Você está na página 1de 6

O que é antropologia, ramificações e atribuições

Veja, no Infográfico, as ramificações mais relevantes da Antropologia e suas principais


ideias. Assim, podemos nos dar conta das diferenças e aproximações entre essas
ramificações e compreender um pouco sobre o que se mantém e o que se modificou no
modo de fazer antropologia hoje.
1) “Os povos combatem entre si sem arte e sem ordem. Os velhos com certas
perorações inclinam os jovens ao seu querer, incitando-os à batalha, na qual se
matam com crueldade: e aqueles que na batalha são feitos cativos, não vivos, antes
para seu alimento servem, por ocasião de sua morte; pois que os vencedores comem
os vencidos, e das carnes a humana é entre eles alimento comum.” (Carta de
Américo Vespúcio, de 1503, sobre sua viagem ao Novo Mundo)
Aponte a qual momento da Antropologia esse relato corresponde.
a) Pós-modernistas.
RESPOSTA INCORRETA
Esse relato corresponde aos primeiros viajantes europeus, pois se relaciona ao momento
inicial de registro do contato entre as culturas, não havendo ainda escola estruturada.
b) Interpretativistas.
RESPOSTA INCORRETA
Esse relato corresponde aos primeiros viajantes europeus, pois se relaciona ao momento
inicial de registro do contato entre as culturas, não havendo ainda escola estruturada.
c) Funcionalistas.
RESPOSTA INCORRETA
Esse relato corresponde aos primeiros viajantes europeus, pois se relaciona ao momento
inicial de registro do contato entre as culturas, não havendo ainda escola estruturada.
d) Primeiros viajantes europeus.
RESPOSTA CORRETA
Esse relato corresponde aos primeiros viajantes europeus, pois se relaciona ao momento
inicial de registro do contato entre as culturas, não havendo ainda escola estruturada.
e) Estruturalistas.
RESPOSTA INCORRETA
Esse relato corresponde aos primeiros viajantes europeus, pois se relaciona ao momento
inicial de registro do contato entre as culturas, não havendo ainda escola estruturada.
2) Bronislaw Malinowski determinava um trabalho de campo sistemático e metódico
entre os nativos. Analise as alternativas a seguir e marque a(s) que corresponde(m)
à proposta de Malinowski.
I - Aprender a língua dos nativos para se comunicar diretamente com eles.
II - Ficar longo tempo em trabalho de campo para conviver com os nativos.
III - Só acompanhar os nativos nas atividades diárias de interesse do antropólogo.
a) Alternativa I.
RESPOSTA INCORRETA
As alternativas I e II correspondem à proposta de Malinowski, pois, segundo ele, o
pesquisador tem de conviver a todo momento com os nativos, seja para acompanhar rituais
que interessam, seja nas atividades que parecem não interessantes.
b) Alternativa II.
RESPOSTA INCORRETA
As alternativas I e II correspondem à proposta de Malinowski, pois, segundo ele, o
pesquisador tem de conviver a todo momento com os nativos, seja para acompanhar rituais
que interessam, seja nas atividades que parecem não interessantes.
c) Alternativas I e II.
RESPOSTA CORRETA
As alternativas I e II correspondem à proposta de Malinowski, pois, segundo ele, o
pesquisador tem de conviver a todo momento com os nativos, seja para acompanhar rituais
que interessam, seja nas atividades que parecem não interessantes.
d) Alternativas II e III.
RESPOSTA INCORRETA
As alternativas I e II correspondem à proposta de Malinowski, pois, segundo ele, o
pesquisador tem de conviver a todo momento com os nativos, seja para acompanhar rituais
que interessam, seja nas atividades que parecem não interessantes.
e) Alternativas I, II e II.
RESPOSTA INCORRETA
As alternativas I e II correspondem à proposta de Malinowski, pois, segundo ele, o
pesquisador tem de conviver a todo momento com os nativos, seja para acompanhar rituais
que interessam, seja nas atividades que parecem não interessantes.
3) Assinale a afirmação que corresponde corretamente à ramificação da
Antropologia:
