Você está na página 1de 2

ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA JUDITH DOS REIS ESPÍNDOLA

PROJETO: Desvendando a matemática.


PÚBLICO ALVO: Alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental
INTRODUÇÃO
O Projeto “Desvendando a matemática” é uma proposta de trabalho que tem
como propósito mostrar aos alunos a história dos grandes matemáticos através do teatro
de sombra, é muito importante para nossos alunos que conheçam a trajetória de
alguns matemáticos que são citados nos livros de matemática do 6º ao 9º ano do
ensino fundamental 2, assim podem se aprofundar na vida de cada matemático, como
foram surgindo as fórmulas, como eram feitas as contas antigamente, etc.
JUSTIFICATIVA
Todos os povos da Terra desenvolveram um pouco da matemática. Em alguns
casos, essa ciência se espalhou a partir de uma cultura para outra. Agora há uma
matemática internacional predominante, cuja história é muito interessante. Ela tem
raízes no antigo Egito e na Babilônia, em seguida, cresceu rapidamente na Grécia
antiga. Matemática escritos em grego antigo foi traduzido para o árabe. Sobre o mesmo
tempo um pouco de matemática da Índia foi traduzido para o árabe. Mais tarde um
pouco dessa matemática foi traduzido para o latim e se tornou a matemática da Europa
Ocidental. Durante um período de várias centenas de anos, tornou-se a matemática do
mundo.
A história da matemática pode estar presente na sala de aula em vários contextos
diferentes, pode ser apresentada de forma lúdica com problemas curiosos, “os enigmas”,
como fonte de pesquisa e conhecimento geral, como introdução de um conteúdo ou
atividades complementares de leitura, trabalho em equipe e apresentação para o
coletivo. Também pode apresentar a matemática com uma gama de possibilidades de
atividades diferenciadas que vão muito além das infindáveis sequências de exercícios e
memorização de métodos e fórmulas.

Com a história da matemática, tem-se a possibilidade de buscar uma nova forma


de ver e entender a matemática, tornando-a mais contextualizada, mais integrada com as
outras disciplinas, mais agradável, mais criativa, mais humanizada.

Segundo D’Ambrosio (1999):

“As ideias matemáticas comparecem em toda a


evolução da humanidade, definindo estratégias de ação para
lidar com o ambiente, criando e desenhando instrumentos
para esse fim, e buscando explicações sobre os fatos e
fenômenos da natureza e para a própria existência. Em todos
os momentos da história e em todas as civilizações, as ideias
matemáticas estão presentes em todas as formas de fazer e de
saber.” (p. 97)

É claramente visto, que a história da matemática propicia mostrar que a matemática


tem um processo histórico, é uma construção humana, que é gerada pelas necessidades
práticas construídas para atender a certas demandas da sociedade.
OBJETIVO GERAL
Despertar nos alunos e em toda a comunidade escolar de forma diferenciada a
importância de sabermos sobre os grandes matemáticos que vem descritos nos livros
didáticos.

OBJETIVO ESPECÍFICOS
-Analisar o índice de gravidez na adolescência nesta cidade;

-Descrever os principais problemas que levam a tal fato – a gravidez prematura.

-Sensibilizar os professores a incluírem a temática sexualidade, nas atividades


docentes diárias, ou quando se fizer necessário.

-Proporcionar momentos de discussão entre os adolescentes e profissionais da


área de educação e saúde sobre o tema abordado;

-Divulgar, no ambiente escolar, informações acerca da gravidez precoce;

-Reunir o maior número de adolescentes das escolas para palestras informativas


com profissionais especializados;

METODOLOGIA
No primeiro momento trabalharemos com vídeos para mostrarmos como
elaboramos um teatro de sombra, e em seguida, os alunos irão pesquisar sobre os
matemáticos citados nos livros didáticos e logo após, começarmos a elaborar o teatro
referentes aos matemáticos. Na sala de aula, iremos fazer a construção como materiais,
para que possamos construir a peça, assim contando a história de cada matemático
pesquisado.
Os temas abordados poderão ser trabalhados com leituras, interpretações,
debates, discussões, trabalhados em grupos, dinâmicas, teatros, confecção de cartazes,
filmes, produções através da escrita e em formas de desenhos, documentários,
pesquisas, entrevistas, poemas, músicas e muitos outros a critério dos professores e de
acordo com a disciplina ministrada.
AVALIAÇÃO
A avaliação será através da observação e do decorrer das atividades
desenvolvidas.