Você está na página 1de 170

Todos os gráficos dos três livros estarão em um formato maior no site da John Wiley & Sons em

www.wiley.com/go/tradingreversals. A senha é Brooks3.

Brooks Negociando Reversões


2012

Parte I: Reversões de tendência: uma tendência se tornando uma tendência oposta (82:48mins)
Capítulo 1: Exemplo de como negociar uma reversão (10:21 min)
Capítulo 2: Sinais de Força em uma Reversão (06:54 min)
Capítulo 3: Reversão de tendência principal (50:36 mins)
Capítulo 4: Reversões Climáticas: Um Pico Seguido por um Pico na Direção Oposta (66:42 mins)
Capítulo 5: Cunhas e Outros Padrões de Reversão de Três Push (46:00 mins)
Capítulo 6: Expandindo Triângulos (08:03 min)
Capítulo 7: Flags finais (42:33mins) NÃO
Capítulo 8: Retrocesso Duplo Superior e Inferior (11:30 mins) NÃO
Capítulo 9: Falhas (35:39 min)
Chapter 10: Huge Volume Reversals on Daily Charts (03:27 mins) NÃO

Part II: Day Trading (03:27 mins)


Chapter 11: Key Times of the Day (13:48 mins)
Chapter 12: Markets (02:18 mins)
Chapter 13: Time Frames and Chart Types (13:48 mins)
Chapter 14: Globex, Premarket, Postmarket, and Overnight Market (03:27 mins)
Chapter 15: Always In (42:33 mins)
Chapter 16: Extreme Scalping (31:03 mins)

Part III: The First Hour (The Opening Range) (42:33 mins)
Chapter 17: Patterns Related to the Premarket (03:27 mins)
Capítulo 18: Padrões Relacionados a Ontem: Breakouts, Pullbacks de Breakout e Breakouts com Falha
(18:24 min)
Capítulo 19: Abrindo Padrões e Reversões (27:36 mins)
Capítulo 20: Abertura de Lacunas: Reversões e Continuações (05:45 min)

Parte IV: Juntando Tudo (01:09 mins)


Capítulo 21: Exemplos detalhados de day trading (11:30 min)
Capítulo 22: Gráficos diários, semanais e mensais (18:24 min)
Capítulo 23: Opções (41:24 min)
Capítulo 24: Os Melhores Negocios: Juntando Tudo (123: 03 mins)
Capítulo 25: Diretrizes de Negociação (26:27 mins)

PARTE I
Reversões de tendência: uma tendência se tornando uma tendência oposta

As áreas tradicionais de apoio e resistência são mais fáceis de ver e, portanto, mais propensas a serem
notadas por muitas instituições, e definem mais claramente onde o mercado deve ser revertido. Em
ambos os crashes de 1987 e 2008-2009, o mercado caiu para um pouco abaixo da linha de tendência
mensal e depois se inverteu, criando um fundo importante. O mercado continuará em alta, com muitos
testes para baixo, até que tenha ido longe demais, o que está sempre em um nível de resistência
significativo. Só então as instituições podem estar confiantes de que vale apenas abandonar à posição
long e aderir ao short. O processo então se inverte.

Uma inversão bem-sucedida da tendência é uma mudança de um mercado em alta para um mercado
em baixa ou vice-versa e a única coisa mais importante a lembrar é que a maioria das tentativas de
reversão de tendência falha. Um mercado tem inércia, o que significa que tem uma forte propensão
para continuar o que vem fazendo e uma forte resistência à mudança. O resultado é que realmente não
existe um padrão de reversão de tendência. Quando há uma tendência, todos os padrões são padrões
de continuação, mas ocasionalmente um falhará.

Por causa disso, a maioria dos padrões de reversão são faixas de negociação, mas você deve esperar
que a fuga da faixa de negociação esteja na direção da tendência, porque é isso que acontece em cerca
de 80% dos casos. Às vezes, a fuga será na direção oposta ou a quebra com tendência falhará
rapidamente e, em seguida, será revertida. Quando esses eventos acontecem, a maioria dos
comerciantes rotulará o intervalo de negociação como um padrão de reversão, como um topo duplo,
uma cabeça e ombros ou uma bandeira final. Todos os padrões de reversão listados na Parte I podem
levar a uma tendência na direção oposta, mas eles também podem simplesmente levar a uma faixa de
negociação, que é mais provável que seja seguida por uma retomada de tendência.

Quando uma tendência se inverte, a reversão pode ser aguda e imediata e ter muita convicção no início,
ou pode acontecer lentamente ao longo de uma dúzia ou mais de barras. Quando isso acontece
devagar, o mercado geralmente parece estar formando apenas outra bandeira, mas o recuo continua a
crescer até que, em algum momento, os comerciantes com tendência de baixa desistem e há uma
ruptura na direção da tendência contrária. Neste ponto, há uma nova tendência, e os comerciantes
invertem sua mentalidade. Quando uma tendência de alta se inverte para uma tendência de baixa, eles
param de comprar acima de barras com stops e compram abaixo de barras em ordens limitadas, e
começam a vender acima de barras em ordens limitadas e vender abaixo de barras com stops. Quando
uma tendência de urso reverte para uma tendência de alta, eles param de vender abaixo de barras em
stops e vendem acima de barras em ordens de limite, e começam a comprar barras acima em stops e
comprando abaixo de barras em ordens de limite.

Os canais sempre parecem estar prestes a ser revertidos, sugando os operadores para as operações de
contra-tendência usando entradas com stop. Estes comerciantes logo ficam presos e têm que cobrir
com uma perda. Por exemplo, se houver um canal de touro, ele geralmente terá uma reversão de urso
razoável ou barra interna após o rompimento a cada nova alta. Os novatos perceberão que há espaço
suficiente para a média móvel de um couro cabeludo curto e encurtarão umo stop abaixo da barra. Eles
perderão dinheiro em 70% ou mais de seu couro cabeludo de contra-tendência, e seu perdedor médio
será maior que seu vencedor médio. Eles pegam os shorts porque estão ansiosos para negociar e a
maioria dos sinais de compra parece fraca, muitas vezes forçando os comerciantes a comprar dentro de
alguns ticks do topo do canal. As configurações de contra-tendência geralmente têm barras de sinal de
boa aparência, que convencem os operadores de que podem negociar um couro cabeludo curto
enquanto esperam por uma configuração de compra de boa aparência. No entanto, a maioria dos
escalpes curtos acabará sendo apenas micro-vácuo, onde o mercado está sendo sugado para um nível
de suporte, como na parte inferior do canal, ou abaixo de um fundo menor. Uma vez lá, os touros fortes
começam a comprar agressivamente.

A maioria das tentativas de reversão de tendência não resulta em uma tendência forte e oposta e, ao
contrário, leva a faixas de negociação. Estritamente falando, o comportamento se reverteu em um tipo
oposto de ação de preço (de negociação unilateral a negociação bilateral), mas a tendência não se
reverteu em uma tendência oposta. Um trader nunca sabe de antemão se haverá uma reversão para
uma nova tendência, e uma reversão em uma faixa de negociação frequentemente parece a mesma
coisa que uma reversão para uma nova tendência para dezenas de barras. Por causa disso, um trader
não sabe até muito mais tarde se houve uma reversão na tendência oposta ou apenas uma transição
para uma faixa de negociação. É por isso que a probabilidade da maioria dos negócios, em que a
recompensa é muitas vezes maior que o risco, é tão pequena no início. Conforme os movimentos se
tornam mais certos, a recompensa fica menor, porque há menos ticks sobrando para o movimento, e o
risco aumenta porque o stop ideal para um trade de swing vai além do início do fundo ou topo mais
recente. Do ponto de vista do profissional, isso não importa, porque os negociantes vão negociar a
inversão da mesma maneira, quer evolua para uma nova tendência forte ou simplesmente para um par
de grandes pernas de tendência contrária. Sim, eles ganhariam mais dinheiro com um enorme balanço
que não voltasse ao ponto de equilíbrio, mas eles ainda podem ganhar muito dinheiro se o mercado
parar e simplesmente se tornar uma grande área de negociação. No entanto, em uma faixa de
negociação, os comerciantes geralmente ganharão mais dinheiro se procurarem escalpos em vez de
balanços.

Muitos técnicos exigem alguns componentes básicos de uma tendência existam. A maioria concordaria
com dois requisitos para uma reversão de tendência. O primeiro é um requisito absoluto: o movimento
tem que quebrar uma linha de tendência da tendência anterior para que o canal de tendência antigo
tenha sido quebrado. O segundo requisito acontece na maior parte do tempo, mas não é necessário:
após a quebra da linha de tendência, o mercado volta e testa com sucesso o extremo da tendência
antiga. Raramente, pode haver uma reversão sem testar o antigo extremo.

Os traders sabem que a maioria das tentativas de reversão fracassam, e muitos que seguiram a
tendência não sairão de seus longos até que os ursos tenham demonstrado a capacidade de empurrar
o mercado para baixo. Muitos longs compraram puts para se protegerem em caso de reversão severa.
As puts permitem que eles continuem dando à tendência de alta todas as chances possíveis de serem
retomadas. Eles sabem que os puts limitam suas perdas, não importa o quão longe o mercado possa
cair, mas uma vez que eles vejam essa impressionante pressão de venda, eles então procurarão um rally
para finalmente sair de seus longos, e irão lucrar com suas puts quando o mercado volta a suibir. Além
disso, a maioria de suas opções expira dentro de alguns meses e, uma vez expirada, os traders não têm
mais proteção contra quedas. Isso significa que eles não podem continuar a manter suas posições, a
menos que continuem comprando mais e mais puts. Se eles acreditam que o mercado provavelmente
cairá mais e não reaquecerá novamente por muitos meses, não faz sentido continuar pagando pela
proteção em depósito. Em vez disso, eles procurarão vender suas posições. Seu oferta limitará o rali, e
sua venda, somada ao shorting por ursos agressivos e a tomada de lucros por parte dos touros que
viram o sell-off como uma oportunidade de compra, criarão uma segunda rodada para baixo.

Esses touros persistentes terão um nível de preços na queda que, se atingido, os fará querer sair no
próximo rally. À medida que o mercado continuar trabalhando, mais e mais desses touros decidirão que
a tendência de alta não será retomada tão cedo e que a tendência pode ter se invertido em uma
tendência de baixa. Esses longs retardatários esperarão pacientemente por um recuo no balanço do
urso para sair de seus longos, e suas posições representam uma oferta que está pairando sobre o
mercado. Eles vendem abaixo do mais recente topo swing e estão felizes em sair a qualquer preço
acima da mínima mais recente. Os ursos também procurarão um recuo de cada novo fundo para
adicionar aos seus shorts e colocar novos shorts. O resultado é uma série de topos e fundos mais
baixos, que é a definição de uma tendência de baixa.

Tipicamente, o movimento inicial irá quebrar a linha de tendência e então formar um pullback que testa
o fim da tendência antiga, e os traders procurarão iniciar posições de tendência contrária (na verdade
com tendência, na direção da nova tendência) após este teste. A maioria dos traders vai querer que a
perna que quebra a linha de tendência e a que testa o extremo da tendência tenha mais do que apenas
dois ou três barras. Cinco é suficiente? Que tal 10? Tudo depende do contexto. Uma quebra de linha de
tendência que tenha apenas uma ou duas barras excepcionalmente grandes pode ser suficiente para
fazer com que os comerciantes esperem pelo menos uma segunda etapa. Um pullback de duas barras é
suficiente para testar o antigo extremo? A maioria dos traders prefere ver pelo menos cinco barras ou
mais, mas às vezes a quebra da linha de tendência ou o pullback podem durar apenas dois ou três
barras e ainda convencer os traders de que a tendência se reverteu. Se uma das duas pernas é apenas
um par de barras, a maioria dos comerciantes não irá negociar a nova tendência de forma agressiva, a
menos que a outra perna tenha mais barras. Devido a isso, a nova tendência raramente começará após
apenas uma quebra de linha de tendência de duas barras e, em seguida, um teste de duas barras da
tendência antiga. Mesmo quando um faz, as chances são altas de que haverá um maior recuo dentro
dos próximos 10 barras ou mais.

O teste após a quebra da linha de tendência pode ficar aquém do extremo anterior ou pode excedê-lo,
mas não muito. Com qualquer negociação de contra tendência (pois o trader ainda não sabe se
reverteu a tendência ainda), os comerciantes devem insistir em uma barra de sinal forte, porque sem ela
as chances de sucesso são muito menores. Por exemplo, se houver uma tendência de baixa e depois um
movimento acentuado para cima que se estenda bem além da linha de tendência do urso, os
operadores procurarão comprar o primeiro recuo, esperando o primeiro de muitos fundos mais altos.
Eles vão querer uma barra forte de reversão de touro ou uma reversão de duas barras antes de fazer a
trade. No entanto, às vezes, o pullback se estende abaixo do fundo da tendência de bear, executando
stops nos novos longs. Se este fundo inferior reverter dentro de alguns barras, pode levar a um forte
balanço para cima. Se, em contraste, a fundo mais baixo se estender muito abaixo da mínima mais
baixa, é mais provável assumir que a tendência do urso começou uma nova etapa e, em seguida,
esperar por outro rompimento de linha de tendência, momentum de alta e um pullback, antes de se
iniciar o longo de novo.

Embora os traders adorem comprar o primeira fundo mais alto em uma nova tendência ou vender o
primeira topo mais baixo em uma nova tendência, se a nova tendência for boa, haverá uma série de
oscilações (topos e fundos), e cada uma pode fornecer uma entrada excelente. Os touros comprarão
quando o mercado cair abaixo de qualquer fundo anterior e qualquer nível de suporte. Eles também
comprarão todas as tentativas do mercado de subir, como em torno da máxima quando o mercado se
movimentar acima da máxima da barra anterior ou acima de um nível de resistência. Isso é exatamente
o oposto do que os comerciantes fazem em mercados fortes, quando vendem acima e abaixo das
barras, e acima e abaixo da resistência e do suporte. Eles vendem acima das barras (e em torno de cada
tipo de resistência), porque eles vêem cada movimento para cima como uma tentativa de reverter a
tendência, e a maioria das tentativas de reversão de tendência falham. Eles vendem abaixo das barras (e
em torno de todo tipo de suporte), porque eles vêem cada movimento para baixo como uma tentativa
de retomar a tendência de baixa, e esperam que a maioria tenha sucesso.

O primeiro recuo após uma reversão para uma nova tendência de alta é geralmente um teste do fundo,
mas ele, como todos os recuos subsequentes na nova tendência de subida, também pode ser um teste
de quebra de um ponto chave como uma linha de tendência, um ponto de oscilação anterior, uma faixa
de negociação ou uma média móvel. Depois que o mercado se movimentar acima da topo da primeira
rodada, os touros moverão suas stops protetoras até logo abaixo dessa fundo mais alto. Eles
continuarão a elevarr suas stops até um pouco abaixo da fundo mais alto mais recente, após cada novo
topo mais alto, até acreditarem que o mercado está se tornando bilateral o suficiente para começar a
ter correções de duas pernas para baixo. Uma vez que eles acreditem que o mercado terá uma segunda
perna que provavelmente cairá abaixo da mínima da primeira perna (o fundo recente mais alto), eles
procurarão sair de suas longos em força, como em torno do fechamento de uma barra de alta que está
em, acima ou ligeiramente abaixo da máxima da tendência, ou abaixo da mínima da barra anterior. Não
faz sentido para eles saírem abaixo do fundo mais recente, uma vez que acreditam que o mercado
chegará lá. Em vez disso, eles sairão mais alto e procurarão comprar novamente em torno dessa fundo
mais alto.

Se você se vê desenhando muitas linhas de canais de tendência durante uma tendência e vendo muitas
configurações de reversão de cunha, então você está muito ansioso para encontrar uma reversão e
provavelmente está perdendo muitas grandes negociações com tendências. Aguarde uma quebra de
linha de tendência forte antes de procurar um trade de contra tendência; olhe para todas aquelas
perfurações de linha de canal de tendências menores como o começo de configurações de entrada com
a tendências. Você será muito mais feliz, mais descontraído e mais rico.

Iniciantes depois de vários meses ou anos perdendo, eles decidem que, quando virem uma tendência
de alta, não tomarão um único short durante todo o dia. Esse é o dia em que eles param de perder
dinheiro. Depois de muitos meses, eles decidem que, quando há uma tendência de alta, eles só
comprarão recuos e não farão outros negócios. Esse é o dia em que eles começam a ganhar dinheiro.

Em uma tendência de alta, os compradores continuam comprando até que decidam que a equação do
negociante não é mais tão favorável quanto gostariam, e nesse ponto eles começam a realizar lucros
parciais. Como o mercado continua a subir, eles continuam a ter mais lucros e não estão ansiosos para
comprar novamente até que haja um recuo. Além disso, os shorts estão sendo retirados do mercado à
medida que o mercado continua subindo, e eles estão sendo forçados a recomprar suas posições
vendidas. Em algum momento, eles terão coberto tudo o que desejam cobrir, e sua compra será
interrompida. Haverá também escalpers que continuarão a comprar enquanto houver um bom
momento, mas esses traders serão rápidos. Mas uma vez que haja uma massa crítica de empresas
esperando um recuo, o mercado vai virar. Não haverá mais escassez de ofertas, exigindo que o mercado
suba para encontrar os comerciantes para assumir o outro lado de bull trades. Em vez disso, os
comerciantes serão rápidos para colocar shorts na oferta. Na verdade, o mercado terá que baixar para
encontrar compradores suficientes para preencher o grande número de pedidos de venda. Esses
vendedores serão uma combinação de touros vendendo seus longos e ursos que estabelecem shorts.

Então, quem está comprando esse último tick no topo de uma tendência de alta ou vendendo no fundo
da tendência de baixa? É o acúmulo de inúmeros pequenos comerciantes que estão sendo apanhados
no pânico e ou estão do lado errado e sendo forçados a liquidar em face de crescentes perdas ou estão
insensíveis e impulsivamente entrando tarde em uma tendência que se move rapidamente? Se ao
menos pudéssemos ser tão influentes! Isso pode ter sido o caso há muito tempo, mas não no mercado
atual. Se há tanto volume no máximo e no mínimo do dia e as instituições compõem a maior parte
desse volume, por que eles comprariam a alta cotação do dia se são tão inteligentes? A maior parte do
volume do dia é impulsionada por algoritmos matemáticos estatisticamente baseados, e alguns desses
modelos continuarão a comprar até que haja uma clara mudança de tendência, e só então eles
reverterão para o lado curto. Esses programas de momentum irão comprar até o último tick de uma
tendência de alta e até a baixa de uma tendência de baixa porque os projetistas dos sistemas
determinaram que essa abordagem maximiza seu lucro. Lembre-se, há uma inércia em uma tendência e
as tendências são muito resistentes ao término, então apostar nelas continuamente é uma boa aposta.
Porque eles negociam volume tão grande, há uma ampla oferta de compra no alto para tomar o outro
lado do enorme volume de shorts que está chegando no topo (e vice-versa na parte inferior).

Só porque eles são muito espertos e o volume de comércio enorme não significa que eles estão
fazendo um lucro de 5% por dia. Na verdade, os melhores deles estão ganhando uma fração de ponto
percentual a cada dia, e alguns deles determinaram que seu lucro é maximizado continuando a
comprar, incluindo até mesmo a alta cotação do dia, porque eles acreditam que o mercado pode vá
pelo menos um tick ou dois mais alto. Muitas empresas também têm estratégias complexas envolvendo
opções e outros produtos, e é impossível saber quais são os fatores que estão em jogo nos extremos do
dia. Por exemplo, eles podem estar esperando uma reversão para baixo e estar entrando em um spread
delta-neutro, onde eles comprariam 200 contratos de Emini e comprariam 2.000 SPYs em puts at-the-
money. Eles perdem apenas se o mercado ficar de lado em um intervalo muito curto por vários dias. Se
o mercado subir, os puts perderão dinheiro a uma taxa menor do que a taxa de ganho de valor do
Eminis. Se o mercado cair, as puts aumentarão de valor mais rápido do que o valor longo do Eminis, e
seu spread neutro se tornará cada vez mais um jogo de urso. Isso permitirá que eles lucrem, apesar de
terem comprado os Eminis no pico do dia. Tudo o que você precisa saber é que há um volume enorme
nos extremos, e vem de instituições, algumas das quais estão comprando o alto, enquanto outras estão
vendendo.

O comércio de contra-tendência mais confiável é, na verdade, um comércio com tendência em um


período de tempo maior. Um pullback é uma tendência pequena contra a tendência maior, e quando
você entra contra a tendência desse pullback, você está entrando na direção da tendência maior. Uma
vez que os operadores de pullback se esgotaram e os operadores de tendência demonstraram
novamente sua determinação quebrando a linha de tendência que continha o pullback, qualquer
pequeno pullback para testar essa quebra é uma grande entrada de pullback de breakout. Esta entrada
é contrária à tendência do recuo, mas na direção da tendência principal, e geralmente levará a pelo
menos um teste da extrema tendência principal. Quanto mais momentum estiver presente na quebra da
linha de tendência, mais provável será que o comércio seja lucrativo. Por exemplo, se houver uma
bandeira de touro, você pode comprar o fundo da bandeira do touro, o rompimento de touro, ou em
um pequena recuo daquela breakout para um teste do topo da tendência de alta.

O impulso em uma reversão pode ser na forma de algumas barras de tendência grandes ou uma série
de tendências de barras de aparência comum. Quanto mais sinais de força, mais confiável será a
reversão. Isso é discutido com mais detalhes no capítulo 2 do livro 2, sobre a força das fugas e no
capítulo 19 do livro 1, sobre a força das tendências. Idealmente, a primeira etapa da reversão se
estenderá por muitas barras, ultrapassará bem a média móvel, fará com que a maioria das barras seja
tendencial na direção da nova tendência, e se estenderá além dos pontos de oscilação na tendência
anterior (se a tendência anterior era uma tendência de alta, então é um sinal de força se a primeira
perna da nova tendência de descida cair abaixo e fechar abaixo de uma ou mais fundos daquela
tendência de subida anterior).

Mesmo que não haja barras de recuo no gráfico de 5 minutos, é comum, no início de uma tendência,
encontrar recuos nos gráficos de 1 e 3 minutos, que também prendem os operadores. Às vezes, os
operadores entram com base em um sinal de 5 minutos e acham que são inteligentes usando umo stop
baseada em um gráfico de tempo menor. Quando o sinal de 5 minutos é forte, isso geralmente será um
erro. É melhor sofrer de ansiedade por algumas barras do que sair em um gráfico de tempo menor,
porque você ficará preso do lado de fora de muitas tendências excelentes.

Se um trader entrar cedo, mas o movimento é hesitante (por exemplo, com barras sobrepostas) por
algumas barras, isso não deve ser uma preocupação, especialmente se essas barras forem na maioria
das barras de tendência na direção certa. Este é um sinal de força, e todos estão observando e
aguardando o momento de começar antes de entrar.

Então, qual é a melhor configuração de reversão? É o fim de um recuo quando o movimento de contra-
tendência de curto prazo está terminando e revertendo novamente na direção da tendência principal.
Em outras palavras, as melhores reversões são uma bandeira de touro em uma tendência de alta que
rompe para cima e uma bandeira de urso em uma tendência de baixa que rompe para baixo. Uma
negociação de reversão pode se basear em uma reversão tradicional após uma quebra de linha de
tendência e, em seguida, um teste do extremo, seguido por um pico de contra-tendência muito forte
que leva a uma virada sempre para a tendência oposta. Se vier depois de uma quebra de linha de
tendência, geralmente há uma segunda entrada. Se a tendência for forte, geralmente é melhor esperar
pela segunda entrada; mas se não vier, o mercado provavelmente criará um pico de contra-tendência
forte o suficiente para fazer com que a maioria dos traders acredite que a posição sempre ativa se
inverteu. Por exemplo, se há uma tendência de alta e os comerciantes estão procurando uma reversão,
mas a configuração não é particularmente forte, eles devem esperar para ver se o mercado dará uma
segunda entrada na forma de um topo mais alto ou mais baixo dentro da próximos cinco barras ou
mais. Se isso não acontecer e, em vez disso, cair por quatro ou cinco barras, romper e cair na barra
seguinte, isso será suficiente para convencer a maioria dos traders de que a posição deve ser invertida
para curto. Eles vão vender no mercado ou em retrocessos.

Isto é relevante por causa do equívoco generalizado de que os padrões de reversão são confiáveis.
Como as tendências estão constantemente criando padrões de reversão e todas elas falham, exceto a
final, é enganoso pensar nesses padrões comumente discutidos como padrões de reversão. É muito
mais preciso pensar neles como padrões de continuação que raramente falham, mas quando ocorrem, a
falha pode levar a uma reversão. É um erro ver cada parte superior ou inferior como uma grande
reversão, porque se você pegar todas as entradas de contra-tendência, a maioria de seus negócios será
perdedores e suas vitórias ocasionais não serão suficientes para compensar suas perdas. No entanto, se
você for seletivo e procurar outras evidências de que uma tendência possa ser revertida, essas
configurações podem ser eficazes.

Todos os tops e bottoms de cabeça e ombros são realmente padrões de continuação de cabeça e
ombros (flags) porque eles são intervalos de negociação e como todas as faixas de negociação, eles são
muito mais propensos a irromper na direção da tendência e só raramente reverter a tendência
(ERRADO: Bulkowski provou que é um dos padrões que menos falham). O mesmo é verdadeiro para
topos e fundos duplos (ERRADO: Bulkowski provou que é um dos padrões que menos falham).

Muitos dias que se tornam dias de reversão no gráfico diário são dias de intervalo de negociação no
gráfico de 5 minutos.

Normalmente, as entradas nos pullbacks de tendência parecem ruins, mas são lucrativas, e as entradas
nas reversões parecem razoavelmente boas, mas são perdedoras. Se você estiver olhando para comprar
uma reversão em uma tendência de urso ou vender um top de uma tendência de alta, certifique-se de
que não é perfeita. As tendências constantemente formam reversões que de alguma forma não
parecem corretas. As inversões quase perfeitas te enganam e te prendem, então você nunca deve fazer
uma trade de reversão a menos que seja claro e forte. A maior parte do tempo, você deve esperar para
comprar depois que houver um fundo mais alto em uma nova tendência de alta e esperar para vender
depois de um topo mais baixo em uma nova tendência.

As grandes reversões dos mercados de baixa são muitas vezes voláteis com barras grandes e vários
empurrões para cima e para baixo, criando um a vários clímax de vanda. As pessoas pensam que o pior
já passou, mas depois percebem “Oops, estou muito adiantado”, e elas são rápidas em vender. Isso
pode acontecer várias vezes antes do fundo final formar e explica por que tantas reversões importantes
terminam com barras grandes e ou uma bandeira falhada ou um padrão de três pushs. Reversões
climáticas com grandes barras e grande volume são mais comuns em fundos do que em topos. Mais
frequentemente, um top vem de uma faixa de negociação, como um top duplo ou um top de cabeça e
ombros, seguido por uma fuga de baixo na forma de um forte pico de urso. No entanto, tops podem
ser climáticos, e bottoms podem ser intervalos de negociação.

Topos significativos no S & P são frequentemente pressagiados por um ou dois dias grande de queda
em um estoque como a Apple (AAPL). Se os líderes de mercado estão vendendo, o mercado pode estar
no topo. Em um mercado de ações forte, algumas ações tendem a subir mais rápido do que outras.
Nesses momentos, os traders procuram negociações “com risco” e investem pesadamente nessas ações
(e moedas, como o dólar australiano, o dólar neozelandês, o dólar canadense, a coroa sueca). Uma vez
que eles acreditam que o mercado de ações vai cair, eles vendem suas ações de risco e compram ações
e moedas de "sem risco", como Johnson & Johnson (JNJ), Grupo Altria (MO), Procter & Gamble (PG ), o
dólar americano, o franco suíço e o iene japonês. Eles também investem em moedas “sem risco”, ouro,
títulos do Tesouro e títulos quando têm medo de algum evento internacional e querem ter certeza de
que seu dinheiro estará seguro e prontamente disponível sempre que precisarem. Por exemplo, se a
AAPL subiu 40% em relação ao ano passado e a S & P está sobrecomprada e a Apple perde 3% em um
dia, pode ser um sinal de que os grandes traders acreditam que o mercado poderá cair nos próximos
dias. Há uma tendência natural de realizar lucros onde eles são maiores, e se você tem muito em uma
grande empresa de tecnologia como a Apple e está esperando que o mercado em geral caia de 5% a
10%, você pode primeiro realizar lucros nas ações em que os lucros são maiores. Se muitos fundos
fizerem isso em um dia, a Apple pode cair 3%. Isso pode ser um sinal de que os fundos estão prontos
para começar a realizar lucros em seus outros estoques também. Se o fizerem, o mercado global pode
corrigir. À medida que o mercado em geral cai, os traders recebem chamadas de margem, e tendem a
vender as ações onde têm mais lucros, que são os líderes de mercado. Isso pode fazer com que as
ações que subiram mais rapidamente na tendência de alta caiam mais rapidamente na correção.

A matemática das reversões é semelhante à das fugas. Em geral, se a configuração for forte, você
acredita que há pelo menos 60% de chance de um mínimo de duas pernas que dure pelo menos 10
barras. Na maioria dos casos, sua meta de lucro será duas ou mais vezes maior do que o seu risco, e
essa grande relação risco / recompensa, combinada com a alta probabilidade de sucesso, torna as
negociações de reversão tão atraentes para os operadores. O truque é saber quando uma configuração
é boa, e o problema é que as tendências estão constantemente criando configurações de reversão que
são quase boas o suficiente, mas não estão corretas. Essas configurações fracas constantemente
prendem comerciantes de reversão excessivamente ávidos e, à medida que são forçados a sair com
perdas, adicionam combustível à tendência crescente. No entanto, existem muitos sinais que os
comerciantes podem usar para identificar configurações confiáveis, e estes sinais de força são
detalhados no próximo capítulo.

CAPÍTULO 1

Exemplo de como negociar uma reversão

Quando os negociantes entram em uma negociação de reversão, eles esperam que o recuo da
tendência seja grande o suficiente para um negócio de swing, ou mesmo uma tendência na direção
oposta. A entrada, as stops de proteção e a obtenção de lucros são, então, as mesmas que para
qualquer outro tipo de swing ou tendência, e foram discutidas nos dois primeiros livros. Uma vez que
os comerciantes estão esperando um grande movimento, a probabilidade de sucesso é geralmente de
50% ou menos. Em geral, quando o risco é mantido constante, uma recompensa potencial maior
geralmente significa uma probabilidade menor de sucesso. Isso ocorre porque a vantagem na
negociação é sempre pequena, e se houvesse uma alta probabilidade de sucesso, os negociantes a
neutralizariam rapidamente e desapareceria dentro de algumas barras, resultando em apenas um
pequeno lucro. No entanto, uma vez que o comércio de reversão de tendência pode ter uma
recompensa que é várias vezes maior que o risco, pode ter uma equação favorável de trade.

Negociar uma reversão é muito mais difícil do que parece quando um comerciante olha para um gráfico
no final do dia. Uma vez que houve uma forte quebra da linha de tendência e, em seguida, uma
reversão no teste do extremo da tendência, um operador precisa de uma barra de sinal forte. No
entanto, geralmente vem em um mercado muito emocional em um momento em que os comerciantes
iniciantes ainda estão pensando que a tendência antiga está em vigor. Eles também provavelmente
perderam em várias negociações anteriores de contra-tendência no dia e não querem perder mais
dinheiro. Sua negação faz com que eles percam a entrada antecipada. Eles então esperam para avaliar a
força do follow-through. É geralmente na forma de um pico grande e rápido feito de várias barras de
tendência forte, forçando os comerciantes a decidir rapidamente se arriscar muito mais do que
costumam fazer. Eles geralmente acabam optando por esperar por um recuo. Mesmo que reduzam seu
tamanho de posição de modo que o risco de dólar seja o mesmo de qualquer outro negócio, o
pensamento de arriscar duas ou três vezes mais ticks os assusta. Entrando em um recuo é difícil porque
todo recuo começa com uma pequena reversão, e eles temem que o recuo seja a retomada da
tendência anterior. Eles acabam esperando até o dia estar quase no fim e, finalmente, decidem que a
nova tendência é clara; mas agora não há mais tempo para colocar uma negociação. A tendência faz
tudo o que pode para manter os traders de fora, que é a única maneira de manter os investidores
perseguindo o mercado o dia todo.

FIGURA 1.1 Negociando uma grande reversão

Conforme mostrado na Figura 1.1 , os comerciantes tinham várias maneiras de negociar a reversão na
Caterpillar Inc. (CAT) hoje, e uma que eu acho que vale a pena é uma abordagem usada por um amigo
que é especialista em negociar grandes reversões. Ele normalmente tomava apenas um ou dois
negócios por dia, e sempre queria ver uma ruptura forte além da linha de tendência antes de procurar
uma entrada reversa. Por exemplo, em uma tendência de alta como esta, ele não teria entrado em curto
abaixo da barra 3 porque não havia prévio rompimento de uma linha de tendência de alta. Ele também
não teria entrado em barra abaixo da barra de reversão do bar 7, porque não houve quebra significativa
anterior abaixo da linha de tendência de alta.

As três barras de apoio iniciadas no bar 7 quebraram abaixo da linha de tendência de subida, o que foi
um sinal de pressão de venda, mas o sell-off não foi forte o suficiente para atingir a média móvel. Ele
então teria estudado o rali que testaria a máxima da barra 7 alta. Era de duas pernas, o que significava
que havia algum comércio bilateral e, portanto, os ursos mostraram alguma força, e foi o terceiro
empurrão para cima no dia. Como as grandes reversões ocorrem com frequência na primeira hora,
provavelmente teria entrado em colapso abaixo da barra 11, que era uma segunda entrada curta, mas
provavelmente não esperaria uma reversão importante. Como o dia era um pico e um canal de touro
naquele momento, o sell-off poderia ter acabado de testar o início do canal de bull, onde o mercado
poderia ter formado um fundo duplo e depois se recuperado.Já que meu amigo é um comerciante de
swing, ele teria permitido um recuo, desde que ele acreditasse que sua premissa original ainda era
válida. Ele teria, portanto, mantido suo stop acima da barra de sinal, ou talvez acima da barra forte que
seguia a barra 11, e permitiu que o recuo até a barra 13, esperando uma segunda perna para baixo. Se
ele ainda não tivesse entrado short, teria entrado em abaixo da barra 13 que formou uma reversão de
duas barras e um topo mais baixo.

As duas barras após a barra 11 teriam feito a maioria dos operadores se perguntar se a tendência virara
para baixo e a maioria teria certeza na bar 14. Neste ponto, se ele decidisse encurtar, ele teria apertado
sua stop até um pouco acima do início do pico de um urso que começou depois da barra 13. A barra 16
formava um fundo duplo com barras 14 ou 15 e era a segunda vez que perfurava a média móvel
podendo significar retomada da tendência de alta. Se ele comprou de volta seus shorts, ele teria
assistido o rally do bar 16 para avaliar sua força em relação ao sell-off precedente. Se fosse
relativamente fraco, ele teria procurado ir curto novamente.

A propósito, lembre-se de que tanto os touros fortes quanto ursos fortes gostam de ver uma grande
barra de tendência de alta em uma tendência de subida excessiva, porque geralmente leva a um recuo
de duas pernas abaixo da média móvel, como aconteceu aqui na barra 9. A esperada correção
proporcionou a ambos uma oportunidade de negociação temporária, embora não seja um comércio de
inversão de tendência. Neste cenário, tanto os touros fortes quanto os ursos fortes venderam no
fechamento da barra, acima de sua máxima, no fechamento da barra seguinte ou das duas seguintes
(especialmente porque a barra após a barra 10 tinha um corpo de urso), e abaixo da mínima da barra
anterior. Os touros estavam vendendo seus longos enquanto realizavam lucros, e os ursos estavam
vendendo para colocar shorts. A maioria dos ursos teria escolhido umo stop protetora que fosse menor
do que o número de ticks na barra. Os touros não queriam comprar de novo e os ursos não teriam
lucros em seus short até que a correção de duas pernas estivesse completa, que estava na área da barra
à barrar 16. O sell-off foi forte o suficiente para ambos pensarem que o mercado poderia ter uma
tendência de reversão para uma tendência de baixa após um teste da máxima da bar 10.

O rali da barra 16 para o bar 19 por ser um rally após uma forte quebra abaixo da linha de tendência de
alta, era provável que se tornasse parte de uma correção maior com pelo menos mais uma perna para
baixo. A probabilidade era de que o mercado formaria uma faixa de negociação ou uma reversão de
tendência. O rali não continha duas barras de tendência de alta consecutivas, portanto os touros não
conseguiram recuperar o controle do mercado. A barra 19 formou um topo duplo com barra 13, e
como esta era agora uma possível tendência para o urso. O Bar 19 também era uma barra de reversão
de ursos, o que é importante quando se procura um top de mercado. Esta foi a configuração de
inversão de tendência mais forte do dia, porque a queda até a bar 14 convenceu a maioria dos
operadores de que a posição certa era a curta e que os bears possuíam o mercado desde que o rally
não pudesse subir acima do topo da barra 13. Os ursos tinham suas stops de proteção logo acima do
barra 13, porque queriam um topo duplo ou um topo mais baixo, e se não obtivessem nenhum dos
dois, saíriam e esperariam por outro sinal de venda.

Muitos touros que compraram entre os barras 10 e 13 mantiveram seus longos com o sell-off para o bar
16, para ver quão fortes eram os ursos. Eles decidiram que a venda era forte (quebrou a linha de
tendência e a média móvel, e durou por muitos bares) e que o rali para barrar 19 não era forte o
suficiente para eles esperarem que a tendência de alta fizesse um novo alta sem pelo menos mais de
uma correção. Estes foram os touros mais determinados (desde que eles estavam dispostos a segurar a
queda prolongada até a bar 16), e uma vez que eles desistiram, não havia ninguém para comprar a
esses preços. O mercado teve que sondar para baixo para encontrar um nível onde os touros
retornariam e onde os ursos comprariam de volta seus shorts. Não houve barras fortes consecutivas na
tendência de alta ou outros sinais de compra forte na subida desde a bar 16, o que tornou os bears
mais agressivos e os bulls menos dispostos a comprar. Uma vez que os touros estavam confiantes de
que o mercado logo seria menor, eles usaram o rally para a barra 19 para sair de seus longos em torno
do breakeven ou com uma pequena perda. A venda desses touros decepcionados, combinada com a
venda dos ursos agressivos que estavam vendendo muito, numa tentativa de evitar que o mercado
subisse acima do bar 13, teve como resultado que o mercado caiu desde a barra 19 .
Os touros estavam dispostos a comprar novamente mais baixo, mas precisavam de um sinal de que o
mercado estava prestes a se recuperar. O movimento lateral para o bar 23 não era um fundo forte,
então a maioria dos bulls não estava disposta a comprar a menos que o preço fosse mais baixo. Os
ursos estavam dispostos a lucrar a qualquer momento, mas só comprariam seus shorts se houvesse um
sinal de um fundo razoável. Sem sinal de fundo, nem os touros nem os ursos estavam dispostos a
comprar. Além disso, os longos restantes continuaram a vender suas posições, aumentando a pressão
de venda. Os bears continuaram a vender quando viram a crescente pressão de venda na descida desde
a bar 23. O resultado foi uma forte inversão de tendência.

Como é o caso em todas as tendências fortes, os comerciantes pressionaram seus shorts, adicionando
às suas posições como o mercado rapidamente caiu no pico até a bar 25 baixo e até a bar 28, onde
começaram a realizar lucros. A barra 25 era uma grande barra de rompimento e provavelmente seria
seguida por um movimento medido, baseado na altura da faixa de negociação. Era possível que a
própria barra 25 se tornasse um movimento medido para baixo hoje ou amanhã.

CAPÍTULO 2

Sinais de Força em uma Reversão

Fortes reversões têm essencialmente as mesmas características de qualquer movimento forte, como
uma forte fuga ou uma forte tendência. Aqui estão algumas características que são comuns em fortes
inversões de touro:

• Há uma forte barra de reversão de touro com um grande corpo de tendência de touro e
pequenas caudas ou nenhuma cauda.
• Os próximos dois ou três barras também têm corpos de touro que são pelo menos o tamanho
médio do touro recente e corpos de urso.
• O pico cresce por cinco a 10 barras sem recuar por mais de uma barra ou mais, e reverte muitas
barras, topos e bandeiras de urso da tendência anterior.
• Uma ou mais barras no pico têm uma mínima que está em ou apenas um tick abaixo do
fechamento da barra anterior.
• Uma ou mais barras no pico têm uma abertura que está acima do fechamento da barra anterior.
• Uma ou mais barras no pico têm um fechamento na máxima da barra ou apenas um ponto
abaixo de sua máxima.
• O contexto geral torna provável uma reversão, como um teste de fundo depois de uma forte
quebra acima da linha de tendência do urso.
• A primeira ou segunda barra da fuga tem um fechamento que está acima dos topos de muitas
barras anteriores.
• O primeiro recuo ocorre somente após três ou mais barras.
• O primeiro recuo dura apenas uma ou duas barras, e segue uma barra que não é uma barra de
reversão de urso forte.
• O pico vai muito longe e rompe vários níveis de resistência como a média móvel, topos de
swing anteriores e as linhas de tendência, e cada um por muitos ticks.
• Quando a primeira barra da reversão está se formando, ela passa a maior parte do tempo perto
de sua máxima e os recuos são menores do que um quarto da altura da barra crescente.
• Existe um senso de urgência. Você sente que precisa comprar, mas quer um recuo, mas isso
nunca acontece.
• O sinal é a segunda tentativa de reverter nas últimas barras (um segundo sinal).
• Está revertendo um topo ou fundo de swing significativo (por exemplo, ele rompe abaixo de um
fundo forte de swing anterior e reverte para cima).
• Tudo está em tendência: fechamentos, máximas, mínimas e corpos.
• Os recuos são pequenos e laterais.
• O pullback para testar o fundo não tem momentum, como evidenciado por ele ter muitas barras
sobrepostas sendo muitas delas barras de tendência de alta.
• O recuo que testa o fundo falha na média móvel ou na linha de tendência de urso.
• O breakout reverte muitos fechamentos e topos recentes. Por exemplo, essa barra tem uma
máxima e um fechamento que estão acima dos máximos e fechamentos de cinco ou mais
barras.

Aqui estão algumas características que são comuns em reversões fortes de urso (baixista):

• Uma barra grande de reversão forte com um corpo de urso, caudas pequenas ou sem caudas.
• As próximas duas ou três barras também de queda com, pelo menos, o tamanho médio dos
corpos recentes de bois e ursos.
• O pico cresce de 5 a 10 barras sem recuar por mais de uma barra, e reverte muitas barras,
mínimas de swing e bandeiras de touro da tendência anterior.
• Uma ou mais barras no pico tem uma máxima que está apenas um tick acima ou no fechamento
da barra anterior.
• Uma ou mais barras no pico têm uma abertura que está abaixo do fechamento da barra
anterior.
• Uma ou mais barras no pico tem um fechamento apenas um tick acima ou na sua mínima.
• O contexto geral torna provável uma reversão, como fundo mais alto ou um teste de máxima
mais alta de touro após um forte rompimento abaixo da linha de tendência de touro.
• A primeira ou segunda barra da fuga tem um fechamento que está abaixo das mínimas de
muitas barras anteriores.
• O primeiro recuo ocorre somente após três ou mais barras.
• O primeiro recuo dura apenas uma ou duas barras e segue uma barra que não é uma barra de
reversão de touro forte.
• O pico vai muito longe e rompe vários níveis de suporte, como a média móvel, fundos de swing
anteriores e linhas de tendência, e cada uma delas por vários ticks.
• Quando a primeira barra da reversão está se formando, ela passa a maior parte do tempo perto
de sua mínima e os recuos são menos de um quarto da altura da barra crescente.
• Existe um senso de urgência. Você sente que tem que vender, mas quer um recuo, mas nunca
vem.
• O sinal é a segunda tentativa de reverter dentro das últimas barras (um segundo sinal).
• Está revertendo em uma área de máxima ou mínima de swing significativa (por exemplo,
rompimento acima de uma máxima forte de swing anterior e reverte para baixo).
• “Qualquer coisa” está tendendo: fechamento, máximas, mínimas ou corpos.
• Os recuos são pequenos e laterais.
• Houve rompimentos prévios das linhas de tendência de alta anteriores (este não é o primeiro
sinal de força baixista).
• O recuo para testar a máxima de touro não tem força, como evidenciado por ter muitas barras
de sobreposição com muitas barras de tendência de urso.
• O recuo que testa máxima de touro falha na média móvel ou na antiga linha de tendência de
alta.
• O rompimento reverte muitos fechamentos e mínimas recentes. Por exemplo, quando há um
canal de alta e forma uma grande barra de baixa, esta barra de rompimento tem uma mínima e
fechamento que estão abaixo das mínimas e fechamento de 5 ou até 20 ou mais barras. Um
grande número de barras revertidas pelo fechamento da barra de queda é um sinal mais forte
do que número similar de barras revertidas apenas por sua mínima.

Algumas reversões resultam em reversões de tendência e outras simplesmente em pequenas oscilações


de contra-tendência. A análise cuidadosa da ação do preço antes e depois da reversão ajuda os traders
a avaliarem o quanto, se alguma de suas posições, devem se movimentar e quão grande é a
antecipação. Quando há uma tendência forte, os negociantes não devem estar fazendo negociações de
tendência contrária até que tenha havido uma quebra de linha de tendência. Em um mercado de faixa
de negociação, no entanto, os comerciantes podem negociar reversões em ambas as direções.

Há muitas características de fortes reversões, e quanto mais estão presentes, mais provável será que um
comércio de contra-tendência seja lucrativo e os traders mais agressivos devem estar em sua decisão
sobre quanto de sua posição eles deveriam ter. Quanto mais forte a quebra da linha de tendência
anterior em uma inversão de tendência, maior a probabilidade de a reversão ganhar mais pontos e
durar mais e ter duas ou mais pernas. As quebras de linha de tendência mais fortes têm forte impulso e
vão em além da média móvel e geralmente além dos pontos de oscilação na tendência anterior.

Quanto mais forte a tendência, maior a probabilidade de uma reversão forte para que um comerciante
lucre com um comércio de tendência contrária.

CAPÍTULO 3

Reversão de tendência principal

Cada padrão de reversão é algum tipo de intervalo de negociação e, portanto, tem negociação bilateral
até ficar claro que os operadores de tendência contrária ganharam controle. Uma grande inversão de
tendência significa que há duas tendências no gráfico à sua frente, com uma inversão entre elas quando
uma tendência de alta se reverteu em uma tendência de baixa ou uma tendência de baixa se inverteu
em uma tendência de alta.

Os primeiros sinais da maioria das reversões de tendências têm baixa probabilidade de sucesso, mas
oferecem a maior recompensa, muitas vezes maior do que o risco. O mercado muitas vezes é na maior
parte lateral no início, com muitos retrocessos, mas se a tendência estiver realmente se invertendo, a
nova tendência logo será óbvia. Muitos comerciantes preferem esperar para entrar até que a tendência
esteja clara. Esses comerciantes preferem apenas fazer negócios com pelo menos 60% de chance de
sucesso e estão dispostos a fazer menos (eles estão entrando após a mudança já ter começado) no
negócio pelo aumento da chance de sucesso. Uma vez que ambas as abordagens têm equações
positivas do negociante quando feitas apropriadamente, ambas são razoáveis.

Quatro coisas são necessárias para uma grande inversão de tendência:

1. Uma tendência no gráfico à sua frente.

2. Um movimento de contra-tendência (reversão) que é forte o suficiente para quebrar a linha de


tendência e geralmente a média móvel.
3. Um teste do extremo da tendência e, em seguida, uma segunda inversão (um topo dupla ou um topo
mais baixo no topo de uma tendência de alta, ou um fundo duplo ou um fundo mais alto no fundo de
uma tendência de urso).

4. A segunda reversão vai longe o suficiente para haver um consenso de que a tendência se inverteu.

Primeiro, tem de haver uma tendência na tela à sua frente e, em seguida, um movimento de contra-
tendência que seja forte o suficiente para quebrar a linha de tendência da tendência principal e, de
preferência, convincentemente além da média móvel. Em seguida, a tendência tem que retomar e testar
o extremo da velha tendência, e então o mercado tem que reverter novamente.

Praticamente todas as principais inversões de tendência começam com uma quebra de linha de
tendência ou com uma ultrapassagem e reversão de uma linha de canal de tendência, e todas elas
eventualmente quebram a linha de tendência quando há uma reversão. A quebra de linha de tendência
não reverte a tendência. É simplesmente o primeiro sinal significativo de que os traders de tendência
contrária estão se fortalecendo o suficiente para que você em breve comece a negociar em sua direção.
No entanto, primeiro você deve continuar a negociar com a tendência, porque após a quebra da linha
de tendência, haverá um teste da tendência antiga extrema. O teste pode ultrapassar ligeiramente ou
ultrapassar o antigo extremo. Você deve fazer uma negociação de tendência contrária somente se uma
configuração de reversão for desenvolvida durante esse teste. Se isso acontecer, o movimento de
contra-tendência deve formar pelo menos duas pernas, e pode até resultar em uma nova tendência
oposta.

Alguns traders gostam de entrar no primeiro sinal de que uma tendência está se revertendo, como
quando ela está saindo do canal. No entanto, este é um estilo de negociação de baixa probabilidade.
Sim, a grande recompensa pode compensar o risco e a baixa probabilidade de sucesso, mas a maioria
dos traders acaba escolhendo as cerejas e invariavelmente n]ão escolhem as melhores cerejas. Como
em todos os breakouts, geralmente é melhor esperar para ver o quão forte é a fuga. Se for forte,
procure entrar no recuo. Esse conceito se aplica a reversões de todas as tendências, até mesmo
pequenas tendências, como retrocessos em tendências maiores, micro canais, canais após picos e
tendências que estão em amplos canais. Se a quebra da tendência contrária for fraca, procure entrar na
direção da tendência, pois a tentativa de reversão falhará. Se a fuga for muito forte e for por muitas
barras sem um recuo, em seguida, trate-a como qualquer fuga forte e entre na nova tendência no
mercado ou em um pequeno retrocesso, como foi dito na Parte I do segundo livro.

Na ausência de algum evento noticioso raro e dramático, os investidores não mudam repentinamente
de extremamente otimistas para extremamente pessimistas. Existe uma transição gradual. Um trader
torna-se menos otimista, depois neutro e depois baixista. Uma vez que traders suficientes fizerem essa
transição, o mercado reverte para uma correção mais profunda ou para uma tendência de baixa. Toda
empresa tem sua própria medida de excesso e, em algum momento, firmas suficientes decidem que a
tendência foi longe demais. Eles acreditam que há pouco risco de perder uma grande ascensão se
deixarem de comprar acima da alta histórica e comprarem apenas em retrocessos. Se o mercado hesitar
acima da alta histórica, o mercado está se tornando bilateral, e os fortes estão usando a nova alta para
obter lucro.

A maioria dos traders não gosta de reverter, então se eles estão antecipando um sinal de reversão, eles
preferem sair de seus longos e então esperar por aquele sinal. A perda desses touros na última etapa na
tendência contribui para a fraqueza do rali na máxima final. Se houver uma forte reversão para baixo
depois que o mercado quebrar acima da alta anterior, os fortes ursos estarão assumindo o controle do
mercado, pelo menos no curto prazo. Quando isso acontece, os touros que esperam comprar um
pequeno recuo acreditam que o mercado cairá ainda mais. Eles, portanto, esperam para comprar até
que haja um recuo muito maior, e sua ausência de compra permite que os ursos direcionem o mercado
para uma correção mais profunda, com duração de 10 ou mais barras e muitas vezes com duas ou mais
pernas.

Uma situação semelhante ocorre quando há um recuo que é grande o suficiente para fazer os traders se
perguntarem se a tendência se reverteu. Por exemplo, se houver uma retração profunda e acentuada
em uma tendência de alta, os investidores começarão a pensar que o mercado pode ter se revertido.
Eles estão observando movimentos abaixo de mínimos anteriores, mas isso está no contexto de um
recuo em uma tendência de alta, em vez de como parte de uma tendência de baixa. Eles observarão o
que acontece quando o mercado cai abaixo de um mínimo de oscilação anterior. Será que o mercado
cairá o suficiente para que os ursos, que entraram em umo stop de venda abaixo da mínima, tenham
lucro? A nova baixa encontrou mais vendedores do que compradores? Se sim, isso é um sinal de que os
ursos são fortes e que o recuo provavelmente cairá ainda mais. A tendência pode até ter se invertido
para baixo.

Quando há uma forte quebra de uma linha de tendência, normalmente haverá uma segunda perna
depois de um recuo. O recuo muitas vezes rastreia e testa a antiga linha de tendência, mas quase
sempre há razões de ação de preço mais confiáveis para entrar aí, na sua tentativa de pegar a segunda
perna do recuo ou a nova tendência. Se a quebra da linha de tendência não for forte o suficiente para
atingir a média móvel, ela geralmente não é forte o suficiente para reverter a tendência, portanto, não
comece a procurar uma inversão de tendência ainda. A tendência ainda é forte e você deve tomar
apenas configurações com tendências, apesar da quebra da linha de tendência.

As tendências terminam com uma reversão, que é um movimento de contra-tendência que quebra a
linha de tendência e, em seguida, um teste do extremo final da tendência. O teste pode ultrapassar o
antigo extremo, como no caso de um fundo mais baixo em uma nova tendência de alta ou um topo
mais alto em uma nova tendência de baixa, ou pode sinalizar a continuação da tendência com outra
inclinação (um fundo mais alto em uma nova tendência de alta ou um topo mais baixo em nova
tendência de urso). Neste caso, se for longe demais e estiver em um canal muito apertado, você não
deve procurar uma reversão. A tendência provavelmente recomeçou e não está em processo de
reversão. Em vez disso, inicie o processo e espere por outra quebra de linha de tendência e, em seguida,
outro teste do extremo da tendência antes de procurar uma trade de reversão.

Raramente, o teste formará um duplo topo perfeito ou um fundo duplo na escala exata.

Uma das considerações mais importantes é o momentum desse teste da máxima de touro. Se o rally
estiver em um canal muito apertado e íngreme sem recuos e com pouca sobreposição entre as barras
consecutivas, o rally vai muito além do último topo de touro antes de fazer qualquer pausa ou recuo, o
momentum é forte e as chances são aumentadas de que a tendência de alta será retomada, apesar da
forte venda anterior e da quebra abaixo da linha de tendência de alta. Em contraste, se o rally tiver
muitas barras sobrepostas, várias barras de tendência de grande urso, duas ou três recuos claros, talvez
uma forma de cunha e uma inclinação notoriamente menor que a inclinação da tendência de subida
original e do sell-off, então as probabilidades são de que o teste da máxima de touro resulte em um
topo mais baixo ou ligeiramente mais alto e, em seguida, outra tentativa de sell-off. O mercado pode
estar se revertendo em uma tendência de baixa, mas no mínimo, uma faixa de negociação é provável.

Os mercados têm inércia e tendem a continuar fazendo o que estão fazendo. Isso faz com que a
maioria das inversões de tendência falhe. Além disso, quando se consegue reverter o mercado, é mais
provável que uma faixa de negociação se forme do que uma tendência na direção oposta, já que uma
faixa de negociação representa menos mudanças. Em uma faixa de negociação, os traders da tendência
antiga ainda são fortes, mas são equilibrados pelos traders da tendência oposta. Isso é mais provável do
que o mercado mudando rapidamente o controle de um conjunto de operadores de tendência para os
comerciantes de tendência na direção oposta. No entanto, mesmo se um intervalo de negociação for
formado, ele geralmente terá oscilações grandes e negociáveis e pode levar dezenas de barras antes
que os investidores saibam se o mercado se reverteu em uma tendência oposta ou se está formando
uma grande bandeira em uma tendência contínua.

Tudo é relativo ao gráfico à sua frente e parece diferente em gráficos de tempo maiores e menores. Se
as pernas que quebrarem a linha de tendência e testarem a tendência extrema tiverem apenas duas
barras em um gráfico de 5 minutos, os operadores não verão isso como uma grande inversão de
tendência, embora essas pernas possam ter cerca de 10 barras em um gráfico de 1 minuto e formem
uma excelente configuração de reversão de tendências. Da mesma forma, se uma tendência de touro
que durasse 60 barras tivesse um recuo e um teste em que as pernas tivessem 20 ou mais barras, elas
poderiam criar uma grande reversão de tendência no gráfico de 15 minutos, mas quando as pernas têm
muitas barras no gráfico de 5 minutos, os traders não usarão o termo "grande inversão de tendência".
Eles procurarão outros padrões. Por exemplo, se o recuo que quebra uma linha de tendência de touro
tem 30 barras, os traders verão isso como uma tendência de baixa (todos os pullbacks nas tendências
de alta são tendências menores), e procurarão uma quebra acima da linha de tendência do urso e,
então, uma linha de tendência maior. Se o rally também tiver cerca de 30 barras, ele será visto como
uma nova tendência de alta, e procurarão uma quebra abaixo de sua linha de tendência e uma grande
tendência de reversão para baixo. Eles percebem que essas pernas têm apenas 10 barras no gráfico de
15 minutos e formam uma grande inversão de tendência naquele gráfico, mas esse não é o gráfico que
estão negociando, e usarão termos apropriados para o gráfico à sua frente.

Uma configuração média tem cerca de 40% de chance de levar a um swing lucrativo, 30% de chance de
uma pequena perda e 30% de chance de um pequeno lucro. A maioria resulta em faixas de negociação
em vez de tendências opostas, mas ainda há uma chance de 70% de pelo menos um pequeno lucro. As
melhores configurações têm uma chance de 60% de negociações lucrativas.

Não Procure Reversões em Gráficos de Prazos Menores. Quando há uma tendência forte, haverá muitas
tentativas de reversão no gráfico de 3 minutos e muito mais no gráfico de 1 minuto. Alguns operadores
agressivos recorrem a gráficos de tempo menores para configurações que permitirão que eles entrem
na direção da tendência. Por exemplo, se um trader estava negociando o Emini e visse um sell-off
acentuado em seu gráfico de 5 minutos e estivesse procurando uma razão para o short, ele poderia ter
olhado para o gráfico de 3 minutos. Uma vez que ele viu cinco ou mais barras de urso consecutivas, ele
poderia colocar uma ordem de limite para curto na máxima da barra anterior (eu: na máxima de um
pinbar). Não esqueça que quadros de tempo menores são apenas com negociação de tendência e que
gráficos de um minuto tem muito ruído. Exemplo:

Um gráfico de 1 minuto permite stops menores, mas o risco reduzido, por si só, não vale a pena.
Lembre-se da equação do trader. A chance de sucesso também cai, e de fato isso mais do que
compensa o risco reduzido; o resultado é uma estratégia perdida.

