Você está na página 1de 8

ETAPA 1

PASSO 1

Fluídos
São corpos cujo as suas moléculas têm a propriedade de se mover, sob a ação de forças
de mínima grandeza.

Fluídos Perfeitos
Fluidos perfeitos são aqueles que não apresentam viscosidade, coesão, elasticidade e em
alguns casos, o peso.

Viscosidade
Propriedade em que os fluídos oferecem maior ou menor resistência a deformação
quando submetidos a esforços de escorregamento.

Elasticidade
Propriedade em que os fluídos aumetão de volume quando a pressão é diminuida.

Compressibilidade
É uma variação infinitesimal do volume por unidade de variação de pressão. Em termos
mais simples, é a propriedade que a matéria apresenta quando sofre a ação de forças
adequadamente distribuídas, tendo seu volume diminuído.
PASSO 2

Assistir vídeos sobre para funcionamento de braços mecânicos hidráulicos.

PASSO 3

Seringas: São basicamente formadas pelo embolo, cilindro ou corpo e bico.


Material: Polipropeno, material comum de fácil moldagem.

Seringas de 5 ml: escalas de 0,2 ml


Seringas de 10 ml: escalas de 0,2 ml
Seringas de 20 ml: escala de 1 ml
Seringas de 60 ml: escala de 1 ml
Bico padrão de 4mm.

Área da secção transversal

Dimensões 5ml, Ø12mm (A = π.r²) / Ast = 0,000114m² ou 1,14x10ˉ4 m²


Dimensões 10ml, Ø16mm (A = π.r²) / Ast = 0,000202m² ou 2,02x10ˉ4 m²
Dimensões 20ml, Ø19mm (A = π.r²) / Ast = 0,000284m² ou 2,84x10ˉ4 m²
Dimensões 60ml, Ø29mm (A = π.r²) / Ast = 0,000661m² ou 6,61x10ˉ4 m²

Capacidade volumétrica

Volume máximo 5ml, C = 54mm (V = Ast x C) / V = 0,000006156m³ ou 6,156x10ˉ6 m³


Volume máximo 10ml, C = 58mm (V = Ast x C) / V = 0,000011716m³ ou
1,1716x10ˉ5m³
Volume máximo 20ml, C = 80mm (V = Ast x C) / V = 0,0000227m³ ou 2,27x10ˉ5 m³
Volume máximo 60ml, C = 96mm (V = Ast x C) / V = 0,0000635m³ ou 6,35x10ˉ5 m³
PASSO 4

Fixação das seringas, Abraçadeiras tipo “U”;


Seringas de 5 ml, abraçadeira de 14mm
Seringas de 10 ml, abraçadeira de 18mm
Seringas de 20 ml, abraçadeira de 22mm
Seringas de 60 ml, abraçadeira de 32mm

Fixação das mangueiras, abraçadeira plástica Nylon 6,6 (C x L x E) (100 x 2,5 x 1,1) mm,
tensão de ruptura 8kgf.

Mangueira, Tubo de Nylon 11 sem Reforço, diâmetro interno de 4mm, Sch 1mm Transparente.

Fixação da mangueira nas seringas, uso de cola quente.

Abertura da garra, eslástico comum e linha de nylon.


ETAPA 2

PASSO 1

Após o estudo dos materiais foi visto que o material pesquisado nos permite a
construção de um braço mecânico usando o princípio de pascal de ampliação de forças.

PASSO 2

Desenho técnico esquemático do projeto.

EIXO

O Projeto foi alterado de forma onde seria aplicado grampos foram substituídos por
eixos, a seringa da base é de 60ml.
PASSO 3

“Uma variação de pressão provocada num ponto de um fluido em equilíbrio transmite-


se a todos os pontos do fluido e às paredes que o contêm.”

Relação entre as seringas;

Previsão de forças;

1º FORÇA (relação entre aplicação de força na seringa de 20ml para 60ml 1º cilindro)
(1º ESTAGIO DA LANÇA)

F1/A1 = F2/A2

20N/2,84x10-4 = F2/6,61x10-4

F2 = 46,55N X 2 (serão 2 seringas de 20ml)

F60ml = 93,1N

2º FORÇA (relação entre aplicação de força na seringa de 10ml para 20ml 2º cilindro)
(2º ESTAGIO DA LANÇA)

F1/A1 = F2/A2

20N/2,02x10-4 = F2/2,84x10-4

F2 = 28,12N

F20ML = 28,12N
3º FORÇA (relação entre aplicação de força na seringa de 10ml para 20ml 3º cilindro)
(GARRA)

F1/A1 = F2/A2

20N/2,02x10-4 = F2/2,84x10-4

F2 = 28,12N

F20ML = 28,12N

4º FORÇA (relação entre aplicação de força na seringa de 10ml para 20ml 4º cilindro)
(EIXO)

F1/A1 = F2/A2

20N/2,02x10-4 = F2/2,84x10-4

F2 = 28,12N

F20ML = 28,12N

Você também pode gostar