Você está na página 1de 14

Programa de Ação de Formação

Ação: Condução de veículos agrícolas da categoria I (CVA) Duração: 50 horas

Laboral ✘ Pós-Laboral Misto Formação-ação Formação à distância

Objetivo Geral

Capacitar os participantes para conduzir e operar veículos agrícolas da Categoria I (motocultivadores com
reboque ou retrotrem e tratocarros, desde que a massa máxima não exceda os 2 500Kg) , com e sem máquinas
agrícolas montadas ou rebocadas.

Objetivos Específicos (Competências dos formandos à saída da formação)

Bloco I
. Idêntificar e interpretar os princípios de segurança rodoviária, a sinalética e as regras do Código da Estrada.
. Reconhecer as responssabilidades do condutor de veículos na via pública.

Bloco II
. Conduzir e operar veículos agrícolas da categoria I, com e sem máquinas agrícolas, montadas ou rebocadas, de
acordo com as regras do Código da Estrada, a sinalética, as normas de segurança rodoviária, as instruções de
trabalho e as condições climatéricas e da via de circulação.

Metodologia (Método e Técnicas utilizados)

Ativa, centrada no participante, utilizando diversas técnicas de ensino como, exposição dialogada, demonstração,
simulação, estudo de caso e trabalho individual e de grupo. A formação prática será realizada essencialmente no
campo, sob a forma de prática simulada.

Participantes (Condições Requeridas)

Nº de formandos: 12 Idade ≥16 anos

Destinatários:
Agricultores, operadores e trabalhadores
(alinea a) do Artigo 3.º do Despacho n.º 3232/2017, de 18 de abril de 2017.

Habilitações literárias:
Escolaridade mínima obrigatória, nos termos dos n.os 3.1 e 3.2, do artigo 7.º, do Anexo do Despacho n.º
8857/2014, de 9 de julho.

Março 2018

1
Conteúdo Temático

Carga horária
Blocos

Formação Total
Módulos Unidades em sala PSC (1)+(2)
CT PS (3) +
(1) (2) (3)

Introdução Apresentação, expetativas e análise do programa 1 1

1. O sistema de circulação rodoviário


I.1
2. Função da condução
Princípios gerais de
3 3
trânsito e de
3 - Sinalização
segurança rodoviária
4. Regras de trânsito e manobras

1. Fadiga
I.2
Estado físico e
2. Medicamentos e substâncias psicotrópicas 2 2
psicológico do
condutor
3. Álcool

1. Veículos agrícolas

2. Constituintes dos veículos


I - Código da estrada

I.3
3. Pesos e dimensões 3 2 5
Condutor e veículo
4. Transporte de carga e passageiros

5. Proteção do ambiente

1. Comportamento a adotar pelo condutor face a: peões,


veículos de duas rodas, veículos pesados, ultrapassagem,
ângulos mortos, distância de segurança
I.4
Condutor e outros 2. Comportamento cívico 3 2 5
utentes da via
3. A condução defensiva

4. Comportamento face a acidente

I.5 1. Trânsito dentro de localidades


Condutor, via e
3 1 4
outros fatores
externos 2. Condução noturna

1. Habilitação legal para conduzir


I.6
2 2
Disposições gerais
2. Responssabilidade

1. Características, constituição e comandos


II - Condução de veículos
agrícolas de Categoria I

2. Principais orgãos e sistemas


II.1
Motocultivador,
2.1. Motor
retrotrem e
1 1 2
tractocarro
2.2. Transmissão
(cont.)
2.3. Locomoção

2.4. Direção

A transportar 18 6 0 24

2
CT: Científico-tecnológico; PS: Prática simulada; PSC: Prática Simulada de Campo

3
4
5
Conteúdo Temático

Carga horária
Blocos

Formação Total
Módulos Unidades em sala PSC (1)+(2)
CT PS (3) +
(1) (2) (3)

Transporte 18 6 0 24

(Cont.) 2.5. Travões


II.1
Motocultivador, 3. Estruturas, orgãos e elementos de segurança
retrotrem e
tractocarro 4. Regulação, afinação e manutenção

