Você está na página 1de 6

Capitulo _02

Todos os dias quando saio me deparo com a mesma cena de todos os dias ,a vizinha
correndo e de uma forma discreta me admirando pelo canto dos olhos finjo que não percebi ,
na saída dou umas buzinadas para senhora Jhonys que leva seu cachorro a passear ,ela já ta
idosa e igual a todos os outros dias usa uma blusa rosa com um casaco já meio ultrapassado
da moda ,fora isto não ha mas nada de anormal por hoje . Dou uma erguida no vidros do meu
Audi( uma marca de carro antiga ,item de colecionador )e sigo pra casa de Eduardo, ele da
meia volta entra pela porta do passageiro ,..
_Esta atrasado ,não falou que viria as 5:30? ele coloca o sinto de segurança .
_é ..falei mas tive coisas mas importantes a resolver . _Murmuro olhando por cima do braço
enquanto manobro o carro.
_hum...como ta o pai?_fala ele numa tentativa inútil de estabelecer um dialogo comigo.
_Bem,volta pra casa ainda essa semana ,fui ate o hospital e já ta tudo certo..
_ah..
Ele fica quieto e paira um silencio no carro..
Em torno de uns 20 minutos chegamos . o local aparenta ter sido reformado recentemente, ao
que chego começo a admirar .
O ambiente é uma estufa antiga ,cheia de quadros e estátuas de todas as formas e portes me
perco ...sim ,me perco em tanta rara beleza de nítidos traços vivos de tinta sobre uma explosão
de infinitas criações...
Na galeria ao passear pelas obras em extrema admiração, Uma em particular chama minha
atenção,é uma replica com traços perfeitos de uma obra de Pigmalião, o homem que apos
tentar esculpir a mulher ideal apaixonou-se pela sua própria obra ..em questão de segundos a
fascinação, a beleza olhando para tal obra é possível vê o quanto se dedicou..
_Se apaixonando por uma estatua ?
Um homen um pouco mas velho que eu ,segurando uma tarça de vinho ,vestido em um
estiloso terno rusme sussurra também admirando a obra .
_ah...nao apenas apreciando os ricos detalhes de uma obra bem esculpida . _retruco ficando
ereto e colocando as mãos nos bolsos.
_é admito que ele fez um trabalho excepcional devo parabeniza lo.
_é tão bem esculpida que me sinto tentado a leva-lá para casa . _ o respondo.
_seria bom..
Após admirar tal beleza da estátua me retiro do local e sigo em direção aos quadros ,a imagens
de pessoas pobres e com aparência faminta em suas pinturas _acho que ele queria impactar
_penso comigo mesmo.
Ao passear sobre as telas não consigo esconder o a admiração que cada uma causa a min
,ando em passos lentos e calmamente observo as fotografias e mas uma vez alguma me
chama atenção . uma das fotografias é o rosto de uma jovem com um olhar longe e
despreocupado e volto minha atenção total .
_senhor ? Posso ajuda-lo ?
Me surge uma leve incerteza se é voz de mulher ,mas ao virar me respondo a esta pergunta
_sim! .. é uma mulher uma bela mulher .
Estou de frente para ver quem falava comigo ao virar me deparei justamente com a obra a
que admirava a poucos segundos a garota da foto..
_Como sera possível? Ainda mas bela pessoalmente? _penso comigo mesmo. preciso de
palavras ,acho que como leitores estamos acostumados a sempre esperar aquela garota loira
de olhos azuis ,mas não foi bem assim desta vez ...descrevo ela com exatidão ..começo pelos
cabelos ,curtos negros belos,olhos acastanhado e pequenos de cílios compridos ,seu rosto
arredondado ,bochechas avermelhadas aparentemente por alguma maquiagem mas porem
magr ,estatura media ,bem pequena _lembro me de pensar ,ela deve ser leve . uma das suas
sobrancelhas estava levemente contorcida , mas era bonita sua pele me lembrava uma doce
mistura de café ao leite ,o vento insistia em trazer seu cheiro que se assemelhava a uma flor
rara que talvez só exista nas extremidades mas severas da amazônia ,um cheiro incomparável
doce cauteloso,vinha ate as minhas narinas ,que merda !..que merda!.não posso me perder!!