É muito mais lucrativo e menos estressante simplesmente procurar entradas com tendência no gráfico
de 5 minutos e nunca olhar para o gráfico de 1 minuto. A única razão válida para analisar os sinais
curtos de 1 minuto é encontrar entradas com a tendência.

FIGURA 3.1 Topo mais alto seguido por um topo mais baixo

Uma grande inversão de tendência é mostrada na Figura 3.1. Se uma tendência reverter para um topo
mais alto após a quebra da linha de tendência de subida, normalmente há um topo mais baixo que dará
aos operadores uma segunda chance de ficarem shorts. A perna de urso fraca para o bar 4 quase não
quebrou a linha de tendência, e não chegou perto de cair abaixo da última mínima mais alta na
tendência de alta (barra 2). Não conseguiu nem manter abaixo da média móvel. No entanto, continuou
lateralmente para muitos bares, indicando que os ursos eram fortes o suficiente para parar a tendência
de alta por um longo tempo.

A barra 6 teve uma configuração mais alta após a quebra de linha de tendência, e fez sell-off para a
barra 9. A barra 9 tornou-se o fundo duplo com barra 5 e uma configuração de compra. Isso levou a um
alta para a barra 10 de baixo momentum, configurando uma bandeira de urso e short. Era também o
ombro direito de uma cabeça e ombros, mas a maioria dos topos de cabeça e ombros falha e se torna
triângulos ou cunha bandeiras de touro. Mas aqui, reverteu a tendência.

A perna do urso para o barra 9 quebrou bem abaixo de uma linha de tendência mais longa, da média
móvel, e do último fundo mais alto da tendência de alta (barra 5), e seguiu uma tentativa anterior de
reversão de tendência (o sell-off para bar 4). Além disso, não chegou perto de testar pelo lado de baixo
da linha de tendência de subida. Todos estes foram sinais de força da quebra de linha de tendência e
aumentaram as chances de pelo menos uma segunda perna para baixo ou uma reversão de tendência
real. Os touros que compraram em torno do bar 6 no topo da tendência de alta viram a força dos ursos
no sell-off para bar 9 e a fraqueza dos touros no rali para barrar 10, e ficaram decepcionados com a
ação do preço. Eles usaram o fraco rali para a barrar 10 como uma oportunidade para sair de seus
longos com uma pequena perda, e eles não estavam dispostos a comprar novamente até que o
mercado negociasse mais baixo. Os touros queriam ver sinais de força antes de comprar, mas nenhum
veio, então eles sentaram-se nos bastidores quando o mercado caiu para bar 11.

FIGURA 3.2 Um Fundo Mais Baixo Seguido por um Fundo Mais Alto
O Emini teve uma fundo mais baixo e, em seguida, um fundo mais alto e uma reversão de tendência
(ver Figura 3.2 ). O rally para a bar 1 quebrou a linha de tendencia de urso, e a barra 3 testou o fundo
anterior. Um teste que resulta num fundo mais baixo geralmente resulta em pelo menos duas pernas de
tendência contrária, e foi isso que aconteceu aqui. Subiu da barra 3 até a 9 e depois da 9 até a 10. A bar
9 fez um fundo mais alto e por isso foi o início da segunda perna, que pode completar o final do
movimento para cima. Uma faixa de negociação é um resultado mais comum do que uma inversão em
uma tendência oposta. A bar 9 era uma configuração de compra de recuo de rompimento e uma
bandeira de bull de fuundo duplo com a bar 7, e os bulls compraram-na de forma agressiva.

A barra de tendência de subida após a barra 9 reverteu as máximas e fechamentos de muitas barras
anteriores, o que é um sinal de uma forte reversão de touro. Ela fechou acima do fim de cada barra
desde a barra 6 e sua máxima estava acima da máxima de cada barra desde a barra 6. Quanto mais
barras uma barra forte reverte, mais forte é a inversão do touro e mais provável que haverá compras de
follow-through (preços mais altos).

As primeiras entradas nas principais inversões de tendências geralmente não parecem fortes, como nas
barras 3 e 9. Isso significa que a probabilidade de sucesso é geralmente menor que 50%. No entanto, a
recompensa potencial é maior e o resultado geralmente é uma equação positiva do negociante. Os
traders podem esperar por uma clara reversão longa antes de comprar, e isso geralmente aumenta a
probabilidade para 60% ou mais. Nesse ponto, há menos lucro remanescente e o risco é geralmente
maior (o stop de proteção está mais distante), mas a equação do trader geralmente é positiva. Por
exemplo, os touros poderiam ter esperado para comprar acima da barra de tendência de subida que
seguiu a barra 3. Eles também poderiam ter comprado no final da barra de tendência de subida após a
barra 9 ou no fechamento da barra de tendência de subida que se seguiu.

Este é um bom exemplo de uma grande tentativa de reversão de tendências, em que as configurações e
o contexto são aceitáveis, mas não fortes, e as reversões levaram a uma faixa de negociação e não a
uma tendência de alta, como ocorre em 70% das vezes. A barra 3 resultou em um lucro de swing (uma
recompensa que era pelo menos duas vezes maior que o risco) para os comerciantes que saíram na
reversão após a barra 10. Os negociadores que compraram a barra 7 ou tiveram uma pequena perda se
mantiveram até que o stop de proteção foi atingida, ou saíram em ponto de equilíbrio se mudaram o
stop para equilíbrio após uma alta de quatro barras acima da média móvel. Os traders que compraram
a barra 9 conseguiram sair com uma recompensa que era pelo menos duas vezes maior do que o risco
deles (um lucro de swing).
Em uma situação média como essa, a chance de um swing lucrativo é de cerca de 40%, e há cerca de
30% de chance de um pequeno lucro e 30% de chance de o stop protetora ser atingido (uma pequena
perda). O resultado ainda é uma estratégia lucrativa. Nas configurações mais fortes, a chance de um
swing lucrativo é de 60% ou mais, e talvez apenas de 30% a 40% de chance de o stop protetora ser
atingido e levar a uma pequena perda. Porque a equação do trader é tão forte, esta é uma excelente
configuração para todos os traders, incluindo iniciantes.

FIGURA 3.3 Uma quebra de linha de tendência sozinha não faz uma reversão

Só porque há uma quebra de uma linha de tendência de alta, nem sempre é prudente procurar por
curtos. Se houver uma quebra de linha de tendência, e depois subir e se manter acima do último topo
por 5 ou mais barras, os comerciantes normalmente devem começar o processo desde o início e
esperar por outra quebra abaixo de uma linha de tendência de alta e outro teste do tendência de alta
antes de ir curto.

O mercado tinha estado em uma faixa de negociação de touro do bar 3 ao bar 11, e a alta da bar 12
para o bar 13 foi um forte rompendo para cima a grande bandeira do touro. Quando o movimento para
a alta mais alta é tão íngreme, com tão pouca sobreposição, as probabilidades favorecem uma fuga
bem-sucedida e um movimento medido em vez de uma reversão. Após a barra 19 houve uma faixa de
negociação.

A bar 19 foi obviamente causado por algum evento de notícias (foi o Flash Crash de 2010), mas isso não
é importante. O que é sempre mais importante é quem controla o mercado durante e depois da barra.
Foi em parte um rompimento que testou a faixa de negociação mais baixa entre as barras 4 e 12. Então,
o que eles devem fazer quando acreditarem que o mercado está caindo? Não faz sentido que eles
continuem comprando quando podem comprar em breve. Esta ausência de resultados de compra no
mercado é sugada rapidamente em um vácuo de venda para o nível em que os touros acreditam que
encontrará suporte. Mesmo que eles achassem que havia valor quando o mercado estava caindo (você
sabe disso porque o mercado rapidamente se inverteu acima da maior parte da barra inteira), eles
acreditavam que ele tinha que ir mais longe e esperar até alcançar o suporte. Uma vez que eles viram o
mercado como oferecendo um valor tremendo que eles acharam que seria muito breve, eles
apareceram do nada e compraram agressivamente. Os ursos viram a mesma coisa e rapidamente
lucraram, comprando de volta seus shorts. Não havia ninguém para vender e o mercado se recuperou
fortemente. Pode resumir assim: Big up + big down = grande confusão = intervalo de negociação.
Obs. Vi o gráfico no tradingview: o período de queda deu 1,5 mês, mas na verdade era mais uma pausa,
pois nunca fez fundi mais baixo, apenas dois fundos iguais (7 e 11). Além do que a LTA traçada desde
um ponto anterior ao 1, não foi quebrada nunca (a não ser pela grande sombra da barra 19):

FIGURA 3.4 Se um teste for muito forte, espere

Se o teste da mínima tem muito momentum, outra perna é mais provável do que uma reversão. Na
Figura 3.4 , o GS quebrou acima da linha de tendência do urso A, mas o sell-off da barra 11 para testar a
barra 8 foi um íngreme. Em vez de comprar acima do bar 13 ou do bar 14 e procurar por uma quebra
falhada e uma reversão de tendência, os investidores tiveram que considerar que o GS poderia estar
saindo com sucesso para o lado negativo. Quando isso acontece, é melhor esperar por uma fuga acima
desse canal de baixa e, em seguida, ver se um pullback de fuga se forma.

O rally para a bar 20 quebrou a linha de tendencia de urso C e houve uma maior configuração de
compra na barra 21. O movimento para 21 teve três pernas pequenas e muitas barras sobrepostas,
indicando negociações em dois lados. Este foi um movimento de momentum baixo e, mais
provavelmente, uma tentativa de reversão de tendência do que uma fuga para outra perna de urso.

FIGURA 3.8 Micro fundos e topos duplos


A maioria das reversões negociáveis começa com pelo menos um micro fundo ou topo duplo ou uma
reversão final de bandeira. Como mostrado na Figura 3.8, traders que anteciparam uma reversão para
baixo colocaram ordens limite na barra de sinal e acima dela. Quando eles esperavam uma reversão
para cima, eles colocaram ordens limite na e abaixo da barra de sinal do que eles acreditavam ser a
bandeira final da perna de urso. Exemplos de micro fundos duplos foram barras 1 e 2, 5 e 6, 6 e 9, 16 e
17. Micro topos duplos foram em 3 e 4, 10 e 11, e 13 e 14.

O inside bar de urso após a barra 5 era uma barra de sinal de venda. Os touros achavam que o teste da
média móvel se manteria e levaria a uma reversão do fundo duplo a partir da média móvel. Eles
compraram na parte baixa da barra de sinal do urso. Obs. Pus estatísticas de Bulkowski para candles no
livro do Análise Técnica para Leigos, inside bar (=harami) reversão de baixa 47% e de alta 53% .

A bar 22 foi um rali que testou o ápice do triângulo (em azul). A bar 25 era um clímax de venda e um
recuo do breakout para a bar 22 acima do canal. A dramática bar 25 era apenas um micro fundo duplo
em um gráfico de tempo mais alto (era um micro fundo duplo de três barras no gráfico de 60 minutos).
Instituições anteciparam o fundo e se transformaram em longs quando a barra 25 estava se formando,
especialmente quando ela descia abaixo da barra 17. Eles esperavam que a fuga falhasse e, portanto,
oferecessem uma breve oportunidade de comprar a um preço muito bom. Desde que eles controlam a
direção do mercado, se um número suficiente deles espera um fundo, a compra deles fará acontecer.

CAPÍTULO 4

Reversões Climáticas: Um Pico Seguido por um Pico na Direção Oposta

O mercado está sempre tentando romper e, então, o mercado tenta fazer com que cada fuga falhe. Este
é o aspecto mais fundamental de todas as negociações e está no centro de tudo o que fazemos.
Quanto melhor os traders avaliarem se uma fuga terá êxito ou fracassará, melhor posicionados estarão
para ganhar a vida como trader. A fuga será bem sucedida? Se sim, procure negociar nessa direção. Se
não (se falha, que é uma reversão), então procure negociar na direção oposta. Toda negociação se
resume a essa decisão.

Muitas pessoas restringem a definição de um clímax a um movimento brusco no final de uma tendência
que é seguido por um movimento brusco na direção oposta, resultando em uma inversão de tendência.
Uma definição mais ampla é mais útil para os traders: qualquer tipo de comportamento insustentável
deve ser considerado como um tipo de clímax, seja ou não uma reversão. Qualquer barra de tendência
ou série de barras de tendência em que a barra ou barras tenham intervalos de negociação
relativamente grandes são clímaxes, embora a maioria dos traders não pensasse nelas dessa maneira.
Um clímax termina assim que ocorre uma interrupção do comportamento de tendência forte, como a
formação de uma barra de pausa ou uma barra de reversão. Mesmo uma única grande barra de
tendências pode ser um clímax. A maioria dos clímax geralmente é seguida por um intervalo de
negociação que dura uma ou mais barras, em vez de um pico na direção oposta, e a tendência
geralmente recomeça em vez de se inverter.

Uma reversão climática é um clímax que é logo seguido por um movimento brusco na direção oposta.
Quando um mercado está se movendo climaticamente, traders fundamentais muitas vezes se referem
ao mercado como sendo um comércio lotado, o que significa que eles acreditam que muitas pessoas já
têm uma posição, então pode não haver muitos comerciantes para continuar empurrando o mercado
ainda mais na tendência. Por exemplo, se o mercado está subindo parabolicamente, os analistas
fundamentais costumam dizer que é um comércio lotado e que só procurariam comprar um recuo. A
maioria não entra curto, embora eles acreditem que um recuo significativo é iminente. Outros exemplos
de clímax de compra incluem a bolha imobiliária de 2006, o desastre tecnológico de 2000 e a mania das
tulipas de 1637. Eles eram todos exemplos da teoria do maior tolo de investir - comprem alto com a
expectativa de que alguém mais burro comprará de você ainda mais alto, permitindo que você saia com
lucro. Uma vez que não há mais tolos, o mercado pode ir em apenas uma direção e muitas vezes vai
para lá rapidamente. Os operadores de momentum podem ser responsáveis por grande parte do
crescimento neste momento, o que significa que seu ritmo não é suficientemente baseado em
fundamentos. Quando os tomadores de lucro entram, a reversão pode ser rápida e profunda. Os
investidores podem entrar em pânico quando tentam sair com lucros mínimos, pelo menos, e a
esperança de evitar uma grande perda, como é o caso de qualquer clímax.

Um componente importante de um clímax é um efeito de vácuo criado pela ausência de comerciantes


na direção oposta. Por exemplo, se o mercado estiver acelerando para cima em direção ao topo de um
canal, haverá ursos institucionais que acreditam que o mercado irá reverter em breve, mas que o
mercado provavelmente ainda subirá. Por que eles optariam por curto se podem entrar mais acima e
que poderão encurtar a um preço ainda melhor? Então o que eles fazem? Eles esperam. O mesmo é
verdade para os touros fortes. Eles estão olhando para realizar lucros parciais ou totais, mas se eles
acreditam que o mercado em breve será um pouco maior, eles não venderão até que o mercado atinja
uma área de resistência que eles acreditam que o mercado provavelmente não excederá, pelo menos
por enquanto. Isso significa que há alguns ursos muito fortes que não estão em curto, e alguns touros
muito fortes que não estão vendendo de seus longos, e a ausência de vendas cria um vácuo que suga o
mercado até um nível em que os ursos sentem há valor em encurtar e os touros sentem que há valor
em realizar lucros. O que acontece? Esses imensos ursos institucionais começarão a vender
pesadamente e implacavelmente, e os touros fortes venderão seus longos. Uma vez que tanto os touros
fortes quanto os ursos esperam preços mais baixos, isso é o que se seguirá. Depois de cerca de 10
barras e um par de pernas, eles decidirão se o recuo terminou e os touros devem recomprar seus
longos e os ursos devem sair de seus shorts, ou eles acreditam que o sell-off ainda está por vir.

Os negociantes fracos fazem o oposto, enquanto o mercado está subindo: os bulls fracos que estavam
sentados nos bastidores finalmente compram, e os ursos fracos cobrem seus shorts, ambos com um
medo irreal. Comerciantes experientes podem fazer exatamente o que as instituições estão fazendo. Por
exemplo, eles podem encurtar no fechamento dessa barra de tendência de alta, acima de sua máxima,
ou no fechamento da próxima barra ou duas. Em caso afirmativo, eles devem usar umo stop com o
mesmo número de tiques que a altura da barra de tendência de alta. Se eles esperarem por uma barra
de reversão de urso e encurtar com um stop abaixo de sua mínima, eles podem arriscar acima da
maxima da barra de sinal. Alternativamente, eles poderiam usar umo stop protetor mais largo, mas se o
fizerem, eles precisarão reduzir o tamanho de sua posição.

Os picos são testes da força de ambos os operadores de tendência e de contra-tendência. Uma


tendência de alta é feita de uma série de altos e baixos mais altos, sendo que ambos podem ser criados
por picos. Se o mercado tiver um pico em alta e depois um selloff na forma de um pico baixo, a
probabilidade é que o mercado teste e exceda o topo do pico, mas não volte e teste a parte de baixo
pico de urso. O pico de touro será apenas mais uma perna na tendência de alta e o pico baixo
normalmente evoluirá para uma bandeira de touro e uma mínima mais alta, e provavelmente não será
testado assim que a tendência de subida for retomada. O mesmo é verdade para uma tendência de
urso. O fundo mais recente, seja ou não na forma de um pico, provavelmente será testado e excedido
após qualquer recuo. Qualquer rali, seja na forma de um forte pico de touro ou de um movimento
silencioso, provavelmente evoluirá para uma bandeira de urso e apenas para uma outro fundo mais
baixo, e geralmente não será testado.

Existe uma crença amplamente difundida, mas incorreta, de que as altas mais fortes ocorrem durante as
tendências de baixa e os selloffs mais fortes ocorrem durante as tendências de alta. Embora isso não
seja verdade, é importante perceber que os picos de tendência contrária podem ser excepcionalmente
fortes e fazer com que muitos traders acreditem que a tendência se reverteu. Todos os picos, para cima
e para baixo, em tendências de alta ou baixa ou em faixas de negociação, são simplesmente testes da
determinação dos corretores de contra-tendência e a determinação dos operadores de tendência. Os
recuos quase sempre chegam perto de virar a posição para a direção oposta, mas não há
acompanhamento adequado. Comerciantes fortes adoram essas tentativas de reversão porque eles
sabem que a maioria irá falhar. Sempre que os operadores de contra-tendência são capazes de criar um,
os comerciantes de tendência entram e combatem fortemente a tentativa de reversão, e geralmente
vencem. Eles vêem esses movimentos de contra-ataque como ótimas oportunidades para entrar na
direção da tendência a um preço excelente que provavelmente só existirá brevemente, e rapidamente se
tornará simplesmente um retrocesso na tendência.

Um clímax é simplesmente qualquer mercado que foi longe demais, rápido demais aos olhos dos
operadores. É uma barra de tendência ou uma série de barras de tendência com pouca sobreposição, e
pode ocorrer a qualquer momento. O mercado faz uma pausa após o pico e, em seguida, a tendência
pode ser retomada ou revertida. Quando há um grande pico e ele é seguido imediatamente ou logo
depois por um pico na direção oposta, o mercado está tentando reverter. Quando isso acontece, cria-se
uma reversão climática, que é uma reversão de duas barras que pode ser visível apenas em um gráfico
de tempo maior ou menor. Contanto que você entenda o que o mercado está fazendo, não há
necessidade de olhar através de vários períodos de tempo em busca de uma perfeita configuração de
reversão de duas barras. Você sabe que existe pelo que você está vendo no gráfico à sua frente, e isso é
tudo que você precisa para fazer uma trade.

Tanto os touros como os ursos venderão quando houver um segundo ou terceiro clímax de compra
consecutivo sem muita correção entre os clímax, e essa venda pode levar a uma reversão climática. Os
ursos estão vendendo para iniciar curtas para o que eles acreditam que será pelo menos um couro
cabeludo para baixo. Os touros veem a grande barra de tendência de alta ou dois como um ótimo
preço para realizar lucros, já que acreditam que é provável o início de um recuo mais profundo, uma
faixa de negociação ou uma tendência oposta. Quando há um clímax de segunda compra e, em
seguida, uma configuração de reversão, ambos os touros e os ursos se perguntam se o mercado está
estabelecendo uma reversão final.
Quando o clímax é muito impressionante e o contexto está correto, eles venderão todas as suas
posições longas. Além disso, os ursos fortes encurtarão à medida que o mercado cair. Porque há mais
vendedores que compradores o recuo pode ser acentuado e até se tornar uma inversão de tendência.
Se não houver configuração de compra após 10 ou 20 barras, então a tendência provavelmente se
reverteu para baixo e, em seguida, os comerciantes desistirão de comprar. Se houver uma configuração
de compra após cerca de 10 barras e duas pernas, os touros restabelecerão seus longos e os ursos terão
lucros em seus shorts.

Uma barra interna depois de uma barra de fuga geralmente é seguida por uma barra de tendência na
direção oposta, criando uma configuração de reversão climática. Como acontece com todas as
configurações de reversão climática, o canal que segue pode seguir de qualquer forma, e o importante
é estar ciente de ambas as possibilidades. Quando a tendência começar, procure por configurações de
tendência.

As melhores reversões têm barras de reversão grandes e, de preferência, uma segunda entrada. A
primeira etapa da reversão quase sempre quebrará a linha de tendência e, se isso não ocorrer, a
inversão será suspeita, e um intervalo de negociação ou padrão de continuação se tornará muito mais
provável. Ao negociar a tendência contrária, é melhor esperar por um teste da tendência antiga antes
de negociar na direção oposta. Por exemplo, é uma estratégia mais lucrativa comprar uma mínima mais
alta depois de um clímax de venda do que comprar a reversão inicial, porque muitas tentativas de
reversão falham. Se uma segunda entrada falhar, a tendência antiga provavelmente será executada por
pelo menos mais duas etapas.

Sempre que uma linha de canal de tendência é rompida, você deve assumir que a tendência é muito
mais forte do que imaginava e deve procurar entradas com tendência. No entanto, esteja ciente de que
a quebra da linha de canal de tendência poderá falhar em breve e levar a uma reversão, portanto, esteja
preparado para sair rapidamente de qualquer recusa de fuga se ela começar a falhar.

A análise técnica tradicional ensina que grandes reversões vêm com volume excepcional, especialmente
em fundos de mercado. Isso é mais comum em ações, especialmente aquelas que têm menor volume,
mas não é um sinal confiável em mercados enormes. A maioria das grandes reversões em mercados
como o SPY ou Emini ocorre na ausência de padrões de volume claramente compreensíveis, embora às
vezes exista um volume enorme no fundo do mercado, quando há um vácuo de vendas em um nível de
suporte e os ursos finalmente realizam os lucros e os touros finalmente compram agressivamente.
Quando há uma reversão a partir de um fundo onde uma ou mais barras têm 10 a 20 vezes o volume
da maioria das barras dos últimos dias, as chances de mais compras de acompanhamento são maiores.
Além disso, se houver um pico de touro com 10 a 20 vezes o volume médio e um intervalo cinco ou
mais vezes maior do que a maioria das barras dos últimos dias, as chances são boas de que haverá
preços mais altos nos próximos muitos bares. O mercado geralmente vai subir por pelo menos um
movimento medido. Muito menos frequentemente, o mercado cai abaixo do pico de touro e, em
seguida, tem um movimento medido para baixo.

Tops climáticos raramente são tão dramáticos e raramente têm padrões de volume úteis. Comerciantes
ativos que prestam atenção ao volume provavelmente perderão muitos bons negócios e ganharão
menos dinheiro do que se simplesmente negociassem apenas com a ação do preço.

FIGURA 4.1 Aceleração tardia pode ser exaustão


Se uma tendência de repente acelera, pode ser uma fuga bem-sucedida, levando a outra perna para
baixo, ou um final exaustivo da tendência. Na Figura 4.1, a barra 13 e a barra 15 neste gráfico Emini de 5
minutos tinham amplitudes e corpos muito grandes e seguiam várias outras barras de suporte, mas
significavam condições opostas. A bar 13 foi um breakout abaixo de uma faixa de negociação em uma
possível tendência de retomada. Fortes breakouts geralmente têm pelo menos duas pernas, como foi o
caso aqui. No recuo após o clímax de segunda venda os últimos longos se esgotaram e não havia mais
ninguém para vender. Tornou-se uma exaustão quando o mercado se inverteu acima de sua máxima. Os
clímax consecutivos de vendas são freqüentemente seguidos por pelo menos uma reversão com duas
pernas e dez barras. A forte reversão do touro voltou a ser negociada na faixa de negociação, que,
como todas as faixas de negociação, era um ímã.

Todos os touros e ursos fortes adoram ver uma barra de tendência excepcionalmente grande, como a
barra 15, depois de uma tendência prolongada, porque esperam que seja uma oportunidade breve e
extraordinariamente grande. Uma barra de tendência é uma fuga, e uma vez que a maioria das
tentativas de quebra falha, e esta é após um clímax de venda anterior que não teve muita correção e
depois de uma tendência de alta que durou dezenas de barras sem correção, as probabilidades contra
um acidente são muito altos. Comerciantes inteligentes vêem isso como uma oportunidade incomum
de comprar quando a probabilidade de preços mais baixos é muito pequena, pelo menos para muitos
bares. Os ursos recompram seus shorts e os bulls compram novas longs. Ambos compram
agressivamente no fechamento da barra, abaixo de sua mínima, no fechamento da próxima barra
(especialmente se for uma barra de tendência menos forte ou tem um corpo na direção oposta) e no
fechamento da barra a seguir. Essa bar era o bar 16 de touro. Eles também compram acima da máxima
da barra anterior.

Quando eles veem uma barra de tendência de alta forte, como a barra após a barra 16, eles compram
no seu fechamento e acima de sua máxima. Tanto os bulls quanto os bears esperam uma correção
maior, e os bears não considerarão shorting novamente até pelo menos uma correção de 10 bar,e 2
pernas, e mesmo assim somente se o rally parecer fraco. Os touros esperam o mesmo rally e não
estarão ansiosos para realizar lucros cedo demais. Os touros agressivos e experientes que compraram
no final da barra 15 poderiam ter usado umo stop de proteção igual a cerca da altura da barra, que era
quatro pontos. Eles provavelmente tinham pelo menos 60% de chance de os testes de mercado
atingirem pelo menos a máxima da barra antes de suas stops serem atingidos, então esse era um
negócio matematicamente sólido. Uma vez que o mercado começou a se inverter acentuadamente, eles
teriam mudado pelo menos parte da sua posição para o fim.
FIGURA 4.2 Pico de alta, mas canal de baixa

Às vezes, o mercado terá um pico para cima e, em seguida, um pico para baixo. Isso geralmente é
seguido por um intervalo de negociação, pois os touros e os ursos lutam para formar um canal. Os bulls
estão tentando criar uma alta, enquanto os bears querem uma queda.

Além disso, a barra 2 era um inside bar que é um padrão indica indecisão, e o movimento até o bar 3
foi uma falsa fuga do topo deste padrão. A barra 5 foi uma entrada de segunda chance.

Como regra geral, big up + big down = confusão = intervalo de negociação, pelo menos por enquanto,
como foi o caso após o bar 1 inverter.

FIGURA 4.3 Subida e descida em uma barra


Após o pico da barra 3 houve mais de 10 bares em um canal muito apertado, e isso é uma atividade
insustentável. Quase todo bar tinha uma máxima, uma mínima e o fechamento mais alto. Istp é
insustentável, mas não é motivo suficiente para encurtar, porque o mercado pode sustentar esse
comportamento incomum por mais tempo do que você pode sustentar sua conta. Sempre que o
mercado fizer algo extremo, logo será seguido pelo tipo oposto de comportamento. Uma tendência
extrema será seguida por uma faixa de negociação e às vezes uma reversão, e uma faixa de negociação
extrema será seguida por uma tendência.

O canal apertado quebrou para cima no bar 5, e quando isso falhou, era provável que ele quebrasse
para o lado negativo, como no final das contas. O mercado andou de lado por 5 barras e então formou
umo topo mais baixo no bar 7, completando uma pequena faixa de negociação depois da bar 5. Em um
gráfico de prazo mais alto, o sell-off para bar 2 quebrou abaixo da linha de tendência de alta, e o rally
para bar 5 foi uma inversão de tendência maior alta.

A barra 9 foi uma boa configuração curta. O mercado então seguiu em baixa pelo resto do dia e
acelerou ao cair.

A mudança para o bar 12 mal quebrou acima da linha de tendência do urso, mas foi um movimento
fraco. Portanto, os comerciantes deveriam ter continuado a procurar apenas por curtos e não uma
inversão de tendência. A quebra de uma linha de tendência não é motivo suficiente para procurar uma
reversão. A quebra tem que ser forte antes que os investidores acreditem que os touros serão capazes
de sustentar uma forte subida.

FIGURA 4.5 Barras de tendência opostas criam uma reversão climática


Uma barra de tendência em uma direção seguida por outra na direção oposta é uma inversão climática,
e o canal que segue pode estar em qualquer direção, pois há picos em ambas as direções. Na Figura 4.5
de 5 minutos a bar 3 era uma barra de tendências de grande urso e, portanto, um pico, uma fuga e um
clímax. Foi imediatamente seguido por uma barra de tendência ainda maior na direção oposta, que era
um clímax de compra. Era tentador presumir que isso representava uma convicção ainda mais forte,
mas você precisava ser paciente e deixar o mercado mostrar aonde estava indo. Seu trabalho é seguir as
instituições e não adivinhar o que elas podem fazer.

Pausa até bar 5. Barra 6 foi outro pico de urso e, portanto, outro clímax de venda. A faixa de negociação
apertada após a barra 6 era um recuo da quebra do touro da barra 4, e um possível início do canal do
urso. Durante o apertado intervalo de negociação que se seguiu à barra 6, os touros estavam
comprando na tentativa de criar um canal de alta, e os bears estavam em curto enquanto tentavam criar
um canal de ursos. Os ursos finalmente venceram.

A bar 15 era uma barra de reversão de touro com altura razoavelmente grande e um corpo grande. Já
que o canal baixo tinha sido tão íngreme, era mais provável que a primeira tentativa de fuga falhasse.
Sempre que há uma pequena barra de entrada em uma reversão em uma tendência forte, as
probabilidades favorecem que ela se torne apenas uma bandeira com tendência. Aqui, as duas barras
após a barra de reversão eram pequenas, mostrando a fraqueza dos touros.

A barra 17 de urso seguido imediatamente por uma barra de tendência de subida, estabelecia uma
reversão de duas barras. A 17 foi o clímax de venda, e a segunda foi o rompimento do touro. O Bar 19
era clímax de venda e um recuo da média móvel. Foi revertida pela bar 20 de clímax de compra.

O pico do touro da barra 23 a 25, seguido por um topo duplo que reverteu formando canal de urso que
terminou no dia seguinte. A barra 32 foi clímax de venda antecedida e seguida por clímax de compra. A
reverção foi na barra 33, outra grande barra de tendência de subida e, portanto, um clímax de compra,
seguida por um pullback de quatro barras, que continha uma barra de fuga de ursos, e então o rali
recomeçou na forma de um canal de touro.

FIGURA 4.6 Topos e Fundos em V são raros


Os fundos V e os topos V invertidos que invertem o mercado sem primeiro ter um recuo significativo
são raros. Na Figura 4.6, o fundo da barra 3 levou a uma subida para a média móvel. Este era um fundo
V em potencial, que foi testado pela queda até a barra 5. A barra 19 foi uma tentativa de um fundo V, e
foi testada no final do dia.

A subida para o barra 4 foi uma forte quebra acima da linha de tendência do urso, e isso fez com que
os touros procurassem comprar um fundo mais baixo ou no teste da mínima da barra 3. Os touros
queriam ver uma forte quebra acima da linha de tendência e não apenas um desvio que quebrou acima
da linha de tendência, indo para o lado.

A barra 7 foi uma inversão importante, fazendo fundo duplo com a barra 5.

Como a maioria das tentativas de reversão falha, incluindo as reversões climáticas, muitos traders viram
o forte rali até a bar 4 simplesmente como um recuo à média móvel. Eles romperam o que viram ser
uma grande oportunidade de vender em um breve alto preço, e realizaram lucros no bar 5, como
evidenciado pela cauda no seu fundo e o corpo pequeno de touro.

FIGURA 4.7 Fundos V são raros, mas fortes


O fundo V ou um topo V invertido sem qualquer teste significativo do pico ocorre apenas algumas
vezes por mês em gráficos de 5 minutos. Figura 4.7 mostra um fundo V de 5 minutos, que é um clímax
de venda e uma reversão climática. O sell-off na abertura para o bar 9 foi um movimento parabólico,
que é um tipo de clímax de venda. Você pode ver como a inclinação das três linhas de canal de
tendência se tornou cada vez mais íngreme (da barra 2 para a barra 3, da barra 5 para a barra 8 e da
barra 8 para a barra 9), o que indicava pânico. Os comerciantes queriam vender a qualquer preço. Os
ursos pressionaram seus shorts, adicionando rapidamente suas posições à medida que o mercado caía
no pico forte do urso.

Sempre que há um clímax de venda como aqui, que o mercado já caiu por 10 ou mais barras, há um
boa chance de que haverá uma forte inversão. Os touros fortes se afastaram porque esperavam que o
mercado negociasse até uma confluência de ímãs; uma vez que chegou lá, eles apareceram do nada e
compraram agressivamente. Os ursos fortes entenderam o que estava acontecendo e rapidamente
lucraram com seus shorts, e não estavam dispostos a considerar o short novamente até que o mercado
estivesse muito mais alto. Os touros e ursos fortes estavam comprando no final do bar 9 e no micro-
fundo duplo de duas barras que se seguiu, e o mercado só poderia subir.

Um fundo V perfeito, onde o mercado vai direto para baixo e depois para cima, é extremamente raro. A
maioria dos fundos V tem uma ação de preço sutil que mostra hesitação na venda, como aconteceu
aqui, alertando os operadores para uma possível reversão. A barra após a barra 8 era uma bandeira de
uma barra, que alertava os operadores para uma possível reversão depois de outro clímax de venda de
uma ou duas barras. A barra 10 formou um micro triplo e deu aos touros uma entrada de alto risco e
alta probabilidade após o clímax consecutivo de venda e a bandeira final de uma barra.

O volume para a maioria das barras quando o mercado estava quieto ontem era de cerca de 5.000 a
10.000 contratos por barra. O bar 9 tinha 114.000 contratos. Essa quantidade de volume foi quase
inteiramente institucional. Por que eles vendem o menor tick em uma tendência de urso? É porque isso
é o que seus algoritmos vêm fazendo de maneira lucrativa, e alguns são projetados para continuar a
fazê-lo até que fique claro que a tendência do urso não está mais em vigor. Eles perdem com a venda
final, mas fazem o suficiente em todos os seus negócios anteriores para compensar essa perda. Lembre-
se, todos os seus sistemas perdem entre 30 e 70% do tempo, e esse é um desses momentos. Há
também firmas de HFT que escalpelarão até mesmo um único tick até último tick de uma tendência de
baixa. A baixa está sempre em um nível de suporte, e muitas empresas de HFT venderão um tick ou dois
acima do suporte para tentar capturar esse tick final, se seus sistemas mostrarem que essa é uma
estratégia lucrativa. Outras instituições vendem como parte de um hedge em outro mercado (ações,
opções, títulos, moedas, etc.) porque eles percebem que sua relação risco / recompensa é melhor
colocando o hedge. O volume não é de pequenos traders individuais, porque eles são responsáveis por
menos de 5% do volume em grandes pontos de mudança.

FIGURA 4.8 Recuos de pico são mais comuns que reversões de pico

Os picos são aumentos acentuados nos mercados de alta e baixa nos mercados de baixa são
normalmente testados, já que as reversões de pico são muito menos comuns. Os recuos
frequentemente chegam perto de virar a posição na direção oposta, mas não há acompanhamento
adequado. Comerciantes fortes adoram essas tentativas de reversão, porque sabem que a maioria
falhará. Sempre que os operadores de contra-tendência são capazes de criar um, os comerciantes de
tendência entram e combatem fortemente a tentativa de reversão, e geralmente vencem. Eles vêem
esses movimentos de contra-ataque como ótimas oportunidades para entrar na direção da tendência a
um preço excelente que provavelmente só existirá brevemente, e rapidamente se tornará simplesmente
um recuo na tendência.

Na Figura 4.8 , as barras 1, 3 e 6 são fundos de picos de urso em um mercado de baixa e as barras 4 e 8
são topos de picos de touro que foram todos testadas neste gráfico AAPL de 60 minutos. A bar 8 foi um
pico em uma faixa de negociação e uma quebra de uma linha de tendência importante, então era
provável que fosse testado.

FIGURA 4.10 Teste de um pico de touro


Como mostrado na Figura 4.10 , a Research in Motion (RIMM) fechou ontem com um forte pico de alta,
então as chances eram excelentes que hoje iriam tentar ultrapassá-lo. Embora o rali de hoje fosse
desleixado e não parecesse particularmente otimista, os ursos não conseguiram dois fechamentos
consecutivos abaixo da média móvel.

FIGURA 4.11 Topo Invertido em V

Conforme mostrado na Figura 4.11 houve reversão climática após romper a linha de canal de tendência
de alta (linha sólida e pontilhada). Foi um movimento medido acima da faixa de negociação de ontem,
mas isso por si só não é razão suficiente para encurtar uma tendência de alta. Quando uma tendência
forte atinge uma área de um movimento medido, os touros realizam lucros, mas os ursos encurtarão
somente se houver outros fatores, como havia aqui.
O bar 2 era um micro top duplo com a barra de tendência de touro antes dele, uma pequena barra doji
se seguiu, criando uma micro cabeça e ombros no topo ou triângulo, que provavelmente era visível em
um gráfico de tempo menor. Os corpos da barra 2 e do doji formaram um inside bar com o corpo da
barra de touro antes da barra 2.

FIGURA 4.12 Reversão Climática com Mais Razões para Reverter

Reversões climáticas são mais confiáveis quando outros fatores estão envolvidos. Como mostrado na
Figura 4.12 , o HOLDRS (OIH) de 5 minutos do Oil Service teve uma reversão de abertura climática. Um
comerciante deveria ter comprado acima da barra 1 (reversão de duas barras grandes), e novamente no
recuo na barra 2, esperando pelo menos duas pernas para cima. A barra 1 era um fundo de reversão de
duas barras. A barra antes da barra 1 era uma grande barra de tendência de urso, maior que a barra de
urso antes dela e com um fechamento bem abaixo dela.

FIGURA 4.13 Não compre testes de uma linha de canal de tendência de urso

Os operadores de contra tendência estão sempre a desenhar linhas de canais de tendência, esperando
por pelo menos um escalpe. Quando um canal é íngreme, é uma estratégia perdida comprar todas as
reversões de um toque na linha de canal de tendência. Em vez disso, espere até que haja uma forte fuga
do canal, como o grande gap até a barra 5 na Figura 4.13 , e então procure comprar o pullback de fuga,
como a tentativa de barra de 8 de reverter a mínima de ontem.

Quando um canal de ursos é íngreme assim, os ursos inteligentes terão ordens de limite para encurtar
na ou acima da máxima da barra anterior. A barra 5 fez o primeiro gap acima da média móvel (seu
corpo era grande e inteiramente acima da média móvel exponencial), criando uma tendência de romper
para baixo.

A barra 6 não alcançou a linha do canal de tendência. A maioria dos comerciantes teria esperado pelo
toque e, na sua ausência, teria desejado pelo menos uma segunda entrada. A barra 8 ultrapassou a
linha do canal de tendência do urso, e a barra de sinal era uma barra interna com um corpo de touro de
bom tamanho. Essa configuração também foi uma segunda tentativa de reverter a mínima de ontem (a
primeira foi a barra 6), criando uma configuração confiável de reversão. Finalmente, foi um clímax de
vendas consecutivas e seu corpo foi o maior corpo de baixa do sell-off, o que é comum no final dos
clímax consecutivos de venda.

FIGURA 4.14 Aumento da inclinação geralmente significa emoção climática

Quando a inclinação aumenta, a tendência está se acelerando e provavelmente prestes a se corrigir. Isso
ocorre porque a inclinação aumentada indica emoção aumentada e, uma vez que os operadores
emocionais saíram, não há ninguém para sair nem alguém disposto a entrar na tendência até que haja
um recuo. A subida até a barra 8 na Figura 4.15 foi mais acentuada do que a tendência de subida
anterior a ela, e terminou com a inversão na barra 10.

A descida até a barra 13 era mais acentuada do que o canal do urso antes, e este clímax de venda foi
revertido na barra 15 barra, que formou um fundo duplo com a barra 4. Um clímax é geralmente
seguido por um intervalo de negociação, como foi aqui até a barra 20. Aqui os touros venderam seus
longos para realizar lucros, e planejaram esperar cerca de 10 barras antes de pensar em comprar
novamente. Eles compraram sete barras mais tarde na bar 22 baixo, que inverteu em um fundo duplo
com a barra 17. Foi uma inversão de tendência de fundo mais alto.

FIGURA 4.15 Reversões Necessitam de Momentum


Como mostra a Figura 4.15 , a barra 4 foi abaixo das barras 2 e 3, e também rebateu na linha de canal
de tendência das barras 1 a 3. No entanto, o mercado foi para o lado em vez de subir. Os touros não
eram fortes. Sempre que houver uma forte tendência de quedar, é sempre melhor procurar apenas os
shorts até que haja uma mínima mais alta.

A barra 8 era uma barra de reversão de touro até os segundos finais antes de fechar, e rapidamente
vendeu em uma barra de tendência de urso. O que os entusiastas excessivamente ansiosos achavam
que seria uma barra de reversão de touro se transformara em rompimento da linha de canal de
tendência de urso, o que significava que todos agora concordavam que havia muito mais . Isto foi
confirmado pela série de barras de tendência de urso que se seguiu.

Se você assistisse à ação do mercado, você teria visto a barra de reversão do touro virar uma barra de
tendência do urso. Nunca execute antecipadamente as barras; sempre espere que elas fechem e que a
próxima barra confirme a reversão. Mas, entrar curto por um tick abaixo da mínima dessa fuga da linha
de canais de tendência de suporte ainda é um comércio inteligente.

FIGURA 4.16 Linhas de canal de tendência demais


Sempre que você se vê desenhando várias linhas de canais de tendência, você está invariavelmente
cego para o que está à sua frente por sua ansiedade sobre o que você não acredita que está
acontecendo. Mesmo que a tendência esteja em um canal de ursos e os canais tenham muita
negociação bilateral, eles podem durar muito mais do que parece possível. Sempre assuma que
qualquer canal durará para sempre, e uma vez que finalmente não, mude de idéia. A negociação
bilateral parece dar a impressão de que logo será revertida, mas a maioria das tentativas de reversão de
qualquer coisa falha. A tendência é forte e você está perdendo todos os shorts com tendência, porque
tudo o que você está vendo são linhas de canal de tendência e reversões potenciais no que você
acredita ser um sell-off exagerado em um dia de intervalo de negociação. Seja paciente e negocie
apenas com a tendência até que haja uma reversão tão clara e forte que você não precise traçar a linha
para ver o excesso, como a grande barra 6 que inverteu o fundo de ontem. Não negocie o que você
acredita que deveria estar acontecendo. Apenas negocie o que está acontecendo, mesmo que pareça
impossível.

Quando o mercado está em um canal de ursos, os comerciantes inteligentes estão muito mais
interessados em shorts, e entram short acima das barras anteriores, não abaixo.

FIGURA 4.17 O volume em reversões não é particularmente útil

Como mostrado no gráfico à direita da Figura 4.17 , o SPY de 5 minutos tinha um clímax de venda
exaustivo na barra 3 e uma reversão de duas barras na barra 4 que foi seguida por uma forte alta acima
da média móvel.

O gráfico à esquerda é um gráfico de 1 minuto mostrando uma divergência de volume na baixa, o que
é comum. O volume na barra 4 baixa era menor que o volume na barra anterior 3 baixa, embora a barra
4 estivesse a um preço mais baixo. Provavelmente houve uma divergência de ticks e divergências em
muitos osciladores também, mas traders experientes não precisam olhar para nada além do gráfico de 5
minutos para saber disso.

A análise técnica tradicional ensina que o volume na inversão do touro deve ser maior do que na barra
final do urso. Aqui, no gráfico de 5 minutos, o volume na barra de reversão da barra 4 era menor do
que nas duas barras de baixa anteriores. Isso torna a reversão menos confiável? De modo nenhum. No
entanto, pode ter sido suficiente para fazer um comerciante não comprar o fundo. Eu não quero a
distração e não olho para o volume ou qualquer indicador quando estou negociando, porque o gráfico
me diz tudo o que preciso saber. A propósito, a barra 2 tinha um volume muito maior do que a barra 4
baixa, mas resultou em uma reversão fracassada que terminou com uma bandeira de urso superior.

A cauda grande na parte inferior do barra 3 era um sinal de que os compradores estavam chegando; o
mercado normalmente só cai por mais uma ou duas barras antes de tentar corrigir. A barra 4 era uma
forte reversão de duas barras e um micro fundo duplo com a barra 3 baixa.

CAPÍTULO 5

Cunhas e outros padrões de reversão

As tendências geralmente terminam com um teste do extremo e aí revertem.

Não importa se é uma cunha, um recuo em uma tendência ou um intervalo de negociação, outro tipo
de triângulo (incluindo um triângulo em expansão), uma parte superior ou inferior da cabeça e ombros
ou uma fuga falhada abaixo de um topo duplo ou acima de um fundo duplo. Em algum momento, os
comerciantes de tendência desistem de tentar uma fuga forte, e os comerciantes de reversão ganham
controle do mercado. Uma terceira tentativa inversão consecutiva é geralmente suficiente para que isso
aconteça e os comerciantes de reversão ganham controle do mercado.

Cunhas podem ser pullbacks ou reversões. Recuos de cunha são discutidas nos Capítulos 18 e 19 do
segundo livro. Quando eles são recuos nas tendências, eles estão com configurações de tendência e é
razoável entrar no primeiro sinal. Uma reversão de cunha é uma tentativa de reverter uma tendência e,
portanto, é uma configuração de contra-tendência. Em geral, é melhor esperar por um segundo sinal ao
negociar a tendência contrária. Por exemplo, se houver um fundo de cunha na tendência de urso,
compre acima da barra de sinal apenas se o padrão for excepcionalmente forte. Geralmente, é melhor
esperar para ver se o mercado tem uma forte quebra de touro e, em seguida, tentar comprar um recuo.
Se a fuga do touro subir em várias barras sem recuar, os operadores devem negociá-la como qualquer
outra fuga, conforme discutido no segundo livro.

Outra diferença entre retrocessos de cunha e reversões é sua direção. Uma bandeira em forma de cunha
aponta para o lado oposto da tendência, enquanto uma inversão de cunha aponta na direção da
tendência, quer de touro ou de urso. Além disso, os sinalizadores de cunha geralmente são padrões
menores e a maioria dura de 10 a 20 barras. Uma reversão geralmente precisa ter pelo menos 20 barras
de comprimento e ter uma linha de canal de tendência clara para ser forte o suficiente para reverter
uma tendência. Se o ponto final da cunha ultrapassar a linha do canal de tendência, as chances de
sucesso com o comércio de tendência contrária são maiores.

É importante lembrar que uma inversão de cunha é uma configuração de contra-tendência. Portanto, é
melhor esperar por uma segunda entrada, como um topo mais baixo após um topo de cunha ou um
fundo mais alto após um fundo de cunha. Isso é diferente de recuos de negociação em que você está
entrando na direção da tendência maior, onde entrar no primeiro sinal é uma abordagem confiável . Em
geral, se você está negociando uma reversão de cunha e não é tão forte quanto você gostaria, é melhor
esperar por um segundo sinal antes de fazer a trade. Se o breakout inicial for forte, entrar no pullback
tem uma chance maior de sucesso. Se houver uma reversão de cunha em uma faixa de negociação, ela
poderá parecer e agir mais como uma recuo de cunha, porque não há tendência a reverter. Quando
esse é o caso, entrar no primeiro sinal é geralmente lucrativo.
As cunhas na abertura do mercado geralmente são padrões de reversão. Reversões de abertura podem
seguir movimentos muito fortes na primeira hora ou mais, e às vezes haverá uma cunha muito íngreme,
mas o mercado irá abruptamente reverter e tender para o resto do dia.

FIGURA 5.1 Topo em Cunha

Como mostrado na Figura 5.1 , o Emini de 60 minutos tinha um topo de reversão de cunha e, em
seguida, um recuo de cunha menor, seguido por duas pernas de queda até a barra 20. Uma cunha não
precisa ter uma forma perfeita para ser eficaz. Este também é um canal de tendência de touro e antes
onde houve um pico agudo até o bar 4 e depois um canal íngreme para o bar 6. O pullback da barra 7
que levou ao canal foi testado pelo sell-off da barra 20. O canal de touro tinha três impulsos e uma
forma de cunha, o que é comum nos padrões de pico e canal.

FIGURA 5.3 Escadas Encolhendo

Como mostrado na Figura 5.3 com cada breakout se estendendo menos que o anterior, sinaliza o
momentum diminuindo e aumenta as chances de que uma negociação de tendência contrária lucrativa
esteja próxima. Após o movimento da barra 4 para a 5 quebrou a linha de tendência, estabelecendo o
estágio para um teste do fundo. A perda de ímpeto é um sinal de que a tendência está enfraquecendo e
se tornando mais bilateral, o que aumenta as chances de que ela se transforme em uma faixa de
negociação, como aconteceu aqui.

Uma vez que a barra 6 caiu abaixo da barra, o fundo falhou. A barra 6 deve ser vista como qualquer
outra fuga. Foi imediatamente seguida por uma barra de reversão de touro, configurando uma reversão
de duas barras.

FIGURA 5.4 Cunha de Topo

O SPY diário chegou ao topo em março de 2000 como mostrado na Figura 5.4. A barra 8 também
formou uma bandeira de urso com a barra 2. A barra 8 não alcançou a linha tracejada do canal de
tendência. Esta bandeira de urso foi seguida por uma enorme tendência de queda. No momento em
que se formou, não ficou claro se uma reversão de tendência estava ocorrendo. A maioria das reversões
de tendência vem das faixas de negociação. O mercado geralmente tem que fazer a transição para um
mercado bilateral antes de mudar de direção. Os touros fortes não apareceram até o recuo de fundo
duplo e a reversão de tendência de fundo mais alto no início de 2003.

FIGURA 5.6 Reversão tímida da linha do canal de tendência


Na Figura 5.6, as barras 3, 4 e 5 formaram um topo de cunha. Eu: dentro da cunha terminou com
consolidação que rompeu para baixo após a barra 6, mas pode considerar recua a média, no pinbar
seguinte confirmou a reversão fechando a baixo da média móvel. Entra short acima desta barra.

As barras 7, 8 e 9 criaram uma configuração de cunha ampliada. Barras 8 e 9 formaram fundo duplo. A
barra antes do bar 9 era uma grande barra de tendência de ursos e, portanto, uma tentativa de fuga. No
entanto, não houve venda de acompanhamento no próximo bar. Em vez disso, era uma pequena barra
de touro e, portanto, uma configuração de compra para uma fuga falhada. Mesmo que tenha caído
abaixo da barra 8, o rali que o precedeu teve cinco ou seis corpos de touro consecutivos e, portanto, foi
uma tentativa de fuga de touro razoavelmente forte.

FIGURA 5.7 Pico Parabólico

Como mostrado na Figura 5.7 , no Emini o mercado rompeu fortemente do intervalo e acima da linha B
do topo do canal de bull. Em seguida, inverteu na bar 9. A inclinação do pico aumentou e, portanto, foi
parabólico (a inclinação da linha do canal de tendência da barra 5 para a barra 9 foi mais acentuada do
que a inclinação da linha da barra 3 para a barra 5). O forte rally até bar 9 rompeu acima do canal de
bull (linha tracejada), mas depois reverteu de volta ao fundo do canal no sell-off para a bar 16 em duas
pernas. Quando uma fuga vai falhar, geralmente ocorre em cerca de cinco barras de quebra acima do
canal, como aconteceu aqui.

A barra 16 foi também um teste de fundo duplo da baixa do dia, que ocorreu no bar 6.

FIGURA 5.8 Cunha Parabólica de Urso e Touro


Conforme mostrado na Figura 5.8, na barra 4 a maioria dos traders não teria encurtado essa
configuração fraca, porque a barra 4 era uma barra doji após seis barras consecutivas sem um corpo de
urso. A bar 6 formou uma configuração de compra de recuo de breakout da barra 2, seguindo em alta
até a barra 7. Um rally sempre atinge alguma área de resistência, como um movimento medido ou uma
linha de tendência, onde os comerciantes terão lucros parciais ou totais, e os ursos agressivos terão
menos chance de um couro cabeludo para baixo. Este rally superou um alvo de movimento medido por
um par de ticks, mas provavelmente havia outros alvos na área também. Tanto os bulls quanto os bears
esperavam apenas um recuo, e ambos planejavam comprar quando o pullback terminasse (o que estaria
sempre em um nível de suporte, o que pode não ser óbvio). A razão para os alvos serem os alvos é que
a maioria dos negócios está sendo feita por computadores, e seus algoritmos são baseados em
matemática e lógica. Eles só compram em suporte e vendem a resistência. Estes níveis potenciais são
geralmente visíveis para os comerciantes experientes.

A linha de canal de tendência do barra 4 ao barra 7 era mais íngreme que a da barra 2 ao barra 4, o que
significa que a subida foi parabólica. A barra antes do barra 7 tinha uma cauda superior grande, o que
geralmente significa que os operadores que compraram o fechamento daquela barra estavam
procurando apenas um escalpo e depois um recuo. A bar seguinte à barra 7 era um inside bar de urso e
a barra de sinal para o curto. O mercado recuou por seis barras em uma bandeira de touro (aqui, um
micro canal de ursos) aé a barra 8, mas em vez de irromper para cima, a bandeira quebrou para baixo
após o bar 8. Operadores astutos (obs. Eu: movimento medido e provavelmente alvo de fibo de 100%)
estavam cientes dessa possibilidade e encurtaram abaixo da barra de seguinte à barra 7, e no breakout
abaixo da barra 8. Os comerciantes que fizeram a primeira entrada sabiam que ela tinha apenas 40% de
chance de sucesso, mas eles estavam procurando para uma reversão para baixo e uma recompensa que
era pelo menos o dobro do tamanho de seu risco e, portanto, tinha uma equação de negociante
positiva. Os operadores que encurtaram no rompimento da barra 8, seja quando o bar estava se
formando ou fechando, ou no fechamento de qualquer um dos seguintes bares, tinham provas de que
o mercado estava caindo e, portanto, seus shorts tinham pelo menos 60%. chance de sucesso (para
eles, eles queriam uma recompensa que fosse pelo menos tão grande quanto o risco deles). Eles
fizeram um lucro menor por uma probabilidade maior, e sua equação de trader continua positiva.

Obs. Coloquei de novo o gráfico aqui com as minhas linhas traçadas:


O gráfico à direita é um fundo parabólico. A barra 14 pode ser vista como uma segunda entrada curta.
A barra 15 era uma barra forte de reversão de touro em um fundo duplo e uma configuração de
compra, mas não reverteu, apenas corrigiu lateralmente. Os ursos viram a barra 16 como o fim de um
triângulo de urso. Tanto os touros quanto os ursos venderam abaixo da barra 16. Os touros estavam
saindo de seus longos e os ursos estavam iniciando shorts. Quando os touros são impedidos de fazer
uma reversão de um duplo fundo, eles geralmente esperam uma fuga e um movimento medido, e não
procuram comprar de novo pelo menos um par de barras. Isso permitiu que o mercado caísse
rapidamente.

A barra 17 tinha uma cauda no fundo, o que alertou os operadores de que o mercado poderia ter em
breve um recuo. Ela também teve um fechamento no meio, o que fez dele uma barra de reversão,
embora fraca. Esta foi a primeira tentativa de reverter a partir de um pico e as primeiras tentativas de
reverter geralmente falham. Havia mais vendedores acima da barra 17 do que compradores, como
esperado. A maioria daqueles shorts ficaram presos e compravam de volta os shorts acima da barra 18.
A bar 18 tinha uma forte massa de touros e a maioria dos traders esperava uma reversão até a média
móvel e talvez até a máxima da bar 15. A barra 18 estava em um ou mais níveis de suporte, embora
nenhum seja mostrado aqui.

O movimento até a bar 18 foi além de um alvo razoável de movimento, o que significava que os
computadores estavam olhando para outra coisa. Alvos de movimento mais medidos não levam a
reversões (mas ainda é útil desenhá-los), porque todas as reversões acontecem nos níveis de suporte e
resistência. Quando uma reversão acontece em um desses níveis, e o nível é especialmente óbvio, é um
bom lugar para os comerciantes de tendência obterem lucros e, freqüentemente, um lugar razoável
para os traders de contra tendência entrarem. A mínima final do dia também estava em um nível de
suporte. A mínima da barra 21 era de um tick abaixo da mínima do dia anterior e o fechamento da barra
21 estava exatamente na abertura do dia.

Como o bar 18 era um sinal de compra razoavelmente forte, a maioria dos traders entrou acima de sua
máxima. Isso deixou menos traders para comprar quando o mercado subiu. A cauda no topo da barra
18 e a barra doji que se seguiu eram sinais de que o mercado não tinha urgência para os touros, o que
significa que a configuração de compra não era tão forte quanto poderia ter sido. Quando os touros
não conseguem criar sinais de força, os comerciantes são mais rápidos para realizar lucros. A barra 19
atingiu 14 ticks acima da barra 18 e tinha um urso próximo. Isso significa que muitos touros tiveram
lucros em exatamente três pontos. Em vez de encontrar novos compradores à medida que o mercado
subia, encontrou lucro na média móvel. Embora as probabilidades ainda favorecessem uma segunda
etapa depois de um recuo, a maioria dos touros saía dos seus longos durante e abaixo da barra 19, e
estava apenas querendo comprar novamente acima da máxima desta barra de recuo. Isto nunca se
formou e o mercado caiu abaixo da barra 17 e fechou na mínima do dia. Os touros não tiveram tanto
lucro quanto esperavam fazer quando assumiram o negócio, mas isso geralmente acontece e não é
uma surpresa. Os comerciantes sempre têm um plano quando entram em um negócio, mas se a
premissa muda, eles mudam o plano. Muitos comércios acabam com lucros ou perdas menores do que
o que os comerciantes esperavam quando entraram. Os bons operadores simplesmente aceitam o que
o mercado lhes dá e depois passam para o próximo negócio.

