Você está na página 1de 98

Cálculo I

Humberto José Bortolossi

Departamento de Matemática Aplicada


Universidade Federal Fluminense

Aula 3
4 de setembro de 2007

Aula 3 Cálculo I 1
Exercício da última aula

Aula 3 Cálculo I 2
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 3
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 4
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 5
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 6
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 7
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 8
Exemplo: esboce o gráfico de y = (|x| − 1)3
y = f (x) = x 3 y = g(x) = (x − 1)3 = f (x − 1)

y = h(x) = (|x| − 1)3 = g(|x|)

Aula 3 Cálculo I 9
Limites

Aula 3 Cálculo I 10
Motivação: o problema da tangente

Dada uma função f e um ponto P no seu gráfico, ache uma equação


da reta que é tangente ao gráfico de f em P.

Aula 3 Cálculo I 11
Motivação: o problema da área

Dada uma função f , ache a área entre o gráfico de f e um


intervalo [a, b] no eixo x.

Aula 3 Cálculo I 12
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

não está definida em p = 1,

mas o que acontece com o valor de q(x)


quando x está próximo de p = 1?

Aula 3 Cálculo I 13
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

não está definida em p = 1,

mas o que acontece com o valor de q(x)


quando x está próximo de p = 1?

Aula 3 Cálculo I 14
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 15
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 16
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 17
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 18
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 19
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 20
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 21
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 22
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 23
Exemplo

x2 − 1
q(x) =
x −1

x q(x)
0.9000 1.9000
0.9900 1.9900
0.9990 1.9990
0.9999 1.9999
1.0000 não está definida
1.0001 2.0001
1.0010 2.0010
1.0100 2.0100
1.1000 2.1000

Aula 3 Cálculo I 24
Exemplo

x2 − 1 (x − 1) · (x + 1)
q(x) = = = x + 1, para x 6= 1.
x −1 x −1

Se x está cada vez mais próximo de p = 1,


então q(x) está cada vez mais próximo de L = 2.

Notação:

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 25
Exemplo

x2 − 1 (x − 1) · (x + 1)
q(x) = = = x + 1, para x 6= 1.
x −1 x −1

Se x está cada vez mais próximo de p = 1,


então q(x) está cada vez mais próximo de L = 2.

Notação:

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 26
Exemplo

x2 − 1 (x − 1) · (x + 1)
q(x) = = = x + 1, para x 6= 1.
x −1 x −1

Se x está cada vez mais próximo de p = 1,


então q(x) está cada vez mais próximo de L = 2.

Notação:

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 27
Exemplo

x2 − 1 (x − 1) · (x + 1)
q(x) = = = x + 1, para x 6= 1.
x −1 x −1

Se x está cada vez mais próximo de p = 1,


então q(x) está cada vez mais próximo de L = 2.

Notação:

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 28
Exemplo

x2 − 1 (x − 1) · (x + 1)
q(x) = = = x + 1, para x 6= 1.
x −1 x −1

Se x está cada vez mais próximo de p = 1,


então q(x) está cada vez mais próximo de L = 2.

Notação:

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 29
Exemplo

x2 − 1 (x − 1) · (x + 1)
q(x) = = = x + 1, para x 6= 1.
x −1 x −1

Se x está cada vez mais próximo de p = 1,


então q(x) está cada vez mais próximo de L = 2.

Notação:

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 30
O que está acontecendo geometricamente?

x2 − 1
lim = 2.
x→1 x − 1

Aula 3 Cálculo I 31
Limites (de um ponto de vista informal)

Definição
Se os valores de q(x) poderem ser tomados tão próximos
quanto quisermos de um número L, fazendo x suficientemente
próximo de p (mas não igual a p), então escrevemos

lim q(x) = L,
x→p

o qual deve ser lido como

“o limite de q(x) quando x tende a p é igual a L”.

Aula 3 Cálculo I 32
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

não está definida em p = 0,

mas o que acontece com o valor de q(x)


quando x está próximo de p = 0?

Aula 3 Cálculo I 33
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

não está definida em p = 0,

mas o que acontece com o valor de q(x)


quando x está próximo de p = 0?

Aula 3 Cálculo I 34
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 35
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 36
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 37
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 38
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 39
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 40
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 41
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 42
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 43
Exemplo

x
q(x) = √
x +1−1

x q(x)
− 0.1000 1.9486832 . . .
− 0.0100 1.9949874 . . .
− 0.0010 1.9994998 . . .
− 0.0001 1.9999499 . . .
+ 0.0000 não está definida
+ 0.0001 2.0000499 . . .
+ 0.0010 2.0004998 . . .
+ 0.0100 2.0049875 . . .
+ 0.1000 2.0488088 . . .

