Você está na página 1de 3

Questões 1

1.Explique a diferença entre unicasting, broadcasting e multicasting.


Resposta:
●Unicasting — apenas um canal de comunicação é compartilhado por todas as máquinas. As
mensagens que trafegam são chamadas de pacotes, quando uma máquina origina um pacote ele
possuirá um campo com o endereço de origem e de destino. O pacote é enviado para todas as
máquinas da rede, que ao receberem o pacote, analisam o seu endereço de destino.Se o endereço
coincidir com o da máquinas ela irá processar o pacote. Caso contrário a máquina simplesmente o
ignora.
●Broadcasting — existe a possibilidade de uma máquina originar um pacote a todos os destinos
através de um código especial no campo de endereço, este método é conhecido como difusão ou
broadcasting (exemplos de rede de difusão: rádio e TV).
●Multicasting — outro método é o de multidifusão, ou multicasting, que consiste na transmissão
de pacotes a todas as máquinas de um determinado subconjunto de máquinas, sendo que cada
máquina precisa inscrever-se neste subconjunto (exemplo: canal de TV a cabo pay-per-view).
2.Explique a diferença ente simplex, half-duplex e full-duplex.
Resposta:
● Simplex: a transmissão da informação se dá sempre no mesmo sentido, a comunicação é
unidirecional. Exemplos: um terminal de coleta de dados que sempre informações ao CPD, um
determinado sensor, rádio e TV.
● Half-duplex: também chamada de semi-duplex, a transmissão da informação se dá nos dois
sentidos, porém não simultaneamente. Exemplos: rádio amador, telex, e protocolos que necessitam
de confirmação e respostas às informações transmitidas.
● Full-duplex:a transmissão da informação se dá em ambos os sentidos simultaneamente. Ex:
Telefone.
3.O que é um protocolo ?
Resposta: é um conjunto de regras sobre o modo de como se ará a comunicação entre as partes
envolvidas.
4.O que é um serviço orientado a conexão ?
Resposta: é necessário estabelecer uma conexão antes de utilizar os serviços de rede. O usuário deste
serviço estabelece a conexão com o destino pretendido, transmite por meio desta conexão e depois
desconecta-se. Neste tipo de conexão as mensagens são enviadas e recebidas em ordem pelo seu
destinatário, ou seja um fluxo ordenado de mensagens. Exemplo: o tipo mais comum deste serviço
é chamada telefônica.
5.O que é um serviço não orientado a conexão(sem conexão) ?
Resposta: não há o estabelecimento de uma conexão antes de utilizar os serviços de rede.. Exemplo:
Sistema postal – Datagrama
6.Explique cada camada do modelo de referência OSI/ISO.
Resposta:
● Camada Física: a função desta camada é a de transmissão do fluxo de bits através de um canal de
comunicação (meio físico).
● Camada de Enlace de Dados: a principal função desta camada é detectar erros, não identificados
pela camada física, ocorridos durante a transmissão de dados em um canal de comunicação e,
opcionalmente, corrigi-los.
● Camada de Rede: a camada de rede controla a operação da subrede, controlando o modo como
os pacotes são roteados de uma origem até seu destino.
● Camada de Transporte: a camada de rede controla a operação da subrede, controlando o modo
como os pacotes são roteados de uma origem até seu destino; e garante que todas as unidades da
mensagem cheguem corretamente a outra extremidade.
●Camada de Sessão: permite que usuários de diferentes máquinas estabeleçam sessões entre eles.
● Camada de Apresentação: a função desta camada é de realizar transformações adequadas nos
dados as serem transmitidos, como por exemplo: compressão, criptografia, conversão de padrões
de terminais e arquivos padrão de rede.
● Camada de Aplicação: são definidas as funções de gerenciamento e serviços genéricos para a
construção de aplicações distribuídas.
7.Explique as camadas do modelo de referência TCP/IP.
Resposta:
● Inter-rede: é o responsável pelo envio dos datagramas de um computador qualquer para outro
computador, independente de suas localizações de rede;
● Transporte: é responsável por prover suporte à cama de aplicações de maneira confiável (ou
não), independente dos serviços oferecidos pelas camadas de interface de rede e inter-rede.
● Aplicação: nesta camada estão os protocolos que dão suporte às aplicações dos usuários.
8.Uma alternativa para uma LAN é simplesmente instalar um grande sistema de tempo compartilhado
(timesharing) com terminais para todos os usuários. Apresente duas vantagens de um sistema
cliente/servidor que utilize uma LAN.
Resposta: O modelo de LAN pode ser ampliado de forma incremental. Se a LAN é apenas um longo
cabo, ela não pode ser desativada por uma falha isolada (se os servidores forem replicados).
Provavelmente ela terá um custo mais baixo. Esse modelo oferece maior capacidade de
computação e melhores interfaces interativas.
9.O desempenho de um sistema cliente/servidor é influenciado por dois fatores de rede: a largura de
banda da rede (quantos bits/s ela pode transportar) e a latência (quantos segundos o primeiro bit
leva para ir do cliente até o servidor). Dê um exemplo de uma rede que exibe alta largura de banda
e alta latência. Depois, dê um exemplo de uma rede com baixa largura de banda e baixa latência.
Resposta: Um link de fibra transcontinental pode ter muitos gigabits/s de largura de banda,mas a
latência também será alta devido à velocidade de propagação da luz por milhares de quilômetros.
