Você está na página 1de 17

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO


COLÉGIO DE APLICAÇÃO

Planos de Ensino
Biologia/Ciências
2016

Organização
Direção de Ensino: Marina Guazzelli Soligo
Bolsista: Kelly de Borba
UNIVERSIDADEFEDERALDESANTACATARINA
CENTRODECIÊNCIASDAEDUCAÇÃO
COLÉGIODEAPLICAÇÃO

PLANO DE ENSINO
6° ANO
(ENSINO FUNDAMENTAL II)

DISCIPLINA: Ciência e Programa de Saúde


PROFESSORES: Alberto Vinicius Casimiro Onofre (Turma 6° Ano A, B e C)
ANO LETIVO: 2016
CARGA HORÁRIA: Quatro aulas semanais, sendo uma compartilhada com a disciplina de Química

NÚMERO DE AULAS PREVISTAS


 1º Trimestre: Turma A = 46 aulas; Turma B = 46 aulas; Turma C = 46 aulas.
 2º Trimestre: Turma A = 50 aulas; Turma B = 50 aulas; Turma C = 50 aulas.
 3º Trimestre: Turma A = 42 aulas; Turma B = 42 aulas; Turma C = 42 aulas.

1. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:


"Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando acerca dos fenômenos naturais, através dos hábitos de
observação, análise crítica e espírito de iniciativa, com vistas à sua formação integral e como forma de mediar o
conhecimento e a atuação crítica na sociedade, frente aos problemas biológicos da natureza".

2. OBJETIVO DA DISCIPLINA NA SÉRIE:


“Construir um conhecimento sobre meio ambiente e os seus recursos físicos. Formar cidadãos mais proativos e
conscientes com as questões ambientais”.

3. METODOLOGIA:
 Aulas expositivas e dialogadas
 Atividades individuais e em grupo
 Leitura dirigida de textos
 Exibição de vídeos e animações
 Viagens de estudo e visitas monitoradas

4. AVALIAÇÃO:
 Prova escrita
 Atividades
 Apresentação de trabalhos
 Relatórios de aula prática e das visitas monitoradas.
 Projetos
5. CONTEÚDO
1º UNIDADE:
 Conceitos básicos de ecologia: População, comunidade, ecossistema, hábitat e nicho ecológico.

 Cadeias alimentares e Teias alimentares

 Produtores - Fotossíntese e Respiração celular

 Características gerais dos grupos das Plantas: Briófitas, Pteridófitas, Gimnosperma e Angiospermas

2º UNIDADE:
 Decompositores

 Solo: Características e degradação

 Solo: Manejo adequado e doenças relacionadas

 Água: propriedades e ciclo da água

 Água: Utilidade, uso consciente e doenças veiculadas pela água

 Lixo: Classificação dos destinos finais e reaproveitamento

3º UNIDADE:
 Propriedades do ar

 Modificações na atmosfera e doenças veiculadas pelo ar.

 Consciência Ecológica

 Relações ecológicas entre os seres vivos

6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
CANTO, E.L. Ciências naturais: aprendendo com o cotidiano. 6°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2012.
CANTO, E.L. Ciências naturais: aprendendo com o cotidiano. 7°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2012.
FAVALLI, L.D.; PESSÔA, K.A.; ANGELO, E.A. Projeto Radix: Ciências. 6°Ano. 1ªed. São Paulo: Scipione, 2010.
GEWANDSZNAJDER, F. Ciências: o planeta Terra. 4ªed. São Paulo: editora ática, 2010.
GOWDAK, D.; MARTINS, E. Ciências novo pensar, edição renovada. 6°Ano. 1ªed. São Paulo: FTD, 2012.
GOWDAK, D.; MARTINS, E. Ciências novo pensar, edição renovada. 7°Ano. 1ªed. São Paulo: FTD, 2012.
PROJETO ARARIBÁ, Ciências. 6°Ano. 3ªed. São Paulo: Moderna, 2010.
PROJETO ARARIBÁ, Ciências. 7°Ano. 3ªed. São Paulo: Moderna, 2010.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO DE APLICAÇÃO

