Você está na página 1de 1

Edição do dia 25/11/2011

25/11/2011 22h42 - Atualizado em 28/11/2011 16h42

Chá simples e natural tem propriedades anti-inflamatórias


A bebida é feita com canela em pau, erva-doce e semente de mostarda. Atletas relataram menos dores musculares depois de exercícios
pesados.
Isabela Assumpção

A aposentada Nilza Alves Lopes escreveu um e-mail para o Globo Repórter em agosto de 2011 contando a sua história. Nele, ela fala que toma
todos os dias um chá anti-inflamatório que foi mostrado no programa há dois anos. É um chá simples, com canela em pau, erva-doce e
semente de mostarda. A repórter Isabela Assumpção prova e elogia: “É suave.”
Fomos até a Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais. Encontramos a nutricionista que estudou o chá.
“O diferencial dele, nas pesquisas, desde a minha tese de doutorado, é que evidenciamos nesta ação anti-inflamatória a inibição de uma enzima
que participa do processo inflamatório, que geralmente o organismo responde como dor”, explica a nutricionista da Ana Vládia Moreira, da
UFV.
Na pesquisa com atletas, feita durante três meses, eles relataram menos dores musculares depois de exercícios pesados. Substâncias fenólicas,
que são liberadas na água quente do chá, diminuem os processos inflamatórios, reduzindo as dores.
Para a pesquisadora, o estilo de vida mais saudável adotado por dona Nilza foi fundamental para que o chá fizesse efeito. Sozinho, ele não faz
milagres.
“Se eu estou sentindo dores de cabeça habitualmente, tem alguma coisa errada no meu organismo. Então o chá não vai resolver, mas
habitualmente vai auxiliar e amenizar os sintomas. Enquanto isso, eu tenho por obrigação minha, se eu quero me sentir bem, investigar o porquê
da minha dor”, reforça a nutricionista.
O chá deve ser consumido todos os dias. Nos homens, o efeito é mais rápido. Nas mulheres, leva até três meses. Ela recomenda o uso de sachês,
feitos de gaze. E diz que uma xícara por dia é o bastante. Em excesso, até pode fazer mal. “Eu recuperei aquela pessoa que eu perdi. Aí, por volta
dos 40 anos, até os 50, 52, eu consegui buscar ela de novo. A Nilza está de volta”, sorri.

Receita do Chá que combate as dores musculares


Ingredientes
1 medida de erva doce desidratado
1 medida de canela em pau
1 medida de sementes de mostarda
Modo de preparo
Misture todos os ingredientes para fazer os sachês. Com a mistura pronta, coloque 1 colher de chá em um
pano específico para alimentos (por exemplo, o material de touca descartável). Cortando uma touca, é
possível fazer 8 paninhos para envolver as especiarias. Depois de adicionar a colher de chá da mistura no
paninho, basta amarrar com um barbante. Quando todos os sachês estiverem feitos, é só colocá-los em um
recipiente seco e abrigá-los longe de luz e calor.
Para cada sachê, adicione uma xícara de água quente e deixe em infusão por, no mínimo, 3 minutos.

Chá para corredores


Pesquisa desenvolvida na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) demonstrou que o hábito de tomar um chá composto pela mistura de
erva-doce, canela e semente de mostarda (em porções iguais) pode trazer inúmeros benefícios aos atletas de alta performance. Por possuir papel
antioxidante e antiinflamatório, este chá permite:
- combater o envelhecimento gerado pelos radicais livres liberados durante o treinamento;
- reduzir, preventivamente, dores musculares, lesões e a sensação de desgaste físico; e
- reduzir a automedicação de antiinflamatórios e suplementos.
Mesmo não atletas podem obter benefícios: quaisquer processos inflamatórios (como uma simples dor de cabeça ou mesmo uma cólica) podem ser
atenuados pelo hábito de beber este chá. De sabor bastante agradável, o chá pode ser consumido como qualquer outro alimento. A dose diária
recomendada é de uma colher de chá em uma xícara de água. Não há aumento dos benefícios com o aumento da dosagem. Para preparar o chá,
observe que a temperatura ideal da água é quando a mesma começa a ebulir. Aquecida a água, coloque-a na xícara e, em seguida, o sachê.