Aula 3 Cálculo I 44
Exemplo


x x x +1+1
q(x) = √ = √ ·√
x +1−1 x +1−1 x +1+1
√ √
x · ( x + 1 + 1) x · ( x + 1 + 1)
= √ =
( x + 1)2 − (1)2 x


= x + 1 + 1, para x 6= 0.

x √
Logo, lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 45
Exemplo


x x x +1+1
q(x) = √ = √ ·√
x +1−1 x +1−1 x +1+1
√ √
x · ( x + 1 + 1) x · ( x + 1 + 1)
= √ =
( x + 1)2 − (1)2 x


= x + 1 + 1, para x 6= 0.

x √
Logo, lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 46
Exemplo


x x x +1+1
q(x) = √ = √ ·√
x +1−1 x +1−1 x +1+1
√ √
x · ( x + 1 + 1) x · ( x + 1 + 1)
= √ =
( x + 1)2 − (1)2 x


= x + 1 + 1, para x 6= 0.

x √
Logo, lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 47
Exemplo


x x x +1+1
q(x) = √ = √ ·√
x +1−1 x +1−1 x +1+1
√ √
x · ( x + 1 + 1) x · ( x + 1 + 1)
= √ =
( x + 1)2 − (1)2 x


= x + 1 + 1, para x 6= 0.

x √
Logo, lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 48
Exemplo


x x x +1+1
q(x) = √ = √ ·√
x +1−1 x +1−1 x +1+1
√ √
x · ( x + 1 + 1) x · ( x + 1 + 1)
= √ =
( x + 1)2 − (1)2 x


= x + 1 + 1, para x 6= 0.

x √
Logo, lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 49
Exemplo


x x x +1+1
q(x) = √ = √ ·√
x +1−1 x +1−1 x +1+1
√ √
x · ( x + 1 + 1) x · ( x + 1 + 1)
= √ =
( x + 1)2 − (1)2 x


= x + 1 + 1, para x 6= 0.

x √
Logo, lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 50
Exemplo

x √
lim √ = lim ( x + 1 + 1) = 2.
x→0 x + 1 − 1 x→0

Aula 3 Cálculo I 51
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 52
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 53
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 54
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 55
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 56
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 57
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 58
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 59
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 60
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 61
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 62
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 63
Cuidado!
π 
q(x) = sen
x

x π/x q(x)
− 1.0000 −π 0
− 0.1000 −10 · π 0
− 0.0100 −100 · π 0
− 0.0010 −1000 · π 0
− 0.0001 −10000 · π 0
+ 0.0000 não está definida não está definida
+ 0.0001 10000 · π 0
+ 0.0010 1000 · π 0
+ 0.0100 100 · π 0
+ 0.1000 10 · π 0
+ 1.0000 π 0

Aula 3 Cálculo I 64
Cuidado!
π 
Não existe lim sen !
x→0 x

Aula 3 Cálculo I 65
Limites laterais

Aula 3 Cálculo I 66
Limites laterais

|x| +1, se x > 0,
f (x) = =
x −1, se x < 0.

Aula 3 Cálculo I 67
Limites laterais

|x| +1, se x > 0,
f (x) = =
x −1, se x < 0.

Aula 3 Cálculo I 68
Limites laterais

|x| +1, se x > 0,
f (x) = =
x −1, se x < 0.

Aula 3 Cálculo I 69
Limites laterais

|x|
Não existe lim ...
x→0 x

Aula 3 Cálculo I 70
Limites laterais

|x| |x|
mas existem os limites laterais lim+ = +1 e lim = −1.
x→0 x x→0 − x

Aula 3 Cálculo I 71
Limite lateral à direita (de um ponto de vista informal)

Definição
Se pudermos tornar os valores de f (x) tão próximos quanto
quisermos de um número L, fazendo x suficientemente próximo
de p (porém maior do que p), então escreveremos

lim f (x) = L,
x→p+

o qual deve ser lido

“o limite de f (x) quando x tente a p pela direita é igual a L”.

Aula 3 Cálculo I 72
Limite lateral à esquerda (de um ponto de vista informal)

Definição
Se pudermos tornar os valores de f (x) tão próximos quanto
quisermos de um número L, fazendo x suficientemente próximo
de p (porém menor do que p), então escreveremos

lim f (x) = L,
x→p−

o qual deve ser lido

“o limite de f (x) quando x tente a p pela esquerda é igual a L”.

Aula 3 Cálculo I 73
Relação entre limites laterais e bilaterais

Proposição

lim f (x) = L
x→p

lim f (x) = L e lim f (x) = L.


x→p+ x→p−

Aula 3 Cálculo I 74
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 75
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 76
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 77
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 78
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 79
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 80
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 81
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 82
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 83
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 84
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 85
Exemplo

lim f (x) = 3, lim f (x) = 1, lim f (x) não existe.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 86
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 87
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 88
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 89
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 90
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 91
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 92
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 93
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 94
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 95
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 96
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 97
Exemplo

lim f (x) = 2, lim f (x) = 2, lim f (x) = 2.


x→2+ x→2− x→2

Aula 3 Cálculo I 98