solicitado ao sujeito contar de 1 a 20, discriminar os dias da semana e meses do ano,
permitindo obter-se um índice da capacidade de linguagem fluida. Na ordem inversa é
solicitado ao sujeito que conte de 20 a 1, e que discrimine, inversamente, os dias da
semana e os meses do ano, e permite analisar a capacidade de atenção, concentração e
memória, implicando um processo mental activo e continuado.

1. Séries em ordem directa (linguagem automática)

 Série numérica de 1 a 20
Instrução: «Agora conte, rápido mas com clareza, de 1 até 20. Assim: 1, 2, 3... e
continua até vinte».
 Dias da semana
Instrução: «Agora quero que me diga os dias da semana. Segunda... continue».
 Meses do ano
Instrução: «Diga, agora, os meses do ano. Janeiro... continue».

PONTUAÇÕES:
Mesmo que o paciente autocorrija imediatamente os seus erros, cota-se a série
com 0 pontos.
A. Pontuação Directa
 1 ponto por série directa correcta
 0 pontos por série directa incorrecta
B. Pontuação com Tempo
 2 pontos por série correcta no tempo igual ou menor a 8 segundos
 1 ponto por série correcta com um tempo superior a 8 segundos
Pontuação Máxima:
Séries directas, sem tempo - 3 pontos
Séries directas, com tempo - 6 pontos
2. Séries em ordem inversa (controlo mental)

3
 Série numérica de 20 a 1
Instrução: «Agora terá de contar, em ordem inversa, começando no 20 e
acabando no 1. Assim: 20, 19, 18... até ao 1».
 Dias da semana em ordem inversa
Instrução: «Agora quero que me diga os dias da semana na ordem inversa,
começando pelo Domingo e acabando na Segunda».
 Meses do ano na ordem inversa
Instrução: «Diga, agora, os meses do ano, começando pelo fim, de Dezembro
até Janeiro. Assim: Dezembro, Novembro, ...»
PONTUAÇÕES:
Admite um máximo de 3 auto- correcções nos erros. Se ultrapassa esta margem
atribui-se uma pontuação de 0 pontos.
C. Pontuação Directa
 1 ponto por série directa correcta
 0 pontos por série directa incorrecta

D. Pontuação com Tempo


 2 pontos por série correcta no tempo igual ou menor a 15 segundos
 1 ponto por série correcta com um tempo superior a 15 segundos

Pontuação Máxima:
Séries inversas, sem tempo - 3 pontos
Séries inversas, com tempo - 6 pontos

IV. Memória Verbal de Textos


A Memória Verbal é constituída por 2 sub-testes, imediata e diferida, nos quais
são lidos dois textos, em cada sub-teste, de forma pausada, sendo posteriormente
solicitado ao sujeito que evoque o que se lembre e depois são realizadas diversas
perguntas relacionadas com o próprio texto, sendo a evocação, na prova invertida,
exigida que seja realizada de forma invertida.
O estudo diferido efectua-se 5 minutos depois de se ter finalizado o estudo
imediato. Os 5 minutos de latência são ocupados com o teste de informação.

4
Ambos os textos encontram-se no caderno de anotações com barras que os
fragmentam em segmentos, que constituíram a base da pontuação.
Estabeleceu-se uma lista de perguntas que corresponde a cada um dos
fragmentos em que estão divididos os textos.
Estas perguntas são utilizadas para a avaliação das diferenças entre a evocação
livre e a evocação através de indícios. No entanto, os fragmentos que o paciente evoque
correctamente, na forma livre, não serão depois objecto de pergunta, pontuando-se
directamente como correctas na parte das perguntas.
Esta prova permite analisar diversos processos cognitivos como a compreensão e
repetição verbal, especificidade própria da memória e evocação e seu controlo, como a
atenção e concentração.
1. Memória Imediata
INSTRUÇÃO:
«Vou ler-lhe uma história e você tem de prestar muita atenção, porque a seguir
você vai tentar repeti-la o mais exactamente possível. Esteja atento...».
O examinador lerá pausadamente e com clareza o texto A e uma vez lido dirá:
«Repita você, agora, a história desde o princípio».
O examinador anotará exactamente as respostas do paciente.
Os fragmentos não recordados pelo paciente serão questionados pelo
examinador seguindo a lista do protocolo de anotações.
Seguidamente, procede-se da mesma forma para o texto B.
Quando terminar, começa-se a controlar os 5 minutos de latência, para passar à
avaliação da memória diferida de textos (D).
No final dos 5 minutos solicita-se a reprodução diferida de ambos os textos,
primeiro o texto A com e sem perguntas e mais tarde o texto B, com e sem perguntas.
2. Memória Diferida
INSTRUÇÃO:
Texto DA: «Recorda-se da história que eu lhe li antes, a primeira? Conte-ma
novamente».
Texto DB: «Conte-me outra vez a segunda história que eu lhe li».
PONTUAÇÕES:
A metodologia de pontuação é a mesma em ambas os textos (directo ou com
perguntas).

