Você está na página 1de 142

JOÃO

GILBERTO
SONGBOOK
GAROTA DE IPANEMA
AGUAS DE MARÇO
DORALICE
SO DANÇO SAMBA
EU VIM DE BAHIA
UNDIU
E LUXO SO
HO BA LA LA

1958 1962
REGISTROS NA CASA COPACABANA
DE CHICO PEREIRA PALACE

Chega de saudade 8 So danço samba 42


(Antonio Carlos Jobim - Vinicìus de Moraes) (Antonio Carlos Jobim - Vinicìus de Moraes)

Louco 11
(Wilson Batista - Henrique de Almeida) 1963
GETZ/GILBERTO
Ho-ba-la-la 12
(João Gilberto)
Doralice 44
La vem a Baiana 14 (Dorival Caymmi)
(Dorival Caymmi)
Garota de Ipanema 46
(Antonio Carlos Jobim - Vinicìus de Moraes)
1959
CHEGA DE So danço samba 48
SAUDADE (Antonio Carlos Jobim - Vinicìus de Moraes)

Morena boca de ouro 18 Para machucar meu coração 51


(Ary Barroso) (Ary Barroso)

E luxo sò 21 Vivo Sonhando 54


(Ary Barroso - Luiz Peixoto) (Antonio Carlos Jobim - Gene Lees)

Lobo bobo 24 Desafinado 56


(Carlos Lyra & Ronaldo Boscoli) (Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça)

Saudade fez um samba 26


(Ronaldo Boscoli - Carlos Lyra) 1964
GETZ/GILBERTO #2

1959
CANTANDO AS MUSICAS DO O pato 60
FILM ORFEU DO CARNAVAL (Jayme Silva - Neuza Texeira)

O Nosso Amor 30 Samba da minha terra 62


(Antonio Carlos Jobim - Vinicìus de Moraes) (Dorival Caymmi)

Um abraço no Bonfa 64
1960 (João Gilberto)
O AMOR, O SORRISO
E A FLOR Meditação 66
(Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça)
Samba de uma nota so 32
(Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça) Bim bom 69
(João Gilberto)

1961
JOÃO 1970
GILBERTO JOÃO GILBERTO
IN MEXICO
Vocé e eu 34
(Carlos Lyra - Vinicìus de Moraes) O sapo 70
(João Donato)
A primeira vez 36
(Alcebíades Barcelos Bide - Armando Marçal)
1971
Trem de ferro (Trenzinho) 38 PROGRAMA ESPECIAL
(Lauro Maia) TV TUPI

O barquinho 40 Coração vagabundo 72


(Roberto Menescal - Ronaldo Bôscoli) (Caetano Veloso)

2 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Odete 75 Bahia com H 117
(Vinicius Eliud & Herivelto Martins) (Denis Bream)

Saudade da Bahia 78
(Dorival Caymmi) 1981
BRASIL
Quem há de dizer 80
(Lupicinio Rodrigues)
Aquarela do Brasil 120
(Ary Barroso)
1973
JOÃO GILBERTO Milagre 124
(WHITE ALBUM) (Dorival Caymmi)

Eu vim de Bahia 84
(Gilberto Gil) 1982
A ARTE E O OFICIO
Izaura 86 DE CANTAR
(Herivelto Martins - Roberto Roberti)
Saudosa maloca 128
Aguas de março 90 (Adoniran Barbosa)
(Antonio Carlos Jobim)
Brasil Pandeiro 132
Eu quero um samba 92 (Assis Valente)
(Janet de Almeida - Haroldo Barbosa)
1983
Falsa Baiana 94 JOÃO GILBERTO
(Roberto Martins - Geraldo Pereira) AO VIVO NA ROMA

Undiu 98 Triste 136


(João Gilberto - Jorge Amado) (Antonio Carlos Jobim)

1975 1985
BEST OF LIVE IN MONTREUX
BOTH WORLDS
Pra que discutir com madame 138
João Marcelo 102 (Haroldo Barbosa - Janet de Almeida)
(João Gilberto)

E preciso perdoar 105


(Gilberto Gil)

1978
JOÃO GILBERTO
AO VIVO NA BAHIA

Eu sambo mesmo 106


(Janet de Almeida)

Brigas nunca mais 110


(Antonio Carlos Jobim - Vinicìus de Moraes)

1980
JOÃO GILBERTO PRADO
PEREIRA DE OLIVEIRA

Curare 112
(Bororo)

Tin tin por tin tin 114


(Haroldo Barbosa - Geraldo Jacques)

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 3
JOÃO GILBERTO
João Gilberto, de son nom complet João des musiques variées dont il profite. À gistre les premiers et les plus grands
Gilberto Prado Pereira de Oliveira, est l'âge de 14 ans, son grand-père lui offre succès de la bossa nova, d'abord comme
un musicien brésilien né le 10 juin 1931 à sa première guitare. À 18 ans, il quitte guitariste sur un disque de Elizeth Car-
Juazeiro dans l’État de Bahia et mort le 6 son village natal pour se rendre dans la doso, Canção do Amor Demais, essentiel-
juillet 2019 à Rio de Janeiro. grande ville de Salvador de Bahia. Guita- lement co-composé par Jobim et le poète
riste autodidacte, il monte enfin à Rio de Vinícius de Moraes. Muni d'un contrat de
Il est considéré comme le principal Janeiro en 1950, devient « chanteur à la débutant, sous le label Odéon, il enre-
créateur de la bossa nova. En 1958, il radio » et obtient quelque succès en tant gistre en 1958 trois 78T. André Midani
remporte un vif succès au Brésil avec que vedette principale d’une formation chargé de marketing du label distribue
la chanson Chega de saudade mais ce de l’époque, Os Garotos da Lua (dans un gratuitement aux jeunes collégiens et
n'est qu'en 1964 que son succès devient registre vocal très différent de celui qui étudiants 3 000 78 tours, ce qui propul-
international avec son interprétation de lancera finalement la bossa nova en 1958) sera le succès du 33T Chega de saudade.
A Garota de Ipanema (The Girl From Ipa- ; il en est congédié au bout d'un an après Ces disques lancent au Brésil à la fois la
nema), accompagné de Stan Getz. Depuis, deux enregistrements. Insatisfait et per- carrière du chanteur-guitariste et tout
cette chanson a été reprise en diverses fectionniste il s'isole pendant plusieurs le mouvement musical « bossa nova ».
langues par de nombreux artistes pres- années d’errance et de marginalité, pen- Joao Gilberto parle modestement de son
tigieux tels que Frank Sinatra, Nat King dant lesquelles il n’a de cesse de cher- invention comme « une petite samba faite
Cole ou encore Ella Fitzgerald. cher ce mode d’expression à la guitare qui d'une seule note ». Ce premier album de
fera sa légende. João Gilberto obtient un énorme succès
Débuts d'un autodidacte dans le pays. Il est considéré générale-
La bossa nova ment comme le premier album bossa
João Gilberto naît dans l'État de Bahia. nova véritable. Outre l'inoubliable Chega
Son éducation musicale se fait à l'oreille, Ses efforts sont récompensés à partir de saudade, il contient Desafinado, Rosa
un de ses voisins diffuse par haut parleur de 1957, notamment par la rencontre du morena et Brigas nunca mais.
placé dans la rue principale de Juazeiro compositeur Tom Jobim avec qui il enre-

4 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Les États-Unis Une constante de ces albums et des
suivants : leur répertoire consiste
À partir de 1962, la bossa intéres- pour presque moitié de composi-
sant certains jazzmen aux États- tions de Jobim, le reste étant des
Unis, dont Stan Getz, Gilberto et reprises d’anciens sambas ou alors
Jobim se rendent à New York afin de de succès populaires d’autres pays.
travailler sur ce qui devait devenir le
best-seller du jazz, le 33T Getz/Gil- En 1980 paraît Brasil, collaboration
berto, sur lequel la femme de João, avec Gilberto Gil, Caetano Veloso
Astrud, débute aussi sa carrière et Maria Bethânia, soit la nouvelle
de chanteuse, notamment avec la génération de la musique popu-
chanson A Garota de Ipanema/The laire brésilienne d’alors (le mouve-
Girl from Ipanema. Le disque est un ment tropicaliste). D'anciens suc-
triomphe et un concert historique a cès populaires brésiliens, tels que
lieu au Carnegie Hall le 9 octobre Aquarela do Brasil, No tabuleiro
1964. Ce dernier sera enregistré et da Bahiana et Bahia com H, font de
un second album Getz/Gilberto vol. cet album un véritable manifeste de
2 paraîtra en 1966. l'âme brésilienne.

Un retrait En 1991, l'album João a la particula-


rité de ne contenir aucune chanson
João Gilberto continue à jouer dans de Tom Jobim. Mais il y revient en
les années 1960, mais attend 1970 1999 sur Voz e Violão, produit par
pour produire un nouvel album Caetano Veloso, en réenregistrant
studio, Ela é Carioca, réalisé au ses premiers succès Chega de sau-
Mexique où il vit alors. dade et Desafinado.

Le disque João Gilberto, parfois C'est une personnalité excentrique


surnommé « L'Album blanc de la que celle de João Gilberto, réputée
bossa », sort en 1973. Interprété pour sa réclusion et son perfection-
presque uniquement au chant-gui- nisme quasi névrotiques, capable
tare, d’une sensibilité cool et quasi de vivre dans un hôtel de luxe de
mystique, ce disque marque un Rio de Janeiro pendant des années,
Page de gauche :
Deux autres 33T, O amor, o sorriso e certain éloignement du son de João refusant toute interview, ne sor- João Gilberto,
a flor et João Gilberto, suivent res- connu jusqu’alors. Cet album com- tant presque jamais – capable aussi Caetano Veloso
et Gal Costa,
pectivement en 1960 puis en 1961. prend notamment le succès Águas d’abréger son spectacle pour cause TV Tupi, 1971
On y trouve des compositions de de Março de Antônio Carlos Jobim et de public bruyant et irrespectueux,
En dessous :
Jobim/Moraes (Corcovado, Insen- regroupe entre autres les chansons ou de sonorisation inadéquate. João Gilberto,
satez, O amor em paz), des chan- Falsa bahiana et E preciso perdoar. Cependant il continue à donner des 1958
sons de leur aîné Dorival Caymmi Il est souvent considéré au Brésil
(Samba da minha terra, Saudade comme son meilleur disque.
da Bahia, Rosa Morena), des sam-
bas des années 1930 (A primeira Retrouvailles avec Stan Getz
vez), des compositions nouvelles
de Carlos Lyra (Você e eu, Coisa En 1976 paraît The Best of Two
mais linda) et Roberto Menescal (O Worlds, nouvelle collaboration avec
barquinho), toutes exécutées dans Stan Getz regroupant la plupart des
ce style novateur mis au point par chansons précédemment interpré-
João. Ce style peut se résumer en tées sur l’Album blanc. Y chante
une adaptation à la guitare solo de également Miúcha, sa seconde
la rythmique syncopée du samba femme depuis 1965.
traditionnel.
La maturité
Lors d'une tournée en Italie, en
1961, il découvre la chanson de Amoroso, édité en 1977, vient ajou-
Bruno Martino, Estate, qu'il adap- ter à cette voix-guitare les orches-
tera plus tard en bossa nova et qui trations de cordes de Claus Oger-
deviendra un standard internatio- man, lequel avait collaboré à de
nal interprété par les plus grands précédents albums de Tom Jobim.
musiciens de jazz, de Chet Baker à Cet album reprend entre autres
Michel Petrucciani en passant par Retrato em branco e preto et Triste
Toots Thielemans. ainsi que des succès étrangers
chantés en version originale (’S
Wonderful, Estate, Besame mucho).

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 5
concerts tant au Brésil que dans
les principales villes du monde,
concerts dépassant généralement
deux heures, et dont plusieurs en-
registrements sont disponibles sur
disques compacts : Prado Pereira
de Oliveira (1980), Live in Montreux
(1986), Eu Sei Que Vou Te Amar
(1994), Live at Umbria Jazz (2002) et
In Tokyo (2004).

En 2009, la mise en ligne gratuite


d'un enregistrement légendaire et
très convoité de l'artiste sur un blog
musical brésilien a remporté un vif
succès auprès des amateurs et des
collectionneurs. Enregistrée chez
le photographe Chico Pereira à Rio
de Janeiro en 1958, soit quelques
semaines avant le lancement de son
premier succès Chega de saudade,
cette archive sonore mêle dialogues
et chansons, dont certaines étaient
encore inédites dans la voix de João. de la chanson A Garota de Ipanema, Famille et vie privée
interprétée ici à l'unisson aux côtés
Depuis le début des années 2010 de d'Antônio Carlos Jobim et de Viní- João Gilberto s'est marié à deux re-
nombreuses compilations de ses cius de Moraes. prises, d'abord avec Astrud Gilberto
premiers albums sont rééditées (1959-1963), puis avec Miúcha (1965-
sous format CD et vinyle du fait de Paru en avril à l'occasion du Record 1971). Après avoir vécu près de vingt
leur entrée dans le domaine public. Store Day, le second réunit quatre ans en concubinage avec Maria do
Elles offrent notamment en bonus titres tirés d'un concert enregistré Céu Harris (1984-2003), il finit par
des versions rarissimes de ses avec Stan Getz à San Francisco en fréquenter la productrice Cláu-
chansons par des interprètes bré- 1976 et fait replonger dans l'uni- dia Faissol (2003-2017). À la suite
siliens de renom dont Elizeth Car- vers musical du duo Getz/Gilberto. de déboires notamment financiers
doso, João Donato, Sergio Mendes, L'archive complète de ce concert avec cette dernière, il vit à nouveau
En haut : Sylvia Telles ou encore Carlos Lyra. est finalement éditée en vinyle et en avec Maria do Ceu Harris de juin
Tião Neto, format CD en février 2016. 2017 jusqu'à son décès. Son com-
Tom Jobim,
Stan Getz, En 2015, deux concerts inédits de portement atypique et secret parti-
João Gilberto & l'artiste — enregistrés respective- Outre le portugais, l'artiste a chanté cipent de sa notoriété, même s'il est
Milton Banana,
1962 ment en 1962 et en 1976 — sont édi- en espagnol, en anglais, en italien et à l'origine de plusieurs procès pour
tés en vinyles. Le premier, lancé en en français. des concerts non effectués qui ont
En bas :
João Gilberto
février, a pour intérêt de proposer le perclus le chanteur de dettes.
en 1959 tout premier enregistrement sonore
Après avoir quitté le Brésil en
1962, il vit à New York (1962-1969),
à Mexico (1969-1972), puis de nou-
veau à New York (1972-1979) avant
de s'établir définitivement dans son
appartement du quartier de Leblon,
à Rio de Janeiro en 1979.