Em contraste, um modem de 56 kbps que chamar um computador no mesmo edifício terá baixa
largura de banda e baixa latência.
10. Além da largura de banda e da latência, que outro parâmetro é necessário para permitir uma boa
caracterização da qualidade de serviço oferecida por uma rede empregada para tráfego de voz
digitalizada ?
Resposta: É necessário um tempo de entrega uniforme para voz, e assim a quantidade de flutuação na
rede é importante. Isso poderia ser expresso como o desvio padrão do tempo de entrega. A
existência de um pequeno retardo mas com grande variabilidade na realidade é pior que um retardo
um pouco mais longo com baixa variabilidade.
11. Quais são as duas razões para a utilização de protocolos dispostos em camadas ?
Resposta: Entre outras razões para a utilização de protocolos em camadas, seu emprego conduz à
quebra do problema de projeto em fragmentos menores e mais manejáveis; além disso, a divisão
em camadas significa que os protocolos podem ser alterados sem afetar protocolos de níveis mais
altos ou mais baixos.
12. Qual é a principal diferença entre a comunicação sem conexão e a comunicação orientada a
conexões?
Resposta: A comunicação orientada a conexões tem três fases. Na fase de estabelecimento, é feita
uma solicitação para configurar uma conexão. Somente após essa fase ter sido concluída com
sucesso, a fase de transferência de dados pode ser iniciada e os dados podem ser transportados. Em
seguida, vem a fase de liberação. A comunicação sem conexões não tem essas fases. Ela
simplesmente envia os dados.
13. O que significa “negociação” em uma discussão sobre protocolos de rede ? Dê um exemplo.
Resposta: A negociação significa fazer ambos os lados concordarem sobre alguns parâmetros ou
valores a serem usados durante a comunicação. O tamanho máximo do pacote é um exemplo, mas
existem muitos outros.
14. Determine qual das camadas do modelo OSI trata e cada uma das tarefas a seguir:
(a) realizar transformações adequadas nos dados as serem transmitidos
(b) definir a rota que será utilizada na sub-rede
Resposta: (a) Camada de apresentação (b) Camada de rede.
15. Um sistema tem uma hierarquia de protocolos com n camadas. As aplicações geram mensagens
com M bytes de comprimentos. Em cada uma das camadas, é acrescentado um cabeçalho com n
bytes. Qual o tamanho de uma mensagem ?
Resposta: Com n camadas e h bytes adicionados por camada, o número total de bytes de cabeçalho
por mensagem é hn, e assim o espaço desperdiçado em cabeçalhos é hn. O tamanho total da
mensagem é M+nh.
16. Cite dois aspectos em que o modelo de referência OSI e o modelo de referência TCP/IP são iguais.
Agora, cite dois aspectos em que eles são diferentes.
Resposta: Ambos os modelos são baseados em protocolos colocados em camadas. Ambos têm
camadas de rede, transporte e aplicação. Nos dois modelos, o serviço de transporte pode fornecer
um fluxo de bytes fim a fim confiável. Por outro lado, eles diferem em diversos aspectos. O
número de camadas é diferente, o TCP/IP não tem camadas de sessão ou de apresentação, o OSI
não admite interligação de redes, e o OSI tem serviço orientado a conexões e sem conexões na
camada de rede.
17. Qual a principal diferença entre o TCP e o UDP ?
Resposta: O TCP é orientado a conexões, enquanto o UDP é um serviço sem conexões.
18. Quando um arquivo é transferido entre dois computadores, são possíveis duas estratégias de
confirmação. Na primeira, o arquivo é dividido em pacotes, que são confirmados individualmente
pelo receptor, mas a transferência do arquivo como um todo não é confirmada. Na segunda, os
pacotes não são confirmados individualmente mas, ao chegar ao seu destino, o arquivo inteiro é
confirmado. Analise essas duas abordagens.
Resposta: Se a rede tende a perder pacotes, é melhor confirmar cada um separadamente, de modo que
os pacotes perdidos possam ser retransmitidos. Por outro lado, se a rede é altamente confiável, o
envio de uma única confirmação no fim da transferência inteira poupa largura de banda no caso
normal (mas exige que o arquivo inteiro seja retransmitido até mesmo se um único pacote se
perder).
19. As redes sem fio são fáceis de instalar, o que as torna econômicas, pois em geral os custos de
instalação são maiores que os custos do equipamento. Apesar disso, elas também têm algumas
desvantagens. Cite duas delas.
Resposta: Uma desvantagem é a segurança. Todo receptor que por acaso esteja na localidade pode
ouvir a rede. Outra desvantagem é a confiabilidade. As redes sem fios cometem muitos erros. Um
terceiro problema potencial é o tempo de duração da bateria, pois a maioria dos dispositivos sem
fios tende a ser móvel.
20. Liste duas vantagens e desvantagens da existência de padrões internacionais para protocolos de
redes.
Resposta: Uma vantagem é que, se todos usarem o padrão, cada um poderá se comunicar com todos
os outros. Outra vantagem é que o uso disseminado de qualquer padrão proporcionará economias
de escala. Uma desvantagem é o fato de os compromissos políticos necessários para se alcançar a
padronização freqüentemente levarem a padrões pobres. Outra desvantagem é que, depois que um
padrão é amplamente adotado, torna-se muito difícil alterá-lo, mesmo que sejam descobertas novas
técnicas ou melhores métodos. Além disso, na época em que ele for aceito, talvez esteja obsoleto.