Os traders estavam especialmente cautelosos com a possibilidade de um sell-off no final do dia, porque
o mercado teve uma quebra de urso no gráfico diário dois dias antes, depois de se recuperar por dois
anos. Quando um mercado pode estar se revertendo no gráfico diário, muitos traders buscam um sell-
off até o fechamento (assim como eles buscam uma recuperação no fechamento de uma tendência de
alta). Isso fez com que os traders não se dispusessem a comprar com base em ordens limitadas, quando
o mercado foi abaixo da 19 bar. Eles eram cautelosos e só queriam comprar depois que uma barra de
reversão fosse formada. Com tão poucos traders dispostos a comprar em ordens limitadas, enquanto o
mercado estava vendendo para fechar em um dia de baixa, a barra de sinal de alta nunca se formou.

FIGURA 5.11 Canal apertado

A queda até a bar 7 foi uma fuga e se tornou um canal de urso (eu: rompeu barra anterior e fundos 3 e
4.

No trecho da barra 9 à barra 11, a sobreposição de barras significa que o mercado está aceitando esses
preços mais baixos, não os rejeitando. Você precisa de um sinal de rejeição antes de comprar em uma
tendência de urso. Basear uma negociação na crença de que o mercado está atrasado para uma
correção é uma abordagem perdedora à negociação. As tendências podem ir muito além do que a
maioria dos traders imaginaria. Assim, um operador teram entrado curto apenas se caísse abaixo da
barra 9. A barra 12 rompeu por um tick. Este foi um comercio especialmente bom porque houve duas
tentativas fracassadas de inverter para cima (barras 10 e 12) e ambas falharam. Além disso, é muito raro
ter três falhas consecutivas, portanto, é provável que o próximo passo seja executado.

Um comerciante também poderia ter esperado um curto abaixo da mínima da barra 9, porque foi só
então que a cunha falhou definitivamente. O volume pesado no breakout (14.000 contratos no gráfico
de 1 minuto) confirmou que muitos traders esperavam até que o ponto fosse curto.

CAPÍTULO 6

Triângulos em expansão

Um triângulo em expansão pode ser um padrão de reversão ou de continuação e é feito de pelo menos
cinco oscilações (às vezes sete e raramente nove), cada uma maior do que a anterior. Parte de sua força
vem dos comerciantes presos na armadilha dentro dele. O alvo inicial é uma fuga além do lado oposto
do triângulo, onde o mercado frequentemente tenta reverter novamente. Se for bem-sucedido, a
inversão falhará e o padrão se tornará um padrão de continuação na tendência original.

Por exemplo, se houver um topo triangular em expansão (um padrão de reversão) em uma tendência
altista, o primeiro objetivo é uma quebra abaixo do padrão; na maioria dos casos, isso é o que acontece
com o comércio. Se a fuga for bem-sucedida, o próximo objetivo na reversão para baixo é um
movimento medido que tenha aproximadamente a mesma altura que a última perna no triângulo. Se o
breakout falhar e o mercado se inverter, o triângulo se tornará um padrão de continuação, que nesse
caso seria uma bandeira em forma de triângulo em expansão, já que é um triângulo em uma tendência
de alta. O alvo inicial seria um novo recorde, e geralmente isso é o que acontece com o comércio.

FIGURA 6.1 Fundo em triângulo em expansão no Emini

Um fundo de triângulo em expansão em uma tendência de urso muitas vezes mais tarde tenta se tornar
uma bandeira de urso. Na Figura 6.1, o mercado abriu com gap de alta e fez pullback até a barra 6 na
média móvel e no fechamento de ontem. O mínimo de ontem na barra 5 formou um fundo triangular
em expansão com as barras 1, 2, 3 e 4. Esse foi um padrão de reversão, uma vez que a tendência era de
baixa antes do triângulo. O primeiro objetivo foi um novo topo swing, que foi alcançado no bar 7. Então
o mercado geralmente tenta formar uma bandeira de urso, que é um padrão de continuação, já que é
uma faixa de negociação em uma tendência de urso. A propósito, os triângulos em expansão não
precisam ter uma forma perfeita e não precisam tocar nas linhas do canal de tendência (a barra 5 ficou
aquém).
O rally até o bar 7 foi muito forte, caiu até a barra 10 e onde reverteu na bandeira de touro. A barra 10
também testou a abertura do dia em gap.

FIGURA 6.2 Reversão do Triângulo de Fundo Expandido

Em um padrão de reversão de triângulo em expansão, os fundos continuam baixando e os topos


continuam subindo. Normalmente, há cinco turnos antes da reversão, mas às vezes há sete, como no
gráfico SPY de 5 minutos apresentado na Figura 6.2 . Geralmente existem razões válidas para escalpelar
cada perna (por exemplo, cada perna é um novo swing em uma faixa de negociação), mas uma vez que
a quinta perna esteja completa, uma tendência maior pode se desenvolver e é aconselhável balançar
parte da posição.

A barra 10 testou a mínima da barra 8, mas sua mínima foi um tick mais alta. Como um teste de fundo
duplo do fundo de ontem na parte inferior de uma faixa de negociação, foi uma boa configuração de
compra de reversão de abertura.

FIGURA 6.3 Segunda Entrada em Reversão de Triângulo em Expansão


Conforme mostrado na Figura 6.3 , as barras de 1 a 5 criaram as cinco pernas do fundo do triângulo em
expansão. A entrada foi um tick acima da barra 5 inferior. A barra 6 falhou em testar o máximo da barra
4 antes de cair para uma nova mínima. A barra 7 era uma chance de segunda entrada no triângulo em
expansão, mas com muitas barras entre as barras 5 e 7, o triângulo havia perdido sua influência e isso se
tornara apenas uma reversão do fundo duplo de uma nova mínima no dia.

A barra 8 formou um fundo mais alto que também foi um recuo do fundo duplo das barras 5 e 7 do
fundo duplo. Depois de atingir o alvo de um novo topo swing na barra 9 o mercado caiu com um alvo
abaixo da barra 7. Aliás, o mercado ficou abaixo do bar 7 no aberto do dia seguinte, atingindo o alvo. A
proporcionalidade era ruim, já que o espaçamento entre as barras 4 e 9 era muito maior do que entre as
barras 2 e 4. Quando a forma é pouco convencional, menos traders confiam nela e isso enfraquece o
padrão. No entanto, os traders ainda viram o bar 9 como o topo de uma linha de negociação e um teste
da abertura de ontem, e essas são razões suficientes para ficarem vendidos.

CAPÍTULO 9

Falhas

Uma falha é qualquer negociação que não atinja seu objetivo, resultando em um lucro menor ou, mais
comumente, uma perda. Como as configurações boas mais comuns têm uma taxa de sucesso de 60%,
elas têm uma taxa de falha de 40%.

Este capítulo discute algumas das ocorrências mais comuns de padrões que falham. É fundamental
entender que cada padrão falha em algum momento, e os comerciantes devem aceitar isso como uma
ocorrência normal. Veja um fracasso como uma oportunidade em potencial, porque frequentemente
cria um comércio lucrativo na direção oposta (pelo menos um escalpe). Em outros momentos, a falha
resultará em um segundo sinal na direção da configuração original.

Aqui estão algumas das falhas comuns que muitas vezes levam a negociações na direção oposta:

• Quebra falhada de qualquer coisa, como um topo ou fundo, uma linha de tendência ou uma
linha de canal de tendência.
• Falha ao romper um ímã, como um alvo de movimento medido, um topo ou fundo de swing
anterior, uma linha de tendência ou uma linha de canal de tendência.
• Cunha falhada.
• Barra de sinal ou barra de entrada com falha.
• Falha na reversão, como falha no fundo ou no topo duplo ou falha no padrão de cabeça e
ombros.
• Falha em atingir uma meta de lucro.

A maioria dos dias tem um monte de ação de preço de intervalo de negociação e oferecem muitas
entradas em topos swing falhados e rompimentos de fundos falhados. Quando o preço estiver acima de
um topo anterior de swing com momentum não for muito forte, faça um pedido para encurtar a
máxima mais alta em um tick abaixo da mínima da barra anterior. Se o pedido não for preenchido no
momento em que a barra fecha, mova o pedido até um tick abaixo da barra inferior que acabou de
fechar. Continue fazendo isso até que a perna atual fique tão alta e tenha tanto momentum que você
precise de mais ação de preço antes de fazer um curto. Aguarde outro recuo que quebre pelo menos
uma linha de tendência menor e, em seguida, procure encurtar um novo topo de swing.

Todos os padrões geralmente falham, não importa quão bons pareçam. Quando o fizerem, haverá
comerciantes presos que terão que sair com uma perda, geralmente a um tick além das barras de
entrada ou de sinal.

FIGURA 9.7 Quebra no intervalo de negociação geralmente falha

Quando um dia parece estar se desenvolvendo em um dia de intervalo de negociação, os traders


esperam que os breakouts fracassem e eles procuram enfraquecê-los. Como mostra a Figura 9.7.
Eu: fugir de mercado com corpos sobrepostos e muitas caudas.

FIGURA 9.8 Prendendo os Traders Fora de Bons Trades


A Apple (AAPL) tem sido uma das ações mais bem comportadas para day traders, mas, como muitas
outras ações, ela às vezes engana os negociadores, acionando os stops no início de uma reversão, como
mostra a Figura 9.8. Os comerciantes compraram a bandeira do touro de fundo duplo no bar 1,
entrando três ou seis barras mais tarde, quando o mercado ficou acima da máxima da barra anterior.
Muitos touros tiveram suos stops de proteção abaixo da barra 1. A barra 2 mergulhou abaixo da barra 1
por um tick e aprisionou os longos, mas formou uma bandeira de touro de fundo duplo com barra 1, o
que levou a uma reversão que levou para o dia seguinte. Para os touros presos era, psicologicamente,
difícil para eles comprarem. Eles teriam perseguido o mercado, entrando tarde, adicionando assim
combustível à recuperação.

FIGURA 9.9 Tops e fundos duplos na primeira hora

No topo duplo das barras 4 e 6 você sabia que o mercado estava formando uma faixa de negociação,
provavelmente um triângulo. Eu: na barra 8, o triângulo tinha virado faixa de negociação de alta.
O sell-off para o bar 9 tinha sete barras de comprimento sem força de alta, por isso teria sido melhor
esperar por uma segunda entrada. O recuo de breakout no bar 10 foi uma segunda entrada perfeita.

FIGURA 9.10 Bandeira de Touro Duplo Inferior com Falha

EU: triângulo na abertura, na barra 7 movimento medido em relação ao pico de abertura, entrada long
após rompimento e recuo à linha de resistência do fundo 6.

Como mostrado na Figura 9.10 , a barra 4 era uma configuração para uma entrada de sinalização de
fundo duplo, mas falhou com a barra 5. Isso levou a uma quebra abaixo do fundo duplo e depois um
movimento de duas pernas para o barra 7. Houve várias opções para ficar curto, como abaixo da barra
5, um ou dois tiques abaixo da barra 4 baixa, no fechamento da barra que quebrou abaixo da barra 4,
ou em o fechamento do próximo bar, que era um forte bar de acompanhamento.

FIGURA 9.14 Sinais Falhados no QQQ

Como mostrado na Figura 9.14 , cada uma dessas negociações de 5 minutos do QQQ alcançou entre 8
e 11 ticks antes de falhar. os stops de stop tirariam os escalpers por volta do ponto de equilíbrio em
todos eles. É cansativo cambalear se houver muitos negócios malsucedidos. Isso geralmente faz com
que um comerciante perca o foco e perca as negociações lucrativas. Em um dia de tendência clara do
urso, a melhor abordagem é negociar apenas com a tendência e procurar vender configurações baixas,
especialmente na média móvel. Sua porcentagem de vitórias será alta, permitindo que você tenha uma
atitude saudável e continue a receber inscrições, de preferência girando pelo menos parte de sua
posição.

FIGURA 9.15 Mudando para um alvo menor

AAPL geralmente gera $ 1,00 (os movimentos são geralmente mais de $ 1,00, permitindo que um
scalper obtenha lucros parciais em uma ordem de limite de $ 1,00). Como mostrado na Figura 9.15 , no
entanto, a barra 2 estendeu apenas 93 centavos acima da entrada acima da barra 1 e depois caiu. Os
comerciantes provavelmente teriam reduzido sua meta de lucro para cerca de 50 centavos de dólar. Eles
teriam conseguido obter lucros parciais nessa queda de 61 centavos.

FIGURA 9.16 Um pico de ursos pode ser uma oportunidade de compra

Como mostra a Figura 9.16 , a NetApp Inc. (NTAP) foi colocada à venda duas vezes durante essa
tendência de alta no gráfico diário, e os comerciantes compraram a remarcação de forma agressiva. Só
porque há um forte pico abaixo da linha de tendência não significa que a tendência acabou. A maioria
das tentativas de reversão parece ótima e a maioria falha. Por causa disso, traders experientes
comprarão descontos acentuados de forma agressiva, mesmo no fundo de um pico de urso. A bar 11
estava na base de 16% de sell-off, e ainda era uma bandeira e um fundo duplo com bar 7. Como o canal
de queda durava muitos barras, era mais seguro esperar para comprar num fundo mais alto como na
barra 13 ou no rompimento acima da barra 14.

A bar 22 era uma barra de tendência muito forte de urso até a média móvel, mas a alta da bar 15 para a
19 era muito forte. A barra de tendência do urso provavelmente foi baseada em uma reportagem
assustadora, mas uma barra de tendência forte não cria uma reversão. Na maioria das vezes, ela falhará
e levará a uma nova tendência alta. Bulls achava que uma faixa de negociação e uma nova alta eram
mais prováveis do que uma inversão bem-sucedida, e eles compraram o fundo da barra. Sua baixa
também formava um fundo duplo com barra 20 e provavelmente seria o fundo de uma faixa de
negociação ou uma bandeira de touro de fundo duplo. A barra de 22 teve um acompanhamento fraco e
foi para os lados por quatro barras sobrepostas, que tinham caudas proeminentes. Não é assim que
uma inversão de urso geralmente parece, e os ursos compraram de volta seus shorts. Sua compra,
combinada com os touros comprando aqui, levou à nova tendência alta.

FIGURA 9.17 A maioria das tentativas de reversão de tendência falha

Quando uma tendência de alta é forte como era no gráfico de 60 minutos do SPY mostrado na Figura
9.17, tem inércia e resistirá às tentativas de acabar. Ursos excessivamente ansiosos observaram fortes
picos de urso abaixo da média móvel e abaixo das linhas de tendência como sinais de que o mercado
estava revertendo para uma tendência de baixa. Os touros viram cada pico de urso como uma
configuração de compra. Eles sabiam que uma inversão bem-sucedida requer mais do que
simplesmente um pico de urso forte. Eles acreditavam que cada reversão falharia, porque a maioria faz,
e que o mercado estava indo mais alto, então eles estavam ansiosos para comprar retrocessos. Quando
o SPY começou a ser vendido por apenas 1 ou 2%, os touros compraram rapidamente, pois sabiam que
a venda não duraria muito.

FIGURA 9.18 Falhas podem às vezes ser um sinal de força


Conforme mostrado na Figura 9.18 , a reversão da tendência principal na barra 15 era forte e era
provável que houvesse pelo menos duas pernas para cima. No entanto, o rally to bar 19 não conseguiu
atingir a linha de tendência do urso. Empurrou acima da média móvel e aproximou-se o suficiente da
linha para estar dentro de seu campo magnético.

FIGURA 9.19 Apenas faltando um alvo e depois atingindo-o

Quando há um alvo de movimento medido bastante óbvio e o mercado chega perto o suficiente para
estar dentro de sua atração magnética, mas não perto o suficiente para os traders acreditarem que ele
foi adequadamente testado, o mercado freqüentemente recua e então faz um teste mais convincente.
Como mostrado na Figura 9.19 hoje, foi um dia de negociação de tendências no Emini e o óbvio alvo de
movimento medido foi um movimento medido baseado na faixa de abertura. Barras 7 e 9 vieram
dentro de três ticks, mas a maioria dos traders não acha que o teste está completo, a menos que o
mercado chegue a um tick. O teste não conseguiu atingir o alvo, mas estava perto o suficiente para
fazer os comerciantes acreditarem que o ímã estava influenciando a ação do preço. Os traders queriam
ver se o mercado cairia depois de testá-lo ou se quebraria e se elevaria para uma meta maior. Aliás, se o
teste for quatro ou mais ticks acima do alvo de movimento medido, Isso geralmente significa que o
mercado está ignorando o alvo e está se preparando para uma meta mais alta. Eu: mas não chegou na
meta, não confiar se não chega na segunda vez.

PARTE II

Daytrade

Se você ainda não é consistentemente lucrativo, você não deveria estar olhando para escalpos de um
ou dois pontos no Emini ou escalpes de 10 a 20 centavos em estoques como a pedra angular de sua
negociação. Na verdade, você deve evitar o couro cabeludo até que você seja um profissional
experiente, porque você precisa de uma porcentagem vencedora muito alta para ser rentável, e isso é
difícil, mesmo para traders experientes.

A primeira consideração no dia de negociação é a seleção do mercado e tipo de gráfico que você
deseja usar. É melhor negociar ações que são populares com instituições, porque você quer reduzir a
chance de manipulação por um especialista ou criador de mercado, e você quer uma diferença mínima
entre o preço da sua ordem e o preço executado. Há tantos grandes negócios todos os dias em
qualquer cesta de cinco a 10 ações que você não terá que recorrer a ações com pequeno volume que
podem acarretar riscos adicionais.

Quanto mais barras em seu dia, mais negócios você fará, e o risco será menor por negociação. No
entanto, talvez você não consiga ler os gráficos com rapidez suficiente para ver as configurações e
talvez não tenha tempo de fazer os pedidos sem um nível inaceitável de erros. Além disso, alguns dos
melhores negócios acontecem tão rapidamente que você provavelmente perderá muitos e então ficará
com todos os negócios que são menos lucrativos. Há um ponto ideal matemático que você terá que
determinar com base em sua personalidade e habilidades de negociação. Os comerciantes mais bem
sucedidos podem negociar um gráfico de de 5 minutos. A ação do preço em um gráfico de 3 minutos é
muito semelhante e oferece mais negociações e stops menores, mas, em geral, tem uma porcentagem
menor de ganhos. Se você achar que está perdendo muitos negócios, especialmente os negócios mais
lucrativos do dia, cosidere subir seu time frame, por exemplo, gráfico de 15 minutos.

Você também pode usar gráficos baseados em volume (como cada barra representando 25.000
contratos) ou ticks (por exemplo, cada barra representando 5.000 alterações de preço ou ticks) ou
gráficos de barras simples. Os gráficos de linhas também são negociáveis, mas os operadores de ações
de preço perdem muita informação quando não conseguem ver barras ou velas.

Em geral, uma vez que o seu risco por negociação é menor quando você negocia o intraday, você deve
negociar o número máximo de contratos. Warren Buffett foi citado dizendo: "Se vale a pena um
centavo, então vale a pena dez centavos". Uma vez que os traders consistentemente lucrativos
decidiram que eles têm uma entrada válida, eles precisam estar preparados para negociar um número
razoável de contratos.

Os traders estão sempre pensando na melhor maneira de maximizar sua lucratividade, e as duas
considerações mais importantes são a seleção do negócio e o tamanho da posição. Um novo operador
deve focar principalmente em balançar apenas as melhores duas a cinco entradas por dia, que são
geralmente as segundas entradas na forma de reversões em topos e fundos swing em dias sem
tendência (talvez 80% dos dias) e picos e recuos em dias de tendência. Uma vez que um trader é
consistentemente lucrativo, o próximo objetivo deve ser aumentar o tamanho da posição em vez de
adicionar entradas com menor probabilidade. Se um comerciante consistentemente mantiver apenas
um ponto por dia no Eminis, mas negociar 25 contratos, isso será de mais de $ 1.000 por dia. Se o
comerciante pode obter até 100 contratos, ele fará $ 1.000.000 por ano. Se ele fizer quatro pontos por
dia, isso significa $ 4.000.000 por ano. Para ações muito líquidas com preços acima de $ 100, um trader
experiente pode lucrar 50 centavos por dólar na maioria dos dias, e essas ações podem lidar com
pedidos de 1.000 a 3.000 ações com slippages mínimos. Os fundos negociados em bolsa (ETFs), como o
QQQ, podem receber ordens de 10.000 ações, mas a faixa diária é menor, e um lucro líquido diário mais
realista seria de 10 a 20 centavos para um bom negociante, ou um par de cem mil dólares um ano.

Concentre-se em tomar os melhores negócios e, em seguida, aumentar o seu volume.

CAPÍTULO 11

Principais momentos do dia

O dia de negociação pode ser dividido em três períodos, e embora os mesmos princípios de ação de
preço se apliquem ao longo do dia, há algumas generalizações sobre cada período que são úteis para
os traders. Qualquer tipo de ação de preço pode acontecer a qualquer hora do dia, mas há uma
tendência de que a primeira ou segunda hora seja a hora mais provável do dia para encontrar uma
negociação na qual você possa fazer de duas a três vezes o risco. Este é o momento mais importante do
dia, e para a maioria dos comerciantes é o momento mais fácil de ganhar dinheiro (e o mais fácil de
perder dinheiro, se um comerciante não for cuidadoso). Em geral, a maioria dos traders deve trabalhar
muito duro para fazer negócios na primeira ou segunda hora, porque esses negócios têm a combinação
de recompensa, risco e probabilidade do melhor negociador. Por causa de sua importância, os capítulos
da Parte III discutem em detalhes.

Muitas vezes há relatórios às 7:00 am PST, e eles geralmente levam à tendência do dia. Os
computadores têm uma vantagem clara na velocidade de análise e colocação de pedidos e são seus
concorrentes. Quando sua competição tem uma grande vantagem, não compita. Espere que a
vantagem deles desapareça e negocie quando a velocidade não for mais importante. Uma vez que a
direção foi estabelecida (longo ou curto), então procure tomar a tendência do comércio. Mesmo que
você perca a primeiro ou dois barras, se a tendência for forte, ainda haverá muitos pontos no trade.

No gráfico diário, há muitas vezes uma pequena cauda abaixo das barras de tendência de alta e acima
das barras de tendência forte de urso. Estes são frequentemente causados reversões na abertura. Por
exemplo, se os touros acharem que o dia provavelmente será um dia de tendência de alta e que assim
desde as primeiras barras do dia, a maioria deles acreditará que essa provavelmente será a mínima do
dia e uma grande oportunidade de comprar com um tremendo valor que em breve desaparecerá. Se
eles estiverem certos, o mercado se recuperará e eles terão comprado na mínima do dia. No gráfico
diário, haverá uma pequena cauda na parte inferior da barra de tendência de alta que resultou do sell-
off de três barras na abertura. Porque eles estavam prontos para essa possibilidade, esses touros
espertos fizeram uma recompensa enorme, arriscando pouco, em uma negociação que provavelmente
tinha pelo menos 50% de chance de sucesso (lembre-se, por causa do caráter geral do mercado, eles
acreditavam que o dia estava prestes a se recuperar).

O meio do dia, começando por volta das 8h30 às 9h30 e terminando por volta das 11h às 11h30 e às
vezes até às 12h30, é mais propenso a negociações bilaterais, como intervalos de negociação ou
canais . Esta é a hora do dia em que os intervalos de negociação mais apertados são os mais comuns.
Este é um ambiente terrível para entrar em stops. Em mercados muito bilaterais, quando o mercado cai
um pouco, os compradores entram em cena e assumem o controle. Assim, entrar em stops conforme o
mercado está caindo é exatamente o oposto do que as instituições estão fazendo nesses intervalos de
negociação apertados. Os compradores são os ursos que saem dos seus curtos rentáveis e os bulls que
compram escalpos. No topo, o oposto acontece e a venda predomina. Os touros vendem seus longos e
lucrativos escalpos, e os ursos vendem para iniciar um couro cabeludo curto. Há comerciantes de swing
também, mas, em geral, quando o mercado está em uma faixa de negociação, seja ou não apertado, a
maior parte do volume é de escalpelamento. A melhor maneira de ganhar dinheiro como trader é fazer
o que as instituições fazem, por isso, se você for negociar em uma faixa de negociação, procure o couro
cabeludo, e compre baixo, venda alto. Porque muitas das configurações de comércio são para escalpos
e a maioria dos comerciantes não pode ganhar a vida com escalpelamento, eles devem ser muito
seletivos durante esse tempo.

Comerciantes iniciantes tendem a perder dinheiro no terço médio do dia. Eles geralmente perdem mais
do que fizeram no primeiro terço do dia, e se for esse o caso, eles devem considerar não negociar no
terço intermediário, a menos que os sinais sejam especialmente fortes. Muitos comerciantes ganham a
maior parte do seu dinheiro nas primeiras horas do dia e depois negociam muito menos ou nada
durante o meio do dia. Não há nada de errado nisso. Seu objetivo é ganhar dinheiro e não negociar o
dia todo. Se a ação do preço é boa durante todo o dia e você não está cansado, então é
financeiramente sábio negociar o dia todo. No entanto, isso geralmente não é o caso. O terço
intermediário tende a ter muito mais negociações bilaterais, canais, faixas de negociação apertadas,
muitas reversões, barras de tendência sem seguimento e muitos dojis. A menos que os traders sejam
muito seletivos com suas entradas stop, eles devem apenas esperar que a ação do preço se torne mais
previsível. É sempre melhor não fazer negócios do que fazer negócios onde suas perdas são maiores
que suas vitórias. Não importa quanta experiência os iniciantes acumulem, um intervalo comercial
apertado será sempre difícil de negociar.

Os três períodos do dia geralmente criam um padrão de retomada de tendência. Por exemplo, se
houver um sell-off por algumas horas e, em seguida, um rally em torno de 11:30 PST, o mercado pode
vender novamente depois disso, retomando a tendência de baixa do primeiro terço do dia. Às vezes, o
padrão é claramente de cima para baixo ou de baixo para cima, mas com mais frequência é menos
óbvio, embora a tendência ainda esteja lá. Devido a isso, muitos traders verão qualquer movimento no
terço médio do dia que reverte um movimento do primeiro terço como simplesmente um possível
recuo da tendência inicial. Eles então procurarão o retorno da tendência original por volta das 11:30 da
manhã, e se houver um sinal de que é isso que está acontecendo, eles farão o negócio. Mesmo nos dias
em que o padrão não está claro, os traders sabem que o mercado geralmente faz algumas mudanças
em torno das 11h30. No entanto, alguns dias a reversão ocorrida no meio do dia permanece até o
fechamento. Os traders não abraçam nenhuma direção em particular às 11h30, mas estão sempre
prontos para um movimento em qualquer direção, à medida que o mercado entra no terço final do dia
e as instituições começam seus negócios finais.

O período final do dia vai até o fim; muitas vezes retoma a tendência do início do dia, como em um dia
de retomada de tendência, mas às vezes inverte a tendência e forma um dia de reversão. Se houver
uma forte tendência de alta no gráfico diário, a maioria dos dias terá fechamentos acima da abertura e
o mercado geralmente tentará se recuperar nos 30 a 60 minutos finais. Dias de tendência de urso têm
mais dias com fechamentos abaixo das aberturas e muitas vezes vendem até o fechamento.

Existem dois tipos muito diferentes de ação de preço que os negociadores devem procurar nos 30 a 60
minutos finais, porque cada uma oferece oportunidades se os negociadores estiverem preparados, e
cada uma delas coloca problemas se eles não estiverem. Primeiro, o mercado às vezes terá uma
tendência implacável na meia hora final, já que os gerentes de risco dizem aos seus operadores que eles
precisam cobrir suas posições perdedoras antes do fechamento. Os programas de momentum
detectam a tendência forte e também negociam com a tendência implacavelmente, contanto que o
momentum continue. Em alguns dias, muitos fundos mútuos terão ordens similares para preencher até
o fechamento. Os comerciantes que querem entrar em pullbacks ficam presos porque um recuo nunca
chega. Se você vir isto, entre com a tendência no fechamento da barra atual e coloque sua stop de
proteção além da outra extremidade da barra. Se a tendência continuar até o fim, você pode fazer um
lucro inesperado rápido. Vale notar que os operadores geralmente se cansam e, como sua vantagem é
pequena, devem abster-se de negociar, caso não consigam negociar no seu melhor. Os comerciantes
podem ficar cansados, entediados ou distraídos a qualquer momento durante o dia e não devem
negociar até que estejam de volta ao normal. Os computadores não se cansam e negociam até o
fechamento assim como fizeram o dia todo. Esta é outra das vantagens que eles têm sobre os
comerciantes individuais.

Quando há uma tendência de alta no gráfico diário, quase sempre haverá mais barras de tendência de
alta do que barras de tendência de urso. O oposto é verdadeiro quando há uma tendência de urso. Por
exemplo, se o mercado está em uma tendência forte de urso e há uma alta moderada na última hora,
muitos traders esperam que o dia feche perto de sua mínima e que a barra no gráfico diário seja uma
barra forte de urso com fechamento perto de sua mínima. Por causa disso, os traders experientes serão
rápidos encurtar qualquer rally que comece a reverter no final do dia, esperando um fechamento perto
da mínima do dia. Outros traders vão esperar que o sell-off fique claro e depois encurtar. O resultado é
muitas vezes uma forte tendência de queda no encerramento de um dia de tendência de urso, quando
há uma tendência de urso no gráfico diário. O oposto é verdadeiro para as tendências de alta no gráfico
diário, onde a preponderância das barras fechando perto das máximas e o mercado muitas vezes sobe
no fechamento após uma queda antes da hora final.

O outro tipo de fechamento é mais difícil para os traders porque, em vez de prendê-los do lado de fora
de uma negociação vencedora, tende a estopá-los com perdas. O mercado tenderá no fechamento, mas
terá barras grandes, caudas grandes e duas ou três reversões que acionam os stops, mas não atingem o
stop original além da barra de sinal. Se a sua premissa de que há uma tendência no fechamento está
correta e o mercado está formando uma barra ou duas com caudas grandes, você pode ganhar dinheiro
se mudar de posição e manter o stop inicial até depois do recuo, e então apertar o stop para além do
recuo.

Sempre que um relatório é divulgado, seja às 7h, PST, housing report, ou às 11h15 um anúncio do
FOMC, o slippage é comum quando você entra ou sai do seu negócio, então o risco geralmente é maior
e a recompensa é muitas vezes menor. Além disso, a probabilidade é de apenas 50%. O resultado é uma
equação de negociante ruim, e a maioria dos traders deve esperar por segundos a minutos até que o
mercado se torne ordenado antes de fazer uma negociação.

FIGURA 11.1 Os gerentes de risco contribuem com tendências para o fechamento


Como mostrado na Figura 11.1, o rali no fechamento deveu-se em parte ao tapa de ombro do gerente
de risco. À medida que o mercado começou a subir e chegou ao bar 22, todos os operadores que
encurtaram após o bar 10 estavam em risco de perder posições ao final, e todos aqueles que
encurtaram no bar 16 já estavam perdendo. Os gerentes de risco nas empresas de trading monitoram
as posições que os operadores estão mantendo no fechamento. Seus bônus dependem de seu
desempenho. O trabalho do gerente de risco é ser friamente objetivo, e ele vai dizer aos comerciantes
para comprar de volta seus shorts. Se isso acontecer em empresas suficientes, pode contribuir para uma
tendência de alta implacável no fechamento.

Uma vez que os traders perceberam o que estava acontecendo, eles poderiam ter comprado acima dos
breves recuos nas barras 21 e 23 ou comprado o fechamento de qualquer barra, e então colocado stops
de proteção abaixo de sua barra de entrada. Os programas de momentum detectam a compra
implacável e começam a comprar também, e continuarão a comprar enquanto o movimento de alta for
forte. As compras mútuas e de fundos de hedge que entram em ação também podem contribuir. Todos
esses comerciantes estão fazendo o oposto quando o mercado chega ao fim.

FIGURA 11.2 Tendências no fechamento podem ser assustadoras


Você pode estar certo sobre a tendência para o fechamento e ainda perder dinheiro quando o mercado
tem um par de dojis antes do fechamento. Como mostrado na Figura 11.2, como o mercado começou a
formar dojis em torno do bar 20, havia o risco de um forte recuo. Se você comprou acima da barra 16,
você poderia ter usado uma stop apertado abaixo da barra 20 ou uma stop de ponto de equilíbrio. No
entanto, se você comprou o fechamento da barra 19 ou acima da barra 21 doji, você precisou arriscar
pelo menos abaixo da barra 19. As caudas foram um aviso de que o mercado estava bilateral. Se você
fizer uma negociação nesse tipo de mercado, e somente traders muito experientes deveriam considerar
a possibilidade de permanecer no mercado quando o mercado entrar em uma faixa de negociação
apertada no final do dia, você tem que negociar swing e usar um stop amplo.

Este foi um dia de retomada da tendência, em que houve um rali aproximadamente no primeiro terço
do dia, terminando no bar 5 e, em seguida, uma faixa de negociação no meio do dia, e uma retomada
da tendência de alta no fechamento do dia.

FIGURA 11.3 Reversão do meio-dia


Após a tendência do dia se estabelecer dentro da primeira hora, o mercado freqüentemente reverte no
início do terço médio do dia, entre 8:00 e 9:30 (geralmente por volta das 8:30 da manhã). Às vezes, o
mercado entra em um intervalo de negociação por várias horas e, em seguida, irrompe em qualquer
direção em algum momento na última hora ou duas. A fuga pode levar a um dia de retomada de
tendência ou a um dia de reversão.

CAPÍTULO 12

Mercados

As técnicas de ação de preço funcionam em todos os mercados, mas a maioria dos day traders prefere
mercados que tenham muitas entradas por dia no gráfico de 5 minutos e podem lidar com tamanhos
de posição grandes sem slippage. O contrato de futuros Emini de 5 minutos da Standard & Poor's (S &
P) pode lidar com qualquer tamanho de pedido que um operador individual possa fazer. O contrato de
futuros da Russell, no entanto, é popular entre alguns operadores individuais, porque eles acham que
ele é bom de negociar e a margem é relativamente pequena. Mas a maior parte dos comerciantes
individuais bem-sucedidos acaba desejando negociar mais contratos do que o Russell pode lidar sem a
preocupação com o slippage.

Ao começar, você deve considerar o SPY ao invés do Emini. Se o Emini estiver sendo negociado em
torno de 1.100, o SPY estará em torno de 110,00 e um couro cabeludo de oito ticks para dois pontos no
Emini é um couro cabeludo de 20 cents no SPY (cada tick Emini é duas vezes e meia maior que um tick
SPY) . Um Emini é equivalente a 500 SPY. Se você negociar de 300 a 500 SPY, poderá sair da sua posição
de swing e não correr muito risco. Uma vantagem do SPY é que o tamanho do couro cabeludo de 20
cents parece tão pequeno e vem tão rápido que será mais fácil fazer fazer swing trades do que de
escalpos, o que é uma abordagem melhor quando se está começando. Você notará que o SPY
geralmente vai a um tick da entrada ou do stop de saída quando o Emini não. Por causa disso, alguns
traders usam um stop de dois ou três ticks no SPY.

Uma vez que você tenha aumentado seu tamanho de posição para 1.000 a 1.500 SPY, se você planeja
continuar a aumentar seu tamanho, mude para o Emini, que pode suportar um grande volume sem que
o slippage seja um problema significativo. Quando você está começando, você pode escalpelar 100 SPY
usando uma meta de lucro de 20 centavos e uma stop de proteção de 20 centavos, o que equivale a um
stop Emini de dois pontos, portanto seu risco é de apenas $ 20 mais comissões. No entanto, você não
pode escalpelar e ganhar dinheiro no SPY, a menos que suas comissões sejam mínimas, como $ 1,00
para 100 ações. Além disso, você precisa de um sistema de entrada de pedidos que permita fazer
pedidos rapidamente. Caso contrário, basta balançar o comércio até que você seja consistentemente
bem sucedido e, então, procurar adicionar alguns escalpes.

Futuros de moeda, câmbio (forex) e títulos do Tesouro e note futures podem lidar com grande volume,
mas dão menos entradas do que os Eminis na maioria dos dias. Títulos e notes podem ter tendências
prolongadas no intraday, então quando um trade se configura, muitas vezes você pode entrar e deixá-
lo seguir por horas. O mercado forex normalmente não oferece muitos bons negócios durante a sessão
do dia Emini, e como você não quer distrações, é melhor evitá-lo durante o dia se você estiver
negociando ativamente os Eminis. Os futuros da DIA e da Dow são um pouco escassos, então o
slippage pode ser um problema para os escalpers. Assim como o SPY é idêntico ao Eminis, o QQQ é
idêntico aos futuros do NASDAQ. O QQQ também é muito popular entre os comerciantes de daytrade e
pode acomodar grandes ordens

Muitas ações negociam muito bem intraday. É mais fácil negociar apenas aquelas com uma média diária
de vários dólares e um volume médio de cinco milhões de ações ou mais. Você quer escalpelar 50
centavos a um dólar com o mínimo de slippage, e você quer a possibilidade de que a parte de swing
renda bem. Atualmente, a Apple (AAPL), a International Business Machines (IBM), a Google (GOOG), a
Amazon (AMZN), a Goldman Sachs (GS), a Oil Service HOLDRS (OIH), a UltraShort Oil and Gas ProShares
ETF (DUG), a Ultra Financials ProShares ETF (UYG) e SPDR Gold Trust (GLD) são todos bons, mas há
muitos outros, e você pode adicionar ou subtrair de sua lista conforme necessário.

CAPÍTULO 13

Quadros Temporais e Tipos de Gráficos

Para um scalper, é mais fácil usar um gráfico de vela de 5 minutos para o Emini. No entanto, para
negociação de swing intraday do Emini ou ações, um simples gráfico de barras de 5 minutos também
funciona bem.

As técnicas de negociação de ação de preço funcionam em todos os mercados e em todos os prazos,


de modo que os traders precisam tomar a decisão básica óbvia de quais mercados e prazos devem
negociar. O objetivo da maioria dos traders é maximizar a lucratividade a longo prazo, e implícito nisso
é que cada trader precisa encontrar uma abordagem que atenda à sua personalidade.

Tempos gráficos maiores, tem mais entradas, mas isto dificulta acompanhar os gráficos corretamente
rápido o suficiente em tempo real para poder colocar sua entrada, seu stop, o alvo e finalizar
corretamente os pedidos com precisão, e fazer isso constantemente por sete horas por dia, ano após
ano. Para muitos traders, quanto menor o período de tempo, mais bons negócios eles perdem, e menor
é a porcentagem vencedora. A maioria dos comerciantes simplesmente não consegue processar a
informação com rapidez suficiente. Invariavelmente, eles selecionam e tendem a não escolher as
melhores configurações, que são as mais importantes. Os melhores negócios geralmente são
configurados e acionados tão rapidamente que são fáceis de perder, e então você fica com todos os
negócios que são menos bons, incluindo todos os perdedores.

Para a maioria dos traders é muito mais lucrativo focar nos melhores negócios de 5 minutos e trabalhar
no aumento do tamanho da posição. Uma vez que eles possam negociar com sucesso, eles podem
ganhar uma incrível quantia de dinheiro e ter uma alta porcentagem de ganhos, o que resulta em muito
menos estresse e uma melhor capacidade de manter seu desempenho ao longo do tempo.

Além disso, à medida que seu tamanho de posição aumenta, em algum momento, o volume afetará o
mercado em muitos negócios em um gráfico de 1 minuto. Como um exemplo extremo, se você tivesse
uma ordem de limite de meta de lucro para vender 5.000 contratos Emini a dois ticks acima do
mercado, qualquer um com uma escada de preços veria a aberração e você teria dificuldade de ser
preenchido em 10 a 15 negociações dia. Além disso, inserir esse tamanho em um stop resultaria em um
ou dois pontos de slippage, o que arruinaria a relação risco / recompensa do escalpelamento. Um
trader pode negociar até 5.000 contratos por negociação usando a ação do preço, mas não com as
técnicas de entrada e saída de escalpelamento necessárias para a maioria das negociações. Você pode
algum dia ter o problema de ter que repensar sua abordagem porque seu volume está afetando
negativamente seus preenchimentos!

O gráfico de 1 minuto pode ser útil em duas situações. Se o gráfico de 5 minutos estiver em uma
tendência fora de controle e você estiver fora do mercado, mas quiser entrar, é possível procurar em um
gráfico de 1 minuto por recuos para entrar com a tendência. A segunda situação em que os gráficos de
1 minuto são úteis para os traders experientes está no swing trade de ações em tendência fora do
gráfico de 5 minutos. Quando as ações estão tendendo, elas são muito respeitosas com a média móvel
e as negociações com tendência podem ser realizadas em configurações na média móvel, arriscando a
altura da barra de sinal. Os comerciantes podem reduzir esse risco de alguma forma entrando no
gráfico de 1 minuto na primeira reversão após um toque ou penetração na média móvel no gráfico de 5
minutos. Se você traçar as médias móveis de 5 minutos e 20 minutos no gráfico de 1 minuto, poderá
ver rapidamente os toques e, em seguida, fazer o pedido. Na verdade, você precisa plotar uma média
móvel de 90 barras no gráfico de 1 minuto como substituto para a média móvel de 5 minutos e 20
barras. Por que 90 e não 100 bares? Como a média móvel no gráfico de 1 minuto é recalculada no final
de cada barra de 1 minuto, e não apenas no fechamento de cada quinta barra, então a ponderação das
barras mais recentes tende a fazer uma média de 100 barras se mover um pouquinho muito plana. Além
disso, os quatro primeiros fechamentos no gráfico de 1 minuto não fazem parte da média móvel de 5
minutos. Para corrigir isso, use uma média móvel de 90 barras (eu uso uma média móvel exponencial,
mas qualquer média móvel é boa), que é muito próxima da média móvel de 5 minutos e 20 barras. Na
prática, você raramente terá tempo de olhar para um gráfico de ações de 1 minuto por causa do seu
foco no Emini. No entanto, quando um estoque está fortemente tendendo, você pode ocasionalmente
fazer entradas rápidas do gráfico de 1 minuto.

Implícito nesta discussão é que pode haver tendências opostas em diferentes períodos de tempo. Por
exemplo, se o mercado está em forte alta há algumas semanas, mas nos últimos dois dias ele está em
um canal de tendência e nos últimos 15 minutos está em um recuo até a média móvel de 5 minutos
caindo, então o gráfico de 5 minutos está em uma tendência de baixa, o gráfico de 1 minuto está em
uma tendência de alta e os dois dias de movimento descendente provavelmente formam uma bandeira
de touro no gráfico de 60 minutos. Também é possível que o gráfico diário seja de baixa e o gráfico
mensal seja otimista, ambos ao mesmo tempo. É confuso demais tentar conciliar tudo isso, e é uma
perda de tempo esperar que todos os prazos estejam indo na mesma direção, porque isso raramente
acontece, e mesmo que isso aconteça, não há garantia de um comércio lucrativo. Basta escolher um
período de tempo e negociar a ação de preço que está à sua frente. Se você ler corretamente e
negociar bem, você se sairá bem sem saber o que está acontecendo em todos esses outros gráficos.
Muitos comerciantes usam gráficos onde as barras são baseadas no volume e não no tempo. Por
exemplo, um gráfico Emini pode ser construído onde cada barra fecha assim que 5.000 ou mais ticks
tiverem ocorrido, ou assim que 25.000 contratos sejam negociados. Não importa o tipo de gráfico que
você usa, desde que esteja confortável com a velocidade necessária para ler o gráfico e fazer o pedido.
Os padrões em todos os gráficos são baseados no comportamento humano e, portanto, são os
mesmos. As linhas de tendência tendem a ser mais precisas em gráficos baseados no tempo do que
aquelas baseadas no volume, mas muitos traders não se preocupam com linhas de tendência precisas e,
em vez disso, usam aproximações.

Eu tenho um grupo de amigos que usam gráficos de ticks baseados em números de Fibonacci, e outros
amigos que usam gráficos de tempo baseados em tempos estranhos, como oito ou 13 minutos. Tudo
funciona em parte do tempo, mas é mais fácil negociar se você escolher apenas um gráfico. Não
importa se é um gráfico de tick, um gráfico de volume ou um gráfico de tempo, e não importa quantos
ticks, contratos ou minutos estão em cada barra. Haverá ótimos sinais de ação de preço em todos os
tipos de gráficos durante todo o dia. O que é muito mais importante é a capacidade de um operador de
ler em tempo real e gerenciar as negociações corretamente. Eu pessoalmente gosto do gráfico de 5
minutos porque linhas de tendência e linhas de canais de tendência são frequentemente precisas, há
muitas configurações todos os dias e posso ver quando a barra está prestes a fechar, o que me permite
antecipar negociações. Com gráficos de ticks ou de volume, uma onda de negociações ao longo de
alguns segundos pode fazer com que a barra feche muito mais cedo do que o esperado, e acho que
acabo perdendo muitos desses grandes sinais que são tão fáceis de ver se imprimir o gráfico no final do
dia. Além disso, as linhas de tendência são menos precisas. Há também uma tendência para os traders
que usam gráficos baseados em ticks ou volume usarem gráficos de tempo menores. Eles fazem isso
para minimizar seus tamanhos de stop, esperando que o risco reduzido resulte em ser lucrativo.
Invariavelmente, eles ignoram o trade-off de uma porcentagem menor de ganhos e acabam perdendo
dinheiro.

FIGURA 13.1 Negociação Swing com Gráficos de Barras

Um simples gráfico de barras, como os da Figura 13.1, é tudo o que é necessário para balancear o
comércio usando a ação do preço. Quando há uma tendência, procure entrar com tendência em um
pullback. Além disso, após uma forte quebra de linha de tendência, procure inserir a tendência em um
teste, como um fundo mais alto ou mais baixo em uma possível nova tendência de alta, se houver uma
barra de reversão forte.

FIGURA 13.2 Recuos no Gráfico de 1 Minuto

Se o gráfico de 5 minutos não tiver recuos e você estiver com dificuldades em entrar longo, considere
olhar para o gráfico de 1 minuto (veja a Figura 13.2). A miniatura do Emini de 5 minutos mostra que
subiu 11,75 pontos acima da abertura sem um recuo. Se os traders perdessem a tendência na abertura,
eles teriam perdido o swing inteiro, porque não havia pullbacks. No entanto, se eles olhassem o gráfico
de 1 minuto, havia três configurações (barras A, B e C) onde poderiam ter entrado. Os bulls agressivos
comprarão ordens limite na mínima da barra anterior no gráfico de 1 minuto, esperando que cada
tentativa de reversão falhe rapidamente. Depois de um tempo, eles administrarão seus negócios no
gráfico de 5 minutos, nunca olharão para o 1 minuto e, de repente, perceberão que são reversões que
podem ser encurtadas. Você observou o 1 minuto por apenas um motivo - para encontrar entradas
longas, porque não havia recuos no gráfico de 5 minutos. A tendência de negociação no gráfico de 1
minuto custará dinheiro. Na verdade, essas três configurações longas têm exatamente o preço que os
shorts de 1 minuto teriam coberto e, conforme cobrissem, se tornariam compradores adicionais e
ajudariam a impulsionar o mercado.

FIGURA 13.3 Pullbacks na média móvel no gráfico de 1 minuto


Como mostrado na Figura 13.3 , este gráfico de 1 minuto de AAPL durante um dia de tendência de
queda forte ofereceu três bons curtos na média móvel exponencial de 90 barras (equivalente a EMA 20
de 5 minutos) com baixo risco (a altura da barra). A miniatura mostra o forte pico de 5 minutos e a
tendência do urso do canal. A maioria dos comerciantes deve usar apenas um gráfico e não se
preocupar em olhar para um gráfico de 1 minuto. É fácil ficar em transe por todos os pequenos
movimentos no gráfico de 1 minuto e perder a grande figura no gráfico de 5 minutos e, em seguida,
acabar fazendo menos lucro. É muito fácil para os iniciantes negociar em excesso, saírem cedo demais, e
não permitirem que os lucros corram, e acabem perdendo dinheiro, mesmo que tenham encurtado
todo o caminho corretamente.

FIGURA 13.4 Gráficos de Volume e Tick Têm Mais Barras ao redor da Primeira Hora
Os três gráficos mostrados na Figura 13.4 foram da mesma sessão do dia da Emini. O do topo é um
gráfico de 5 minutos, o do meio tem 1.500 ticks por barra (1.500 negócios por barra), e o de baixo tem
20.000 contratos por barra (cada barra fechada na primeira negociação que fez o volume de 20.000 ou
mais contratos desde o início da barra). Eles tinham uma ação de preço semelhante e todos eram
negociáveis, mas como o volume mais alto geralmente ocorre na primeira hora, os gráficos de tick e
volume estavam distorcidos, com muito mais barras por hora no início do dia e na hora final.

FIGURA 13.5 Ação de preço funciona em qualquer período de tempo e qualquer tipo de gráfico
O gráfico à esquerda na Figura 13.5 tem um Fibonacci de 4.181 ticks por barra, e o gráfico à direita é
um gráfico de barras de 8 minutos. Ambos tinham muitas configurações confiáveis. Cada tipo de gráfico
fornece bons sinais durante algum tempo, mas é mais fácil negociar se você escolher apenas um
gráfico. Não importa se é um gráfico de tick, um gráfico de volume ou um gráfico de tempo, e não
importa quantos tiques, compartilhamentos ou minutos estão em cada barra. Você pode escolher
números totalmente aleatórios. O que é muito mais importante é a capacidade de um operador de ler
em tempo real e gerenciar as negociações corretamente. Todos os gráficos mostram o mesmo
comportamento.

FIGURA 13.6 Barras e Reversões Grandes durante um Relatório


Os relatórios podem levar a movimentos muito emocionais com grandes barras, barras externas e várias
reversões. Nos segundos a minutos após o lançamento de um relatório, a negociação informatizada
pelas instituições dá a eles uma vantagem clara na velocidade da análise e na colocação de pedidos.
Quando sua competição tem uma grande vantagem, não entre em competição com eles. Espere até
que a vantagem desapareça e negocie quando a velocidade não for mais importante, o que geralmente
ocorre após as primeiras um a três barras. Apesar da emoção que os movimentos rápidos e as grandes
barras geram em todos os operadores, as configurações de ação de preço ainda são muito confiáveis.
Em geral, sempre balance a parte da posição com um stop de equilíbrio, porque às vezes um balanço
vai muito além do que você poderia imaginar.

Como mostra a Figura 13.6 , o relatório do Federal Open Market Committee (FOMC) foi divulgado às
11h15 (muitas vezes sai com vários minutos de atraso) e causou negociações emocionais, como
evidenciado por grandes barras, bares externos e várias reversões dentro dos próximos 30 minutos. No
entanto, os operadores de ações de preço que se lembravam das regras básicas se saíram bem. A barra
2 era uma grande barra de reversão de touro, mas sempre que há muita sobreposição com a barra
anterior, uma faixa de negociação pode estar se formando e você nunca deveria estar querendo
comprar no topo de uma faixa. Em vez disso, procure por barras pequenas e segundas entradas.

A barra 4 foi a segunda tentativa de reverter o breakout abaixo do mínimo do dia. As segundas entradas
valem sempre a pena, e uma tendência de alta dentro da barra é tão boa quanto é provável que você
chegue em um dia emocional. Como isso teria resultado em pelo menos duas pernas para cima, você
precisava balançar parte de sua posição. O stop inicial foi em torno do meio da barra de sinal e, em
seguida, um tick abaixo da barra de entrada 4, assim que a barra fechou. Daí em diante, o stop poderia
então ter movido para baixo da mínima da barra anterior e, eventualmente, ter sido alterada para ponto
de equilíbrio.

Os dias emocionais muitas vezes levam a tendências que levam muito mais do que você poderia
imaginar, e pegar um como esse é muito mais lucrativo do que os lucros combinados de muitos, muitos
escalpos. Aqui, a tendência de alta continuou por quase 30 pontos, ou cerca de $ 1.500 por contrato.

CAPÍTULO 14

Globex, Premarket, Postmarket e Overnight Market

As mesmas técnicas de ação de preço aplicam-se a todos os mercados, a qualquer hora do dia ou da
noite. Há tantos comerciantes internacionais sofisticados que muitos mercados são negociados 24 horas
por dia. Os extremos do pré-mercado são muitas vezes alvos que são testados durante a sessão do dia,
mas não é necessário olhar para os preços da Globex ao negociar a sessão do dia, já que muito pouco é
ganho e a ação diária do preço da sessão dará sinais adequados. Muitos traders usam o gráfico da
Globex ao longo do dia quando estão negociando o dia, e isso é perfeitamente razoável. Eu prefiro o
gráfico de sessão do dia, uma vez que linhas de tendência e linhas de canal de tendência que se
estendem por dois ou mais dias são muito confiáveis nos gráficos de sessão do dia e importantes para
minha negociação.

FIGURA 14.2 Negociando o pré-mercado


O pré-mercado é comercializável, mas normalmente não há muitas entradas na hora ou duas antes que
a Bolsa de Valores de Nova York abra às 6:30 da manhã (ver Figura 14.2 ). Muitas vezes, há relatórios às
5h30 que resultam em tendências rápidas e reversões.

FIGURA 14.4 O Globex e a Sessão do Dia Frequentemente Têm Configurações Diferentes

Como mostra a Figura 14.4 , o gráfico de barras da sessão de 24 horas do Globex tinha um triângulo em
expansão terminando na barra 5 (as barras 1 e 3 eram as duas primeiras do topo do triângulo) e a
miniatura mostra a sessão do dia com a mesma numeração. Observe como são diferentes.

CAPÍTULO 15

Sempre no mercado

Este pode ser o conceito mais importante na negociação. Os comerciantes devem avaliar
constantemente se o mercado está tendendo, e uma abordagem “sempre no mercado” (always-in) pode
ajudar um trader a fazer essa determinação importante. Se você tivesse que estar no mercado em todos
os momentos, seja longo ou curto, qual posição você optaria. Alguma variação disso é usada por
muitos comerciantes, incluindo instituições. Por exemplo, a maioria dos fundos mútuos geralmente é
sempre longa, e a maioria dos fundos de hedge permanece quase totalmente investida, mas
geralmente tem posições sempre longas em alguns mercados e, ao mesmo tempo, posições sempre
vendidas em outros. Os operadores individuais devem considerar o uso de uma abordagem se eles
tenderem a perder muitos movimentos grandes.

Os negociadores que fazem mitas transações por dia estão sempre mudando de posição. Eles podem
reverter a cada novo sinal ou obter lucros assim que o balanço começar a enfraquecer e então procurar
uma negociação em qualquer direção. Poucos comerciantes permanecem no mercado durante todo o
dia, revertendo a cada sinal oposto. A maioria dos comerciantes precisa fazer pausas durante o dia e
eles têm dificuldade em fazer negócios de reversão. Embora eles normalmente negociam como um
swing trade, saindo antes de procurar uma negociação na direção oposta. Eles se concentram mais em
obter um lucro que é pelo menos tão grande quanto o risco, em vez de reverter no próximo sinal
oposto.

Se os comerciantes olharem para o gráfico neste momento e forem forçados a iniciar uma posição
agora, seja ele curto ou longo, devem decidir a favor de uma direção ou outra. Esta é a direção de pelo
menos a tendência de curto prazo. Se eles não podem formular uma opinião, eles devem olhar para a
média móvel e para o movimento que levou ao atual estado de incerteza (lembre-se, a incerteza
significa que o mercado está em uma faixa de negociação). Se a maioria dos fechamentos das barras
recentes estiver abaixo da média móvel, a posição provavelmente será curta. Se eles estiverem acima, é
provavelmente longo. Se o movimento que leva à faixa de negociação for uma recuperação, a posição
é provavelmente longa. Se foi um sell-off, é provavelmente curto. Se você simplesmente não consegue
decidir, então o mercado está numa faixa de negociação e você procura comprar na baixa e vender na
alta. Seu objetivo é se sincronizar com o que o mercado está fazendo. É como quando você era criança
e dois de seus amigos estavam balançando uma corda de pular e você estava prestes a correr e
começar a pular a corda. Você iria assistir intensamente para sentir o ritmo. Quando você estava
razoavelmente confiante, começava a pular. Com a negociação, uma vez que você está razoavelmente
confiante de onde o mercado está indo, essa é a hora de entrar.

Alguns traders usam gráficos de período de tempo mais altos para determinar a direção. Por exemplo,
se eles negociarem o gráfico de 5 minutos e o gráfico de 60 minutos estiver em uma tendência de alta e
acima da média móvel, eles procurarão apenas as configurações de compra no gráfico de 5 minutos.
Outros usam indicadores em gráficos de tempo maiores da mesma maneira. Por exemplo, se o
estocástico de 60 minutos estiver subindo, eles procurarão apenas recuos no gráfico de 5 minutos.
Alguns traders não se sentem confortáveis avaliando de 10 a 20 reversões por dia no gráfico de 5
minutos e preferem um gráfico de tempo mais alto, onde pode haver apenas três a cinco decisões por
dia. Essa é uma abordagem eficaz, mas como as barras são maiores, os stops também precisam ser
maiores e isso significa que os tamanhos das posições devem ser menores.

É uma abordagem de swing para negociação. Para que seja eficaz, os comerciantes devem procurar
apenas os três mais significativos até 10 swings por dia e não continuar revertendo a cada sinal menor.
Quando uma tendência forte transita para uma faixa de negociação, a posição permanece inalterada. Se
os comerciantes vão negociar na faixa de negociação, eles devem escalpelar a maioria ou todos os seus
negócios.

O mercado geralmente se define em algum momento na primeira hora, e muitos traders gostam de
fazer uma negociação sempre nesse ponto.

Desde que você está balançando durante a negociação, você tem que permitir pullbacks, que são
inevitáveis. A maioria dos recuos não são entradas de reversão, então você não pode se permitir estar
constantemente se preocupando com cada movimento contrário à sua posição. Em geral, se houver um
recuo que tenha atingido um ponto de equilíbrio e, em seguida, o mercado retomar em sua direção por
várias barras, ele não deve voltar ao seu preço de entrada novamente. Portanto, na maioria dos casos,
você pode mover sua stop para o ponto de equilíbrio. Se for atingido por esse segundo recuo e você
não tiver certeza da direção do mercado, saia do mercado até se sentir confortável com outro setup.