João Gilberto est le père de trois


enfants : João Marcelo Gilberto (né
en 1960, fils d'Astrud), Bebel Gil-
berto (née en 1966, fille de Miúcha)
et Luisa Carolina Gilberto (née en
2004, fille de Cláudia).

6 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Compositions musicales

On ne connaît de João Gilberto que


douze compositions, dont sept qu'il
a lui-même enregistrées au cours
de sa carrière. Elles sont toutes re-
prises par Ithamara Koorax et Jua-
rez Moreira dans leur album Bim
Bom: The Complete João Gilberto
Songbook (Motéma Music, 2009)8,
à l'exception de Je vous aime beau-
coup Japão.

•A capulco, enregistrée en 1970 sur


l'album João Gilberto en México
(Orfeon, 33T)
•B im Bom, enregistrée en 1958
sur le 45T Chega de saudade/Bim
Bom (Odeon, 78T), reprise sur
l'album Chega de saudade (Odeon,
33T) et présente sur l'album live
Getz/Gilberto vol.2 sorti en 1966
•C oisas distantes, avec João Dona-
to et Lysias Eno
•H ô-Bá-Lá-Lá, avec Aloysio de
Oliveira, enregistrée en 1958 sur
le 45T Desafinado/Hô-bá-lá-lá
(Odeon, 78T) puis reprise sur l'al-
bum Chega de saudade (Odeon,
33T)
•J e vous aime beaucoup Japão -
écrite à l'occasion de la troisième
tournée japonaise de l'artiste en
2006
•J oão Marcelo, enregistrée en
1970 sur l'album João Gilberto en
México (Orfeon, 33T), réenregis-
trée en 1976 sur l'album The Best
of Two Worlds (Columbia,33T) et
présente sur l'album live Getz/
Gilberto 76 sorti en 2016
•M inha saudade, avec João Donato
•N o corêto, avec João Donato
•U m abraço no Bonfá, enregistrée
en 1960 sur l'album O amor, o sor-
João gilberto
en 1966 riso e a flor (Odeon, 33T) et pré-
sente sur les albums live Getz/Gil-
berto vol.2 sorti en 1966 et Getz/
Gilberto 76 sorti en 2016
•U ndiú, avec Jorge Amado, enre-
gistrée en 1973 sur l'album João
Gilberto (Polydor, 33T) — compo-
sée dans les années 1950 sous le
titre Lamento da morte de dalva
na beira do rio São Francisco em
Juazeiro
•V alsa (Bebel) – Como são lindos os
Youguis, enregistrée en 1973 sur
l'album João Gilberto (Polydor,
33T)
• Você esteve com meu bem

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 7
JOÃO GILBERTO
CHEGA DE SAUDADE
“Registros Na Casa de Chico Pereira” - 1958
(Comp : Antonio Carlos Jobim & Vinicius de Moraes)

A Vai minha tristeza e diz Dentro dos meus braços, os abraços


A ela que sem ela não pode ser Hão de ser milhões de abraços
Diz-lhe numa prece Apertado assim, colado assim, calado assim,
Que ela regresse Abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim
Porque eu não posso mais sofrer Que é pra acabar com esse negócio
Chega de saudade a realidade é que De viver longe de mim
Sem ela não há paz Não quero mais esse negócio
Não há beleza e só tristeza e a melancolia De você viver assim
Que não sai de mim Vamos deixar esse negócio
Não sai de mim, não sai De você viver sem mim
Não quero mais esse negócio
B Mas, se ela voltar, se ela voltar De você viver assim, sem mim
Que coisa linda! Que coisa louca!
Pois há menos peixinhos a nadar no mar
Do que os beijinhos que eu darei na sua boca

Dm7 Em7 A7/+5 Dm7 Em7 A7/+5 Dm7 Dm7/-5


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

E 5 5 5
B 6 6 6 10 8 6 5 8 7 6 10 8 6 5 6 6 6 6 6 6
G 5 5 5 7 7 6 6 5 5 5 7 7 6 6 5 5 5 6 6 6
D 7 7 7 9 9 5 5 7 7 7 9 9 5 5 7 7 7
A 5 5 7 5 5 7 5 5 6 6
E 5 5

Dm7 Bdim
5 6

A m6 Dm7
5 5

Dm7 E7/-9 Am7


5 6 5

A6 A7sus4 A7/+5
5 5 5

8 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Dm7 Bdim
5 6

A m6 Am6 Adim
5 4 4

Gm7 Gdim Dm7


3 2 5

Bdim A m6 Dm7 Em7 A13 A7 Dmaj7


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I
6 5
6 6 6 10 8 7 5 2
5 5 5 7 7 6 6 2
7 7 7 9 9 5 5 4
5 5 7
5

Dmaj7 F dim E7/9


2

Em7 A7/-9 Fmaj7/13 Bm9/F#


3 2 2

Dmaj7 Fdim Em7


2 3

E7/9 Gm6 A7
2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 9
Dmaj7 D6 E7/9
2 2

F 7/+5 F7 Bm7 A m7 Am7 Adim


2 2 2 4

Gmaj7 Gm7 F m7 F dim


3 3 2

E7/9 A11 F maj7 B7


3 2 2

E7/9 A11 D6 F dim


3 2

x4

10 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
LOUCO
“A Arte e o Ofício de Cantar (TV Bandeirantes)” - 1982
(Comp : Wilson Batista & Henrique De Almeida)

A Louco, pelas ruas ele andava A Louco, pelas ruas ele andava B Conselhos eu lhe dei
O coitado chorava O coitado chorava Pra ele esquecer aquele falso amor
Transformou-se até num vagabundo Transformou-se até num vagabundo Ele se convenceu
Para ele a vida não valia nada Para ele a vida não valia nada Que ela nunca mereceu
Para ele a mulher amada Para ele a mulher amada Nem reparou sua grande dor
Era seu mundo Era seu mundo Que louco!

D6 Dmaj7 D6 E7/9
2 2 2

Em9 A7/6 Em7 A7/-9 Dmaj7 D6 F dim


2 2 3 2 2 2

E7/9 Fdim F m7 F m6 Em7 A7/6


2 3 2

D6 Dmaj7
2 2

Em7 A7/6 Dmaj7 Fdim Em7 A7/-9 Dmaj7/+9 Dmaj7


3 2 2 3 2 4 5

Em7 A13 Bm7/FI Dmaj7 E7/9 Em9 Am7/+5


7 5 2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 11
JOÃO GILBERTO
HO-BA-LA-LA
“Registros Na Casa de Chico Pereira” - 1958
(Comp : João Gilberto)

A E amor Quem ouvir B O amor encontrara Vem ouvir,


O hobalala O hobalala Ouvindo esta canção O hobalala
Hobalala Tera feliz, Alguem comprendera Hobalala,
Numa canção O coração Seu coração Esta canção.

Em7 A7 Em7 A7
2 2 2 2

Em7 A m+5/6 Bm7 G dim Fdim


2 2 6 3

Em7 A7 Dmaj7 B9 Em7 F dim


2 2 2 2

Em7 A m+5/6 Bm7 G dim Fdim


2 2 6 3

Em7 A7 D11 Am6


2 2 5 4

Gm7 Gm6 Gdim Fmaj7 G dim


3 2 2 3

12 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Gm7 Gm6 A Adim
3 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 13
JOÃO GILBERTO
LA VEM A BAIANA
“Registros Na Casa de Chico Pereira” - 1958
(Comp : Dorival Caymmi)

A Lá vem a baiana Pode jogar seu quebranto que eu não vou


De saia rendada, sandália enfeitada Pode invocar o seu santo que eu não vou
Vem me convidar para sambar Pode esperar sentada, baiana, que eu não vou
Mas eu não vou B Pode esperar sentada, baiana, que eu não vou

Lá vem a baiana Não vou porque não posso resistir a tentação


Coberta de contas, pisando nas pontas Se ela sambar, eu vou sofrer
Dizendo que eu sou o seu ioiô E mesmo esse diabo sambando é mais mulher
Mas eu não vou E se eu deixar ela faz o que bem quer

Lá vem a baiana Não vou, não vou, não vou


Cheia de encantos, falando dos santos Nem amarrado, porque sei
Dizendo que é filha do Senhor do Bonfim Se ela sambar, mmmmmmmmm
Mas pra cima de mim
Rejouer A puis C

D13
5

Gmaj7 Em9/B A m6
3 5 5

Am7
5

Am6
4

D7/-9 Gmaj7
4 3

14 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Bm7/-5 Bdim
6 6

Am7 Bm7 E7/-9 Am7 Bm7 E7/-9


5 7 6 5 7 6

Am7
5

Cm6 Cm7 Cm6


2 3 2

Bm+5 A dim Am7/-5 Adim Gmaj7 Gm6


2 4 3 2

Bm+5 A dim Am7/-5 Adim Gmaj7


2 4 3

Bdim Am7
6 5

Am6 D7/-9 Gmaj7


4 4 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 15
Bm7/-5 Bdim Am7
6 6 5

Cm6 A maj7 Am6 D7/-9


7 6 4 4

Gmaj7 Bdim Am7 Cm6


3 6 5 7

Bm+5 Bdim Am7 Adim Cmaj7/G D13


2 6 5 4 3 5

Em9/B A maj7/13 Am7/-5 Adim G13


5 5 4 4 3

16 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 17
JOÃO GILBERTO
MORENA BOCA DE OURO
“Chega de Saudade” - 1959
(Comp : Ary Barroso / arr. Joao Gilberto)

A Morena boca de ouro que me faz sofrer, B Meu coração é um pandeiro,


O teu jeitinho é que me mata Gingando ao compasso dum samba feiticeiro
Roda morena, vai, não vai, Samba que mexe com a gente,
Ginga morena cai não cai, Samba que zomba da gente,
Samba morena e me desacata O amor é um samba tão diferente

Morena é uma brasa viva pronta pra queimar, Morena samba no terreiro,
Queimando a gente sem clemencia Pisando, vaidosa, sestrosa meu coração
Roda morena, vai, não vai, Morena tem pena de mais um sofredor
Ginga morena cai não cai, Que se queimou na brasa viva do teu amor
Samba morena com malemolencia
C (Final)

Amaj7 Bm7 G dim G maj7/13


5 2 3 3

F m7 F m6
2

Bm7 E7/-9 Amaj7


2 6 5

G7 C m7 F7 Bm7 E7/-9
4 4 2 2 6

Amaj7 Bm7 G dim G maj7/13


5 2 3 3

18 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
F m7 F m6
2

Bm7 E7/-9 Amaj7


2 6 5

G7 C m7 Cm7
4 4 3

Bm7 G7 C m7 F 7/+5
2 4 4 2

Bm7 G13 C m7 F 7/+5


2 3 4 2

Bm7 E7/-9 Amaj7


2 6 5

G7 C m7 Cm7
4 4 3

Bm7 G7 C m7 F 7/+5
2 4 4 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 19
Bm7 G13 Cmaj7 F7
2 3 3 2

Bm7 G13 C m7 F 7/+5


2 3 4 2

F m6 E7/9 Amaj7 A7/+5


6 5 5

Dmaj7 D dim C m7 F 7/+5


5 5 4 2

Bm7 E7/-9 Amaj7 A7


2 6 5 2

Dmaj7 D dim C m7 F 7/+5


5 5 4 2

Bm7 E6 Amaj7
2

20 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
E LUXO SO
“Chega de saudade” - 1959
(Comp : Ary Barroso - Luiz Peixoto / arr. Joao Gilberto)

A Olha, esta mulata quando dança, Êta, samba, cai pra lá


E luxo só Cai pra cá, cai pra lá, cai pra cá
Quando todo seu corpo se embalança, Êta, samba, cai pra lá
E luxo só Cai pra cá, cai pra lá, cai pra cá
Tem um "não sei quê" que faz a confusão Mexe com as cadeiras, mulata
O que ela não tem meu Deus, é compaixão Que o requebrado me maltrata, ai, ai!
Êta, mulata bamba

B Olha, esta mulata quando dança,


E luxo só
Quando todo seu corpo seI embalança,
I I I I
I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
E luxo só
2
Seu coração quando palpita e se agita 2 1 0 3 2 2 2
Mais ligeiro nunca vi compasso tão brasileiro 2 2 2 0 0 0 2
0 0 0 2 2 0
0
2 2 0

I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

2 2
1 0 3 2 2 2 0 3 2 2 2
2 2 0 0 0 2 2 0 0 0 2
0 0 2 2 0 0 2 2 4
0 0
2 2 0 2 2 0

Dmaj7
2

Em7 B7 Em7 F m7 B7
3 2 2 2 2

Em7 A7/-9
3 2

Dmaj7 D6 Gm6 F m7
2 2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 21
B7 F m7 B7 F m7/-5
2 2 2

E7/9

Em7 Gm6
3 2

Dmaj7 F dim Em7 A7/-9


2 3 2

Dmaj7 AmSus4 D6 Dmaj7


2 2 2 2

Em7 B7 Em7 F m7 B7
3 2 2 2 2

Em7 A7/-9
3 2

Dmaj7 D6 Gm6 F m7
2 2 2 2

22 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
B7 F m7 B7 F m7/-5
2 2 2

Em7 Fdim
3

Dmaj7 F dim Em7 A7/-9


2 3 2

Dmaj7
2

F dim Em7
3

Gm6 Dmaj7 Fdim Em7


2 2 3

A7/-9
2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 23
JOÃO GILBERTO
LOBO BOBO
“Chega de Saudade” - 1959
(Comp : Carlos Lyra & Ronaldo Bôscoli / arr. Joao Gilberto)

A Era uma vez um Lobo Mau C Mas chapeuzinho ouviu E Mas chapeuzinho percebeu
Que resolveu jantar alguém Os conselhos da vovó Que o Lobo Mau se derreteu
Estava sem vintém Dizer que não prá lobo Prá ver você que lobo
Mas arriscou e logo se estrepou... Que com lobo não sai só... Também faz papel de bobo...

B Um chapeuzinho de maiô D Lobo canta, pede C Só posso lhe dizer


Ouviu buzina e não parou Promete tudo, até amor Chapeuzinho agora traz
Mas Lobo Mau insiste E diz que fraco de lobo O Lobo na coleira
E faz cara de triste É ver um chapeuzinho de maiô... Que não janta nunca mais...

