Você está na página 1de 7

11:1 Iniciação Vibracional Mestre ao Self Autêntico

Uma mensagem de Kuthumi canalizada por Michelle Eloff


Sexta-feira 04 de Janeiro de 2008 em Johannesburgo, África do Sul
Favor notar que ao ler esta informação, isto provocará um efeito em você. Você
será energeticamente ligado com a Canalização e um processo similar lhe será
facilitado. Não é exatamente como alguém que está na presença do Mestre
canalizado, contudo os efeitos são tão poderosos quanto. Não se preocupem tanto
as linhas de tempo estipuladas para os participantes da canalização. Você será
levado através de uma que esteja de acordo com seu Plano Divino, Tempo e
Propósito .
************ *****
Eu Sou Kuthumi e manifesto-me a partir dos raios de amor e sabedoria para, neste
momento, saudar cada um e trazer-lhes as bênçãos de autenticidade, confiança,
iluminação e liberdade. Saudações, amados!

E é com grande alegria e prazer em nossos corações que nós nos juntamos com
cada um de vocês, neste dia, quando os amparamos firmemente dentro do coração
de Cristo e seguramente nas mãos de Deus.
Amados, hoje, é uma iniciação vibracional mestre, as vibrações do número mestre
11 e a do número mestre 22 são as que lhes colocam em uma cápsula, dentro de
uma freqüência de sabedoria divina. Esta sabedoria divina propícia um senso
profundo de entendimento que se agita dentro de vocês, se revelando para vocês,
na forma de aspectos do eu (self) que necessitam vosso reconhecimento e também a
aceitação.

No Ano Novo eu falei deste tempo de iniciação e que este é um ano importante de
iniciações, sendo iniciados e utilizando vossa iniciativa para trazer as mudanças
que desejam.

Neste dia, estão abraçando a poderosa luz individual que incorporam. Esta luz não
é somente uma freqüência que ilumina um caminho adiante de vocês, ela também é
uma freqüência que ilumina o mundo interno dentro de vocês. Este é o início de
uma das mais importantes jornadas de vossa jornada coletiva. É o momento de
abraçarem o reflexo do eu (self) dentro da vida. Falamos longamente, em muitas
ocasiões sobre vosso reflexo, sobre como os relacionamentos e a vida, em geral,
espelha vosso eu (self) interno; o entendimento deste eu (self) interno é uma parte
de vossa jornada individual. Ao verem a si mesmo como indivíduos e depois
associando, a si mesmos, como um indivíduo , ligados a tudo mais, no externo de
vocês, estabelecendo- lhes em uma posição para entenderem melhor o conceito de
ser um, com o todo.

A razão de eu estar pedindo para que se individualizem primeiro e depois se


relacionem ao mundo externo é porque, inicialmente, correm o risco de se
perderem dentro dos reinos da coletividade e, de fato, alguém pode dizer que isto
já aconteceu. Assim que, conforme lhes digo, neste momento, começarei alterando
o fluxo de energia através do vosso corpo. Eu também ajustarei as freqüências
dentro de vossos chacras o que, facilitará a integração de toda informação que eu
estou dando hoje e bem como todo aspecto sutil desta informação. Tudo que eu
preciso que façam é que fechem os olhos e escutem. Se, estão lendo esta
informação, peço-lhes que leiam sem tentar intelectualizar ou analisar isto, leiam
de maneira fluente. As palavras encontrarão o caminho delas em vosso ser e
repousarão onde elas serão aceitas, onde elas serão entendidas dentro de vocês e
que podem para começar, não necessariamente ser dentro de qualquer aspecto
consciente de vocês e por conseguinte, isto é um processo que precisam ser
pacientes com ele.

Vocês são individuais. São seres humanos vivendo em um planeta chamado Terra.
Ocupam um espaço dentro de um reino que foi criado por um sistema de
mecanismos de pensamento. Estes mecanismos não são, necessariamente,
mecanismos que pretendem fazer aflorar o melhor de vocês contudo, é uma
oportunidade para fazerem aflorar o melhor em vocês mesmos, no momento em
que reconhecem que o mecanismo tem uma agenda escondida. Isto é
freqüentemente referido como o programa, a ilusão e a matrix.

