Você está na página 1de 6

EXAME TIPO DE ADMISSÃO À ORDEM | JUNHO 2019

MÓDULO DE FISCALIDADE –Versão A

ATENÇÃO:
1. Não pode virar a folha antes de ser dado o início do exame
2. Leia com atenção as instruções antes de iniciar o exame tipo

NOTA IMPORTANTE:
 Cada resposta correcta vale 1 valor.
 Cada resposta dada incorrecta desconta 0,33 valores
 As respostas em branco nem valorizam nem descontam.

INSTRUÇÕES

1. Este exame permite a consulta de legislação não anotada ou


comentada;
2. Este exame permite o uso de calculadora não programável;
3. O exame será avaliado em função das respostas registadas na folha de
resposta (documento autónomo do enunciado)
4. Preencha devidamente o cabeçalho da folha de resposta, com especial
atenção à sua identificação pessoal e à versão do exame que estará a
realizar.

Página 1 de 6
_________________________________________________________________________________________
Largo 4 de Fevereiro, 6º Andar -Esqº. Prédio Palácio de Vidro - ao Porto de Luanda, Luanda – Angola
Telefones: (+244)222 336616 | 912 783124 | 928190652 | www.ocpcangola.org | Contribuinte Fiscal nº 7401017873
EXAME TIPO DE ADMISSÃO À ORDEM | JUNHO 2019
MÓDULO DE FISCALIDADE –Versão A

1) A sociedade Universal, SA com sede no estrangeiro e sem estabelecimento estável em Angola facturou em
Julho de 2018 serviços de consultoria jurídica no valor de 1.000.000,00 AKZ à sociedade Angolana Contas
Certas, Lda.
Indique a opção correcta:
a) A sociedade Universal, SA deve nomear um representante fiscal em Angola, possuir contabilidade para
registar o proveito de 1.000.000,00 AKZ e entregar a declaração modelo 1 até Maio de 2019.
b) A sociedade Universal, SA é tributada em Angola em imposto industrial, devendo a sociedade Angolana
Contas Certas, Lda aplicar a taxa de 6,5% sobre o serviço adquirido e entregar ao Estado o imposto de
65.000,00 AKZ até ao final de Agosto de 2018;
c) A sociedade Universal, SA não é tributada em Angola;
d) Nenhuma das opções anteriores está correcta;

2) Qual das seguintes opções está incorrecta:


a) A Entidade Empregadora deve solicitar ao trabalhador os documentos dos seus pais, para que possam
aproveitar da protecção na doença;
b) Para efeitos de inscrição na Entidade Gestora de Protecção Social Obrigatória, a Entidade Empregadora
deve apresentar as cópias do bilhete de identidade e do Número de Identificação Fiscal do responsável
da empresa;
c) Para efeitos de inscrição na Entidade Gestora de Protecção Social Obrigatória, os trabalhadores devem
apresentar à Entidade Empregadora a cópia do bilhete de identidade, ou, no caso de estrangeiros
residentes, cópia do documento de identificação equivalente, bem como as cópias dos documentos de
identificação dos dependentes, caso existam;
d) Sempre que a Entidade Empregadora estabeleça uma relação jurídico. laboral com um trabalhador já
inscrito fica obrigada a comunicar à Entidade Gestora da Protecção Social Obrigatória;

3) A empresa XPTO, Lda tem um capital social de 2.500.000,00 AKZ e obteve no ano de 2018 um volume total
de proveitos de 300.000,00 AKZ. Em que grupo de tributação fica a empresa enquadrada para efeitos de
imposto industrial com referência ao exercício de 2018.
Indique a opção correcta:
a) Grupo A
b) Grupo B;
c) C) Grupo C
d) A empresa só fica enquadrada no grupo A, caso tivesse optado por este grupo até ao final de Fevereiro
do ano de 2018.

