Você está na página 1de 3

ESTUDO DO COMPORTAMENTO DOS GASES IDEIAS COM USO DE

FERRAMENTA COMPUTACIONAL

Annanda Alkmim1, Vanessa Rosa de Souza2, Tatiane Reis do Amaral3

1
Graduanda em Bacharelado em Engenharia Química (IFNMG – Montes Claros); e-mail: annandalkmin@gmail.com
2
Graduanda em Bacharelado em Engenharia Química (IFNMG – Montes Claros); e-mail: vanessarosa.eq@gmail.com
³Professora do IFNMG/Montes Claros. E-mail: tatianeramaral@gmail.com

Resumo

O estudo das propriedades físicas dos gases pode ser realizado a partir da equação dos
gases perfeitos e da interpretação dos gráficos de isotermas e isóbaras do
comportamento gasoso. Nesse artigo foi utilizado o software SCILAB para otimizar os
cálculos e facilitar o entendimento dos resultados obtidos. O programa desenvolvido
obteve resultado satisfatório plotando os gráficos de dispersão e ajuste de curvas de
acordo com os dados inseridos para teste, além de mostrar os resultados das
propriedades de modo objetivo auxiliando na correção dos dados experimentais e
proporcionando melhorias no resultado final.
Palavras-chave: scilab; propriedades físicas; gráficos; gases.

Introdução

O estudo dos gases é muito importante para a compreensão de diversos fenômenos


naturais do nosso dia a dia, como um balão subir, uma bexiga murchar com o tempo, a
pressão interna de o pneu aumentar em dias mais quentes e etc. As propriedades mais
importantes para que se compreenda um gás são volume (V), pressão (P) e temperatura
(T) e estão relacionadas ao movimento de moléculas ou átomos que constituem o gás.
Segundo Halliday:
“ [...] o volume é resultado da liberdade que os átomos têm para se espalhar por todo o recipiente, a
pressão é causada por colisões dos átomos com as paredes do recipiente e a temperatura está associada à
energia dos átomos.” (HALLIDAY ,2009)

Esta é a Lei de Boyle: “O volume de uma dada quantidade de gás, a temperatura


constante, varia inversamente com a pressão.”
A Lei de Charles:

Princípio de Avogadro:

Todas as leis e o Princípio de Avogadro podem ser relacionados e reescritos em uma só


equação:
Para que a equação seja transformada em uma igualdade é necessário a uma constante.

ou

Metodologia
Para a criação do programa foi utilizada a equação 5, equação dos gases perfeitos, e o
software SCILAB.
A construção do programa deu-se em 3 etapas. Primeiramente foi necessário construir e
organizar a estrutura que receberá os dados inseridos pelo usuário, assim, ele pode
calcular qualquer uma das quatro propriedades do gases. Em um segundo momento,
criou-se separadamente dois programas, um em que o próprio software identifica quais
serão os limites de plotagem do gráfico, dessa forma, o usuário não precisa se preocupar
em inserir dados em ordem crescente ou em informar ao programa quais os dados ele
utilizará, isso também diminui o número de erros. Já o segundo programa criado, plota
os gráficos das leis de Boyle e Charles e o ajuste de curvas.

Resultados e discussão
Os dados que são inseridos pelos usuários são armazenados em vetores, estes serão
usados para a plotagem dos gráficos (Figuras 1 e 2). Utilizando de funções já existentes
no SciLab, calcula-se os limites inferiores e superiores dos gráficos pelos dados que
estão armazenados nos vetores.
Os gráficos plotados serão os gráficos de dispersão e o ajuste de curva. Utilizou-se dois
tipo de aproximação, a quadrática e a linear, cada uma adequa-se a um problema em
específico.
Para facilitar o entendimento do programa foi feito um menu inicial (Figura 3), em que
o usuário pode escolher a constante dos gases ideais, R, adequada ao cálculo a ser
realizado.

Conclusão

O programa criado para o tratamento de dados possibilita maior velocidade para obter o
valor de uma propriedade específica, além de permitir que o usuário analise esses dados
através de dados que permitem saber quão ajustados os dados estão e se esses valores
são condizentes com a lei dos gases ideais. O programa final, auxilia, por exemplo,
estudantes com problemas laboratoriais que exigem a correção dos dados obtidos no
experimento para obtenção de um melhor resultado final.

Referências Bibliográficas

ATKINS, P.W. Físico Química – 6ª edição, vol 1 . Editora LTC. Rio de Janeiro, 2011.
CASTELLAN, G. Fundamentos de Físico-Química . Rio de Janeiro: Livros Técnicos
e Científicos, 2002.

HALLIDAY, RESNICK. Fundamentos de Física – 8ª edição, vol2. Editora LTC. Rio


de Janeiro, 2009.

LOPES, L. C. O. Utilizando o SCILAB na resolução de Problemas da Engenharia


SCILAB License. Disponível em <http://www.scilab.org/scilab/>. Acesso em
Janeiro.2016.
Anexo de Figuras

Figura 1 e 2: Gráficos

Figura 3: Valores de R