Alguns anos atrás, eu falei longamente sobre viverem dentro de um fishbowl * por
assim dizer e também, não muito tempo atrás, trabalhamos com aqueles de vocês
que estavam prontos para fugirem da matrix. Há vários níveis para isto que é
chamado matrix mas, em cada momento que vêem através da matrix, estão
melhores equipados para permanecerem fora da influência dela. Estamos
acelerando o processo de liberação, daqueles de vocês que estão prontos, a partir
da fortaleza deste mecanismo, que lhes tem aprisionado em vossos estados de
inibição a datas. Até mesmo aqueles de vocês que estão cientes deste mecanismo de
controle, também continuam a ter outros níveis de matrix que precisam se
desvincular e tudo isto está acontecendo, está se acelerando à medida que, nos
aproximamos do ano de 2012.
* (Fishbowl = Um estado de relacionamento no qual não possuem privacidade) .

Falamos em muitas ocasiões sobre a Idade Dourada, o mundo da consciência


dourada; a jornada da alquimia e 2008 é o ano da consciência alquímica e de
abraçarem esta consciência alquímica. Esta energia contudo, não está limitada a
2008 e continuará a lhes influenciar por muitos dos anos que estão por vir.

O dom que estão abraçando agora é a habilidade de abraçarem completamente


vossa individualidade; para abraçarem completamente quem são vocês. Muito
recentemente, eu entreguei uma transmissão a todos vocês relacionada ao fato de
que abraçassem vosso ego, permitindo que o ego se tornasse vosso aliado, esta é a
parte do processo que está se estabelecendo neste momento.

Abraçando o ego, o propósito e o poder dele é uma parte vital para que abracem a
si mesmos com indivíduos; aceitando o humano, se aceitando incondicionalmente.
Julgamento, rejeição, crítica e ridicularizaçã o chegam como resultado de se temer
o self. No minuto em que se rejeitam, criticam ou julgam, não estão abraçando
vossa individualidade, estão enviando a mensagem para as células do vosso corpo
de que não estão completos em quem são e no que estão aqui e agora. Agora, isto
pode muito bem ser verdade contudo, isto também é uma inverdade porque, no
momento em que estão podem ser tudo porque, amanhã ainda não chegou e ontem
é passado.

Abraçando totalmente o indivíduo que são e de uma forma se separando de tudo


em vossa vida e se desvinculando completamente, lhes capacita de se aproximarem
de quem são e do que são. Isto não é algo que farão permanentemente,
simplesmente farão isto por algum tempo. Talvez, por um período de tempo,
diariamente, semanalmente ou mensalmente e, de fato, este é o propósito de um
retiro. É sobre se retirar, internamente, desconectando do mundo externo, se
separando de tudo que lhes distraem de quem são e assim que a separação e o
desligamento servem a um propósito importante. Isto conduz para o silêncio
porque, quando estão separados e desligados, mesmo distantes, estão em um
espaço de expiação com o self. Estão em uma posição onde está, tudo o que são.
Estão diante de si mesmos. Neste espaço não há nada para se compararem, nada
para se relacionarem, nada para lhes puxarem para fora de si mesmos, lhes
distraindo e separando ou distanciando de si mesmos.

Abraçando o indivíduo capacita-lhes a abraçar a coletividade de um ponto de


poder. Não podem abraçar a coletividade de um ponto de poder até que tenham
chegado ao vosso próprio poder e adentrado totalmente em vossa verdade. Isto é
que nos referimos ao autêntico self, outro aspecto de que falei longamente. Não
serão capazes de reconhecerem totalmente o vosso autêntico self, até que parem e
reconheçam vossa individualidade e por favor notem, é individualidade,
independência e por conseguinte o interior, o self interno, o eu que, em primeiro
lugar, precisa de atenção; se investiguem para obterem a informação que requerem
para integrarem totalmente vossa verdade. Com o intuito de se tornarem
envolvidos com a vida de um ponto de poder precisam, primeiramente, se
envolverem com vocês mesmos. O envolvimento lhes permite se desenvolverem
além dos programas deste mecanismo de controle que lhes conduziu a acreditarem
que estão separados do self e é onde uma das maiores ilusões repousa, a crença de
que estão separados do self, não apenas separados de Deus ou separados da Mãe
Natureza ou de alguém mais em volta de vocês, só podem se sentir separados de
Deus porque, se sentem separados do self.