Lobo Bobo...Huuuumm!

Cmaj7 Am7 Dm7 G7


3 5 5 3

Dm7 G7 Cmaj7 Am7 Dm7 G7


5 3 3 5 5 3

Cmaj7 C7 Dm7 G7
3 3 5 3

Dm7 G13 Em7/-5 A7/+5


5 3 7 5

Fmaj7 F dim Em7 D m7


8 8 7 6

24 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Dm7 Em7 Dm7 G7 Cmaj7 G 6/C Cmaj7
5 7 5 3 3 3 3

Gm7 Gdim Fmaj7 G dim


3 2 3

Gm7 Gdim Fmaj7


3 2

Am7 Adim Gmaj7 Gdim


5 4 3 2

Dm7 A7/+5 Dm7 Dm7 Ddim


5 5 5 5 4

Cmaj7 Am7 Dm7 G7


3 5 5 3

Dm7 G13 Em7/-5 A7/+5


5 3 7 5

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 25
JOÃO GILBERTO
SAUDADE FEZ UM SAMBA
“Chega de saudade” - 1959
(Comp : Carlos Lyra - Ronaldo Boscoli / arr. Joao Gilberto)

A Deixa que o meu samba B Deixa que o meu samba D Deixa que o meu samba
Sabe tudo sem você Sabe tudo sem você Sabe tudo sem você
Não acredito que o meu samba Não acredito que o meu samba Não acredito que o meu samba
Só dependa de você Só dependa de você Só dependa de você
A dor é minha em mim doeu A dor é minha em mim doeu A dor é minha em mim doeu
A culpa é sua o samba é meu A culpa é sua o samba é meu A culpa é sua o samba é meu
Então não vamos mais brigar Então não vamos mais brigar Então não vamos mais brigar
Saudade fez um samba em seu lugar Saudade fez um samba em seu lugar Saudade fez um samba em seu lugar
(benzinho)
C [Break] Saudade fez um samba em seu lugar

C [Outro x2]

I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

E
B 2 0 2 0 2 0 2 0 3 2 3 2 3 2 3
G 2 2 2 2 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0
D 0 0 0 0 0 0 0 0 2 2 2 2 2 2
A 0
E 2 1 0

I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I
0 5 5 5 5
2 5 4 3 2
0 6 5 3 2
4 3 3 2

Dmaj7 E7/9 A13


2 2

D6 Fdim E7/9 A13


2 2

Am7 Adim Gmaj7 C m7 F7


5 4 3 4 2

26 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Bm7 F m6 E7/9 A11
2 3

D6 D m7/-5
2 5

Dmaj7 E7/9 A13


2 2

D6 Fdim E7/9 A13


2 2

Am7 Adim Gmaj7 C m7 F7


5 4 3 4 2

Bm7 F m6 E7/9 A11


2 3

I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I

2 0 2 0 2 0 2 0 2 0 2 0 2 0 2 0
2 2 2 2 2 2 2 2 1 1 1 1 1 1 1 1
0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
C
2 2 1 1

Dmaj7 E7/9 A13


2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 27
D6 Fdim E7/9 A13
2 2

Am7 Adim Gmaj7 C m7 F7


5 4 3 4 2

Bm7 F m6 E7/9 A11


7 3

F m7/-5 F dim Em7 A7/-9


3 2

28 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 29
JOÃO GILBERTO
O NOSSO AMOR
“João Gilberto Cantando Black Orpheus” - 1959
(Comp : Antonio Carlos Jobim - Vinicius de Moraes)

A O nosso amor, vai ser assim, B Tristeza, eu nao quero nunca mais,
Eu prá voce, voce prá mim Vou fazer voce feliz,
O nosso amor, vai ser assim, Vou querer viver em paz,
Eu prá voce, voce prá mim O destino é quem me diz

C6/9
2

C6/9 Cmaj7 C dim


2 3 3

Dm7 G13
5 3

C6/9 Cmaj7 C dim


2 3 3

Dm7 G13
5 3

Cmaj7 C9 C7/-9
3 2 2

30 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Fmaj7 F m7 B7
2 2

Em7 A7/-9
3 2

Dm7 Fm7 C6/9


5 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 31
JOÃO GILBERTO
SAMBA DE UMA NOTA SÒ
“O Amor, O Sorriso e a Flor” - 1960
(Comp : Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça)

A Eis aqui este sambinha, D E voltei prà minha nota,


Feito numa nota sò Como eu volto prà você
Outras notas vão entrar, Vou cantar com a minha nota,
Mas a base é uma sò Como eu gosto de você

B Esta outra é consequência, E E quem quer todas as notas,


Do que acabo de dizer ré, mi, fa, sol, la, si, do
Como eu sou a consequência, Fica sempre sem nenhuma,
Inevità vel de você Fique numa nota sò

C Quanta gente existe por aì,


Que fala tanto e não diz nada, ou quase nada
Jà me utilizei de toda a escala,
E no final não sobrou nada, não deu em nada

C m7 C7 Bm11 A 7/ 5
4 3 5 5

x2

Em7 A7 A7/+5 Dmaj7 Dm7 G7


7 5 5 5 5 3

C m7 C7 Bm11 A 7/ 5 A13
4 3 5 5 5

Dm7 G7 Cmaj7
5 3 3

Cm7 F7 A maj7 Bm7/-5 E7


3 2

32 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
C m7 C7 Bm11 A 7/ 5
4 3 5 5

C m7 C7 F7 A maj7
4 3

Em7 A13 A7/+5 Dmaj7 Dm7 G7


7 5 5 2 5 3

C6 B7 A maj7 A6
7 7 6 4

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 33
JOÃO GILBERTO
VOCE E EU
“João Gilberto” - 1961
(Comp : Carlos Lyra & Vinicius de Moraes)

A Podem me chamar B1 Podem me entregar A [Sifflements]


E me pedir e me rogar E até sorrir e até chorar
E podem mesmo falar mal, E podem mesmo imaginar B2 [Sifflements]
Ficar de mal, que não faz mal, O que melhor lhes parecer Eu sou mais você e eu.
Podem preparar Podem espalhar
Milhoes de festas ao luar Que estou cansado de viver C [Scat]
Eu não vou ir, melhor nem pedir, E que é uma pena para quem
Eu não vou ir, não quero ir, Me conhecer,
E também Eu sou mais você e eu.

5
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

D# 7 5
A# 6 6
F# 6 6 4
Accorder 1/2 ton en dessous C# 5 5 4
G# 0 0
D#

5 5
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 5 7 5
6 6 6 6
2 4 6 6 4 2 4 6 6
4 4 5 5 4 4 4 5 5
0 0 0 0 0 0 0 0

A6/9 G dim
4 3

A6/9 Am7 Cm6


4 5 7

Em7 Em7/-5
7 7

Dmaj7 C7 Em7 A7/+5


5 4 7 5

34 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
A6/9 G dim
4 3

A6/9 Am7 Cm6


4 5 7

Em7 Em7/-5
7 7

Dmaj7 Cm6 Fdim


5 7 7

Bm7 Cm6 Em7/B A maj7/13


7 7 5 5

A6/9 A 6/9 A 6/9


4 5 6

Am7 Am6
5 4

E7/GI Gm6 A6/9 Am6


4 3 4 4

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 35
JOÃO GILBERTO
A PRIMEIRA VEZ
“João Gilberto” - 1961
(Comp : Alcebíades Barcelos Bide - Armando Marçal / arr. Joao Gilberto)

A1 A primeira vez que eu te encontrei, A2 A primeira vez que eu te encontrei,


Alimentei a ilusão de ser feliz Alimentei a ilusão de ser feliz
Eu era triste, sorri Eu era triste, sorri
Peguei no pinho e cantei Peguei no pinho e cantei
Tantos versos eu fiz Tantos versos eu fiz
Em meu peito guardei Em meu peito guardei
Um dia voce partiu, meu pinho emudeceu Um dia voce partiu, meu pinho emudeceu
E a minha voz na gargan ta morreu E a minha voz na gargan ta morreu

B Procuro esquecer a dor, não sou capaz,


Meu violão não toca mais
Eu vivo triste a meditar,
Não canto mais, meu consolo é chorar

Bmaj7 G 7/+5 G m6 F7
2 4 3 2

Bmaj7 F 6/+9
2 2

Bmaj7 G 7/+5 G m6
2 4 3

C m7/GI F7 F 6/9
2 2

G m7 Bm6 D m7 D m7/CI
4 6 6 6

36 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Cdim Bm6 C m7 C m7/-5
7 6 4 4

Bmaj7 G 7/+5 C m7 C m7/-5


2 4 4 4

Bmaj7 G 7/+5 G m6 F7 1 F 6/9


2 4 3 2

2 Bm7/FI Bm9/F#
2 2

Bmaj7 G 7/+5 C m7
2 4 4

F7 F 7/+5 Bmaj7 G7
2 2 2 4

C m7 A7 D m7 G7
4 6 6 4

G m6 C m7 F 7/+5
3 4 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 37
JOÃO GILBERTO
TREM DE FERRO (TRENZINHO)
“João Gilberto” - 1961
(Comp : Lauro Maia / arr. Joao Gilberto)

O trem blim blom blim blom B Acelera a marcha


Vai saindo da estação O trem pelo sertão e eu
Só levo saudade
A E eu No meu coração
Deixo meu coração
Com pouco mais Lá na curva o trem apita
Com pouco mais Desce a serra
Com pouco mais E a saudade aumenta
Lá bem longe o meu bem Uma coisa me atormenta
Vem falar do meu amor
Acenando com lenço
Bandeira da saudade
Muito além

I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

0 0 0 0
3 1 3 1 3 1 3 1
4 2 4 2 4 2 4 2
4 2 4 2 4 2 4 2
3 1 3 1 3 1 3 1

Cmaj7 C dim Dm7 G7


3 3 5 3

G6/9
2

Am6
4

Gmaj7 G7 F7 F7 E7
3 3 2

38 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Am7 A7 Am7 Am6
2 5 4

Gmaj7 Am6
3 4

G6 B7/FI
2 2

Em Cmaj7
4 3

C dim Bm7 E7
3 2

Am7 Am6 G6 Cdim Cdim


5 4 2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 39
JOÃO GILBERTO
O BARQUINHO
“João Gilberto” - 1961
(Comp : Roberto Menescal - Ronaldo Boscoli)

A Dia de luz, festa de sol, B O barquinho vai, a tardinha cai . . .


E um barquinho a deslizar, no macio azul do mar
Tudo é verão e o amor se faz, [Bridge] A A B
Num barquinho pelo mar, que desliza sem parar . . .
Sem intenção, nossa canção, vai saindo desse mar e o sol A Volta do mar desmaia o sol,
E o barquinho a deslizar, e a vontade de cantar!
B Beija o barco e luz, dias tão azuis! Céu tão azul ilhas do sul,
E o barquinho, coração, deslizando na canção
A Volta do mar desmaia o sol, Tudo isso é paz, tudo isso traz, uma calma de verão e então
E o barquinho a deslizar, e a vontade de cantar!
Céu tão azul ilhas do sul, B O barquinho vai, a tardinha cai . . .
E o barquinho, coração, deslizando na canção O barquinho vai, a tardinha cai . . .
Tudo isso é paz, tudo isso traz, uma calma de verão e então O barquinho vai, a tardinha cai . . .
O barquinho vai! . . .

Gmaj7 G6 A m7 A m6 Gmaj7 G6 Gdim


3 2 6 5 3 2 2

Gmaj7 G6 F7 Fmaj7 F6 E7 D maj7 D maj7/AI


3 2 2 3 3

D maj7 D maj7/AI Am11 G 7/ 5


3 3 3 3

Bm7 E7/-9 Am7 D7/-9


2 6 5 4

40 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
SO DANCO SAMBA
“Copacabana Palace OST” - 1962
(Comp : Antonio Carlos Jobim)

A Só danço samba, só danço samba B Já dancei o twist até demais C Só danço samba, só danço samba
Vai, vai, vai, vai, vai Mas não sei me cansei Vai, vai, vai, vai, vai
Só danço samba, só danço samba, vai Do calipso ao chá chá chá Só danço samba, só danço samba, vai
(x2)

Em A13
4 5

D6 E7/9
2 6

Em9/+5 Dmaj7 G7/9


5 5 3

Dmaj7 E7/9
5 6

Em9/+5 Dmaj7
5 5

Am7 Adim Gmaj7 G6


5 4 3 2

42 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Bm7 E7/9 Em7 A7 A7/+5
7 6 7 5 5

Dmaj7 G7 E7/9
5 3 6

Em9/+5 Dmaj7
5 5

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 43
JOÃO GILBERTO
DORALICE
“Getz/Gilberto” - 1963
(Comp : Dorival Caymmi)

A Doralice eu bem que lhe disse, B Um belo dia você me surgiu,


Amar é tolice, É bobagem, ilusão Eu quis fugir mas você insitiu
Eu prefiro viver tão sozinho, Alguma coisa bem que andava me avisando,
Ao som do lamento do meu violão Até parece que eu estava adivinhando
Eu bem que não queria me casar contigo,
Doralice eu bem que lhe disse, Bem que não queria enfrentar, esse perigo
Olha essa embrulhada, Em que vou me meter Doralice
Agora amor, Doralice meu bem, Agora você tem que me dizer,
Como é que nós vamos fazer? Como é que nós vamos fazer?

