Você está na página 1de 13

UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ

CURSO DE ENFERMAGEM

ANGÉLICA DE SOUZA PINTO

RELATÓRIO REFERENTE ÀS ATIVIDADES DA PRÁTICA DE CAMPO DA


DISCIPLINA DE ENFERMAGEM NA SAÚDE DA MULHER

CAPANEMA/PARÁ
2018

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
ANGÉLICA DE SOUZA PINTO

RELATÓRIO REFERENTE ÀS ATIVIDADES DA PRÁTICA DE CAMPO DA


DISCIPLINA DE ENFERMAGEM NA DA MULHER

Relatório das atividades realizadas


nas instituições de saúde e
orientado pelo preceptor como
forma de avaliação das práticas de
campo das disciplinas de
Enfermagem na Saúde da Mulher.

CAPANEMA/PARÁ
2018

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
SUMÁRIO

1. Introdução 04
2.Descrição da estrutura organizacional do atendimento na ESF 04
3. Descrição das dependências física da ESF 09
4. Descrição das atividades práticas de campo/Aprend. crítico e reflexivo 10
5. Conclusão 12
6. Referências 13

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
1. INTRODUÇÃO

Os relatos constantes neste trabalho são abordagens das atividades de


aulas práticas em trabalho de campo pertinente ao curso de Enfermagem,
realizadas no município de Capanema - Pará, na Estratégia Saúde da Família
(ESF). As aulas práticas tiveram uma carga horária de 40 horas semanais para
a disciplina Enfermagem na Saúde da Mulher. Essa unidade atende a casos de
saúde que exijam atenção médica intermediária e avaliações de enfermagem,
realização de exames diversos voltados, principalmente aos cuidados e
atenção à saúde da mulher. Devido ao intenso fluxo de pessoas na unidade, as
aulas práticas foram de grande importância para pôr em prática o
conhecimento teórico adquirido, uma vez que o número de pessoas
direcionadas ao local de atendimento tornou a dinâmica do trabalho ali
realizado grandemente proveitosa.

2. DESCRIÇÃO DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO ATENDIMENTO


NA ESF

Na unidade de Estratégia Saúde da Família “Raimunda de Souza Reis”,


a política de organização dos setores de atendimento se dá por meio de
protocolo de avaliação médica e de enfermagem bem como a classificação de
setores, em que cada setor é identificado de acordo com o tipo de avaliação,
como se especifica na sequencia.

2.1 POSTO SAÚDE

É a unidade de atenção básica, a porta de entrada do SUS, onde são


realizados exames, consultas e acompanhamento médico, além de entrega de
remédio e aplicação de vacina. Quando necessário, em casos específicos, é
solicitado outro serviço de saúde e encaminhamento do paciente.

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
Utilização: As principais atribuições do atendimento no posto de saúde são
traumas leves, sintomas leves de gripe, tonturas, dor abdominal leve, mal estar,
conjuntivite, entre outros.

Em Capanema, esse serviço tem funcionamento das 8:00h às 12:00h, e


das 13:00h às 17;00h.

Ambulatório

 Procedimentos como: curativos, trocas ou requisições de receitas


médicas, avaliação de resultados de exames, solicitações de atestados
médicos;
 Procedimentos injetáveis;
 Troca de curativo de 08:00h às 17:00h (incluindo os finais de semana e
feriados).

2.2 EXAMES DE PCCU

São realizados também exames de citologia oncótica, também


conhecidos como teste de Papanicolau ou “prevenção”. Antes dos exames, as
mulheres passam pela anamnese da enfermeira e eram indagadas quanto aos
seguintes aspectos: presença de dores abdominais, secreções vaginais, dados
gineco-obstétricos, dor durante as relações sexuais (dispareunia) e data do
último exame de Papanicolau realizado.

O exame de Papanicolau, que serve para diagnosticar inflamação


vaginal, doenças sexualmente transmissíveis como HPV e para indicar a
presença de câncer de colo do útero, devendo ser realizado uma vez por ano
por mulheres que já iniciaram a sua vida sexual, especialmente mulheres que
tenham entre 25 e 59 anos de idade.

Esse exame é realizado somente as quintas-feiras, no turno matutino, na


unidade (ESF).

