Você está na página 1de 1

FASES DA INTOXICAÇÃO

- Efeitos retardados
(de 3 meses a anos)
- Efeitos imediatos
(de alguns dias a 2
semanas. Fase 4: Clínica
É a fase em que há evidências de sinais e
Crônica: sintomas, ou ainda, alterações patológicas
- Exposição prolongada detectáveis mediante provas diagnósticas,
a doses cumulativas do caracterizando os efeitos nocivos
intoxicante; provocados pela interação do toxicante
com o organismo.

Fase 3: Toxicodinâmica
Fase 1: exposição:
Compreende a interação entre as
Aguda: É a fase em que as
moléculas do toxicante e os sítios
- Um único contato ou superfícies externa ou
múltiplos contatos; interna do organismo
FASES DA INTOXICAÇÃO de ação, específicos ou não, dos
órgãos e, conseqüentemente, o
entram em contato
aparecimento de desequilíbrio
com o toxicante.
homeostático.

Fase 2: Toxicocinética
Inclui todos os processos envolvidos
na relação entre a disponibilidade
química e a concentração do fármaco
nos diferentes tecidos do organismo.

EXCREÇÃO
ABSORÇÃO DISTRIBUIÇÃO METABOLISMO

Você também pode gostar