5
 1 ponto por cada fragmento de texto evocado; e directamente, também de
atribuirá um ponto à pergunta correspondente a esse fragmento.
 0,5 pontos se o fragmento é recordado incompletamente, ou então, se o paciente
evoca esse fragmento sem citar as palavras concretas utilizadas na leitura: dizendo
sinónimos, uma ideia geral ou uma síntese correcta da informação.
A pontuação de cada sub-teste obtém-se somando os pontos obtidos por
fragmentos. Os meios pontos corrigem-se por defeito.
Pontuações Máximas ( A + B ):
Textos (A + B) - 23 pontos
Textos com perguntas (PA + PB) - 23 pontos
Textos diferidos (DA + DB) - 23 pontos
Textos diferidos com perguntas (DPA + DPB) - 23 pontos

V. Informação
A Informação é uma prova que varia de acordo com o nível cultural do sujeito,
implicando um índice do grau de escolaridade, do hipotético nível pré-mórbido e,
consequentemente, de registos mnésicos do tipo remoto.
Semelhante à prova Informação da WAIS, é constituída por 12 questões que
deverão ser realizadas ao sujeito.
O examinador faz as perguntas tal como aparecem no protocolo de anotações.

Lista das respostas aceitáveis:


1. Termómetro: Instrumento, aparelho, coisa, objecto, etc., que serve para medir a
temperatura. Nos indivíduos com baixa escolaridade aceita-se que façam referência à
febre.
2. Londres: Reino Unido, Grã-Bretanha, Inglaterra.
3. Borracha: Das árvores... Das plantas... Das plantas da borracha... Da seiva de
determinadas árvores tropicais... Do petróleo... Do álcool...
4. Temperatura que ferve a água: 100 graus... 100... 100 graus centígrados... 212 F.
5. Roupas escuras e claras: Atraem (absorvem) os raios de luz solar... Deixam passar o
calor... Não reflectem os raios solares.
6. Vaticano: Residência do Papa... Centro do catolicismo... Estado (ou cidade papal)...
Sede do Governo papal... Centro da igreja, dos sacerdotes católicos
7. Anterior Presidente da República: O anterior ao actual = nome concreto.

6
8. Levedura: Fermento... Por reacção química... pela libertação (desprendimento) de
gases.
9. Lisboa-Algarve: Sul... De Norte para Sul (adaptar à realidade geográfica do
paciente).
10. Odisseia: Obra atribuída a Homero... A história de Ulisses...
11. Japão: Tóquio.
12. Acrópole: Lugar onde está o Partenão de Atenas (templo de Atenas, dedicado a
Minerva)... Parte mais alta e fortificada das cidades gregas, por excelência a de Atenas.

PONTUAÇÕES:
Atribuir um ponto por cada resposta correcta.
Pontuação Máxima: 12 pontos
VI. Memória Visual
A Memória Visual é constituída por 2 sub-testes, imediata e diferida, e refere-se
às capacidades de registo de material não verbal.
O sub-teste de memória visual imediata consiste na apresentação de diversos
cartões com uma figura, sendo exigido ao sujeito que, após observá-los com atenção,
noutros cartões com 4 figuras cada um, discrimine o desenho que viu no primeiro.
Permite a análise da percepção visual, da retenção mnésica e da tarefa de eleição
múltipla.
Por sua vez, o sub-teste de memória visual diferida consiste na apresentação de
diversas figuras, sendo exigido ao sujeito que, após uma tarefa de distracção, desenhe o
que viu. Permite a análise das capacidades perceptivas visuais, da retenção mnésica e
das capacidades práxicas construtivas.