Lábios pequenos e dono s de um sorriso inesquecível em se toda delicada ,vestido branco
simples _admito. Mas rapidamente sou acordado ,
_Senhor ,perguntei se posso te ajudar em algo? _Diz a ela se encurvado a minha frente e
franzino a sobrancelhas .
_não obrigada _respondo. Após essa resposta minha mente é tomada por palavras não ditas ...
que merda!!! Twuery você fez mesmo isto ? Não,não.
_ falo para min mesmo. eu volto a olhar ne uma tentativa de puxar uma conversa e ela não
esta mas lá ,hum...devo estar delirando talvez devesse ir pra casa ,volto ate o quadro me
esquivando das pessoas ,e la esta a mesma foto ela e seu olhar de ternura ,eu estava apenas
sonhando? Sera que foi coisa de minha cabeça ? _Pergunto em meus pensamentos.
Apos me depara com a senhora mistério saio a procura de Eduardo ,e não demorou muito a
encontra lo ..e como sempre ele e suas ironias, resultado de suas tentativa inútil de me fazer rir
ou seja lá o que for ,
_hora,hora senhor : " Eu tenho medo de pessoas"( fala ele abrindo os braços )
Mas eu esquivo e digo apenas duas palavras
_Vamos embora!!!
_o que diabos carrega em tuas mãos? _Mirmura Eduardo ao correr pra me alcançar .
_nada !!! Assunto meu ..
_okay senhor irritado , mantive segredo mas eu a levei pra minha casa comprei a bela tela ,
Não quis entrar em detalhes ,apos deixar Eduardo fui fazer as malas para voltar a minha casa
,ao chegar não havia ninguém , subir ,peguei o nescessário e deixei um velho bilhete de canto
a mesinha de entrada ,"Estou com pressa ,trabalho amanha tive problemas de empresa e
preciso estar lá para resolver ... ligarei assim que puder mãe bjs : Twuery"
Não sou bom nisso nunca fui ,coloquei a mala no carro perto do quadro e fui seguir longas 2
horas de viajem até Veneza Capital da Itália, Moro em um pequeno bairro chamado
Cannaregio situado ao nordeste da Cidade ,população estimativa de 272 mil pessoas 273
agora comigo ,estamos situado ao redor de 117 pequeninas ilhas.. Apos chegar Em casa tirar
meus sapato sou recebido por um ar convidativo de limpeza que parece exalar em todo meu
apartamento,cheiro familiar... Enquanto me debruço vagarosamente em meu sofá de coro ,e
colocando meus pés em cima da minha mesa de centro pego meu controle e LIGO a TV no
canal de esportes Eddy Jordan esta narrando o jogo ,vou ate a geladeira estou sem camisa
apenas com a calça do corpo ,que esta entre aberta pego uma cerveja e sento me de volta no
sofá ,me entrego ao delírio de um leve sono ...
Um gostoso e aromático Cheiro de café me desperta , coro os olhos no apartamento e me
assusto ao ver senhora Lila colocando uma xícara de café na bancada ,
_Senhor Twuery ! Bom dia . _exclama ela com sua voz objetiva e ao mesmo tempo Muito
profissional.
_hoje é domingo o que faz aqui senhora Lilá ?
_Deixei algumas coisas pendentes ,e tive que voltar para pegar ,e ao entrar me deparei com o
senhor dormindo ,então decidir fazer um café ,presumir que estaria com fome quando
acordasse (ah,dona Lila sempre muito profissional ate em suas folgas ) Presumir que estava
cansado . _fala ela deixando as chaves no balcão ,de modo a se despedir .
_ah ..sim,obrigada senhora Lila
_Senhor ,se me permite tenho que ir ,se precisar de algo poderar liga-me (fala entre a porta
apenas com a cabeça para o lado de dentro )
_Sim,esta tudo bem .vejo a senhora amanhã
Ela sai com um ar de alivio ,eu desligo a televisão, e subo para minha suite ,dou aquela leve
encarada no espelho do rol , separei uma camiseta branca ,e uma calça jeans azul ,enquanto
o chuveiro derrama agua exageradamente ,já chega !! Exclamo ,dirigindo me ate o banheiro
deixando a roupa sobre a cama ,entro embaixo da agua que esta quentinha uma delicia ,a
agua percorre meu corpo por inteiro ,enquanto isto acontece,minha mente é tomada por
pensamentos e lembranças,começo a recordar da cena na galeria ,ainda confuso lembro da
imagens de uma jovem diferente de todas que já vir, "chega Twuery ,chega Twuery,chega
estou me proibindo de pensar nessa garota seja ela quem for ,saio do banho apanho minha
toalha que esta ne um gancho ao lado da pia ,rapidamente a envolvo em volta de minha
cintura, meus cabelos ainda molhado, procuro meu celular ,ai esta ! Pego o celular e dou uma
discada no numero de Eduardo,ele atende rapidamente para minha surpresa ..