Ao se aceitarem como um indivíduo , se aceitando como um ser humano e


aceitando todos os aspectos do self e o humano que são, se conduzem a um reino
que desafiarão vossos sistemas de crença, acionará vossos botões, desafiará vosso
padrões de pensamentos e o mais importante, vossas percepções. Por que? Porque,
estão sendo solicitados a se verem e a mudarem da negação para a completa
aceitação. Está é a oportunidade de assumirem responsabilidade pelo self em um
nível muito mais profundo, tendo em mente que responsabilidade é simplesmente a
habilidade para responderem ao self, para viverem. E, vossa vida é a
externalização do que está acontecendo dentro de vocês pela mente subconsciente,
freqüentemente mais poderosa que qualquer outra coisa mais e simplesmente
porque, vossa mente subconsciente é a parte de vocês que está sempre alerta,
sempre ativa, sempre assimilando e distribuindo algo, é a parte de vocês que nunca
dorme, a parte de vocês que nunca perde um batimento. Este aspecto do self
comporta ferramentas valiosas, de fato, algumas das mais poderosas ferramentas
de liberação da alma, em outras palavras, forças e a única forma de atingir isto é
através do self. Por isto eu quero dizer, através da aceitação de quem são,
conseguindo saber quem são verdadeiramente. Em outras palavras, vendo o vosso
self autêntico, cada parte disto. Podem perguntar o que isto significa? O que
significa abraçar tudo o que eu sou? O que é e quem é meu autêntico self? Vosso
autêntico self é tudo que existe.
Tudo que sentem e bem como, tudo que não sentem é mantido dentro do autêntico
self. O self autêntico é a parte de vocês que não teme nada, a parte de vocês que é
verdadeira para o self, que não é controlada por medos, julgamentos, críticas,
ressentimentos ou ciúmes. É uma parte totalmente poderosa, a parte de vocês que
não é afetada pelo drama da vida, este jogo que impulsiona as pessoas a reagirem,
a ficarem com inveja, a serem ciumentas, ridicularizarem, julgarem, fazerem
fofocas e criticarem. É a parte de vocês que não é influenciada por todas as coisas
que temos falado a anos, que conduziu vosso mundo para onde está, para onde
estão em termos de vossa dores, vosso sofrimento e vossa ignorância.

Esta é uma iniciação muito importante, uma muito poderosa por causa do
potencial dela para liberá-los do mundo em que vieram a acreditar ser tudo e o fim
de tudo. De fato, o mundo em que vivem, que olham todos os dias é uma gota no
grande oceano do que realmente existe lá fora. A Terra, a vida da terceira
dimensão, é muito menor do que uma pulga em relação ao que existe dentro de
vocês e ao redor de vocês e que não vêem, que não compreendem. Se, estão sérios
em relação a liberarem vossa alma, se estão sérios a respeito de se soltarem e
mudarem a vida que possuem, podem não querer mudar a vida inteira e talvez,
haja apenas um aspecto da vida que precisa de mudança. O quanto se necessita
mudar é irrelevante, o que é importante é a mudança e como farão isto acontecer.
O modo que fazem isto, é tornando-se autênticos.

Como alguém se torna autêntico? Simples, ainda que inicialmente encontrem


muita dificuldade. Eu lhes asseguro que quando pegarem o jeito, isto se tornará
muito fácil. O primeiro passo para se tornarem autênticos é aceitarem que são
seres humanos, com as tão faladas imperfeições e defeitos.

São pessoas que possuem medos, julgamentos, críticas e desgostos e tudo do que é
bastante satisfatório. Tomem algum momento para reconhecerem estes
sentimentos, os pensamentos e as reações que possuem por vezes. Apenas se
entretenham com isto por um momento, aceitem que isto é parte de vocês.