Para as ações, os stops de equilíbrio têm menos chances de serem atingidos, por isso é mais lucrativo o
swing trade. Se o mercado parece estar revertendo contra o seu negócio, mas ainda não reverteu, saia
de uma parte do negócio, de um quarto para um terço, mas sempre tente deixar pelo menos um quarto
até que o ponto de equilíbrio seja atingido, até que haja um sinal oposto claro e forte, ou até o
fechamento. As tendências muitas vezes vão muito além do que você poderia imaginar.
Mantenha a posição através de recuos repetidos até sair do seu preço alvo, até que haja uma
configuração de reversão clara ou até que o stop de proteção seja atingido. Às vezes, um recuo é
violento, mas não o suficiente para desencadear uma reversão constante, portanto, mantenha-se fiel ao
seu plano original e não fique incomodado com uma única grande barra de tendência contra sua
posição. Se sua stop for atingida, fique fora do mercado até que haja outra configuração clara e forte
em qualquer direção. Se houver uma configuração clara e forte, repita o processo. Se o seu tamanho de
negociação é de dois contratos e você está longo em um contrato, quando um padrão de reversão for
acionado, venda três. Um tira você da sua posição longa restante e os outros dois iniciam o processo
nesta nova direção oposta. Escalpe o primeiro com alvo de uma a duas vezes o tamanho do seu risco e
balance o segundo.

A chave para essa abordagem é entrar ou reverter somente quando há uma configuração clara e forte.
Se não, confie no seu ponto de equilíbrio, mesmo que você possa devolver todos os ganhos em sua
parte de balanço. Se você acompanhar uma pequena cesta de ações, quase todos os dias, pelo menos,
um vai configurar com uma entrada confiável que permitirá que você coloque em um comércio de
swing.

FIGURA 15.1 Negociação Swing Always-In

A negociação always-in pode ser uma abordagem lucrativa de swing trade tanto durante os dias de
tendência e quanto nos dias de intervalo de negociação, se os dias da faixa de negociação tiverem
oscilações suficientemente grandes. Como mostrado na Figura 15.1 , o primeiro dia foi um dia de
intervalo de negociação, e a abordagem always-in poderia ter marcado 52 ticks, ou cerca de $ 600 por
contrato. O segundo dia começou com uma tendência do urso e depois entrou em uma faixa de
negociação. Um operador always-in poderia ter ganho 79 ticks ou cerca de $ 950 por contrato. Um
comerciante que negociou dois lotes, escalpelando um e balançando outrou, poderia ter 10 escalpos de
sucesso no dia, gerando um adicional de $ 450 por contrato por dia. Parece fácil, mas é muito difícil de
fazer.

FIGURA 15.2 Gráficos de tempo mais alto


Um gráfico de 5 minutos, como o da direita na Figura 15.2 , tem 81 barras e mais de 20 reversões na
maioria dos dias. Os traders que se sentem desconfortáveis em tomar tantas decisões sobre a direção
podem reduzir o número de decisões reduzindo o número de barras no gráfico. A numeração das
barras nos três gráficos é a mesma. O gráfico no canto superior esquerdo é um gráfico de 15 minutos e
o do canto inferior esquerdo tem 10.000 tiques por barra. Ambos os gráficos de prazos mais longos
tiveram muito menos reversões, mas tiveram vários bons sinais, que foram suficientes para um
comerciante ganhar a vida. Como as barras são maiores, os stops precisam ser maiores para dar ao
comércio uma chance de trabalhar. Para manter o total de dólares em risco, o mesmo que com um
trade no gráfico de 5 minutos, o tamanho da posição deve ser menor.

CAPÍTULO 16

Escalpelamento Extremo

Existem firmas de negociação de alta frequência que fazem dezenas de milhões de transações por dia
em uma cesta de 4.000 ações, e elas escalam por apenas um centavo de lucro em cada negócio. Essa
forma de escalpelamento é tão extrema quanto possível, mas é algo que os operadores médios sem
supercomputadores localizados próximos das bolsas não podem esperar fazer.

Em geral, como o escalpelamento geralmente requer que o risco seja maior que a recompensa, a
porcentagem vencedora deve ser de pelo menos 70% para ser consistentemente lucrativa. Isso não é
realista para a maioria dos traders, mesmo para traders muito bem sucedidos. No entanto, existem
algumas pessoas que podem fazer. A maioria dos traders, no entanto, só deve fazer negócios onde a
recompensa é pelo menos tão grande quanto o risco, porque o percentual de vencimento exigido de
pelo menos 60% é muito mais realisticamente possível. Melhor ainda, os comerciantes devem se
concentrar nas transações onde a recompensa é duas vezes maior que o risco, porque então elas
ganharão dinheiro mesmo que ganhem apenas metade do tempo.

Mesmo que os comerciantes devam se concentrar em oscilações, eles podem se surpreender ao saber
que há muito mais configurações do couro cabeludo em um gráfico de 5 minutos do que eles
imaginam. No entanto, apenas porque as configurações existem não é uma razão adequada para levar
os negócios. De fato, praticamente ninguém deve tentar pegar os 30 a 40 escalpos que estão presentes
em um gráfico de 5 minutos de um dia comum, porque é tão difícil ler o gráfico com precisão suficiente
para rapidamente ser capaz de negociar lucrativamente dessa maneira. Cerca de um terço das
configurações são para entradas de stop e cerca de dois terços são para entradas de ordem limite. Isso
vale para todos os mercados e todos os prazos; cerca de metade das barras têm configurações
razoáveis de couro cabeludo. Os traders devem procurar oscilações de dois a quatro pontos.

FIGURA 16.1 Escalpelamento Extremo (imprimir toda a análise)

O gráfico Emini de 5 minutos mostrado na Figura 16.1 ilustra o escalpelamento extremo. Existem 81
barras por dia, e cada terceira está numerada no gráfico. Se um comerciante queria escalpelar 1 ponto
usando um stop de dois pontos, havia pelo menos 40 oportunidades para fazê-lo hoje. Lembre-se, um
comerciante que entra com ordem stop geralmente precisa de um movimento de seis ticks além da
barra de sinal para poder escalpelar quatro ticks com uma ordem de limite de lucro.

A barra 1 era uma barra de reversão de touro e uma possível quebra de falha abaixo de uma bandeira
de urso do fechamento de ontem. No entanto, seu topo estava a apenas quatro ticks abaixo do
fechamento de ontem e da média móvel, então pode não haver espaço suficiente para comprar um
couro cabeludo. Os comerciantes que compraram acima do barra 1, na maioria teria saído em torno do
ponto de equilíbrio.

A barra 2 era um doji, e não pode fechar acima da barra 1. Isso era um sinal de fraqueza para os touros
e um sinal de força para os ursos. Um comerciante poderia ter feito um pedido curto a um tick abaixo
da barra 2.

A barra 3 não preencheu o pedido curto, mas era de urso e a barra não conseguiu ir acima da barra 2.
Assim, formou um topo duplo com a barra 2, logo abaixo da média móvel, e poderia ter levar a uma
perna para baixo. Um comerciante poderia ter encurtado o fechamento da barra e saído acima de sua
alta ou revertido para longo lá, ou encurtado com um sell stop a um tick abaixo de sua mínima. Os
comerciantes poderiam ter considerado escalpelamento de um ou dois pontos, balançando a posição
inteira (eles teriam ganho seis ticks), ou escalpelando parte (talvez metade) e balançando parte,
esperando por 3 a 4 pontos no seu swing.

A barra de entrada da barra 4 era uma forte barra de tendência de urso e tentou formar a nova mínima
do dia abaixo da barra 1, mas falhou e tentou sair abaixo de sua mínima. Uma vez que o mercado
estava abaixo da média móvel e desabou de uma bandeira de urso de ontem, os ursos eram fortes e
poderiam criar um bom swing para um movimento medido. A barra 2 poderia ter terminado como a
máxima do dia, e o dia poderia ter se tornado um dia de tendência forte de queda. Com esta força de
urso, os operadores poderiam ter encurtado mais no fechamento abaixo da barra 2, ou num stop a
baixo da barra 4, ou abaixo da barra 1 para uma nova mínima do dia.

A grande barra 5 de rompeu abaixo da barra 1. Isto poderia ter sido um sinal de aumento de força pelos
ursos ou de venda climática. Uma vez que a barra perfurou a linha de canal de tendência de urso, se o
mercado tivesse se invertido de lá, poderia ter pelo menos duas pernas para cima. Além disso, uma vez
que essa teria sido a segunda tentativa de reverter a mínima de ontem e também ela poderia ter
formado a mínima do dia. Os comerciantes poderiam ter encurtado no fechamento da barra, mas se o
fizessem, precisavam estar preparados para sair em torno do ponto de equilíbrio, se o mercado parasse
ali, e tinham que estar preparados para reverter para longo. O dia abriu em gap, em seguida, recuou
para a média móvel e agora fez um clímax de venda. Isso poderia ter sido um pico e clímax inferior, e
como no Emini a máxima ou a mínima do dia se forma aproximadamente nos primeiros 90 minutos
em cerca de 90% dos dias , os comerciantes tinham que considerar toda possível reversão como um
possível extremo do dia.

A mínima da barra 6 era de apenas cinco tiques abaixo do fechamento da barra 5, então os ursos que
encurtaram abaixo da barra 5 conseguiram fazer apenas um tick de escalpo e, nesse momento, eles
estavam nervosos. Eles podem ter saído acima dessa barra e alguns podem até ter revertido para longo.
Como o bar era uma barra de tendência de urso, os ursos ainda estavam no controle, e a maioria dos
traders teria ficado a descoberto. A barra 6 baixa também foi um movimento medido exato do tamanho
da barra 1, e um teste de fuga perfeito de uma forte alta de dois dias atrás (não mostrado).

A barra 7 foi uma inversão de duas barras de touro. Isto foi um problema para os ursos. A maioria teria
tentado sair no ponto de equilíbrio, mas estaria disposta a sofrer uma perda de um ou dois tiques.
Alguns operadores teriam comprado o fechamento da barra prevendo ser a mínima do dia e uma
provável alta de duas pernas. Outros traders teriam entrado longo em gráficos de prazos menores e em
reversões em outros tipos de gráficos, como gráficos de volume ou ticks. Como cerca de metade da
faixa da barra 6 estava sobreposta tanto pela barra antes quanto pela barra depois, uma pequena faixa
de negociação estava se formando. Os negócios de contra tendência geralmente têm recuos, portanto,
se os comerciantes compraram acima da barra 7, eles precisaram manter seus longos durante o recuo
esperado enquanto esperavam pela formação de uma mínima mais alta.

A barra 8 fechou em sua máxima, então os touros compraram no fechamento do bar. No entanto, a
venda até o bar 6 foi forte, então a primeira tentativa de reverter a tendência provavelmente fracassaria
e provavelmente seria seguida por uma tentativa de derrubar o mercado. Uma alternativa era comprar
esse forte fechamento. Se os operadores esperassem recuos ao longo do caminho, eles poderiam ter
procurado comprar ou um ou dois tiques abaixo da mínima de qualquer uma das barras seguintes.

A barra 9 era uma barra de reversão de urso, e foi incapaz de fechar acima da máxima da barra 8, que
era uma barra de touro forte. Talvez os touros estivessem fracos e a reversão da barra 8 falhasse e se
tornasse um recuo do rompimento da barra 1. Mas poderia haver uma segunda perna para cima, então
ao invés encurtar um tick abaixo da barra 9, aqueles já longos teriam segurado sua posição com stops
abaixo da barra 5. Como era apenas um tique acima do mínimo do dia, eles provavelmente teriam
diminuído um ponto abaixo da mínima do dia. Alguns touros que ainda não haviam comprado
esperariam para comprar uma mínima mais alta, se formada. Alguns touros agressivos teriam colocado
ordens limitadas para longo em um, dois ou três ticks abaixo da mínima da barra 9. Todas essas ordens
teriam dado suporte ao mercado. Se o mercado caisse um tick abaixo da barra 9 e então subisse dois
ou três ticks dentro dos próximos segundos, alguns bulls que tivessem ordens limitadas para comprar a
dois ticks mais baixo teriam mudado suas ordens limite longo por um tick ou dois ticks porque eles
teriam ficado mais ansiosos para entrar quando viram o mercado não vender. Eu: touros forçaram na
abertura depois perderam para os ursos e estes não conseguiram ir abaixo da abertura da barra
anterior, então havia indecisão sobre quem tinha a força, sendo a alta mais provável, ainda que com
recuo no caminho até a média móvel.

Os ursos viram a barra 10 como um topo duplo em uma tendência de ursos e esperavam que ela
resultasse em um movimento similar ao movimento que seguiu as barras 2 e 3 do topo duplo. No
entanto, eles estavam preocupados de que o fundo pudesse ter sido a barra 6 e teriam saído
rapidamente de seus novos curtos se o mercado não caísse acentuadamente, como fez no início do dia.

A barra 11 caiu dois ticks abaixo da barra 9 e depois subiu rapidamente. Os touros que tentaram
comprar a um tick abaixo da barra 9 ficaram felizes em entrar longo, e aqueles que queriam comprar
em dois ou três ticks abaixo do bar 9 temeram ter perdido a chance. Eles estavam mudando suas ordens
limite para ordens de mercado, o que fez com que a barra 11 subisse rapidamente. Além disso, os ursos
que encurtaram abaixo da barra 9 ficaram com medo de que uma possível alta e, então, eles agora
estavam cobrindo a mercado ou acima das máximas de 1, 2 ou 3 minutos, ou acima das barras nos
gráficos de volume ou tick. A barra 11 fechou acima dos fechamentos das últimas seis barras (um sinal
de força), e foi essencialmente uma barra de alta no início de uma possível nova tendência de alta.
Alguns touros teriam comprado esse forte fechamento, dado que seguiu a força das barras 7 e 8 e a
tendência podia ter-se invertido. Não conseguiu ter uma máxima acima da alta da barra anterior, mas
com uma mínima abaixo da barra anterior e uma máxima igual aquela barra, estava perto o suficiente
para o mercado reagir a ela como se fosse uma barra externa. Neste ponto, era um topo triplo com as
duas barras anteriores, e se o mercado não conseguisse reverter e em vez disso fosse um tick mais alto,
o padrão teria se tornado um topo falhado e provavelmente seria seguido por mais compra. As barras 9,
10 e 11 formaram um pequeno triângulo em expansão que poderia ter funcionado como uma bandeira
de touro em vez de um padrão de reversão assim, uma segunda perna de alta era provável.

Bar 12 rompeu acima da máxima do topo triplo. Mesmo sendo uma barra pequena, atingiu dois ticks
acima do topo triplo. Se ele revertesse depois de romper apenas um tick, os operadores teriam visto
isso como uma possível armadilha de touros e eles teriam procurado sair dos longos. Alguns ursos
teriam feito pedidos para entrar curto a um tick abaixo dessa barra, caso a tendência de queda fosse
retomada. No entanto, com sua máxima tão próxima da média móvel, eles teriam se sentido mais
confiantes em relação aos seus curtos se o mercado primeiro tocasse na média móvel. Muitos não
teriam ficado procurado encurtar até que a média móvel fosse tocada, porque até que ela fosse tocada,
eles teriam se preocupado que o mercado pudesse ir para o lado até que fosse testado. Quando o
mercado fica dentro de um tick de um ímã, os operadores não se sentem confiantes sobre o teste, a
menos que o mercado receba faça este tick extra e realmente toque o ímã. Até que isso aconteça, eles
geralmente não negociarão agressivamente como se fosse um recuo completo. Alguns bulls teriam
adicionado longos acima dessa barra, pensando que os ursos fracassaram em reassumir o controle, o
que fez com que o mercado tivesse mais chances de subir. A máxima da barra 12 era de dois ticks
abaixo da mínima da barra 3 e estava a um tick do ponto de equilíbrio de quem encurtou ali. Se o
mercado caído aqui, isso criaria um teste de fuga perfeito (perfeito porque testava esses stops o mais
próximo possível sem realmente atingi-los). Se, em vez disso, o mercado subisse um tick mais alto, esse
teste de quebra teria falhado; aqueles shorts restantes teriam coberto, e sua compra teria impulsionado
o mercado para cima. Os longos sabiam disso e teria colocado stops de compra para adicionar aos seus
comprados exatamente aquele preço para lucrar com aquela cobertura dos ursos.

A barra 13 era uma barra forte de breakout de bull, fechando bem acima da média móvel, da linha de
tendência de bear, e da máxima da barra 5 grande de urso. A bandeira do urso fracassou e quebrou
para o lado positivo, e os comerciantes teriam procurado por um movimento medido para cima. Se
tivesse sido uma bandeira de urso de sucesso, eles esperariam um teste da mínima do dia. Uma vez que
ele falhou, eles esperavam que subisse o mesmo número de pontos. Os touros teriam comprado este
fechamento para um teste da máxima do dia. O alcance do dia tinha sido de apenas cinco pontos, o
que era cerca de metade da média diária recente, de modo que o mercado poderia ter formado um
movimento medido para cima ou para baixo. Neste ponto, uma vez que os ursos tinham acabado de
cobrir, seria improvável que eles ficassem curtos até pelo menos mais duas tentativas e isso deixaria os
touros com o controle nas próximas barras. Um movimento medido de alta era mais provável do que
uma queda nesse ponto.

A barra 14 era uma barra de inversão de urso que poderia ter formado uma máxima mais baixa e uma
fuga falhada. No entanto, pelas razões expostas acima, era mais provável que o mercado tivesse pelo
menos duas tentativas para cima após a quebra da barra 13, portanto, se um curto fosse acionado, seria
mais provável que ele falhasse, e a falha criaria um recuo e os touros, portanto, teriam tentado comprar
qualquer movimento abaixo de sua mínima. Se houvesse apenas um tick a mais, os touros agressivos
teriam colocado suas ordens limite para longo na mínima da barra 14. Isso porque provavelmente não
haveria ursos suficientes encurtando abaixo da barra 14 para preencher todas as ordens limite longo
feitas por touros agressivos. Desde que os touros estavam no controle, provavelmente haveria mais
comerciantes procurando comprar do que procurando vender. Alternativamente, os touros poderiam ter
simplesmente comprado a mercado, logo que caísse abaixo da barra 14. Outros touros teriam colocado
ordens limite para longo em dois e três ticks abaixo.

Finalmente, alguns touros teriam visto toda configuração de urso como uma configuração de touro e
teriam presumido que teria havido ursos que encurtaram nesta barra e que eles teriam que comprar de
volta seus shorts em algum momento, e muitos teriam seus stops de compra a um tick acima da barra
14. Os touros inteligentes sabiam disso e estavam sempre tentando entrar longo exatamente ao preço
em que os ursos presos comprariam de volta seus shorts. Esses longos, portanto, teriam colocado stops
de compra em um tick acima da barra 14.

A barra 15 rompeu a máxima da barra 14, mas recuou no fechamento. Era possível que o fundo duplo
das barras 14 e 15 pudessem deixar de ser uma bandeira de touro e levar a uma queda, tal como
aconteceu com o fundo duplo das barras 2 e 3. Além disso, a barra 15 formava um topo duplo com as
barras 2 e 3 na abertura do dia, de modo que o dia poderia ter alcançado a sua máxima e poderia ter
uma queda em um movimento medido para abaixo da mínima do dia. Se, em vez disso, o mercado
rompesse para cima, o movimento teria sido uma fuga para uma nova máxima do dia e haveria mais
ursos cobrindo seus shorts e novos touros escalpelando o breakout.

A barra 16 foi um rompimento de grande alcance que rompeu a linha de canal de tendência. Poderia ter
sido um clímax de compra e poderia ser seguida por pelo menos uma correção lateral de duas pernas
para baixo que poderia ter durado uma hora ou mais. Sempre que há uma grande barra de alta após
uma tendência de alta ter ocorrido por um tempo, as probabilidades favorecem que ela represente
exaustão, com os últimos bulls comprando, os últimos shorts cobrindo, e os touros e ursos fortes
esperando pelo fechamento de grande barra de touro, como esta, para vender (os touros vendendo
seus longos para obter lucros, e os ursos iniciando novos curtos). Os shorts restantes teriam saído
apenas em um recuo, e os touros fortes teriam comprado novamente apenas após um recuo. Isso seria
semelhante ao clímax de venda que a barra 5 representava. O topo do bar 16 estava a apenas cinco
ticks abaixo da máxima de ontem, que é sempre uma área de resistência e, portanto, os comerciantes
que procuravam comprar acima da alta dessa barra para um couro cabeludo estariam preocupados se o
mercado poderia ir além dessa resistência para fazer seu lucro de um ponto. Um teste exato da máxima
de ontem era mais provável do que uma fuga acima da máxima, mas uma máxima mais baixa era ainda
mais provável, especialmente depois de uma ultrapassagem da linha de tendência do canal.
A barra 17 inverteu para baixo depois de mover três ticks acima da barra 16. Touros tardios foram
rápidos em sair, e ursos agressivos estavam começando a encurtar. A barra 17 tornou-se uma barra de
reversão de urso forte, e os ursos teriam encurtado em seu fechamento e em um tique abaixo de sua
mínima. Outros ursos já teriam encurtado em gráficos de tempo menores. Esta foi uma configuração de
urso que os touros não comprariam. Uma vez que o mercado caísse abaixo da mínima da barra 17, os
bulls a viriam como um rompimento falhado acima da linha do canal de tendência de alta, e eles e os
bears esperariam uma correção de duas pernas que duraria uma hora ou mais. Os touros não teriam
procurado comprar de forma agressiva até que a correção estivesse completa. Como os traders estavam
esperando por uma correção de duas pernas, os bears teriam começado a colocar ordens limitadas para
encurtar uma máxima mais baixa. Mas uma subida acima da barra 17 seria um forte pico de touro,
assim, os touros esperariam um canal de touro e um movimento medido para o alto que teria tantos
pontos quanto o pico da barra 6 até a 11 ou até a barra.

A barra 18 não desencadeou um curto e quase se tornou inside bar de touro. Como os traders estavam
esperando uma correção de duas pernas, os touros inteligentes não teriam procurado comprar acima
de sua máxima, e os bears agressivos teriam ordens limite para encurtar na sua máxima e um ou dois
ticks mais altos com um stop acima da barra 17.

A barra 19 não preencheu essas ordens limite curtas na máxima da barra, e também não acionou os
stops de venda abaixo das barras 17 e 18. Em vez disso, havia agora um padrão inside bar. Os touros, no
entanto, ainda não comprariam, e os ursos estavam ansiosos por encurtar.

A barra 20 era agora uma configuração de inside bar triplo de urso, que favoreceu os ursos. Mas eles
ainda estava esperando para encurtar abaixo da barra 17 (que estava abaixo do inside bar triplo), e em
uma máxima mais baixa.

A barra 21 pode ter sido a armadilha que todos esperavam. Foi a segunda perna de alta para cima (a
barra 18 foi a primeira) e estendeu um tick acima da barra 18, onde outros touros equivocados também
provavelmente passaram muito tempo. Não havia ursos presos, porque os ursos mais conservadores
teriam entrado em uma stop abaixo do bar 17 e isso ainda não havia acontecido. Os únicos ursos no
mercado agora eram os espertos e agressivos que esperavam por uma armadilha de touros. Eles
queriam touros presos no mercado porque se o mercado caísse, esses touros teriam que vender seus
longos, e isso aumentaria a venda. Além disso, depois que havia touros presos, os touros iam querer
esperar por mais ação de preço antes de tentar comprar novamente. Os touros inteligentes já estavam
esperando por uma correção de duas pernas, então não houve nenhuma compra séria aqui. Os touros
fracos erroneamente compraram o padrão inside bar triplo. Ursos inteligentes estavam curtos a 1, 2 e 3
ticks acima do padrão inside bar triplo com um stop protetora acima da barra 17. Os ursos teriam
procurado encurtar abaixo desta barra 21 e especialmente abaixo da barra 17, que era uma barra forte
de reversão do urso. A maioria dos ursos teria esperado até um pouco abaixo da barra 17, porque eles
veriam isso como uma confirmação do topo. No entanto, os ursos inteligentes estavam apenas à
procura de um couro cabeludo, uma vez que o movimento para cima tinha sido forte, e o alcance do
dia ainda era menor que a média. Neste ponto, se o intervalo fosse para expandir, para cima era muito
mais provável do que para baixo. Além disso, todos acreditavam que o clímax de compra era
provavelmente uma pausa que seria seguida por pelo menos mais uma perna para cima. Esta correção
lateral teve criou uma bandeira.

A barra 22 transformou a barra 21 continuou a bandeira, mas a barra não foi capaz de se estender
abaixo do padrão inside bar triplo e trazer shorts adicionais que estavam procurando entrar em um stop
abaixo da bandeira e abaixo da barra 17. Além disso, a barra fechou em seu meio, o que significa que os
comerciantes compraram até o fechamento do bar, que era o oposto do que deveria ter acontecido se
os ursos estivessem no controle.
A correção lateral continuou até o bar 25. Os ursos teriam preferido que o mercado caísse abaixo do
barra 17 dentro de uma barra ou duas de sua formação, o que teria indicado que havia uma urgência
de vender. O mercado estava corrigindo lateralmente em vez de descer, e isso é um sinal de força de
touro. Além disso, o mercado estava agora apenas dois ticks acima da média móvel, e como o mercado
poderia ter encontrado suporte e porque a correção tinha 10 barras de comprimento, os touros teriam
começado a procurar restabelecer seus longos. Este foi um problema para os ursos. Eles estavam
originalmente esperando um couro cabeludo de urso e agora a chance de sucesso se tornou menor. A
barra 25 tocou as barra 17 e 21 e na linha de tendência de bear e criou um triângulo descendente, que
é de touro quando ocorre em uma tendência de alta. No entanto, as barras 21 a 25 também estavam
em um pequeno canal se você usar apenas os corpos das barras. Um canal geralmente tem três
impulsos e depois tenta inverter, como uma cunha. As barras 22 e 24 foram empurrões para baixo,
então podia haver apenas mais um empurrão para baixo e, então, um quebra do triângulo para baixo
que poderia falhar.

A barra 26 foi um fuga de urso que fechou em sua mínima e abaixo da média móvel. Os novos ursos
esperavam que o mercado preenchesse suas ordens limite de tomada de lucro dois ticks mais baixo. No
entanto, a barra de urso fechou apenas um tick abaixo da média móvel, e um breakout forte teria
fechado vários ticks abaixo, assim como o breakout do bar 13 fechou vários ticks acima da média móvel.
Foi também um teste exato do fuga acima da máxima da abertura. Mesmo os ursos agressivos que
encurtaram o fim da barra de alta ainda não tinham conseguiram escalpelar um ponto; e se o mercado
se invertesse aqui, eles teriam tido uma falha de cinco tiques e teriam recomprado seus shorts. Os ursos
que encurtaram o fechamento do bar 16 ou acima de sua máxima compraram de volta seus shorts aqui.
Os touros viram a barra 26 como uma tentativa dos ursos de virar o mercado de vez para short, mas
eles sabiam que a maioria das tentativas de reversão falhava. Eles acreditavam que os ursos precisavam
que a próxima barra fosse uma barra forte de urso para convencer os traders de que o mercado havia
revertido sua posição. Uma vez que a tendência de alta era tão forte, eles duvidaram que os ursos
teriam sucesso, e não estavam nem mesmo confiantes de que os ursos seriam capazes de empurrar o
mercado para baixo da barra. Por causa disso, eles compraram no fechamento da barra 26 de urso e
também abaixo dela. Outros touros teriam ordens limite para comprar sete ticks abaixo da barra 17
porque estavam tentando comprar recuos de dois e três pontos em uma tendência de alta.

A barra 27 era um inside bar de touro na média móvel. Teria sido uma correção de duas pernas que
durou cerca de 10 barras, o que era tempo suficiente para os touros. Os touros queriam um canal após
o pico até a barra 17, e esse recuo para a média móvel poderia ter sido o começo. Também teria sido
um segundo teste da barra 2. Ele também poderia ter sido visto como um pullback de fuga e os ursos
teriam encurtado abaixo dela. Os ursos queriam que uma barra com corpo de urso, que aumentasse as
chances do mercado cair. Quando os comerciantes viram a barra de touro fechar, eles assumiram que os
ursos falharam e que a direção da tendência permaneceu alta, e eles compraram o fechamento e acima
da barra.

Na barra 28, os traders estavam se perguntando se a faixa de negociação continuava, se a fuga estava
em pausa antes de mais vendas chegarem, ou se a fuga havia falhado e os bulls voltariam a assumir o
controle novamente.

A barra 29 foi um teste bem-sucedido da média móvel e da fuga da faixa de abertura. No entanto, foi
apenas uma fuga de um tique. Os ursos que estavam curtos na última hora estavam agora preocupados
com o fato de o mercado ter tido a oportunidade de lhes dar o lucro de um escalpe e ele falhou. Eles
não segurariam seus shorts por muito mais tempo. Eles teriam comprado stops acima da barra 26; das
barras 23, 24, 25 do topo triplo; da barra 21 e do bar 17. Como todos esses stops estavam dentro de um
ou dois tiques, os stops poderiam ter sido rapidamente atingidos em uma cascata de stops, resultando
na desistência dos ursos e na tomada dos touros do mercado.
A barra 30 foi acima do bar 29 e quebrou acima da linha de tendência do urso por um tick, mas não
conseguiu quebrar acima da barra 26 barra que foi uma entrada curta. Os ursos teriam se preocupado
que seus shorts não estavam se comportando bem. Eles teriam sido rápidos em comprar de volta seus
shorts. Os touros estavam se preparando para comprar de forma agressiva, esperando por um
movimento medido até a área de 1.127,50. Isso estava longe o suficiente para eles balançarem algumas
ou todas as suas novas posições. Eles teriam comprado exatamente os mesmos preços em que os ursos
estavam cobrindo seus shorts. Com ambos os touros e os ursos comprando os mesmos preços a
medida que o mercado subia, o mercado deve ter acelerado para cima.

As barras 32 e 33 eram pequenos dojis e eram um sinal de que os comerciantes estavam decididos a
executar esses stops de compra. A essa altura, os ursos estavam começando a cobrir no mercado
porque sabiam que seus shorts eram apenas couro cabeludo de tendência contrária. Eles
provavelmente ficariam felizes em sair no ponto de equilíbrio ou mesmo com uma perda de um ou dois
tiques. O mercado estava acima da média móvel, e depois de um grande pico de alta, isso era otimista.

A barra 34 era uma barra de alta, mas fechou a um par de ticks de sua máxima. O mercado encontrou
vendedores no alto do bar 17 e na área da máxima de ontem.

A barra 35 deu aos touros o lucro de um escalpo, mas formou uma barra de reversão de urso com uma
nova máxima do dia. Alguns comerciantes teriam encurtado o fechamento da barra, e outros teriam
entrado curto a um tick abaixo. Os touros agressivos não teriam se incomodado pelo recuo, esperando
que se tornasse um recuo de rompimento e levasse a um movimento acima da máxima de ontem. Eles
teriam permanecido longo enquanto o mercado permanecesse acima da média móvel, acima da
mínima da barra 26 ou acima da mínima da barra 34.

Os ursos que encurtaram a barra 36 estavam preocupados que a barra fechasse ao preço de entrada e
que eles não pudessem empurrar o mercado para baixo da barra 34. Eles teriam coberto seus shorts no
final da barra e acima de sua máxima. A maioria dos touros não teria entrado na barrra 36 porque
estaria comprando perto do pico do dia, quando o dia já estava em um intervalo de negociação por
algumas horas. Comprar o máximo do dia é uma boa estratégia apenas em tendências fortes, e essa
não era a ação do preço atual.

A barra 37 era uma barra de tendência de alta, mas é ruim comprar acima de três barras grandes que se
sobrepõem em grande parte. As três barras criaram uma faixa de negociação, e é arriscado comprar no
topo de uma faixa de negociação, já que a maioria das quebras falha. Se for para fazer algo, seria
melhor encurtar lá.

A barra 38 inverteu para baixo a cinco pontos acima da barra 36 e um tick acima da máxima de ontem.
Muitos touros que estavam comprados desde o início do dia provavelmente tinham ordens limitadas
para obter lucros na máxima de ontem, e os ursos agressivos também encurtariam aí. A barra 38
tornou-se uma grande barra de reversão de urso, mas desde que sobrepôs as anteriores quatro barras,
estava formando mais de uma faixa de negociação do que uma reversão. Esta foi a segunda tentativa de
reverter a máxima da abertura, então alguns operadores teriam colocado stops para ficarem curtos a
um tick abaixo desta barra de urso. Outros prefeririam encurtar uma máxima mais baixa. O movimento
para cima até a barra 38 pode ser visto como uma alta em duas pernas após uma quebra de linha de
tendência de alta e, portanto, foi uma possível reversão de tendência. Por causa disso, os touros podiam
esperar por uma correção de duas pernas antes de comprar novamente.

A barra 39 foi um doji inside bar. O mercado estava agora no terço médio do dia e era mais propenso a
ter intervalos de negociação, de modo que os touros precisavam ser pacientes e precisavam evitar
comprar na alta a menos que o mercado voltasse a ser muito forte.
A barra 41 novamente não tinha força, e os traders não teriam ficado entusiasmados.

A barra 43 teria feito os comerciantes se perguntarem se o mercado estava montando uma bandeira de
touro em forma de cunha.

A barra 44 rompeu abaixo da barra 36 por um tick e testou a fuga acima da barra 27 e a média móvel.
Poderia ser uma barra de sinal, embora tivesse um corpo de urso (barras de sinal muitas vezes parecem
ruins em intervalos de negociação). Os traders realmente precisam de uma boa barra de sinal apenas
quando procuram negociar a tendência contrária em uma tendência forte, e as barras de sinal
geralmente parecem fracas na maior parte do tempo. Os touros agressivos tinham ordens limite para
comprar na mínima da barra 36, esperando que qualquer quebra abaixo dela falhasse dentro de alguns
ticks. Outros touros teriam comprado acima desta barra porque teria sido uma bandeira de touro em
cunha. Isso também teria sido uma armadilha de cinco ticks para ursos se o mercado subisse acima da
barra 44, forçando os ursos presos a recomprar seus shorts.

A barra 45 desencadeou a compra, embora tenha ficado apenas um tick acima da barra 44. O mercado
muitas vezes não tem força no terço médio do dia, embora a forma real da ação do preço seja
geralmente confiável. Outros comerciantes teriam comprado acima da barra 45, porque a viram como
uma reversão de duas barras. Além disso, muitos traders preferem comprar acima das barras de touro
porque o fechamento de touro significa que o mercado já se moveu pelo menos um pouco em sua
direção.

A barra 49 deu aos touros um couro cabeludo de um ponto, mas muitos touros continuaram
comprando cada sinal, escalpelando parte e balançando o resto. O forte aumento parabólico até a
barra 17 poderia ter sido um pico, e a negociação bilateral desde então encontrava apoio na média
móvel e poderia estar formando um canal. Os swing longos continuaram comprando e moveram seus
stops de proteção abaixo do fundo swing mais recente, que foi a barra 44.

Houve muitos negócios semelhantes no restante do dia, mas isso ilustra o fato de que, se os traders
tiverem a capacidade de se concentrar intensamente e ler com clareza, eles podem fazer dezenas de
escalpes durante todo o dia. No entanto, escalpelamento extremo seria uma estratégia perdedora para
a maioria dos traders, e eles não deveriam tentar, e nunca deveriam usar um risco maior do que sua
recompensa. Em vez disso, devem restringir-se a qualquer uma das muitas outras abordagens com
maior probabilidade de serem bem-sucedidas e mais fáceis de executar. Este capítulo é aqui
simplesmente para ilustrar que há muito mais acontecendo em cada gráfico do que o que pode parecer
ser o caso, e como os operadores precisam pensar constantemente ao longo do dia. Havia muitas
configurações hoje em que um comerciante poderia obter uma recompensa que fosse pelo menos tão
grande quanto seu risco, mas ele deve estar pensando em todas as configurações que ele vê. Este
gráfico ilustra quantas decisões um comerciante pode tomar durante o dia. Os comerciantes mais
experientes tomariam apenas uma fração desses negócios.

PARTE III

A primeira hora (O intervalo de abertura)

Certa vez, tive muitas discussões on-line com um trader que negociou 100 contratos futuros de títulos
do Tesouro por vez, mas ele desaparecia todos os dias às 7:30 às 8:00 da manhã, PST. Ele disse que
estudou seus resultados e descobriu que ele fez 85% de seus lucros na primeira hora e decidiu que ele
apenas se drenava emocionalmente durante o resto do dia, e às vezes isso se prolongava até o dia
seguinte. Por causa disso, ele parou de negociar após a primeira hora, há alguns anos, e estava indo
muito bem negociando apenas a primeira hora.

Aqui estão algumas das características da primeira hora:

• O que é referido como a primeira hora raramente é uma hora. É o tempo antes do primeiro
bom swing começar e pode ser de 15 minutos ou duas horas; costuma ser chamado de faixa
(intervalo) de abertura (opening range).
• É o momento mais fácil de ganhar dinheiro. Os escalpers experientes sabem que as reversões
são comuns. Esses comerciantes muitas vezes podem fazer muitos escalpos cuidadosamente
selecionados, apostando que as tentativas de fuga geralmente falharão, como é típico de
tentativas de fuga a qualquer hora do dia. Eles procuram comprar baixo e vender alto. Em geral,
eles evitam barras de sinal doji, mas geralmente encurtam abaixo de uma barra de touro ou de
urso depois de um movimento para cima, ou compram acima de uma barra de touro ou de
urso depois de um movimento para baixo. Barras de tendência consecutivas na mesma direção
geralmente indicam a direção do próximo couro cabeludo. Duas barras de tendência de alta
consecutivas e fortes geralmente fazem com que os escalpers procurem comprar, e as barras
consecutivas de tendências de urso os influenciarão em favor de curtas.
• É o momento mais fácil de perder dinheiro. Iniciantes vêem grandes barras de tendências e têm
medo de perder uma grande fuga. Eles compram tarde, no topo de picos de touro fortes, e
encurtam tarde, no fundo de picos de urso forte, só para levar perdas repetidas. Existem mais
variáveis a serem consideradas e as configurações são mais rápidas. Como eles geralmente
confundem configurações de swing e escalpelamento, eles acabam gerenciando seus negócios
errado. Eles nunca devem escalpelar, especialmente na primeira hora.
• Quando as barras são grandes, os comerciantes devem usar stops mais amplos e negociar
tamanho menor.
• A direção de ontem, que está chegando ao fim, muitas vezes leva à abertura de hoje.
• Reversões são comuns, abruptas e geralmente grandes. Se você não conseguir ler a ação do
preço com rapidez suficiente, espere até que o mercado desacelere e a direção do mercado
fique clara.
• A primeira barra do dia é a máxima ou a mínima do dia, apenas cerca de 20% do tempo, por
isso, não sinta a necessidade de entrar na segunda barra. Na verdade, não há necessidade de se
apressar em aceitar qualquer negociação, porque em breve a orientação sempre estará clara e a
probabilidade de um negócio bem-sucedido será maior.
• Geralmente, a máxima ou a mínima do dia se forma na primeira hora, portanto, os operadores
de swing aguardam pacientemente por uma configuração que pode ser um dos extremos do
dia. A configuração para a máxima ou a mínima do dia geralmente tem apenas 40% de
probabilidade de sucesso. Como a recompensa pode ser muitas vezes maior do que o risco, a
equação do trader ainda pode ser excelente para uma negociação de swing. A maioria dos
comerciantes deve se concentrar em uma reversão lógica no intervalo de abertura para o
comércio mais importante do dia. O comércio geralmente parece ruim por cinco ou mais barras,
mas de repente irrompe e a direção sempre se torna clara para a maioria dos traders. Na
maioria dos dias, um comerciante terá que pegar mais do que uma reversão antes de obter
sucesso, mas mesmo aqueles que não vão longe normalmente obtêm um pequeno lucro ou
apenas uma pequena perda. Isso cria um comerciante favorável '
• A máxima do dia geralmente começa com algum tipo de topo duplo, embora raramente seja
exato. A mínima do dia geralmente começa com um fundo duplo imperfeito de algum tipo.
• Uma vez que a direção se torne clara, os traders podem entrar no mercado ou em qualquer
pequeno recuo para um swing. Os escalpers experientes procuram recuos em couro cabeludo
na direção da tendência.
• A negociação depois da divulgação de um relatório é dominada por programas de computador,
muitos dos quais obtêm uma versão numérica quase instantânea do relatório e usam os dados
para gerar negociações. Outros programas negociam as estatísticas e não os fundamentos. É
muito difícil competir em um ambiente onde seu oponente tem a vantagem de ser muito mais
rápido em tomar decisões e fazer negócios. É melhor esperar por uma barra ou duas antes de
entrar.
• As aberturas em gap estão presentes na maioria dos dias (veja o Capítulo 20 sobre aberturas
em gap).
• O abertura costuma prever o tipo de dia. Se a primeira barra for um doji ou as primeiras barras
se sobrepuserem e tiverem caudas proeminentes, é mais provável que o dia tenha muita
negociação bilateral.

Muitas vezes há relatórios às 7:00 am PST. Mesmo que um relatório não esteja listado na Internet, o
mercado geralmente se comporta como se houvesse um relatório. Os computadores têm uma
vantagem clara na velocidade de análise e colocação de pedidos e são seus concorrentes. Quando sua
competição tem uma grande vantagem, não compita. Aguarde até que a vantagem desapareça e
negocie quando a velocidade não for mais importante.

A primeira hora ou, mais precisamente, o intervalo de abertura é o momento em que o mercado está
configurando a primeira tendência do dia e termina quando essa tendência começar. Geralmente dura
por algumas horas e às vezes é tão curto quanto 15 minutos. É o momento mais fácil de ganhar
dinheiro, mas é o momento mais fácil de perder dinheiro também. Isso ocorre porque muitos traders
não conseguem processar todas as variáveis com rapidez suficiente, e as informações são limitadas, já
que ainda não existem muitas barras no dia. Eles têm que decidir se tratam um negócio como um
balanço, um couro cabeludo ou ambos, e têm que basear a decisão nas três variáveis da equação de
probabilidade, risco e recompensa, em um ambiente em que geralmente há relatórios econômicos,
onde as reversões e, portanto, as decisões vêm com freqüência, e onde as barras costumam ser
extraordinariamente grandes e, portanto, exigem que ajustem seu risco para muito mais do que o
normal, em oposição a outras vezes durante o dia em que o risco é uma variável que geralmente é fixa
em um determinado tamanho e geralmente não requer muita reflexão .

Um comerciante tem mais a pensar e menos tempo para pensar. Os computadores têm uma vantagem
clara na velocidade de análise e colocação de pedidos e são seus concorrentes. Negociar é bastante
difícil e a vantagem é sempre pequena, e a complexidade adicional da primeira hora pode levar os
negociadores além de sua capacidade de negociar de forma eficaz. Se houver muitas variáveis a
considerar para negociar lucrativamente, os comerciantes podem aumentar suas chances de sucesso
reduzindo o número de variáveis. Por exemplo, eles podem optar por procurar apenas por escalpes de
alta probabilidade ou por prováveis configurações de swing, ou podem esperar até que haja uma
direção clara e então balançar, ou fazer escalpes nessa direção, entrando em recuos. Eles também
podem negociar de metade a um quarto de seu tamanho normal e usar um stop protetor que esteja
além da barra de sinal, o que geralmente requer um stop duas ou mais vezes maior do que o tamanho
normal.

Uma das maiores causas de perdas é a incapacidade de um profissional em distinguir entre as


configurações de swing e escalpe. As configurações do couro cabeludo são muito mais comuns do que
as configurações do swing, mas a maioria das configurações do couro cabeludo não tem 60% de
probabilidade de sucesso e deve ser evitada. No entanto, as reversões são comuns na primeira hora, e
os operadores muitas vezes não têm tempo suficiente para avaliar adequadamente a equação do
negociante. Se o seu padrão é tomar todas as reversões e depois fazer as contas depois de entrar, você
vai perder com o tempo.
Comerciantes experientes geralmente podem encontrar quatro ou mais escalpes na primeira hora e até
mesmo ganhar a vida com esses negócios. Por exemplo, se em média fizer dois escalpos rentáveis por
dia de dois pontos cada e negociar 25 contratos Emini, eles poderiam ganhar um milhão de dólares por
ano. Como a maioria dos traders não pode processar o risco, recompensa e probabilidade de forma
confiável quando precisam fazê-lo rapidamente e com apenas cinco ou dez barras de informação, eles
não devem escalpelar na primeira hora quando as reversões ocorrerem rápida e abruptamente. Em vez
disso, eles devem esperar pacientemente por uma configuração que provavelmente levará a um swing.
Eles então terão uma recompensa maior do que o risco (pode ser duas ou três vezes maior), e como a
direção sempre está clara, eles

Muitos traders experientes procuram uma barra de tendência forte ou barras de tendência consecutivas
na primeira hora e, em seguida, fazem um recuo no couro cabeludo. Por exemplo, se houver duas
barras de tendências de touros fortes consecutivas e, em seguida, uma barra doji, eles podem colocar
ordens limite para comprar na ou abaixo da barra de doji. Como eles o vêem como um sinal de reversão
fraco, especialmente depois de um pico tão forte, eles esperam que ele falhe. Isso significa que os ursos
que venderam abaixo da barra terão que comprar de volta seus shorts e provavelmente não vão querer
vender novamente por pelo menos uma barra ou duas. Isso remove os ursos do mercado e transforma
alguns ursos em compradores, o que dá aos touros uma boa chance de lucrar.

O tamanho do stop de proteção e o tamanho do alvo dependem do tamanho das barras. Se o Emini
tiver um alcance diário médio de cerca de 15 pontos e as barras de tendência de alta tiverem dois
pontos, os comerciantes podem arriscar cerca de dois pontos para ganhar dois pontos, se acreditarem
que há 60% de chance de sucesso, o que muitas vezes é nessas circunstâncias.

Como o mercado está em busca de direção na primeira hora, as reversões são comuns. Os
negociadores podem aceitar uma negociação e pensar que eles a conseguirão, apenas para descobrir
que ela reverte na próxima barra. Eles então têm que decidir se querem romper ou confiar em um stop
além da barra de sinal. Invariavelmente, quando tomam essa decisão, eles percebem que o comércio de
reversão é melhor do que o comércio que tomaram, e lutam para tentar descobrir como minimizar sua
perda e entrar em uma negociação na outra direção. Eles ficam muito tempo esperando um recuo e
depois saem com uma perda maior do que planejavam. Não apenas isso; eles estão chateados com a
grande perda e precisam se recuperar antes de fazer o próximo negócio. Quando estiverem prontos
para negociar novamente, o mercado avançou tanto na nova direção que eles tem medo de assumir o
negócio, embora a tendência pareça forte. No final do dia, eles imprimem o gráfico e não podem
acreditar como as configurações realmente foram claras. Mas retrospectiva é muito diferente do tempo
real.

Os comerciantes também podem perder dinheiro em couro cabeludo que deveriam ser swing. Se eles
decidiram que querem negociar apenas couro cabeludo nas reversões, eles ficam à margem das
tendências do mercado implacavelmente, bar após barra. A tendência anda oito pontos antes que haja
um recuo, e eles de repente percebem que um swing trade teria sido muito mais lucrativo do que
quatro escalpos. Depois de vários dias perdendo quando tentaram escalpelar porque eles pegaram
setups de baixa probabilidade, e desistiram de tentar balançar porque eles foram stopados com tanta
frequência (apenas para perder uma grande tendência depois que eles desistiram), eles estão confusos
e chateados. Eles acham que fizeram tudo certo, mas ainda estão perdidos, e que o comércio é tão
injusto: “Por que outras pessoas podem ir tão bem na primeira hora, mas eu perco não importa o que
eu faça?” É porque eles estão comprando no topo e vendendo na parte inferior da faixa de
desenvolvimento, esperando por uma fuga bem-sucedida, negando a realidade de que a maioria das
tentativas de fuga falham. Eles então não fazem a melhor configuração de swing, porque parece fraca e
parece que provavelmente irá falhar, assim como as últimas cinco reversões na última hora. Quando os
comerciantes se sentem assim, eles devem fazer uma pausa de negociar o range de abertura até que a
direção do trade esteja clara. Sim, eles estarão entrando depois que a tendência já tiver passado alguns
pontos e eles ficarão com menos, mas a chance de sucesso é muito maior. É muito melhor ganhar um
pouco, mas ganhar com frequência, do que perder várias vezes ao dia, enquanto espera finalmente
descobrir como negociar a primeira hora de maneira lucrativa.

Os comerciantes que conseguem escalpelar com sucesso muitas vezes precisam fazer ajustes na
primeira hora. Em geral, os escalpers têm que arriscar tanto quanto a recompensa, mas como é sempre
melhor começar examinando o risco, eles podem estabelecer uma recompensa razoável depois de
determinar seu risco. Por exemplo, se as barras no Emini geralmente têm cerca de dois pontos de altura,
mas elas têm cerca de quatro pontos de altura hoje, um operador pode ter que arriscar cerca de quatro
pontos. O mercado está se movendo rapidamente e é difícil gastar tempo fazendo cálculos exatos ao
tentar ler os gráficos e fazer pedidos. Os escalpeladores devem cortar rapidamente o tamanho da
posição pela metade ou por dois terços. Não importa o que eles façam. O que importa é que eles façam
isso rapidamente, parem de pensar nisso e se concentrem no que é muito mais importante: ler
corretamente e fazer pedidos. Se eles não estiverem dispostos a usar um stop maior quando for
necessário, eles não devem aceitar a negociação. Além disso, uma vez que os comerciantes estão no
mercado e o mercado recua mais do que eles acham que deveria (mas não acerta seu stop), e então o
movimento recomeça, mas parece mais fraco do que eles acham que deveria, eles têm que estar
dispostos a obter em meta de lucro menor. Por exemplo, as barras grandes podem forçá-los a arriscar
quatro pontos em vez de dois em uma negociação Emini, mas, uma vez que o movimento tenha ido
embora, parece fraco. Se eles acreditam que sua premissa não é mais válida, eles têm que ser capazes
de mudar seu objetivo, e muitas vezes vale a pena romper com apenas um ou dois pontos de lucro e
depois esperar por mais informações.

Apenas os operadores experientes, que podem lidar com a mudança de posição, stops e atingir os
tamanhos das metas rapidamente, devem tentar fazê-lo. Como o escalpelamento geralmente requer
um risco tão grande quanto a recompensa e, portanto, uma alta porcentagem de ganho, a maioria dos
comerciantes deve evitar escalpos, especialmente na primeira hora. A maioria dos traders tem uma
chance melhor de ser lucrativa a longo, se puderem esperar por um mercado claramente em direção e,
em seguida, fazer um swing trade. Isso significa que a probabilidade de um movimento equidistante é
de 60% ou mais. Eles podem, então, usar uma meta de lucro que seja pelo menos tão grande quanto o
risco e, de preferência, o dobro do tamanho do risco, e ter uma equação de negociante favorável.

Como a primeira hora tem muitas reversões, é melhor procurar comprar na baixa e vender na alta até
que o mercado se torne claramente sempre longo ou curto. Infelizmente, muitos comerciantes fazem o
oposto. Eles vêem grandes barras de tendência para cima ou para baixo e temem que estejam
perdendo uma fuga, o que quase sempre falha. Eles têm que aprender a esperar por uma fuga
confirmada e um claro mercado sempre ativo. Se os comerciantes não puderem distinguir rapidamente
as configurações de swing das configurações do escalpe, eles não devem tomar decisões precipitadas.
Em vez disso, eles devem esperar pacientemente por um sinal claro e entrar em negociação. A maioria
dos comerciantes não consegue escalpelar com sucesso na primeira hora, e certamente são incapazes
de escalpelar inicialmente e, em seguida, mudar para negociação de swing quando for a hora certa. Eles
devem esperar pacientemente por configurações de swing.

Embora haja uma tendência a pensar que os padrões são diferentes na primeira hora, a realidade é que,
do ponto de vista da ação de preços, eles não são. As configurações são as mesmas de qualquer outra
hora do dia e em qualquer período de tempo. O que é diferente é que a volatilidade é muitas vezes
maior e, portanto, os padrões vão mais além, e as reversões são muitas vezes inesperadamente
abruptas. É comum que as reversões pareçam fracas e tenham duas ou três barras doji fracas antes que
a tendência se rompa. Perceba que isso é comum e, se você entrou e vê essa fraqueza, não arisque.
Confie na sua leitura porque você provavelmente estará certo e você terá um grande lucro no swing.

Uma outra diferença sobre a abertura é que muitos comércios são configurados com base na ação de
preço de ontem. Haverá muitas vezes um canal que se desenvolve nas últimas horas de ontem, seguido
por uma fuga ou um gap de mercado bem além dessa bandeira na abertura de hoje. Em ambos os
casos, observe as reversões e continuações. Lembre-se, um canal é apenas uma bandeira, então um
canal de touro é uma bandeira de urso e um canal de urso é uma bandeira de touro. Além disso, se o
mercado terminar claramente como longo ou curto, os comerciantes devem assumir que a tendência
continuará na abertura até que eles vejam evidências em contrário.

Uma última diferença importante é que a máxima ou mínima do dia ocorre na primeira hora
aproximadamente na maioria dos dias, e é benéfico tentar fazer parte de qualquer negociação que
possa ser na máxima ou mínima do dia. Se você estiver em uma negociação com tal potencial e o
mercado se mover fortemente em sua direção, use um ponto de equilíbrio para se permitir coletar os
lucros extraordinários que freqüentemente acontecem na abertura.

Embora qualquer reversão na primeira hora ou mais possa criar a máxima ou mínima do dia, a
probabilidade de qualquer inversão específica fazê-lo normalmente não é superior a 50%. Se, em vez
disso, um comerciante aguardar um acompanhamento claro e um movimento sempre ativo após a
reversão, a probabilidade de que a reversão seja a alta ou a baixa do dia é geralmente superior a 60%.
Como a configuração máxima ou mínima do dia geralmente tem apenas 40% a 50% de certeza,
geralmente é uma configuração ruim para o couro cabeludo, mesmo que tenha uma forte equação de
negociador para um swing trade. A tendência, como começa, geralmente começa devagar e não parece
uma tendência, mas geralmente cerca de cinco barras tem uma fuga em um mercado com clara direção.
Na maioria das vezes, a configuração para um dia de tendência de alta é parte de um fundo duplo de
algum tipo, embora seja geralmente tão imperfeito que não pareça um fundo duplo. Da mesma forma,
a configuração para um dia de tendência do urso é geralmente parte de um topo duplo imperfeito. Por
exemplo, se há uma série de barras de tendência de alta e de retração parcial que são testadas cinco a
10 barras mais tarde, isso forma uma entrada de sinalização dupla e tem uma boa chance de levar a
uma nova máxima do dia. A fuga, então, pode correr para um movimento medido e levar a uma
tendência de alta.

Os operadores geralmente entram na segunda barra do dia, uma vez que ela ultrapassa a máxima ou
mínima da primeira barra, mas a probabilidade de um couro cabeludo bem-sucedido é geralmente
inferior a 50%, dependendo da situação. Isso significa que a equação do trader só faz sentido para um
swing. Mas há algumas reversões na primeira hora com uma chance de 70% de chegar a um alvo de
escalpo, mas apenas uma chance de 40% de atingir um alvo de swing. Os traders precisam saber
antecipadamente como planejam administrar o negócio antes de assumi-lo, porque mudar as metas
depois de entrar é uma estratégia perdedora. Você não pode ter uma premissa e administrar o negócio
como se fosse baseado em uma premissa diferente, mas é comum para os comerciantes confundir
couro cabeludo e swings na primeira hora, quando tudo acontece tão rápido e as barras são grandes e
têm grande recuos dentro das barras quando elas estão se formando.

A primeira barra do dia tem cerca de 20% de chance de ser máxima ou mínima do dia (exceto nos dias
em que há uma grande gap na abertura, quando a probabilidade pode ser de 50% ou mais se a barra
for uma forte tendência Barra). Além disso, a barra geralmente é grande, geralmente cerca de 20% da
faixa final de um dia médio. Por exemplo, se o intervalo médio no Emini foi de cerca de 10 pontos e a
primeira barra de hoje é dois pontos de altura, um comerciante que compra quando a segunda barra
quebra acima da primeira barra tem cerca de 20% de chance de ganhar oito pontos arriscando um
pouco mais de dois pontos. Esta é a equação de um negociador perdedor. Negócios de alta
probabilidade baseados na primeira barra do dia acontecem apenas uma vez por mês, portanto,
procurar uma entrada na segunda barra do dia raramente vale a pena. No entanto, como um swing
confiável na primeira hora, em que a recompensa é o dobro do tamanho do risco, ocorre na maioria
dos dias, se houver uma forte reversão no início, os comerciantes devem considerar a negociação. Uma
vez que a tendência atinge cerca de duas vezes o tamanho de seu stop, eles podem mover seu stop
para equilibrar e balançar parte do comércio até que haja uma reversão sempre em ordem.

Às vezes, o mercado apresenta tendência a partir da abertura, é aí importante entrar cedo, mas não
necessariamente na segunda barra. Esse padrão é mais comum com aberturas em gaps, grandes ou
pequenas. Quando você entra em uma negociação onde você pode estar no início de uma grande
tendência, é particularmente importante tentar balaçar alguns contratos. Se o padrão for muito forte,
você poderá balançar a maioria dos seus contratos e, em seguida, mover rapidamente seu stop para o
ponto de equilíbrio.

No entanto, se a abertura forte é invertida (uma fuga para um novo extremo do dia na direção oposta),
então o dia pode tender na direção oposta ou pode se transformar em um dia de intervalo de
negociação. Não fique muito comprometido com uma opinião, especialmente na primeira hora, porque
mesmo os movimentos mais fortes podem reverter drasticamente na próxima barra. No entanto,
embora uma reversão nas primeiras horas possa ter apenas de 30 a 40% de chance de se tornar máxima
ou mínima do dia, se houver um bom resultado, as chances podem aumentar rapidamente de 50 a 60%.

Embora a maioria das reversões iniciais sejam boas para couro cabeludo e não para balanços, quando
uma é particularmente forte, um profissional deve tentar balançar pelo menos metade da posição.