O câncer de colo do útero é o segundo tipo de câncer mais incidente


com 16.370 novos casos de acordo com o INCA (2018), com 5.727 mortes em

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
só em 2015 (SIM) estando entre os tipos de câncer que mais mata mulheres
nos países em desenvolvimento. Entretanto, esses óbitos poderiam ser
eficazmente evitados, uma vez que medidas de rastreio e tratamento de lesões
tem a capacidade de reduzir em até 80% a mortalidade pela doença (BRASIL,
2009).

Durante o estágio houve pouco demanda em relação realização desse


exame, embora os que foram realizados serviram de base para muito
aprendizado, uma vez que o conteúdo sempre era revisto no dia posterior, a
fim de sanar dúvidas.

Para realizar o exame o enfermeiro inicialmente observar se existe a


presença de alguma alteração na parte externa da vagina em seguida inicia o
papanicolau utilizando-se dos seguintes procedimentos:

1- É introduzido um pequeno instrumento chamado de especulo na vagina,


para manter o canal vaginal aberto e permitir a observação do colo do
útero;
2- O enfermeiro observa o interior da vagina e do colo do útero;
3- O enfermeiro usa uma espátula de madeira e uma escovinha para
realização de raspagem no tecido do cólon do útero;
4- O material colhido é guardado e posteriormente levado para analise no
laboratório.

Todo esse procedimento possui duração média de cinco minutos, e a


mulher deve tirar suas roupas abaixo da cintura, ficando deitada na marca do
enfermeiro com as pernas afastadas. No caso de mulheres virgens o
enfermeiro utiliza um material especial que evita a violação do hímen, para
manter a virgindade.

Após finalizar a consulta, a mulher não precisa ter cuidados especiais,


podendo fazer suas atividades diárias normalmente. Em geral, o resultado é
divulgado em até 14 dias.

Como se preparar para o papanicolau

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
O preparo para o Papanicolau é simples, inclui evitar relações intimas
mesmo com uso de camisinhas, evitar duchas para higiene intima e evitar uso
de medicamentos ou anticoncepcionais vaginais nos segundo dias anteriores
ao exame, não pode está menstruada, pois a presença de sangue pode alterar
os resultados do exame.

2.3 PRÉ-NATAL NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMILIA (PSF)

Outra modalidade de atendimento realizada foi a consulta de pré- natal,


pois esse acompanhamento é essencial para garantir uma gestação e parto
saudáveis, por meio de educação em saúde junto às mães. Com as consultas
e exames, é possível identificar diversas afecções de saúde, desde
hipertensão, infecções, doenças sexualmente transmissíveis, dentre outras
patologias que podem comprometer o adequado desenvolvimento da gravidez.

A assistência pré-natal destina-se à prestação de cuidados


especializados e individualizados à gestante e ao feto, e por meio de uma
análise específica é possível traçar um plano assistencial integral e
humanizado. O enfermeiro, ao desenvolver em parceria com o médico esse
atendimento, valoriza o acolhimento multiprofissional, e traz maior
humanização e sucesso no ciclo gravídico-puerperal (MELO; COELHO;
CREÔNCIO, 2010).

Na unidade de saúde são realizados atendimentos diários de início com


consultas de enfermagem gestante e acompanhamento pré-natal.

Características do atendimento

 Entrevista
 Exame Físico
 Exame Obstétrico
 Orientação

Entrevista: O procedimento de entrevista para início de pré-natal inclui:

- Identificação da gestante;

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
- Antecedente pessoal e familiar;

- Condições socioeconômicas e culturais;

- Situações relacionadas com o estado gestacional;

- Condições de saúde atual.

Exame físico: após realização da entrevista, segue-se aos seguintes exames


físicos:

- Verificação do peso e altura;

- TRP e PA;

- Inspeção da mama;

- Condições dos dentes;

- Existência de edema e varizes.

Exame Obstétrico: Este exame é de suma importância para se ter


informações a respeito das condições atuais da gestação, o que inclui:

- Medida da circunferência abdominal;

- Fundo do útero;

- Apresentação;

- Situação;

- Posição;

- Batimentos cárdiofetal-BCF.

Orientações: As orientações, como já foram descritas anteriormente, estão


voltadas para os problemas identificados, destacando-se também, as
informações sobre o puerpério, cuidados com a criança e medidas gerais de
proteção à saúde.