O próximo passo é se permitirem ser verdadeiros com vocês mesmos e isto significa
implementarem as mudanças que estão precisando, resultando no que lhes trarão
paz, a harmonia e o espaço para viverem a vida autenticamente. Isto pode muito
bem implicar em terminar relacionamentos tóxicos, fazendo mudanças que
desafiarão vossa zona de conforto, questionando o que desafia as zonas de conforto
de outras pessoas e bem como questionando a si mesmos, o que mais do que
certamente desafiará vossa zona de conforto e provocará alguns de vossos medos
mas, isto é uma coisa boa porque então, estarão em posição para entenderem
totalmente o que vocês como indivíduos temem, a que reagem e como sabotam
vosso progresso. Ao negarem vossos medos, são incapazes de mudá-los porque, o
que temem pode não ser necessariamente uma ameaça direta em vossa
sobrevivência, o que temem pode muito bem ser vosso poder, simplesmente porque,
não entendem isto e não sabem como usar isto. O modo como desenvolvem um
relacionamento com a parte de vocês mesmos é aceitando isto, acolhendo isto,
começando a jogar com isto, experimentando com isto e conhecendo isto. Precisam
chegar a conhecerem a si mesmos. Precisam verdadeiramente sentir como se
sentem.
Pensem em vossa vida até este ponto e sejam honestos com vocês mesmos. O
quanto de vossa vida contém o que amam? O quanto de vossa vida consiste de
alegria, liberdade, paixão, inspiração e criatividade? E, o quanto despendem de
tempo, em vossa vida, fazendo o que lhes traz alegria e felicidade? Estou certo que
a maioria de vocês, se não todos, podem, muito confortavelmente, dizerem que não
muito.

A razão para isto é em virtude de estarem despendendo a maior parte de vossa


vida fazendo malabarismo com as bolas que constituem os programas que vocês
vem conduzindo por acreditarem no que vossa vida deva ser. Estão vivendo a vida
que lhes conduziram a acreditar que deveriam estar vivendo, o que não
necessariamente significa ser a vida que vocês verdadeiramente merecem viver.
Apenas vocês podem determinar isto para vocês mesmos.

Assim que, perguntamos: No que consiste vosso ideal de vida? O que estão
fazendo? Quem está nela? Como viverão esta vida? Para alguns de vocês pode até
mesmo parecer ser muito difícil configurar esta situação, podem se encontrar
frustrados, pensando: Oh meu deus, quem estará nela?, O que estarei fazendo?
Como farei isto? Eu não estou surpreso que não saibam a razão do porquê não
sabem. Isto é porque, toda vossa energia tem sido em focarem o que deveriam estar
fazendo, todos os sonhos, as esperanças e desejos que desapareceram no nada. Que
evaporaram simplesmente como vossa verdade e por conseguinte, vossa jornada
deste dia em diante é abraçarem a si mesmos como indivíduos, para chegarem a
saber quem são. A identidade que reivindicaram como vocês. A que se refere isto
tudo? Quem é ela? O que ela representa? Quais são os pensamentos, sistemas de
crenças e percepções de vossa vida?

Lembrem de minhas palavras; não podem se tornar, totalmente, um com a vida até
que tenham se tornado completamente um com vocês mesmos. Separaram-se do
vosso self autêntico. Distanciaram- se de vossa verdade, daquelas forças e poder
que lhes motivam e que, de fato, lhes impulsionam a vários níveis. Níveis estes que
estão dormentes. De fato, estão recriando a si mesmos, reinventando, reinventando
a verdade de vocês. Isto leva tempo, requer dedicação. Estão valorizando este
tempo? Estão valorizando esta dedicação? Penso que sim, precisam acreditar nisto.

Chamem por vosso self autêntico para lhes guiarem ao longo do caminho da
liberdade, permitam que vosso self autêntico lhes mostre as várias faces de vocês,
se olhem no espelho onde o self autêntico se posiciona.

Muitas vezes o que desgostam nos outros é o que desgostam em vocês mesmos. Isto
significa que não é algo que necessariamente deva ser rejeitado a respeito de vocês
mesmos. Isto é, de fato, o que mais precisam aceitar de si mesmos. Quando podem
abraçar esta parte de vocês, isto é, automaticamente, transmutado em luz e então o
espelho reflete a luz de volta a vocês porque, o que uma vez foi percebido como
negativo ou escuro ou completo desdém se torna uma força, é a parte que
buscaram reaver, que abraçaram, que recuperaram e agora amam. Isto se torna
um dos vossos maiores aliados e lhes apoderam em todo um novo modo e somente
entenderão minhas palavras e a imensidão deste poder, uma vez que tenham feito
isto. Esta é a parte do processo de buscaram reaver o self, de se posicionarem
dentro da vibração do número mestre 11, o individual refletindo o individual, o
mestre diante de si mesmo, é a luz encontrando a escuridão, a escuridão olhando
na luz, se tornando uma. Invistam o tempo em si mesmos para trazerem vossa luz
individual ao mundo. Quanto mais completos se sentem, mais fortes serão e esta
força se torna um farol de luz para os outros e assim que se sentirão mais fortes
dentro de si mesmos para darem da vossa luz, darem vosso amor livremente, para
servirem incondicionalmente.