4) A empresa ABC, Lda estabeleceu um contrato de trabalho com o Senhor António em que ficou estipulado a
remuneração mensal de 700.000,00 AKZ e as seguintes remunerações acessórias mensais: subsídio de
transporte 35.000,00 AKZ, subsídio de alimentação 40.000,00 AKZ e subsídio de alojamento 80.000,00 AKZ.
A título informativo considere que contrato de arrendamento é de 100.000,00 AKZ. Das seguintes opções,
indique a que está correcta:
a) O valor da contribuição da Protecção Social Obrigatória a descontar a este trabalhador é de 25.650,00
AKZ, ficando a empresa ABC, com o custo de 68.400,00 AKZ;
b) O custo da contribuição para a segurança social para a empresa ABC é de 94.050,00 AKZ;
c) O valor da contribuição da Protecção Social Obrigatória a descontar a este trabalhador é de 24.300,00
AKZ, ficando a empresa ABC, com o custo de 64.800,00 AKZ, atendendo aos limites de 30.000,00 AKZ
para o transporte e alimentação e a 50% do contrato de arrendamento;
d) A empresa ABC está dispensada de efectuar a contribuição obrigatória para a Segurança Social uma vez
que este trabalhador estava à procura do primeiro emprego.

Página 2 de 6
_________________________________________________________________________________________
Largo 4 de Fevereiro, 6º Andar -Esqº. Prédio Palácio de Vidro - ao Porto de Luanda, Luanda – Angola
Telefones: (+244)222 336616 | 912 783124 | 928190652 | www.ocpcangola.org | Contribuinte Fiscal nº 7401017873
EXAME TIPO DE ADMISSÃO À ORDEM | JUNHO 2019
MÓDULO DE FISCALIDADE –Versão A

5) A empresa Constrói Mais, Lda com um capital social de 200.000 AKZ, que se encontra Grupo B do imposto
industrial, e que não optou por contabilidade organizada, obteve um total de vendas e prestação de serviços
em 2018 de 300.000.000 AKZ custos de 270.000.000 AKZ e um prejuízo do ano anterior de 1.000.000,00
AKZ, pretende saber qual o valor do imposto a pagar em 2019. Admita que suportou custos não aceites
fiscalmente no valor de 2.500.000 AKZ, e possui Documentos de retenção na fonte dos seus clientes em
3.500.000 AKZ pelos serviços facturados e pagou de liquidação provisória sobre as vendas de 3.000.000 AKZ.
Indique a opção correcta.
a) Imposto a pagar de 13.000.000 AKZ
b) Imposto a pagar de 2.950.000 AKZ
c) Imposto a pagar de 3.250.000 AKZ
d) Imposto a pagar de 12.935.000 AKZ

6) O Senhor António, reformado, com mais de 60 anos de idade, possui um imóvel não arrendado tendo sido
avaliado pela Administração Geral Tributária no valor de 25.000.000,00 AKZ. Qual é Imposto Predial Urbano
a pagar pelo Senhor António? Indique qual é a opção correcta:
a) 6.250.000,00 AKZ
b) 100.000,00 AKZ
c) 125.000,00 AKZ
d) O Senhor António não tem que pagar Imposto Predial Urbano, porque tem mais do que 60 anos de
idade.

7) O Sr. Pereira exerce a sua actividade de contabilista de forma independente tendo prestado em Julho de
2018 um serviço no valor de 500.000,00 AKZ relativo à avaliação económica e financeira de um projecto de
investimento encomendado pela empresa ProduzAgnola, Lda, que possui contabilidade organizada.
Indique a opção correcta:
a) O Sr. Pereira está enquadrado no Grupo B de tributação em sede de IRT, sendo aplicado 70% sobre o
valor pago para apuramento da matéria colectável.
b) O Sr. Pereira está enquadrado no Grupo A de tributação em sede de IRT, sendo aplicado 70% sobre o
valor pago para apuramento da matéria colectável.
c) O Sr. Pereira está enquadrado no Grupo B de tributação em sede de IRT, sendo aplicado a taxa de 10,5%
sobre o valor pago para apuramento da matéria colectável.
d) O Sr. Pereira está enquadrado no Grupo B de tributação em sede de IRT, devendo entregar até ao final
de Abril a declaração modelo 1 relativa às remunerações auferidas no ano fiscal anterior.

