Você está na página 1de 2

Este site foi desenvolvido com o construtor de sites .com. Crie seu site hoje.

Comece já

ANTONIO CARLOS
Consultoria e Assessoria em Licitações

NOTÍCIAS E PUBLICAÇÕES O QUE OFEREÇO SERVIÇOS PRESTADOS

LICITAÇÕES, CONTRATOS E CONVÊNIOS


Posts Destacados
O Poder Público pode suspender uma licitação e não
TCU: Os atestados de capacidade técnica
expor seus motivos? emitidos com o nome da antiga razão social
08.12.2016
da empresa licitante são válidos para fins de
habilitação.
25.10.2016
Recentemente recebi a seguinte pergunta que será explanada logo em seguida.
 
Pergunta: "Gostaria de tirar uma dúvida: Uma determinada prefeitura, pela segunda vez,
suspendeu um pregão presencial e não expôs os motivos no site, se baseando em um decreto
municipal. Eles podem fazer isso? Porque nos trouxe grandes prejuízos na compra de
passagens aéreas e etc."
 
Resposta: Suspensão e adiamento são sinônimos de interrupção temporária ou definitiva de algo, ao Posts Recentes
passo em que prorrogação é o ato de prolongamento, de adiar o término de algo, de fazer durar além
do tempo estabelecido.
  Decreto atualiza limites de preços para
A suspensão ou adiamento da licitação não está prevista na legislação, mas o órgão licitante poderá contratação em licitações públicas
19.06.2018
realizá-la como ato administrativo desde que preencha os requisitos da “finalidade” e da
“motivação”. TCU: A vistoria deve ser
  exigida quando
A finalidade do ato é o resultado que o órgão licitante deseja atingir com a prática do ato, por imprescindível para a perfeita
compreensão do objeto
exemplo, corrigir um defeito em edital ou promover uma diligência.
03.04.2018
 
O motivo ou causa da suspensão do certame é justamente a situação, o fato que deu ensejo a essa TCU: Determina que a exigência de registro
suspensão, isto é, o órgão licitante deverá motivar a suspensão informando a todos os interessados no Crea do local de realização da obra
por qual razão está suspendendo a licitação. Por exemplo, o pregoeiro, durante o pregão eletrônico, licitada somente deve ocorrer no momento
da contratação, não na fase...
verifica instabilidade no sistema, com queda de conexão etc., a “motivação” para a suspensão do 30.01.2018
pregão eletrônico será a instabilidade no sistema, ao passo em que a “finalidade” será eliminar essa
instabilidade. TCU: Considerções a adesão a ATA de
  registro de preços (carona).
30.01.2018
Portanto, se não houver finalidade ou motivo para suspensão, o ato administrativo, ainda que
discricionário, será invalido e poderá ser anulado. TCU: O excessivo rigor na desclassificação
  de proposta por divergência entre seus
Neste sentido, as seguintes súmulas do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL: preços unitários e respectivas composições
detalhadas de custos.
 
30.01.2018
Súmula 346: A Administração Pública pode anular seus próprios atos.
  STJ: Proposta indicada como inexequível,
Súmula 473: A Administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que não pode ser avaliada de forma absoluta e
rígida, afastando o licitante
os tornem ilegais, porque deles não se originam direitos, ou revogá-los, por motivo de
automaticamente do certame.
conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos e ressalvada, em todos os 07.12.2017
casos, a apreciação judicial.
  TCU: Já determinou sobre vistoria
02.11.2017
Vale dizer que a Lei 9.784, de 29 de janeiro de 1999, que regula o processo administrativo no âmbito
da Administração Pública Federal, estabelece que:
Superior Tribunal de Justiça - STJ. Iª Seção já
  decidiu sobre exigências irrelevantes nos
Art. 2º.  A Administração Pública obedecerá, dentre outros, aos princípios da  legalidade, editais.
finalidade,  motivação, razoabilidade, proporcionalidade, moralidade, ampla defesa, 06.10.2017

contraditório, segurança jurídica, interesse público e eficiência.