a) Os evolucionistas buscavam a crítica do pensamento antropológico no século XX.
RESPOSTA INCORRETA
A afirmação Os estruturalistas buscavam as leis gerais do pensamento humano é
que corresponde à ramificação da Antropologia, pois os evolucionistas, funcionalistas e
estruturalistas buscavam teorias gerais sobre os seres humanos. Os interpretativistas e os
pós-modernos, por sua vez, apostavam em verdades parciais e menos gerais.
b) Os funcionalistas percebiam a cultura como fragmentada e multifacetada.
RESPOSTA INCORRETA
A afirmação Os estruturalistas buscavam as leis gerais do pensamento humano é que
corresponde à ramificação da Antropologia, pois os evolucionistas, funcionalistas e
estruturalistas buscavam teorias gerais sobre os seres humanos. Os interpretativistas e os
pós-modernos, por sua vez, apostavam em verdades parciais e menos gerais.
c) Os estruturalistas buscavam as leis gerais do pensamento humano.
RESPOSTA CORRETA
Essa afirmação corresponde à ramificação da Antropologia, pois os evolucionistas,
funcionalistas e estruturalistas buscavam teorias gerais sobre os seres humanos. Os
interpretativistas e os pós-modernos, por sua vez, apostavam em verdades parciais e
menos gerais.
d) Os interpretativistas percebiam a cultura em sua totalidade e generalidade.
RESPOSTA INCORRETA
A afirmação Os estruturalistas buscavam as leis gerais do pensamento humano é que
corresponde à ramificação da Antropologia, pois os evolucionistas, funcionalistas e
estruturalistas buscavam teorias gerais sobre os seres humanos. Os interpretativistas e os
pós-modernos, por sua vez, apostavam em verdades parciais e menos gerais.
e) Os pós-modernos retomaram a metodologia das clássicas etnografias.
RESPOSTA INCORRETA
A afirmação Os estruturalistas buscavam as leis gerais do pensamento humano é que
corresponde à ramificação da Antropologia, pois os evolucionistas, funcionalistas e
estruturalistas buscavam teorias gerais sobre os seres humanos. Os interpretativistas e os
pós-modernos, por sua vez, apostavam em verdades parciais e menos gerais.
4) “Acreditando, como Marx Weber, que o homem é um animal amarrado a teias de
significados que ele mesmo teceu, assumo a cultura como sendo essas teias e a sua
análise; portanto, não como uma ciência experimental em busca de leis, mas como
uma ciência interpretativa, à procura do significado. É justamente uma explicação
que eu procuro, ao construir expressões sociais, enigmáticas na sua superfície.”
Assinale a alternativa que corresponde ao texto acima:
a) Descrição de cultura para Bronislaw Malinowski.
RESPOSTA INCORRETA
O texto corresponde à descrição de cultura para Clifford Geertz, que compreendia a
importância de descrever a cultura para entender a teia de significados tecida por ela e,
assim, interpretar esses significados.
b) Descrição de fato social total para Marcel Mauss.
RESPOSTA INCORRETA
O texto corresponde à descrição de cultura para Clifford Geertz, que compreendia a
importância de descrever a cultura para entender a teia de significados tecida por ela e,
assim, interpretar esses significados.
c) Descrição de cultura para Clifford Geertz.
RESPOSTA CORRETA
O texto corresponde à descrição de cultura para Clifford Geertz, que compreendia a
importância de descrever a cultura para entender a teia de significados tecida por ela e,
assim, interpretar esses significados.
d) Descrição de fenômenos culturais para Franz Boas.
RESPOSTA INCORRETA
O texto corresponde à descrição de cultura para Clifford Geertz, que compreendia a
importância de descrever a cultura para entender a teia de significados tecida por ela e,
assim, interpretar esses significados.
e) Descrição de cultura para James Clifford.
RESPOSTA INCORRETA
O texto corresponde à descrição de cultura para Clifford Geertz, que compreendia a
importância de descrever a cultura para entender a teia de significados tecida por ela e,
assim, interpretar esses significados.

