Você está na página 1de 9

Ministério da Economia

Secretaria Especial de Fazenda

Mensagem Modificativa PLOA 2020

Brasília, novembro de 2019


Mensagem Modificativa: motivos do encaminhamento
TENDO EM VISTA EVENTOS E MEDIDAS QUE OCORRERAM APÓS AGOSTO DE 2019, COM
REPERCUSSÃO SIGNIFICATIVA EM 2020, HÁ NECESSIDADE DE APRIMORAMENTO DO PLOA 2020:
• Medidas com impacto relevante no orçamento 2020:
 MP nº 899/2019 que criou a transação tributária (Contribuinte Legal), com estimativa de arrecadação de cerca de R$
6,4 bilhões em 2020;
 MP nº 904/2019 que extinguiu o seguro DPVAT, retirando R$ 1,0 bilhão de arrecadação no orçamento 2020; e
 MP nº 905/2019 que instituiu o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo e aperfeiçoou a legislação trabalhista: mudanças
na arrecadação para o RGPS, devido a hipóteses para novas desonerações e instituição da contribuição previdenciária
sobre o seguro-desemprego, bem como extinção do adicional de 10% do FGTS, que reduz R$ 5,6 bilhões de receita e
despesa em 2020.

• Reforma da Previdência com o texto final: a Proposta original continha apenas o texto
aprovado na Câmara, sem as alterações do Senado.
• Reestimativa de despesas obrigatórias: redução da projeção com INPC, com impacto no valor
do salário mínimo e consequentemente em benefícios sociais, e correção na base de
projeção de pessoal e encargos. 2
Mensagem Modificativa: Reestimativa das despesas obrigatórias com
pessoal e encargos
A PROJEÇÃO PARA DESPESA DE PESSOAL PARA 2020 FOI REVISTA EM FUNÇÃO DA REPROJEÇÃO DA BASE DE
2019:
• Em 2019, no Ministério da Educação, as projeções assumiram valores conservadores ao longo do primeiro semestre,
aguardando a realização na folha de pagamento dos reajustes aprovados na área, concedidos pela Lei nº 13.325, de 2016,
cuja última parcela gerou impactos orçamentários em agosto, com pagamento em setembro.
• Também foi reestimado o efeito cascata da anualização do referido reajuste. Considerando que o mesmo se deu em agosto
de 2018, com pagamento em setembro, o impacto para o exercício de 2019 foi calculado com base nas premissas adotadas
à época do PLOA 2019 elaborada em agosto de 2018, sem a folha fechada.
• No caso do Banco de Professores Equivalentes, também no MEC, por motivos legais só é possível restringir este valor
constante no orçamento no final do ano, quando os profissionais não são contratados, possibilitando melhor previsão até o
final do ano.
• Outros fatores de redução foram a realização à menor da incorporação do Quadro em Extinção dos Ex-Territórios (Emendas
Constitucionais nº 98/2017, 79/2014 e 60/2009), a anualização dos provimentos do Anexo V de 2018, eliminação da
reserva para PDVs e do passivo atuarial das Estatais Federais.

3
Parâmetros Econômicos

PLOA 2020 Mensagem


PLOA 2020
Parâmetros Modificativa (c) = (b) - (a)
(a)
(b)
PIB real (%) 2,17 2,32 0,15
PIB Nominal (R$ bilhões) 7.614,6 7.618,4 3,79
IPCA acum (%) 3,9 3,5 -0,38
INPC acumulado (%) 4,0 3,5 -0,46
IGP-DI acum (%) 4,1 4,2 0,10
Taxa Over - SELIC Média (%) 5,6 4,4 -1,22
Taxa de Câmbio Média (R$ / US$) 3,8 4,0 0,21
Preço Médio do Petróleo (US$/barril) 61,4 59,0 -2,48
Valor do Salário Mínimo (R$ 1,00) 1.039,0 1.031,0 -8,00
Massa Salarial Nominal (%) 6,3 6,3 -0,02
Fonte: SPE/Fa zenda /ME.
El a bora çã o: SOF/Fa zenda /ME. 4
Mensagem modificativa e regras fiscais: Necessidade de Financiamento do
Governo Central
PLOA 2020
PLOA 2020
(a)
Mensagem Modificativa (c) = (b) - (a)
Discriminação (b)