1. Memória visual imediata


Mostrar o exemplo.
Instrução: «Eu vou-lhe mostrar uns cartões com uns desenhos. Você deve
observá-los atentamente e memorizar o desenho. A seguir eu mostro-lhe um cartão com
quatro desenhos entre os quais estará o desenho que eu previamente lhe mostrei, Você
terá de o reconhecer e assinalá-lo. Compreendeu? Vamos começar...».
O examinador apresenta cada lâmina estímulo durante 10 segundos e de seguida
solicita o reconhecimento da figura no cartão de escolha múltipla correspondente.

7
Só se admite uma autocorrecção imediata.
PONTUAÇÕES:
Atribuir um ponto por cada resposta correcta.
Pontuação Máxima: 10 pontos

2. Memória de reprodução visual diferida

Dar ao paciente papel e lápis e seguidamente dar as instruções:


Instrução: «Eu vou-lhe agora apresentar um cartão com uns desenhos durante
um tempo, você vai observar bem, porque a seguir vai desenhá-los nesta folha de papel.
Uma vez que eu tenha retirado o cartão da sua vista você vai contar em voz alta até que
eu lhe indique que faça o desenho».
Apresentar ao paciente o primeiro cartão durante 10 segundos. Uma vez
decorrido o tempo de apresentação fazer com que o paciente deve conte até 10 segundos
e logo a seguir instruí-lo a que reproduza a figura apresentada.

PONTUAÇÕES:
Primeira figura: 3 pontos.
- 1 ponto pelo elemento a (quadrado).
- 1 ponto pelo elemento b (segmento de círculo).
- 1 ponto por proporções e ubiquação correcta.

Segunda figura: 3 pontos.


- 1 ponto pelo conjunto a (5 quadrados).
- 1 ponto pelo elemento b (aspa).
-.1 ponto por proporções e ubiquação correcta.

8
a

a a a

Terceira figura: 3 pontos.


- 1 ponto pelo elemento a (linha horizontal com vértice).
- 1 ponto pelo elemento b (quadrado e triângulo).
- 1 ponto por proporções e ubiquação correcta.

b
a

Quarta figura: 3 pontos.


- 1 ponto pelo elemento a (rectângulo exterior e quadrado interior).
- 1 ponto pelo elemento b (quatro linhas que unem o rectângulo ao quadrado).
- 1 ponto por proporções e ubiquação correctas.
a

b b

Quinta
figura: 4 pontos. a a a

b b

a 9
4
- 1 ponto pelo elemento a (“marco” – rectângulo aberto em baixo - e quadrado).
- 1 ponto pelo elemento b (2 triângulos).
- 1 ponto pelo elemento c (linhas inclinadas que cortam as linhas verticais)
- 1 ponto por proporções e ubiquação correcta.

a
a a

c c

b b

VII - Aprendizagem de palavras

A Aprendizagem de Palavras é constituída por dez palavras, que deverão ser


recordadas pelo sujeito.
Permite a análise ao nível das estratégias possíveis de utilizar, do processo de
memorização e das reacções perante possíveis erros.

INSTRUÇÃO:
«Agora vou ler-lhe uma lista de palavras e você vai tentar recordá-la. Eu leio a
lista e você diz as palavras que se lembra. A seguir eu leio novamente e você diz todas
as que se lembrar. Vamos fazer assim sucessivamente. Cada vez tem de tentar lembrar-
se de todas as palavras. Não é preciso que as diga na mesma ordem que eu leio. Para
que seja mais fácil aconselho-lhe que tente aprender algumas e em cada apresentação vá
acrescentando palavras novas... Compreendeu? Vamos começar...».

10
O examinador anota as palavras recordadas em cada apresentação, no caderno de
anotações, através de uma cruz na casa correspondente.
Caso o paciente diga uma palavra inexistente na lista de apresentação, anota-se
na coluna de observações do protocolo.
Dá-se por terminada a prova quando o paciente repete correctamente a lista por
duas vezes consecutivas.
Se o paciente não a recordar, procede-se à apresentação da lista até 10 vezes.