_Iai cara ? Tranquilo?(fala ele com uma voz ,serena )
_Estou muito bem,mas..preciso te perguntar uma coisa (falo a ele )
_Sim ,pode falar ,o que tem em mente?
_Lembra aquele evento que fomos ontem? (Falo de forma seria )
_Sim ,sim ..lembro (afirma ele com seu tom surpreso)
_Pode me conseguir seu numero? (Pergunto a ele )
_Claro ,eu tenho um cartão com seu numero ,te mando por mensagem ,tudo bem pra você ?
_sim..tudo bem ..vou esperar ( retrucou com suave tom de gentileza)
_para que ,quer este numero (pergunta ele)
_para nada de mas ,apenas negócios... Tenho que desligar agora ..
_hum,okay então ..
Desligo e em menos de 5 minutos recebo sua mensagem com o numero ,rapidamente dou
uma outra discada .
Artista atende ,..
_Alo? (Voz desconfiada )
_Viu seu trabalho ontem e me enteresei muito ..(falo com um tom de empolgação enquanto me
visto)
_Sh ,obrigada e qual se nome ?
_Twuery,estou ligando pois queria le perguntar algumas coisas sobre sua suposta modelo!
_Ah claro ,A Beilyn? Foi o sucesso da noite pelo visto...(Fala ele em um tom humorístico)
_Poderia me conseguir seu numero?
_Sim,só um segundo ,pronto estou le enviando o contato ,
_Obrigada ,ah e a propósito comprei uma de suas telas ..
E pretendo lhe dar um lugar de destaque ,...
_Obrigada senhor Twuery,vindo do senhor este elogio se torna uma coisa boa .
_Tudo bem ,é assim mesmo...tenho que desligar mas....agradeço sua confiança..
Eu desligo e atentamente espero o numero chegar e ate em seu momento atual ,nada nem ao
menos uma mensagem,enquanto a espectativa toma conta de min vou ate o balcão coloco
meu café na xícara pego meu jornal e sou uma lida passado na toalha ainda ,de repente sou
despertado do meu transe pelo barulho da mensagem, empurrei o banco para traz e apanhei o
celular ,abri a caixa de entrada ,era o numero que havia pedido a Kevyn o pintor ,num leve
toque na tela do celular levei o numero para barra de discagem ,e pronto dei uma ligada ,nada
ninguém atende ,sou persistente segunda ligada ,e nada ..Uma paranóia começa se formar em
meus pensamentos ,sera que ela não quer falar comigo? Ele deve ter avisado que eu queria
falar com ela e por isso não quer conversar ,não!!! Exclamou comigo mesmo ,talvez ela esta
apenas Ocupada,deixando o celular sobre a bancada e volto ao meu quarto ,em seguida entro
visto a calça ,coloco minha camisa dou uma sacudida no cabelo ,jogo um perfume que gosto e
em seguida volto a cozinha apanho o celular e as chaves do carro ,vamos lá da uma volta
,decido ir ate a casa de Marina ,(uma amiga de infância) ,10:40 da AM estou parado no trânsito
e descido da uma avisada em Marina ,e quando olho um na barra de notificações uma
chamada perdida numero desconhecido ,retorno e uma voz meiga e sedosa atende ..
_alo ?(atende uma voz suave e meiga )
_Quem fala ? (Pergunto eu )
_Desculpe,mas precisava saber quem era é que este numero me ligou hoje mas cedo e eu dei
uma retornada ..