Em A13 F m7 B7 Em7 A7/-9 Dmaj7 D6


4 5 2 2 3 2 2 2

x2

Dmaj7 D6 E6 E7/+5 A11 A7/-9 Dmaj7 D6


2 2 3 2 2 2

Dmaj7 Fdim Amaj7 F m7 Bm7 E6 Em7 A7/-9


2 2 2 3 2

Dmaj7 D6 E6 E7/+5 A11 A7/-9 Am6 Adim


2 2 3 2 4 4

Gmaj7 Gm6 F m7 F dim Em7 A7/-9 Dmaj7 D6


3 2 2 3 2 2 2

44 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Em7 A7/-9 Dmaj7 D6 C m7 F7 F m7/B B7 Bm7
3 2 2 2 4 2 2 2 2

Em7 A7/-9 Dmaj7 D6 Em7 A7/-9 Dmaj7 Fdim


3 2 2 2 3 2 2

Em7 A7/+5 Dmaj7 Fdim Em7 A7/-9 Am6 Adim


3 5 5 3 2 4 4

Gmaj7 Gm6 F m7 F dim Em7 A7/-9 D6


3 2 2 3 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 45
JOÃO GILBERTO & STAN GETZ
GAROTA DE IPANEMA
“Getz/Gilberto” - 1963
(Comp : Antonio Carlos Jobim & Vinicius de Moraes)

A Olha que coisa mais linda mais cheia de graça B Ah ! Porque estou tão so sozinho
E ela menina que vem e que passa Ah ! Porque tudo é tão triste
Num doce balanço, caminho do mar Ah ! A beleza que existe
A beleza que não é sò minha
Moça do corpo dourado do sol de Ipanema Que também passa sozinha
O seu balançado é mais que um poema
E a coisa mais linda que eu ja vi passar C Ah ! Se ela soubesse que quando ela passa
O mundo Sorrindo enche de graça
E fica mais lindo por causa do amor

G 6/9 D9 A m6 D9 A m6
3 5 5 5 5

D m9 D m9/AI G7 G 6/9 A6/9


4 4 4 3 4

G 6/9 D9 A m6 D9 A m6
3 5 5 5 5

D m9 D m9/AI G7 G 6/9
4 4 4 3

Dmaj7 G7 Dm7 A7
5 3 5 6

46 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
D m7 B7 Fm7 A 7/ 5
6 7 8 5

D m7 G 7/ 5
6 3

G 6/9 D9 A m6 D9 A m6
3 5 5 5 5

C maj/GI G 7/-9 G 6/9


2 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 47
JOÃO GILBERTO
SO DANCO SAMBA
“Getz/Gilberto” - 1963
(Comp : Antonio Carlos Jobim)

A Só danço samba, só danço samba C Só danço samba, só danço samba


Vai, vai, vai, vai, vai Vai, vai, vai, vai, vai
Só danço samba, só danço samba, vai Só danço samba, só danço samba, vai
Só danço samba, só danço samba
Vai, vai, vai, vai, vai D [Saxophone]
Só danço samba, só danço samba, vai

B Já dancei o twist até demais


Mas não sei me cansei
Do calipso ao chá chá chá

Em A13 Em A13
4 5 4 5

Dmaj7 D6 E7/9
2 2

Em9/+5 D6 G7
2 2 3

Dmaj7/+9 E7/9
4

Em9/+5 D6/9
2 4

48 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Am7 Am6 Adim Gmaj7 G6
5 4 4 3 2

Bm7 Bm6 Em7 A7 A7/+5


2 3 2

D6/9 G7 E7/9
4 3

Em9/+5 D6/9
2 4

Fmaj7 G7 G13 G7/+5


3 3 3

Gm7 Gm6 Fmaj7


3 2

Fmaj7 G7 G13 G7/+5


3 3 3

Gm7 Gm6 Fmaj7


3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 49
Cm7 F7 A maj7 F6/9/AI Fmaj7
3 3

G7 Gm7 Gm6
3 3 2

Fmaj7 Fm6 G7 G13 G7/+5


3 3 3

Gm7 Fmaj7
3
etc…

50 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
PARA MACHUCAR MEU CORAÇÃO
“Getz/Gilberto” - 1963
(Comp : Ary Barroso)

A Tá fazendo um ano e meio, amor, C Quem sabe, não foi bem melhor assim,
Que o nosso lar desmoronou Melhor pra você e melhor pra mim
Meu sabiá, meu violão, A vida é uma escola, que a gente precisa aprender
E uma cruel desilusão, A ciência de viver pra não sofrer
Foi tudo que ficou, ficou,
Pra machucar meu coração.

B Tá fazendo um ano e meio, amor,


Que o nosso lar desmoronou
Meu sabiá, meu violão,
E uma cruel desilusão,
Foi tudo que ficou, ficou,
Pra machucar meu coração.

D maj7/G F maj7/13 Fm7 C7/-9


2

F13 F7/+5 Fm7 A7

D maj7/G F maj7/13 Fm7

A7 A 7+5 D 6/AI A 7+5

A m7 G maj7
6 4

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 51
G m6 D maj7/G
3

F maj7/13 Fm7 C7/-9


2

Fm7 A 7/-9 D maj7/G A 7+5

D maj7 F maj7/13 Fm7

A7 A 7+5 D 6/AI A 7+5

A m7 G maj7
6 4

G m6 D maj7/G
3

F maj7/13 Fm7 C7/-9


2

52 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Fm7 A 7/-9 D maj7/G D 6/G

Fm7 A 7/-9 D maj7/G Gm6


2

Fm7 A 7/-9 G7 G7/+5


3 3

Gdim F7 F13
2

F7 D 6/AI A7 A 7+5

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 53
JOÃO GILBERTO
VIVO SONHANDO
“Getz/Gilberto” - 1963
(Comp : Antonio Carlos Jobim - Gene Lees)

A Vivo sonhando sonhando mil horas sem fim B Você não vindo não vindo a vida tem fim
Tempo em que vou perguntando se gostas de mim Gente se rindo, falando zombando de mim
Tempo de falar em estrelas, falar de um mar, de um céu assim E eu a falar em estrelas, mar, amor, luar
Falar do bem que se tem mas você não vem, não vem Pobre de mim que só sei te amar

Gmaj7 D maj7/G D 6/G


3

Gmaj7 Bm7 E7/-9


3 7 6

Am7 Cm6 Bm7 E7/-9


5 7 7 6

Am7 Adim Gmaj7 Gm6


5 4 3 2

Gmaj7 D maj7/G D 6/G


3

Gmaj7 G6 Bm7 E7/-9


3 2 7 6

54 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Am7 Cm6 Bm7 E7/-9
5 7 7 6

A13 A7/+5 Am6 Gmaj7 G6


5 5 4 3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 55
JOÃO GILBERTO
DESAFINADO
“Getz/Gilberto” - 1963
(Comp : Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça)

A Se você disser que eu desafino amor C O que você não sabe nem sequer pressente
Saiba que isso em mim provoca imensa dor É que os desafinados também têm um coração
Só privilegiados têm ouvido igual ao seu Fotografei você na minha Roleiflex
Eu possuo apenas o que Deus me deu Revelou-se a sua enorme ingratidão
Só não poderá falar assim do meu amor
B Se você insiste em classificar Este é o maior que você pode encontrar
Meu comportamento de anti-musical Você com sua música esqueceu o principal
Eu mesmo mentindo devo argumentar
Que isto é bossa-nova, isto é muito natural D Que no peito dos desafinados
No fundo do peito bate calado
Que no peito dos desafinados
Também bate um coração

D maj7 D maj7/AI D maj7 D maj7/AI F7


3 3 3 3

Fm7 Fm6 Gm7/-5 C7/-9


2 2

Fm7 G7 Cmaj7 Gdim


3 3 2

F7 Emaj7 E6

D maj7 D maj7/AI D maj7 D maj7/AI F7


3 3 3 3

56 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Fm7 Fm6 Gm7/-5 C7/-9
2 2

Fm7 G7 Cm7 Dm7


3 3 5

Gmaj7 F 7/+5 F13 E7


3 2

Gmaj7 G7 Am7 Am6


3 3 5 4

Gmaj7 Gm9/+5 Am7 D7


3 3 5 5

A maj7 A7 Cm7 F13


6 6 8 8

Fm7 C m6 Cm6 Bm6


8 8 7 6

D maj7 D maj7/AI D maj7 D maj7/AI F7


3 3 3 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 57
Fm7 Fm6 Gm7/-5 C7/-9
2 2

G maj7 G m6 Gm7 Cm7


4 3 3 3

F7 Emaj7 E6

F7 Fm7 Fdim D maj7 D maj7/AI D maj7 D maj7/AI


3 3 3 3

58 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 59
JOÃO GILBERTO
O PATO
“Getz/Gilberto #2” - 1964
(Comp : Jayme Silva & Neuza Teixera Arr. : João Gilberto)

A O pato B A voz do pato era mesmo um desacato


Vinha cantando alegremente, quem, quem, Jogo de cena com o ganso era mato
Quando o marreco sorridente pediu Mas eu gostei do final quando caíram n'água
Para entrar também no samba, no samba, no samba, Ensaiando o vocal

O ganso Quem, quem, quem, quem


Gostou da dupla e fez também quem, quem, quem Quem, quem, quem, quem
Olhou pro cisne e disse assim vem, vem, Quem, quem, quem, quem
Que um quarteto ficará bem, muito bom, muito bem

Na beira da lagôa a foram ensaiar para começar A6/9


O tico-tico no fubá 4

Dmaj7 D6 E7/9
2 2

Em7 A7/-9 Dmaj7


3 2 2

A6/9 E7/9
4 6

Em7 A7/-9 D6
3 2 2

Am6 Adim Gmaj7 G6


4 4 3 2

60 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Em9 A7/6 Dmaj7 D6 Am6 Adim
2 2 2 2 4 4

G6 Gm6 F m7 Am6 G6 Gm6 F m7 Am6


2 2 2 4 2 2 2 4

G6 Gm6 F m7 F dim Em9 A7/6


2 2 2 2 2

D6 E7/9
2

Em9 A7/6
2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 61
JOÃO GILBERTO
SAMBA DA MINHA TERRA
“Getz/Gilberto #2” - 1964
(Comp : Dorival Caymmi)

A O samba da minha terra deixa a gente mole B Samba da minha terra deixa a gente mole
Quando se canta todo mundo bole, Quando se canta todo mundo bole,
Quando se canta todo mundo bole Quando se canta todo mundo bole

O samba da minha terra deixa a gente mole Quem não gosta de samba bom sujeito não é
Quando se canta todo mundo bole, É ruim da cabeça ou doente do pé
Quando se canta todo mundo bole Eu nasci com o samba no samba me criei
E do danado do samba nunca me separei
Quem não gosta de samba bom sujeito não é
É ruim da cabeça ou doente do pé Samba da minha terra deixa a gente mole
Eu nasci com o samba no samba me criei Quando se canta todo mundo bole,
E do danado do samba nunca me separei Quando se canta todo mundo bole

Em7 A7/-9 D6 D6 D6 D6
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I
2 2 0 0 0
3 3 2 0 0 0 0
4 4 3 2 2 2 2
5 5 4 4 4 4
0 0 5 5 5 5
0

G6/9 A6/9 G6/9 A6/9 G6/9 A6/9 G6/9 A6/9


2 4 2 4 2 4 2 4

x3

Em9/+5 A7/-9 D6 Fdim Em7 A7/-9 Dmaj7 Fdim


2 2 2 3 2 2

Em7 A7/-9 D6 Em9/+5 A7/-9 D6 Fdim


3 2 2 2 2 2

Em7 A7/-9 Dmaj7 Fdim Em7 A7/-9 D6


3 2 2 3 2 2

62 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
F m7/-5 B7/-9 Em9/+5
2

A7 A6/9
5 4

F m7/-5 B7/-9 E7/9

Em9 A7/-9 D6
2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 63
JOÃO GILBERTO
UM ABRACO NO BONFA
“Getz/ gilberto #2” - 1964
(Comp : João Gilberto)

1 2 3 1 2 3 1 4

Barré III Demi-barré IV


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

E 7 0 0 3 7
B 7 3 1 4
G 4 4 0 5
D 2 2 4
A 5 0
E 3 3

Barré V Barré III Barré I Barré III


1
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 7 7 7 5 5 5 3 5 5 5 5 3 3 5
8 8 8 8 7 7 3 3 3 6 6 6 6 5 5 1 6
5 5 5 5 5 5 4 3 4 3 3 3 3 3 3 3 2 3
4 2
5 3 2 3 3 5
5 3 3 3 1 1 3

3 3 Barré III
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 5 3 0 3 0 0 5 5 5 5 5 4 3
2 1 1 1 3 2 1 6 6 6 6 5 5 5
3 2 2 4 4 4 4 4 3 3 3
2 3 3
3
3 3 3 0

Barré V Barré III Barré I Barré III


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 7 7 7 5 5 5 3 5 5 5 5 3 3 5
8 8 8 8 7 7 3 3 3 6 6 6 6 5 5 1 6
5 5 5 5 5 5 4 3 4 3 3 3 3 3 3 3 2 3
4 2
5 3 2 3 3 5
5 3 3 3 1 1 3

Demi-barré IV Barré VI
3 3 3 Demi-barré VII Barré III Barré II
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 5 6 5 6 8 6 8 9 10 5 5 5 5 1 1 1
4 9 7 6 5 5 5 3 3 3
5 6 8 3 3 3 3 2 2 2
4 7
6 3 2 1 1

Barré V Barré III Barré I Barré III


2
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 7 7 7 5 5 5 3 5 5 5 5 3 3 5
8 8 8 8 7 7 3 3 3 6 6 6 6 5 5 1 6
5 5 5 5 5 5 4 3 4 3 3 3 3 3 3 3 2 3
4 2
5 3 2 3 3 5
5 3 3 3 1 1 3

3 3 Barré III
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 5 3 0 3 0 0 5 5 5 5 5 4 3
2 1 1 1 3 2 1 6 6 6 6 5 5 5
3 2 2 4 4 4 4 4 3 3 3
2 3 3
3
3 3 3 0

Barré V Barré III Barré I Barré III


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 7 7 7 5 5 5 3 5 5 5 5 3 3 5
8 8 8 8 7 7 3 3 3 6 6 6 6 5 5 1 6
5 5 5 5 5 5 4 3 4 3 3 3 3 3 3 3 2 3
4 2
5 3 2 3 3 5
5 3 3 3 1 1 3

64 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Demi-barré IV Barré VI
3 3 3 Demi-barré VII Barré III Barré II
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 5 6 5 6 8 6 8 9 10 5 5 5 5 1 1 1 1
4 9 7 6 5 5 5 3 3 3 3
5 6 8 3 3 3 3 2 2 2 2
4 7
6 3 2 1 1

3 Barré I Barré I Barré III Barré IV Barré V Barré VI


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 2 3 2 2 3 2 1 1 1 1 3 3 3 3 4 4 4 5 8
2 2 2 2 2 2 3 3 3 3 4 4 4 4 5 5 5 6 9
2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 3 3 3 3 4 4 4 5 6
1 3 4 5 7 8
1 1 1 1 1 1

Barré V Barré IV Barré III Barré II


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

8 5 5 6 6 6 6 7 7 6 6 3 3 4 4 4 4 5 5 4
9 5 5 5 5 5 5 5 5 7 7 3 3 3 3 3 3 3 3 5
6 6 6 6 6 6 6 6 6 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 2
6 6 6 4 4 4
6 4