5) Assinale a alternativa que corresponde à expansão e à aplicação da Antropologia:


a) É uma disciplina que nos ajuda a compreender as problemáticas sociais.
RESPOSTA CORRETA
A Antropologia é uma disciplina que nos ajuda a compreender as problemáticas sociais,
pois é consolidada e abrange a pesquisa científica a partir de uma metodologia sistemática.
b) É uma disciplina que se apoia somente em evidências empíricas.
RESPOSTA INCORRETA
A Antropologia é uma disciplina que nos ajuda a compreender as problemáticas sociais,
pois é consolidada e abrange a pesquisa científica a partir de uma metodologia sistemática.
c) É uma disciplina que evidencia apenas generalizações abstratas.
RESPOSTA INCORRETA
A Antropologia é uma disciplina que nos ajuda a compreender as problemáticas sociais,
pois é consolidada e abrange a pesquisa científica a partir de uma metodologia sistemática.
d) Não é uma disciplina, pois ainda não se consolidou no campo científico.
RESPOSTA INCORRETA
A Antropologia é uma disciplina que nos ajuda a compreender as problemáticas sociais,
pois é consolidada e abrange a pesquisa científica a partir de uma metodologia sistemática.
e) Não é uma disciplina, pois carece de metodologias científicas.
RESPOSTA INCORRETA
A Antropologia é uma disciplina que nos ajuda a compreender as problemáticas sociais,
pois é consolidada e abrange a pesquisa científica a partir de uma metodologia sistemática.
Desafio
Leia as afirmações a seguir baseadas na observação sobre o senso comum:

Analise, do ponto de vista evolucionista, por que essas cinco ideias ganharam força nessa
ramificação da Antropologia. Em seguida, proponha argumentos que refutem as
afirmações.
PADRÃO DE RESPOSTA ESPERADO
O evolucionista entendia que todos os povos existentes se encaixavam numa única linha
civilizatória, e tinha como parâmetro que os povos indígenas seriam a infância da
humanidade e os europeus o auge da civilização numa perspectiva etnocentrista.
Acompanhe os argumentos que refutam as afirmações apresentadas:
1) O índio é genérico: ele não é genérico, pois existem inúmeras etnias com suas
especificidades, e não podemos generalizá-las.
2) Os índios são atrasados: considerar os índios como atrasados é não perceber a
pluralidade de etnias e achar que cultura não se modifica. Isso não é verdade, pois
qualquer cultura se modifica ao longo do tempo.
3) Os índios fazem parte do passado: atualmente, existem inúmeras tribos indígenas, ainda
que muitas estejam em locais mais afastados do centros urbanos.
4) O brasileiro não é índio: quando os portugueses chegaram ao Brasil, eles também se
relacionaram com os índios, e muito do nosso sangue brasileiro tem a participação do
sangue indígena.
5) As culturas indígenas estão congeladas no tempo: nenhuma cultura está congelada no
tempo.
MINHA RESPOSTA
O estudo da antropologia, envolve muito mais do que o estudo da sociedade em que
vivemos, ela segue adiante estudando e delineando cada um dos povos existentes sobre
o globo terrestre, quando olhamos para o povo indígena brasileiro, não podemos apenas
olhar para um ser humano diferente da sociedade moderna, e engloba-los todos como
índios, quando olhamos para o povo indígena, precisamos olhar cada um dentro de sua
dimensão, e saber que dentre os povos indígenas existem culturas absurdamente diferente
uma das outras, cada uma com sua peculiaridade, e distinta das demais. Ao estudarmos o
processo histórico indígena, não podemos padroniza-los como um povo especifico, e sem
com diversidade de povos, com culturas extremamente avançadas em aspectos que ainda
não conhecemos. Quando falamos de povo brasileiro não podemos denominar
exclusividade nem extrair os indígenas como sendo brasileiros ou não, visto que fazem
parte do nosso território, muitas vezes com a cultura e língua própria, mas estão no
território brasileiro, ao seu modo são tão quanto brasileiros do que aqueles que falam
português e vivem em cidades.
Enviada em 17/08/2019 23:46
COMENTÁRIOS DO PROFESSOR
Rafael, boa reflexão.
NOTA
90