Você está na página 1de 3

FVS – FACULDADE VALE DO SALGADO

SAÚDE COLETIVA E EPIDEMIOLOGIA

UMA BREVE INTRODUÇÃO À


EPIDEMIOLOGIA

Aluno: Samuel de Almeida Viana


Professor: Raimundo Tavares de Luna

ICÓ-CE 2016
SINOPSE EPIDEMIOLOGIA

No dia 06 do mês de maio do ano de 2016, fui convidado pelo professor Raimundo
Tavares de Luna da disciplina de saúde coletiva e epidemiologia, a realizar uma sinopse da
página 1 e 2 do livro Saúde e cidadania-vigilância em saúde pública do autor Eliseu Alves
Waldman, cujo tema foi, Uma breve introdução à epidemiologia. Disciplina básica da saúde
pública, A epidemiologia estuda todo o processo saúde-doença no espaço populacional. Desde
quais são as taxas mais frequentes de determinadas doenças e quais medidas devem ser tomadas
com base em análises estatísticas. A epidemiologia tem uma afinidade pela observação e
fundamentação na causalidade como ciência. Já na aplicação no setor de saúde, a epidemiologia
deve trabalhar de forma fundamentada adequando-a as realidades locais. Para que seja feito um
estudo mais aprofundado sobre a epidemiologia, é bom que seja analisado todos os termos de
entendimento sobre a ciência. A epidemiologia segue em alguns princípios como por exemplo:
Estudo, frequência e distribuição. O Estudo: epidemiologia como disciplina básica da saúde
pública tem seus fundamentos no método científico. Frequência e distribuição: a epidemiologia
preocupa-se com a frequência E o padrão dos eventos relacionados com o processo saúde
doença na população. A frequência não está somente relacionada aos eventos, mas também as
taxas ou riscos de doenças em determinadas populações. Outra questão central da
epidemiologia é a busca pelos determinantes, a causa e os fatores que influenciam a ocorrência
dos eventos relacionados Ao processo saúde-doença. Estados ou eventos relacionados à saúde:
originalmente, a epidemiologia preocupava-se com epidemias de doenças infecciosas. No
entanto, sua abrangência ampliou-se e, atualmente, sua área de atuação estende-se a todos os
agravos à saúde. Específicas populações: como já foi salientado, a epidemiologia preocupa- se
com a saúde coletiva de grupos de indivíduos que vivem numa comunidade ou área. Aplicação
a epidemiologia, como disciplina da saúde pública, é mais que o estudo a respeito de um
assunto, uma vez que ela oferece subsídios para a implementação de ações dirigidas à prevenção
e ao controle. Portanto, ela não é somente uma ciência, mas também um instrumento. Os
estudos com a epidemiologia tem como objetivo analisar com uma visão abrangente sobre um
todo, para que não aconteça complicações em larga escala a uma determinada população,
diminuindo os riscos de epidemias e pandemias e melhorando a aplicação de políticas de saúde.