Por que o mercado faz um grande movimento nas primeiras barras e depois inverte? Por que não abre
simplesmente na baixa ou alta do dia? A localização da abertura do dia não é definida por nenhuma
firma ou grupo de empresas; em vez disso, representa um breve equilíbrio entre compradores e
vendedores no instante da abertura, e geralmente é determinado pela atividade de pré-mercado. Por
exemplo, o Emini é basicamente um mercado de 24 horas e é negociado ativamente, ininterruptamente,
por horas que antecederam a abertura da Bolsa de Valores de Nova York. Se as instituições tiverem uma
grande quantidade de compras planejadas para o dia, por que o mercado alguma vez abriria acima do
fechamento de ontem e depois venderia antes de subir para uma nova alta? Se você fosse um trader
institucional e tivesse muitos pedidos de compra para preencher hoje, você adoraria que o mercado
abrisse acima de onde você queria comprar e, em seguida, passasse para sua zona de compra onde
você poderia comprar agressivamente junto com todas as outras instituições que provavelmente
também têm muitas ordens de compra similares de seus clientes; você então esperaria ver um pequeno
clímax de vendas que formaria uma baixa convincente do dia. A falta de compras pelas instituições
otimistas cria um vácuo de venda que pode rapidamente sugar o mercado para sua zona de compra,
que está sempre em uma área de suporte, onde eles comprarão de forma agressiva e implacável, muitas
vezes criando a mínima do dia.

A ação do preço é muito importante. Um trader quer ver como o mercado responde quando chega a
um preço-chave de suporte, como a média móvel, ou um topo ou fundo de swing anterior, ou mínima
de ontem, ou uma linha de tendência ou linha de canal de tendência. A maior parte da negociação é
feita por computadores, que usam algoritmos para calcular onde estão esses níveis de suporte. Se
empresas suficientes estiverem contando com os mesmos níveis de suporte, a compra irá sobrecarregar
a venda e o mercado se inverterá. É impossível saber com antecedência o quão forte será a compra,
mas como o suporte é sempre baseado em matemática, um profissional experiente geralmente pode
antecipar áreas onde as reversões podem ocorrer e estar pronto para fazer negócios.

A reversão é devida a inúmeras razões, mas essas razões são irrelevantes. Tudo o que importa é a ação
do preço. As reversões geralmente acontecem segundos após o lançamento de um relatório, mas é
improvável que um operador individual entenda como o mercado responderá a um relatório
simplesmente assistindo à CNBC. A melhor maneira de saber como o mercado responderá é
simplesmente observá-lo responder e colocar seus negócios à medida que a ação do preço se
desenrola. Como o slippage pode ser significativo em um relatório, é quase sempre melhor aguardar
até que o relatório seja liberado.
Cerca de 70% de todas as transações são automatizadas, e essa compra e venda gerada por
computador se tornará cada vez mais importante. A Dow Jones & Company agora tem um serviço de
notícias chamado Lexicon, que transmite notícias financeiras legíveis por máquina aos seus assinantes.
Lexicon escaneia todas as histórias da Dow Jones sobre ações e converte as informações em uma forma
que os algoritmos podem usar para tomar decisões de compra e venda de ações em uma fração de
segundo. Alguns dos algoritmos são baseados nos componentes fundamentais do relatório. Quantos
novos empregos foram criados no mês passado? Qual foi o principal índice de preços ao consumidor
(IPC)? Qual foi o índice de oferta de cobertura no leilão de títulos? Outros algoritmos operam em um
período de tempo mais longo e analisam o desempenho das ações e os demonstrativos de lucros, além
dos feeds de notícias, para tomar decisões comerciais. Ainda outros algoritmos são puramente
estatísticos. É impossível saber o que qualquer empresa está fazendo, mas se alguém puder pensar em
uma ideia e ela puder ser testada e considerada matematicamente sólida, provavelmente os
computadores deles estão negociando. Algumas empresas podem ter algoritmos que são híbridos das
abordagens fundamental e estatística.

Algumas encomendas são tão grandes que demoram a ser colocadas, e o software de negociação
algorítmica divide as ordens em pequenos pedaços para esconder a negociação dos operadores que
tentariam capitalizar a tendência incipiente. Algoritmos de negociação predatória tentam desvendar o
que os programas de negociação de algoritmos estão tentando esconder. Todo mundo está procurando
uma vantagem, e mais e mais empresas estão usando computadores para encontrar vantagens e
colocar os negócios. Estes são computadores muito potentes e estão localizados muito próximos das
centrais, e podem negociar grandes volumes em uma fração de segundo. O resultado é o movimento
de preços que muitas vezes é rápido demais para ser lido. Na verdade, o movimento dos preços pode
ser tão rápido que o computador em casa pode estar vários segundos atrasado em relação ao que
realmente está ocorrendo. Com muita frequência, os movimentos são muito grandes nos dois primeiros
segundos, apenas para inverter alguns segundos depois e, em seguida, talvez inverter novamente. Os
comerciantes simplesmente não podem tomar decisões e fazer pedidos com rapidez suficiente para
negociar lucrativamente essa situação. É melhor esperar uma direção clara após o relatório e, em
seguida, negociar nessa direção. A maioria dos traders não deve negociar nos segundos após um
relatório, mas deve esperar que a ação do preço volte ao normal, o que geralmente leva de um a dez
minutos.

Embora o gráfico de 5 minutos seja o mais fácil de ler e o mais confiável, o gráfico de 3 minutos é bem
negociado, principalmente na primeira hora. No entanto, é propenso a mais perdas, e se você gosta da
maior porcentagem vencedora e não quer a emoção negativa que vem de perder, você deve manter a
negociação do gráfico de 5 minutos e trabalhar para aumentar seu tamanho de posição.

Como trader, é melhor manter sua análise simples, especialmente na primeira hora, quando o mercado
está se movendo rapidamente. A grande maioria das aberturas está relacionada à ação de preço da
hora final do dia anterior e assume a forma de uma fuga, uma fuga falhada, um recuo de fuga ou uma
tendência de abertura, e qualquer uma delas pode se mover muito rápido.

Um dos aspectos mais difíceis do dia de negociação é manter o foco. A maioria dos traders
simplesmente não pode ficar intensamente ligada ao mercado durante toda a sessão, e eles sucumbem
ao tédio e às distrações e frequentemente suspeitam que isso seja um grande obstáculo para que eles
se tornem consistentemente lucrativos. E eles estão certos. A primeira hora oferece uma excelente
oportunidade para resolver este problema. Se você simplesmente negociar a primeira hora e aumentar
o tamanho da sua posição quando se tornar consistentemente lucrativo, você pode descobrir que a
intensidade é necessária apenas por essa hora. Então, para o resto do dia, basta procurar por duas ou
três reversões principais, as quais você quase sempre pode antecipar com 10 ou mais minutos de
antecedência, especialmente se estiver aguardando as segundas entradas (assim que vir a primeira,
prepare-se para pegue a segunda, que geralmente segue dentro de algumas barras). Uma vez que você
pode negociar bem a primeira hora, procure negociar as primeiras duas horas, que geralmente
fornecem a melhor negociação do dia e muitas vezes pode dar-lhe todo o lucro que você espera do dia
inteiro.

Ao negociar em torno de feriados como a semana de Natal e a semana de quatro de julho, a primeira
hora é muitas vezes muito importante, porque muitas vezes essa é a única vez em que o mercado se
comporta como um dia normal. Em seguida, ele freqüentemente entra em um intervalo de negociação
apertado para o resto do dia. Se você deseja negociar em feriados, precisa estar particularmente atento
às configurações na primeira hora.

Ao negociar o gráfico de 5 minutos, é fácil não pensar nos muitos traders institucionais que também
estão prestando atenção aos gráficos de 15 minutos. A primeira barra de 15 minutos fecha no final da
terceira barra de 5 minutos e, portanto, a atividade em torno dessa terceira barra influenciará a
aparência da primeira barra de 15 minutos. Por exemplo, se as duas primeiras barras do dia se moverem
em uma direção e, em seguida, a terceira barra for uma barra de pausa menor, a quebra da barra
determinará se há uma rompimento de 15 minutos ou pode haver uma falha. Portanto, negociar a fuga
da terceira barra do dia geralmente leva a uma grande jogada. Não coloque uma negociação na terceira
barra sozinha na maioria dos dias, mas esteja ciente de sua importância extra. Se for um bar importante,
geralmente haverá outras ações de preço para apoiar o negócio, atente a elas.

Lógica semelhante também pode ser usada para a última barra de 5 minutos dos gráficos de 30 e 60
minutos (por exemplo, o gráfico de 60 minutos é feito de 12 barras no gráfico de 5 minutos, então o
final fecha quando a barra de 60 minutos é fechada) , mas focar em prazos mais longos e em suas
entradas pouco frequentes aumenta as chances de perder um ou mais negócios lucrativos de 5 minutos
e, portanto, não vale a pena.

A primeira barra do dia geralmente mostra como será o dia. Se for um doji no meio de uma faixa de
negociação apertada a partir da hora final de ontem e a média móvel for plana, as probabilidades
favorecem um dia de intervalo de negociação. Se a barra é uma barra de tendência, mas tem caudas
proeminentes, é uma faixa de negociação de uma barra. Como a maioria das interrupções na faixa de
negociação falha, o mercado provavelmente não será capaz de se mover acima ou abaixo da barra por
mais de uma barra ou duas antes que haja uma reversão.

As próximas barras também podem mostrar o viés do dia. Se os dojis continuarem e houver cinco
reversões na primeira hora, as probabilidades de um dia de intervalo de negociação subirão. Se houver
uma grande gap na abertura e o mercado tender nas primeiras quatro barras, as chances de um dia de
tendência são boas. No entanto, eles estarão prontos se o primeiro pullback se tornar um pequeno sinal
de reversão.

Os negócios de swing mais fortes nas primeiras horas vêm de uma confluência de padrões, mas os
padrões às vezes são sutis e os comerciantes devem procurá-los antes da abertura e pensar no que
pode acontecer. Sempre considere os touros e ursos para tudo, porque há dinheiro inteligente em
ambos os lados. Como sempre, os comerciantes estão procurando fugas e fugas falhadas. Quanto mais
fatores estiverem presentes, maior a probabilidade e, quando houver uma configuração de swing com
alta probabilidade, a configuração é muito forte.

FIGURA PIII.1 Falha na reversão antecipada


O mercado muitas vezes reverte abruptamente depois das primeiras barras, mas sempre esteja
preparado para a reversão falhar e estabelecer um recuo de fuga. Como mostrado na Figura PIII.1 , a
barra 1 era a terceira barra do dia e era uma pequena barra de reversão de touro. Ele se inverteu a partir
da média móvel e um swing baixo de ontem. Esta foi uma entrada longa de reversão de abertura, e
também impediu a primeira barra de 15 minutos de ser uma forte barra de tendência de urso.

O mercado tinha quatro barras consecutivas de tendência de alta começando na barra 1. Depois da
segunda, alguns bulls começaram a colocar ordens de compra limitadas na mínima da barra anterior,
esperando que a primeira tentativa de reverter falhasse. Eles foram preenchidos na pequena barra de
urso que formou três barras após a barra 2.

No dia seguinte, a barra 3 reverteu um fundo swing, mas a barra de entrada do touro se inverteu em
uma reversão de duas barras para uma entrada curta. Observe que a barra 3 era uma barra de reversão
forte, portanto, essa não era uma boa configuração longa de contra-tendência. Os touros esperavam
uma reversão pelas últimas duas horas de ontem. No entanto, a barra 3 e a barra antes eram pequenas
barras de negociação. As barras eram muito pequenas e não tinham força de alta suficiente para
reverter essa forte venda. Os bulls tentaram criar essa força na barra após a barra 3, mas os bears
rapidamente reverteram o mercado com uma barra de tendência de urso ainda maior.

A quebra abaixo da barra 3 baixa também foi uma quebra abaixo da primeira barra de 15 minutos do
dia em um dia com uma grande diferença para baixo, aumentando as chances de um swing de queda
negociável.

Os escalpers experientes esperam que a maioria das tentativas de fuga fracassem, e procuram comprar
na baixa e vender alto na primeira ou segunda hora.

FIGURA PIII.2 As primeiras barras podem definir o tom


Conforme mostrado na Figura PIII.2 , a ação do preço nos primeiros vários barras frequentemente
prenuncia o que acontece depois. O rali da abertura até o bar 4 tinha várias barras de touro grandes e
apenas duas barras de urso pequenas, mostrando que os touros estavam dispostos a ser agressivos.
Tendo isso em mente, os comerciantes deveriam estar mais dispostos a fazer swing de parte de seus
longos, porque a tendência era mais provável de retomar.

A barra 6 falhou em testar a barra 4 e a barra 4 tornou-se a máxima possível do dia. Barra 8 era um
fundo duplo com a baixa de fechamento de ontem, e formou a mínima de hoje, então era provável que
levasse a um rally que tivesse pelo menos duas pernas. Na verdade, a subida foi principalmente em um
canal até o bar 11 sem recuos significativos e, por isso, muitos operadores consideraram que o rali, da
barra 8 a barra 11, seria apenas uma perna. No entanto, como na maioria dos canais, havia muitas
barras sobrepostas, caudas proeminentes e barras de tendências. Um canal de touro é uma bandeira de
urso, então, os comerciantes estavam procurando por uma quebra de baixa, o que poderia ter levado a
um recuo grande o suficiente para fazer os traders acreditarem que a primeira perna estava claramente
terminada. Eles então precisavam decidir se uma segunda perna ainda era provável ou se a correção
durou o suficiente para que os ursos sentissem que o mercado não iria muito mais alto, convencendo-
os de que esse era um bom nível de preço para agressivamente encurtar. Em vez de quebrar o lado
negativo, o mercado bateu forte no lado positivo e os ursos que estavam em curto nas últimas horas
tiveram que recomprar seus shorts rapidamente. Os touros viram o quão forte o touro era, e eles
compraram no mercado todo o caminho até porque quando um pico é tão forte, as chances favorecem
os preços mais altos.

FIGURA PIII.3 Não escalpe ações em faixas de negociação estreitas


Os comerciantes não devem, com frequência, comprar ações com intervalos médios diários abaixo de
um dólar, mas as entradas de ações de preço ainda funcionam. Como mostrado na Figura PIII.3 , a Intel
(INTC) tinha duas grandes barras de tendência de urso nos primeiros 15 minutos, uma tendência de
pico e clímax urso. A tendência de alta de ontem foi tão forte que a venda de duas pernas inverteu-se
no bar 6, provavelmente na média móvel dos gráficos de 15 ou 60 minutos, mas foi boa para pelo
menos um couro cabeludo de 10 cents.

Sempre que a média móvel for tão acentuada quanto era ontem, qualquer venda forte abaixo dela será
quase sempre seguida por uma recuperação negociável. O Bar 6 foi o sinal de uma bandeira de touro
de duplo fundo com o recuo de 11:35 de ontem de um forte aumento. Em seguida, formou um pico de
touro ainda mais forte no fechamento e toda a subida tornou-se uma tendência de alta de pico e
clímax. Como o segundo pico é comparável ao canal em uma tendência de pico de pico e de canal
tradicional, sua parte inferior geralmente é testada, como aconteceu aqui.

FIGURA PIII.4 Arame farpado inicial geralmente leva a um dia de negociação


Arame farpado -faixa de negociação apertada com grandes caudas e barras grandes, barras
sobrepostas e muitas reversões - nos primeiros 90 minutos do dia é um sinal de intensa negociação
bilateral e incerteza, e o dia geralmente se torna um dia de intervalo de negociação. Mas, quando o
arame farpado se desenvolve na abertura, geralmente é seguido por oscilações negociáveis em ambas
as direções em algum momento do dia. Na terceira barra do dia, o aame farpado era provável porque
cerca de metade de sua faixa estava sobreposta pela barra anterior e fechou no meio, o que significa
que a barra a seguir também provavelmente se sobrepõe a metade de sua faixa. O arame farpado
continuou por todo o rali fraco até o bar 2. Seguiu-se uma quebra da linha de tendência do urso e
depois uma segunda entrada abaixo do bar 4. A fuga fez com que uma tendência de negociação
tendesse, especialmente desde que a faixa até então era apenas pouco mais da metade da dos últimos
dias. . A barra 9 foi o primeiro de um pico pós um fundo mais alto, e uma vez que o pico foi concluído, a
maioria dos traders concluíu que o mercado estava em alta.

As duas barras de tendência de subida consecutivas na barra 1 foram suficientes para alguns escalpers
de touro colocar ordens limite de compra abaixo da barra 1 e stops de proteção abaixo da barra de
touro antes dela. Eles entraram longo na barra de urso que se seguiu e poderiam ter saído com um ou
dois pontos de lucro nas próximas duas barras.

CAPÍTULO 17

Padrões relacionados ao pré-mercado

Ao olhar para os gráficos de ticks ou volumes do Globex Emini, a abertura não é fácil de detectar
porque é apenas parte do dia de negociação de 24 horas e parece indistinguível do resto do gráfico. Na
verdade, a barra que contém a sessão de abertura do dia quase sempre conterá tiques de antes da
abertura. Existe uma tendência para os altos e baixos do Globex serem testados na sessão do dia, e há
padrões no Globex que são completados durante as primeiras sessões do dia. A primeira hora ou mais
geralmente se move rapidamente, e a sessão do dia sozinha oferece uma ótima ação de preço. Uma vez
que a maioria dos traders não é capaz de negociar bem dois gráficos, especialmente em um mercado
rápido como o after open, basta escolher o gráfico de 5 minutos do Globex ou da sessão do dia. É uma
questão de preferência pessoal. Alguns comerciantes bem sucedidos assistem o Globex o dia todo, mas
eu prefiro assistir a sessão do dia. Outros comerciantes observam o gráfico da Globex por cerca de uma
hora e depois mudam para o gráfico da sessão do dia.

Quando o mercado tem uma grande gap na sessão do dia e se move para fechá-lo nos primeiros 30
minutos ou mais, a média móvel no Globex é muitas vezes na direção oposta àquela da sessão do dia
durante esse período. Por exemplo, se houver uma grande diferença, a média móvel para a sessão do
dia será para baixo mas se houvesse um fundo mais baixo na Globex e o mercado estivesse se
recuperando pelos 30 minutos antes da abertura, a média móvel da Globex pode estar subindo e os
preços da Globex podem estar acima da média móvel. Se você olhar apenas para a sessão do dia e
observar um grande gap e o mercado tender fortemente para fechar o gap, observe o momentum e
não a média móvel, já que o momentum é um reflexo da ação real do preço. Os traders que assistem
apenas a sessão do dia devem estar cientes de que a média móvel geralmente não é confiável durante
a primeira hora ou mais.

FIGURA 17.1 O Globex e a Sessão do Dia Geralmente Fornecem Sinais Relacionados

Conforme mostrado na Figura 17.1 , os gráficos Globex e de sessão do dia geralmente fornecem sinais
ao mesmo tempo, mas geralmente a partir de padrões diferentes. A barra 1 no gráfico Globex à
esquerda e no gráfico de sessão do dia à direita é a barra PST às 6:35 am. Na sessão do Globex, a barra
1 ficou abaixo da média móvel em queda, mas a barra 1 ficou acima da média móvel na sessão do dia.
Pode levar uma ou duas horas antes que a média móvel seja a mesma em ambas as sessões, e pode
fornecer configurações diferentes e igualmente válidas em cada uma delas. No entanto, não há
vantagem para a maioria dos traders que assistem a ambos os gráficos, e isso normalmente aumenta as
chances de um trader não ser rápido o suficiente para tomar todas as negociações disponíveis e
cometer erros na colocação de pedidos.

FIGURA 17.2 A média móvel é diferente no Globex


Às vezes, a média móvel na sessão do dia não é útil nos primeiros 30 minutos quando há um grande
gap. Na Figura 17.2 , a sessão do dia à direita ficou abaixo e o mercado não conseguiu empurrar acima
da média móvel em queda por mais de 90 minutos. No entanto, o rali no Globex (que negocia quase 24
horas por dia) à esquerda começou 30 minutos antes da abertura, e o mercado estava acima da média
móvel ascendente das 6h30 da manhã em diante e parecia mais otimista. Às 7:20 am o bar 1 estava
acima da média móvel e, portanto, otimista no Globex, mas abaixo da média móvel na sessão do dia.
No entanto, o ímpeto ascendente foi forte em ambos, e os comerciantes deveriam estar à procura de
configurações de compra.

CAPÍTULO 18

Padrões relacionados a ontem: Breakouts, pullbacks de breakout e breakouts com falha

Muitos negócios na primeira hora estão relacionados a padrões do dia anterior, portanto, tente
antecipar as configurações antes que o mercado abra. Olhe para a última hora ou duas de ontem para
ver se havia uma forte tendência (uma direção que poderia continuar até hoje), um intervalo de
negociação, um canal ou qualquer tipo de padrão que pudesse levar a uma fuga hoje na abertura.

Na maioria dos dias há algum tipo de fuga na abertura. Quando você não tem certeza do que é a fuga,
basta olhar para a média móvel e usá-la como proxy. Se a primeira barra estiver totalmente acima da
média móvel, pense na abertura como um gap. Se a primeira barra estiver totalmente abaixo da média
móvel, suponha que o mercado esteja caindo. Geralmente há um gap entre o fechamento da barra final
de ontem e a abertura da primeira barra de hoje, e só isso é uma fuga. Procure rompimentos de
qualquer coisa, incluindo um canal ou uma bandeira no fechamento de ontem. Procure por uma fuga
abaixo de qualquer topo ou fundo swing, especialmente a máxima ou mínima de ontem.

Uma vez que hoje abre e você vê uma fuga, você tem que avaliar a probabilidade de ter seguimento
Procure por seguimento ou por uma reversão em uma entrada de quebra falhada. Procure a fuga e, em
seguida, procure uma possível reversão em uma configuração de fuga com falha. Por fim, se houver
uma quebra falhada, verifique se ela tem acompanhamento ou se está falhando. Se está falhando, está
estabelecendo uma negociação de recuo e uma retomada da fuga.

FIGURA 18.1 Um canal de touro é uma bandeira de urso

Um canal de touro de ontem é uma bandeira de urso, e o mercado geralmente quebra abaixo dele ao
abrir (veja a Figura 18.1 ). Ontem, o gráfico de 5 minutos HOLDRS (OIH) do Oil Service teve um rali de
quase quatro horas, que quebrou a linha de tendência de urso (não mostrado) após a forte queda até a
barra 1, e o rali perfurou a linha do canal de tendência de baixa duas vezes e inverteu para baixo ambas
as vezes (barras 4 e 5). Esta foi uma evidência de que os touros estavam perdendo o controle. O
comprimento do rally foi evidência de força de alta.

O sell-off desde a barra 5 virou o mercado para curto, e os comerciantes assumiram que esta tendência
levaria a abertura de hoje. Hoje, o mercado desabou, teve uma forte tendência de queda e rapidamente
negociou abaixo da mínima de ontem, onde formou duas barras de forte reversão de longo. Esta
grande bandeira de ursos falhou ao longo de dois dias e proporcionou uma excelente entrada longa a
um tick acima da máxima da barra 7. Esta foi uma reversão da bandeira do urso que começou na barra
1. As inversões de abertura que invertem a máxima ou mínima do dia anterior geralmente formam a
máxima ou mínima do dia, de modo que os negociadores devem balançar alguns ou a maioria de seus
contratos.

Quando a abertura forma uma quebra de um padrão do fechamento do dia anterior, os operadores
devem entrar em uma configuração de rompimento falhada, como a barra 7, e depois entrar na direção
oposta se o rompimento recuar. Aqui, a alta de três barras que se seguiu foi forte o suficiente para que
uma segunda perna fosse provável e, portanto, era melhor comprar acima da barra 8 ou abaixo da
mínima das duas barras anteriores. Barra 8 era uma barra de sinal longo de um recuo de fuga, seguindo
a fuga acima da barra 6 no topo do intervalo de abertura.

É importante perceber que, apesar de o mercado ter vendido ontem de forma acentuada, do bar 5 até o
fechamento, o mercado poderia facilmente ter ficado em aberto em gap de alta no bar 6. Se tivesse,
então o sell-off do bar 5 teria tornar-se uma tentativa de fuga falhada.

FIGURA 18.2 Fuga falhada no início do dia

Esteja sempre pronto para um rompimento com falha, não importa o quão forte seja a primeira barra
(veja a Figura 18.2 ). O UltraShort Óleo e Gás ProShares (DUG) fechou ontem com um canal de alta de
quatro horas, que é uma bandeira de urso, e quebrou para o lado negativo até o fechamento. O sell-off
até a barra 4 montou uma possível bandeira de touro de fundo duplo com o fundo anterior e quebrou
abaixo do canal bull, e a abertura de hoje rompeu o topo do canal. Embora a primeira barra do dia
tenha sido uma forte barra de reversão de touro foi seguida por uma forte barra de tendência de urso e
criou uma configuração de reversão de duas barras para um curto. O resultado foi um quebra falhado
acima do topo da cunha da barra 3 e do topo triangular em expansão (as barras 2 e 3 foram os dois
primeiros impulsos) e uma tendência de urso na abertura.

Quando há uma forte reversão, o mercado normalmente corrige pelo menos 10 barras e duas pernas, o
que aconteceu aqui. O mercado caiu por um aproximado movimento medido e foi testado logo acima
da mínima de ontem. Os dois corpos de touro no fundo eram um sinal de pressão de compra, e alguns
touros entraram em um stop quando a outside bar 8 ficou acima das barras de touro. Outros
comerciantes entraram acima da barra 8. O mercado estava tentando formar um fundo duplo com a
mínima de ontem, e se ele quebrasse acima da barra de 5, ele poderia ir mais alto nos próximos dias
para uma alta medida.

A barra 9 era um bar de breakout e virava o mercado para longo. Isso fez com que os comerciantes
pensassem que o mercado talvez tivesse formado a mínima do dia.

O rally para barrar 10 foi um pico de três barras de touro com caudas pequenas e grandes corpos de
touro e, portanto, um recuo era provável e se ficasse acima da barra 9, a maioria dos traders se
convenceria de que o mercado havia mudado para o modo bull. A bar 10 foi uma perna forte que
quebrou a linha de tendência de baixa e quebrou acima da média móvel e tinha muitas barras de
tendência de alta, portanto, uma alta alta provavelmente seria seguida. O Bar 10 também era uma barra
de gap de média móvel, mas neste momento você estaria querendo comprar um pullback.

A barra 11 foi uma fuga falhada de um micro canal de ursos. Você poderia ter comprado na barra 13,
acima da segunda barra de tendência do urso, ou na barra 14.
Não houve recuo quando o mercado quebrou acima da barra 10, indicando que os touros estavam
fortes. Você poderia ter procurado entrar longo no gráfico de 1 minuto ou esperar por uma pausa ou
recuo no de 5 minutos.

FIGURA 18.3 Topo duplo de primeira hora

Conforme mostrado na Figura 18.3, na primeira hora, o mercado muitas vezes forma um topo ou fundo
duplo que se torna um extremo do dia ou pelo menos nas próximas horas. A AAPL fechou ontem com
um intervalo de negociação apertado, o que poderia ter sido uma configuração para uma bandeira
final. No bar 3, a primeira barra do dia, a AAPL rapidamente quebrou abaixo da bandeira do touro do
fechamento de ontem, falhou e, nas barras seguintes, subiu ao topo da barra 4 e reverteu. Embora esta
reversão de duas barras na barra 4 tenha sido uma entrada curta na bandeira final decente, o
momentum para cima foi forte e o quebra falhado da barra 3 significava que poderia ser melhor esperar
por mais ação de preço antes de encurtar.

A barra 5 veio no final de um padrão de arame farpado e foi uma entrada curta a um tick abaixo da
mínima da barra anterior. O mercado poderia ter encontrado suporte na média móvel, então os
investidores foram cautelosos sobre seus curtos. Qualquer área de sobreposição de barras,
especialmente quando são grandes e quando o intervalo de negociação apertado tem múltiplas
reversões, é uma área de forte negociação bilateral. Os touros vão encurtar abaixo e não comprarão
acima, e os ursos encurtarão acima e não abaixo. O resultado é que os breakouts tendem a ser puxados
de volta para o range, como eram depois dos breakouts de bear nos barras 3, 9 e 11.

A barra 6 era um sinal de reversão para longo, porque era um breakout falho e uma segunda perna até
a média móvel em uma tendência de alta (a maioria das barras estava acima de uma média móvel
crescente), uma reversão de duas barras e uma barra de bull em um recuo para a média móvel.

Note que o sell-off até a barra 6 quebrou a linha de tendência, indicando que os bears estavam
dispostos a se tornarem agressivos, então os traders estavam preparados para um teste fracassado da
barra 4 no topo da tendência de alta.

A barra 7 foi a segunda tentativa fracassada de romper a alta de ontem (a barra 4 foi a primeira). Como
o alcance do dia até agora tinha sido apenas cerca de metade do de um dia recente típico, havia uma
boa chance de que uma ruptura em qualquer direção dobrasse o alcance e provavelmente tivesse pelo
menos duas pernas (os comerciantes de tendência provavelmente seriam confiantes o suficiente para
fazer pelo menos um segundo empurrão para baixo após qualquer recuo). A barra 7 foi a segunda
tentativa fracassada de romper a máxima de ontem, e quando o mercado tenta fazer alguma coisa duas
vezes e falha, geralmente tenta ir na direção oposta. O topo duplo do bar 7 foi o topo do dia (eu:
também um cabeça e ombros).

Muitos traders teriam pensado que o mercado se tornou short nas duas barras de urso fortes que
quebraram abaixo da bandeira de quatro barras que seguiu a barra 7. Alguns comerciantes teriam
querido mais evidencias.

A barra 9 quebrou abaixo da barra 6. Como o alcance ainda era pequeno e o mercado duas vezes não
conseguiu acompanhar o breakout acima da alta de ontem, as chances eram altas de que houvesse
pelo menos mais um empurrão para baixo para testar a mínima do dia, que era um ímã e muito
próximo. O mercado agora estava dentro de seu campo magnético.

A barra 10 completou um padrão de arame farpado e ofereceu um curto abaixo da pequena barra
interna. Foi também uma entrada de recuo do breakout abaixo bar 6. Finalmente, uma vez que era uma
barra de fuga tão grande e fechau em seu mínima, os comerciantes que queriam mais provas de que o
mercado era agora short estavam satisfeitos . Havia muita confiança de que o mercado funcionaria para
baixo, talvez em torno de um movimento medido para baixo.

A quebra para a barra de 11, nova mínima do dia, foi essencialmente para baixo, e, portanto,
provavelmente não o fim do movimento. Como perfurou a linha de canal de tendência de ursos que
começava na barra antes da barra 8, duas pernas para cima provavelmente ocorreria primeiro. Na
pequena correção para cima que se seguiu, mas com ausência de uma quebra de uma boa linha de
tendência anterior ou de uma barra de reversão forte, não valia a pena um couro cabeludo. Além disso,
como a segunda perna era provável e não havia evidências de que a direção do comércio tivesse se
revertido, teria sido muito mais sensato concentrar-se em ficar short novamente ou aumentar os shorts
do que se distrair com um pequeno couro cabeludo de touro depois de sete barras laterais com
grandes caudas.

A barra 13 foi outra oportunidade para os ursos, mas o rali para a média móvel quebrou uma boa linha
de tendência de queda. A barra 13 uma segunda entrada short, e era um sinal de urso na média móvel,
o que aumentava a chance de sucesso.

A barra 14 foi outra entrada curta. A barra 15 foi uma reversão de dois barras de uma pausa para uma
nova mínima. Era uma barra de reversão de touro forte depois de perfurar a linha de canal de tendência
de urso. Foi a segunda perna para baixo (o canal depois de um pequeno pico, que foi a primeira perna
para baixo), desde o primeiro recuo de breakout da linha de tendência até o bar 13 e um teste de
breakout do bar 1 (fundo de ontem). Alguns operadores viram isso como um fundo mais alto depois do
forte rally para barra 7. Estes sinais de força aumentaram as chances de que o rally para cima tivesse
duas pernas. A segunda perna terminou na barra 16, que quebrou acima da alta da primeira perna e
inverteu, não conseguindo quebrar acima da barra 14.

As barras 4, 5, e 10 representavam uma pressão de venda, que é cumulativa. Uma vez que atingiu massa
crítica suficiente para sobrecarregar os touros, o mercado caiu.

FIGURA 18.4 Fuga do padrão de ontem


Conforme mostrado na Figura 18.4 , a primeira barra do dia geralmente é uma fuga de um canal de
ontem. Ontem foi um dia de tendência de negociação em alta. O mercado quebrou abaixo do canal no
fechamento, e quebrou mais abaixo na abertura.

A barra 1 foi um recuo breve e caiu mais. Quando o movimento para baixo está em um canal apertado,
é mais seguro esperar para comprar até que haja uma fuga e, em seguida, um recuo. A barra 5 fez um
fundo duplo com a mínima de ontem. Isso levou a uma pequena bandeira até o bar 6 que fez topo
duplo com a barra 4.

Uma bandeira de urso de topo duplo é uma configuração comum depois de uma primeira descida da
abertura, especialmente em ações, e é freqüentemente seguida por uma tendência de urso prolongada
que é freqüentemente uma faixa de negociação de tendência de queda. A barra 6 fez o primeiro gap na
média móvel.

A barra 7 foi um recuo curto. A barra 9 foi um breakout abaixo das mínimas de ontem e de hoje.

A tendência de alta de um dia para o outro foi, na verdade, apenas uma grande bandeira de urso, e hoje
foi a tendência do urso que veio de sua fuga. Hoje foi uma tendência de urso desde a abertura.

CAPÍTULO 19

Padrões de Abertura e Reversões

Comerciantes institucionais têm ordens para preencher antes do dia ser aberto e querem preenchê-los
pelo melhor preço possível. Por exemplo, se eles tiverem basicamente ordens de compra e o mercado
abrir com uma grande gap de baixa, eles comprarão imediatamente se sentirem que a queda
representa um grande valor que não durará muito. Se eles acreditam que o mercado vai negociar um
pouco, então eles vão esperar para comprar mais baixo. Se o mercado abrir com umo gap, eles podem
decidir que o mercado deve recuar. Se essa é a sua crença, não há incentivo para que comprem agora
porque esperam que em breve possam comprar mais baixo. Isso cria um vácuo de venda, e o mercado
pode se mover rapidamente, já que os investidores institucionais estão simplesmente esperando para
comprar a um preço mais favorável. Invariavelmente, eles vão esperar até que o mercado atinja um nível
de suporte, como a média móvel, uma linha de tendência, um movimento medido ou um topo ou
fundo de swing. Se instituições suficientes começarem a comprar em torno do mesmo nível, o sell-off
acentuado pode se inverter fortemente. O sell-off não foi tanto devido a ursos fortes como foi devido a
fortes touros que estavam simplesmente esperando o mercado cair para um nível de apoio, após o que
eles compraram implacavelmente e subjugaram os ursos. Esse é o efeito do vácuo; o mercado foi
sugado rapidamente para um nível em que havia muitos compradores fortes esperando.

O oposto acontece nos dias em que as instituições têm muitas ordens de venda em aberto.

Essas reversões agudas para cima e para baixo muitas vezes se tornam a máxima ou mínima do dia. Se
os traders entenderem o que está acontecendo e não forem induzidos a acreditar que todos os
movimentos bruscos são apenas picos que serão seguidos pelos canais, eles estarão prontos para
rebater a inversão e às vezes podem manter parte de sua posição durante a maior parte do dia.

Na maioria dos dias, a máxima ou mínima do dia é formada na primeira hora ou mais. Uma vez que um
dos extremos do dia é formado, o mercado se inverte para o que se tornará o outro extremo do dia.
Obviamente, não há reversão em uma tendência a partir da abertura, mas o mercado ainda trabalha em
direção ao outro extremo, que geralmente estará próximo do fechamento do dia. A inversão de
abertura é frequentemente reconhecível e pode ser uma ótima oportunidade de negociação para um
mercado de swing.

É útil classificar o tamanho do intervalo de abertura em três categorias. Se o intervalo é apenas cerca de
25% do tamanho do intervalo dos últimos dias, os comerciantes vão entrar em um fuga do intervalo em
qualquer direção. Um par de vezes por mês, isso se tornará uma tendência a partir da abertura com
pequenos recuos e progressão implacável.

O importante é que uma tendência geralmente começa ou se inverte por volta das 8h30 da manhã.

Se o intervalo de abertura é de cerca de 30-50% do tamanho do intervalo dos últimos dias, os


comerciantes presumirão que o intervalo aumentará para o tamanho de um dia médio. O dia
geralmente terá alguma atividade de intervalo de negociação e, em seguida, romper para cima ou para
baixo. Cerca de dois terços do tempo, ele se tornará um dia de tendência. O fuga atingirá tipicamente
um movimento medido com base na altura do intervalo de abertura. Geralmente, ele volta e testa o
ponto de rompimento no final do dia e, com frequência, retorna ao intervalo anterior. Se a reversão de
volta para a faixa de abertura for forte e o mercado fechar no lado oposto da faixa anterior, o dia se
torna um dia de reversão. Esta é, de fato, a maneira mais comum pela qual os dias de reversão se
formam.

A terceira possibilidade é quando o movimento de abertura é grande. Isso geralmente se deve a um


pico forte e o dia geralmente se torna um dia de tendência de pico e canal, mas às vezes leva a uma
reversão climática, geralmente após uma pequena bandeira final.

Uma chave importante para maximizar os lucros comerciais é fazer com que parte de qualquer posição
seja máxima ou mínima do dia. Se o negócio parecer particularmente forte, balance toda a posição e
obtenha lucros parciais de um terço a meio, depois que o negócio for de uma a duas vezes o risco
inicial. Se você comprou o que acha que poderia ser o menor valor do dia e seu stop inicial estava
abaixo da barra de sinalização, que era cerca de três pontos abaixo do seu preço de entrada, tire cerca
de um quarto a metade por volta de dois ou quatro pontos e talvez outro quarto a metade de quatro a
seis pontos. Como alternativa, em vez de usar ordens limite fixo, tire algo na primeira pausa após dois
pontos de lucro e um pouco mais na primeira pausa após quatro pontos. Segure os contratos restantes
até que haja um sinal oposto claro e forte ou até que seu ponto de equilíbrio seja atingido. Procure
adicionar à sua posição em cada configuração com tendência, como um recuo de duas pernas para a
média móvel em uma tendência forte. Para esses contratos adicionais, escalpele a maior parte ou a
totalidade da posição, mas continue a fazer alguns contratos.

Ao contrário de um pullback de fundo duplo que é um padrão de reversão, uma bandeira de touro de
fundo duplo é um padrão de continuação que se desenvolve após a tendência de subida já ter
começado. Funcionalmente, é o mesmo que um pullback de fundo duplo, pois ambos são
configurações de compra.

O mesmo é verdadeiro para uma bandeira de urso de topo duplo, que é um padrão de continuação em
uma tendência de urso e não um padrão de reversão, como o recuo do topo duplo. Ambos, no entanto,
são configurações curtas. Depois de um forte movimento descendente e um recuo, a tendência do urso
é retomada e, em seguida, o mercado recua novamente para o mesmo nível do primeiro recuo. Esta
faixa de negociação é uma bandeira de urso de topo duplo, e é uma configuração de entrada curta.
Mais frequentemente do que não, o segundo recuo será ligeiramente abaixo do primeiro, como seria de
esperar em uma tendência de urso (cada swing tende a ser inferior ao anterior). A entrada está em um
stop em um tick abaixo da barra de configuração.

Quando o intervalo de abertura é cerca de metade do tamanho do intervalo dos últimos dias, o
mercado geralmente tem uma fuga do intervalo de abertura e uma tentativa de aproximadamente
duplicá-lo. Às vezes, há muitas opções para o intervalo de abertura. Qual é o certo? Todos eles
geralmente são, porque diferentes traders tomam decisões com base em diferentes critérios.

Apenas cerca de 25% das reversões na primeira hora resultam em swings, por isso é melhor escalpelar
até que haja um fundo ou topo duplo ou uma configuração clara de direção, onde as probabilidades
são boas para um swing.

FIGURA 19.2 O tamanho do intervalo de abertura é importante

Como mostrado na Figura 19.2, o tamanho do intervalo de abertura, muitas vezes dá uma pista para o
que vai acontecer no final do dia. A faixa de abertura neste gráfico de 5 minutos do Freeport-McMoRan
(FCX) foi de cerca de um quarto da média diária dos últimos dias.

Uma vez que o mercado foi negociado acima da barra 4, muitos traders colocaram buy stops a um tick
acima do pico mais alto (barra 3) e seus stops a um tick abaixo do fundo. Uma vez que um pedido é
preenchido, o outro se torna o stop inicial de proteção. Se depois de entrar, o mercado inverte a
direção, um comerciante muitas vezes dobra o tamanho do stop de proteção e planeja a reversão da
posição se o stop for atingido.

Quando o intervalo de abertura é pequeno como este, os recuos dentro desse intervalo são pequenos;
e os recuos muitas vezes permanecem pequenos durante o dia, como fizeram aqui.

A barra 5 era uma barra de fuga forte e mais uma evidência de que o dia era um dia de tendência de
alta, e os vários corpos de touros que se seguiram deram evidência adicional. Observe que havia três
barras de tendência de urso antes da barra 4 e cada uma foi seguida por uma barra com um corpo de
touro. Os ursos foram incapazes de criar vendas subseqüentes, o que significava que eles eram fracos.
Os bulls viram que cada uma das barras de urso como oportunidades de compra em vez de setups de
venda, e isso era uma forte evidência de que o mercado provavelmente subir.

FIGURA 19.5 Tanto um gap de alta quanto um gap de bauxa podem levar a um rali de abertura

Quando existem argumentos razoáveis para os touros e para os ursos, há incerteza, e a incerteza
geralmente significa que o mercado está no início de uma faixa de negociação, como era aqui.

A barra 5 não era uma barra de reversão, mas era um recuo da quebra acima do canal de ursos de
ontem. O dia foi um dia de intervalo de negociação.

Barra 24 era uma bandeira de touro de fundo duplo. O primeiro fundo era barra 20 ou a barra de sinal
interna seguindo a barra 18. Foi também uma reversão de um teste da mínima.

A barra 26 foi uma mínima mais alta e levou a uma fuga de uma configuração inside bar. Foi uma
segunda tentativa de reverter a tentativa de se movimentar abaixo da mínima de ontem.

FIGURA 19.8 Duas tentativas falhadas e depois uma reversão


Quando o mercado tenta romper duas vezes para cima e falha, ele geralmente tenta romper para o
fundo. Conforme mostrado na Figura 19.8 , o GOOG foi para o lado em um pequeno intervalo de
negociação em um relatório de PST de 7:00 e estava, portanto, no modo de fuga. Um comerciante
poderia ter entrado em um stop abaixo do intervalo de negociação, mas era menos arriscado encurtar
abaixo do bar 5. Como a faixa de negociação estava abaixo da média móvel, era uma bandeira de urso
e, portanto, provavelmente teria uma quebra para baixo.

O comerciante precisa estar ciente de que o mercado muitas vezes reverte por volta das 8h30 da manhã
e estar preparado para assumir o negócio.

FIGURA 19.9 Arame Farpado na Abertura


Como mostrado na Figura 19.9 , alguns dias abrem com uma média móvel plana, grandes barras
sobrepostas, e apenas sem configurações seguras (não há barras pequenas perto da parte superior ou
inferior, onde uma ordem poderia ser colocada). Isso é arame farpado e requer paciência. Espere o fuga.
Os fugas do arame farpado geralmente falham, aqui, a fuga caiu abaixo do mínimo de ontem e
reverteu.

A barra 7 quebrou uma linha de tendência micro e, em seguida, a barra 9 fez o recuo. Seu fechamento
estava acima do seu ponto médio, que é o requisito mínimo para uma barra de reversão.

A barra 12 era uma barra de reversão na média móvel, que era um forte sinal de compra no final de
uma bandeira de touro. O mercado tornou-se longo para muitos traders na forte barra de tendência de
subida que seguiu a barra 9, e outros traders se convenceram de que estava em alta no breakout acima
da barra 10 e novamente na barra 11.

CAPÍTULO 20

Aberturas com gap: reversões e continuações

Na maioria dos dias, existem aberturas em gap no gráfico de 5 minutos. Eles podem ser considerados
como simples fugas desde que o mercado saiu da barra final do dia anterior. Eles devem ser negociados
como qualquer outro breakout.

Quão grande deve ser um gap para ser considerado grande? Se o gap for o maior gap dos últimos
cinco dias, aproximadamente, ou se for maior que cerca de metade da faixa média diária, pode ser
considerado grande. Quanto maior o gap, maior a probabilidade de ser o início de um dia de tendência
longe do fechamento de ontem. No entanto, às vezes, pode levar uma hora para começar, e a tendência
geralmente começa com um movimento de contra tendência de duas pernas, como um recuo de duas
pernas para a média móvel ou um fundo ou topo duplo.

O gap deve ser visto como se fosse uma barra de tendência enorme e invisível. Negocie a abertura
como qualquer outra e procure por uma tendência a partir desde a abertura, uma fuga falhada (uma
reversão) ou um recuo de fuga. A única diferença em relação aos outros dias é que você deve balançar
mais agressivamente; e se o dia começar a tender, procure recuos, onde você poderá adicionar sua
posição. Você deve sempre procurar obter lucros parciais ao longo do caminho, que podem ser
escalpos, mas, enquanto a tendência for forte, continue procurando mais entradas na direção da
tendência.

Só porque há uma chance maior de um dia de tendência não significa que haverá um dia de tendência.
A maioria dos grandes dias de gap tem algum comportamento de intervalo de negociação para os
primeiros cinco a 10 barras, enquanto os bulls e os bears lutam na direção da tendência, e alguns
continuam como dias de intervalo de negociação durante todo o dia. Esteja aberto a todas as
possibilidades e não fique preso a uma crença. Seu trabalho é seguir o mercado. Se houver uma grande
gap, mas a ação do preço não estiver clara, assuma que o mercado está formando uma faixa de
negociação e procure comprar na baixa e vender na alta.

FIGURA 20.1 Um gap é apenas um pico


FIGURA 20.2 Um gap pode levar a uma tendência para cima ou para baixo

Uma grande abertura aumenta as chances de que o dia seja um dia de tendência (a tendência pode ser
para cima ou para baixo), mas ainda pode se tornar um dia de intervalo de negociação. Como mostrado
no gráfico inferior direito da Figura 20.2 , o deslocamento lateral da barra 18 para a barra 22 é um
exemplo de várias horas de movimento lateral após um grande gap.
PARTE IV

Juntando Tudo

Esta Parte IV fornece exemplos detalhados de negociação de ações de preço em vários prazos e em
diferentes mercados, incluindo o mercado de opções. Também discute os melhores negócios que os
comerciantes devem tentar negociar, especialmente os iniciantes que estão começando e ainda não são
lucrativos. Finalmente, fornece diretrizes gerais que os comerciantes devem considerar quando
decidirem quais negociações tomar e como gerenciar seus negócios.

CAPÍTULO 21

Exemplos detalhados de daytrades

FIGURA 21.1 Nota T-10.000-Share Chart

A Figura 21.1 é um gráfico de 10 anos do Tesouro dos EUA com base em 10.000 ações por barra. Cada
barra fechou assim que o volume na barra ultrapassou 10.000 contratos. Como a negociação final em
cada barra pode ter qualquer número de contratos, a maioria das barras tem mais de 10.000 contratos,
em vez de exatamente 10.000 contratos. As barras não são baseadas no tempo, então algumas barras
podem demorar alguns segundos para se formar, enquanto outras podem levar mais de 10 minutos
para superar 10.000 contratos.

A barra 10 foi um breakout acima de uma barra interna. Ursos e precisavam ver se o mercado estava se
revertendo, e as quatro barras de alta após o bar 10 era uma forte evidência de que sim. O bandeira
provavelmente recuaria ao redor da barra 3 no início do canal, o que aconteceu. Touros realizaram
lucros. O dia estava acabado e não havia tempo suficiente para os ursos lucrarem, por isso optaram por
não encurtar o fim.

FIGURA 21.2 Forte Abertura no EUR / USD


O mercado estava tendendo para baixo por cerca de 20 barras e de repente tinha a maior barra de
tendencia de urso (duas barras antes da barra 13) e o maior pico de urso de duas barras da tendencia
de queda. Esse pico teve uma boa chance de representar a exaustão, e pode ter sido os últimos touros
fracos se retirando e os últimos ursos fracos encurtando. Os touros fortes estavam comprando aqui em
vez de entrar em pânico, e os ursos fortes teriam encurtado apenas após um grande recuo. Isso criou
uma boa chance de pelo menos um rali de duas pernas com pelo menos 10 barras. O forte inside bar
da touro era um sinal de que os compradores estavam tomando o controle, e foi uma boa barra de
sinal.

A barra 15 era o primeiro gap de média móvel. A barra 16 era uma configuração longo de inside bar de
fundo mais alto e formou uma bandeira de touro de fundo duplo com a barra 14.

FIGURA 21.3 Soja Clímax de Compra na Abertura

Como mostra a Figura 21.3 , o gráfico de 5 minutos de soja teve um clímax de compra na abertura, uma
uma pequena bandeira, um recuo e depois uma bandeira de urso de cunha e uma segunda perna
grande para baixo.
A barra 4 ultrapassou uma linha de canal de tendência de urso e inverteu-se a partir de um fundo duplo
com a primeira barra do dia. A entrada estava acima da barra 6 inside bar de touro com fechamento
acima da média móvel.

A barra 9 rompeu a cunha para cima e a barra 10 foi um recuo da fuga da linha de tendência.

A barra 11 era uma enorme barra de reversão e fez a nova mínima no dia e foi uma reversão de duas
barras. No entanto, a barra 12 não pode negociar acima dela. Isto tornou a barra 12 uma grande barra
de sinal curto, porque os longos que entraram no início da barra 11 teriam saído abaixo da barra de
tendência do urso. Também foi uma configuração curta de recuo de rompimento.
.
FIGURA 21.4 Topo de Cunha no Petróleo Bruto

Conforme mostrado na Figura 21.4 , o gráfico de 5 minutos de petróleo bruto tinha um topo de cunha
e, em seguida, um topo mais baixo. A barra 1 foi uma reversão de duas barras e o primeiro recuo após
um forte pico de touro, que rompeu a faixa de negociação e transformou o mercado em longo.

O bar 5 era um topo de cunha e o topo do canal após a barra 2. A negociação bilateral desde a barra 2
continuou com caudas proeminentes, barras sobrepostas, pullbacks e corpos de ursos, então as chances
de um teste da barra de 3 eram boas.

A descida até a barra 6 quebrou a linha de tendência e quebrou ligeiramente abaixo da barra 3. A barra
7 foi um teste de fuga da barra de sinal 5 baixa, um topo mais baixo após a quebra abaixo da linha de
tendência de touro e, portanto, uma possível reversão de tendência e uma configuração curta de
reversão de duas barras.

CAPÍTULO 22

Gráficos diários, semanais e mensais

Embora os gráficos diários, semanais e mensais possam gerar sinais intradiários, eles ocorrem com tanta
frequência que se tornam uma distração para um comerciante de dia e devem ser ignorados. Os sinais
mais comuns são aqueles baseados na máxima ou mínima de ontem, e você pode vê-los em um gráfico
de 5 minutos. No entanto, frequentemente há entradas de ação de preço nesses prazos mais longos,
mas como as barras de sinal são tão grandes, muito menos contratos podem ser negociados se o risco
for o mesmo de um daytrade. Além disso, o risco overnight pode significar que você deve reduzir ainda
mais seus contratos ou considerar estratégias de opções que tenham um risco limitado, como compras
definitivas (outright purchases) ou spreads. Um day trader deve negociar esses gráficos apenas se eles
não ocuparem seus pensamentos durante o daytrade, porque é fácil perder alguns trades.

Embora todos as ações formem padrões de ação de preço, as ações de empresas muito pequenas que
têm pouca propriedade institucional têm um risco significativo de movimentações extraordinariamente
grandes para cima e para baixo. Eles tendem a ser mais voláteis e, na terminologia do mercado de
ações, essas ações são chamadas de ações de elevado beta. Por exemplo, você não esperaria que o
Wal-Mart saltasse 1.000% em um mês, mas quando uma pequena empresa farmacêutica recebe seu
único remédio aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) ou é repentinamente um candidato
a aquisição, isso é exatamente o que pode acontecer. Alguns traders gostam dos movimentos grandes e
rápidos, mas a maioria dos traders prefere evitar o risco de movimentos súbitos e enormes em ambas
as direções e de maus preenchimentos em seus negócios. Os comerciantes que negociam essas
situações especiais têm de observar as ações de perto, o que dificulta a negociação de outras ações ao
mesmo tempo. Como o risco é tão grande, eles só podem negociar uma pequena parte de seu
portfólio dessa forma e isso apaga a maior parte do ganho derivado dos grandes movimentos. Quando
você adiciona o estresse da imprevisibilidade, a maioria dos traders não deve se preocupar com essas
ações.

Ao negociar em contra uma forte tendência, o objetivo deve ser um couro cabeludo de 1 ou 2%, já que
a maioria das negociações de tendência contrária apenas resultam em recuos que se tornam entradas
de tendência.

Gaps complicam as entradas. Se você não puder assistir a ação no intradiário e houver um gap na
aberturaa, provavelmente será melhor desistir do negócio. Se você puder observar a ação e se houver
um gap na abertura, observe o recuo do gap e, em seguida, entre na falha do recuo, à medida que o
mercado retomar seu afastamento do intervalo de preços de ontem. Em outras palavras, se você estava
querendo comprar, mas hoje abriu em gap de alta, procure um sell-off e depois compre uma reversão,
colocando seu stop de proteção abaixo da mínima de hoje. Se a entrada falhar e seu stop for atingido,
procure outro lugar ou tente apenas mais uma vez se houver uma segunda configuração de compra.

Não gaste muito tempo em uma ação que não está fazendo o que você queria, porque você vai perder
dinheiro. Há uma tendência natural de querer recuperar seu dinheiro com a mesma ação após uma
perda, mas isso é um sinal de sua fraqueza emocional. Grandes comerciantes aceitam suas perdas e
seguem em frente.

Pullbacks em gráficos diários raramente têm barras de reversão clássicas, deixando os traders com mais
incerteza do que negociando gráficos de 5 minutos. Incerteza significa risco, e quando há mais risco, o
tamanho das posições precisa ser menor, e um profissional terá que considerar tomar uma posição
parcial e aumentar a posição à medida que a ação do preço se desenrola. Em um recuo de touro, as
adições podem ser feitas a um preço mais baixo se o mercado vender um pouco mais, mas os ursos
ainda não demonstraram que estão no controle. As adições também podem ser feitas a um preço mais
alto depois que a tendência foi retomada e um pequeno recuo forma um fundo mais alto acima da
entrada original.

Quando você digitaliza seus gráficos diários no final do dia, você frequentemente verá configurações a
serem consideradas no dia seguinte. Uma vez que a configuração é desencadeada, muitas vezes haverá
uma tendência intradiária que fornecerá muitos bons 5 minutos com entradas de tendência. Se a ação
não for aquela que você negocia normalmente no intraday, mas seu volume é de cerca de cinco
milhões de ações ou mais, vale a pena considerar adicioná-la à sua cesta de ações de day trading por
um dia ou dois. Às vezes, no entanto, mesmo com ações muito líquidas, como o Oil Service HOLDRS
(OIH), seu corretor pode não ter um ação disponível para venda a descoberto, e você pode apenas
negociar configurações de compra. Se você realmente quiser curto, você pode comprar puts, mesmo
para um daytrade.

Como os números redondos são ímãs, eles podem configurar negociações. Por exemplo, se o Freeport-
McMoRan (FCX) subiu 20% nos últimos meses e agora está sendo negociado a 93, muitos traders
presumirão que atingirá 100. Por isso, os ursos não encurtarão de forma agressiva, porque acreditam
que eles logo conseguirão fazer um short a um preço melhor, e os touros comprarão agressivamente
porque acreditam que o FCX ficará acima do ímã. Esta ausência de ursos cria um efeito de vácuo que
muitas vezes resulta na ação movendo-se rapidamente para o ímã. Normalmente, ele fica 5 a 10 por
cento acima do imã antes de ser puxado para trás e, geralmente, recua abaixo do número arredondado
pelo menos uma vez antes de decidir o que fará em seguida.

FIGURA 22.6 Números redondos podem ser suporte e resistência

Conforme mostrado na Figura 22.6, este gráfico diário ilustra como a AAPL, que estava em uma forte
tendência de alta, parou em de números redondos significativos, que muitas vezes são ímãs que atraem
o mercado para eles. Uma vez que os operadores se convenceram de que o ímã seria alcançado, os
bears pararam de encurtar, e o mercado subiu em um vácuo de compra para acima do alvo. Não fazia
sentido encutar antes que o mercado chegasse lá, quando acreditavam que o mercado seria maior
dentro de algumas barras. Sua ausência fez com que o mercado subisse rapidamente, desde que os
touros tiveram que empurrar o mercado mais alto para encontrar comerciantes suficientes para tomar a
parte contrária dos seus longos.

Uma vez que o mercado fica 5 a 10 por cento acima da meta, os touros começam a ter lucros e os ursos
começam a encurtar para um teste de volta ao número da redondo, que geralmente é atingido pelo
menos uma vez.

FIGURA 22.7 Os gráficos diários e mensais podem estar em tendências opostas


Como mostrado na Figura 22.7 , o trigo teve uma alta acentuada no gráfico diário à direita, mas foi
apenas um rally de baixa no gráfico mensal à esquerda. A numeração é a mesma para os dois gráficos.