PLANO DE CURSO
7º ANO
(ENSINO FUNDAMENTAL II)

DISCIPLINA: Ciências e Programa de Saúde ANO LETIVO: 2016

PROFESSOR: Ana Paula Tridapalli de Almeida

CARGA HORÁRIA: Quatro aulas semanais NÚMERO DE AULAS PREVISTAS POR


TURMA
 1º Trimestre: Turma A = 44; Turma B =
48; Turma C = 48
 2º Trimestre: Turma A = 50; Turma B =
52; Turma C = 53
 3º Trimestre: Turma A = 48; Turma B =
48; Turma C = 49

1.OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

“Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando, através dos hábitos de observação, análise
crítica e espírito de iniciativa, com vistas à sua formação integral e como forma de mediar o conhecimento e a
atuação crítica na sociedade, frente aos problemas biológicos da natureza.”

2. OBJETIVO DA DISCIPLINA NA SÉRIE:

Apresentar aos educandos parte da biodiversidade existente em nosso planeta; Proporcionar aprendizages
sobre as diferenças entre os seres vivos a fim de que compreendam a classificação biológica; Refletir sobre os
processos pelas quais os seres vivos passam ao longo de seus ciclos vitais e sobre os processos de adaptação e
evolução das espécies; Refletir sobre as interações entre os seres vivos, incluindo o ser humano.

3. METODOLOGIA: 4. AVALIAÇÃO:
 Aulas expositivas e dialogadas  Prova escrita
 Atividades individuais e em grupo  Atividades de leitura complementar
 Leitura dirigida de textos  Apresentação de trabalhos
 Exibição de vídeos
 Aulas práticas no laboratório de Biologia
 Relatórios de aula prática e das visitas
monitoradas
 Projetos interdisciplinares
 Viagens de estudos  Tarefas e exercícios
 Projetos

5. CONTEÚDO POR TRIMESTRE:


1º TRIMESTRE:
 Reconhecendo um ser vivo.
 Características dos seres vivos.
 Biodiversidade e Classificação.
 A evolução dos seres vivos e as evidências da evolução.
 Teorias evolutivas.
 Os Vírus e a saúde do corpo.
 Reino Monera: características celulares, metabolismo,
representantes, doenças causadas por bactérias.
2º TRIMESTRE:
 Reino Protista: características celulares, metabolismo,
representantes, doenças causadas por protozoários.
 Reino Fungi: características celulares, metabolismo,
representantes, doenças causadas por fungos.
 Reino Animalia: características, diferenciação entre
vertebrados e invertebrados.
 Vertebrados I: peixes e anfíbios

3º TRIMESTRE:
 Vertebrados II: répteis, aves e mamíferos
 Invertebrados: poríferos, cnidários, platelmintos,
nematelmintos, anelídeos, moluscos, artrópodes,
equinodermos.

6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

BARROS, C.; PAULINO, W. Ciências: Os seres vivos. 7°Ano. 68ªed. São Paulo: Ática, 2011.
BIZZO, N. Novas bases da Biologia: Seres vivos e comunidades. Vol. 2, ensino médio. 1. ed. São Paulo:
Ática, 2011.
CANTO, E.L. Ciências Naturais: Aprendendo com o cotidiano. 7º Ano. 4. ed. São Paulo: Moderna, 2012.
GOWDAK, D.; MARTINS, E. Seres Vivos. 7º Ano. São Paulo: FTD, 2009 (Coleção ciências novo pensar).
GEWANDSZNAJDER, F. Ciências - A vida na Terra. 7º ano. São Paulo: Editora Ática, 2013.
PROJETO ARARIBÁ, Ciências. 7°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2014.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO DE APLICAÇÃO

PLANO DE CURSO

8º ANO
(ENSINO FUNDAMENTAL II)
DISCIPLINA: Ciências e Programa de Saúde ANO LETIVO: 2016

PROFESSOR: Ana Paula Tridapalli de Almeida e Giselle de


Souza Paula Pires.