8) O Senhor José tem um imóvel urbano arrendado à empresa XPTO, Lda com contabilidade organizada pelo
valor de 500.000,00 AKZ mensais.
Para efeitos de Imposto Predial Urbano, indique a opção correcta:
a) O rendimento colectável é de 300.000,00 AKZ e a taxa de 25%.
b) O rendimento colectável é de 500.000,00 AKZ e a taxa de 25%.
c) A empresa XPTO, Lda está dispensada de efectuar a retenção na fonte de Imposto Predial Urbano,
porque o senhorio não lhe forneceu o seu Número de Identificação Fiscal.
d) A liquidação do Imposto Predial Urbano compete ao Senhor José, porque é o beneficiário do
rendimento.

Página 3 de 6
_________________________________________________________________________________________
Largo 4 de Fevereiro, 6º Andar -Esqº. Prédio Palácio de Vidro - ao Porto de Luanda, Luanda – Angola
Telefones: (+244)222 336616 | 912 783124 | 928190652 | www.ocpcangola.org | Contribuinte Fiscal nº 7401017873
EXAME TIPO DE ADMISSÃO À ORDEM | JUNHO 2019
MÓDULO DE FISCALIDADE –Versão A

9) A empresa ABC, Lda tem a actividade de construção civil e obras públicas. Em Janeiro de 2018 adquiriu uma
viatura ligeira de passageiros no valor de 15.000.000,00 AKZ, tendo sido registado no activo imobilizado em
Janeiro desse ano e entrado em funcionamento nesse mesmo mês.
Sabendo que a taxa de amortização aceite fiscalmente é de 25%, determine qual a amortização aceite para
efeitos fiscais no exercício de 2018;
a) 2.000.000,00 AKZ
b) 1.750.000,00 AKZ
c) 3.750.000,00 AKZ
d) 7.500.000,00 AKZ

10) Indique a opção correcta para o conceito de facto gerador do imposto:


a) É o direito que a administração Geral Tributária tem de fazer valer, a partir de certo momento, o seu
pagamento;
b) Constitui o facto que preenche as hipóteses de incidência previstas na lei, originando assim a relação
jurídica do imposto;
c) Constitui a tributação efectiva de um rendimento, património ou despesa.
d) É irrelevante para efeitos tributários pois todos os factos estão sujeitos a imposto.

11) A provisão para créditos de cobrança duvidosa – Dívidas a receber constituída sobre um crédito resultante
da atividade normal que, no final do período de tributação, seja considerado de cobrança duvidosa e que
seja evidenciado como tal na contabilidade, não será fiscalmente dedutível:
a) Se o devedor tiver pendente um processo de execução.
b) Se o crédito tiver sido reclamado em tribunal.
c) Se o crédito for sobre uma empresa participada em 5% do capital.
d) Se o crédito se encontrar garantido por hipoteca sobre imóvel.

12) A sociedade ABC, Lda Angolana detém uma participação de 30% no capital da empresa XPTO, Lda com sede
em Angola desde 2013. No exercício de 2018, a empresa XPTO, Lda obteve um resultado líquido de
10.000.000,00 AKZ tendo decidido distribuir lucros aos sócios e empresas associadas na quantia de
7.000.000,00 AKZ. Face ao exposto, indique qual a opção correcta:
a) A empresa XPTO, Lda tem que efectuar a retenção na fonte sobre o lucro distribuído à sociedade ABC,
Lda na quantia de 210.000,00 AKZ.
b) Os lucros distribuídos à empresa ABC, Lda estão isentos de imposto sobre a aplicação de capitais.
c) A empresa ABC, Lda sendo beneficiário do rendimento é o sujeito passivo do imposto devendo nomear
um representante fiscal para assumir as obrigações fiscais do imposto.
d) A empresa XPTO, Lda tem que efectuar a retenção na fonte sobre o lucro distribuído à sociedade ABC,
Lda na quantia de 315.000,00 AKZ.