FIGURA 22.8 Notícias podem mover uma ação

Conforme mostrado na Figura 22.8, Dendreon Corporation (DNDN) teve movimentos acentuados para
cima e para baixo devido a comunicados de imprensa sobre sua droga contra o câncer de próstata. Ele
subiu 800% nos dois meses que terminaram no bar 2 e devolveu 90% desse ganho nos dois meses
seguintes. Em seguida, saltou 2.000 por cento até o nível 7 e depois caiu 50 por cento nos próximos três
meses. Com o risco de grandes movimentos para cima e para baixo, os negociantes só podem negociar
pequenos volumes, e esse tamanho de posição reduzido compensa qualquer ganho obtido com as
grandes oscilações. Quando você adiciona o estresse devido à imprevisibilidade, é quase impossível
para a maioria dos traders negociar qualquer outra coisa quando eles estão em um mercado como este,
e é provável que eles ganhem mais dinheiro evitando essas situações especiais. Eles são divertidos de
assistir, mas seu objetivo é ganhar muito dinheiro.
CAPÍTULO 23

Opções

Certa vez, conversei com uma mulher comerciante que era dona de uma pequena empresa e gerenciei
uma carteira de ações para ela e seu marido. Um dia, ela acordou e descobriu que seu portfólio estava
baixara $ 500.000 desde o dia anterior. Naquele dia, ela se tornou uma day trader, decidindo nunca mais
levar os negócios para casa durante a noite. Ela era uma boa leitora de gráficos, mas não estava mais
disposta a ter qualquer exposição durante a noite que pudesse resultar em uma enorme perda. Como
alternativa, ela poderia ter mudado para a negociação de opções que ela quisesse manter por vários
dias a várias semanas. Ela era uma trader forte e poderia ter continuado a negociar uma parte
substancial de sua carteira com opções, em vez de restringir-se a day trading. Eu não falo com ela há
anos, mas estou confiante de que ela está indo bem, quer estritamente ou não, mas ela iria melhor se
incorporasse opções em sua estratégia.

Como o spread de compra e venda geralmente é amplo para as opções, os traders normalmente só
devem considerar negociações de opções em gráficos de prazos mais altos. Qualquer configuração com
uma equação de negociador significativamente positiva é razoável. Aqui estão alguns exemplos de
situações em que os comerciantes devem considerar fazer chamadas (call) ou colocar compras (puts)
com base em gráficos de 60 minutos ou diários:

• Compra de calls em um recuo para a média móvel em uma tendência de alta.


• Comprar puts em um rally para a média móvel em uma tendência de urso.
• Compra de calls na parte inferior de um intervalo de negociação.
• Compra puts no topo de uma faixa de negociação.
• Compra de calls em uma nova mínima em um padrão de escadas de urso.
• Comprar puts em uma nova máxima em um padrão de escadas de touro.
• Compra calls durante um pico de touro em um fuga de touro forte.
• Comprando puts durante um pico de urso em um fuga de urso forte.

Você também pode negociar opções com base em um período de tempo menor, como um gráfico de 5
minutos:

• Se você é um novo operador e sua conta é limitada ou você quer ter certeza do seu risco, você
pode comprar puts de SPY ou calls em vez de negociar o SPY ou Emini. O spread bid-ask é
geralmente apenas um tick para as opções de mês a frente, nas opções at-the-money (ATM 1) no
SPY e muitas ações big cap. Isso permite que os traders coloquem negociações no gráfico de 5
minutos e ainda tenham uma equação de negociante favorável.
• Em raras ocasiões, quando o movimento do preço intradiário é tão grande que você não está
1 At the money: opção cujo preço de exercício é próximo ao preço do ativo subjacente no mercado à vista. Em geral,
isto ocorre para deltas entre 0,35 e 0,65. Há possibilidades concretas do titular de uma opção ATM exercer o seu
direito de compra ou de venda do ativo-objeto, pois o preço de negociação do ativo-objeto estabelecido em contrato
é muito semelhante ao preço de compra ou venda deste ativo no mercado. Por esta razão, o valor do prêmio pago
para aquisição de uma opção at the money não é tão baixo quanto o valor pago para aquisição de uma opção OTM,
nem tão alto quanto o valor pago para aquisição de uma opção ITM. O prêmio de uma opção ATM é composto pelo
valor tempo e, eventualmente, por um valor intrínseco baixo (ver mais em:
https://br.advfn.com/investimentos/opcoes/opcao-atm).
disposto a confiar no preenchimento de suas ordens (como o Emini, ações, títulos, moedas ou
qualquer mercado que você esteja negociando), então você pode comprar pulls e calls com
ordens limite para daytrades com base em gráficos de 5 minutos.

Existem muitas outras situações em que as opções de negociação valem a pena, e há muitas outras
estratégias de opções úteis, mas as acima mencionadas são as mais fáceis para um comerciante de
daytrade e o que menos distrai. Se os traders são capazes de lidar com outros tipos de negociação de
opções, eles devem negociá-las, mas a maioria dos day traders ativos não pode tomar esses negócios
sem interferir com seu potencial de ganhos de day trading. As reversões de risco, os costless collar 2 e os
spreads de índices em geral oferecem excelentes equações de negociador, mas provavelmente distraem
demais um day trader. As ordens são relativamente complicadas de colocar e exigem muita
concentração para fazê-las corretamente. Você tem muitos preços e vencimentos a considerar; os
spreads bid-ask são geralmente amplos e, portanto, os negócios são um pouco caros; e você deve usar
ordens limite, mas muitas vezes elas não são preenchidos rapidamente. Você então tem que gerenciar
os negócios e, muitas vezes, vai querer fazer ajustes conforme os comércios evoluírem.

Comerciantes forex farão hedge de suas carteiras de ações com operações cambiais, quando acharem
que o mercado de ações vai cair, comprando moedas de risco, como o franco suíço ou o dólar norte-
americano, e reduzindo moedas de risco, como a coroa sueca, para obter o mesmo hedge . Isso evita o
custo das opções, mas requer um conforto com o mercado cambial (forex), onde muita ação acontece
durante a noite. Tudo isso é muito perturbador para um day trader, e a maioria prefere se concentrar no
day trading ou adicionar apenas compras de puts e calls em suas negociações.

Em uma possível grande reversão de tendência no topo, você também pode simplesmente vender curto
uma pequena posição acionária, mas se você tiver que acompanhá-la demais durante o dia, isso faria
com que você perdesse negócios diários.

É mais fácil, na maioria das vezes, comprar puts e calls e, às vezes, spreads manter por um ou vários
dias. Você pode considerar permitir um novo extremo contra sua posição, e pode estar disposto a
adicionar, porque seu risco é exatamente conhecido e limitado com essas estratégias.

As opções contêm um valor de tempo que desaparece todos os dias, reduzindo o valor da sua put ou
da sua call. Se você comprar um spread, você perde no lance (bid) e no ask em ambos os strikes, tanto
quando você entra como quando você sai do spread, e você tem o dobro das comissões. Devido a
esses custos, os traders precisam se restringir a negociar apenas as melhores configurações de opções.
Além disso, eles devem adicionar opções ao seu daytrade apenas se isso realmente resulta em um
aumento em sua linha de fundo, o que não será o caso para a maioria dos comerciantes. Negociar
qualquer coisa com lucro é difícil para todos os traders, e os traders mais lucrativos geralmente
preferem se concentrar em opções, futuros ou ações e não dividir sua atenção entre os três. No entanto,
esteja ciente de que os negociadores de opções consideram as posições de ações um componente
integral de suas negociações, e a maioria mantém suas posições por dias a semanas e não minutos para
2 Costless collar ou zero-cost collar: é estabelecido com a compra de um put protetor enquanto se escreve (write) uma
call out-of-the-money com um preço de exercício (strike price) em que o prêmio recebido é igual ao prêmio da peça
de proteção da put comprada. Podem ser usados para proteger totalmente as posições longas em ações com pouco ou
nenhum custo, uma vez que o prêmio pago pelas opções de puts protetivos é compensado pelos prêmios recebidos
por escrever (write) as calls cobertas.

Dependendo da volatilidade do subjacente, a call pode variar de 30% a 70% fora do dinheiro, permitindo que o
lançador (wirter da call) ainda tenha um lucro limitado caso o preço da ação suba. Essa estratégia é tipicamente
executada usando as opções LEAPS, pois o preço de exercício (strike) da call vendida pode ser bastante alto em
relação ao preço da ação subjacente. Mais em: https://www.theoptionsguide.com/costless-collar.aspx).

Obs. Os Long-term Equity Antecipation Securities, ou LEAPS®, são ações ou índices de opções de longo que
expiram acima de 9 meses até 2,5 anos. Só para blue chips.
as férias, como os daytraders.

Há uma outra ocasião rara em que opções intraday podem ser preferíveis a futuros e ações. É quando o
mercado está em uma enorme queda livre e está próximo a se limitar. Se um padrão confiável de
reversão for estabelecido, você pode pensar que o risco de comprar o Emini é pequeno, mesmo em
uma pequena posição, mas pode ser substancial mesmo com um corretor respeitável. Como pode ser?
Porque o sistema pode ficar sobrecarregado e seus pedidos podem não ser processados ou reportados
por 30 minutos ou mais. Se você acabou de comprar o que achava ser um fundo e depois o mercado
caiu atravé de seu stop de proteção, você ainda pode ver seu pedido na tela do computador como um
pedido não preenchido, embora o mercado tenha caído bem abaixo dele. Então, o que você faz? Você
não sabe se o pedido foi preenchido e quando você chama seu corretor para descobrir, você tem que
esperar por 30 minutos. Então, após cerca de 30 minutos, a tela do seu computador mostrará que seu
pedido foi preenchido com algum slippage. Você não pode se dar ao luxo de viver com esse tipo de
incerteza por tanto tempo em um grande dia em que os sistemas de ordens do seu corretor não estão
funcionando corretamente. Você pode facilmente perder 10 pontos no Emini, já que o corretor nunca é
responsável pelo seu pedido ser preenchido. Uma alternativa é comprar calls, para que você tenha
certeza do seu risco se o mercado entrar em queda livre depois que você estiver no mercado. Você
pode tentar limitar qualquer perda potencial com um stop em sua call, mas mesmo se o mercado ficar
muito abaixo do seu stop sem ser preenchido, pelo menos você sabe que seu risco não é catastrófico,
mesmo que a ordem de stop nunca tenha sido processada (supondo que o tamanho de sua posição
seja razoável).

Como o mercado pode cair através de seu stop de proteção e não acioná-lo? O stop é baseada na
última negociação e, se nenhum negócio ocorrer na sua opção, o bid a o ask poderão cair muito abaixo
do seu stop, mas seu stop não será preenchido e sua opção valerá muito menos do que você pensou . É
importante entender que os stops de proteção nas opções geralmente não oferecem proteção, e se o
mercado está se movendo rapidamente contra você, você deve tentar sair em uma ordem limite o mais
rápido possível.

Você também pode considerar fazer daytrade de opções do SPY em vez do SPY ou do Emini,
especialmente quando você está começando e se tem medo de uma grande perda. Por exemplo, se
você comprar uma call de um mês fora do dinheiro (ATM) no SPY, isso pode custar cerca de $ 250, o
que é o máximo que você pode perder, mesmo se o SPY cair para zero (obviamente isso assume que
você comprou a call e não cometeu um erro, como, por exemplo, encurtar uma put ou call naked).
Mesmo que o SPY caísse 1% na próxima hora, você provavelmente poderia sair da sua call com uma
perda de $ 100. Se você comprou a call durante um recuo em uma tendência de alta, as chances são
boas de que você seja capaz de sair com um lucro de 10 a 20 centavos, o que se traduz em um lucro de
$ 10 a $ 20. Isso exigiria um movimento de 25 a 45 centavos no SPY. Se o SPY, em vez disso, caiu 50
centavos, você poderia sair da sua call com talvez uma perda de 30 centavos, que é de $ 30. Comprar
opções de compra dá aos comerciantes iniciantes mais certeza sobre o máximo que eles têm em risco,
e isso pode tornar mais fácil para eles pensar em como negociar sem se preocupar constantemente
com os dólares.

Se você faz apenas alguns daytrades por dia nos mercados de futuros ou de ações, poderá ser mais
ativo no mercado de opções, especialmente se também estiver ativamente negociando ações. As
oportunidades poderiam preencher outro livro, mas alguns pontos valem a pena ser feitos aqui. Por
exemplo, se você está comprando uma ação que está se baseando no gráfico diário e está disposto a
adicionar em uma mínima, você pode vender um put a um strike abaixo do mercado. Você recolhe o
prêmio se sua ação sobe ou até mesmo cai um pouco, e se ao invés disso ela ficar abaixo do strike do
put, o comprador do put colocará a ação para você (você será forçado a comprá-la ao preço de
exercício) e, portanto, você estará adicionando a sua posição de ação longo a esse preço mais baixo.
Outro uso comum de opções para negociadores que tem ações longo é vender calls OTM (out-of-the-
money) para cobrar (to collect) prêmio. Essa cobertura de call writing pode adicionar cerca de 10% de
retorno ao seu portfólio a cada ano, mas isso ocasionalmente tirará você de uma ação que está
explodindo para cima.

Se você está esperando um grande movimento em um contrato de ações ou futuros, mas não sabe a
direção, você pode comprar um straddle (compre simultaneamente um put e um call), mas então você
sofre queda com o tempo, comissões e spreads bid-ask nos dois lados. Straddles raramente valem a
pena.

Uma alternativa para os negociadores de futuros é combinar os futuros e as opções em uma posição
neutra em relação ao delta, o que significa que ela tem chances iguais de subir ou descer. Por exemplo,
no Emini, um contrato longo equivale a comprar 500 SPY ou 10 calls em dinheiro. Se você comprar um
contrato Emini (ou 500 SPY) e 10 puts ATM (alternativamente, você pode encurtar um Emini ou 500 SPY
e comprar 10 calls ATM), esta é uma posição delta-neutra no momento em que você fez a negociação.
Se o mercado subir ou descer, o delta muda. Se o mercado subir, seu Emini fará mais do que suas puts
perderão; se o mercado cair, seus puts ganharão mais do que seu Emini perderá. Você só perde dinheiro
se o mercado ficar de lado por vários dias, porque a sua opção vai se deteriorar. Há um monte de ajuste
fino que você pode fazer para aumentar seu retorno à medida que o mercado se move, mas os
daytraders do Emini estão muito ocupados para adicionar isso à sua negociação.

Os operadores de opções geralmente falam sobre catalisadores, que são eventos de notícias que
podem levar a grandes movimentos em uma ação. O mais comum é um relatório de ganhos futuros, e
os menos comuns incluem informações antecipadas sobre novos produtos ou possíveis aquisições.
Porque há incerteza e o potencial para um grande movimento para cima ou para baixo é grande, o
prêmio é geralmente muito inflacionado. Assim que a notícia é anunciada, o prêmio é esmagado, tanto
que você pode ver o grande movimento na direção que você esperava e ainda perder dinheiro! Por
exemplo, suponha que você pensou que os lucros da Amazon (AMZN) seriam fortes, então você
comprou uma call de $ 5,00 no dia anterior, e os ganhos foram fortes e AMZN subiu 5% na abertura; no
entanto, sua call pode abrir por apenas $ 4,00. Você estava certo sobre os fortes ganhos e a forte
abertura, mas o prêmio foi tão inflado que a AMZN provavelmente teria que subir 10% para sua call
aumentar o valor. Devido a essa rápida perda do prêmio muito inflacionado, os traders precisam ter
cuidado ao comprar opções antes dos catalisadores. Se a volatilidade é muito alta, eles são caros e
exigem um grande movimento para serem lucrativos. Uma forma de reduzir o efeito é comprar um
spread de modo que a perda de prêmio da sua opção curta compensará amplamente a perda da sua
opção longa, mas geralmente vale a pena comprar spreads se você pretende manter a posição por uma
semana ou mais, porque eles geralmente serão lucrativos somente se houver uma grande jogada, ou se
houver um movimento menor e a expiração estiver se aproximando.

Muitos traders de opções de índice prestam atenção ao Índice de Volatilidade do Mercado de Câmbio
(VIX), que tende a se mover na direção oposta aos índices e em geral aumenta muito quando o
mercado entra em pânico e os investidores estão comprando um grande número de puts para proteger
seus longos. Outros comerciantes estão, obviamente, comprando puts como uma aposta de que a
tendência do urso continuará. No entanto, depois que o mercado começa a subir novamente, também
pode haver um aumento na compra de puts, mas por um motivo diferente. Em vez de especuladores
apostarem em uma queda ou no hrdging de longos com medo, muitas vezes é devido a longos
confiantes que estão protegendo seus novos longos. Quando este é o caso, esta compra de puts
implica que o risco de queda é muito menor. Esses novos longos estão dispostos a manter suas
posições acionárias durante uma liquidação porque compraram os puts como proteção, então, se o
mercado cair, eles manterão suas posições de ações e futuros em vez de vender em pânico e diminuir
ainda mais o mercado. Em outras palavras, essa compra de puts é um sinal de que o risco de queda
encolheu e os investidores estão se tornando confiantes. No entanto, é impossível saber se as compras
globais de puts no mercado são para especulação sobre novas quedas ou para proteção de novos
longos. Confiar nas opiniões de especialistas na televisão nunca é uma boa base para tomar posições.
Se eles pudessem ganhar muito dinheiro negociando, a maioria deles não perderia tempo falando na
CNBC.

Muitos fundos hedge compram ações e hedge também comprando puts, seja nas ações específicas de
suas carteiras ou no mercado geral, como puts do SPY. Os fundos de hedge raramente são
perfeitamente hedged e a maioria ajusta a quantidade de puts de proteção com base no mercado
global. Alguns usam o índice de volatilidade para fazer ajustes em seus puts. Por exemplo, se o índice
de volatilidade subir 20% devido a uma queda de 10% no mercado de ações nas últimas semanas, eles
recomprarão parte ou todas os suas puts, porque as puts serviriam ao seu propósito. Eles inicialmente
compraram as puts quando o mercado estava mais alto, como proteção contra um sell-off em sua
carteira de ações. Se o mercado cair e suas ações diminuírem em valor, suas puts aumentarão de valor.
Eles vão lucrar com suas opções puts e ficarão menos protegidos (hedged), enquanto esperam o
mercado subir de novo, ou comprarão novas puts para rolar seu hedge em um contrato adicional, e
geralmente a um preço de exercício mais baixo. Se o mercado se recuperar fortemente e eles estiverem
relativamente menos protegidos (hedged), eles comprarão mais puts para aumentar sua proteção
contra queda.

Se você estiver negociando opções no gráfico diário ou de 60 minutos e estiver confiante de que o
movimento começará dentro de um ou dois dias, é melhor comprar apenas uma opção em vez de um
spread. No entanto, se você acha que a mudança pode levar uma semana ou mais para começar, reduza
o efeito da deterioração do tempo comprando um spread. Você reduz sua lucratividade total porque o
valor da opção curta aumenta à medida que o mercado segue seu caminho, mas a taxa geral de risco /
recompensa melhora. Em geral, escolha o preço de exercício para a opção curta perto de uma área de
suporte ou resistência. Por exemplo, se o SPY estiver em 105 e tiver um sinal de compra forte, mas
houver resistência em torno de 108, você poderá comprar a call de ATM 105 de um mês e financiá-la
em parte, encurtando a call OTM 108. O custo líquido da call longa menos o prêmio que você coletou
na call curta pode ser de aproximadamente $ 1. 20. Como a resistência é a 108 e a resistência age como
um ímã, o mercado deve ser atraído para a área de 108. Ambas as calls aumentarão em valor, mas a call
longa ATM 105 aumentará mais em valor e mais rápido e compensará a perda na call curta de 108. Se o
mercado subir em um pico muito forte e você achar que ele irá facilmente romper a área de resistência,
você pode comprar de volta a call short 108 para uma perda e manter a call longa 105, que tem lucro
mais que suficiente para compensar a perda na curta. Se o rali para 108 é fraco e você acha que o
mercado pode cair, você deve sair do spread com lucro. Geralmente não vale a pena manter o spread
até a expiração, mesmo que quando o lucro máximo é realizado. Sua premissa mudou, então você
precisa reavaliar sua posição, e isso é sempre uma consideração ao negociar opções. Se o SPY estiver a
108 na expiração, a call curta de 108 expirará sem valor e a call longa de 105 valerá $ 3,00, então seu
lucro líquido total pode ser de aproximadamente $ 1,80. No entanto, se o mercado estiver a 108 com
duas semanas antes do vencimento e seu lucro líquido for de $ 1,50, provavelmente é melhor
simplesmente sair porque não vale a pena arriscar transformar seu lucro de $ 1,50 em uma perda
devido a um sell-off abaixo de 105 antes do vencimento. Como o mercado subiu para 108, sua situação
de risco / recompensa mudou, e não é mais tão bom quanto era quando você colocou o negócio. É
melhor ter o seu lucro e procurar o próximo negócio.

Um comerciante pode comprar ou vender um spread. Por exemplo, se o SPY estiver a 130 e um trader
achar que ele subirá, ele poderá comprar um call spread de compra comprando a call ATM 130 e
vendendo uma call OTM a um preço de exercício mais alto, como uma call 133. Ele também poderia
fazer uma aposta de alta, encurtando um put spread, como vendendo uma put ATM 130 e comprando
um put OTM 125. Em geral, a maioria dos traders prefere comprar spreads para vendê-los porque eles
preferem ser longos e não curtos na opção ATM. Se eles estão curtos numa opção ATM, a ação
subjacente vai contra eles, msmo que um pouco, eles correm o risco de ter trabalho adicional
indesejado. Por exemplo, se eles encurtam o put spread e o SPY caiu para 129 e ficou lá quando a
expiração se aproximou, eles podem ter que colocar a ação (fazer o put), o que significa que o corretor
automaticamente venderá a ação a 130, então eles teriam que decidir o que fazer com a ação e com o
put OTM longo restante.

Comprar um spread geralmente é melhor quando você planeja manter o trade por várias semanas,
especialmente se você puder manter a posição na semana final. Isso ocorre porque o spread curto é
sempre mais OTM; quanto mais uma posição for OTM, mais rápido ela perderá o prêmio através da
decadência do tempo, e essa decadência acelerará rapidamente na semana final. No entanto, você
também pode comprar um spread com a intenção de mantê-lo por apenas alguns dias, se estiver
esperando uma grande movimentação além do seu spread curto nesse período. Compre o spread para
uma negociação que você espera manter por menos de uma semana somente se você achar que o
mercado irá além do seu preço de exercício curto durante aquela semana. Caso contrário, basta
comprar uma simples call ou put. Por exemplo, digamos que o SPY esteja a 134 e você pense que cairá
para 130 na próxima semana. Ou você poderia comprar um put, como o put ATM 134, ou você poderia
considerar um spread, como um put longo 134 e um put curto 132 ou 131.

Como as opções perdem dinheiro todos os dias, mesmo que o mercado permaneça inalterado, você
deve manter sua posição somente se acreditar que sua premissa ainda é válida. Caso contrário, saia,
mesmo com prejuízo. Como você sabe se sua premissa ainda é válida? Olhe para o mercado como está
neste momento e imagine que você não está segurando a posição. Em seguida, pergunte a si mesmo se
você entraria nessa posição exata. Se você não o fizer, então sua premissa é inválida e você deve romper
imediatamente.

Um erro comum que um novato faz é manter uma posição de opção vencedora por muito tempo. Por
exemplo, se o comerciante compra uma call na parte inferior de uma faixa de negociação com o
objetivo de um teste até o meio da faixa na próxima semana, mas o mercado corre para o alvo em
apenas um dia, geralmente é melhor para pegar a maioria ou todos os lucros nesse momento. Sim, o
forte impulso pode ser o início de uma tendência de alta, mas é mais provável que a faixa de
negociação continue, e o mercado em breve se desviará e corroerá o prêmio com a decadência do
tempo ou o mercado recuará e o lucro vai desaparecer. Lucros em opção desaparecem rapidamente,
por isso é muito importante levá-los depois de tê-los.

Só porque uma ação é bem conhecida, não assuma que suas opções são fortemente negociadas. Se
não estiverem, o spread bid-ask pode ser inaceitavelmente grande. Por exemplo, o bid para uma call
ATM pode ser de $ 1,20 e o ask pode ser de $ 1,80. Isso significa que você provavelmente teria que
pagar $ 1,80 pela call e, se a vendesse imediatamente, receberia $ 1,20, perdendo instantaneamente 60
centavos ou um terço do seu investimento! Em geral, se o open interest for menor que 1.000 ou o
volume diário recente for menor que 300 opções para o stike que você está considerando,
normalmente você não deve fazer a negociação. Você deve raramente, ou nunca, negociar opções
negociadas em baixa escala. No entanto, se você fizer isso, você deve sempre entrar e sair com ordens
limite. Mesmo assim, seu pedido de limite pode ficar lá por horas enquanto você espera que ele seja
preenchido, e às vezes você acaba cedendo e saindo do mercado, reduzindo muito seu potencial de
lucro. Uma das coisas boas dos mercados de opções ativas, como o SPY, é que o spread bid-ask para o
mês seguinte é geralmente de apenas um centavo para as opções ATM e opções near-the-money, para
que você possa fazer ordens a mercado e obter excelentes preenchimentos.

Um grande spread bid-ask não deve ser um impedimento para a compra de uma opção, porque o
spread é proporcional ao preço da ação. Quando a AAPL está sendo negociada a $ 300, o spread bid-
ask em uma call de ATM pode ser de 20 centavos, o que pode parecer muito para um iniciante. No
entanto, os traders não hesitariam em comprar uma opção de negociação de ações a $ 30 se o spread
bid-ask na opção fosse de 2 centavos. Eles podem comprar 10 calls de uma ação de $ 30 para cada uma
call AAPL. Essa é uma maneira matematicamente apropriada de negociar.

Os spreads podem ser úteis se você estiver entrando durante um pico forte no gráfico diário e o
mercado tiver um caminho a percorrer antes de alcançar seu objetivo. Por exemplo, se o SPY estiver em
118 e cair bem abaixo da média móvel em uma nova tendência de baixa, e você acredita que atingirá
115 nos próximos dias, você pode estar hesitante em comprar um put, porque o mercado pode
repentinamente reverter para a média móvel antes de cair para o alvo. Como alternativa, você pode
comprar um put a 118 e um short a 115 put. Se o mercado cair ininterruptamente nos próximos dois
dias para a área de suporte de 115, você poderá sair do seu put spread por talvez um lucro de $ 1,50.
Se, em vez disso, ele subir para 120 na média móvel, seu spread poderá ter uma perda de um dólar. Se
você acreditasse que sua premissa ainda estava intacta, você poderia leg out seu spread, comprando de
volta o seu put curto para um lucro de talvez 50 centavos, mas mantendo seu longo put. Se você estiver
certo e o mercado cair para o seu alvo a 115 durante a próxima semana, você pode ganhar um adicional
de $ 2,00 no put longo para um lucro total de cerca de $ 2,50 no negócio. É preciso experiência para
poder leg out de um spread quando o mercado está indo contra você, mas se você está confiante sobre
sua leitura do gráfico, isso pode ser uma boa abordagem.

A propósito, as opções curtas nos níveis de suporte e resistência aumentam a força desses níveis, já que
as opções tendem a expirar perto do preço de exercício com o maior open interest. O maior volume
negociado a qualquer preço de exercício aumenta o efeito magnético desse preço, o que aumenta o
suporte e a resistência a esse preço. Se o volume for grande o suficiente, isso pode afetar o mercado
em torno da expiração. O volume pode ficar enorme se houver um suporte óbvio ou um nível de
resistência, porque esse preço de exercício irá gerar muita atividade de opção. Na verdade, o SPY e o
QQQ geralmente expiram perto do preço de exercício de put e callenda com o maior open interest. O
lado curto das opções é geralmente tomado por instituições, que são os comerciantes de dinheiro
inteligentes, e eles farão o que puderem no mercado de opções e nos mercados relacionados para fazer
com que suas opções curtas expirem sem valor, de modo que consigam manter todo o prêmio que eles
coletaram.

O VIX é uma medida da volatilidade das opções do índice S & P 500 e, embora a compra de uma call ou
o SPY ou o Emini seja geralmente um bom negócio durante um pico forte quando você acredita que o
acompanhamento é provável, há um risco associado ao VIX. A propósito, todos os 16 pontos no VIX
correspondem a um intervalo médio esperado de 1% no índice S & P 500 (portanto, um VIX de 32
significa que o alcance médio diário do SPY e do Emini é de cerca de 2%) . Se o pico for forte o
suficiente, o VIX também poderá aumentar e o custo de sua call será elevado no momento da compra.
Se ao longo das próximas horas o mercado entrar em um canal touro, o VIX pode cair o suficiente para
que o valor da sua call não aumente. Por causa disso, se você quiser comprar um call durante um pico
de touro ou um put durante um pico de urso, se você não está comprando logo no início do pico, é
melhor esperar por um recuo para reduzir o risco de comprar durante o breve pico para cima no VIX, o
que causaria um breve overpricing de todas as opções.

Um aumento dramático na volatilidade das opções geralmente causa um aumento desproporcional no


preço das opções OTM. Isso é chamado de inclinação (skew), e os preços inclinados podem ser
perturbadores para os traders iniciantes, porque resultam em lucros menores do que o que parece justo
ou lógico. Se um trader comprasse um put spread de 133/128 no SPY durante uma faixa de negociação
em um mercado em alta quando o SPY estivesse em torno de 133, pagando $ 3,50 pelo put 133 e
recebendo $ 2,00 pelo put curto, e o SPY caísse $ 4,00 nas próximas duas semanas, em alguma crise
mundial, o trader poderia supor que o spread aumentaria em $ 4,00 também. No entanto, uma vez que
muitos traders estão comprando OTM puts para proteger seus longos enquanto o mercado está caindo
drasticamente, seu preço aumenta desproporcionalmente para os puts ATM, e o spread pode aumentar
para apenas $ 2,50, ou um lucro de $ 1,00. À medida que o mercado cai drasticamente, a volatilidade
aumenta acentuadamente, o que tem um efeito maior sobre as puts OTM (e calls também). No entanto,
o mercado pode ter que cair cerca de 5% abaixo do menor preço de exercício, talvez até 123, para o
spread ter um lucro próximo de $ 5,00 nas semanas anteriores à expiração. Os spreads chegam perto do
seu potencial de lucro apenas se o mercado ficar muito abaixo do preço de exercício mais baixo, ou
durante a última semana antes do vencimento. Os comerciantes geralmente devem comprar spreads
somente se estiverem esperando uma mudança para perto de sua leg curta em algum momento nas
próximas semanas, ou se estiverem dispostos a segurar o spread e sair dentro de uma semana ou mais
de vencimento. O put spread terá o lucro total de $ 5,00 no vencimento se o SPY for inferior a 128, o
preço de exercício mais baixo, no vencimento, mas a maioria dos traders sairá antes disso.

Devido à distorção das opções do OTM durante grandes picos no gráfico diário, os comerciantes devem
considerar outright a compra de opções se estiverem esperando uma máxima ou mínima na próxima
semana. Se eles planejam sair várias semanas antes da expiração, devem considerar não comprar um
spread. Por exemplo, se o mercado teve uma forte queda de 3% no gráfico diário e agora recuou para
uma possível mínima mais baixa, e os traders esperam que uma segunda perna forte para baixo comece
dentro dos próximos dias, eles provavelmente ficarão melhores apenas comprando um outright put em
vez de um spread. Se eles estivessem dispostos a comprar dois put spreads por um custo total de $
3,00, eles poderiam considerar a possibilidade de comprar um único put ATM por cerca de $ 3,50. Se
eles tiverem uma liquidação acentuada que eles estão esperando durante a próxima semana, sua put
pode valer $ 7. 50 se o mercado cair rapidamente para 128. Isso ainda é menor do que os $ 5,00 que
eles esperavam fazer (a diferença entre os 133 no SPY quando compraram o put e o preço atual de
128), mas muito mais do que os $ 2,00 eles teriam feito nos dois spreads de venda. Se a seu put
aumentar rapidamente em $ 3,00 ou $ 4,00 dentro de alguns dias, deve-se sair fora da posição, porque
o mercado provavelmente irá recuar e entrar em uma faixa de negociação. Se eles continuarem a
manter o put, o lucro de $ 4,00 pode rapidamente se tornar um lucro de $ 2,00. O rally pode convencê-
los de que sua premissa não é mais válida, e eles vão sair com o lucro de $ 2,00, desejando que eles não
tenham sido tão gananciosos. O mercado de opções muitas vezes oferece aos comerciantes presentes
inesperados, mas raramente tanto quanto um iniciante acha lógico. Quando isso acontece, é quase
sempre melhor pegar o presente e procurar pelo próximo negócio.

FIGURA 23.1 Comprar calls durante picos de touro

Quando uma ação está em alta, os negociadores podem comprar calls ou fazer um spread. Muitos
comerciantes que compram calls em altas fortes preferem strikes OTM porque o tempo de decaimento
é um pouco menor. Como mostrado na Figura 23.1 , este gráfico diário de AAPL tinha vários picos de
touro compostos por uma série de barras de tendência de alta com pequenas caudas e barras com
pouca sobreposição. O momentum era forte, o que fez com que as chances favorecessem preços mais
altos. Se os traders quisessem participar do movimento ascendente, mas limitando o risco, poderiam
comprar calls ou call spreads. Eles poderiam obter lucros parciais após alguns dias e depois sair do
restante da posição no primeiro sinal de uma reversão ou em um recuo para perto do preço de entrada.

Quando o mercado está em alta e os negociantes querem comprar, mas gostariam de comprar um
pouco mais baixo, eles geralmente vendem um pouco abaixo do mercado. Por exemplo, durante
qualquer uma das pernas de touros sombreadas, um comerciante poderia ter vendido um put de um
mês que era cerca de 2% OTM por $ 8. Se o mercado caísse e eles colocassem as ações, ficaria 2%
abaixo do preço atual e ficariam felizes. Se o mercado continuasse a alta, eles manteriam os $ 8, o que
representa um lucro de 2% em um mês. Outros comerciantes simplesmente venderiam um put de ATM.
Por exemplo, quando o mercado estava em 260 e subindo acentuadamente, eles poderiam ter vendido
um put de mês 260 por cerca de $ 12. Se eles fossem colocar a ação, eles conseguiriam manter os $ 12.
Isso significa que seu custo líquido para comprar as ações era de 248, mesmo que nunca tenha caído
muito abaixo de 260, e simplesmente continuou em alta.

FIGURA 23.2 Rompimentos de Escada com opções

Quando um mercado está em um padrão de escadas, você pode usar opções em cada nova fuga,
esperando um recuo no degrau anterior. Como mostrado na Figura 23.2 , após o rally para bar 4, o
gráfico diário de FCX teve um recuo para abaixo da máxima da barra 2, o que significa que os touros
não eram muito fortes. Comerciantes que corretamente assumiram que uma fuga acima da barra 4 seria
seguida por um recuo para baixo máxima da da barra 4 poderiam ter comprado puts no doji bar 5 ou
antes do fechamento do dia seguinte, uma vez que estava claro que o dia provavelmente seria um forte
dia de tendência de urso.

Quando o mercado virou no bar 9 e subiu vários dólares acima da mínima do bar 7, os operadores
poderiam ter comprado calls no ou pouco antes do fechamento do bar 11, esperando uma alta de pelo
menos dois dólares acima da mínima do bar 9. Eles poderiam ter comprado calls novamente no
fechamento do bar 13 quando viram a grande cauda no fundo do barra e um fundo duplo.

A barra 12 era uma barra de inversão de urso e uma barra de gap na média móvel. Era razoável comprar
puts no final do dia. Como o mercado estava em um amplo canal de urso desde o bar 5, muitos traders
compraram puts em cada rally acima do ponto médio da perna anterior de baixa e perto da média
móvel. Muitos esperaram até perto do final do dia, para estarem confiantes de que o dia seria um dia
de tendência do urso, como durante as barras 8, 10, 12, e o bar após o bar 14.
FIGURA 23.3 Extremos do intervalo de negociação com opções

Quando o mercado está em uma faixa de negociação, os traders podem comprar puts e sair de calls
compradas anteriormente, perto do topo da faixa e, em seguida, comprar calls e sair de puts perto da
parte inferior da faixa. Como mostrado na Figura 23.3 , após a reversão para cima da barra 5, o Morgan
Stanley (MS) formou-se um intervalo de negociação.

Os comerciantes poderiam ter comprado puts perto do fechamento da barra de baixa três barras após a
barra 9. Os operadores poderiam ter saído de seus puts e comprado calls no fechamento do barra.

A barra após a barra 13 tinha um corpo de urso, e os operadores poderiam ter saído das seus calls e
comprado puts no topo da faixa.

A descida para a barra 15 seguiu um pico muito forte, e mesmo que a barra 15 tenha formado um
fundo duplo com a barra 11, o mercado podia ter precisado de mais de uma base antes de poder subir
muito. Os comerciantes que compraram calls aqui deveriam ter tomado seus lucros com a reversão no
topo da barra 16.

A barra 17 era uma barra de reversão de touro e a terceira empurrada para baixo a partir da barra 9.
Essa era uma oportunidade de compra de calls. Quando os operadores profissionais de opções
acreditam que o mercado se recuperará, eles às vezes colocarão uma inversão de risco, o que está além
do escopo deste livro. Por exemplo, o mercado subiu fortemente da barra 5 e depois entrou em uma
faixa de negociação. Muitos comerciantes concluíram, com razão, que o mercado tinha uma boa chance
de testar o topo da faixa de negociação novamente, e poderia até chegar a um novo recorde. Após o
fundo duplo no bar 15, um trader de opções viu que havia uma forte compra em torno de 24,00, e ele
ficaria feliz em poder comprar lá. Como ele acreditava que o mercado subiria mais alto, ele poderia ter
comprado uma call a qualquer momento, enquanto o mercado subia da barra 15. Se ele comprou um
call 26 OTM de novembro por 1,50, ele poderia ter sido capaz de cobrir completamente o custo dessa
compra vendendo uma put 24 OTM, o que lhe daria cerca de um crédito de 1,50. O custo líquido de sua
call longa de 26 e seu put curto 24 era zero, e essa estratégia é chamada de inversão de risco (risk
reversal). Se o mercado caísse abaixo de 24, ele teria colocado as ações a 24, o preço que ele esperava
poder comprar. Ele então seria longo na ação e ainda longo na call. Se o mercado caísse
acentuadamente, ele perderia os 1,50 que gastou na call e tantos dólares quanto as ações caíssem
abaixo de seu preço de entrada. No entanto, ele acreditava que isso era improvável e, nessa situação,
possivelmente teria uma chance de 70% de ganhar dinheiro. Se o mercado caísse abaixo de 24, e em
um pequeno mergulho de uma barra como aquele com várias semanas até o vencimento, seria
improvável que ele tivesse colocado as ações. Se ele tivesse feito, então ele seria longo na ação e na
call, e ele poderia ter tido lucros em ambos em torno do teste do bar 18 do topo da faixa de
negociação. Se ele não tivesse colocado a ação, ele poderia ter fechado a sua inversão de risco com um
grande lucro tanto no seu longo quanto no seu curto, que teria caído perto de zero (ele recebeu 1,50
quando o vendeu e agora poderia comprá-lo de volta por cerca de 10 centavos). Uma inversão de risco
é semelhante a manter a crença de que o mercado pode formar uma reversão de mínima mais baixa. O
trader acredita que o mercado está revertendo para cima e está confortável comprando (colocando a
ação) se o mercado cair para uma mínima mais baixa.

FIGURA 23.4 O SPY é um bom mercado para as opções

Como mostra a Figura 23.4 , o gráfico diário do SPY oferece regularmente oportunidades para comprar
opções.

A barra de reversão era uma boa configuração para compra de put para um teste da média móvel e um
teste mais abaixo. Os comerciantes poderiam ter comprado puts no fechamento.

Quando a barra 6 fechou, muitos traders presumiram que sua mínima provavelmente seria testada. A
maior volatilidade aumenta os prêmios das opções, de modo que os prêmios colocados foram muito
inflacionados porque o bar era muito grande. Os traders poderiam ter comprado um put spread
compra, comprando o ATM 113 de um mês e encurtando um put quatro strikes mais baixo. Se o put
curto está muito abaixo, seu valor é muito pequeno para valer a pena encurtar. Se o mercado
rapidamente caísse abaixo de 109, os traders poderiam ter saído do spread com lucro. No entanto, se
eles mantiveram e viram o rally para a média móvel no bar 7, eles poderiam ter comprado de volta as
puts short 109, que valeriam muito menos, e continuariam com as puts 113, embora também valessem
a pena. muito menos. No entanto, os puts teriam rapidamente aumentado de valor nas próximas barras,
e os comerciantes poderiam então ter lucro em ambos os lados do spread. Isso é chamado de legging
out the spread, porque você sai das duas partes ou pernas em momentos diferentes.

A barra 7 era um teste de média móvel após o enorme pico desde a barra 6. As probabilidades
favoreceram um sell-off pelo menos até o meio do pico do urso. Os comerciantes poderiam ter
comprado puts na média móvel ou pouco antes do fechamento do bar 7, quando viram que o bar
provavelmente seria uma barra forte de bear.

A barra 9 era uma barra forte de alta e a segunda barra forte de alta em três barras e, portanto, um sinal
de pressão de compra. A cauda grande na parte inferior do bar 6 também era um sinal de forte compra
nesse nível de preço. As probabilidades eram boas para um teste da média móvel, então os operadores
poderiam ter comprado as calls indo para o fechamento do bar 9, uma vez que viram que
provavelmente seria uma barra forte de reversão de touro.

Na barra 14 de reversão de urso forte e gap média móvel, os operadores poderiam ter comprado puts
indo para o fechamento quando vissem que a barra seria uma barra forte.

A barra 15 era uma configuração de compra de calls mais arriscada porque o momentum para baixo era
bem forte, mas era a terceira a descida desde a barra 4, onde a barra 6 era a primeira e as barras 8 a 13
formaram a segunda. Uma vez que os comerciantes viram o quão forte subiu até a barra 16, eles
poderiam ter comprado calls no fim da barra forte de touro 17 para uma segunda perna depois do
fundo.

O mercado estava parado durante as cinco barras antes do bar 19 com topo duplo com barra 14, e o
fechamento doji era razão suficiente para comprar puts no topo da barra.

A barra 23 era a terceira barra de alta nas últimos cinco barras, o que era um sinal de pressão de
compra. Os comerciantes poderiam ter comprado calls no fechamento de touro ou no fechamento do
dia seguinte, que era uma grande barra de alta com caudas minúsculas e um fechamento bem acima da
média móvel. Isso era parte de um forte pico de alta depois de um fundo significativo e provavelmente
seriia seguido por preços mais altos. Se eles estivessem planejando manter por mais de duas semanas,
muitos teriam comprado call spreads em vez de calls, para diminuir o efeito do decaimento do tempo.

A barra 31 era uma barra de reversão de urso após uma quebra de alta acima de um canal de touro
prolongado e, no mínimo, o mercado deveria ter testado a média móvel e tocado abaixo da parte
inferior do canal. Esta era uma boa oportunidade para comprar puts. Na verdade, os comerciantes
poderiam ter comprado puts na abertura quando o mercado estava acima da máxima da barra anterior.
Por que isso era um bom negócio? Quando o mercado quebra acima de um canal de touro comprido,
ele geralmente reverte para o fundo do canal e a reversão geralmente vem dentro de cinco barras.
Portanto, comprar puts acima da terceira barra tinha risco limitado.

Havia um recurso muito incomum nesse canal. Apenas uma vez nos últimos 10 anos o mercado não
tocou na média móvel por tantas barras consecutivas (as barras 26, 28 e 30 não tocaram nele), e essa
ocorrência foi seguida por um teste da média móvel após aproximadamente a mesma quantidade de
barras. Comportamento extremo oferece uma regressão para o comércio médio. Se o mercado está
fazendo algo que não faz há anos, provavelmente parará de fazê-lo muito em breve, e os operadores de
opções podem fazer uma aposta na direção oposta. Sempre que você vir algo que pareça incomum,
olhe para trás ou teste dados anteriores para ter uma ideia de como isso é incomum. Se você testasse
ao longo dos últimos 10 ou 20 anos, descobriria que, mais de 95% das vezes, quando havia 30 ou mais
barras consecutivas em gap, o mercado voltava e tocava a média móvel em 10 barras. Os traders que
viram isso começaram a realizar lucros nos longos e comprar puts acima da máxima da barra anterior
para uma aposta em um teste da média móvel. As chances eram excelentes de que o mercado tocasse a
média móvel em breve, então a compra de puts aqui era um bom negócio, e os traders poderiam ter
lucrado no teste da média móvel da barra 32.

Por exemplo, uma vez que o mercado formou um pullback de uma barra antes do bar 31, os operadores
teriam comprado puts em qualquer movimento acima de sua máxima, o que aconteceu no bar
seguinte. O mercado vendeu a partir do bar 31.

Canais de touro fortes e estreitos semelhantes se formaram no movimento até a barra 3, e da barra 36
para a barra 39. Os operadores compraram puts acima das máximas das barras anteriores e nos
fechamentos de barras fortes de alta, que eram possíveis clímaxes de compra exaustivos e em barras
pequenas que seguiram estas grandes barras de tendência, esperando um teste para baixo por um a
três dias. Compradores de puts fizeram de 50 centavos a um dólar nesses escalpos no gráfico diário.

FIGURA 23.5 Compre calls em pullbacks para a média móvel em uma tendência de alta

Quando o mercado está em uma forte tendência de alta, como era no gráfico FCX de 60 minutos
mostrado na Figura 23.5 , os investidores podiam comprar calls em cada perfuração abaixo da média
móvel. Cerca de 80% das tentativas de encerrar uma forte tendência fracassam, portanto as chances
eram boas de que as calls fossem lucrativas nos dias seguintes. Os comerciantes que planejam manter
por mais de uma semana ou duas teriam comprado os spreads de calls para reduzir o efeito da
decadência do tempo.

Como o bar 11 era o terceiro empurrão para cima em um touro exagerado, poderia ser seguido por
uma inversão de tendência ou pelo menos um intervalo de negociação. Muitos traders que estavam
comprados queriam manter suas ações, mas se protegendo contra um grande sell-off. Uma estratégia,
que está além deste livro, é um cashless collar ("collar up"). Um touro poderia ter comprado um put
OTM 90 de um mês por 2,00 e financiado com a venda de uma call OTM 105, também para 2,00. Seu
custo líquido para a proteção abaixo de 90 é zero (“sem dinheiro”). Se o mercado subisse 5%, suas ações
seriam chamadas, mas ele faria um lucro adicional de 5%. Em vez do collar, muitos comerciantes
simplesmente teriam vendido uma call (uma compra write ou uma call coberta), em vez de comprar
também o put, porque usar os puts é desproporcionalmente caro e você tem que desistir de muito para
encontrar um call igual ao preço do put (o call é geralmente muito mais próxima do dinheiro do que o
put).

FIGURA 23.6. Comprar calls para um daytrade


Se você não seguir um ação de perto, mas notar um pico forte após um gap de alta no gráfico de 5
minutos (veja a Figura 23.6 ), você pode comprar as calls e mantê-las até o fechamento. Você pode usar
um alerta para informar se o mercado caiu abaixo do preço do subjacente no momento em que você
comprou as calls e, em seguida, sair com uma ordem limite com um pequeno lucro. Caso contrário, saia
das calls pouco antes do fechamento.

FIGURA 23.7 Daytrade em Tendências Runaway (fora de controle) com opções

Os mercados runaway geralmente oferecem oportunidades lucrativas usando opções, e esse tipo de
negociação não causa muita distração para os daytraders porque o risco é limitado. Como mostra a
Figura 23.7, Alpha Natural Resources Inc. (ANR) estava em uma forte tendência de alta no gráfico diário
(inserção) e quebrou o topo de uma cunha quatro dias atrás. Ontem, ficou acima de outra linha de
tendência e acima de 100, um número psicologicamente importante e, portanto, um ímã. Assim que o
gráfico de 5 minutos começou a descer, um teste de 100 era provável. Puts de Julho 100 poderia ter
sido comprado por $ 7,20, e uma saída razoável no pior caso teria sido uma negociação acima do topo
da faixa de negociação, arriscando talvez um dólar ou mais nas puts. No bar 2, essas puts valeram $
8,80. Esta primeira pausa era um ótimo lugar para obter lucros parciais, porque poderia ter havido uma
reversão de abertura após o teste abaixo da média móvel e abaixo de 100. No entanto, o pico de urso
era tão forte que provavelmente haveria pelo menos um canal abaixo para uma segunda perna. Se os
comerciantes mudassem seu stop para cerca de $ 7,30, ele nunca teria sido atingido. Os puts valeram
mais de $ 10,00 até o fim. Em vez de colocar um stop no mercado, eles poderiam ter seu software
alertando-os se ANR negociasse acima de talvez 102; se o fizesse, eles poderiam ter tentado sair dos
puts com uma ordem limite. O problema com o stop de proteção é que, se o mercado se recuperasse
fortemente e nenhum negócio ocorresse no put 100 postos, o stop nunca teria sido acionado, embora
o bid e ask estivessem muito acima do stop.

No gráfico diário, o dia se transformou em um dia de queda. Em fortes tendências, geralmente não há
muito acompanhamento no dia seguinte (aqui, houve um pequeno dia doji), porque a grande barra
externa provavelmente será o começo de uma pequena faixa de negociação. No entanto, um teste da
média diária crescente aumentou provavelmente no curto prazo. Quando um comerciante lucra com os
lucros das opções, é melhor fechar a posição e depois procurar outras oportunidades amanhã.
Provavelmente havia pouco a ganhar com essa posição, e mantê-la no dia seguinte teria sido uma
distração do daytrade.

FIGURA 23.8 Em Movimentos Voláteis Intraday, Considere Opções

O índice Dow Jones Industrial Average caiu 700 pontos hoje (29 de setembro de 2008, mostrado na
Figura 23.8 ) sobre o fracasso da Câmara de aprovar uma lei de resgate de $ 700 bilhões em Wall Street.
Como o Dow caiu 430 pontos em apenas 10 minutos, o risco de os sistemas de pedidos ficarem
sobrecarregados e trancados era real. Como uma alternativa para Eminis e ações, você poderia ter
comprado calls se quisesse negociar a tendência contrária. Por exemplo, uma call do SPY de novembro
114 poderia ter sido comprada por cerca de $ 6,00 no fechamento da barra 1 e vendida perto da média
móvel para um ganho de 80 centavos (que é um lucro de $ 80 por contrato, já que cada opção
representa 100 ações).

Se você comprou a barras 3 (o que não é o ideal, porque você deve quer uma barra de touro de sinal
quando estiver negociando contra uma forte tendência de queda), você poderia ter comprado as calls
por $ 6,80. Eu tentei comprar o QLD, que é um ETF negociado em bolsa com o dobro da alavancagem
do QQQ, de um corretor, mas imediatamente cancelei meu pedido com base na barra de sinal de urso.
No entanto, o sistema de pedidos on-line do corretor não me deixou cancelar o pedido e não me disse
se foi preenchido. Eu coloquei uma ordem de stop apenas para previnir, mas agora eu tinha duas
ordens que eu não sabia se estavam preenchidas. Imediatamente fiz hedge com outro corretor (todos
os traders deveriam ter pelo menos dois corretores por essa razão rara muito importante), e meu hedge
tinha o dobro do tamanho. Eu continuei verificando e 40 minutos depois, o primeiro corretor me deu
meu preenchimento no meu negócio original e no meu stop. Eu perdi apenas 4 centavos! Para a
cobertura, eu poderia ter usado vários instrumentos diferentes. Eu comprei o QID, que é um ETF que é o
inverso do QQQ e o dobro da alavancagem, para compensar meu QLD. Na nova mínima do dia, que era
uma mínima mais baixa após uma quebra de linha de tendência (a ação lateral até a barra 3 se qualifica
como uma quebra da tendência de baixa), havia um inside bar. Saí do meu hedge com lucro de $ 1,40 e
comprei o SPY por $ 5,80. Saí das calls no teste da média móvel com um lucro de 50 centavos.

Não é assim que gosto de negociar, embora tudo tenha acabado bem. Meu erro era supor que a
tecnologia de hoje era boa o suficiente para que os sistemas de pedidos não fossem mais bloqueados.
Fazia muito mais sentido negociar apenas calls, como no bar 4, para que meu risco fosse definido
mesmo que o sistema de pedidos fosse bloqueado.

Um último ponto sobre a compra de calls em dias enormes como este: o CBOE Volatility Index (VIX)
atingiu 50 hoje, o que é extremamente incomum. Cada 16 pontos no VIX significa que o S & P terá um
alcance médio diário de cerca de 1%. Um VIX de 50 significa que o alcance médio diário é de cerca de
3%, ou mais de 3 pontos, quando o SPY está em torno de 115. Isso significa que não é sustentável. Se
você comprar calls, os prêmios serão reduzidos rapidamente, o que não os torna ótimos negócios
noturnos. Por exemplo, o SPY subiu $ 3,00 no dia seguinte, mas as calls subiram apenas $ 0,50 devido à
contração dramática da volatilidade. As calls no dinheiro normalmente movimentam cerca de $ 0,50
para cada movimento de $ 1,00 no subjacente, portanto, claramente, a relação risco / recompensa é
baixa ao comprar opções quando o VIX é alto.

FIGURA 23.9 AAPL Caiu na divulgação de lucros, mas os Puts não subiram

Conforme mostrado na Figura 23.9 , a AAPL subiu 40% nos últimos dois meses e os lucros foram
divulgados após o fechamento de ontem. Um trader que comprou um put OTM 310, no fechamento de
ontem por cerca de $ 8,00, esperava um lucro inesperado quando a AAPL abriu a $ 14,00. Em vez disso,
o put era apenas brevemente rentável e rapidamente caiu para bem abaixo do preço de compra,
embora a AAPL permanecesse em baixa por horas. O prêmio é frequentemente tão inflado antes de
uma notícia catalisadora que apenas um grande movimento conduzirá a um comércio lucrativo. Os
comerciantes precisam ter muito cuidado ao comprar opções antes de um catalisador e não devem
comprá-los quando a volatilidade é muito alta, o que significa que as opções são muito caras.
A barra 2 na AAPL no gráfico da esquerda corresponde à barra 22 no gráfico à direita do put de
novembro de 310.

No bar 5, a AAPL ainda caía cerca de $ 5,00, cerca de 1,6%, mas ao mesmo tempo a put 55 caiu $ 4,00
quando os compradores esperavam que o preço fosse de pelo menos $ 9,00 ou mais. Isso porque as
opções de compra eram muito caras antes dos lucros, e uma vez que os ganhos saíram ontem à noite, a
incerteza evaporou e o prêmio foi esmagado.

CAPÍTULO 24

Os melhores negócios: juntando tudo

O mercado é linear - só pode subir ou descer. O mercado é basicamente simples. Move-se para cima ou
para baixo porque está constantemente em busca do melhor preço, que muda constantemente devido
a mudanças intermináveis em incontáveis fundamentos. Os fundamentos são qualquer coisa que os
traders considerem importante, e incluem dados sobre todas as ações, o mercado geral, a política,
eventos naturais e provocados pelo homem, de terremotos a guerras, e fatores internacionais. Isso
resulta no mercado sempre tentando sair de uma faixa de negociação (sua atual área de acordo sobre o
valor do mercado) em uma tendência, à medida que busca o valor instantâneo apropriado para o
mercado. Se a fuga for positiva, os bulls estão momentaneamente afirmando com sucesso sua opinião
de que o mercado é muito barato. Se houver uma quebra de baixa, os ursos pelo menos brevemente
estão ganhando o argumento de que o mercado é muito caro. Cada tentativa de fuga é atendida por
comerciantes com a crença oposta, e eles tentarão fazer a fuga falhar e o mercado reverter. Isto é
verdade em todos os tempos e em todas as barras e séries de barras. O intervalo de negociação pode
ser uma barra simples ou cem barras, e a fuga pode durar uma barra ou muitas barras. A chave para a
negociação é desenvolver a capacidade de avaliar se os touros ou os ursos são mais fortes.

Quando o mercado está tendendo fortemente com grandes barras de tendência, o risco é grande
porque o stop protetor geralmente pertence além do começo do pico. Além disso, o pico cresce
rapidamente, e muitos traders estão tão chocados com o tamanho e a velocidade do breakout que não
conseguem reduzir rapidamente seu tamanho de posição e aumentar seu tamanho de stop e, em vez
disso, observam a tendência se mover rapidamente à espera de um recuo. Os operadores do Swing
muitas vezes sentem-se desconfortáveis ao entrar no pico porque preferem negócios em que a
recompensa é duas ou mais vezes maior do que o risco.

Uma vez que a tendência entra em sua fase de canal, sempre parece que está revertendo. Por exemplo,
em uma tendência de alta, haverá muitas tentativas de reversão, mas quase todas rapidamente se
transformam em bandeiras. Os traders que querem apenas negociar com alta probabilidade, muitas
vezes sentam-se e observam a tendência ser mais alta por muitas barras, porque pode não haver uma
entrada de alta probabilidade para 20 ou mais barras. O resultado é que eles vêem o mercado subir e
querem ser longos, mas perdem toda a tendência. Eles só querem uma negociação de alta
probabilidade, como um recuo para a média móvel. Se não obtiverem um recuo aceitável, continuarão a
esperar e a perder a tendência. Isso é aceitável porque os comerciantes devem sempre ficar em sua
zona de conforto. Se eles se sentirem confortáveis apenas com entradas de stop de alta probabilidade,
eles estarão certos em esperar. O canal não durará para sempre e logo encontrará configurações
aceitáveis. Comerciantes experientes compram em ordens limite ao redor e abaixo das mínimas das
barras anteriores, e às vezes eles pegam um pouco de couro cabeludo curto durante o canal de touro.
Ambos podem ser negócios de alta probabilidade, incluindo os shorts, se houver uma barra forte de
reversão do urso em um nível de resistência, e alguma razão para pensar que um recuo é iminente.

Uma vez que a fase do canal termina, o mercado entra em uma faixa de negociação (de lado), onde há
muitos picos de touro fortes que correm para o topo e fortes picos de urso que correm para o fundo.
Os operadores geralmente se concentram no forte pico e presumem que a fuga será bem-sucedida.
Eles acabam comprando em alta e vendendo em baixa, o que é exatamente o oposto do que os traders
lucrativos fazem. Além disso, as reversões de cima para baixo e de cima para baixo geralmente têm
barras de sinal fracas, e os operadores acham difícil levar as entradas que precisam fazer se esperam
ganhar dinheiro em uma faixa de negociação. Dentro de uma faixa de negociação, a probabilidade da
maioria dos negócios gira em torno de 50%, e só ocasionalmente chega a cerca de 60%. Isso significa
que existem poucas configurações de alta probabilidade. Além disso, muitos eventos de baixa
probabilidade acontecem, como reversões que não parecem boas, mas vai levar a grandes swings, e
fortes picos sem seguimento depois.