CARGA HORÁRIA: Três aulas semanais NÚMERO DE AULAS PREVISTAS


 1º Trimestre: 36
 2º Trimestre: 42
 3º Trimestre: 42
1.OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:
"Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando, através dos hábitos de observação, análise crítica e espírito
de iniciativa, com vistas à sua formação integral e como forma de mediar o conhecimento e a atuação crítica na sociedade,
frente aos problemas biológicos da natureza".

2. OBJETIVO DA DISCIPLINA NA SÉRIE:


"Iniciar o estudo do corpo humano, possibilitando a identificação de seus diversos níveis de organização e funcionamento,
promovendo a compreensão da interação destes níveis, através do estudo das células, dos tecidos e dos sistemas".

3. METODOLOGIA: 4. AVALIAÇÃO:
 Aulas expositivas e dialogadas  Prova escrita
 Atividades individuais e em grupo  Atividades de leitura complementar
 Leitura dirigida de textos  Apresentação de trabalhos
 Exibição de vídeos  Relatórios de aula prática e das visitas
 Aulas práticas no laboratório de Biologia monitoradas.
 Visitas monitoradas aos Departamentos de Morfologia da  Tarefas e exercícios
UFSC
 Projetos
 Projetos interdisciplinares
 Viagens de estudo

5. CONTEÚDO POR TRIMESTRE:

1º TRIMESTRE:
 Níveis de Organização do Corpo Humano
 Células
 Tecidos
 Sistema Respiratório e Doenças
 Nutrição

2º TRIMESTRE:
 Sistema Digestório e Doenças
 Sistema Circulatório e Doenças
 Sistema ABO e Rh
 Sistema Imunológico
 Sistema Excretor e Doenças
3º TRIMESTRE:
 Locomoção: Ossos e Músculos
 Sistema Reprodutor e Doenças
 Sistema Endócrino e Nervoso

6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
BARROS, C.; PAULINO, W. Ciências: O Corpo Humano. 8º Ano. 67. ed. São Paulo: Ática, 2011.
BIZZO, N. Novas bases da Biologia: O ser humano e o futuro. Vol. 3, ensino médio. 1. ed. São Paulo: Ática, 2011.
CANTO, E.L. Ciências Naturais: Aprendendo com o cotidiano. 8º Ano. 4. ed. São Paulo: Moderna, 2012.
FAVALLI, L.D.; PESSÔA, K.A.; ANGELO, E.A. Projeto radix: Ciências. 8°Ano. 2ªed. São Paulo: Scipione, 2013.
GEWANDSZNAJDER, F. Ciências: o corpo humano. 4ªed. São Paulo: ed. Ática, 2010.
GOWDAK, D.; MARTINS, E. Corpo Humano. 8º Ano. São Paulo: FTD, 2009 (Coleção ciências novo pensar).
PROJETO ARARIBÁ, Ciências. 8°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2014.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO DE APLICAÇÃO

PLANO DE CURSO
9° ANO
(ENSINO FUNDAMENTAL II)

DISCIPLINA: Ciências e Programa de Saúde ANO LETIVO: 2016


PROFESSORES: Giselle de Souza Paula Pires MATRÍCULA SIAPE:
CARGA HORÁRIA: Três aulas semanais NÚMERO DE AULAS PREVISTAS
 1º Trimestre: 36 aulas
 2º Trimestre: 42 aulas
 3º Trimestre: 42 aulas
1 OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

"Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando, através dos hábitos de observação, análise crítica e
espírito de iniciativa, com vistas à sua formação integral e como forma de mediar o conhecimento e a atuação crítica na
sociedade, frente aos problemas biológicos da natureza".
2 OBJETIVO DA DISCIPLINA NA SÉRIE:
Compreender conceitos básicos da física e da química, valorizando as suas aplicações no cotidiano.
3 METODOLOGIA: 4 AVALIAÇÃO:
 Aulas Expositivas e dialogadas  Prova escrita
 Aulas Práticas em laboratório  Atividades individuais e em grupo
 Atividades individuais e em grupo  Apresentação de trabalhos
 Leitura dirigida de textos  Relatórios de aula prática e das visitas monitoradas
 Exibição de vídeos  Tarefas e exercícios
 Visitas monitoradas  Projetos de pesquisa
 Viagens de estudos  Produção de Ensaio escolar
 Projetos de pesquisa interdisciplinar  Produção de audiovisual