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
3. DESCRIÇÃO DAS DEPENDÊNCIAS FÍSICAS DA ESF
As descrições relatadas, em seguida, fazem jus às observações da
estrutura interna das dependências físicas, bem como dos materiais de uso
constante existente nas referidas dependências da unidade.
Salas:

 Sala para consulta de enfermagem;


 Sala para vacinação;
 Sala para reuniões de grupo;
 Sala de espera.

Materiais:

 Mesa de secretaria para consultório;


 Cadeira;
 Mesa para exame clínico;
 Balança antropométrica (Pesa-gente);
 Escadinha;
 Armário vitrine;
 Mesinha auxiliar;
 Biombo triplo;
 Caixa coletora para papeis;
 Ar-condicionado;
 Bandeja retangular;
 Aparelho de pressão arterial completo;
 Estetoscópio;
 Termômetro.

É notável que, na Estratégia Saúde da Família, busca-se de acordo com


esses recursos materiais, o trabalho conjunto e o esforço de toda equipe de
profissionais da unidade, o melhor atendimento aos pacientes que necessitam
do SUS de forma mais abrangente e eficiente possível.

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
4. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES PRÁTICAS DE CAMPO /
APRENDIZADO CRÍTICO E REFLEXIVO
Inicialmente foi realizada visita ao local para reconhecimento do setor e
suas particularidades. Fomos apresentados para toda a equipe, uma vez que
nesse período a contribuição aumentaria significativamente no setor. Durante
todas as semanas de estágio, buscou-se seguir o planejamento, de forma que
foi possível desenvolver atividades dentro dos diversos programas da
Estratégia Saúde da Família.
Vale destacar que as atividades relatadas aqui foram desenvolvidas
durante todo o período que compreende a aplicação prática da disciplina
Enfermagem na Saúde da Mulher. Os trabalhos realizados permitiram a
obtenção de informações diversas, tais como: Características dos pacientes;
Recursos materiais mais utilizados no atendimento em Enfermagem;
Procedimentos e técnicas mais utilizadas pelos Enfermeiros e Técnicos em
Enfermagem; Técnicas de Avaliação dos resultados e tratamentos
disponibilizados à clientela atendida pela Unidade e Principais dificuldades
enfrentadas por profissionais de saúde.

Diante das diversas ações diárias desenvolvidas no posto, pode ser


inicialmente citada a puericultura e consultas direcionadas às condicionalidades
do Programa Bolsa-Família, através dos quais se torna possível acompanhar o
crescimento e desenvolvimento infantis.

A consulta de puericultura enfatiza a prevenção de doenças e a


promoção da saúde, com o objetivo de que a criança não venha a adoecer, e
atinja êxito em seu pleno desenvolvimento, chegando à adolescência e vida
adulta de forma saudável e sem prejuízos. Por isso, se torna muito importante
o desenvolvimento de atividades educativas para crianças e pais ou
responsáveis, buscando a identificação de fatores de risco e desenvolvendo
medidas preventivas (UNASUS).

Durante a consulta, buscava-se por meio de aconselhamento trazer


informações pertinentes às mães, destacando-se: alimentação, vacinação,
tratamento de verminoses, busca ativa de manchas (hanseníase), prevenção

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
de anemia ferropriva, requerimento de exames laboratoriais, encaminhamento
e prescrição de medicamentos previstos no Protocolo da Atenção Básica
municipal.
Houve também muitas participações e acompanhamento, destacando-se
a assistência de Enfermagem às crianças (pediatrias) e adolescentes, adultos e
aos idosos. Dentre as atividades desenvolvidas enumeram-se as seguintes: (1)
prescrição de assistência de enfermagem; (2) encaminhamento e
acompanhamento de gestantes, crianças, idosos e demais adultos a exames
diversos; (3) acompanhamento do planejamento de previsão de recursos
materiais e humanos na Unidade, etc.
Ao longo desse tempo, teve-se a oportunidade de se acompanhar
consultas médicas de clinica geral em diferentes áreas (pediatria, ginecologia,
obstetrícia, etc.), o que possibilitou pôr em prática conhecimentos e habilidades
adquiridas nas aulas teóricas. Pôde-se também aplicar com bastante
intensidade o aprendizado de procedimentos de Enfermagem, tais como a
administração de vacinas e fármacos. Nesse trabalho, foi possível perceber os
inúmeros problemas nos quais o clínico se depara no seu dia a dia e, neste
momento, é essencial à participação do Enfermeiro para que haja uma
continuidade nos atendimentos da maneira mais correta possível.