TCU: contratação por preço superior ao
(...) orçado deve ser justificada.
Art. 50.  Os atos administrativos deverão ser motivados, com indicação dos fatos e dos 11.08.2017
fundamentos jurídicos, quando:
  TCU: PUBLICIDADE E EXIGÊNCIAS EM
EDITAL DE LICITAÇÃO ACÓRDÃO 281/2017
I - neguem, limitem ou afetem direitos ou interesses; - PLENÁRIO
  30.07.2017
II - imponham ou agravem deveres, encargos ou sanções;
 
III - decidam processos administrativos de concurso ou seleção pública; Procure por Tags
 
IV - dispensem ou declarem a inexigibilidade de processo licitatório;
 
V - decidam recursos administrativos;
 
VI - decorram de reexame de ofício;
 
VII - deixem de aplicar jurisprudência firmada sobre a questão ou discrepem de pareceres,
laudos, propostas e relatórios oficiais;
 
VIII - importem anulação, revogação, suspensão ou convalidação de ato administrativo.
 
§ 1º. A motivação deve ser explícita, clara e congruente, podendo consistir em declaração de
concordância com fundamentos de anteriores pareceres, informações, decisões ou
propostas, que, neste caso, serão parte integrante do ato.
 
§ 2º. Na solução de vários assuntos da mesma natureza, pode ser utilizado meio mecânico
que reproduza os fundamentos das decisões, desde que não prejudique direito ou garantia
dos interessados.
 
Este site foi desenvolvido com o construtor de sites .com. Crie seu site hoje. Comece já

§ 3º. A motivação das decisões de órgãos colegiados e comissões ou de decisões orais


constará da respectiva ata ou de termo escrito.
 
Art. 53. A Administração deve anular seus próprios atos, quando eivados de vício de
legalidade, e pode revogá-los por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os
direitos adquiridos.
 
Ainda, diz a Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, que regulamenta o art. 37, inciso XXI, da
Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá
outras providências, que:
 
Art. 3º.  A licitação  destina-se a garantir a observância do princípio constitucional da
isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a administração e a promoção do
desenvolvimento nacional sustentável e será processada e julgada em estrita conformidade
com os princípios básicos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da
publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, do
julgamento objetivo e dos que lhes são correlatos.
 
§  3º.  A licitação não será sigilosa, sendo públicos e acessíveis ao público os atos de seu
procedimento, salvo quanto ao conteúdo das propostas, até a respectiva abertura.
 
Nesta esteira, a Constituição Federal também determina que:
 
Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:
 
Portanto, não se trata apenas da observância a um princípio legal, mas sim a um princípio
constitucional que deve ser utilizado como parâmetro na interpretação de todas as leis.
 
Isto posto, se as suspensões em questão não forem devidamente motivadas e sua publicidade for
deficiente, penso que haverá possibilidade de pleitear do órgão licitante a indenização dos danos
devidamente comprovados, nos moldes do Código Civil que assim estabelece:
 
Art. 186. Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar
direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito.
 
Art. 187. Também comete ato ilícito o titular de um direito que, ao exercê-lo, excede
manifestamente os limites impostos pelo seu fim econômico ou social, pela boa-fé ou pelos
bons costumes.
(...)
Art. 927. Aquele que, por ato ilícito (arts. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a
repará-lo.
 
Por fim, repita-se, havendo prova de que as suspensões foram desnecessárias e imotivadas, creio no
cabimento de representações ao Tribunal de Contas e ao Ministério Público.
 
 
 

Tags: Licitações Lei nº 8.666/93

Share on Facebook Share on Twitter

Acórdão Atestado Atestado de Capacidade Técnica


Contratação Pública Contratos Contratos Públicos
Documentação Edital Habilitação Impugnação
Lei Complementar Lei nº 8.666/93 Licitações
Metrô SP Notícia Obras Públicas Prefeitura Pregoeiro
Preços Rescisão de Contratos SESI STJ Sistema S
Sobrepreço Subcontratação Sustentábilidade
Sustentáveis São Paulo TCE/SP TCU
Técnica e Preço

Siga

Entre em Contato Nome * Mensagem


Tel: (11) 9.8634-8135
antoniothur@gmail.com Email *

Assunto

© 2016 por Antonio Carlos. Orgulhosamente criado com Wix.com Enviar