Página 4 de 6
_________________________________________________________________________________________
Largo 4 de Fevereiro, 6º Andar -Esqº. Prédio Palácio de Vidro - ao Porto de Luanda, Luanda – Angola
Telefones: (+244)222 336616 | 912 783124 | 928190652 | www.ocpcangola.org | Contribuinte Fiscal nº 7401017873
EXAME TIPO DE ADMISSÃO À ORDEM | JUNHO 2019
MÓDULO DE FISCALIDADE –Versão A

13) Em 2018, a sociedade incorreu em gastos com diferenças de câmbio, devido a um financiamento obtido em
dólares, no montante de 2.000.000,00 AKZ. Sabendo que este financiamento foi obtido pelo sujeito passivo
para obter ou garantir os rendimentos sujeitos a Imposto Industrial, indique, relativamente ao tratamento
destas diferenças de câmbio, qual a resposta correcta.
a) Efetuar um acréscimo de 2.000.000 AKZ no quadro 05 da declaração modelo 1 de Imposto Industrial.
b) Efetuar uma dedução de 2.000.000 AKZ no quadro 05 da declaração modelo 1 de Imposto Industrial.
c) Efetuar uma dedução de 1.000.000 euros, no quadro 05 da declaração modelo 1 de Imposto Industrial
de 2017 e outro tanto no quadro 05 da declaração modelo 1 de Imposto Industrial de 2018.
d) Nenhuma das opções anteriores está correta.

14) O apuramento da matéria colectável a evidenciar na declaração modelo 1 é determinado tendo em conta
uma das seguintes expressões.
Indique a que está correcta:
a) Proveitos – Custos + Acréscimos Fiscais
b) Proveitos – Custos + Acréscimos Fiscais – Deduções Fiscais – Prejuízos Fiscais
c) Lucro tributável – Prejuízos Fiscais – Benefícios Fiscais
d) Lucro Tributável – Deduções à colecta

15) Na conta de Custos - Provisões para créditos de cobrança duvidosa em dívidas a receber, para além de outras
situações a sociedade Consulting, SA registou as seguintes situações:
Clientes Provisão Tempo Mora Observações
Cliente ABC 100.000,00 8 meses Existem provas concretas de diligências para a cobrança
PRODEL, EP 600.000,00 7 meses Existem provas concretas de diligências para a cobrança
Cliente XYZ 2.000.000,00 5 meses Reclamado judicialmente
Produz Angola, SA 100.000,00 10 meses Entidade totalmente detida pela Consulting, SA
Total 2.800.000,00

Na contabilidade da Consulting, SA estes créditos foram reconhecidos na contabilidade como de cobrança


duvidosa e existe evidência de terem sido efetuadas diligências com vista ao seu recebimento.
Indique qual o ajustamento correcto a introduzir no quadro 05 da Declaração de Rendimentos Modelo 1 (DRM1):
a) Acrescer no quadro 05 da DRM1 o montante de 2.800.000,00 AKZ a título de provisão para créditos de
cobrança duvidosa não dedutível para efeitos fiscais.
b) Acrescer no quadro 05 da DRM1 o montante de 796.000,00 AKZ a título de provisão para créditos de
cobrança duvidosa não dedutível para efeitos fiscais.
c) Acrescer no quadro 05 da DRM1 o montante de 700.000,00 AKZ a título de provisão para créditos de
cobrança duvidosa não dedutível para efeitos fiscais.
d) Acrescer no quadro 05 da DRM1 o montante de 100.000,00 AKZ a título de provisão para créditos de
cobrança duvidosa não dedutível para efeitos fiscais.

16) Indique a opção correcta:


a) O imposto sobre o consumo incide sobre os serviços de aluguer de viaturas;
b) O imposto sobre o consumo é um imposto que incide sobre a venda de imóveis.
c) O imposto sobre o consumo incide sobre a revenda de mobiliário;
d) O imposto sobre o consumo incide sobre a venda de electrodomésticos efectuada por uma empresa
que se dedica a uma actividade comercial.