Barré I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

4 1 1 2 2 2 2 3 3 2 2 2 2 2 0 0 0 0 0
5 1 1 1 1 1 1 1 1 3 3 3 3 3 1 1 1 1 1
2 2 2 2 2 2 2 2 2 0 0 0 0 0 1 1 1 1 1
2 2 2 2 2 3 2 1 1
2 0

4 Barré V Barré III Barré I Barré III


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 7 7 7 5 5 5 3 5 5 5 5 3 3 5
8 8 8 8 7 7 3 3 3 6 6 6 6 5 5 1 6
5 5 5 5 5 5 4 3 4 3 3 3 3 3 3 3 2 3
4 2
5 3 2 3 3 5
5 3 3 3 1 1 3

3 3 Barré III
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 5 3 0 3 0 0 5 5 5 5 5 4 3
2 1 1 1 3 2 1 6 6 6 6 5 5 5
3 2 2 4 4 4 4 4 3 3 3
2 3 3
3
3 3 3 0

Barré V Barré III Barré I Barré III


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

7 7 7 7 5 5 5 3 5 5 5 5 3 3 5
8 8 8 8 7 7 3 3 3 6 6 6 6 5 5 1 6
5 5 5 5 5 5 4 3 4 3 3 3 3 3 3 3 2 3
4 2
5 3 2 3 3 5
5 3 3 3 1 1 3

Demi-barré IV Barré VI
3 3 3 Demi-barré VII Barré III Barré VI
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

3 5 6 5 6 8 6 8 9 10 5 5 5 5 5 6 7 8 8 8 8 8 7 6
4 9 7 6 6 6 6 6 7 8 9 9 9 9 9 8 7
5 6 8 3 3 3 3 3 4 5 6 6 6 6 6 5 4
4 7
6 3 3 6 6

Barré III Barré III


I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

5 5 5 5 1
6 5 5 5 3 3 4 5
3 3 3 3 2 3 4 5
1 2 3
2 3
3 2 1 3 4 5 0

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 65
JOÃO GILBERTO
MEDITACAO
“Getz/ gilberto #2” - 1964
(Comp : Antonio Carlos Jobim - Newton Mendonça)

A [Scat] C Quem chorou, chorou, B Quem, no coração,


E tanto que seu pranto já secou Abrigou a tristeza de ver,
B Quem acreditou, Tudo isto se perder
No amor, no sorriso, na flor, D Quem depois voltou, E, na solidão,
Então sonhou, sonhou... Ao amor, ao sorriso e à flor, Procurou um caminho e seguiu,
E perdeu a paz, Então tudo encontrou Já descrente de um dia feliz
O amor, o sorriso e a flor, Pois, a própria dor,
Se transformam depressa demais Revelou o caminho do amor, C Quem chorou, chorou,
E a tristeza acabou E tanto que seu pranto já secou
B Quem, no coração,
Abrigou a tristeza de ver, E [Scat] F Quem depois voltou,
Tudo isto se perder Ao amor, ao sorriso e à flor,
E, na solidão, B Quem acreditou, Então tudo encontrou
Procurou um caminho e seguiu, No amor, no sorriso, na flor, Pois, a própria dor,
Já descrente de um dia feliz Então sonhou, sonhou... Revelou o caminho do amor,
E perdeu a paz, E a tristeza acabou
O amor, o sorriso e a flor,
Se transformam depressa demais

Gmaj7 F7 Fmaj7 E7
3 2

Am7/-5 G maj7 G6 F 7/-5


4 4 2 4

G6 Gdim
2 2

G6 Bm7 E7/-9
2 2 6

Am7 Cm6
5 7

66 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Bm7 E7/-9 Am7 Am6
7 6 5 4

Cmaj7 Cm6
2 2

Bm7 A dim Am7 F 7/-5


2 4

G6 Gdim
2 2

G6 Bm7 E7/-9
2 2 6

Am7 Cm6
5 7

Bm7 E7/-9 Am7 Adim G6


7 6 5 4 2

Gmaj7 Gdim F6 E7
3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 67
Am7/-5 G maj7 Gmaj7 F 7/-5
4 4 3 4

G6 Gdim
2 2

G6 Bm7 E7/-9
2 2 6

Am7 Cm6
5 7

Bm7 E7/-9 Am7 Adim Gm7


7 6 5 4 3

A 6/9/F

68 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
BIM BOM
“Getz/Gilberto #2” - 1964
(Comp : João Gilberto)

A Bim bom bim bim bom bom B É só isso o meu baião, é não tem mais nada não
Bim bom bim bim bom, bim bom O meu coração pediu assim, só-o
Bim bom bim bim bom bom Bim bom bim bom bim bimmmmm
Bim bom bim bim bom, bim bim
É só isso o meu baião, é não tem mais nada não
O meu coração pediu assim, só
x3

Dm7 G7 Dm7 G7 C6/9


5 3 5 3 2

x2

Dm7 G7 Dm7 G7 Bm11 E7/-9


5 3 5 3 5 6

x2

Am7 Bm7 E7/-9 Am7 Bm7 E7/-9


5 7 6 5 7 6

Am7 A7 Dm7 G7
5 5 5 3

Am7 Bm7 E7/-9 Am7 Bm7 E7/-9


5 7 6 5 7 6

Am7 A7 Dm7 G7 C6/9


5 5 5 3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 69
JOÃO GILBERTO
O SAPO
“João Gilberto in Mexico” - 1970
(Comp : João Donato)

Em7/G F m9/G F m9/G


3 2 2

x3

Em7/G F m9/G Em7/G F m9/G


3 2 3 2

Gmaj7 Gm6 F 13 F 7/+5 F m6 F dim


3 2 2 2

E7 A6/-9 A6/-9
3 2 2

x3

Gmaj7 Gm6 F 13 F 7/+5 F m6 F dim


3 2 2 2

E13 E7/+5 E7 F maj7


2

Em7/G F m9/G Em7/G F m9/G


3 2 3 2

x4

70 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
CORACAO VAGABUNDO
“TV Tupi Programa Especial” - 1971
(Comp : Caetano Veloso)

A Meu coração não se cansa B Meu coração vagabundo De um vulto feliz de mulher
De ter esperança Quer guardar o mundo Que passou por meus sonhos
De um dia ser tudo o que quer Em mim Sem dizer adeus
Meu coração de criança Meu coração vagabundo E fez dos olhos meus
Não é só a lembrança Quer guardar o mundo Um chorar mais sem fim
De um vulto feliz de mulher Em mim
Que passou por meus sonhos D Meu coração vagabundo
Sem dizer adeus C Meu coração não se cansa Quer guardar o mundo
E fez dos olhos meus De ter esperança Em mim
Um chorar mais sem fim De um dia ser tudo o que quer Meu coração vagabundo
Meu coração de criança Quer guardar o mundo
Não é só a lembrança Em mim

Cm9 Adim
4

G7 G7/+5 Cm7
3 3 3

C7 Fm7
3

D7 G7 G7/+5
3 3

Cm9 Adim
4

72 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
G7 C7 Gdim
3 3 2

Fm7 A7 D7 G7
4

D7/-9 G7 C7 Gdim
4 3 3 2

Fm7 A7 D9 G7
5 4

D7/-9 G7 Cm7 G7/+5


4 3 3 3

Cm9 Adim
4

G7 G7/+5 Cm9
3 3

C7/-9 Fm7
2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 73
D7 G7 G7/+5
3 3

Cm9 Adim
4

G7/+5 G7 C7 Gdim
3 3 3 2

Fm7 A7 D9 G7
5 4

D7/-9 G7 C7 Gdim
4 3 3 2

Fm7 A7 D9 G7
5 4

D7/-9 G7 Cm9
4 3

74 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
ODETE
“Programa especial TV Tupi” - 1971
(Comp : Vinicius Eliud & Herivelto Martins / arr. Joao Gilberto)

A Odete ouve o meu lamento C Não ouve o seu coração que ele mente
Lamento de um coração magoado Lá no morro da mangueira
Atenda o seu pobre seresteiro Quando sol vai se escondendo as cabrochas
Vem de novo pro terreiro Vão saindo procurando a batucada
Se juntar a sua gente E a noite vem chegando e a lua vem surgindo
Há tanta gente que sobe
B Não ouve o seu coração que ele mente Só você não vem subindo Odete...
Odete ouve o meu lamento
Lamento de um coração magoado A Odete ouve o meu lamento
Atenda o seu pobre seresteiro Lamento de um coração magoado
Vem de novo pro terreiro Atenda o seu pobre seresteiro
Se juntar a sua gente Vem de novo pro terreiro
Se juntar a sua gente
C Não ouve o seu coração que ele mente
Lá no morro da mangueira B Não ouve o seu coração que ele mente
Quando sol vai se escondendo as cabrochas Odete ouve o meu lamento
Vão saindo procurando a batucada Lamento de um coração magoado
E a noite vem chegando e a lua vem surgindo Atenda o seu pobre seresteiro
Há tanta gente que sobe Vem de novo pro terreiro
Só você não vem subindo Odete... Se juntar a sua gente

A Odete ouve o meu lamento C Não ouve o seu coração que ele mente
Lamento de um coração magoado Lá no morro da mangueira
Atenda o seu pobre seresteiro Quando sol vai se escondendo as cabrochas
Vem de novo pro terreiro Vão saindo Procurando a batucada
Se juntar a sua gente E a noite vem chegando e a lua vem surgindo
Há tanta gente que sobe
Só você não vem subindo Odete...

D Odete...

F sus4/6 Gsus4/6 G6/9 F sus4/6


4 5 5 4

x4

Gmaj7 G6 Gmaj7 G6
3 2 3 2

Gmaj7 A maj7/13 Am7 E7/-9


3 5 5 6

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 75
Am7 Bm6
5 6

Am7 Am6 Gdim Gmaj7


5 4 2 3

G6 Gmaj7 G6 Gmaj7
2 3 2 3

G6 Gdim G6
2 2 2

A maj7/13 Am7 E7/-9


5 5 6

Am7 Bm6
5 6

Am7 Am6 G dim Gmaj7


5 4 3 3

G6 Gmaj7 G6 G7
2 3 2 3

76 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Cmaj7/+9 Cm6 B7/+5 E7/9
2 2 2

A7 Adim Gmaj7 G7
2 4 3 3

G6 Cm6 B7/+5 E7/9


2 2 2

A7 Am6
2 4

C m7/-5 Cm6 A maj7


4 2

G maj7 Gmaj7
D maj7 4 3
3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 77
JOÃO GILBERTO
SAUDADE DA BAHIA
“TV Tupi Programa Especial” - 1971
(Comp : Dorival Caymmi)

A Ah, mas que saudade eu tenho da Bahia C Ponha-se no meu lugar


Ah, se eu escutasse o que mamãe dizia E veja como sofre um homem infeliz
Bem, não vá deixar a sua mãe afl ita Que teve que desabafar
A gente faz o que o coração dita Dizendo a todo mundo o que ninguém diz
Mas este mundo é feito de maldade e ilusão Veja que situação
E veja como sofre um pobre coração
B Ah, se eu escutasse hoje eu não sofria Pobre de quem acredita
Ah, esta saudade dentro do meu peito Na glória e no dinheiro para ser feliz
Ah, se ter saudade é ter algum defeito
Eu pelo menos mereço o direito
De ter alguém com quem eu possa me confessar

Bmaj7 A dim G m7 F m6
2 5 4

Amaj7/E G 7/+5 G m6
4 3

E6/GI Bdim D m7 G 7/+5


2 6 6 4

E6/GI G 7/+5 G m6 Gmaj7/13


2 4 3 2

F 6/9 A dim G m7 F m6
4

78 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Amaj7/E G 7/+5 G m6
4 3

Fm7/-5 A 7+5 A6 G 7/+5


3 6 4 4

E6/GI A7/E Bmaj7 G 7/+5


2 2 2 4

E6/GI C m7/-5 Bmaj7 G7


2 4 2 4

C m7 C m7/-5 Bmaj7 G7
4 4 2 4

C m7 C m7/-5 Bmaj7 G7
4 4 2 4

C m7 C m7/-5 Bmaj7 C m7/-5 Bmaj7


4 4 2 4 2

F 7/+5
2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 79
JOÃO GILBERTO
QUEM HA DE DIZER
“Programa especial TV Tupi” - 1971
(Comp : Lupicinio Rodrigues / arr. Joao Gilberto)

A Quem há de dizer D Vocês se amam E com a mesma esperança


Que quem vocês estão vendo O amor deve ser sagrado Todos lhe põem o olhar
Naquela mesa bebendo O resto deixa de lado E eu dono
É o meu querido amor Vai construir o teu lar Aqui no meu abandono
Palavra Espero loco de sono
B Reparem bem Quase aceitei o conselho O cabaret terminar
Que toda vez que ela fala O mundo esse grande espelho Rapaz
Ilumina mais a sala Que me fez pensar assim Leva esta mulher contigo
Do que a luz do refle(tor) Disse me uma vez um amigo
E Ela nasceu Quando nos viu conversar
C ARPÈGES Com o destino da lua
(refle)tor Pra todos que andam na rua D Vocês se amam
O cabaret se infl ama Não vai viver só pra mim O amor deve ser sagrado
Quando ela dança O resto deixa de lado
E com a mesma esperança F Quem há de dizer, quem há de dizer Vai construir o teu lar
Todos lhe põem o olhar Que quem vocês estão vendo Palavra
E eu dono Naquela mesa bebendo Quase aceitei o conselho
Aqui no meu abandono É o meu querido amor O mundo esse grande espelho
Espero loco de sono Reparem bem Que me fez pensar assim
O cabaret terminar Que toda vez que ela fala
Rapaz Ilumina mais a sala E Ela nasceu
Leva esta mulher contigo Do que a luz do refletor Com o destino da lua
Disse me uma vez um amigo Pra todos que andam na rua
Quando nos viu conversar C O cabaret se infl ama Não vai viver só pra mim
Quando ela dança

