Você está na página 1de 4

Roteiro do vídeo para as gestantes

INTRODUÇÃO: Desde o momento que a mulher descobre sobre a gestação, muitas já se


preocupam e têm dúvidas sobre como se prepararem para o parto normal. Pensando
nisso, elaboramos algumas questões mais frequentes sobre as gestantes nesse período.

Apesar de ser um fenômeno natural, o parto está cercado de mitos que são passados de
geração em geração e estimulados nos meios de comunicação.

Isso gera nas mulheres muitas dúvidas e medos: medo da dor , medo de não conseguir.
Toda mulher deveria conhecer o próprio corpo e receber apoio (da equipe médica, do
companheiro, da família, etc) para escolher a melhor forma de dar à luz ao seu bebê.

1-Preciso ter medo do parto?


A preparação para um bom parto já começa com um bom pré-natal. É fundamental
comparecer todos os meses ao posto de saúde para conversar com médico e tirar suas
dúvidas. Além disso, é importante adotar um estilo de vida mais saudável como uma
boa alimentação. Isso ajuda a diminuir o medo e a ansiedade, pois permite o
desenvolvimento adequado do seu bebê.
Cada gestante tem seu momento. Não compare as experiências de outras mães achando
que com você será igual. Isso só aumenta a tensão.
Procure relaxar, tire suas dúvidas com a equipe médica e deixe claro que você quer
informações sobre tudo. Você tem esse direito!
LEMBRE SE QUE APESAR DE NÃO SENTIR DOR NO PARTO CESAREANA, A VIA DE PARTO
COM MENORES COMPLICAÇOES E RECUPERAÇÃO MAIS RÁPIDA É O VAGINAL...
PARTO CESAREA SOMENTE POR INDICAÇÃO MÉDICA!!
2-Quando sei que já esta na hora? As contrações são as verdadeiras?
Semanas antes do parto o bebe já vai se encaixando na bacia e se preparar para saída
na hora do parto. Assim, ocorrem as contrações falsas ou de treinamento. Essas
contrações causam endurecimento da barriga e são normalmente indolores ou
produzem um leve desconforto, depende da sensibilidade de cada mulher. Essas
contrações são irregulares e podem estar presentes durante toda a gestação.
Ainda não chegou a hora provalmente.
Já as contrações que indicam o inicio do trabalho de parto, começam da barriga que
fica bem durinha até as costas e começam a acelerar. Inicialmente de meia em meia
hora, depois de 10 em 10 minutos e por ultimo de 5 em 5. São dolorosas, intensas e
regulares.
Somente aqui ocorre, perda de líquido transparente em grande quantidade, como se
fosse xixi. A frase que sempre ouvimos `` a bolsa rompeu``!
Nesse momento é hora de correr para a maternidade. MAS ATENÇÃO: A BOLSA PODE
ROMPER SEM CONTRAÇÃO. MAS NÃO SE DESESPERE. ISSO NÃO SIGNIFICA QUE SEU
BEBE JÁ VÁ NASCER.
3- O que é o tampão mucoso
É uma secreção grossa, como clara de ovo, amarelada e com raios de sangue. É um sinal
de que o parto está próximo e esse sangramento faz parte das etapas.
Caso venha um sangramento vermelho vivo, em grande quantidade, a orientação é de
procurar imediatamente o hospital.
4-Como podem ser os tipos de parto vaginais?

 Parto domiciliar: Como o nome já diz, é quando o parto acontece em casa, seja
de forma planejada previamente, com a presença de uma equipe médica
especializada, ou quando a mãe não consegue sair antes que o bebe nasça. Com
o acompanhamento adequado, pode trazer benefícios, já que a mãe estará em
um ambiente seguro e poderá ter maior contato com o bebê após o parto.

 Parto na água: Aqui, o parto acontece dentro de uma piscina ou banheira com
água morna. Pode ser realizado em hospitais, casas de parto ou em casa, com
uma equipe especializada. A temperatura ajuda nas dores. Além disso, o
ambiente fica semelhante ao útero, o que torna o momento do nascimento mais
tranquilo e fluído.
5- Quais exercícios posso fazer para melhorar as dores e acelerar o trabalho de parto?

6-Quais os meus direitos na maternidade durante o parto

 Você tem direito de ser tratada com respeito, ter acesso à informações baseadas
em evidências e ser incluída na tomada de decisões
 As mulheres devem ter acompanhantes de sua escolha durante todo o trabalho
de parto.
 Se uma mulher escolher técnicas de relaxamento no trabalho de parto, sua
escolha deve ser apoiada.
 As mulheres devem ser encorajadas a se movimentarem e adotarem as posições
que lhes sejam mais confortáveis no trabalho de parto.
 A solicitação materna por analgesia de parto compreende indicação suficiente
para sua realização, independente da fase do parto e do grau de dilatação. Isto
inclui parturientes em fase latente com dor intensa, após esgotados os métodos
não farmacológicos. (Não sabia dessa...Achei polemico!)
 Se uma mulher busca orientação ou assistência em uma maternidade ou unidade
de parto extra, peri ou intra-hospitalar:
o E não está em trabalho de parto estabelecido (≤ 3 cm de dilatação
cervical):
- Deve-se oferecer apoio individual e alívio da dor se necessário;
- Encorajar e aconselhar a mulher a permanecer ou retornar para casa,
levando em consideração as suas preocupações, a distância entre a sua
casa e o local do parto e o risco deste acontecer sem assistência.

o Estar em trabalho de parto estabelecido (≥ 4 cm de dilatação cervical):


Deve ser admitida na maternidade

7- Preciso me depilar para o parto?


Não é obrigatório e nem necessário se depilar para o trabalho de parto. Os pêlos são
uma proteção natural para a vagina, não havendo necessidade para a sua retirada. Caso
a mulher queira aparar os pelos que a depilação seja realizada com antecedência.

8- Preciso ficar em jejum para o parto normal?


O trabalho de parto exige energia da mulher. Não precisa e nem deve ficar em jejum.
Dê preferência a comidas leves e sucos naturais, que são de fácil digestão, lembrando
que as porções, tanto das bebidas quanto dos alimentos, devem ser pequenas.
9- Preciso usar laxante antes do parto?
Nao há evidencias de benefícios desses medicamentos. Seu uso destes não deve ser
realizado de forma rotineira durante o trabalho de parto.
ACHEI BOM FINALIZAR CM ESSA IMAGEM e FALAR SOBRE A POSIÇÃO DE CÓCORAS QUE
É PERFEITA E RÁPIDA
Posição de cócoras:A mãe fica agachada e a bacia se abre melhor ,é mais rápido e o bebê
sai com maior facilidade. A posição pode cansar a mãe. Por isso, é possível contar com
o auxílio de um banco ou ajuda do acompanhante(a)

Você também pode gostar