5 CONTEÚDO POR TRIMESTRE:

1º TRIMESTRE:
 Matéria e Energia;
 Propriedades da matéria: (corpo, massa e volume);
 Massa, força e aceleração da gravidade;
 Estados Físicos da matéria e suas propriedades;
 Formas, transformação , aproveitamento e conservação de energia;
 Velocidade e aceleração.
2º TRIMESTRE:
 Movimento e Forças (Leis de Newton)
 Gravitação Universal;
 Ondas
 Som e audição;
 Óptica e visão;
 Eletricidade e magnetismo.
3º TRIMESTRE
 Drogas: substâncias químicas e sistema nervoso;
 Estrutura e identificação do átomo;
 Elementos químicos e tabela periódica;
 Substâncias químicas e suas propriedades;
 Olfato e paladar
 Ligações químicas;
 Reações químicas.
6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
BARROS, C.; PAULINO, W. Ciências: Física e Química. 9°ano 4ª ed. São Paulo. Ática, 2010.
CANTO, E.L. Ciências naturais: aprendendo com o cotidiano. 9°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2012.
CANTO, E.L. Ciências naturais: aprendendo com o cotidiano. 8°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2012.
FAVALLI, L.D.; PESSÔA, K.A.; ANGELO, E.A. Projeto radix: Ciências. 8°Ano. 2ªed. São Paulo: Scipione, 2013.
FAVALLI, L.D.; PESSÔA, K.A.; ANGELO, E.A. Projeto radix: Ciências. 9°Ano. 2ªed. São Paulo: Scipione, 2013.
FONSECA. Martha Reis Marques da.Química: meio ambiente, cidadania, tecnologia. São Paulo: FTD, vol. 1, 2010.

GOWDAK, D.; MARTINS, E. Ciências novo pensar, edição renovada. 9°Ano. 1ªed. São Paulo: FTD, 2012.
GOWDAK, D.; MARTINS, E. Ciências novo pensar, edição renovada. 8°Ano. 1ªed. São Paulo: FTD, 2012.
PROJETO ARARIBÁ, Ciências. 6°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2014.
PROJETO ARARIBÁ, Ciências. 7°Ano. 4ªed. São Paulo: Moderna, 2014
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO DE APLICAÇÃO

PLANO DE ENSINO

DISCIPLINA: Biologia
SÉRIE: 1as A, B ,C e D – Ensino Médio
PROFESSORE: Ivan Brognoli
ANO LETIVO: 2016
CARGA HORÁRIA: AULAS SEMANAIS: 03
Nº DE AULAS PREVISTAS: 120
DESCONTO DE 10%: 12
TOTAL ANUAL: 108

1. OBJETIVO DO COLÉGIO:
" O Colégio de Aplicação propõe-se à transmissão, produção e apropriação crítica do conhecimento com o fim de
instrumentalizar a responsabilidade social e a afirmação histórica dos educandos."

2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO:


“Os conteúdos trabalhados e a metodologia de ensino visam a:
a) propiciar os conhecimentos necessários para instrumentalizar o educando na sua atuação, tornando-o crítico e
produtivo no processo de transformação no mundo e na consequente construção de uma sociedade justa, humanitária e
igualitária;
b) possibilitar ao educando a vivência de práticas democráticas concretas para que este possa desenvolver-se como
sujeito livre, consciente e responsável na construção coletiva de sua realidade histórica."

3. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

“Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando, através dos hábitos de observação, análise crítica e
espírito de iniciativa, com vistas à sua formação integral e como forma de mediar o conhecimento e a atuação crítica na
sociedade, frente aos problemas biológicos da natureza.”

4. OBJETIVO DA DISCIPLINA PARA A SÉRIE:

“Possibilitar o conhecimento da complexidade dos seres vivos através do estuda da célula, seus componentes e
funcionamento, promovendo a apropriação destes conteúdos, tendo em vista sua aplicação nas séries subsequentes”.

5. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

- Aulas expositivas e dialogadas.


- Atividades de laboratório.
- Leitura dirigida de textos.
- Exercícios individuais e/ou em grupo.
- Exibição de vídeos.
- Saídas de campo e/ou visitas monitoradas.
6. AVALIAÇÃO
- Prova escrita.
- Exercícios e relatórios de aula prática.
- Montagem de modelos pedagógicos explicativos.
- Seminários e exposição oral de trabalhos e/ou atividades

7. CONTEÚDO
UNIDADE I: Origem da vida na Terra
- Compostos orgânicos e inorgânicos
- Teoria da geração espontânea versus teoria da biogênese.
- As condições da terra primitiva.
- A teoria de Oparin e Haldane

UNIDADE II: Bioquímica celular


- Estrutura química dos seres vivos: água, sais minerais, carboidratos, lipídios, proteínas e vitaminas.
UNIDADE III: A célula, suas estruturas e o transporte através da membrana.
- A descoberta das células.
- Forma, tamanho, constituição e duração.
- Membranas celulares: parede celular, membrana plasmática.
- Especializações da membrana plasmática.
- Osmose, difusão simples, difusão facilitada, bomba de sódio e potássio.
- Fagocitose, pinocitose e clasmocitose.

UNIDADE IV: O citoplasma e o núcleo celular


- Citoplasma; matriz citoplasmática; organelas citoplasmáticas.
- Núcleo interfásico: características gerais, forma, função.
- Carioteca, nucleoplasma, nucléolo, cromatina, cromossomos.
UNIDADE V: A divisão celular
- Mitose e meiose.

8. OBJETIVO ESPECÍFICO
UNIDADE I: Origem da vida na Terra
01- Diferenciar compostos orgânicos de inorgânicos.
02- Reconhecer as principais teorias que explicam o surgimento da vida na terra.
UNIDADE II: Bioquímica celular
01- Identificar as principais substâncias encontradas nos seres vivos e suas funções.
UNIDADE III: A célula, suas estruturas e o transporte através da membrana.
01- Diferenciar os principais tipos de células, os tipos de envoltórios celulares bem como suas especializações e
conhecer os principais tipos de transporte de substâncias através da membrana plasmática.
UNIDADE IV: O citoplasma e o núcleo celular
01- Diferenciar as organelas citoplasmáticas, inter-relacionando forma e função.
02 - Estabelecer a importância do núcleo para a célula.
UNIDADE V: A divisão celular
01- Caracterizar os tipos de divisão celular.

9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
AMABIS, J.M. & MARTHO, G.R. BIOLOGIA. São Paulo:Editora Moderna,2010. V.1.
BIZZO, N. NOVAS. BASES DA BIOLOGIA. São Paulo: Ed. Ática, 2011.V.1.
BRUCE, Albert set al. FUNDAMENTOS DE BIOLOGIA CELULAR. Porto Alegre: Artmed, 2006.
CARVALHO, W. BIOLOGIA EM FOCO. São Paulo: Ed. Ftd, 1998.V.1.
CHAMPE, Pámela C. et al. BIOQUÍMICA ILUSTRADA. Porto Alegre: Artmed, 2006.
LINHARES, S. & GEWANDSZNAJDER, F. BIOLOGIA HOJE. São Paulo: Ed. Ática, 2011.V.1.
LOPES, S.& ROSSO, S. BIO. São Paulo: Ed. Saraiva, 2010.V 1.
PAULINO, W. R. BIOLOGIA ATUAL. São Paulo: Ed. Ática, 1996.V.1.
SOARES, J. L. BIOLOGIA NO TERCEIRO MILÊNIO. São Paulo: Ed. Scipione, 1998. V.1.
SANTOS, W. L. P. dos ET alli. QUÍMICA E SOCIEDADE. São Paulo: Ed. Nova Geração, 2005.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO DE APLICAÇÃO

