Você está na página 1de 3

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE VIZELA

ESCOLA EB2,3 DE CALDAS DE VIZELA – 340467

EFA - informações
Os Cursos de Educação e Formação de Adultos (Cursos EFA) são uma
oferta de educação e formação para adultos que pretendam elevar as suas
qualificações.

Estes cursos desenvolvem-se de acordo com o perfil e história de vida


dos adultos certificando habilitação escolar.

 PARA QUEM?

Os cursos EFA poderão ser indicados para si se tem idade igual ou


superior a 18 anos e pretende completar o 6º, 9º ou 12º ano de escolaridade.

 OBJECTIVO

Estes cursos dão-lhe a possibilidade de adquirir habilitações escolares


com vista a uma (re) inserção ou progressão no mercado de trabalho.

 PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS

Os adultos que concluam o ensino básico ou secundário através de


cursos EFA que pretendam prosseguir estudos estão sujeitos aos respectivos
requisitos de acesso das diferentes modalidades de formação.

A certificação escolar resultante de um curso EFA de nível básico


permite-lhe o prosseguimento de estudos através de um curso EFA de nível
Secundário ou o ingresso num processo de reconhecimento, validação e
certificação de competências com vista à obtenção de uma qualificação de um
nível secundário.

A certificação escolar resultante de um Curso EFA de nível secundário


permite o prosseguimento de estudos através de um Curso de Especialização
Tecnológica ou de um curso de nível superior, mediante as condições definidas
na Deliberação nº 1650/2008 de 13 de Junho, da Comissão Nacional de
Acesso ao Ensino Superior, ou nos termos do Decreto-lei nº 64/2006, de 21 de
Março (acesso ao ensino superior dos maiores de 23 anos).

Os Cursos EFA organizam-se numa perspectiva de aprendizagem ao


longo da vida em percursos de formação definidos a partir de um diagnóstico
inicial avaliativo, efectuado pela entidade formadora do Curso EFA, ou de um
processo de reconhecimento e validação das competências que o adulto foi
adquirindo ao longo da vida, desenvolvido por um CNO (Centro Novas
Oportunidades).
De acordo com o percurso formativo este curso confere-lhe uma
certificação escolar.

A organização dos Cursos EFA respeita as seguintes matrizes:

Cursos de educação e formação de adultos de nível básico e nível 1 e 2 de formação

Durações máximas de referência (em horas) a)

Componentes de Formação
Percurso
Condições mínimas de acesso Aprender com Formação de Formação Total
Formativo
autonomia base b) Tecnológica
Cursos EFA de nível básico e nível 1 de formação
B1 <1º Ciclo do ensino básico 40 400 350 790
B2 1º Ciclo do ensino básico 40 450 c) 350 840
B1+2 <1º Ciclo do ensino básico 40 850 c) 350 1240
Cursos EFA de nível Básico e nível 2 de formação
B3 2º Ciclo do ensino básico 40 900 c) (*) 1000 d) 1940
B2+3 1º Ciclo do ensino básico 40 1350 c) (*) 1000 d) 2390
Percurso flexível a <1º Ciclo do ensino básico 40 1350 c) (*) 1000 d) e) e)
partir de processo
RVCC
a) No caso de Cursos EFA que sejam desenvolvidos apenas em função de uma das componentes de
formação, são consideradas as cargas horárias associadas especificamente à componente de formação de base ou
tecnológica, respectivamente, acrescidas do módulo Aprender com Autonomia.
b) A duração mínima da formação de base é de cem horas, bem como a da formação tecnológica.
c) Inclusão obrigatória de uma língua estrangeira com carga horária máxima de cinquenta horas para o nível
B2 e de cem horas para o nível B3.
d) Inclui, obrigatoriamente, pelo menos cento e vinte horas de formação prática em contexto de trabalho, para
adultos que não exerçam actividade correspondente à saída profissional do curso frequentado ou uma actividade
profissional numa área afim.
e) O número de horas é ajustado (em termos de duração) em resultado do processo RVCC, sempre que
aplicável.
(*) este limite pode ser ajustado tendo em conta os referenciais constantes no catálogo nacional de qualificações

Cursos de educação e formação de adultos de nível secundário e de habilitação escolar

Durações máximas de referência (em horas)

Condições Componentes de Formação


Percurso Formativo mínimas de Formação de Total
PRA b)
acesso base a)
S – Tipo A 9º ano 1100 50 1150
S – Tipo B 10º ano 600 d) 25 625
S – Tipo C 11º ano 300 e) 15 315
Percurso flexível a partir de
processo RVCC < ou = 9 º ano 1100 f) 50 f)
a) A duração mínima de formação é de cem horas
b) PRA = Portefólio Reflexivo de Aprendizagens
Sempre que se trate de um adulto que frequente em regime não contínuo, o cálculo deve ser feito tendo
em conta sessões de três horas a cada duas semanas de formação, para horário laboral, e três horas, de
quatro em quatro semanas, para horário pós laboral. A duração mínima da área de PRA é de dez horas.
c) A esta carga horária poderão ainda acrescer entre cinquenta e cem horas correspondentes às UFCD de
língua estrangeira, caso o adulto revele particulares carências neste domínio.
d) As UFCD da formação de base obrigatórias para o percurso S – Tipo B são:
i)CP – Cidadania e Profissionalidade: UFCD1, UFCD4 e UFCD5
ii) STC – Sociedade, Tecnologia e Ciência: UFCD5, UFCD6 e UFCD7
iii) CLC – Cultura, Língua, Comunicação: UFCD5, UFCD6 e UFCD7
iv) Mais três UFCD opcionais que podem ser mobilizadas a partir das UFCD de uma língua estrangeira
(caso o adulto não detenha as competências exigidas neste domínio) ou de qualquer uma das áreas de
competências - chave.
e) As UFCD da formação de base obrigatória para o percurso S – Tipo C são:
i)CP – Cidadania e Profissionalidade: UFCD1
ii)STC – Sociedade, Tecnologia e Ciência: UFCD7
iii)CLC – Cultura, Língua, Comunicação: UFCD7
iv)Mais três UFCD opcionais que podem ser mobilizadas a partir das UFCD de uma língua estrangeira
(caso o adulto não detenha as competências exigidas neste domínio) ou de qualquer uma das áreas de
competências - chave.
f) O número de horas é ajustado (em termos de duração) em resultado do processo de RVCC, sempre
aplicável.

Para obter mais informações consulte www.novasoportunidades.gov.pt