PONTUAÇÕES:
1 ponto por cada palavra evocada em cada uma das apresentações.
Somam-se as palavras recordadas em todas as apresentações obtendo-se a
pontuação final.
No caso do paciente evocar todas as palavras duas vezes consecutivas sem
utilizar as 10 apresentações, deve-se atribuir 10 pontos ao resto das apresentações que
não foi preciso efectuar.
Se o paciente evocar as 10 palavras na primeira apresentação dão-se 100 pontos.
Pontuação Máxima: 100 pontos

INTERPRETAÇÃO

11
Os dados obtidos serão interpretados de acordo com as tabelas 1 e 2, que se
referem aos valores normativos, em sujeitos com idade compreendida entre os 50 anos e
os 70 anos, consoante os anos de escolaridade.

Tabela 1. VALORES NORMATIVOS: 50-70 ANOS DE IDADE


< 5 ANOS DE ESCOLARIDADE

Percentis ......... 10 20 30 40 50 60 70 80 90 95
SUBTESTE
.....
.....INFERIOR..... MÍNIMO  MÉDIO  MÁXIMO
1. ORIENTAÇÃO PESSOAL 0 2 4 5 6 7
1. ORIENTAÇÃO ESPACIAL 0 1 2 3 4 5
1. ORIENTAÇÃO TEMPORAL 0 5 11 16 21 22 23
2. DÍGITOS DIRECTOS 0 2 3 4 5 6 7-9
2. DÍGITOS INVERTIDOS 0 2 3 4 5-8
3. SÉRIES ORDEM DIRECTA 0 1 2 3
3. SÉRIES ORDEM DIRECTA T. 0 1 2 3 4 5 6
3. SÉRIES INVERSAS 0 1 2 3
3. SÉRIES INVERSAS T. 0 1 2 3 4 5 6
4. MEMÓRIA TEXTOS 0 2 3 5 6 7 9 12 13 14 15-23
4. MEMÓRIA TEXTOS PERGUNT 0 2 4 6 8 9 13 15 16 17 19-23
4. MEMÓRIA TEXTOS DIFERIDA 0 2 3 4 5 6 8 10 12 13 14 15 16-23
4. MEMÓRIA TEXTOS DIF PERG 0 2 3 4 6 7 11 14 15 16 18 19 20 23
5. INFORMAÇÃO 0 1 2 3 4 5 6 8 9 11-12
6. MEMÓRIA VISUAL IMEDIATA 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9-10
6. MEMÓRIA VIS. REPRODUÇÃO 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10-16
7. APRENDIZAGEM PALAVRAS 0 16 33 49 66 67 70 73 74 76 77 79 80 85 91-99

12
Tabela 2. VALORES NORMATIVOS: 50-70 ANOS DE IDADE
5-12 ANOS DE ESCOLARIDADE

Percentis ......... 10 20 30 40 50 60 70 80 90 95
SUBTESTE
.....
.....INFERIOR.. MÍNIMO  MÉDIO  MÁXIMO

...
1. ORIENTAÇÃO PESSOAL 0 2 4 5 6 7
1. ORIENTAÇÃO ESPACIAL 0 1 2 3 4 5
1. ORIENTAÇÃO TEMPORAL 0 5 11 16 21 22 23
2. DÍGITOS DIRECTOS 0 2 3 4 5 6 7-9
2. DÍGITOS INVERTIDOS 0 2 3 4 5-8
3. SÉRIES ORDEM DIRECTA 0 1 2 3
3. SÉRIES ORDEM DIRECTA T. 0 1 2 3 4 5 6
3. SÉRIES INVERSAS 0 1 2 3
3. SÉRIES INVERSAS T. 0 1 2 3 4 5 6
4. MEMÓRIA TEXTOS 0 3 5 7 9 10 12 13 14 15 17 20 21-23
4. MEMÓRIA TEXTOS PERGUNT 0 4 6 9 11 12 14 15 17 18 19 20 22-23
4. MEMÓRIA TEXTOS DIFERIDA 0 3 5 8 10 11 12 13 14 15 16 17 20 23
4. MEMÓRIA TEXTOS DIF PERG 0 3 6 9 12 13 14 15 16 18 19 20 23
5. INFORMAÇÃO 0 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
6. MEMÓRIA VISUAL IMEDIATA 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
6. MEMÓRIA VIS. REPRODUÇÃO 0 2 3 5 6 7 8 9 10 12 13 14 16
7. APRENDIZAGEM PALAVRAS 0 18 35 47 69 70 77 78 79 81 85 89 91 95 98-99

13