A6/-9 A+9 A6/-9 A+9


2 2 2 2

D6 A m7/F Em7
2 2

A13/-9 A maj7/13 A6
5 5 4

Bm7/FI E7 Amaj7 Dmaj7


2 2

80 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
C7 D6 C7 Em7 A7
2 2 2

Dmaj7/+9 A m7/F Em7 Em7


4 2 3

A13/-9 A maj7/13 A6 Am6


5 5 4 4

Gmaj7 G dim A6/9 Dmaj7 Bm7


3 3 4 5 7

E7/9 A7 F m7/-5 F dim


6 5

B7/-9 G m7/-5 Gdim Bm9


3 2 2

G6 F7 Am6
2 2 4

G6 G dim A6/9 Dmaj7 Bm7


2 3 4 5 7

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 81
E7/9 A7 F m7/-5 B13
6 5 2 2

B+7 B7 E7/9 A7 Bm7


2 2 2 2

G7 F7 Am6
3 2 4

G6 G dim A6/9 Dmaj7 Bm7


2 3 4 5 7

E7/9 A7 Dmaj7/+9
6 5 4

A m7/F Em7 A7 Bm7/FI


2 2 2

Fdim Em7 Em7 A13/-9


2 3 5

A maj7/13 A6 Bm7/FI E7
5 4 2

82 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Amaj7 D7 C7 D7
3 2 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 83
JOÃO GILBERTO
EU VIM DE BAHIA
“João Gilberto” - 1973
(Comp : Gilberto Gil)

A Eu vim, eu vim da Bahia cantar Pra morrer de alegria


Eu vim da Bahia contar Na festa de rua, no samba de roda
Tanta coisa bonita que tem Nas noites de lua, no canto do mal
Na Bahia que é meu lugar
Tem meu chão, tem meu céu B Eu vim da Bahia
Tem meu mar Mas eu volto pra lá
A Bahia que vive pra dizer Eu vim da Bahia
Como é que faz pra viver Mas algum dia eu volto pra lá
(x5)
Onde a gente não tem pra comer
Mas de fome não morre Em9/+5
Porque na Bahia tem mãe Iemanjá 2
De outro lado o Senhor do Bonfim
Que ajuda o baiano a viver
Pra cantar, pra sambar pra valer

Em9/+5 F m9/+5 B7/+5 Em9/+5 Am7 Am6


2 2 2 2 5 4

Gmaj7 G6 Am7 Am6 Gmaj7 G6 Em9/+5


3 2 5 4 3 2 2

A13 Am7 Am6 G7 Cmaj7 F7


2 5 4 3 3

A maj7 Am7 Am6 Gmaj7 G6 F m9/+5 B7/+5


5 4 3 2 2 2

Em9/+5 Am7 Am6 Gmaj7 G6 Bm7 Bm6


2 5 4 3 2 7 6

84 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Amaj7 A6 Bm7 Bm6 Em7 A7 Am7 Am6
5 4 7 6 7 5 5 4

Gmaj7 G6 F m9/+5 B7/+5 Em9/+5 A13 D7 G7


3 2 2 2 2 2 3

Cmaj7 B9 Em9/+5 A7 Am6


3 2 5 4

Gmaj7 G6 F m7 F m6 Bm7 E7/9 A7 Am6


3 2 2 2 5 4

G7 F m7 F m6 Bm7 E7/9 A7 Am6


3 2 2 5 4

G7 F 13 B7/-9 Em9/+5
3 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 85
JOÃO GILBERTO
IZAURA
“João Gilberto” - 1973
(Comp : Herivelto Martins - Roberto Roberti / arr. João Gilberto)

A, B, C, D, B, B, C, D, E, B, C, D, B, B, C + final

A Ai, ai, ai, izaura, C Ai, ai, ai, izaura, E Ai, ai, ai, izaura,
Hoje eu não posso ficar Hoje eu não posso ficar Hoje eu não posso ficar
Se eu cair em seus braços, Se eu cair em seus braços, Se eu cair em seus braços,
Não há despertador Não há despertador Não há despertador
Que me faça acordar, Que me faça acordar, Que me faça acordar,
(eu vou trabalhar) (eu vou trabalhar) (eu vou trabalhar)

B Ai, ai, ai, izaura, D O trabalho é um dever,


Hoje eu não posso ficar Todos devem respeitar
Se eu cair em seus braços, O izaura me desculpe,
Não há despertador No domingo eu vou voltar
Que me faça acordar, Seu carinho é muito bom,
(eu vou trabalhar) Ninguém pode contestar
Se você quiser eu fico
Mas vai me prejudicar
Eu vou trabalhar

I I I I
I I I I
I I I I
I I I I

E 5 5 5 5 5 4 3
B 3 2 2
G 3 3
D 3 2
A
E

Fmaj7 F dim Gm7 Gm6


3 2

Fmaj7 Fdim Gm7 Gm6


3 2

F7 F7/+5 A maj7 Bm7/-5 E7


2

Am7 Am6 Gm7 Gm6 Fmaj7 Fdim


5 4 3 2

86 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Am7/-5 Am6 Gm7/-5 Gm6
4 4 2 2

Fmaj7 Fdim Gm7 Gm6


3 2

F7 F7/+5 A maj7 Bm7/-5 E7


2

Am7 Am6 Gm7 Gm6 Fmaj7 Fdim


5 4 3 2

Am7/-5 Am6 Gm7/-5 Gm6


4 4 2 2

Fmaj7 Fdim Gm7 Gm6


3 2

F7 F7/+5 A maj7 Bm7/-5 E7


2

Am7 Am6 Gm7 Gm6 Fmaj7


F
5 4 3 2 I
N
A
L

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 87
Fmaj7 G dim Gm7 Gm6
3 3 2

Fmaj7 F6 F7 F7/+5

A maj7 A m6 A m7
5 6

Am7 Dm7 G7
5 5 3

Gm7 Gm6
3 2

Am7/-5 Am6 Gm9/+5 Gm6


4 4 3 2

Fmaj7 Fdim Gm7 Gm6


3 2

F7 F7/+5 A maj7 Bm7/-5 E7


2

88 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Am7 Am6 Gm7 Gm6 Fmaj7 Fdim
5 4 3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 89
JOÃO GILBERTO
AGUAS DE MARÇO
“João Gilberto” - 1973
(Comp. : Antonio Carlos Jobim - Arr. : João Gilberto)

A É pau, é pedra, é o fim do caminho B É a lenha, é o dia, é o fim da picada


É um resto de toco, é um pouco sozinho É a garrafa de cana, o estilhaco na estrada
É um caco de vidro, é a vida, é o sol B É o projeto da casa, é o corpo na cama
É a noite, é a morte, é um laco, é o anzol É o carro enguicado, é a lama, é a lama

B É peroba do campo, é o nó da madeira D É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma ra


Cainga, candeia, é o Matita Pereira É um resto de mato, na luz da manha
B É madeira de vento, tombo da ribanceira Sao as aguas de março fechando o verão
É o mistério profundo, é o queira ou não queira É a promessa de vida no teu coração
B É o vento ventando, é o fim da ladeira É uma cobra, é um pau, é Joao, é José
É a viga, é o vao, festa da cumeeira É um espinho na mao, é um corte no pé
B É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das aguas de março, é o fim da canseira B São as aguas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coracão
C É o pé, é o chao, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira E É pau, é pedra, é o fim do caminho
Uma ave no céu, uma ave no chão É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um regato, é uma fonte, é um pedaco de pão É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma ra
É um belo horizonte, é uma febre terca
B É o fundo do poco, é o fim do caminho São as aguas de março fechando o verão
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho É a promessa de vida no teu coração

C É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto B É pau, é pedra, é o fim do caminho


É um pingo pingando, é uma conta, é um conto É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando B É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a luz da manha, é o tijolo chegando ...

B/A G m6 G6/+5 F6 B9 A m7/F A7/E


4 3 2 2

Bmaj7 B9 A m7/F A7/E


2 2

Bmaj7 B/A G m6 G6/+5 F6 B9 A m7/F A7/E


2 4 3 2 2

90 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Bmaj7 B/A G m6 G6/+5 F6 F7/ 5 A m7/F A7/E
2 4 3 2 2

Bmaj7 B9 Fm7/-5 A7/E


2 2

Bmaj7 B/A G m6 G6/+5 F6 Bm7 B6/+9 Em6/B


2 4 3 2 2 2

Bmaj7 Bm7 B6/+9 Em6/B


2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 91
JOÃO GILBERTO
EU QUERO UM SAMBA
“João Gilberto” - 1973
(Comp : Janet de Almeida & Haroldo Barbosa / Arr. : João Gilberto)

A Eu quero um samba feito só pra mim B Ah quando o samba acaba


Me acabar, me virar, me espalhar Eu fico triste então
A Eu quero a melodia feita assim Vai melancolia
Quero sambar, quero sambar Eu quero alegria dentro do meu coração
A Quero sambar por que no samba eu sei que vou
Me acabar, me virar, me espalhar C Djeb djeb djeb djeb zu iu ui ban zan zan zan zan ian
A A noite inteira até o sol raiar Pom poy an la la la zu iuuuuuu

F 6/9

E7/9 F 6/9

F 6/9 E7/9

F 6/9 A7/E
2

Bmaj7 F m6 E7/9 A7/E


2 2

Bmaj7 E7/9 F 6/9


2

92 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
G m6 C maj7/GI F maj7/13
3 2

F m6 E7/9 F 6/9

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 93
JOÃO GILBERTO
FALSA BAIANA
“João Gilberto” - 1973
(Comp : Roberto Martins & Geraldo Pereira / Arr. : João Gilberto)

A Baiana que entra no samba e só fica parada Ninguém se incomoda, ninguém bate palma
Que canta não samba, não dança, não bole nem nada Ninguém abre a roda, ninguém grita ôba
Não sabe deixar a mocidade louca Salve a Bahia, senhor
Baiana é aquela que entra no samba de qualquer maneira Mas a gente gosta quando uma baiana
Que mexe, remexe, dá nó nas cadeiras Samba direitinho, de cima embaixo
Deixando a moçada com água na boca Revira os olhinhos dizendo
Eu sou filha de São Salvador
B Baiana que entra no samba e só fica parada
Que canta não samba, não dança, não bole nem nada C Baiana que entra no samba e só fica parada
Não sabe deixar a mocidade louca Que canta não samba, não dança, não bole nem nada
Baiana é aquela que entra no samba de qualquer maneira Não sabe deixar a mocidade louca
Que mexe, remexe, dá nó nas cadeiras Baiana é aquela que entra no samba de qualquer maneira
Deixando a moçada com água na boca Que mexe, remexe, dá nó nas cadeiras
A falsa baiana quando entra no samba Deixando a moçada com água na boca...

Gmaj7
3

Gmaj7 A7
3 2

Am7 Am6 Gmaj7 G7


5 4 3 3

Gm6 D6/F# E7/+5


2 2

Am7 D7/-9 Gmaj7


5 4 3

94 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Gmaj7 A7
3 2

Am7 Am6 Gmaj7 G7


5 4 3 3

Gm6 D6/F# E7/+5


2 2

Am7 D7/-9 Gmaj7 E7/-9


5 4 3 6

Am9/+5 D7/-9 Gmaj7 G dim


5 4 3 3

Am7 D7/-9 Gmaj7 G7


5 4 3 3

Cmaj7/+9 Cm6 Bm7 E7/9


2 2 2

Am7 D7/-9 Gmaj7 G6


5 4 3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 95
Gmaj7 G6 A13 A+7 A7
3 2 2 2

Am7 Am6 Gmaj7 G7


5 4 3 3

Gm6 D6/F# E7/+5


2 2

Am7 D7/-9 Gmaj7 G6


5 4 3 2

Gmaj7 G6 A13 A+7 A7


3 2 2 2

Am7 Am6 Gmaj7 G7


5 4 3 3

Gm6 D6/F# E7/+5


2 2

Am7 D7/-9 Gmaj7 E7/-9


5 4 3 6

96 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Am9/+5 D7/-9 Gmaj7 G dim
5 4 3 3

Am7 D7/-9 Gmaj7 G7


5 4 3 3

Cmaj7/+9 Cm6 Bm7 E7/9


2 2 2

Am7 D7/-9 Gmaj7


5 4 3
ETC...

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 97
JOÃO GILBERTO
UNDIU
“João Gilberto” - 1973
(Comp : João Gilberto - Jorge Amado)

A A B C D C A C D

E6/+9
6

E6/+9 A13/E E6/+9


6 5 6

x3

E6/+9 D m7/E E6/+9


6 6 6

x3

E6/+9
6

E6/+9
6

D m7/E G 7+5/E F 7+5/E G 7+5/E


6 4 2 4

A 7+5/E E6/+9 A13/E


6 6 5

98 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
E6/+9 Bm7/E D m7/E G 7+5/E
6 7 6 4

F 7+5/E G 7+5/E A 7+5/E E6/+9


2 4 6 6

D m7/E E6/+9
6 6

D m7/E Fmaj7/E
6 3

D m7/E E6/+9
6 6

D m7/E E6/+9
6 6

E6/+9 A13/E G 13/E Am6/E


6 5 4 4

x3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 99
Amaj7 Am6 Emaj7 E11
4 4 2

A m7/-5 F m7/E E6/+9


5 2 6

E6/+9 A13/E
6 5

x3

G 13/E E6/+9 Amaj7 Am6


4 6 5 4

Emaj7 E11 A m7/-5 F m7/E


4 2 5 2

E6/+9
6

x3

100 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
JOAO MARCELO
“The best of two worlds” - 1975
(Comp : João Gilberto)

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
E 7 5 3
B 6 6 5 3 3
G 7 6 5 4 4
D 6 5 4 3
A
E

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

7 5 6 2
7 7 5 5 5 5 1 1
7 7 6 6 5 5 2 2

)
6 5 4 0 1

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 0 0 0
0 0 2 2 0 0 0 0
0 0 3 3 2 1
0 0 4 4 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

3 2 0 0
4 4 4 4 2 2 2 2
4 4 3 3 2 2 1 1
4 4 3 3 2 2 2 2

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 0 5 3
3 3 2 5 5 3 3
1 1 0 5 5 4 4
2 4 3
0
0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 3 2 0
2 2 2 2 2 2 0 0
3 3 2 2 1 1 1 1
2 1 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

1
0 2 0 0
1 1 1 2 2 2 2
0 0 0 2 2 1 1
1 0 2 2

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 2
3 3 2 0
1 1 0 0 2
2 2 0
0
0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

6 7 5 3 7 7 5 5 5 6 6 2 2
6 6 5 3 7 7 5 5 5 5 5 1 1
7 6 5 4 7 7 6 6 6 5 5 2 2
6 5 4 3 6 5 4 1