R$ Bilhões % PIB R$ Bilhões % PIB R$ bilhões

1. RECEITA TOTAL 1.644,5 21,6 1.637,1 21,5 (7,4)


Receita Adm. pela RFB/ME, exceto RGPS e líquida de Incentivos Fiscais 1.002,2 13,2 1.003,1 13,2 0,9
Arrecadação Líquida para o RGPS 438,4 5,8 436,5 5,7 (2,0)
Receitas Não Administradas pela RFB/ME 203,9 2,7 197,6 2,6 (6,3)
2. TRANSFERÊNCIAS POR REPARTIÇÃO DE RECEITA 289,0 3,8 288,7 3,8 (0,3)
3. RECEITA LÍQUIDA (1) - (2) 1.355,6 17,8 1.348,4 17,7 (7,1)
4. DESPESAS PRIMÁRIAS 1.479,7 19,4 1.472,5 19,3 (7,1)
Obrigatórias (*) 1.390,4 18,3 1.377,9 18,2 (12,5)
Discricionárias que migraram para Obrigatórias* 7,5 0,0 7,5
Discricionárias do Poder Executivo (*) 89,3 1,2 87,2 1,1 (2,1)

5. RESULTADO PRIMÁRIO DO GOVERNO CENTRAL (3) - (4) (124,1) (1,6) (124,1) (1,6) 0,0

6. META DE RESULTADO PRIMÁRIO OFS (LDO) (124,1) (1,6) (124,1) (1,6) 0,0
Elaboração: SOF/FAZENDA/ME.
(*) Com LDO 2020 (publicada 11/11) determinadas despesas dos Ministérios da Defesa e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações passaram a
ser obrigatórias, o que provocou reclassificação da ordem de R$ 7,5 bilhões. 5
Mensagem modificativa e regras fiscais: Teto dos Gastos
R$ milhões
A. Despesa primária total, exceto transferências 1.472.533,2
B. Despesas excluídas do Teto 33.296,0
Fundeb - Complementação 16.462,1
Fundo Constitucional do DF 15.541,6
Pleitos Eleitorais 1.289,3
Aumento de capital de estatais 3,0

C. Transferências incluídas no Teto 8.263,6


Transferências Concessões Florestas Nacionais 5,6
Transferências Foros e Laudêmios 119,0
Subsídio aos Fundos Constitucionais 8.139,1

D. Teto 2020 1.454.470,3

E. Espaço não utilizado no Teto de Gastos [ D - A + B - C ] 6.969,5


6
Mensagem modificativa e regras fiscais: Regra de Ouro
R$ milhões
Mensagem
PLOA 2020 Diferença
Discriminação Modificativa
(a) (c) = (b) - (a)
(b)

A. Total de Operações de Crédito 1.830.502,3 1.731.499,1 -99.003,2

B. Total das Despesas de Capital 1.463.471,3 1.369.965,7 -93.505,5

C. Insuficiência para Regra de Ouro para compor órgão com 367.031,1 361.533,4 -5.497,7
programações condicionadas [ A - B ]
Benefícios Previdenciários 156.596,9 217.286,1 60.689,2
Pessoal e Encargos Sociais 104.689,9 85.866,0 -18.824,0
Bolsa Família 9.000,0 9.006,6 6,6
Subsídios e Subvenções Econômicas 6.703,0 6.110,0 -593,0
Compensação ao FRGPS pelas Desonerações 5.000,0 5.000,0 0,0
Seguro-desemprego/Abono Salarial 10.314,6 -10.314,6
Sentenças OCC 20.402,8 20.277,1 -125,7
Complementação FUNDEB 6.613,4 -6.613,4
Financiamento de Campanha Eleitoral 1.269,8 1.269,8 0,0
Benefícios aos Servidores 3.405,3 3.394,7 -10,7
Obrigatórias com Controle de Fluxo 25.491,2 71,5 -25.419,8
Discricionárias do Poder Executivo 17.544,0 13.251,6 -4.292,4
7
Mensagem modificativa: Variações em Despesas Discricionárias

Em razão da LDO de 2020 sancionada, algumas despesas que no PLOA 2020 (posição de
31/08) eram discricionárias irão como obrigatórias na mensagem modificativa:

Resumo Geral
• R$ 7,5 bilhões - Aumento nas Despesas Obrigatórias
 R$ 3,1 bilhões - MCTIC (migração de discricionárias para obrigatórias);
 R$ 4,1 bilhões - MD (migração de discricionárias para obrigatórias);
 R$ 0,2 bilhões – ANA (migração de discricionárias para obrigatórias).

• R$ 2,1 bilhões – Redução nas Despesas Discricionárias


 R$ 7,5 bilhões – redução por migração (MCTIC e MD) para despesas obrigatórias
 R$ 5,4 bilhões – elevação de despesas em diversos órgãos (Defesa, Educação, Segurança Pública, Infraestrutura,
Minas e Energia e Presidência da República)