1. Mobilização do solo

2. Pulverização
II.2
1 1 2
Máquinas operadoras
3. Carga e transporte

4. Regulações, afinação e manutenção

1. Ponto morto e embraiagem, estabilização de velocidade

2. Condução em linha reta - marcha para a frente e para


(Cont.) II - Condução de veículos agrícolas de Categoria I

trás, lenta e rápida


3. Condução em curva - marcha para a frente, para trás e
aproximação a alfaias
II.3
Técnicas de 4. Condução lenta, em patamar, em subida e em descida
condução do
motocultivador e do 5. Atrelar ou desatrelar o reboque ou semi-reboque ao
conjunto veículo 1 12 13
motocultivador/rebo
6. Contornar obstáculos
que ou semi-
reboque/máquina 7. Travagem para parar com precisão, travagem de
agrícola montada emergência

8. Condução em rotundas, cruzamentos e entroncamentos

9. Mudança de direcção, inversão de marcha,


estacionamento

10. Riscos na condução e medidas preventivas

II.4 1. Principais riscos


Utilização de
1 1 2
máquinas
operadoras 2. Organização e execução dos trabalhos

II.5 1. Proteção do solo


Protecção e
1 1
conservação do
ambiente 2. Eliminação de resíduos

II.6 1. Boas práticas de segurança, higiene e saúde na


Segurança, higiene e condução, operação, engate/desengate de reboques , 1 1
saúde no trabalho semi-reboques e outras máquinas agrícolas

Avaliação de aprendizagem
Avaliação 1 6 7
Avaliação de reação / encerramento

Total 24 8 18 50

6
CT: Científico-tecnológico; PS: Prática simulada; PSC: Prática Simulada de Campo

7
Esquema de avaliação

1- Tipos de avaliação

1.1. De reação ✘

1.1.1. Modular / Formador

1.1.2.Semanal

1.1.3.Quinzenal

1.1.4.Mensal

1.1.5.Final ✘

1.2.De conhecimentos ✘

1.2.1. Diagnóstica 1.2.2. Formativa 1.2.3. Sumativa

Bloco

Módulo ✘

Unidade


Final

2. Instrumentos de Avaliação de Conhecimentos

2.1.Fichas ✘

2.2.Trabalhos individuais ✘

2.3.Trabalhos em grupo ✘

Específicar:

. Avaliação de reação - A efetuar no final da ação de formação.


. Avaliação Formativa - A efetuar nos Blocos I e II através de testes, trabalhos individuais ou em grupo.
. Avaliação sumativa - A efetuar no final da ação, perante júri, uma prova de avaliação de conhecimentos. A prova
é realizada individualmente e é constituída por uma componente de âmbito teórico (oral), que incide sobre o
"Código da estrada" e outra subsequente prática, que incide sobre as aptidões e comportamento do formando
perante uma situação simulada de condução e de operação, com o veículo da Categoria I.
A prova será realizada perante um júri e nos termos definidos no regulamento específico.

3.Critério de Avaliação de conhecimentos

Serão considerados com aproveitamento, os formandos que para além de terem tido assiduidade ao curso (o
limite de faltas para efeitos de aproveitamento não deve exceder 10% das horas totais do curso) e obtenham
aproveitamento na prova de avaliação efetuada perante o júri . Na componente teórica (oral) relativa ao "Código"
apenas são considerados aprovados, os formandos que respondam acertadamente a pelo menos 7 questões das 9
colocadas. Na componente prática apenas são considerados aprovados os que efetuem o desempenho definido
pelo júri. Considera-se aprovado no curso, o formando que obtenha aprovação na componente oral (Código) e na
componente prática (Condução). A classificação final a atribuir ao formando aprovado será "Com
aproveitamento".