Tudo isso faz com que pareça impossível ganhar dinheiro como comerciante, mas se você voltar a cada
seção relevante, você se lembrará de que existem maneiras lucrativas de negociar o mercado, não
importa como ele esteja se comportando. Sua vantagem sempre será pequena, mas se você for um
leitor cuidadoso, sem emoção e objetivo quanto ao gráfico à sua frente, e apenas procurar os melhores
negócios, estará em condições de ganhar a vida como trader.

Há comerciantes negociando por todos os motivos e em todos os prazos a cada segundo em todos os
gráficos. Que generalidades podem ser feitas sobre como os comerciantes discricionários, sejam eles
institucionais ou individuais, irão negociar uma tendência de alta? Uma tendência de alta começa com
uma fuga e pode conter uma ou várias barras de tendência de alta. Se o breakout falhar, o mercado
voltará a cair na faixa de negociação. Quando uma fuga é forte e bem-sucedida, a maioria dos
operadores discricionários compra com senso de urgência. Eles comprarão a mercado, em pequenos
recuos, no fechamento de barra e acima de cada barra anterior. Uma vez que o mercado transicione
para um canal, eles comprarão abaixo da barra anterior, esperando que as tentativas de reversão
fracassem (em uma tendência, a maioria das tentativas de reversão falham), e acima da máxima da barra
anterior, como acima de configurações de compra, como triângulos. Eles então comprarão recuos dos
rompimentos dessas pequenas bandeiras. Eles até comprarão a primeira fuga de um micro-canal de
ursos em uma forte tendência de alta, sabendo que pode não haver uma configuração de recuo de fuga
até que o mercado tenha subido muitas barras.

No início, quando a tendência é forte, eles comprarão novos breakouts acima dos topos de swing
anteriores, mas à medida que a negociação bilateral (pressão de venda) aumenta, como visto por mais e
maiores barras de urso e mais barras com caudas no topo, os traders começarão a vender acima dos
topos de swing anteriores. A maioria estará vendendo para ter lucros em seus longos, mas à medida
que a inclinação do canal se torna mais plana e os recuos se tornam mais profundos, mais comerciantes
começarão a encurtar nos topos de swing procurando por couro cabeludo. Quando a negociação
bilateral aumenta a ponto de os ursos serem tão fortes quanto os bulls, os traders verão o mercado
como tendo entrado em uma faixa de negociação (de lado). Isso significa que eles têm muito menos
certeza de que a tendência será retomada em cada tentativa de rally (eles não estão mais procurando
por recuos em uma forte tendência de alta, onde a fuga geralmente testa rapidamente a máxima
antiga). Eles vão comprar na mínima, vender na máxima e a maioria vai escalpelar. Eles procurarão
shorts acima das barras de sinal, em vez de comprar lá em cima. Inicialmente, eles só procurarão por
escalpos, como pullbacks para a média móvel, mas uma vez que eles vêm aumentando a pressão de
venda, eles começarão a balançar seus curtos, e só procurarão comprar pullbacks profundos, durando
10 ou mais barras e tendo duas ou mais pernas. Depois de haver um ou mais recuos em que a venda
era forte o suficiente para quebrar abaixo da linha de tendência e abaixo da média móvel, alguns ursos
tentarão encurtar o teste da tendência de alta, esperando uma grande reversão de tendência. Eles
encurtarão uma configuração de reversão nas máximas e em topos duplos, mesmo que percebam que a
chance de uma queda para baixo pode ser de 40% ou menos. Desde que a recompensa seja muito
maior do que o risco, eles têm uma equação de negociante positiva, embora a chance de sucesso seja
relativamente baixa. Os touros comprarão configurações razoáveis na parte inferior da faixa de
negociação, inclusive em linhas de tendência de período de tempo mais alto e metas de movimentação
medidas. Os comerciantes percebem que uma faixa de negociação é simplesmente um recuo em um
gráfico de prazo mais alto. O intervalo de negociação no gráfico de 5 minutos é geralmente apenas um
recuo em um gráfico de 15 ou 60 minutos. Quando os touros compram perto do fundo de uma faixa de
negociação de 5 minutos, muitos vão esperar por uma alta swing, um rompimento para uma nova
máxima e um movimento medido, mesmo que a probabilidade seja menor que 50%. Este balanço de
probabilidade relativamente baixa tem uma equação de negociador positiva porque a recompensa é
muito maior que o risco.

Enquanto na fase de negociação lateral, os sinais geralmente não são claros, e há uma sensação de
incerteza. A maioria dos sinais será micro-fundos e topos duplos. Esta é uma negociação de menor
probabilidade, e os traders precisam ser cuidadosos e rápidos para obter lucros (couro cabeludo). Eles
devem se forçar a comprar na baixa e vender na alta, não comprar barras fortes perto da faixa.
Invariavelmente, os picos parecem fortes, mas não se esqueçam de todas as barras antes deles - em
uma faixa de negociação, a maioria das tentativas de fuga falha. Uma vez que o mercado tenha entrado
em uma faixa de negociação, se uma perna estiver em um micro canal forte, com duração de quatro ou
mais barras, não entre no breakout. Espere para ver se a fuga é forte. Em caso afirmativo, entre no recuo
da fuga. Se houver um microcanal, aguarde a quebra e procure comprar o recuo.

Se o mercado entrar em uma faixa de negociação apertada, espere pelo rompimento, porque entradas
de stop em uma faixa de negociação apertada é uma estratégia perdida. Em vez disso, espere
pacientemente pela fuga e, em seguida, decida se é provável que ela tenha sucesso ou falhe.

Se houver uma quebra bem sucedida do topo de todo o intervalo de negociação, o processo começa
tudo de novo. Os comerciantes vão ver a fuga como um pico e eles vão procurar pelo menos um
movimento medido. Exemplos de melhores negociações incluem:

• Reversões na abertura onde a configuração é forte:


• Swing para uma recompensa que é pelo menos duas vezes o risco: a probabilidade de
sucesso é de 50 a 60%.
• Escalpe para uma recompensa que seja pelo menos tão grande quanto o risco: a
probabilidade é de cerca de 60 a 70%.
• Fortes reversões, em que a recompensa é pelo menos o dobro do risco e a probabilidade é de
50 a 60%:
• Grande inversão de tendência: após uma forte quebra da linha de tendência, procure
uma retomada fraca da tendência que fracasse ao testar o extremo da tendência; a barra
do sinal de reversão deve ser forte. Depois de uma tendência de urso, procure comprar
um fundo mais alto ou um fundo duplo. Depois de uma tendência de alta, procure
encurtar um topo duplo ou a máxima mais alta.
• Sinal de forte reversão após um swing para cima ou para baixo em um intervalo de
negociação (lareral) ou canal fraco.
• Negocie em dia de pico e canal ou de fuga em um dia de intervalo de negociação até
atingir um alvo de movimento medido e o movimento estiver enfraquecendo.
• Comprando um pullback de rompimento de bandeira em uma tendência do touro.
• Vendendo um pullback de rompimento de bandeira em uma tendência do urso.
• Comprando recuo em um pico forte em uma tendência de alta, mas não depois de um forte
clímax de compra.
• Vendendo um recuo em um forte pico de urso em uma tendência de urso, mas não depois de
um forte clímax de venda.
• Shorting no topo de uma faixa de negociação, especialmente se for uma segunda entrada.
• Comprando na parte inferior de uma faixa de negociação, especialmente se for uma segunda
entrada.

Entrar usando ordens limite requer mais experiência de leitura dos gráficos, porque os comerciantes
estão entrando em um mercado que está indo na direção oposta ao seu comércio. Os comerciantes só
devem usar ordens limite para negociar na direção da tendência. Por exemplo, se um trader está
pensando em usar uma ordem limite para comprar na mínima da barra anterior, ele deve fazê-lo apenas
se o mercado estiver em alta, ou ele achar que é provável que reverta para em alta em breve. Ele nunca
deve comprar com a intenção de escalpelar o longo e depois encurtar, a probabilidade de sucesso é
simplesmente baixa demais ao usar ordens limite para negociar a tendência contrária. A baixa
probabilidade resulta em uma equação de comerciante perdedora e você vai perder dinheiro, a menos
que você é um escalper excepcionalmente lucrativo e experiente. Surpresas em tendências são
geralmente na direção da tendência, então quando você pensa que a mínima na tendência de urso é
fraca e que o mercado deve ter um empurrão para cima, as chances são grandes demais de que ele não
o faça.

No entanto, traders experientes podem usar com segurança ordens limite ou a mercado com essas
melhores configurações comerciais possíveis:

• Comprando um pico de touro em um forte quebra de touro a mercado ou em uma ordem


limite igual ou abaixo da mínima da barra anterior (entrar em picos requer um stop mais amplo
e o pico acontece rapidamente; essa combinação é difícil para muitos comerciantes).
• Vender um pico de urso em uma forte queda de urso a mercado ou em uma ordem limite igual
ou acima da máxima da barra anterior (entrar em picos requer um stop mais amplo e o pico
acontece rapidamente; essa combinação é difícil para muitos comerciantes).
• Comprando em ou abaixo da barra anterior em uma ordem limite em uma bandeira de touro
tranquila na média móvel.
• Encurtar na ou acima da barra anterior em uma ordem limite em uma bandeira de urso
tranquila na média móvel.
• Compra abaixo de uma barra de touro que quebra acima de uma bandeira de touro,
antecipando um recuo de fuga.
• Vendendo acima de uma barra de urso que quebra abaixo de uma bandeira de urso,
antecipando um recuo de fuga.
• Ao tentar um swing em uma tendência de alta, comprar ou comprar mais em um teste de fuga.
• Ao tentar um swing em uma tendência de urso, vendendo ou vendendo mais em um teste de
fuga.
• Comprar um recuo em uma forte tendência de alta em um número fixo de ticks igual ou
ligeiramente menor que a média de recuos anteriores.
• Vender um recuo em uma forte tendência a um número fixo de ticks igual ou ligeiramente
menor que a média de recuos anteriores.
• Quando uma tendência de urso está prestes a reverter para uma tendência de alta e precisa de
mais uma barra de tendência de touro para confirmar a reversão constante, e a fuga não parece
forte, venda o fechamento da barra de quebra de touro, esperando a próxima barra não para
confirme a virada e a tendência de urso continue.
• Quando uma tendência de alta está prestes a entrar em uma tendência de quueda e precisar de
mais uma barra de tendência de urso para confirmar a reversão sempre em vigor, e a fuga não
parecer forte, compre o fechamento da barra de fuga do urso, esperando a barra seguinte não
confirme a virada e a tendência de alta continue.
Aqui estão algumas diretrizes que os iniciantes devem considerar seguir até que sejam
consistentemente lucrativos (nesse ponto, eles podem expandir seu repertório):

• Faça um trade somente se a recompensa que é pelo menos tão grande quanto o seu risco. Ao
começar, concentre-se em negociações em que a recompensa é pelo menos duas vezes maior
que o risco.
• Faça negócios somente se você acha que eles provavelmente funcionarão. Não se preocupe
com o quão longe o movimento pode ir. Você tem que simplesmente se perguntar se a
configuração parece boa. Se assim for, você deve assumir que a probabilidade é de pelo menos
60%. Com a recompensa potencial pelo menos tão grande quanto o risco, isso cria uma
equação positiva para o negociante.
• Entra apenas com ordens stops.
• Sempre tenha um stop de proteção no mercado.
• Tenha uma ordem limite de lucro no mercado para que você não fique ganancioso e veja seu
lucro desaparecer enquanto você espera por mais.
• Compre apenas acima das barras de touro e abaixo das barras de suporte.
• Negocie apenas um pequeno tamanho de posição. Se você acha que pode negociar 300 ações,
você deve negociar apenas 100 ações para que você esteja no modo “Eu não me importo”. Isso
permitirá que você seja mais objetivo e menos facilmente influenciado pelas emoções.
• Procure por apenas três a cinco negociações razoáveis por dia. Em caso de dúvida, fique de
fora.
• Procure por estratégias simples. Se algo não estiver claro, espere.
• As melhores escolhas para um trader que está começando são tendências que se desenvolvem
na faixa de abertura, fortes reversões de tendência e recuos em tendências fortes.

A maioria dos traders começará experimentando escalpelamento para uma meta de lucro que é tão
grande quanto o risco, ou um swing para um alvo que é pelo menos duas vezes maior que o risco, ou
uma combinação dos dois, porque eles querem ver se eles podem ser bem sucedidos e qual estilo se
adequar melhor às suas personalidades. Não existe um caminho certo, já que todos os três têm
equações positivas de negociador quando são negociados corretamente. O melhor trade único é um
swing de alta probabilidade, porque dá flexibilidade aos operadores, criando uma margem maior para
erros. Normalmente existem dois ou três por dia.

Se você está disposto a fazer negócios de baixa probabilidade, onde a recompensa é pelo menos o
dobro do risco, você precisa tomar todas as configurações razoáveis, porque a matemática é contra
você se você o fizer. Geralmente, haverá apenas uma ou duas escolhas por dia em que a recompensa é
várias vezes maior que o risco, mas o sinal não é forte (então a probabilidade é baixa) e, se você for
paciente, poderá antecipá-las. Lembre-se, a probabilidade é baixa porque a configuração parece ruim.
Se a configuração for forte, a probabilidade pode ser 60% ou mais. Quando esse é o caso, cada
negociação tem uma equação de negociador positiva e a escolha seletiva é matematicamente aceitável.

Até que um trader seja razoavelmente bem-sucedido, quando ele faz negociações de reversão, ele deve
negociá-las apenas se as configurações forem especialmente fortes (como uma probabilidade de 60%).

A matemática de todos os negócios é crítica, e não pensar nisso é a principal razão pela qual as pessoas
perdem dinheiro. Eles vêem uma barra de reversão de touro forte e rapidamente entram em um tick
acima de sua máxima, ignorando que é a quarta grande barra sobreposta em uma faixa de negociação
apertada. Eles vêem quatro barras de tendência de urso consecutivas e grandes criando um forte pico
de ursos, e elas encurtam no fechamento da quarta barra, ignorando que o pico é uma simples perna
de urso que está testando a parte inferior de uma faixa de negociação. Eles vêem um pico de touro que
é logo seguido por uma barra de sinal de baixa. Eles encurtam logo abaixo dela, esperando uma
reversão, mas não percebendo que o mercado está mais provável nos estágios iniciais de um canal de
alta forte.

O mercado pode mudar rapidamente quando uma pessoa está considerando um negócio, e os
comerciantes muitas vezes lutam para dar atenção adequada à força do sinal e das barras de entrada, a
colocação de suas ordens, o risco geral, onde eles devem ter lucros, se eles estão em alta ou em baixa
no dia, e todos os tipos de questões pessoais. Eles geralmente não conseguem processar nada, e isso
pode deixá-los ignorando a consideração mais importante - o plano deles tem uma equação positiva? A
probabilidade de sucesso vezes a recompensa maior do que a probabilidade de falha vezes o risco? Há
uma tendência natural para assumir que, se a maior parte do que eles estão estudando é bom, então o
comércio vai funcionar, o que é um substituto para pensar sobre a matemática específica daquele
negócio, mas é sempre melhor ter certeza de que seu plano é lógico. Se um comerciante tem alguma
estratégia, ele tem que considerar a matemática. Se o mercado está se movendo muito rápido para um
comerciante considerar a matemática da configuração atual, ele não deve fazer o comércio. Em vez
disso, ele deve esperar para entrar mais tarde, e somente se ele puder se convencer de que sua
estratégia tem uma equação positiva para o negociante.

Qualquer tipo de comércio pode ser o melhor comércio nas circunstâncias certas, e alguns dos
melhores traders têm preferências pessoais. Paul Tudor Jones supostamente gosta de negociar
reversões, Richard Dennis era um conhecido negociante de fuga, Paul Rotter é um escalpelador, John
Henry negociava uma cesta de mercados usando uma abordagem de sempre seguir a tendência, e
quase todos os traders gostam de negociar pullbacks. Eu prefiro negócios de alta porcentagem, e meus
negócios mais comuns são entradas de recuo e entradas em faixa de negociação. Eu gosto
especialmente de breakouts porque quando eles são fortes, a probabilidade de acompanhamento é
muitas vezes superior a 70%. Eu faço menos vezes comércios de reversão, porque a maioria das
tentativas de reversão falham, mas entro em uma forte configuração de reversão.

Depois de ler os três livros, onde um comerciante começa? O livro 1 abordou as tendências, que é
quando o mercado é amplamente unilateral. O livro 2 discutiu as faixas de negociação, nas quais a
negociação é bilateral, e os breakouts, que são transições das faixas de negociação em tendências. O
livro 3 lidou com reversões, onde uma tendência transita para uma tendência oposta, ou pelo menos
para uma faixa de negociação. Há muito mais informação do que qualquer um pode processar de uma
só vez, e é melhor para os comerciantes escolherem uma ou algumas abordagens no início. À medida
que os comerciantes se tornam mais qualificados e aprendem mais sobre sua personalidade, eles
descobrirão que são mais confortáveis e bem-sucedidos com padrões específicos e condições de
mercado. Em vez de lutar contra o mercado ou suas emoções, eles deveriam tentar permanecer em sua
zona de conforto e não se preocupar com todos os outros grandes negócios que estão perdendo. Se
eles seguissem dezenas de mercados e prazos e tentassem capturar as centenas de configurações que
eles veriam todos os dias, eles ainda acabariam negociando entre cinco e 20 setups por dia e ignorando
o resto. Uma vez que o gráfico de 5 minutos de qualquer grande mercado tem entre cinco e dez
melhores negociações por dia, os traders têm uma chance maior de ganhar consistentemente dinheiro
a longo prazo se se concentrarem em um único mercado e prazo, como 5 minutos, trabalhar duro
identificar os melhores negócios à medida que eles se desdobram e, em seguida, colocar
cuidadosamente suas ordens e gerenciar seus negócios. Então, eles devem aumentar gradualmente seu
volume, o que os colocará em uma ótima posição para ganhar mais dinheiro do que imaginavam, e
tudo a partir de um único gráfico. Negociar é tão simples quanto isso; mas, por mais simples que seja, é
sempre extremamente difícil fazê-lo em tempo real, porque é um jogo de soma zero com arestas
sempre pequenas e a competição é a melhor do mundo.

Ganhar dinheiro sempre tem que ser o objetivo primordial de um negociante, e os trechos longos e
entediantes, interrompidos por breves momentos de ansiedade e incerteza, são componentes
inescapáveis do trabalho. Se os comerciantes esperarem várias horas e não houver configuração, eles
tenderão a se tornar complacentes. Uma vez que o comércio começa a se instalar, às vezes eles não
estarão mentalmente prontos para assumir o negócio. No entanto, esse é um desafio que eles devem
aprender a superar. Eles estão negociando para ganhar dinheiro, e eles devem aprender a executar
quando for a hora certa. Bombeiros esperam por dias, nunca sabendo quando o alarme soará, mas
quando isso acontece, eles têm que agir imediatamente e perfeitamente. Eles são profissionais e são
pagos para fazer seu trabalho corretamente. Os comerciantes também esperam por eventos que
ocorrem apenas ocasionalmente, mas eles têm que aprender a ser profissionais e responder com
rapidez e precisão quando chegar a hora. Se eles puderem aprender a se sentir confortáveis nesse
ambiente, estarão em boa posição para ganhar a vida como trader.

Um amigo me disse uma vez que perdeu dinheiro por muitos anos e nunca ganhou dinheiro até parar
de usar couro cabeludo de contra-tendência. Ele agora ganha mais de um milhão de dólares por ano.
Ele descobriu a importância de fazer os melhores negócios, e isso fez toda a diferença.

Exceto quando os traders estão adotando uma forte configuração de reversão, eles devem procurar
comprar apenas quando o mercado estiver acima da média móvel e vender quando a maioria das
barras recentes estiver abaixo da média móvel. Se o mercado parece estar indo tanto acima como
abaixo, eles devem esperar até que esteja claramente de um lado ou de outro. Eles devem evitar o
couro cabeludo de contra-tendência (e todos os escalpos onde o risco é maior do que a recompensa
potencial), que sempre parecem tão bons e são lucrativos o suficiente para fazer os comerciantes
acreditarem que eles só precisam de mais prática, mas têm uma equação negociante negativa e vai
lentamente fazer a conta de um comerciante desaparecer. Sempre espere pacientemente por
configurações com tendência, e se não houver nenhuma que você goste, não negocie, e nunca tome
um couro cabeludo de tendência contrária tentador. Uma vez que o mercado tenha transitado
claramente para uma faixa de negociação, os comerciantes podem, então, negociar em ambas as
direções. No entanto, a maioria dos iniciantes começa a negociar a tendência contrária enquanto o
mercado ainda está em um canal, muito antes de evoluir para uma faixa de negociação. Se um
comerciante não pode confiantemente fazer a distinção, ele deve negociar apenas com tendência.

Outro erro comum é observar gráficos de 1 minuto ou outros gráficos de tempo menores, como
gráficos de ticks e volume, em que há uma ou mais barras a cada um ou dois minutos. Os negócios são
muito fáceis de detectar no final do dia e, porque as barras são menores, o risco é menor por comércio;
mas a maioria é difícil de negociar em tempo real. Os melhores acontecem com rapidez e são fáceis de
perder, e a maioria dos comerciantes acaba pegando os que não são muito bons. O mercado está
sempre tentando reverter e as reversões ocorrem no gráfico de 1 minuto a cada três a 10 barras. No
entanto, a maioria não vai longe o suficiente para um couro cabeludo lucrativo e, em vez disso, torna-se
um sinal na tendência maior. Um operador que encurtou em um topo de 1 minuto em uma tendência
de 5 minutos de touro invariavelmente perderá e perderá o sinal de compra de 5 minutos que o topo
de 1 minuto falhado irá criar. Se o seu objetivo é ganhar dinheiro (e esse deve ser o seu objetivo), pegue
apenas os melhores negócios e evite gráficos de 1 minuto. Se, no entanto, este é apenas um
passatempo emocionante para você, lembre-se que os hobbies custam dinheiro e pode haver outro lá
fora para você que é tão divertido e muito menos caro.

Quando se pensa em fazer um negócio, um comerciante tem que decidir se compra ou vende, entra em
um stop ou com uma ordem limitada, swing ou couro cabeludo, negocia seu tamanho habitual ou
menor, e usa seus stops de proteção e metas de lucro usuais ou maiores ou menores. Isso gera muito
mais equações do negociador do que ele poderia avaliar no tempo limitado disponível. Uma vez que
ele toma todas essas decisões, ele então tem que colocar corretamente suas ordens e administrar seus
negócios. Isso é praticamente impossível quando um profissional está começando, então ele deve
procurar maneiras de reduzir o número de decisões que ele precisa tomar.

A maioria dos comerciantes deve manter as coisas simples e tentar fazer a mesma coisa em todos os
negócios até que sejam consistentemente rentáveis. Entradas de stop são melhores que as entradas de
limite para um comerciante começando. Por exemplo, se o mercado está em uma tendência de alta e
ele está decidindo comprar em um stop acima da alta da barra anterior ou com uma ordem limite na
mínima da barra anterior, ele deve escolher uma entrada de stop, porque o mercado está seguindo seu
caminho quando ele entra e as chances de que ele continue são maiores. Se ele comprar usando uma
ordem limite, há muito risco de que o recuo caia tão longe que ele fique chateado e saia com uma
perda pouco antes da retomada da tendência.

Ele também deve começar negociando o mesmo tamanho de posição, a mesmo stop de proteção de
tamanho e a meta de lucro do mesmo tamanho em todos os negócios. Ele deveria balançar ou
escalpelar, mas sempre use uma meta de lucro que seja pelo menos tão grande quanto a seu stop de
proteção. Ele não deve mudar seu plano quando estiver no ramo, como converter um balanço em um
couro cabeludo, um couro cabeludo em um balanço ou, pior, um couro cabeludo em um que seja
menor que o tamanho de seu risco. Se ele se vê mudando seu plano depois que ele entra, ele deve
apenas colocar suas ordens, ir embora e voltar em uma hora. Se ele está preocupado com dinheiro
assim que ele coloca o seu negócio, ele precisa negociar um tamanho de posição muito menor. Se ele
estiver negociando 500 ações da SPY, ele deve negociar apenas 100, de modo que ele esteja no modo
“Eu não me importo”. É melhor para um comerciante ganhar em 60% de seus negócios usando 100
ações do que perder em 80% usando 500 ações por causa da ansiedade que o impede de seguir seu
plano. Se ele está sempre ansioso para fazer negócios, mas constantemente quer confirmação, o que
faz com que ele apenas compre no topo de um forte touro ou venda no fundo de um forte urso antes
de uma reversão, então ele precisa trabalhar com paciência. Ele deve evitar entrar em fugas e só entrar
em recuos. Para melhorar sua paciência, ele poderia tentar limitar-se a três negociações por dia. Depois
de fazê-las, ele teria que esperar até o dia seguinte antes de fazer outra. Demora muito tempo para se
tornar paciente e capaz de não fazer negócios enquanto assiste a muitos bons sem você.

Quando ele tem alguma dúvida sobre uma configuração, ele deve assumir que a confusão é o seu radar
dizendo-lhe que o mercado está prestes a entrar em uma faixa de negociação, um ponto que ele só
deve comprar baixo e vender alto.

Um iniciante que esteja interessado em fazer sua primeira negociação deve considerar a procura de
operações de swing em tendências que começam na faixa de abertura ou em fortes inversões de
tendência a qualquer hora do dia. A recompensa potencial deve ser pelo menos duas vezes maior que o
risco. Embora o mercado forex seja essencialmente um mercado de 24 horas e não tenha abertura real,
ele se comporta como ações e futuros e deve ser negociado da mesma maneira. Se um trader escolhe
configurações com barras de sinal fortes e onde o contexto é bom, especialmente se for um segundo
sinal, a probabilidade de sucesso é geralmente de 60%, criando uma equação de negociador forte. As
negociações que não atingem a meta de lucro são pequenas perdas ou ganhos que se compensam
entre si, de modo que o risco geral é aceitável.

Os traders geralmente podem aprender a antecipar uma configuração de muitos barras antes que eles
sejam ativados, o que permite que eles sejam preparados emocionalmente quando a configuração
estiver prestes a ser acionada. Com experiência, eles podem fazer mais negócios todos os dias e
começar a procurar configurações onde a probabilidade de sucesso é de pelo menos 60% e a
recompensa é pelo menos tão grande quanto o risco (em vez de pelo menos duas vezes maior, como é
o caso para negocios de swing). Geralmente, existem entre cinco e 10 configurações como essa todos
os dias em um gráfico de 5 minutos, e como a recompensa é relativamente pequena comparada ao
risco, elas são escalpos (um balanço tem uma meta de lucro que é pelo menos duas vezes maior que o
risco ). Um recuo para a média móvel em uma tendência de alta, onde há uma barra forte de
sinalização, é um exemplo. Um recuo para a média móvel em uma tendência de urso onde há uma
barra de sinal de urso é outra. Depois que os operadores ganham mais experiência, eles podem
começar a entrar durante picos fortes. Comerciantes consistentemente lucrativos podem adicionar
qualquer outra configuração com a equação de um negociante positivo, mesmo que não seja o melhor,
incluindo alguns escalpos em que a recompensa potencial é menor que o risco e a probabilidade é de
80% e balanços onde a recompensa potencial é muito maior do que o risco, mas a probabilidade é de
apenas 40%. Eles podem começar a entrar nos topos e fundos das faixas de negociação (especialmente
em segundos sinais), onde eles têm uma expectativa razoável de que o comércio sempre em curso está
prestes a virar em sua direção. Os breakouts são uma boa estratégia, mas é difícil de fazer para traders
começando iniciantes e a maioria deles deveria esperar para entrar em recuos.

Os comerciantes geralmente lutam quando decidem qual deve ser seu stop inicial. Não importa o que o
comerciante escolhe, desde que a recompensa seja pelo menos tão grande quanto o risco, e o risco não
seja muito grande ou muito pequeno. Se as barras forem muito grandes, você pode usar seu stop
normal, como talvez oito ticks no Emini, ou um que seja duas a três vezes maior, contanto que você use
uma recompensa que seja pelo menos tão grande.

Os melhores negócios têm uma chance de 60% a 70% de fazer uma recompensa que seja pelo menos
tão grande quanto o risco ou de 50 a 60% de chance de fazer duas ou mais vezes o risco. Esses são os
negócios que os iniciantes devem ter, principalmente, porque a negociação é difícil e esses negócios
têm a maior margem de erro e oferecem a melhor chance de gerar lucros.

Uma inversão de tendência pode ser mais complicada para iniciantes, porque a maioria das reversões
falha, e os iniciantes tendem a ser excessivamente ansiosos e a entrar em configurações fracas. Para
uma grande reversão de tendência, tem que haver uma forte quebra de uma linha de tendência, com a
primeira perna de reversão mostrando muito impulso e tendo uma forte barra de reversão.
Comerciantes inteligentes aguardarão um teste do extremo da tendência e entrarão em um teste bem-
sucedido (uma máxima mais baixa, uma topo duplo ou uma máxima no topo do mercado ou uma
mínima mais alta, um fundo duplo ou uma mínima no fundo do mercado) . Eles querem que a barra de
sinal seja uma barra forte de reversão. Se a configuração não tiver todos esses componentes, eles não
devem fazer a negociar. Uma reversão importante tem uma recompensa potencial que é muitas vezes
maior que o risco. Aquelas com uma chance de sucesso superior a 60% formam apenas algumas vezes
por semana, mas outras melhores inversões comerciais, onde a probabilidade é de 50 a 60% e a
recompensa é pelo menos o dobro do risco, ocorrem todos os dias em todos os mercados. Geralmente
haverá um recuo antes que o alvo seja atingido.

Há também configurações fortes na faixa de abertura na maioria dos dias. Há uma configuração de
swing razoável que começa durante o intervalo de abertura em mais de 80% dos dias. A maioria das
reversões no intervalo de abertura tem apenas 30% de chance de gerar uma recompensa que é duas ou
mais vezes maior do que o risco. No entanto, geralmente há pelo menos um onde a probabilidade é de
cerca de 60%, e os comerciantes devem trabalhar duro para aprender a identificar a melhor
configuração.

Se os traders estiverem confortáveis negociando em um mercado rápido e aumentando seu risco, eles
podem entrar com a tendência durante fortes picos. Por exemplo, eles poderiam vender o fechamento
da segunda, terceira ou quarta barra de um forte pico de ursos, e usar uma largo stop até
possivelmente acima o topo do pico e reduzindo seu tamanho de posição. A dificuldade é que o pico
acontece tão rapidamente que os iniciantes geralmente não são capazes de fazer os ajustes necessários
no tempo que o mercado lhes dá. Eles têm que aumentar seu risco e recompensa e precisam se ajustar
emocionalmente a um movimento grande e rápido, e isso geralmente é mais do que a maioria dos
iniciantes pode processar. A chave para qualquer um desses melhores negócios é a capacidade de
reconhecê-los à medida que eles se formam, e isso requer prática. No entanto, se os comerciantes
aprenderem a reconhecer apenas um e cuidadosamente esperar por ele todos os dias, estarão se
colocando em uma boa posição para ganhar dinheiro e isso requer prática.

Alguns dos melhores negócios estão em dias de forte tendência, quando a maioria das barras estão em
um lado da média móvel, e há apenas alguns pullbacks médios móveis durante o dia. Esses dias de
tendência mais fortes acontecem apenas algumas vezes por mês, mas há tendências confiáveis quase
todos os dias. Entrar nesses pullbacks, especialmente se eles cunhas ou triângulo na média móvel em
uma tendência, são provavelmente o daytrade mais confiável que um comerciante pode fazer. Se os
comerciantes seguirem uma cesta de cerca de cinco ações com grande volume (mais de cinco milhões
de ações negociadas a cada dia) com intervalo de negociação médio diário de dois dólares ou mais,
então eles devem ser capazes de fazer um ou dois comércios todos os dias, que podem render cerca de
um terço da faixa média diária na parte do couro cabeludo de seu comércio e geralmente mais na parte
de swing, enquanto arrisca cerca de metade da recompensa. Depois de entrar, eles devem colocar um
stop protetor além da barra de sinal (eles raramente terão que arriscar mais de um dólar e geralmente
abaixo de 60 centavos) até que a barra de entrada feche e, em seguida, quando houver uma barra de
tendência em sua direção, eles devem mover o stop para além da barra de entrada. Por exemplo, se a
ação tiver um alcance diário médio de três dólares, uma vez que a ação se mova de 60 a 80 centavos
em sua direção, eles devem mover o stop para o ponto de equilíbrio, ou talvez alguns centavos a mais.
Se eles compraram por $ 120,10 e as ações atingiram $ 120,80, eles devem mudar seu stop para cerca
de $ 120,07. Depois que eles saírem da metade da negociação em uma ordem limite de um dólar de
lucro, eles devem confiar em seu stop de ponto de equilíbrio. Eles devem mover esse stop protetor para
além dos fundos de swing no gráfico de 5 minutos, e tirar um lucro de um pouco mais de dois dólares.
Eles devem considerar deixar a porção final correr até que o stop seja atingido ou um sinal oposto claro
e forte se desenvolva.

Se comprar um pullback em um touro é um ótimo negócio, por que é tão difícil ganhar dinheiro como
um trader? É porque há problemas em cada configuração, e muitas vezes é difícil acreditar que uma
configuração é realmente tão boa quanto é, até que uma barra ou duas depois é acionada e você está à
margem, observando com pesar. Todo recuo começa como uma reversão, e quando é hora de comprar
a bandeira do touro, você ainda pode ser assombrado por essa inversão de urso e ter muito medo de
comprar. Se os operadores não estiverem certos, devem aguardar até estarem mais confiantes, mas,
desde que acreditem que a equação do negociante está fortemente a seu favor, eles devem aprender a
aceitar o negócio. Sim, eles costumam perder, mas a matemática está do lado deles. Lembre-se, um
grande rebatedor de beisebol falha 70% das vezes, mas ainda ganha milhões de dólares com os outros
30%. Um operador experiente pode ganhar 60% ou mais do tempo e ter uma média de ganho maior
que o risco e, às vezes, duas ou mais vezes maior. Seja paciente, mas quando a configuração que você
esperou finalmente chegar, aprenda a aceitar o negócio e a confiar na matemática.

A condição sine qua non dos pullbacks de negociação é que o trader acredita que o gráfico está em
uma forte tendência ou swing. Uma vez que a maioria dos traders reconhecerá a tendência do dia em
um gráfico de 5 minutos só depois da primeira hora ou duas, esses negócios normalmente não estarão
na primeira hora. A configuração mais fácil de reconhecer é um recuo de duas pernas para a média
móvel, pois, é comum o movimento voltar à velha tendência e ir muito além do que você imaginaria. É
importante balançar parte de cada entrada com a tendência em um dia de tendência forte, mesmo que
isso signifique que, às vezes, seu ponto de stop seja atingido na parte de swing de sua negociação. No
entanto, as grandes corridas mais do que compensarão isso. A cada nova configuração, você pode
simplesmente adicionar de volta a porção do couro cabeludo ou colocar uma posição completa em
cima da sua posição atual de swing aberta. A maioria dos traders acharia mais fácil apenas adicionar
seus contratos de couro cabeludo ou simplesmente manter sua posição original e escalar em diferentes
níveis de lucro. Caso contrário, você terminará com muitos contratos para ficar confortável e o
desconforto dificultará o cumprimento de suas regras.

O mercado tem inércia e, como tal, quando se trata de tendências, cerca de 80% das tentativas de
reversão de tendência falham e se transformam em padrões de continuação. Lembre-se, um recuo em
uma tendência é uma tentativa fracassada de reversão de tendência. Portanto, os pullbacks de
negociação são uma abordagem confiável para negociação, e é a abordagem mais usada pela maioria
dos traders bem-sucedidos. Alguns recuos são grandes e se estendem por alguns dias, e a entrada
pode parecer uma entrada de reversão, mas se você observar um gráfico de período de tempo mais
alto ou compactar as barras do gráfico atual para ver mais dias, verá que é apenas um recuo.

Quando o mercado está claramente otimista, comprar perto da alta (comprar um recuo perto da alta) e
sair mais alto é uma estratégia eficaz, já que o mercado freqüentemente percorre um longo caminho
antes que haja um grande retrocesso. Quando está em uma faixa de negociação, comprar perto da alta
é geralmente um erro, e os comerciantes devem tentar comprar perto da baixa. Quando os operadores
não sabem dizer se o mercado está em uma tendência ou em uma faixa de negociação, eles devem
buscar recuos de fortes picos, que é uma abordagem que funciona bem tanto nas tendências quanto
nas faixas de negociação e é por isso que é a melhor abordagem para a maioria dos comerciantes. Se o
mercado está formando uma bandeira de touro depois de um rally, procure comprar. Se estiver
formando uma bandeira de urso após uma liquidação, procure vender.

É natural ficar confiante depois de algum sucesso, e a maioria dos comerciantes começará a querer
adicionar mais configurações ao seu arsenal. Além disso, eles odeiam ficar sentados por uma ou duas
horas esperando as melhores configurações quando vêem muitos escalpos lucrativos se desdobrando
na frente deles. A pior coisa absoluta a fazer é começar a negociar em intervalos de negociação
apertados. Eles geralmente ocorrem no meio do dia depois de você estar aguardando uma entrada por
algumas horas. Eles geralmente estão no meio do intervalo perto de uma média móvel relativamente
plana, e eles sempre parecem tão simples. No entanto, eles vão danificar sua conta e sua psique.
Infelizmente, todo mundo pensa que eles podem descobri-los, e eles negociam e se perguntam no final
do mês por que eles perderam um par de milhares de dólares.

Observe como a compra de breakouts de bulls de intervalos de negociação com stops e encurtar
breakouts de urso em intervalos de negociação com stops não estão na lista de melhores negociações.
Na verdade, os opostos exatos estão lá. Iniciantes não devem usar stops para entrar em uma fuga de
uma faixa de negociação, uma vez que a maioria das tentativas de breakout falha, não importa quão
boas elas pareçam. Em uma faixa de negociação, compre no baixo e venda no alto, não compre no alto
esperando subir mais, ou venda no baixo e espero cair mais. Se os iniciantes querem negociar uma fuga,
eles devem esperar até que haja uma fuga clara e forte e, em seguida, tentar entrar em recuos. Vender
no topo de uma faixa de negociação e comprar na parte inferior de uma faixa de negociação é uma
abordagem razoável, especialmente quando um trader está entrando em um segundo sinal. Este é um
comércio mais difícil para iniciantes, porque parece estar indo contra uma tendência. Incerteza, que
significa probabilidade relativamente baixa, é a marca registrada de uma faixa de negociação. A
dificuldade que essas configurações representam para os iniciantes é que o touro pula para o topo e os
picos do urso para baixo com tanta força que é difícil imaginar que eles possam falhar. Mas quase todos
fazem isso, e esse forte ímpeto leva os comerciantes para a direção errada e para fora dos negócios na
direção certa.

Como você sabe se uma negociação tem 60% de probabilidade de sucesso? Qualquer negociação nos
três livros pode ser o melhor negócio se as circunstâncias estiverem corretas, mas muitas configurações
devem ser negociadas apenas por traders que são consistentemente lucrativos e muito experientes na
leitura de gráficos. A maioria dos comerciantes deve manter apenas as melhores configurações de
comércio. Lembrar, uma chance de 60% de sucesso significa 40% de chance de falha, e sempre
reconheça que os 40% são muito reais e perigosos e sempre use um stop de proteção.

Os comerciantes precisam encontrar um estilo de negociação que seja compatível com sua
personalidade, porque se eles planejam negociar para ganhar a vida, precisam estar confortáveis e
felizes com seu trabalho. Como todos vêem uma dúzia ou mais de negociações em uma impressão do
gráfico no final do dia, há uma tendência a pensar que o escalpelamento é uma ótima estratégia. No
entanto, pouquíssimos traders podem aceitar todos esses negócios em tempo real, e os melhores
costumam acontecer rápido demais para serem capturados. Isso faz do escalpelamento uma estratégia
ruim para praticamente todos os traders com recompensa menor do que o risco. Um dos grandes
problemas com o escalpelamento é que é relativamente fácil vencer em 60% dos negócios. Isso dá aos
investidores a esperança de que eles estejam muito próximos de fazer uma fortuna. Contudo, eles
realmente têm que ganhar cerca de 80% de seus minúsculos escalpos para ganhar a vida com isso, e
tão perto quanto eles acham que estão dessa porcentagem vencedora, eles nunca chegarão lá. Outro
problema é que os iniciantes provavelmente pensarão que precisam apenas de um pouco mais de
experiência para aumentar sua porcentagem de vitórias para 80%. A realidade é que eles nunca se
tornarão tão bons porque poucos dos melhores traders chegam lá. Essa é a verdade simples. Além
disso, eles nunca serão bons o suficiente para colocar de 20 a 40 negociações por dia, o que requer
foco incrível e uma capacidade excepcional de ler gráficos rapidamente por horas a fio. O resultado é
que eles vencerão na maior parte do tempo, mas suas perdas serão maiores que suas vitórias e suas
contas desaparecerão lentamente.

No outro extremo do escalpelamento está o swing trading, com um lucro que é pelo menos duas vezes
maior do que o risco e procurando apenas um ou dois bons negócios por dia. A maioria dessas
configurações tem apenas 40% a 50% de certeza, mas isso é o suficiente para ter uma equação de
negociador favorável. Quando parece que tem 50% a 60% de chance de sucesso, é o melhor negócio.
Essa é a estratégia mais confiável, mas a maioria dos operadores se sente desconfortável em ficar
sentado em frente a uma tela por horas a fio, esperando que uma grande operação seja feita. Além
disso, como pode ser configurado e acionado em uma janela de um ou dois minutos, é fácil errar
quando isso acontece. Outra abordagem que se concentra em grandes swings é tentar estar sempre no
mercado, procurando por uma a cinco reversões por dia e tentando permanecer no mercado em
qualquer direção durante o dia inteiro. No entanto, a maioria dos comerciantes precisa fazer pausas
durante o dia e eles têm dificuldade em fazer negócios de reversão.

O meio termo é o que provavelmente é melhor para a maioria dos daytraders, e é o que os
comerciantes mais experientes escolhem. Eles tomam cerca de cinco a dez negociações por dia e
negociam apenas quando a recompensa é pelo menos tão grande quanto o risco e a probabilidade é
de pelo menos 60%. Comerciantes agressivos e experientes que estão tentando pegar esses swings
negociáveis procuram micro-tops duplos e fundos duplos micro para comprar. Eles não pensam na
porcentagem real e, em vez disso, simplesmente decidem se o negócio parece bom. Isso permite que o
negociador tenha um stop com o mesmo tamanho da meta de lucro e ainda tenha uma equação de
negociante favorável. Embora este seja o estilo que os comerciantes mais bem-sucedidos adotam, a
maioria dos iniciantes deve procurar por operações de swing fortes, mesmo que a chance de sucesso
seja de 50 a 60%. Isso ocorre porque quando a recompensa é duas ou mais vezes o tamanho do risco, a
equação do negociador é ainda mais forte, apesar da menor probabilidade de sucesso.

No Emini, quando a faixa média diária é de 10 a 15 pontos, procure por negociações com uma boa
chance de quatro pontos (duas vezes o tamanho do risco inicial) ou mais swing, e saia de alguns ou
todos em quatro pontos. Com a experiência, os operadores podem escalpelar parte por dois a quatro
pontos e depois balançar.

Se eles acham que muitas vezes saem cedo demais, eles devem considerar colocar uma ordem um
cancela o outro (OCO) (um para obter lucro em dois a quatro pontos, o outro para ser stopado com
uma perda de dois pontos ou menos); eles devem então se afastar e voltar em uma hora. Eles podem se
surpreender que eles de repente se tornaram bem sucedidos.

Leva muito tempo para aprender a negociar com lucro e, mesmo depois disso, você precisa se manter
firme e manter sua disciplina todos os dias. É um desafio, mas isso faz parte do apelo. Se você se tornar
bem sucedido, as recompensas financeiras podem ser enormes.
A parte difícil da equação do trader é a probabilidade, que nunca pode ser conhecida com precisão. Se
não tiver certeza, presuma que há 50% de chance de que sua ordem limite seja preenchida antes que
seu stop seja atingido. Se você está confiante sobre o comércio, assuma que as chances são de 60 a 40
a seu favor, embora às vezes seja maior. Essa matemática tem implicações importantes. Por exemplo,
digamos que você está negociando AAPL em um gráfico de 5 minutos e está arriscando $ 1,00 para
fazer 50 centavos, e sua chance de sucesso é de 60%; se você fizer esse tipo de negocio 10 vezes,
provavelmente ganhará seis vezes e ganhará $ 3,00, e perderá quatro vezes e perderá $ 4,00, o que
significa que está perdendo 10 centavos por negociação, além de comissões. Esse é o dilema do
escalper e é a razão pela qual você deve evitar o couro cabeludo onde o risco é maior do que a
recompensa.

Sempre que você usar um alvo de swing você tem que permitir recuos, porque você normalmente
precisará de mais barras antes que o alvo seja alcançado, e quando você estiver esperando por mais
barras, a chance de um recuo aumenta.

Os canais são difíceis de negociar e, como o mercado gasta a maior parte do tempo em canais, o
mercado é difícil de operar durante a maioria das barras do dia. Como negociar canais é discutido no
primeiro livro. Eles raramente oferecem os melhores negócios para a maioria dos traders, especialmente
quando o canal é apertado. Se o canal tiver amplas oscilações, geralmente, ele cria recuos que se
qualificam como as melhores configurações de comércio. Quando estiver apertado, a maioria dos
traders deve aguardar a fuga e então avaliar a força do breakout. Uma vez que a tendência desacelere e
entre em um canal de ursos, especialmente se for apertada e rasa, a maioria dos traders não tem
experiência suficiente para encontrar os melhores negócios, é melhor aguardar até poder entrar longo.

Pode ser muito difícil ficar sentado por várias horas e não fazer uma negocia, mas seu objetivo deve ser
ganhar dinheiro. Se você ainda não está atingindo esse objetivo, deve pensar seriamente em reduzir o
número de negócios que está realizando e tentar apenas de um a três negócios por dia. Além disso,
esses negócios devem ser os melhores negócios, como um recuo de duas pernas em uma tendência
forte, uma forte reversão de abertura, uma inversão de tendência após uma quebra de linha de
tendência muito forte ou entrada em um pico muito forte.

Enquanto a premissa original permanecer válida, permaneça com o negócio. Uma vez que a tendência
recomeça depois de um teste do preço de entrada (isto freqüentemente irá executar os pontos de stop
de negociadores que apertaram seus stops de proteção muito cedo), então leve o stop para breakeven.

Uma ou mais das configurações deste capítulo ocorrem todos os dias no gráfico Emini de 5 minutos e
no gráfico de 5 minutos de praticamente todos os mercados. Se os comerciantes tiverem paciência para
esperar, possivelmente, horas até que um se desenvolva e se limitem a apenas os negócios neste
capítulo, eles seriam muito bem-sucedidos. No entanto, aprender a se limitar aos melhores negócios é
talvez a parte mais difícil da negociação. Se eles não estão ganhando dinheiro ainda, é algo que eles
precisam seriamente considerar tentar. Um componente importante para ganhar dinheiro é evitar
negócios ruins que invariavelmente apagam muito mais do que o que um comerciante ganhou de bons
negócios. O comércio mais importante a ser evitado até que um seja um operador qualificado e
lucrativo é qualquer configuração em uma faixa de negociação restrita, especialmente quando está no
meio do dia, especialmente quando está no meio do dia, perto de uma média móvel plana, e o dia não
é um dia de tendência claro e forte.

A primeira coisa que os traders devem fazer quando tentam uma nova abordagem é imprimir semanas
de gráficos do prazo e do mercado que planejam negociar e ver se suas configurações parecem válidas.
Quando eles começam a negociar, eles devem negociar apenas um contrato futuro ou 100 ações, não
importando o tamanho da conta. Se eles tiverem alguma experiência e estiverem determinados a
negociar em tamanho maior, uma vez que decidam em que posição podem negociar, devem negociar
apenas cerca de um quarto desse tamanho. Se eles acham que podem negociar 10 contratos Emini, eles
devem negociar apenas dois ou três. Eles precisam ser capazes de não se importar com as perdas, para
que possam permanecer objetivos e continuar a negociar depois de algumas perdas consecutivas. É
improvável que eles consigam fazer isso se estiverem negociando seu tamanho máximo. Somente
depois de consistentemente obter lucro por várias semanas ou meses, eles devem começar a aumentar
seu tamanho de posição. No entanto, a maioria dos traders leva muitos anos para se tornar
consistentemente lucrativo.

A parte mais difícil da negociação é decidir se uma configuração é boa o suficiente para garantir uma
negociação. É especialmente difícil fazê-lo em tempo real, quando você sente que precisa de mais um
bar para ter certeza, mas assim que a barra se forma, você perdeu a melhor entrada. É preciso muitos
anos de prática para poder olhar para um gráfico e ver instantaneamente o que está acontecendo, e
mesmo assim nada é perfeitamente claro. No entanto, algumas coisas são mais fáceis de reconhecer do
que outras, e um iniciante é sábio para se concentrar em apenas algumas configurações fáceis de
prever. Felizmente, existem muitas configurações que são fáceis de detectar e têm excelentes chances
de sucesso. Uma vez que você esteja constantemente fazendo alguns pontos todos os dias no Emini ou
50 centavos ou um dólar em AAPL, você deve se concentrar em aumentar seu volume em vez de
adicionar muitas novas configurações. Estas são as melhores configurações, e se você negociar 25
contratos com a Emini e ganhar apenas dois pontos por dia, você ganhará $ 500.000 por ano. Se você
negociar 100 contratos e quatro pontos líquidos, você ganhará $ 4 milhões por ano. Muitas ações,
como AAPL, GS, RIMM e QQQ, pode-se negociar 3.000 ou mais ações sem slippages significativos na
maioria das vezes. Se você faz em média 50 centavos por dia em 3.000 ações de apenas uma empresa,
isto é cerca de $ 300.000 por ano.

Uma das coisas mais difíceis para os iniciantes é esperar por horas para uma negociação ser
configurada, e quando isso acontece, é tão fácil negar o quão bom ela realmente é. Por exemplo, se o
mercado estiver em baixa por 40 barras, subir acima da média móvel e depois cair para um fundo mais
baixo, mas formar uma forte barra de reversão, pode ser difícil acreditar que o mercado possa subir nas
próximas 20 barras, mas pode. Se você não conseguir puxar o gatilho, reduza bastante o tamanho da
sua posição ao ponto de realmente não se importar se perder (o tamanho "não me importo"). Como um
comerciante, você deve fazer negócios se quiser ganhar dinheiro. Mantenha as contas simples e, se
você acha que uma negociação provavelmente funcionará, assuma que a probabilidade é de 60%,
embora na verdade possa ser de 80%. Então, contanto que sua recompensa seja tão grande quanto o
seu risco, você terá uma equação de negociante positiva. Se você não tiver certeza, assuma que a
probabilidade é de 50%, mas use uma recompensa que seja pelo menos duas vezes maior do que o seu
risco.

Se um trader observasse todos os seus negócios no ano anterior, ele poderia descobrir que uma
determinada configuração contribuiu mais para seus lucros do que qualquer outra. Por que não
simplesmente esperar para negociar apenas esse padrão? Porque você pode faria apenas um negocio
por semana e ganharia muito mais dinheiro do negociando tantas configurações boas de padrões
confiáveis que você pode encontrar. Nenhum padrão é o melhor. Todos eles podem ser os melhores
quando as condições estão certas. Enquanto uma negociação tiver uma forte equação de negociante,
um comerciante fará mais dinheiro negociando do que esperando pacientemente pelo comércio
perfeito absoluto que pode vir apenas uma vez por semana. Você ganha dinheiro negociando, não
esperando. O melhor comércio é uma configuração de swing, em que a probabilidade é de pelo menos
60%, porque você terá muita flexibilidade em como administra o comércio e pode ganhar dinheiro
escalpelando, balançando ou fazendo um pouco dos dois.

Em geral, sempre procure comprar na baixa e vender na alta, exceto em uma forte tendência em que
você compra alto e sai mais alto em uma tendência forte de urso vende baixo e sai mais baixo.
FIGURA 24.1 Melhores negócios em uma forte tendência de alta

Uma vez que um trader acredita que o mercado está sempre em alta, o melhor comércio é quase
sempre comprar um recuo, especialmente perto da média móvel e quando a barra de sinal tem um
corpo de touro. Conforme mostrado na Figura 24.1, ontem terminou com um forte rali, e o mercado
sempre esteve no final no fechamento. As duas barras de tendência de subida consecutivas na abertura
foram suficientes para fazer com que os comerciantes suspeitassem que a direção ainda era longa. A
alta de quatro barras de touro para a barra 6 era mais uma evidência de pressão de compra. Este era
também um teste de fuga da barra 3.

As quatro tendências consecutivas de alta do bar 7 provavelmente convenceram a maioria dos


operadores de que o mercado estava sempre em alta e, portanto, queriam comprar recuos,
especialmente recuos de duas pernas para a média móvel, onde a barra de sinalização tinha um corpo
de touro.

Observe como a única barra abaixo da média móvel era a primeira barra do dia, e após a barra 5 pico
de touro, apenas duas barras foram capazes de fechar abaixo da média móvel, e elas foram
rapidamente invertidas na próxima barra. Este é um sinal de força. No final do dia, é fácil ver que este
era um dia de tendência de alta. Isso não era tão óbvio quanto o dia estava se desdobrando porque os
dias de tendência sempre parecem estar configurando reversões. No entanto, cada recuo torna-se
apenas outro sinalizador de touro. Os comerciantes devem constantemente procurar sinais de força, e
se esses sinais estão presentes, como eram hoje, eles devem se esforçar muito para comprar recuos,
porque esses são os melhores negócios. A probabilidade de sucesso é de 60% ou mais e a recompensa
potencial é pelo menos tão grande quanto o risco. Se os comerciantes mantivessem os negócios como
swings, a recompensa acabaria sendo várias vezes maior do que o risco.

FIGURA 24.2 Melhores negócios nos futuros de 10 anos do Tesouro dos EUA
O mercado de futuros de notas de tesouraria de 10 anos dos EUA é um dos melhores mercados para
entrar em stops quando há um recuo em uma tendência sempre clara. Conforme mostrado na Figura
24.2 alguns traders viram o mercado entrar em alta no pico de touro após o bar 1, e outros o viram no
bar 4, especialmente depois das quatro barras de tendência de alta desde o bar 2. Quando o mercado
irrompeu fortemente do bar 4 até a barra 5, era claramente sempre longo. Nesse ponto, os
comerciantes estavam comprando pullbacks. Se os operadores não quiserem perder uma tendência
forte, eles podem colocar uma ordem stop acima da máxima da tendência. Aqui, os touros cautelosos
poderiam ter colocado um stop de compra a um tick acima da barra 5.

Da barra 7 a 9 alguns operadores viram uma configuração de triângulo. A barra 14 era uma grande
barra de alta depois de um pequeno intervalo de negociação (barra 10 a 13), o que poderia ter sido
uma bandeira final. Depois de uma bandeira final, os operadores geralmente esperam pelo menos um
recuo de 10 barras para a média móvel antes de comprar novamente. A mudança até a barra 15 formou
uma bandeira em forma de cunha. A barra 17 foi a primeira a tocar a média móvel em um gap de mais
de 20 barras. Da primeira vez que toca, dificilmente rompe.

Comerciantes experientes viram a barra 14 como o segundo, terceiro ou quarto clímax de compra e
esperavam uma faixa de negociação a seguir. Uma vez que a barra 14 fechou, alguns traders
imediatamente colocaram ordens limitadas em curto naquele preço de fechamento. A maioria desses
pedidos não teria sido preenchida, porque a alta da barra de suporte que se seguiu nunca era acima do
fechamento da barra 14.

Uma das razões pelas quais muitos comerciantes gostam de comprar recuos é porque o risco é menor.
Em vez de ter que arriscar abaixo do pico do touro, o comerciante pode arriscar-se ao fundo do recuo.
Geralmente, há menos lucro restante, mas esse é o trade-off para o risco reduzido. Por exemplo, um
comerciante poderia ter comprado no fechamento do bar 10, mas seu stop protetor teórica teria ficado
abaixo da barra 8 do pico do touro. Se ele esperasse para comprar um recuo, como acima da barra 11,
seu stop estaria abaixo da mínima da barra 11 e ele estaria arriscando muito menos.

FIGURA 24.3 Melhores negócios em um gráfico EUR / USD


Como mostra a Figura 24.3, o gráfico forex de 5 minutos EUR / USD, uma vez que o mercado está
claramente sempre longo ou curto, os comerciantes procuram entrar em recuos.

A reversão para cima na barra 10 de reversão de duas barras era um exemplo de uma configuração com
cerca de 60% de chance de fazer um lucro de swing, portanto, era uma ótima configuração para todos
os traders, incluindo iniciantes. Os comerciantes compraram acima da barra 10 e seu stop inicial de
proteção estava abaixo dela. Eles obtiveram lucros parciais ou totais assim que o mercado alcançou o
dobro do risco, e deixaram o restante da sua posição subir, movendo o stop do fundo mais recente.

A barra 17 era uma configuração de compra mais segura, uma vez que era uma alta na média móvel e a
barra de sinal era uma barra forte e uma reversão de duas barras com a barra antes dela.

O recuo para a média móvel na barra 22 era um micro-canal de urso, de modo que a primeira fuga
acima do canal provavelmente teria um recuo gradual antes que o mercado subisse muito. A barra 25
era a configuração de compra de recuo de fuga. A barra 25 formava um fundo duplo com barra 23.
Alguns operadores poderiam chamá-la de micro fundo duplo, já que incluía apenas quatro ou cinco
barras. Também era um recuo da quebra da barra 24 do microcanal do urso da barra 19 para a barra 23.
Como o canal baixo estava apertado, esperando pela segunda entrada acima da barra, a reversão de
duas barras era uma abordagem de maior probabilidade.

O mercado ainda estava claramente em alta, de modo que os operadores não deveriam estar ansiosos
para sair nos recuos.

FIGURA 24.4 Melhores negócios na IBM


Como mostrado na Figura 24.4 , os melhores negócios neste gráfico de 5 minutos da IBM incluem a
reversão de abertura da barra 2 e o topo duplo na média móvel da barra 4, a barras 6 e 11 na média
móvel.

Obs. Eu: A barra 7 era cabeça ombros com barra 5. Barra 9 rompimento pequeno triângulo.