Página 5 de 6
_________________________________________________________________________________________
Largo 4 de Fevereiro, 6º Andar -Esqº. Prédio Palácio de Vidro - ao Porto de Luanda, Luanda – Angola
Telefones: (+244)222 336616 | 912 783124 | 928190652 | www.ocpcangola.org | Contribuinte Fiscal nº 7401017873
EXAME TIPO DE ADMISSÃO À ORDEM | JUNHO 2019
MÓDULO DE FISCALIDADE –Versão A

17) Indique qual a opção correcta, considerando todos os documentos referidos, para a seguinte afirmação,
“Não são consideradas facturas, nem documentos equivalentes os seguintes documentos”:
a) A Factura pró-forma, a Nota de Preço, a Nota de Encomenda, a Nota de Remessa;
b) A Factura, a Factura Global, a Factura/Recibo, a Venda a Dinheiro;
c) O Boderaux bancário, a Guia de Remessa ou Transporte, a Factura Global.
d) A Nota de Débito, a Nota de Crédito, a Factura, a Factura/Recibo

18) O Sr. Kafumano celebrou um contrato de trabalho ao abrigo da legislação laboral com a empresa Accounting,
Lda, encontrando-se sob a direcção e subordinação com vínculo de dependência com esta empresa. Em
2018, tinha um rendimento ilíquido de 1.000.000,00 AKZ a que acrescem as seguintes remunerações:
500.000,00 de subsídio de alojamento (valor do contrato de arrendamento é de 300.000,00 AKZ) e subsídio
de alimentação de 35.000,00 AKZ mensais.
Quais os valores das remunerações efectivamente tributados em sede de IRT? Indique a opção correcta:
a) Remuneração ilíquida de 1.000.000,00 AKZ, o subsídio de alojamento de 500.000,00 AKZ e o subsídio de
alimentação de 35.000,00 AKZ;
b) Remuneração ilíquida de 1.000.000,00 AKZ, o subsídio de alojamento de 350.000,00 AKZ e o subsídio de
alimentação de 5.000,00 AKZ;
c) Remuneração ilíquida de 1.000.000,00 AKZ, o subsídio de alojamento de 150.000,00 AKZ e o subsídio de
alimentação de 30.000,00 AKZ;
d) Nenhuma das opções anteriores está correcta.

19) As Facturas ou os Documentos Equivalentes, com excepção dos talões de venda ou de serviços prestados,
devem conter obrigatoriamente os elementos que constam do artigo 11.º do Regime Jurídico das Facturas
e Documentos Equivalentes.
Das seguintes opções, indique aquela que não consta do citado artigo:
a) Nome, firma ou denominação social, Número de Identificação Fiscal, sede ou domicílio do fornecedor
de bens ou prestador de serviços, bem como do respectivo adquirente, quando este seja uma pessoa
singular ou colectiva no exercício da sua actividade profissional, comercial, industrial e civil com ou sem
forma comercial.
b) Numeração sequencial e cronológica por tipo de documento e anos económicos, podendo ser utilizadas
uma ou mais séries devidamente identificadas;
c) A identificação do sistema informático utilizado para a emissão da factura ou documento equivalente,
bem como sempre que aplicável, o respectivo número da certificação.
d) A indicação do valor do capital próprio do fornecedor de bens ou prestador de serviços.

20) O Senhor José vendeu um bem imóvel ao Senhor António no valor de 30.000.000,00 AKZ tendo celebrado
um contrato de compra e venda. Indique a opção correcta:
a) O Senhor António tem que pagar SISA na quantia de 600.000,00 AKZ;
b) O Senhor José tem pagar SISA na quantia de 300.000,00 AKZ e o Senhor António igual montante;
c) O Senhor José tem que pagar SISA na quantia de 600.000,00 AKZ
d) O Senhor António tem que pagar SISA na quantia de 900.000,00 AKZ;

Página 6 de 6
_________________________________________________________________________________________
Largo 4 de Fevereiro, 6º Andar -Esqº. Prédio Palácio de Vidro - ao Porto de Luanda, Luanda – Angola
Telefones: (+244)222 336616 | 912 783124 | 928190652 | www.ocpcangola.org | Contribuinte Fiscal nº 7401017873