8
Formadores (condições cumulativas requeridas)

Módulos Habilitação profissional e /ou Habilitação pedagógica


Habilitação literária
Unidades Experiência profissional

. Curso Base de Mecanização Agrícola


(BMA), ou equivalente, homologado pelo
Ministério da agricultura, com licença de
condução de veículos agrícolas da
categoria II ou III;

ou

.Curso "Mecanização básica e condução de


veículos agrícolas da categoria II ou III
. Certificado de
(MBCVA)” homologado pelo Ministério da
competências pedagógicas
Agricultura, ou equivalente, com licença de
(CCP);
condução de veículos agrícolas da
ou
. ≥ Nível 4 ou equivalente categoria II ou III;
. Certificado de Aptidão
Todos na área das ciências
Pedagógica.
agrárias.
Ficam excecionados da apresentação de
. Isenção nos termos do
comprovativos da habilitação profissional
n.º2, art.º 2.º Port. n.º
os docentes do ensino superior e do ensino
214/2011, de 30 de maio
profissional detentores de licença de
condução de veículos agrícolas da
categoria II ou III, que ministrem, ou
tenham ministrado nos últimos cinco anos,
e com o mínimo de cinco anos de atividade
docente, unidades curriculares na área
temática da mecanização e condução de
veículos agrícolas e higiene e segurança no
trabalho.

Coordenadores

De acordo com os requisitos definidos pela Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho (DGERT);
Despacho n.º 8857/2014, de 9 de junho e o respetivo regulamento específico do curso.

9
10
Recursos técnicos, didáticos, pedagógicos e instalações

1. Material didático 2.4 Pneus


Quadro (giz ou porcelana e papel) Hidro-insuflador
Retroprojetor e ecrã (facultativo) Macaco hidráulico para 2 T
Televisão e leitor de vídeo ou de CD (facultativo) Manómetro
PC portátil , projetor de multimédia e impressora Chave de cruzeta
Transparências e marcadores (facultativo) Bomba de ar
2. Equipamento 2.5 Combustíveis e lubrificantes
2.1 Máquinas(homologado e equipado com meios
Tambor de combustível (200 l)
de protecção, de acordo com a normas de SHST)
Motocultivador com reboque ou retrotrem, em
conformidade com o exigido para a obtenção da Licença Torneira
de Condução da Categoria I
Charruas adequadas à potência do motocultivador Bomba de transfega
Grades adequadas à potência do motocultivador Balde para combustível

Pulverizadores adequados à potência do motocultivador Balde para óleos

Escarificadores adequados à potência do motocultivador Filtros de combustível

Sachadores adequados à potência do motocultivador Óleos de motor e de transmissão


Reboques adequados à potência do motocultivador Massa lubrificante
Fresas adequadas à potência do motocultivador Funis
2.2 Instrumentos e ferramentas Tabuleiros
Gambiarra 2.6 Diversos
Jogos de lâmpadas de 12 V Preguiças
Fusíveis de 12 V Freios de cavilha
Ficha eléctrica tripla Cavilhões
Carregador de bateria Extintor de incêndio
Vaselina neutra ou industrial 2.7 Material de limpeza
Água destilada Mangueira com agulheta ( 8 a 10 m)
Escova de limpeza de bornes Esponja
Busca-pólos de 12 V e 220 V Pacotes de detergente
2.3 Caixa de ferramentas com cadeado, contendo Balde água
Conta-rotaçãoes Panos
Tesoura 2.8 Equipamento de proteção individual
Chaves francesas diferentes Fatos-macaco
Jogo de chaves de caixa com desendador e extensão Luvas de trabalho
Jogo de chaves de luneta Botas de borracha
Jogo de chaves de boca 2.9 Código da Estrada
Alicate Livros de Código
Alicate de pontas Mesa de Código
Alicate de griff Jogo de carrinhos incluindo tractor e semi-reboque
Chave de tubos Jogo de sinais de mesa
Martelo de bola Jogo de sinais de código
Martelo de pena 3. Outros recursos e infraestruturas
Sala de formação devidamente equipada e com
Chaves sextavadas condições de superfície, ilumunação, ventilação e
temperatura.

Oficina/área de apoio para a manutenção, conservação,


Chaves de fendas diferentes reparação e limpeza do conjunto motocultivador e
reboque e outras máquinas agrícolas.
Área para simulação de circulação urbana e não
Chaves de estrela
urbana
Limatão redondo Instalaçãoes sanitárias adequadas
Jogo de limas Área para parque de manobras

11
Fita métrica de aço (3 m) Folhas de lixa de ferro (duas ou três)

12
13
14