_Ah,( falo com um tom de sorriso )
_É,posso ajudar ?(fala ela de forma desconcertada)
Meu Deus é ela ? Ela me retornou ,meu coração começa mudar seu compasso a energia em
min começa a ficar absurdamente agitada ,não que merda ! Fala alguma (penso comigo
mesmo de forma que fico mudo ao telefone)
_Sim!(minha voz soa mas grosseira do que desejava )
_O senhor me liga ,não fala seu nome nem nada ...como sei com quem falo?(responde ela me
surpreendendo)
_Desculpe-me ,tenho uma duvida ..(respondo a ela )
_Qual ? ...meu senhor? Estas ai??(pergunta ela )
_Sim,Twuery me chame de twuery..quero saber se é você mesma a garota dos quadros
?(abaixando a voz eu levemente a pergunto)
Ela com toda sua educação ,respira fundo faz uma pausa.,e enfim acaba com minha agonia
_Sim ! (reponde ela) ,sou eu ... Porque exatamente queres saber disso ?
Eu paro ...penso e decido mentir ..
_sou Dono de uma agência de modelo e acho que você seria um belo rosto ,para capa da
Heylorth de verão deste ano ,(falo de forma extremamente profissional)
_Eu ?,(retruca ela ) ..hum...não sei ,tenho planos para minha vida ,e neles não ha nada em que
inclua virar uma garota pálida fria e magra ..(responde ela sem transparecer nenhuma
emoção)..naquele mesmo instante os pensamentos passam pela minha cabeça ,ela esta me
dando um fora ?,que garota arrogante ,sabe quantas meninas morreriam pra ter uma
oportunidade desta ? Mantenha a calma Twuery...cal-ma..apensar dos pensamentos eu não os
manisfesto,ao Ives disso respondo:
_Isto é um não ? Senhorita ?
_Não ,(leve pausa) isto é um Talvez ,algo tipo essa não é minha praia ,mas posso tentar e se
eu gostar quem sabe ..(responde ele outra vez sem transparecer emoção alguma )
_Ah...Café do Brooklyn as 10hs da AM que tal ?(falo de forma agradável para não assustar lá
_Eu trabalho senhor twuery ,não sei com que tipo de mulheres esta acostumado a lidar ,mas
..eu trabalho e preso pelo meu profissionalismo..(sua fala soa arrogante )
_Sim..podemos marcar a hora que seja melhor para você senhorita ???(falo em forma de
duvida)
_Meu Nome é Beilyn Saruth senhor twuery..
_Sim Beilyn???
_Sim.saruth
_Certo senhorita saruth qual lugar e hora melhor para você.. (Pergunto)
_Café do Brooklyn as 6 ck PM
Em seguida ela desliga ,bem arrogante ela ..penso comigo mesmo ,personalidade forte
Personalidade forte também em ? Acho que me divertirei com isso ,fingindo ser um dono de
agencia de modelos ,sim e como ..em seguida LIGO pra minha secretária ..ela atende .
_Andreia..(exclamo)
_Senhor Twuery?(fala de forma profissional )
_Sim,preciso que me conecte a alguém ,Agencia post Luir ..
_Me dê 1 segundo vou colocar-lo diretamente com ele na linha ..como prometido já estou na
linha ,eu o comprimento e por conta de nossa amizade de longos anos ele aceita trabalhar no
que eu considero uma especie de Parceria ....
Meus olhos um pouco cansados correm o ate o relógio de pulso enquanto Estaciono o carro
Ao som de uma bela orquestra de Betoven , um pouco cansado giro a chave na porta jogo o
jaleco em cima da cama e vou tomar uma daquelas chuveirada em seguida subo para a
academia ,meia. Hora de treino pois não estou muito desposto ,desso para checar emails e
mensagens , nada de novo ,apenas as mesmas de sempre ,ao virar me para a cozinha olho o
quadro ainda embalado em um canto ,ah sim ..me abaixo vagarosamente e o pego retirando ne
uma lentidão o seu embrulho e me deparo com o rosto de uma bela garota que capitara minha
atenção neste último fim de semana ,Como é mesmo seu nome ?,..ah..Beylin Saruth não ha
como esquecer tal nome ...pego rapidamente o quadro e ponho na sala ,ao lado de uma
estranha moldura de uma mulher medieval ,não ..não me pergunte o motivo no qual tenho
estas coisas em casa ,vamos lá Twuery vamos tocar essa vida ,vou a geladeira pego algo pra
comer e ponho no microondas ,aperto nos 30 segundos e já esta pronto.
sentado na bancada começo a me deliciar em uma macarronada ,tendo como orquestra de
fundo o som de um imenso apartamento vazio ....

Interesses relacionados