102 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 0 0 0
0 2 0 0 3 2 0 0
0 3 2 1 4 4 2 2
0 0 4 0 4 3 2 1
4 3 2 2

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 2 0 0 5 5 3 3 3 2 2 2 3 3 3 2 2 2 0 0 0
3 3 2 2 5 5 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 0 0 0
1 1 0 0 5 5 4 4 4 3 3 3 2 2 2 1 1 1 1 1 1
4 3 2 1 0 0 0
0
0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

1 1 1 2 2 2 0 0 0 2 2 2
0 0 0 2 2 2 0 0 0 0 0 0 3 3 3 2 2 2 0 0 0 3
1 1 1 1 1 1 2 2 2 2 2 2 1 1 1 0 0 0 2 2 2 4
0 0 0 2 2 2 1 1 1 0 4
0
1 0 2 2 0 4

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

4 2 2 0 0 0
3 3 3 2 1 0 1 0 2 2
4 4 4 3 2 2 2 0 3 3
3 3 2 2 1 1 5 4
4 4
4 2 2

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 1 1
2 0 3 0 1 1 0
3 2 2 1 0 2 2
2 0 0 2 2 1
2 0 0
0 0 1 1 2 2 1 1

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 0 7 5
1 0 8 7 6 6 6 5
2 1 10 9 8 7 6 5
0 0 9 8 7 6 5 5 4 4
2 2
9 9 8 8 7 7 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

5 3 3 2 0 5 5 6 6 7 7
4 3 2 1 0 0 0 6 6 7 7
4 3 2 2 0 0 0 7 7 6 6
3 3 2 2 1 1 1 1 0 0
0 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
9 9 8 8 7 7 8 8 9 9 7
9 9 8 8 7 7 7 7 7 7 8 3 3
8 8 8 8 7 7 6 6 8 8 8 4 3
4 2
0 0 0 0 7 7 4 4 3 3

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
2 0 0 2 2
2 0 3 2 0 0 0 3 3 2 2
2 1 1 0 2 2 2 1 1 0 0
2 0 4 4 2 2
0 0 5 0
2 2 1 1 0 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
2 2 3 3 7 7 5 5 6 6 2 2 2 2 0 0
1 1 3 3 7 7 5 5 5 5 1 1 0 0 2 2
2 2 4 4 7 7 6 6 5 5 2 2 0 0 3 3
0 3 6 5 4 0 1 0 0
(

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 103
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
0 0 0 0 2 2 0 0
0 0 0 0 3 3 2 2 0 0 0 0 3 3 2 2
2 2 1 1 4 4 4 4 2 2 2 2 1 1 0 0
4 0 4 4 3 3 2 2 1 1
0
4 3 2 2 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

5 5 3 3 3 2 2 2 3 3 3 2 2 2 0 0 0 1 1 1
5 5 3 3 3 2 2 2 2 2 2 2 2 2 0 0 0 0 0 0 2 2 2
5 5 4 4 4 3 3 3 2 2 2 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
4 3 2 1 0 0 0 0 0
1 1

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 2 0 0 2 2
0 0 0 0 0 0 3 3 2 2 0 0 3 3 3 3 3 3
2 2 2 2 2 2 1 1 0 0 2 2 4 4 4 4 4 4
2 2 2 1 1 1 0 4 4 3 3 3 3
0 4
2 2 0 4 4

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
4 4 2 2 2 2 2 0 0 0 0
3 3 2 2 2 1 1 0 0 1 1 0 0 2 2
4 4 3 3 3 2 2 2 2 2 2 0 0 3 3
3 2 2 2 1 1 1 0 5 4
2 2

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
2 1 1 1
2 0 3 0 0 1 1 0
3 2 2 1 1 0 2 2
2 0 0 0 2 2 1
2 2 0 0
0 0 1 1 2 2 1 1

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
2 0 7 5
1 0 8 7 6 6 6 5
2 1 10 9 8 7 6 5
0 0 9 8 7 6 5 5 4 4
2 2
9 9 8 8 7 7 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
5 3 3 2 0 5 5 6 6 7 7
4 3 2 1 0 0 0 6 6 7 7
4 3 2 2 0 0 0 7 7 6 6
3 3 2 2 1 1 1 1 0 0
0 0 0

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
9 9 8 8 7 7 8 8 9 9 7
9 9 8 8 7 7 7 7 7 7 8 3 3
8 8 8 8 7 7 6 6 8 8 8 4 3
4 2
0 0 0 0 7 7 4 4 3 3

I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I
I I I

2 0
2 0 3 2 0
2 1 1 0 2
2 0 0 4
0 0 0 5
2 2 1 1 0 0 2

104 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO & STAN GETZ
E PRECISO PERDOAR [ALT. TAKE]
“The Best of Two Worlds” - 1975
(Comp : Alcyvando Luz & Carlos Coqueijo)

A Ah, madrugada já rompeu B Pobre de quem não entendeu


Você vai me abandonar Que a beleza de amar é se dar
Eu sinto que o perdão E só querendo mentir nunca soube
Você não mereceu O que é perder praencontrar
Eu quis a ilusão
Agora a dor sou eu Eu sei... que é preciso perdoar
Foi você quem me ensinou
Ah, madrugada já rompeu Que um homem como eu
Você vai me abandonar Que tem por que chorar
Eu sinto que o perdão Só sabe o que é sofrer
Você não mereceu Se o pranto se acabar
Eu quis a ilusão
Agora a dor sou eu

Cm9

G6 G m6 Gm7 F dim F7/ 5 Fm6


3 3 3

Cm9 A m7 A m6 A m7 G7/+5
6 5 6 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 105
JOÃO GILBERTO
EU SAMBO MESMO
“Ao Vivo na Bahia” - 1978
(Comp : Janet de Almeida)

A Há quem sambe muito bem, há quem sambe muito mal C Há quem sambe muito bem, há quem sambe muito mal
Há quem sambe por ver os outros sambar Há quem sambe por ver os outros sambar
Mas eu não sambo para copiar ninguém Mas eu não sambo para copiar ninguém
Eu sambo mesmo com vontade de sambar Eu sambo mesmo com vontade de sambar
Porque no samba eu sinto o corpo remexer Porque no samba eu sinto o corpo remexer
E é só no samba que eu sinto prazer E é só no samba que eu sinto prazer
E só no samba que eu sinto prazer E só no samba que eu sinto prazer
x2
B Há quem não goste de samba,
B Há quem não goste de samba, Não dá valor, não sabe compreender
Não dá valor, não sabe compreender O samba quente, harmonioso e buliçoso
O samba quente, harmonioso e buliçoso Mexe com a gente e dá vontade de viver
Mexe com a gente e dá vontade de viver A minoria diz que não gosta mas gosta
A minoria diz que não gosta mas gosta E sofre muito quando vê alguém sambar
E sofre muito quando vê alguém sambar Faz força, se domina, finge não estar
Faz força, se domina, finge não estar Tomadinho pelo samba, louco pra sambar
Tomadinho pelo samba, louco pra sambar Tomadinho pelo samba, louco pra sambar
Tomadinho pelo samba, louco pra sambar
D E só no samba que eu sinto prazer x5

B6/9 G m6 F maj7/13
3

B6/9 A m7 D9 G maj7 G6
6 5 4 3

A m9/+5 D 13 G maj7 Amaj7/13 A m11 D9 G 13 G 7/+5


6 6 4 4 4 5 4 4

C m9 F 13 Bmaj7 G 7/+5 G m6 F maj7/13 B6/9 G 7/+5


2 2 2 4 3 4

106 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
G m6 F maj7/13 B6/9
3

G7 G m6 C maj7/GI G maj7/13 F6
4 3 2 3

Fdim Fdim C m7 C m9 F 13 F 7/+5 F6


3 4 2 2 2

G7 G m6 Gmaj7/13 F m6 Fdim
4 3 2

Bm6 Em6/B A7/ 5 G 7/+5 G m6 Gmaj7/13 B6/9 G 7/+5


2 4 4 3 2 4

G m6 Gmaj7/13 B6/9 C6/9


3 2 2

Cmaj7 Am6 G maj7/13


3 4 3

C6/9 Bm9/F# Amaj7 A6 A maj7/13


2 2 4 5

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 107
E7/9 A6 A maj7/13 B7sus4 A 13/E A13 A7/+5
6 4 5 7 6 5 5

Dm9 G13 Cmaj7 A7/+5 Am6 G13 C6/9 A7


3 3 3 5 4 3 2 2

Am6 G13 C6/9


4 3 2

A7 Am6 Dm9/A Gmaj7/13 C6/9 F13


5 4 3 2 2

Bm9 D dim Dm7 Dm9 G13 G7/+5 Bmaj7/+9


2 5 3 3 3

A7 Am6 Gmaj7/13 Gm6 F 7/ 5


5 4 2 2

Fm6 G 7/ 5 E13 A7 Am6 G maj7/13 C6/9 A7/+5


3 2 4 3 2 5

Am6 G maj7/13 C6/9 C 6/9


4 3 2 3

108 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
D6/9
4

Dmaj7 E7/9 A7/+5 Dmaj7/+9


5 6 5 4

x5

D6
2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 109
JOÃO GILBERTO
BRIGAS NUNCA MAIS
“Ao Vivo na Bahia” - 1978
(Comp : Antonio Carlos Jobim - Vinícius de Moraes)

Chegou, sorriu, Depois fui eu Bom é mesmo amar em paz,


Venceu depois chorou Quem dela precisou Brigas nunca mais
Então fui eu quem consolou E ela então me socorreu
Sua tristeza E o nosso amor x3
Na certeza de que o amor Mostrou que veio prá ficar
Tem dessas fases más Mais uma vez por toda a vida
E é bom para fazer as pazes, mas

Amaj7 G7 Gmaj7 F7 Bm9/F# Gm6 Bm9/F# Fmaj7/13


5 4 3 2 2 2 2

Amaj7 D dim Bm7 Fdim F m9/+5 F m6 D6/F# E7/+5


2 3 2 2

Amaj7 G7 Gmaj7 F7 Bm9/F# Gm6 Bm9/F# Fmaj7/13


4 3 2 2 2 2

Amaj7 A7/+5 Dmaj7 Dm6 C m7 Dmaj7 C m7 Bm7


5 5 4 4 2 4 2

C m7 E7/-9 A6
4 6 4
La troisième fois, remplacer
cet accord par le final

FINAL

A maj7 A6 A maj7 A6 Amaj7 A6


6 5 6 5 5 4

110 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 111
JOÃO GILBERTO
CURARE
“João Gilberto Prado Pereira de Oliveira ao vivo” - 1980
(Comp : Bororo)

A Você tem boniteza B Quebra machuca minha dor nega, neguinha,


E a natureza foi quem agiu Tudo, tudinho, meu amorzinho
Com esses olhos de índia com essa boquinha vermelhinha rasgadinha
Curare no corpo que é bem Brasil Que tem veneno como quê
Você é toda a Bahia, Conta tristeza e alegria pro seu bem
E a flor do mocambo da gente de cor Que todo vive a dizer
Faz do amor confusão Que você é diferente
Numa misturação Dessa gente que finge querer
Bem banzeira, inzoneira,
Que tem raça e tradição

E7/9 Gm6 F m7 Fdim Em7 A7/-9 Dmaj7 D6


2 2 3 2 2 2

E7/9 Gm6 F m7 Fdim Amaj7 F m6 Em9/+5 A7


2 2 2 2

G m7/-5 Gm6 F m7 Fdim Em7 A7/-9 F m7


3 2 2 3 2 2

F dim B7/-9 Em7 Em A13 A7 F m7/-5 B7/FI


3 4 2 2

E7/9 A13 Dmaj7/+9 Gmaj7 F 7/+5 Gdim Bm9 Fdim


2 4 3 2 2 2

112 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Em7 A13 Dmaj7 Fdim Em9/+5 A13 Dmaj7 D dim
3 2 2 2 2 2

E7sus4 A13 Dmaj7 Fdim F maj7 C7 F maj7 B9


3 2 2 2 2 2

E7/9 A13 Dmaj7 Fdim Em7 A13 F m7/-5 B7/FI


2 2 3 2

E7/9 A13 Dmaj7/+9 Gmaj7 Bm7 A7/-9 D6


2 4 3 2 2 2

3 D6
I I I I
I I I I

0
2
0 4
0 5
2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 113
JOÃO GILBERTO
TIN TIN POR TIN TIN
“João Gilberto Prado Pereira de Oliveira ao vivo” - 1980
(Comp : Haroldo Barbosa - Geraldo Jacques / arr. Joao Gilberto)

A [Scat] A [Scat] D Não sei sofrer, não sei chorar


Eu sei me conformar
B Você tem que dar, tem que dar C Você tem que devolver
O que prometeu meu bem O que era meu bem meu
Mande o meu anel que de volta Mande o meu retrato
Eu te mando o seu também E ponha outro em seu lugar
Mande a carta em que eu dizia Morreu um rei
o amor não tem fim Salve o rei que vai chegar
Que eu te mando outra Não sei sofrer, não sei chorar
explicando tin tin por tin tin Eu sei me conformar
x3

F 6/9 G m6 Gm6 F 6/9


3 2

G6/9 Bmaj7 G m6 Gm6 F 6/9


2 2 3 2

Bmaj7 G m6 F7 F 6/9
2 3 2

x2

F 7/+5 F m7 F m6 Emaj7 G6/-9/E E6/9


2 2

G m6 F7 F dim F7 F 7/+5 F 7/+5


3 2 2 2 2

114 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Bmaj7 G7 G m6 F7 F 6/9
2 4 3 2

F 7/+5 F m7 F m6 Emaj7
2 2

E7sus4 Em9/+5
3 2

Bmaj7 G 13 G 7/+5 G m6
2 4 4 3

Gm6 F 6/9 Bmaj7


2 2

Bmaj7 G m6 F7 F 6/9
2 3 2

x2

F 7/+5 F m7 F m6 Emaj7 G6/-9/E E6/9


2 2

G m6 F7 F dim F7 F 7/+5 F 7/+5


3 2 2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 115
Bmaj7 G7 G m6 F7 F 6/9
2 4 3 2

F 7/+5 F m7 F m6 Emaj7
2 2

B+7 Emaj7
E7sus4 Em9/+5
2 3 2

Bmaj7 G 13 G 7/+5 G m6
2 4 4 3

Gm6 F 6/9 Bmaj7


2 2

G m6 G6/9 F 6/9 Fdim


3 2

116 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
JOÃO GILBERTO
BAHIA COM H
“João Gilberto Prado Pereira de Oliveira Ao Vivo” - 1980
(Comp. : Denis Brean - Arr. : João Gilberto)