No que se refere aos procedimentos de Pré-natal, mais especificamente


ao exame físico geral, eram acompanhados o peso e a altura da gestante,
medida da pressão arterial, inspeção da pele e das mucosas, exames do
membro inferiores, assim como a palpação obstétrica, medida uterina, cálculo
da idade gestacional, ausculta dos batimentos cárdiofetais (BCF), prescrição de
sulfato ferroso e ácido fólico (a partir da 20º semana), exames laboratoriais
(glicemia de jejum, VDRL, urina tipo I, aconselhamento e teste anti-HIV,
sorologia para hepatite B, toxoplasmose e ultrassonografia).

No final das consultas, eram reforçadas as orientações sobre


amamentação, alimentação saudável, cuidados com o recém-nascido,
vacinação tanto da mãe quanto do bebê, doação de leite materno, cuidados
com as mamas e os sinais e sintomas indicativos de complicações que possam
ocorrer durante a gestação.

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
5. CONCLUSÃO
Diante de tudo o que se vivenciou, como fora relatado, após a realização
do Estágio, tornou-se possível vislumbrar que os dias em que se esteve
realizando as atividades práticas, estas contribuíram de forma significativa
nesta etapa do curso de Enfermagem haja vista que se somou ao que foi
compreendido nas aulas teóricas profundos conhecimentos sobre a grande
responsabilidade que cabe ao profissional da área de Enfermagem. Sabendo-
se que o Enfermeiro deve ter uma formação geral e abrangente para atender
as necessidades da sociedade no atendimento básico em saúde, e ao mesmo
tempo, estar preparado para lidar com situações-problemas que são
desafiadoras nessa profissão. Vale ressaltar, entretanto, que ainda existem
entraves que dificultam o bom desenvolvimento do trabalho na área da saúde
pública no Brasil, no que se refere, principalmente, pela falta de investimentos
em recursos materiais e humanos em muitas unidades. Ademais, o contato
diário com diversos pacientes em suas particularidades, contribuiu não só para
aprofundar os conhecimentos sobre a abordagem aos pacientes e suas
patologias e adquirir conhecimentos técnicos próprios da Enfermagem, mas
também para desenvolvimento profissional e pessoal, principalmente no que
tange à possibilidade de explorar a relação entre o enfermeiro e o doente.
Dessa forma, exercitaram-se as competências de Enfermagem que
representam requisitos para a inserção adequada do estudante no mercado de
trabalho, por meio de aperfeiçoamento teórico-científico, prático e interpessoal.
Por todos os aspectos e observações abordadas neste trabalho, conclui-se
aqui este relatório, afirmando-se veementemente que foram mencionados
verdades sobre tudo.

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo
4. REFERÊNCIAS

BRASIL. Ministério da Saúde. : incidência de câncer no Brasil. Instituto


Nacional de Câncer. INCA. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-
cancer/cancer-do-colo-do-utero. Acesso em 08 de dez de 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Coordenação de


Prevenção e Vigilância. Estimativas 2010: incidência de câncer no Brasil. Rio
de Janeiro: INCA, 2009.

RAMIREZ, Yulys Carbonell. CONSULTA DE PUERICULTURA NA UNIDADE


BÁSICA DE SAÚDE CLÍNICA DA CRIANÇA DO MUNICÍPIO DE
MACHADINHO DO OESTE – RO – UNIASUS. Disponível em:
https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/4203. Acesso em 08 de dez
de 2018.

MELO, M. C. P.; COELHO, N. H. N.; CREÔNCIO, S. C. E. Atuação da


enfermeira no pré-natal: uma revisão da sistematização, da humanização e da
educação em saúde. Enciclopedia biosfera, v. 6, n. 10, 2010. Disponível em:
http://www.conhecer.org.br/enciclop/2010b/atuacao.pdf. Acesso em: 08 de dez
de 2018.

Curso de Enfermagem
Atividade prática de campo

Você também pode gostar