Ser um indivíduo é o que são, indivíduos. Estão unidos com a coletividade mas, não
podem operar totalmente em vosso poder dentro da coletividade até que tenham
reconhecido qual é o papel de indivíduo . O UNO deve ser abraçado antes que o
uno possa se tornar um com toda coletividade. O UNO é você, o individual, uma
expressão de uma coletividade. Algumas vezes isolando um aspecto, lançam luz no
grande todo. Confio que vejam a grande imagem disto tudo.

Amados, esta jornada é a que lhes revelará as partes do self que tem batido a
porta, procurando por vossa atenção, buscando vosso reconhecimento, vosso amor
e aceitação. Dêem a si mesmos este presente, se abracem. Tudo o que rejeitam de si
mesmos será rejeitado por tudo mais fora de vocês, de uma forma ou de outra.
Assim que, vossa luz se torna mais forte ao transmutarem o que está dentro de
vocês e que temem. É assim que crescem, é desta forma que recuperam os aspectos
de vossa alma, que busca liberação ao darem amor a ela, ao dizerem que estão
satisfeitos. E não importa quantas vezes as pessoas, em vosso mundo externo,
elogiem ou afaguem vosso ego. Nunca acreditarão nisto até que acreditem em vocês
mesmos, até que sejam capazes de aceitarem totalmente cada aspecto de vocês
mesmos, luz e escuridão.

Assim que, nos próximos dez dias, invistam um momento qualitativo para saberem
como vocês mesmos são como indivíduo , despendam um tempo para separarem,
desligarem e desconectarem do mundo externo e de todas as coisas que lhes
distraem de vocês e determinem o que, de vocês mesmos, está necessitando de
vocês, vosso tempo e atenção e dêem isto a vocês. Eu lhes asseguro da cura que virá
disto e como resultado, automaticamente, lhes conduzirão na direção da liberação
e da mudança que buscam.

Durante este tempo, eu, Kuthumi, acompanhado de vosso guias pessoais, anjos e
guardiões garantiremos que tudo que necessitarem para trazer visão e clareza se
manifeste totalmente em graça, harmoniosamente e miraculosamente. Confiem
que todas as respostas chegarão com facilidade e que a clareza está dentro do
coração de vocês.

Desejo tomar esta oportunidade para agradecer por terem tomado tempo para
ouvirem esta mensagem. Quero lhes agradecer por ouvirem a parte de vocês que
desesperadamente necessita receber esta mensagem. Se, estivem ouvindo estas
palavras ou lendo estas palavras agora, há uma parte de vocês que acabou de lhes
entender. Uma batida na porta que vocês atenderam e eu quero lhes congratular
pela vossa escolha de começarem esta poderosa jornada da alquimia, a jornada a
autenticidade, uma que é liberação de verdade.

E assim é que então, lhes abraçamos, amados, dentro do poder do vosso autêntico
self.

Abraçamos vocês dentro da divindade de tudo o que são e lhes asseguro que nossa
presença esta aí para lhes guiar e dar-lhes suporte e assim que, podem se tornar
vosso self total.

Confiem nos diversos braços que lhes amparam, que lhes guiam e confiem que
sabem o que é melhor para vocês. Confiem que vosso poder cresce como resultado
de apoderarem a si mesmos, chegando a conhecerem a si mesmos como indivíduo ,
vosso papel dentro da coletividade cresce em força. Vossa habilidade para guiar os
outros cresce em força não pelo que irão dizer mas, simplesmente, pelo que fazem e
o mais importante pelo o que estão fazendo em vossa própria vida e por
conseguinte possam todos estar perfeitamente alinhados com o programa divino de
vosso autêntico self.

Eu Sou Kuthumi,