A Dá licença, dá licença, meu Senhô, Sou poeta e não quero ficar


Dá licença, dá licença, pra yôyô Assim longe da sua magia
Eu sou amante da gostosa Bahía, porém, Deixa ver, teus sobrados, igrejas, teus santos,
Pra saber seu segredo serei Baiano também Ladeiras, e montes tal qual um postal. 
Dá licença, de gostar um pouquinho só, Dá licença, de rezar pro Senhor do Bonfim,
A Bahía eu não vou roubar, tem dó Salve! A Santa Bahía imortal, Bahía dos sonhos mil
Já disse um poeta que terra mais linda não há,  Eu fico contente da vida, em saber que Bahía é Brasil
Isso é velho e do tempo que a gente escrevia Bahía com H

B Deixa ver, com meus olhos de amante saudoso


A Bahía do meu coração  F6
Deixa ver, baixa do Sapateiro Charriou,
Barroquinha, Calçada, Tabuão
Sou um amigo que volta feliz
Pra teus braços abertos, Bahía

Gm7 Gm6
3 2

F7 Cm7 F7 F7/+5
3

A maj7 Fdim Am7/-5 D7/A


4 3

Gm7/-5 Gm11 Gm6


2 2

Gm7 Gm6
3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 117
F7 Cm7 F7 F7/+5
3

A maj7 Fdim F6 D9
4

Gm9/+5 Adim Gm7 Gm6 F6 Fmaj7


3 4 3 2

Gm7 Adim Gm7


3 4 3

Gm6 G maj7/13 Dm9/A


2 3 3

G maj7/13 Gm7
3 3

Fdim Am7 D9
3 5 4

118 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Gm9/+5 Adim Gm7
3 4 3

Gm6 F7 F7/+5
2

A maj7 A maj7 A maj7 A m6

Am7 D9 Gm9/+5 Adim Gm7 Gm6


5 4 3 4 3 2

F6 Fmaj7

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 119
C. VELOSO, J. GILBERTO & G. GIL
AQUARELA DO BRASIL
“Brasil” - 1981
(Comp : Ary Barroso)

A Brasil, meu Brasil brasileiro, Esse coqueiro que dá côco


Meu mulato inzoneiro , Ôi onde amarro a minha rêde,
Vou cantar-te nos meus versos Nas noites claras de luar
Brasil, samba que dá, Ô, ôi essas fontes murmurantes,
Bamboleio que faz gingá Ôi onde eu mato a minha sede
O Brasil do meu amor, E onde a lua vem brincá,
Terra de Nosso Senhor Ôi, esse Brasil lindo e trigueiro
É o meu Brasil brasileiro,
B Abre a cortina do passado, Terra de samba e pandeiro
Tira a mãe preta do serrado
Bota o rei congo no congado, C Brasil, terra boa e gostosa,
Cantar de novo o trovador Da morena sestrosa
A merencória luz da lua, De olhar indiscreto,
Toda a canção do meu amor O Brasil, verde que dá
Quero ver a “sá dona” caminhando, Para o mundo se admirá,
Pelos salões arrastando O Brasil do meu amor
O seu vestido rendado, Terra de Nosso Senhor

Em9 E7 A6/-9
2 3 2

D6 Dmaj7 Dm6 Dm/+7


2 2 2 2

D6 Dmaj7 Em7/-5 D dim B7


2 2 2

Em9 Em7
2 3

A7/-9
2

120 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Dmaj7 D6 Em7 A7/-9
2 2 3 2

Dmaj7 F 7/+5 G6
2 2 2

Gmaj7 Gm6
3 2

F m7
2

F dim B7/-9

Em7
3

Em Gm6
4 2

G maj7/13 D6/9 Bm7


3 4 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 121
E6 E7/+5 Em9 Gm6
2 2

Dmaj7 Em7 A7/-9


2 3 2

Dmaj7 F 7/+5 G6
2 2 2

Gmaj7 Gm6
3 2

F m7
2

F dim B7/-9

Em9/+5
2

Em7 Gm6
3 2

122 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Gmaj7/13 D6/9 Dmaj7 Dmaj7
2 4 5 5

E7/9 Em9 A6/-9


6 5 6

Dmaj7 Em7 A7/-9


2 3 2

D6 Dmaj7 Dm6 Dm/+7


2 2 2 2

D6 Dmaj7 B+7 B13


2 2 2 2

E7sus4 Em9 Em7


3 2 3

A7/-9
2

Dmaj7 Em7 A7/-9


2 3 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 123
JOÃO GILBERTO, GILBERTO GIL & CAETANO VELOSO
MILAGRE
“Brasil” - 1981
(Comp : Dorival Caymmi)

A Maurino, Dadá e Zeca, ô, B Se sabe que muda o tempo, C Era só jogar a rede e puxar, a rede,
Embarcaram de manhã Sabe que o tempo vira, Só jogar a rede e puxar, a rede,
Era quarta-feira santa, Aí o tempo virou Era só jogar a rede e puxar
Dia de pescar e de pescador, Maurino que é de guentar, guentou,
Quarta-feira santa, Dia de pescador Dadá que é de labutar, labutou,
x3 Zeca esse nem falou

F6

Fdim F6 E7 F6

D7/-9 Gm9/+5 C13 F6


4 3 3

F dim Gm7 C7/-9 F6


3 2

E7 E7/+5 E13 F6

D7/-9 Gm9/+5 C13 F6


4 3 3

124 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
F dim Gm7 C7/-9 F6
3 2

E13 E7/+5 E7 A13 A7/+5


2

D7/-9 Gm9/+5 C13 F6


4 3 3

F dim Gm7 C7/-9 F6


3 2

G 13 C maj7/+9 Amaj7/13 C maj13


4 3 4 4

C maj7 D m7/AI
4 4

G7 D m7/AI G7
4 4 4

D m7/AI G7 C 6/9 C7 Fmaj7


4 4 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 125
F dim Gm7 C7/-9 Fmaj7
3 2

F dim Gm7 C7/-9 Am7


3 2 5

D7/-9 Gm9/+5 C7/-9 F6


4 3 2

126 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 127
JOÃO GILBERTO
SAUDOSA MALOCA
“A Arte e o Ofício de Cantar (TV Bandeirantes)” - 1982
(Comp : Adoniran Barbosa / Arr. João Gilberto)

A Se o sinho não tá lembrado dá licença de contar Que tristeza que nóis sintia
Ali, onde agora está esse edifício arto Cada tábua que caía duía no coração
Era uma casa véia e um palacete assobradado
Mato Grosso quis gritá mas em cima eu falei
Foi ali, seu moço Os homens tá coa razão nóis arranja outro lugá
Que eu, Mato Grosso e o Joca
Construímos nossa maloca Só se conformemo quando o Joca falou
"Deus dá o frio conforme o cobertô"
Mas, um dia nóis nem pode se alembrá E hoje nóis pega as páia na grama do jardim
Veio os homens co as ferramenta E prá esquecer nóis cantemos assim...
O dono mandô derruba
C Saudosa maloca, maloca querida
B Peguemos todas nossas coisa Dim dim donde nóis passemos
E fomos pro meio da rua apreciá, demolição Dias feliz da nossa vida

Em9/+5 B7/-9 Em9/+5


2 2

Bm7/-5 E7/+5 Fdim E7/+5


2

Bm7/-5 E13 E7/+5 Am7


2

E7/+5 Am7 Am6 G6


4 2

Gm6 F7 F m6
2 2

128 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
F dim Fdim E7/+5 Am7

Gm6 Em7 F7 F dim Em9/+5


2 3 2 2

Em7/G
3

F m7/-5 F dim Gmaj7 G dim


3 3

E7/9 E7/-9 Am9/+5 Am7/G


6 6 5 5

Am7/-5 G 7/ 5 G7 Gdim
4 3 3 2

F7 F m6 F dim
2

F m7/-5 Gm6 Em9/+5 E11


2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 129
E7 E7/+5 Am7 E7/+5

Am7 Am6 G6 Gmaj7


4 2 3

F7 F m6 F dim
2

F m7/-5 G 7/ 5 G6 C9
3 2 2

F7 F m6 E7sus4 E7
2 2

Am7 A dim Em7 E7sus4


2 2

F7 F m6 Bm7/FI E7/+5
2 2

Am7 A dim Em7 E7sus4


2 2

130 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
F7 F dim Em9/+5 Em7/G
2 2 3

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 131
JOÃO GILBERTO
BRASIL PANDEIRO
“A Arte e o Ofício de Cantar” - 1982
(Comp : Assis Valente / arr. Joao Gilberto)

Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor Há quem sambe diferente noutras terras,
Eu fui na penha, fui pedir ao padroeiro para me ajudar Noutra gente num batuque de matar
Salve o morro do Vintém, pendura a saia eu quero ver Batucada, reunir nossos valores
Eu quero ver o tio Sam tocar pandeiro para o mundo sambar Pastorinhas e cantores
Expressão que não tem par, o meu Brasil
O Tio Sam está querendo conhecer a nossa batucada
Anda dizendo que o molho da baiana melhorou seu prato Brasil, esquentai vossos pandeiros
Vai entrar no cuzcuz, acarajé e abará. Iluminai os terreiros que nós queremos sambar
Na casa branca já dançou a batucada de ioiô, iaiá

Brasil, esquentai vossos pandeiros


Iluminai os terreiros que nós queremos sambar

Gmaj7 G6
3 2

Gmaj7 Gm6 Gmaj7 G6


3 2 3 2

Dm7 G7 Cmaj7/+9 Cmaj7


5 3 2 3

Am6 E7/-9 Am9/+5 Am7/G


4 6 5 5

Am7 Gmaj7 G6
5 3 2

132 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Gmaj7 Gm6 Gmaj7 G6
3 2 3 2

Dm7 G7 Cmaj7/+9 Cmaj7


5 3 2 3

Am6 E7/-9 Am9/+5 Am7/G


4 6 5 5

Am7 Gmaj7 E+
5 3

Am7 Am6 Bm7/-5 Bdim


5 4 6 6

Am7 Am6 Gmaj7 Gdim


5 4 3 2

Am7 Am6 Gmaj7 G dim


5 4 3 3

Am7 Am6 Gmaj7 A dim


5 4 3 5

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 133
Am7 Am6 Bm7/-5 Bdim
5 4 6 6

Am7/-5 Adim Gmaj7 Gdim


4 4 3 2

Am7 Am6 Bm7/-5 Bdim


5 4 6 6

Am7/-5 Adim G6 Gmaj7


4 4 2 3

G6
2

REJOUER 1 2

G6 Gmaj7 Gadd9
2 3 3

134 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 135
JOÃO GILBERTO
TRISTE
“Ao vivo na Roma” - 1983
(Comp : Antonio Carlos Jobim)

A Triste é viver na solidão B Sua beleza é um avião


Na dor cruel de uma paixão Demais pra um pobre coração
Triste e saber que ninguem pode viver de ilusão Que para pra te ver passar
Que nunca vai ser, nunca vai dar Só pra me maltratar
O sonhador tem que acordar Triste é viver na solidão

Emaj7 Em9/+5
4 2

Emaj7 G m7 G dim
4 4 3

F m9/+5 Am6 C m9 A maj7/13


2 4 2 5

G maj7 A7/ 5 G maj7 C9 F m9/+5 B13


4 4 4 3 2 2

Emaj7 Em9/+5
4 2

Emaj7 G m9/+5 C +7
4 4 4

136 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
Amaj7 Am6 G m7 Gdim
5 4 4 2

F m7 F dim Emaj7
2 4

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 137
JOÃO GILBERTO
PRA QUE DISCUTIR COM MADAME
“Live in Montreux” - 1987
(Comp : Haroldo Barbosa & Janet de Ameida)

A Madame diz que a raça não melhora C Tu yu....


Que a vida piora por causa do samba,
Madame diz o que samba tem pecado D No carnaval que vem também concorro
Que o samba é coitado e devia acabar, Meu bloco de morro vai cantar ópera
Madame diz que o samba tem cachaça, E na Avenida entre mil apertos
mistura de raça mistura de cor, Vocês vão ver gente cantando concerto
Madame diz que o samba democrata, Madame tem um parafuso a menos
é música barata sem nenhum valor, Só fala veneno meu Deus que horror
O samba brasileiro democrata
B Vamos acabar com o samba, Brasileiro na batata é que tem valor.
madame não gosta que ninguém sambe
Vive dizendo que samba é vexame
Pra que discutir com madame.

Vamos acabar com o samba,


madame não gosta que ninguém sambe
Vive dizendo que samba é vexame
Pra que discutir com madame.

D6 F m6 E13 E7/+5 A7 A7/-9 D6 Dmaj7/+9


2 2 2 2 4

Dmaj7 Dmaj7 Amaj7 F7 Bm7/FI F m6 Em9/+5 A7/-9


5 5 5 2 2 2 2

D6 F m6 E13 E7/+5 A7 A7/-9 F m7/-5 F dim


2 2 2

G m7/-5 C7/G F m7 B7 E7/9 A7/-9 D6 Fdim


3 3 2 2 2 2

138 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
A7/E A7/-9 D6 Fdim A7/E Fmaj7/13 Bm7/FI Fdim
2 2 2 2 2

A7/E A7/-9 F m9/+5 F dim E13 E7/+5 Em9/+5 A13


2 2 2 2 2

Fmaj7/13 Fm/+5 D6 Fdim A7/E Fmaj7/13 Bm7/FI Fdim


2 2 2

A7/E A7/-9 F m9/+5 F dim A7/E A7/-9 D6 G13


2 2 2 2 2 2 3

F 13 F m6 E13 A7/-9 D6 Fdim Bm7/FI D6


2 2 2 2 2

E7/9 A7/-9 D6 F m6
2 2

Emaj7 G m6 F7 F m6 Emaj7 A13


3 2 2

G m/+5 Gmaj7/13 Bmaj7 G 7/+5 C m7/GI Gdim F m7 F dim


2 2 2 4 2 2 2

THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 139
Emaj7 G m6 F7 F m6 G m7/-5 G dim
3 2 3 3

A m7/-5 D7/A G m7 C7 F7 F m6 Emaj7 A13


5 5 4 4 2 2

140 | JOÃOGILBERTOSONGBOOK
THEBRAZILIANGUITARSONGBOOK | 141
JULOS © 2019