As duas barras de touro antes da barra 5 era muito forte, e a maioria dos iniciantes viu isso como o
início de uma reversão de touro. Na subida até a barra 6, havia sete barras e apenas uma tinha um
corpo de urso. É fácil se concentrar nessa força e negar o que aconteceu antes dela. Este rali acentuado
era o primeiro recuo da média móvel em mais de 20 barras, e traders experientes viram isso como um
sinal de venda. Os novatos só viram a força e procuraram comprar a maior baixa que se seguiu,
esperando uma reversão de tendência ou pelo menos uma segunda perna para cima. Eles acharan que
as três barras de tendência do urso forte para baixo do bar 6 era apenas um teste afiado do breakout
acima da mínima do dia, e compraram para a próxima perna. Comerciantes experientes o rali para a
barra 6 simplesmente como uma bandeira de urso.

FIGURA 24.5 Melhores negócios em USO


Como mostrado na Figura 24.5 , as melhores configurações de comércio hoje no diário United States Oil
Fund LP (USO) incluem o triângulo da barra 1; o bar 3 teste da média móvel; o fundo duplo da barra 8
(com a barra 5) que tembém era recuo da fuga do micro canal de baixa até a barra 7; a barra 12 de
fundo duplo com barra 10 e teste de fuga da barra 6; a barra 13 fundo duplo e o segundo teste da faixa
de negociação; e a barra 15 na média móvel e teste de breakout da barra 11.

Em uma forte tendência de alta, você não precisa de configurações fortes para comprar. Você pode
comprar no mercado em qualquer lugar e ganhar dinheiro, mas as configurações permitem que você
use stops mais apertados.

Alguns traders mudam seu stop protetor para o ponto de equilíbrio quando o comércio atinge a
metade do caminho de lucro. Por exemplo, se um trader comprasse acima do bar 8, esperando uma
quebra de valor da faixa de negociação e depois um movimento medido, ele poderia mudar seu stop
para breakeven quando o mercado atingisse a área do bar 9, onde o mercado era mais da metade o
caminho para o seu alvo e havia vários fechamentos acima do topo da faixa de negociação. Se seu stop
de proteção for atingida, ele nunca deve ficar chateado porque está fazendo exatamente o que deveria
estar fazendo, o que está limitando suas perdas, que chegam em pelo menos 40% de seus negócios.

FIGURA 24.6 Melhores Negociações no UltraShort S & P 500 ProShares (SDS)


Como mostrado na Figura 24.6 esta era uma tendência desde a abertura, uma das as melhores
configurações de negociação no gráfico SDS de 5 minutos hoje inclui a barra 6 de segunda entrada na
média móvel. A barra 7 era a segunda perna de alta e um sinal de reversão da bandeira que caiu e
quebrou a linha de tendência principal do dia. Eu: a barra 12 rompeu a mínima da faixa de negociação.

Quando o mercado entra em uma faixa de negociação apertada ou em um canal apertado, a maioria
dos traders deve parar de negociar. Alguns traders experientes comprarão na mínima da barra anterior
e encurtarão na máxima da barra anterior, como depois da barra 12.

Como não houve um claro rali após o bar 8 e os bears estiveram no controle por mais de uma hora, era
razoável procurar uma segunda perna para baixo. A barra 12 era um teste do topo da faixa de
negociação. Uma faixa de negociação apertada é o pior ambiente para negociar. Como os iniciantes só
devem entrar em stops, eles nunca devem negociar quando virem qualquer sinal de que o mercado
está entrando em uma faixa de negociação apertada, porque entrar em stops resultará em perdas
repetidas. Se você é um iniciante e decide não fazer mais do que três negociações por dia, por que você
estaria pensando entrar nas barras após o bar 7? Você está dizendo a si mesmo que isso é exatamente
o que você estava esperando o dia todo... um mercado agradável e quieto que não é mais assustador?
Ou você está pensando que a probabilidade é tão baixa que você seria tolo em desperdiçar um de seus
três negócios aqui?

Uma vez que claramente este é um ambiente terrível para entrar em stops, um melhor comércio
virtualmente nunca se desenvolverá até depois de uma fuga bem-sucedida.

Eu: A barra 13 era um teste da máxima da barra anterior (teste de tentativa de rompimento para cima) e
confirmou rompimento para baixo da barra 12.

FIGURA 24.7 Melhores negócios em uma tendência de urso AAPL


Como mostrado na Figura 24.7 , as melhores configurações de negociação neste gráfico de 5 minutos
da AAPL incluem a barra 1 de gap de 20 barras e a barra 7 fundo duplo.

A barra 2 era uma configuração de reversão de duas barras do gap de 20 barra. Na barra 6, os
negociadores que entraram na barra 2 teriam conseguido sair da metade de suas ações com lucro de $
1,00 usando uma ordem limite. Como você pode ver pela natureza externa do bar, muitos comerciantes
provavelmente cobriram parte ou todos os seus shorts aqui. Neste ponto, eles teriam mudado seu stop
de proteção para breakeven ou talvez alguns centavos pior e não teriam saído do restante da posição a
menos que houvesse uma clara e forte reversão, que era improvável em um dia de tendência tão forte.
Eles esperavam recuos que assustam os shorts. Por exemplo, o rally to bar 9 atingiu o ponto de
equilíbrio até o último centavo (US $ 170,88) e depois reverteu para baixo.

Se os operadores fossem stopados, eles poderiam ter entrado em curto novamente no bar 10, após o
teste de média móvel e do teste de fuga.

FIGURA 24.8 Melhores negócios em uma forte tendência de Bear


Como mostrado na Figura 24.8 , tendência com pequenos recuos é o tipo mais forte de tendência. Eu:
encurta ao longo de todo o swing em cada mini-recuo, ou seja, na primeira barra que fechar mais alto
que a anterior, encurta na sua máxima. Se pedido não for preenchido, vai movendo o pedido para o
máximo de cada barra.

Os traders precisariam determinar onde seus stops de proteção precisavam ser para calcular uma meta
de lucro mínima razoável. Como isso costuma ser difícil, eles precisavam pensar em uma situação de
pior caso. Por exemplo, se o mercado fosse acima da quarta barra do dia, eles poderiam ter usado stops
de proteção logo acima de sua máxima, em torno de $ 179,50. Como eles teriam ficado em curto com
cerca de $ 177, eles teriam arriscado cerca de $ 2,50 em seu negócio. Se eles normalmente não arriscam
mais de $ 500 em uma negociação, eles só poderiam ter negociado 200 ações. Mas como deve-se ter
apenas negócios em que a recompensa potencial é pelo menos tão grande quanto o risco. Isso significa
que eles deveriam ter tentado realizar talvez metade do preço (100 ações) a $ 2,50 abaixo do preço de
entrada, ou cerca de $ 174,50. Eles teriam sido preenchidos perto da barra 2. Nesse momento, eles
poderiam mover o stop até o ponto de equilíbrio e manter até que a direção inverter para longa ou até
que seu stop fosse atingida ou até qualquer reversão razoável na última hora, ou até o final do dia. Se
eles saíssem na barra 5, teriam ganho $ 900 em suas segundas 100 ações. Se eles saíssem quando o
mercado inverteu a $ 170, teriam feito $ 700, e se mantivessem até o fechamento, também teriam feito
cerca de $ 700 naquelas segundas 100 ações.

Este era um exemplo perfeito de entradas de reversão a serem evitadas. Todos os dias, você deve
examinar o gráfico ao longo do dia e, especialmente, nas primeiras horas, para determinar se o dia é um
dia de tendência. Se for, você não deve estar negociando contra-tendência. Uma tendência desde a
abertura como essa é o dia de tendência mais fácil de ver. Você teria suspeitado na terceira barra do dia
(uma barra grande de urso, caindo longe da abertura), e você teria ficado muito confiante no momento
em que o mercado quebrou abaixo da barra 1.

O mercado ficou abaixo da média móvel desde a terceira barra do dia, e os traders devem lembrar que
em dias de tendência de pequenos recuos como este, o primeiro rally para a média móvel geralmente
falha e então o mercado testa a mínima. Não se convença de que o mercado foi longe demais e está
para inverter.

FIGURA 24.9 Melhores negócios no gráfico diário de VOD


Como mostra a Figura 24.9 , as melhores configurações de comércio neste gráfico diário do Vodafone
Group (VOD) com sede na Inglaterra, uma das maiores empresas de serviços de comunicações do
mundo, incluem a barra na média móvel, a barra 7 de bull e segunda entrada em uma barra de gap de
médio móvel, a barra 11 de touro na média móvel, o rompimento da mini tendência de urso na mínima
da barra 15. Quando há uma forte tendência de subida e uma quebra de uma bandeira e a barra de
fuga tem um corpo de touro na média móvel, comprar abaixo de sua mínima é uma estratégia
confiável. Isso ocorre porque o pullback geralmente se torna uma configuração longa e você está
comprando por um preço menor. Os comerciantes poderiam ter comprado em uma ordem limite na
mínima da barra 15.

FIGURA 24.11 A recompensa deve ser sempre tão grande quanto o risco

Um melhor comércio é aquele em que há pelo menos 60% de chance de sucesso e a recompensa
potencial é pelo menos tão grande quanto o risco. Como mostrado na Figura 24.11, as melhores
configurações de negociação neste gráfico diário da Tata Motors Ltd (TTM), montadora na Índia, foram
as barras 2, 10, 12 e 16. E a barra 20 maior reversão até a média para escalpo.

O TTM estava em uma forte tendência de alta desde o bar 1 e subiu quase 40% em menos de dois
meses até a barra 8. Se os comerciantes comprassem acima da barra 10, eles poderiam ter saído em
ponto de equilíbrio na venda de três barras mais tarde, ou eles poderiam ter confiado em seu stop
colocado um pouco abaixo da barra 7.

A enorme barra de alta 17 era um clímax de compra. Sempre que há uma tendência de 10 ou 20 ou
mais barras e, em seguida, tem uma enorme barra de tendência de alta, a barra geralmente representa
exaustão. Ela se formou devido a alguns dos últimos curtos saindo e os touros comprando. Ambos os
grupos eram comerciantes fracos. Os touros fortes neste momento só comprariam um recuo e os ursos
fortes encurtando mais alto. A fuga do bar 17 era muito acima da linha do canal de tendência dos
últimos dois meses, e levou ao desenho de uma linha de canal de tendência mais alta. O mercado
tentou quebrar acima dessa linha nos barras 19 e 20 e ambas as vezes encontraram vendas fortes, como
visto pelas caudas grandes no topo de ambas as barras, o corpo do urso na barra 19, e o fechamento
bem abaixo do ponto médio da barra 20 . Quando o mercado tenta fazer alguma coisa duas vezes e
falha nas duas vezes, geralmente tenta seguir na direção oposta.

As barras de queda começando na barra 18 e as grandes caudas nos topos das barras 19 e 20
representavam pressão de venda acumulada, e o grande tamanho das barras da barra 17 em diante
indicava que os touros estavam tentando excepcionalmente duramente converter a tendência em uma
tendência de touro mais forte. Seus esforços levaram à exaustão e a pressão de venda os desgastou. O
mercado provavelmente teria uma reversão de tendência.

A barra 18 quebrou abaixo de uma linha de tendência de alta, e toda a pressão de venda fez com que
um sell-off fosse provável, portanto, um curto abaixo da barra forte depois da barra 20 era um negócio
de alta probabilidade. Esta era uma grande barra de de urso que fechou na sua mínima. O tamanho do
corpo do urso e as caudas minúsculas indicavam que a venda era muito forte.

FIGURA 24.12 Melhores negócios em SOLF

Como mostrado na Figura 24.12 , as melhores configurações comerciais no gráfico diário da Solarfun
Power Holdings Company Ltd (SOLF), a fabricante chinesa de células fotoelétricas usadas em painéis
solares, incluem a barra 4 na média móvel, a barra 8 de bandeira de touro de fundo duplo, e a barra 14.

Havia duas barras grande de urso, a 5 e a logo antes da barra 6. No entanto, os ursos não conseguiram
alinhar barras consecutivas de urso após a quebra da linha de tendência, de modo que a direção ainda
era longa.
Após o pico até o bar 9, o mercado tinha um canal até o bar 12. A barra de sinal da barra 12 era um
doji, então alguns traders podem ter esperado por mais força de resistência. A forte barra de tendência
do urso após a barra 12 era um sinal de forte venda e deu aos ursos a confiança de vender
agressivamente nos próximos dois barras. Este pico de urso de três barras pico quebrou a linha de
tendência de subida.

O rally para o bar 12 teve muitos recuos, corpos de urso e barras com caudas no topo, que são sinais de
pressão de venda, indicando uma mudança para um mercado de dois lados. Isso parecia mais uma
perna de touro em uma faixa de negociação do que uma tendência de alta. Os traders estavam
começando a vender acima das máximas, como quando a barra 10 se moveu acima da barra 9, ou
quando a barra 11 se moveu acima da barra 10.

O mercado formou um topo mais baixo na barra 14 que testou a barra 12 baixa, e o mercado vendeu a
partir do primeiro tick da barra. Os comerciantes estavam muito confiantes de que o mercado estava
caindo. Alguns traders entraram em curto quando o mercado caiu abaixo da barra antes dela, enquanto
outros traders encurtaram o breakout abaixo da barra 13, esperando pelo menos um movimento
medido para baixo.

Alguns comerciantes compraram acima da barra 17 porque era uma bandeira de touro de fundo duplo
com barra 8. No entanto, os ursos retornaram na barra após a barra 18, que tinha um grande corpo de
urso. É fácil ficar preso fora de um grande comércio, mas é importante se esforçar para evitar isso. Não
aperte seus stops muito cedo, e tente segurar um pouco de sua posição com um ponto de equilíbrio
até que o mercado claramente tenha uma direção. O rally até a barra 18 não era suficiente para virar a
posição.

FIGURA 24.14 Os melhores negócios em GOOG

Como mostra a Figura 24.14 , as melhores configurações de negociação neste gráfico de 5 minutos do
Google (GOOG) incluem encurtar as barra 2 e 3 de pullback para a média móvel; encurtar a barra 7
primeiro gap na média móvel e topo duplo; compra na barra 10.
O sell-off do bar 7 tinha muitas barras sobrepostas e várias barras de touro, o que indicava que havia
negociação bilateral. Os ursos não estavam no controle total. Assim que o mercado caiu abaixo da barra
4, os compradores procuravam entrar. A barra 8 rompeu para cima do mini canal de urso desde a barra,
recuou e o bar 9 foi segunda tentativa de inverter a tendência. Os touros foram capazes de possuir as
próximas três barras. A barra 10 reverteu 8 centavos (8 centavos é pequena para um ação de $ 500)
acima da barra de sinal 9 e era um excelente teste de rompimento permitindo que os traders
adicionassem acima de sua máxima, seus stops de proteção teriam ficado abaixo da barra 9 baixa.

Os ursos tinham bons shorts no início do dia. O pico do urso era tão forte que era provável que
houvesse vendas subsequentes, provavelmente na forma de um canal de ursos, e o dia provavelmente
se tornaria um dia de tendência de alta e baixa. Os ursos teriam procurado vender ralis, que estariam no
topo do canal de ursos em desenvolvimento. Como na barra 2 na média móvel e um teste da fuga
abaixo da primeira barra do dia e no bar 3 na média móvel. A maioria dos traders teria saído assim que
o mercado caísse abaixo das duas barras de tendência de urso que começaram com a barra 5, mas
alguns teriam mantido seus stops abaixo da barra 4.

A barra 7 tinha uma distância curta da média móvel aceitável, no entanto, seria arriscado encurtar
abaixo de uma barra de tendência de alta, especialmente após um pico de três barras. Teria sido melhor
procurar para comprar uma mínima mais alta ou um teste do fundo de urso.

FIGURA 24.15 Uma máxima mais alta na AAPL

Na Figura 24.15, os comerciantes agressivos poderiam ter comprado durante qualquer barra de alta a
partir do bar 1, mas, como seus stops de proteção estariam mais distantes, os operadores precisavam
negociar posições menores. Uma vez que o mercado quebra abaixo de um canal íngreme, os
operadores geralmente procuram encurtar em uma máxima mais baixa. A queda até a barra 3 teve um
forte impulso e quebrou bem abaixo da linha de tendência de alta. Os comerciantes suspeitavam que a
direção tinha mudado para short e estavam procurando uma máxima mais baixa para venda.

Eu: cabeça em ombros no topo antes da barra 2 e outro ombro na barra 4.

FIGURA 24.20 Inversão de Abertura de Emini


Embora a maioria dos acadêmicos e especialistas em televisão argumente que todos os movimentos no
mercado geral são baseados nos fundamentos compostos das ações individuais, a política muitas vezes
cria movimentos enormes. Um exemplo óbvio é o crash de 2008 é outro exemplo. Foi uma tendência de
queda com vendas em pânico causado pela bagunça subprime, ou era o resultado direto do país
percebendo que Barack Obama iria ganhar a Casa Branca? Embora você tenha que negociar os gráficos
com base no que eles mostram, é intelectualmente interessante tentar entender como a política pode
influenciar o mercado, independentemente de suas inclinações políticas.

Um dia tão perfeito! Se você olhar para o gráfico de 5 minutos à direita, a forma não é digna de nota
para uma inversão de tendência mais baixa, mas você pode ver na escala de preço à direita do gráfico
que algumas barras tinham mais de 30 pontos de altura em contraste com um dia normal, quando as
barras podem ter um alcance médio de cerca de dois pontos. Esta foi a tentativa do mercado de colocar
pelo menos um fundo temporário depois que o Dow Jones Industrial Average perdeu 20% nesta
semana no crash de 2008. Eu estive dizendo aos meus amigos por mais de um ano que o Dow cairia
abaixo de 10.000 em 2008, porque parecia que poderíamos ter entrado em uma faixa de negociação
multianual.

Na sexta-feira o Dow tinha caído 200 a 700 pontos por dia nesta semana, então uma tentativa de
reversão era provável. No entanto, você teve que ser paciente e procurar por configurações de ação de
preço padrão.

O gráfico à esquerda é um gráfico de 60 minutos, e a barra D (também é a barra 6 no gráfico de 5


minutos à direita) caiu através da linha de canal de tendência construída nas barras A e C (também é
barra 1 em 5 minutos), e depois inverteu.

No gráfico de 5 minutos, o bar 6 formou uma enorme barra doji, mas o mercado estava revertendo as
tendências da linha de canais em ambos os gráficos de 5 e 60 minutos e o Dow estava em baixa de 700
pontos, então um rally negociável era provável.

A barra 7 quebrou acima da linha de tendência do urso, no entanto, a subida da barra 6 baixa era
violenta, por isso era provável que houvesse uma segunda perna depois de um teste da mínima da
tendência de urso. Era prudente esperar pacientemente por uma mínima mais alta (com tanto impulso
para cima, uma mínima mais baixa não era provável).
A barra 14 era uma barra de reversão touro e um recuo da linha de tendência micro, bem como um
fundo mais alto em comparação com barra 12. Havia muitos outros negócios hoje, mas este era fácil de
antecipar e se desenrolou perfeitamente. Você não precisou do gráfico de 60 minutos para fazer este
negócio, e eu não o usei.

FIGURA 24.22 Melhores Negociações no Emini com Negociação Bilateral

As melhores configurações de negociação no gráfico Emini de 5 minutos mostrado na Figura 24.22


incluem a reversão de duas barras a partir do mínimo do dia anterior que formou três barras após a
barra 1, o topo duplo na barra 3 e a bandeira de urso na barra 7 e o bar 9 de reversão em um dia de
intervalo de negociação e padrão de escadas.

Quando um dia não é um dia de tendência, é um dia de intervalo de negociação, ou pelo menos ele
terá muita negociação bilateral.

A barra 2 foi acima da abertura do mercado e os traders espertos estariam procurando um short de
segunda entrada, que veio no topo duplo do bar 3. O intervalo era cerca de metade de uma faixa média
diária, então o dia provavelmente teria uma fuga e se tornaria um dia de intervalo de negociação para
cima ou para baixo.

O pico de Bear até o bar 4 transformou o mercado em um dia de queda. O canal de bull até a barra 6
tinha muitas barras sobrepostas e várias tentativas menores de reversão e era muito mais fraco do que
o sell-off até a barra 4. A barra 6 ficou abaixo da barra 3, que era um sinal de força pelos ursos. Eles
defenderam com sucesso seus stops encurtando mais no bar 6.

A barra 9 era uma barra forte de reversão de touro, e, como se sobrepunha um tanto à barra anterior e
ambas tinham igual máxima, funcionava como uma reversão de duas barras, sendo um sinal de compra.

Note-se que houve várias reversões menores e que a maioria das reversões vêm de topos e fundos
duplos, micro topos e fundos duplos e bandeiras, como é sempre o caso. Muitos comerciantes não
farão um comércio de reversão a menos que um deles esteja presente.

FIGURA 24.23 Diversas Melhores Negociações no Emini sem Tendência Clara


Como mostrado na Figura 24.23 , os melhores negócios neste gráfico Emini de 5 minutos incluem a
reversão de duas barras da barra 1; a barra 2 de reversão em uma nova máxima do dia e gap de média
móvel; a barra 3 de falha de fuga de micro canal; A barra interna 5 era uma segunda tentativa de
romper para uma nova mínima abaixo da barra 1 e a barra 6 topo duplo.

FIGURA 24.24 Com uma chance de 50% de sucesso, a recompensa deve ser duas vezes maior que o
risco

Mesmo que a venda no meio de uma faixa de negociação possa ter apenas cerca de 50% de chance de
sucesso, se a recompensa for o dobro do tamanho do risco, pode ser o melhor negócio. Conforme
mostrado na Figura 24.24, o Emini de 5 minutos, que esteve em uma forte tendência de touro por várias
semanas, teve uma barra de gap na média móvel no bar 7. Os bears estavam à procura de uma entrada,
mas não estavam certos de que a queda até a barra para 10 seria suficiente. Quando um movimento
não é claro, geralmente não há operadores suficientes que acreditam que ele será bem-sucedido e,
portanto, não há operadores suficientes dispostos a apostar nele. O resultado é que não há seguimento
até que haja mais clareza.
Eu: A barra antes da barra 12 não conseguiu romper abaixo da 10, que se revelou um suporte forte.

Em geral, quando o mercado está em uma faixa de negociação de cinco a dez barras, os operadores
devem procurar apenas os curtos. A barra 11 era a oitava barra desde a baixa inicial, e a barra que a
seguia marcou a terceira vez que o mercado caiu abaixo da mínima da barra anterior. Um curto no bar
11 era o melhor mesmo havendo apenas 50% de chance de sucesso e estando no meio de uma faixa de
negociação em uma tendência de alta. Por que? Lembre-se de que a equação do negociador tem três
variáveis e você deve considerar a recompensa e o risco além da probabilidade. Já que a média de
alcance diário no Emini era superior a 10 pontos no último mês e a variação de hoje era de apenas dois
pontos, e houve apenas alguns dias nos últimos dois anos, quando o intervalo estava abaixo de cinco
ou seis pontos, as chances eram altas de que o alcance de hoje fosse dobrar ou triplicar antes do
fechamento. O problema era que os comerciantes não sabiam se a fuga seria para cima ou para baixo,
ou ambos. Uma vez que o mercado subiu por oito barras em uma faixa de negociação, as chances
favoreciam um movimento para baixo no curto prazo. Os comerciantes poderiam simplesmente ter
encurtado e colocado um stop de proteção acima da barra de sinal da barra 11. Como havia tanta
incerteza, eles só poderiam aceitar esse negócio se estivessem dispostos a enfrentar recuos, que eram
inevitáveis em uma faixa de negociação. O risco real era de apenas quatro ticks, então os investidores
estavam arriscando quatro ticks para fazer 16 ticks e tinham cerca de 50% de chance de sucesso. Isso
fez com que este fosse um excelente comércio, embora talvez não tenha aparecido na época. que eram
inevitáveis em uma faixa de negociação.

Uma vez que havia uma grande barra de rompimento de ursos e, em seguida, a barra 12 também de
urso, o mercado estava em queda para a maioria dos traders, e eles supunham que permaneceriam
assim, a menos que houvesse um sinal de compra ou até que o mercado ficar acima da barra de urso
depois da barra 11. A barra 13 testou aquela barra e o mercado eventualmente vendeu até a barra 19. A
barra 19 baixa era 17 ticks abaixo da barra de sinal da barra 11, e a barra 19 tinha um corpo de touro, o
que significa que muitos ursos estavam tendo lucros em seus shorts a 16 ticks abaixo da barra de sinal,
em vez de 17 ticks abaixo. Eles estavam saindo um tique de um movimento de quatro pontos, que era
um sinal de que os ursos estavam fracos. O mercado atingiu a ordem limite para os shorts saírem com
um lucro de quatro ticks. A maioria dos ursos teria saído da barra de reversão 19 por causa da falha de
17 ticks, levando o lucro de 11 ticks ao invés de esperar que o mercado voltasse para baixo e desse a
eles os 16 ticks que eles originalmente planejavam fazer.

Esta era a semana anterior ao Natal, e a faixa média diária em torno dos feriados é geralmente menor.
Houve vários dias nas últimas duas semanas, quando o intervalo estava abaixo de sete pontos. Além
disso, como o risco inicial era de apenas quatro ticks, em vez dos geralmente sete ou oito ticks, muitos
comerciantes presumiram que o risco menor e a menor média recente significavam que a chance de
fazer quatro pontos também poderia ser menor. Muitos desses comerciantes apostaram na falha do tick
17 e colocaram suas ordens limite em 15 ticks abaixo do preço de entrada, em vez de seis ticks abaixo.
Sempre que um movimento tem uma chance maior de ficar aquém do esperado, muitos operadores
usarão uma ordem limite de um tick menos que o usual, sabendo que o mercado geralmente atinge o
preço alvo óbvio, mas reverte em vez de preencher as ordens limite de lucro.

CAPÍTULO 25

Diretrizes de Negociação
Por que diretrizes e não regras? Porque “regras” implicam absolutos e fáceis negociações se você as
seguir. No entanto, a negociação é subjetiva, sua vantagem sempre será pequena, e é muito difícil
chegar ao ponto em que você é consistentemente bem-sucedido. Se houvesse regras claras e objetivas
e elas resultassem consistentemente em negociações lucrativas, todos logo as descobririam. Não
haveria ninguém para assumir o lado oposto do comércio, e as regras então parariam de funcionar.

Aqui estão 78 diretrizes sugeridas.

1. Ler essas 570.000 palavras é como ler um manual detalhado sobre como fazer qualquer coisa, como
jogar golfe ou violino. É preciso muito trabalho para transformar a informação na capacidade de ganhar
a vida como trader, mas é impossível sem entender como os mercados funcionam.

2. Tudo o que você vê está em um nevoeiro cinza. Nada é perfeitamente claro. Perto é o suficiente. Se
algo parece um padrão confiável, provavelmente será negociado como um padrão confiável.

3. Não há um conjunto fácil de regras confiáveis para ganhar dinheiro como um comerciante, e tudo é
subjetivo. Para um comerciante ganhar dinheiro, ele tem que ser consistentemente melhor do que
metade dos outros traders por aí (ou, mais precisamente, negociar a equação de um trader positivo
mais da metade do tempo).

4. A vantagem nunca pode ser muito grande porque as instituições tirariam proveito disso.

5. Ler gráficos bem é difícil, mas é apenas metade do que você precisa saber para ganhar dinheiro. Você
também precisa aprender a negociar, o que é igualmente difícil. Negociar com sucesso sempre era e
sempre continuará a ser difícil de fazer, não importa qual método você use. Só porque você entende
como fazer algo não significa que você pode fazê-lo de forma eficaz, especialmente se for difícil de
fazer.

6. Um comerciante precisa de uma vantagem matemática para ganhar dinheiro.

7. A capacidade de detectar negócios que têm uma equação de negociador positiva é a chave para o
sucesso. Isso pode significar comprar acima de um bar em um stop, vender acima de uma barra com
uma ordem limite, comprar abaixo de uma barra com uma ordem limite ou vender abaixo de uma barr
em um stop.

8. A determinação mais importante que um profissional faz, e ele faz isso após o fechamento de cada
barra, é determinar a direção seguinte e sua duração por um muitos pontos ou apenas um escalpe.

9. Toda vez que você comprar, alguém está vendendo uma ordem limitada. Quando você vende há um
touro forte do outro lado do seu negócio. Lembre-se que há pessoas inteligentes que acreditam
exatamente no oposto do que você faz.

10. Cada barra, mesmo uma barra forte, é uma barra de sinal para ambas as direções, e o mercado pode
começar uma tendência para cima ou para baixo na próxima barra. Esteja aberto a todas as
possibilidades, incluindo exatamente o oposto do que você espera, e quando a surpresa acontecer, não
questione ou negue. Apenas negocie.

11. Toda vez que você procurar entrar em uma configuração, certifique-se de considerar o que o
mercado está lhe dizendo se, ao contrário da sua expectativa, o movimento do mercado for na direção
oposta. Às vezes, essa configuração de compra que você vê pode, na verdade, também ser uma ótima
configuração de venda.
12. Compreender as barras de tendência que criam fugas é uma das habilidades mais importantes que
um profissional pode adquirir. Os comerciantes precisam ser capazes de avaliar se uma fuga
provavelmente terá sucesso, ou será recebida com realização de lucro e um recuo, ou será seguida por
uma reversão.

13. Procure por sinais de força e fraqueza e pese-os para determinar se eles lhe dão uma vantagem. Se
você vir o mercado fazendo algo, avalie a força da configuração. Será que não conseguiu aproveitar a
oportunidade para fazer algo forte? Em caso afirmativo, a configuração é mais fraca.

14. Sempre que você estiver certo de que sua configuração é boa, pode ser que não seja. Seja humilde.
Se você está muito confiante, sua arrogância fará com que você perca, porque você estará usando
probabilidades irreais em sua avaliação da equação do negociante.

15.Muito da vida não é o que parece. Nós trabalhamos em um mundo de Alice no País das Maravilhas,
onde nada é realmente o que parece. Para cima não é sempre para cima e para baixo nem sempre é
para baixo. Basta olhar para os breakouts mais fortes das faixas de negociação - eles geralmente falham,
e para cima é realmente o começo de para baixo e vice-versa. Além disso, se você usar um stop muito
amplo e estiver disposto a passar por um grande correção por algumas horas, 60% de chance de fazer
dois pontos antes de perder dois pontos no Emini pode representar 90% de chance de fazer quatro
pontos antes de perder oito pontos. Se você for flexível e confortável, com probabilidades em constante
mudança e muitas probabilidades coexistentes, sua chance de sucesso é muito maior.

16. A coisa mais importante que você pode fazer o dia todo é ficar fora de negócios ruins. Por exemplo,
se for um dia de intervalo de negociação, não procure comprar após uma barra de tendência de alta
forte ou uma alta 1 perto do topo da faixa, e não encurta após uma barra de tendência forte de urso ou
baixa 13 perto da parte inferior do intervalo.

17. O mercado constantemente exibe inércia e tende a continuar o que acaba de fazer. Se estiver em
uma tendência, 80% das tentativas de reversão falharão e levarão a uma bandeira e, em seguida, a
retomada da tendência. Se estiver em um intervalo de negociação, 80% das tentativas de quebrar em
uma tendência falhará.

18. Se alguma vez você se sentir mal por dentro, porque um recuo está indo longe demais, é provável
que você esteja erroneamente vendo um recuo quando, na verdade, a tendência se inverteu.

19. Se você acha que o mercado racionalmente deveria estar subindo, mas em vez disso está
oferecendo uma configuração de venda forte, aceite. Negocie o comércio que você tem e não o que
você quer ou espera, porque “o mercado pode ficar irracional por muito mais tempo do que você pode
ficar solvente” (uma citação atribuída a John Maynard Keynes).

20. Preço é verdade. Nunca discuta com o que o mercado está dizendo. Para um day trader, os
fundamentos são quase totalmente inúteis. O mercado dirá para onde está indo e não pode esconder o
que está fazendo. Nem você nem os especialistas na televisão podem saber como o mercado reagirá
aos fundamentos, embora esses especialistas falem com certeza. Como o mercado raramente tem mais
de 60% de certeza de qualquer coisa, sempre que os especialistas falam com certeza, eles estão
ignorando a característica mais básica do mercado. Se você seguir alguém que é indiferente ou

3 Alta 1 ou H1: em uma tendência de alta, há um recuo/reversão, a primeira barra que tiver uma máxima mais alta, ou
seja, a primeira que parece querer retomar a alta, é uma H1.
Baixa 1 ou L1: em uma tendência de baixa, há um recuo/reversão, a primeira barra que tiver uma mínima mais
baixa, ou seja, a primeira que parece querer retomar a baixa, é uma L1.
ignorante sobre como os mercados funcionam, você perderá dinheiro.

21. Tudo faz sentido. Se você souber como ler a ação do preço, nada irá surpreendê-lo, porque você
entenderá o que o mercado está fazendo. Os novatos podem lê-lo em uma cópia impressa no final do
dia. O objetivo é aprender a ler rápido o suficiente para que você possa entender o que está
acontecendo em tempo real.

22. “Não é justo!” Se é assim que você está se sentindo, faça uma pausa na negociação. Você está
absolutamente certo - não é justo, mas é porque tudo é baseado em matemática, e a justiça nunca é
uma das variáveis. Se você está preocupado com a justiça, você não está sincronizado com o mercado.
Os programas de computador controlam toda a atividade do mercado e não têm noção de justiça; eles
nunca se cansam e são implacavelmente objetivos. Como eles estão ganhando dinheiro, você precisa
tentar imitar suas qualidades. Eles não podem esconder o que estão fazendo, e seu trabalho é ver o que
estão fazendo e copiá-los. Sim, você entrará depois de sua primeira entrada, mas eles continuarão a
entrar depois de você, e eles são a força que conduzirá o mercado longe o suficiente para lhe dar o seu
lucro.

23. A ação do preço baseia-se no comportamento humano e, portanto, tem uma base genética. É por
isso que funciona em todos os mercados em todos os países e em todos os prazos e sempre funcionou
e sempre refletirá inescapavelmente o comportamento humano, pelo menos até que evoluamos para
uma nova espécie.

24. Sempre tenha um stop protetor no mercado porque ele protege você do maior perigo que você
jamais enfrentará como trader. Esse perigo não é o mercado, que não poderia se importar menos se
você ganha ou perde, nem sabe que você existe. É você mesmo e todas as suas inadequações como
comerciante, incluindo negação, arrogância e falta de disciplina.

25. Pensar é muito difícil. Em vez disso, os perdedores preferem olhar com zelo religioso para um
salvador que os proteja da perda de dinheiro. Os salvadores podem ser especialistas impressionantes
com credenciais notáveis na TV, escritores famosos de boletins informativos, líderes de sala de bate-
papo, indicadores ou qualquer outro ídolo externo no qual os comerciantes infundem o poder de
protegê-los e levá-los à Terra Prometida. Em vez disso, todos eles vão lentamente sugar o último dólar
da sua conta. Você não ganhará dinheiro até que faça sua própria análise e ignore todas as influências
externas que lhe prometem sucesso, mas de fato existem apenas para ganhar dinheiro para si e não
para você. Nunca se engane acreditando que pode ganhar dinheiro com a ajuda de todas aquelas
pessoas legais.

26. Aqueles que falam não sabem e aqueles que sabem não falam. Não assista TV nem leia notícias.

27. Se você achar que não aceitou alguns negócios Emini seguidos e eles funcionaram, provavelmente
você está negociando um tamanho de posição muito grande. Mude para a negociação de 100 a 300
ações da SPY e faça swing por pelo menos 20 a 50 centavos. Mesmo que você não fique rico, pelo
menos você ganhará algum dinheiro e aumentará sua confiança. Se você acha que pode negociar
confortavelmente três contratos Emini por negócio, então deve negociar apenas um. Isso tornará muito
mais fácil para você receber todos os sinais. Se você negociar 3 contratos, vai sentir que só pode entrar
no negócio perfeito e perderá muitos sinais bons. Você precisa estar negociando um tamanho onde
esteja confortável com qualquer sinal decente e permaneça confortável se perder duas ou três vezes
seguidas. Um indicador desse conforto é a sua capacidade de fazer o próximo trade depois dessas
perdas. Se você se sentir muito desconfortável e estiver realmente esperando pela perfeição, ainda
estará negociando muito volume. Depois de começar a escolher os sinais, você está no caminho para
uma conta perdida. Suas emoções são um fardo e dão uma vantagem aos seus oponentes, como é o
caso em qualquer competição.
28. “Eu não me importo!” Esse é o mantra mais útil. Eu não me importo se eu perder com este negócio,
porque eu estou negociando um tamanho pequeno o suficiente para que uma perda não me perturbe
e ofusque meu julgamento. Eu não me importo com o que os especialistas estão dizendo na TV ou no
Wall Street Journal. Eu não me importo com o que está acontecendo nos gráficos de 3 e 1 minutos ou
nos gráficos de volume ou tick, porque os sinais que há neles, se realmente são bons, também
produzirão sinais bons no gráfico de 5 minutos. Eu não me importo que o mercado seja muito
exagerado e seja devido a uma correção. Eu não me importo com indicadores, especialmente com
linhas rabiscadas que mostram divergências em uma tendência enorme (enquanto isso, não houve
quebra de linha de tendência), mas eu me preocupo com o gráfico na minha frente e o que ele está me
dizendo. Eu também me preocupo em seguir minhas regras e não permitir que qualquer influência
externa me impeça de fazer o que as minhas regras estão me dizendo.

29. Se você tem medo de fazer um grande negócio porque seu stop teria que ser muito longe, reduza
seu tamanho de posição para talvez um quarto do normal, de modo que seu risco total em dólar não
seja maior do que em suas operações habituais. Você precisa entrar no modo “não me importo” para
poder fazer essas transações. Ao reduzir o tamanho da sua posição, você pode se concentrar na
qualidade da configuração, em vez de se preocupar com os dólares que você pode perder se a
negociação falhar. No entanto, primeiro encontre uma boa configuração antes de adotar a mentalidade
“Eu não me importo”, porque você não quer ser tão apático sobre os dólares que você começa a tomar
configurações fracas e depois perder dinheiro.

30. O mercado nunca tem certeza quando é longe o suficiente, mas é sempre convicto de quando é
longe demais. A maioria das reversões exige excesso antes que os investidores acreditem que a
reversão funcionará. A inércia do mercado pode ser parada apenas pelo excesso.

31. É difícil inverter uma posição. Para a maioria dos traders, é muito melhor sair, mesmo com uma
perda, e depois procurar outra configuração na nova direção.

32. Não existem padrões confiáveis de contra tendência, a menos que você seja um operador
consistentemente lucrativo, nunca efetue uma contra-tendência, a menos que tenha havido uma quebra
significativa de uma linha de tendência significativa e o sinal seja uma configuração razoável para uma
reversão sólida. Quando você está vendendo abaixo dessa grande barra de reversão de urso em uma
forte tendência de alta, os traders mais espertos estão comprando com ordens limitadas no nível baixo
de sua barra de sinal. Quando você está comprando em um stop acima de uma barra de reversão de
touro em uma tendência de forte urso, os comerciantes mais espertos estão vendendo exatamente
onde você está comprando. Como 80% das reversões falham, quem você acha que está ganhando
dinheiro?

33. Qualquer configuração de reversão é uma boa razão para obter lucros parciais ou totais, mas a
configuração deve ser forte se você estiver considerando uma negociação de tendência contrária. Como
80% das reversões falham, é muito melhor ver cada topo como o início de uma bandeira de touro e
cada parte inferior como o início de uma bandeira de urso.

34. Demasiado cedo é sempre pior do que tarde demais. Como a maioria das reversões e rompimentos
falham, uma entrada antecipada provavelmente falhará. Como a maioria das tendências percorre um
longo caminho, entrar tarde ainda é geralmente um bom negócio.

35. Todos os padrões falham e os rompimentos muitas vezes falham, e quando o fazem, criam um recuo
na direção original e têm uma alta probabilidade de sucesso.

36. Quando você vê que um lado está subitamente preso, a confiabilidade de um couro cabeludo na
direção oposta sobe. Comerciantes presos serão forçados a sair quando você estiver entrando, e eles
provavelmente esperarão por mais ação de preço antes de entrar novamente em sua direção original,
então os únicos traders que restarem estarão em sua direção.

37. Ver comerciantes sendo presos fora de uma negociação em um stop é um sinal tão confiável quanto
vê-los presos em uma negociação. Se o mercado repentinamente parar e, em seguida, retomar sua
tendência, essa é uma configuração confiável para pelo menos o lucro de um scalper.

38. Espere. Se o mercado não deu nenhum sinal durante 30 a 60 minutos e você se vê checando seu e-
mail ou falando ao telefone com sua filha na faculdade, e de repente o mercado faz uma grande barra
de touro que quebra uma faixa de negociação lateral, espere. Você perdeu o contato com o mercado e
ele pode prendê-lo. Nunca tome uma decisão rápida de fazer uma negocio, especialmente em uma
grande barra, porque as probabilidades estão contra você quando faz negócios nessas circunstâncias.
Sim, alguns negócios serão vencedores, mas se você analisar todas as vezes em que tomou essas
negociações, descobrirá que perdeu dinheiro.

39. Você não precisa negociar. Sua meta como um comerciante é ganhar dinheiro, não para fazer
negócios, então só faça um comércio quando ele irá ajudá-lo a alcançar seu objetivo. Haverá muitos
outros sinais durante todo o dia, então espere por um bom, e não fique chateado quando você perder
bons negócios. Muitos iniciantes querem excitação e tendem a overtrade. Muitos grandes comerciantes
acham que a negociação é solitária e chata, mas muito lucrativa. Todo mundo quer negociar, mas você
deve querer ganhar mais dinheiro do que você deseja negociar. Você deve fazer apenas negócios que
possam ganhar dinheiro, e não apenas aliviar sua tensão de não ter feito uma negociação em uma hora
ou duas.

40.Simples é melhor. Você não precisa de indicadores e deve olhar apenas um gráfico. Se você não
pode ganhar dinheiro com um único gráfico sem indicadores, adicionar mais coisas para analisar só
tornará mais difícil. Além disso, negocie apenas as melhores configurações até que você seja sempre
lucrativo. O maior problema com o uso de dois gráficos é que há uma tendência natural de aceitar
apenas sinais que ocorrem simultaneamente nos dois gráficos, o que raramente acontece. Você acaba
rejeitando a maioria dos grandes sinais do dia porque o segundo gráfico não tem sinal ou o sinal
ocorreu dois ticks antes. Por exemplo, se você ver um grande recuo alto 2 para a média móvel
exponencial em uma tendência de alta no gráfico de 5 minutos e, em seguida, olhar para o gráfico de 2
ou 3 minutos e ver que ele deu uma entrada dois ticks antes,

41. Decida se isso é um hobby ou um trabalho. Se é um hobby, encontre outro porque este será muito
caro e é perigosamente viciante. Todos os grandes comerciantes são provavelmente viciados em
negociações, mas a maioria dos viciados em comércio provavelmente acabará falida.

42. Comece a operar usando um gráfico de 5 minutos, entrando em um recuo e usando uma ordem de
stop para sua entrada. Quando o mercado está em alta, procure comprar acima de uma barra na média
móvel. Quando estiver em uma tendência de urso, olhe para baixo abaixo de uma barra de urso na
média móvel. Pegue alguns ou todos em uma ordem limite em uma meta de lucro em torno do
extremo anterior da tendência e, em seguida, mova o stop de proteção para o ponto de equilíbrio em
quaisquer contratos restantes.

43. Ao começar, você deve considerar negociar o SPY ao invés do Emini. Uma Emini é virtualmente
idêntica a 500 ações da SPY, e a negociação de 200 a 500 ações da SPY permitiria que você aumentasse
à medida que aumentasse parte do seu negócio, sem incorrer em muitos riscos. Depois de atingir de
1.000 a 1.500 compartilhamentos SPY, se você estiver pensando em continuar a aumentar seu tamanho
de posição, mude para o Emini. Nesse tamanho, você pode dimensionar o Emini e aumentar o tamanho
da sua posição tremendamente, sem que a derrapagem seja um problema significativo.
44. Compre baixo e venda alto, exceto em uma clara e forte tendência (ver Parte I no livro 1 sobre
tendências). Em uma tendência de alta, compre high 2 setups mesmo se eles estiverem no pico do dia;
em uma tendência de urso, venda 2 configurações baixas. No entanto, o mercado está em uma faixa de
negociação durante a maior parte do tempo. Por exemplo, se o mercado subiu por alguns barras e
agora há um sinal de compra perto do topo desta perna, pergunte a si mesmo se você acredita que o
mercado está em um dos padrões de tendência de alta clara e forte estabelecidos descritos nesses
livros. Se você não consegue se convencer de que é, não compre alto, mesmo que o momento pareça
ótimo, já que as chances são grandes de que você fique preso. Lembre-se da versão de Warren Buffett
da velha serra: "Tenha medo quando os outros são gananciosos e gananciosos quando os outros têm
medo".

45. Os dois sentimentos mais importantes para a mídia e para os iniciantes são medo e ganância.
Comerciantes rentáveis não sentem nem. Para eles, os dois sentimentos mais importantes são a
incerteza (confusão) e a urgência, e usam ambos para ganhar dinheiro. Cada barra e cada segmento de
cada mercado é uma tendência ou uma faixa de negociação. Quando um comerciante é certo, o
mercado está em uma tendência forte. Quando ele sente uma sensação de urgência, como se ele
quisesse comprar enquanto o mercado está subindo (ou curto como está caindo), mas está
desesperado por um recuo, o mercado está em uma forte tendência. Ele vai comprar pelo menos uma
pequena posição no mercado em vez de esperar por um recuo.

46. Quando um trader está incerto ou confuso, o mercado está numa faixa de negociação e ele deve
comprar apenas baixo e vender alto. Se ele quiser fazer muitos negócios, apenas couro cabeludo.
Incerteza significa que o mercado tem muita negociação bilateral e, portanto, pode estar formando
uma faixa de negociação. Uma vez que a maioria das tentativas de fuga falham, é melhor olhar apenas
para curto se você estiver incerto e o mercado estiver com cinco a dez barras, e apenas procurar longs
quando estiver baixo por cinco a dez barras.

47. Quando há um intervalo de negociação, comprar baixo significa que se o mercado estiver perto da
parte inferior da faixa e você estiver curto, você pode recomprar seu curto para obter lucro, e se houver
um sinal forte de compra, você pode comprar para iniciar um longo. Da mesma forma, quando o
mercado está no topo da faixa, você vende. Esta venda pode ser para ter seu lucro em seu longo, ou, se
houver uma boa configuração curta, você pode vender para iniciar uma posição curta.

48. Bom preenchimento, mau comércio. Sempre desconfie se o mercado permitir a você entrar ou sair
por um preço melhor do que o esperado.

49. A primeira ou segunda hora é geralmente a época mais fácil para ganhar dinheiro, porque as
oscilações tendem a ser grandes e não há muitas barras doji. A primeira hora é o melhor momento para
perder dinheiro também, porque você está excessivamente confiante em quão fácil pode ser, e você não
segue suas regras cuidadosamente. A primeira hora geralmente tem muitas reversões, então espere
pacientemente por uma configuração de swing, que geralmente terá menos de 50% de chance de
sucesso, mas uma recompensa potencial que é pelo menos duas vezes maior que o risco. Comerciantes
experientes podem escalpelar. Se você não seguir suas regras e ficar no vermelho, perderá o melhor
momento do dia para ganhar dinheiro, o que significa que você ficará infeliz o dia todo, enquanto
espera voltar ao ponto de equilíbrio em negociações que são muito mais lentas e menos lucrativas.

50. Se você estiver com perdas no dia e está agora na segunda metade do dia, pode parecer que está
nadando em areia movediça - quanto mais você tenta sair, mais afunda. Mesmo os grandes
comerciantes simplesmente não conseguem se conectar emocionalmente com o fluxo do mercado
alguns dias e eles ocasionalmente perdem, mesmo que uma impressão do gráfico de 5 minutos no final
do dia seja chocantemente clara. A coisa mais inteligente a fazer é se certificar de que você siga suas
regras até o final, e você provavelmente recuperará algumas de suas perdas. A pior coisa a fazer é
modificar o seu estilo de negociação, o que provavelmente é o motivo de você estar mal no dia. Não
aumente o tamanho da sua posição e comece a negociar configurações de baixa probabilidade. Se você
tiver uma abordagem que faça dinheiro, continue com isso e você ganhará de volta sua perda amanhã.

51. Os iniciantes devem evitar negociar no meio do dia, quando o mercado está no meio da faixa de um
dia, especialmente se a média móvel for relativamente plana e a faixa de negociação for estreita e tiver
caudas proeminentes (arame farpado). Quando você está prestes a fazer qualquer negocio, sempre se
pergunte se a configuração é uma das melhores do dia. É isso que as instituições estão esperando o dia
todo? Se a resposta for negativa e você não for um negociante consistentemente lucrativo, então você
também não deve aceitar o negócio.

52. Um intervalo de negociação apertado é o pior ambiente para entrar em stops. As instituições estão
fazendo o oposto, e você perderá consistentemente se insistir em negociar, esperando que uma
tendência esteja prestes a começar.

53. Fique de fora de intervalos de negociação apertados, force-se a não assumir nenhum negócio,
mesmo que você não negocie por horas.

54. Cada barra e cada série de barras é uma tendência ou uma faixa de negociação. Escolha um. Decida
sempre a direção e negocie apenas nessa direção até que ela mude. Durante todo o dia e
especialmente por volta das 8h30, você precisa decidir se o dia se assemelha a qualquer padrão de
tendência descrito nesses livros. Se isso acontece, você deve fazer todos os negócios com tendência.
Nunca considere fazer uma negociação de contra tendência.

55. As melhores barras de sinalização são as barras de tendência na direção do seu comércio. Barras
Doji são intervalos de negociação de uma bar e, portanto, barras de sinal geralmente terríveis. Você
normalmente perderá se comprar acima de um intervalo de negociação ou vender abaixo de um.

56. A maioria das configurações de contra-tendência falha e a maioria das configurações com tendência
é bem-sucedida. Faça as contas e decida qual você deve estar negociando. As tendências formam
constantemente configurações de tendência contrária de ótima aparência e configurações de tendência
com aparência ruim. Se você negocia a contra-tendência, está apostando e, embora muitas vezes ganhe
e se divirta, a matemática está contra você e você, lenta mas seguramente, vai à falência.

57. Você não fará dinheiro consistente até parar de comercializar couro cabeludo de contra-tendência.
Lembre-se, seu risco provavelmente terá que ser tão grande quanto sua meta de lucro, e você deve
escalpelar apenas se conseguir ganhar 60% do tempo. Iniciantes devem escalpelar apenas com a
tendência, se o fizerem.

58. Até que você seja consistentemente lucrativo, leve apenas negociações em que sua recompensa
potencial seja pelo menos tão grande quanto o seu risco. Se você precisa arriscar dois pontos no Emini,
não tire seu lucro até que tenha pelo menos dois pontos. Lembre-se da equação do trader. A chance de
ganhar vezes a sua recompensa em potencial tem que ser significativamente maior do que a chance de
perder vezes o seu risco. Você não pode arriscar dois pontos para fazer um ponto e esperar obter lucro,
a menos que esteja certo em pelo menos 80% do tempo, e pouquíssimos traders são tão bons assim.

59. A equação do trader tem três variáveis, e qualquer setup com um resultado positivo é um bom
trade. Isso pode ser uma negociação com uma alta probabilidade de sucesso e uma recompensa
apenas igual ao risco, uma com baixa probabilidade de sucesso e uma grande recompensa em relação
ao risco, ou qualquer coisa entre elas.
60. Comerciantes experientes podem escalonar nos (ou fora dos) negócios para melhorar a equação de
seu negociante. Por exemplo, a entrada inicial pode ter uma probabilidade relativamente baixa de
sucesso, mas as entradas subsequentes podem ter probabilidades significativamente mais altas,
melhorando a equação do negociador para a posição inteira.

61. Você não vai ganhar dinheiro até começar a negociar com os pullbacks da tendência.

62. Você não fará reversões lucrativas até esperar pela quebra de uma linha de tendência significativa e
depois por uma forte barra de reversão em um teste do extremo da tendência.

63. Você não ganhará dinheiro a menos que saiba o que está fazendo. Imprima o gráfico Emini de 5
minutos todos os dias (e gráficos de ações, se você negociar ações) e escreva no gráfico cada
configuração que você vê. Quando você vê vários recursos de ação de preço, escreva todos eles no
gráfico. Faça isso todos os dias durante anos, até poder olhar para qualquer parte de qualquer gráfico e
entender instantaneamente o que está acontecendo.

64. Você não vai ganhar dinheiro a longo prazo até que você saiba o suficiente sobre sua personalidade
para encontrar um estilo de negociação que seja compatível. Você precisa ser capaz de seguir suas
regras confortavelmente, permitindo que você entre e saia de negociações com pouca ou nenhuma
incerteza ou ansiedade. Depois de ter dominado um método de negociação, se você sentir stress
durante a negociação, então você ainda não encontrou seu estilo ou a si mesmo.

65. Você não ganhará dinheiro se perder sua disciplina e assumir negócios de risco nas últimas duas
horas que nunca faria nas primeiras horas. Você invariavelmente devolverá os lucros do início do dia
que o levaram a pensar que você é um negociador melhor do que realmente é.

66. Você está competindo contra computadores. Eles têm a vantagem da velocidade, por isso é melhor
não negociar durante um relatório (divulgações econômicas oficiais), porque é quando a vantagem de
velocidade é maior. Eles também têm a vantagem de não serem emotivos, então não negocie quando
estiver chateado ou distraído. Terceiro, eles têm a vantagem de nunca se cansar, então não negocie
quando estiver desgastado, o que geralmente acontece no final do dia.

67. Sempre procure por duas pernas. Além disso, quando o mercado tenta fazer algo duas vezes e falha
nas duas vezes, esse é um sinal confiável de que provavelmente conseguirá fazer o oposto.

68. Nunca escolha a cereja, porque você invariavelmente vai colher cerejas podres suficientes para
acabar perdendo. Os bons trades pegam você de surpresa e são fáceis de perder, e você fica com os
negócios não tão bons e os maus negócios. Balance o comércio e procure levar apenas as melhores
duas ou três das melhores configurações do dia ou couro cabeludo e tomar todas as configurações
válidas. O último, no entanto, é a alternativa mais difícil e é apenas para pessoas com personalidades
muito incomuns (ainda mais incomum do que o resto de nós, comerciantes!).

69. A chave para o sucesso é evitar os negóciios perdedores. Pode haver muito mais vencedores a cada
dia do que perdedores, mas alguns perdedores podem arruinar seu dia, então aprenda a identificá-los
com antecedência e evitá-los. A maioria ocorre: no meio do intervalo com barras de configuração
fracas, como pequenos dojis com fechamento no meio; quando você está entrando em uma possível
reversão cedo demais (lembre-se, quando em dúvida, espere pela segunda entrada); quando você está
em negação de uma tendência e acha que foi longe demais, então você começa a fazer entradas de
reversão que falham (como invariavelmente o farão); ou, quando um analista técnico muito credível e
bem credenciado de uma empresa de alto escalão proclama na TV que o fundo chegou, e então você
só vê setups de compra, o que invariavelmente falha porque se o analista realmente soubesse analisar o
mercado, estaria fazendo negócios e não comentários.
70. Se você está em um comércio que não está fazendo o que você esperava, você deveria sair? Olhe
para o mercado e finja que você está fora. Se você acha que você colocaria esse comércio neste
momento, fique na sua posição. Se não, saia.

71. Não faça couro cabeludo quando você deve balançar e não balance quando você precisar usar o
couro cabeludo. Até que você seja consistentemente lucrativo, você deve manter sua negociação o mais
simples possível e fazer apenas de uma a três transações por dia, e não usar couro cabeludo. Para
escalpelar com sucesso, você geralmente tem que arriscar tanto quanto você ganha, e isso exige que
você ganhe em mais de 60% de seus negócios. Você não pode esperar fazer isso até que você seja um
profissional consistentemente lucrativo.

72. Se você acha que costuma fazer negócios de swing, mas rapidamente os converte em couro
cabeludo, provavelmente perderá dinheiro. Quando você faz um swing, você está disposto a aceitar
uma probabilidade menor de sucesso, mas para ganhar dinheiro em um couro cabeludo, você precisa
de uma probabilidade muito alta de sucesso. Se você não conseguir parar de abandonar o seu plano,
simplesmente confie nas ordens feitas e saia por cerca de uma hora para depois de entrar.

73. Se você perdeu dinheiro no mês passado, não negocie nenhuma reversão. Se sete das últimas 10
barras estiverem acima da média móvel, não entre curto. Em vez disso, procure apenas comprar. Se sete
das últimas 10 barras estiverem abaixo da média móvel, não procure comprar. Em vez disso, apenas
curto.

74. Iniciantes devem levar apenas os melhores negócios. É difícil assistir a uma tela por duas ou três
horas de cada vez e não fazer um negocio, mas essa é a melhor maneira de os novatos ganharem
dinheiro.

75. Disciplina é a característica mais importante dos comerciantes vencedores. Negociar é fácil de
entender, mas é difícil de fazer. É muito difícil seguir regras simples, e mesmo auto-indulgências
ocasionais podem significar a diferença entre sucesso e fracasso. Todo mundo sabe o que a dureza
mental e a disciplina são, mas não imaginam o quanto extremo e inflexível você deve ser para ser um
grande trader profissional. Desenvolva a disciplina para levar apenas os melhores negócios. Se você não
puder fazer isso por um dia inteiro, force-se a fazê-lo pela primeira hora de cada dia, e à medida que
aumentar o tamanho de sua posição, você pode descobrir que isto é tudo o que você precisa para ser
um trader de sucesso.

76. O segundo traço mais importante dos grandes comerciantes é a capacidade de não fazer nada por
horas a fio. Não sucumba ao tédio e deixe-se convencê-lo de que já faz muito tempo desde a última
negociação.

77. Trabalhe no aumento do tamanho da sua posição em vez de no número de negociações ou na


variedade de configurações que você usa. Você só precisa fazer dois pontos nos Eminis por dia para se
sair bem (50 contratos em dois pontos por dia são um número de sete dígitos por ano).

78. Se você aperfeiçoar as habilidades de negociação, poderá ganhar mais dinheiro do que jamais
imaginou ser possível e terá a capacidade de viver seus sonhos.