PLANO DE ENSINO

PROFESSOR: LUCIO ELY RIBEIRO SILVÉRIO


TURMA: 2º A, B, C e D ENSINO MÉDIO
ANO LETIVO – 2016
CARGA HORÁRIA: 04 AULAS SEMANAIS
AULAS PREVISTAS/ANO: 160 AULAS
DESCONTO ANUAL (10%): 16 AULAS
TOTAL ANUAL: 144 AULAS

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA BIOLOGIA

 Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando acerca dos fenômenos naturais, por meio da alfabetização
científica e tecnológica e do hábito de observar e interpretar tais fenômenos, como forma de apropriação do conhecimento
biológico e de produção da capacidade crítica para a tomada de decisões na vida pessoal e no meio social.
OBJETIVOS DA DISCIPLINA PARA A SÉRIE

 Possibilitar o reconhecimento e o estabelecimento das relações evolutivas entre os diversos grupos de seres vivos.
 Destacar a importância da biodiversidade para a vida terrestre, caracterizando seus componentes e suas interações, assim
como os fatores que favorecem seu surgimento e aqueles que restringem sua perpetuação.
 Fomentar a reflexão critica quanto à inserção humana e seu papel no ambiente natural, desenvolvendo o respeito à vida
e o entendimento de que a sobrevivência da espécie humana está condicionada à sobrevivência de outras espécies.

LISTAGEM DE CONTEÚDOS - OBJETIVOS ESPECÍFICOS


PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS E AVALIATIVOS GERAIS
Biodiversidade seres vivos:
 Biodiversidade - como compreendê-la!
 Caracterização seres vivos e sua relação com o ambiente.
 A classificação geral dos seres vivos nos domínios e reinos biológicos: sistemas, critérios e polêmicas;

 Discutir os mecanismos de manutenção da biodiversidade e sua relação com a vida no planeta;


 Identificar características intrínsecas aos seres vivos;
 Compreender o significado e importância da classificação dos seres vivos e suas regras de nomenclatura;
 Reconhecer a diversidade dos seres vivos, a partir das diferenças entre seus Reinos de classificação.

 Aula expositiva dialogada.


 Caminhada de observação do meio ao redor do Colégio/Campus.
 Elaboração de relato fotográfico sobre a situação ambiental analisada, retratando um fenômeno biológico observado na
caminhada (avaliação).
 Vídeo sobre o assunto.

II – Vírus e monera:
 Seres estruturalmente simples: introdução à compreensão quanto à evolução molecular comparada.
 Características, estruturas moleculares e adaptações evolutivas.
 Viroses mais comuns: profilaxia e tratamento.
 As doenças bacterianas: profilaxia e tratamento.
 A importância ambiental dos seres do Reino monera e sua relação com os seres humanos.
 Caracterizar a estrutura biológica de vírus e seres do Reino monera.
 Reconhecer as relações estabelecidas entre os vírus e as bactérias com os demais seres vivos.
 Identificar as diferentes doenças causadas por vírus e bactérias e seus processos de profilaxia e tratamento.
 Reconhecer as interações biológicas entre seres unicelulares e seres humanos, considerando o contexto social e
ecológico.
 Estabelecer relação entre a ecologia de seres unicelulares e o seu emprego nos processos de biotecnologia e industriais.

 Aula expositiva dialogada.


 Leitura e interpretação de textos em grupo.
 Atividade experimental: construção de modelos pedagógicos de vírus e monera (avaliação).

III – Os protistas:
 Caracterização das estruturas de um protozoário típico (paramécio): o que é um protista?
 A controvertida taxonomia dos protistas.
 As algas: estruturas gerais e importância ambiental/econômica.
 Interações biológicas entre os protistas e o homem (doenças).
 Importância do grupo no equilíbrio dos ecossistemas naturais.

 Distinguir o nível de complexidade estrutural e molecular dos protistas em relação aos seres do Reino monera.
 Conhecer aspectos polêmicos da taxonomia dos seres vivos; a classificação dos protistas.
 Compreender o papel e a importância do grupo no equilíbrio ambiental e como indicadores biológicos de estagnação
do meio.

 Aula expositiva dialogada.


 Leitura e interpretação de textos.
 Vídeo didático sobre o assunto.
 Atividade experimental: observação laboratorial de seres unicelulares eucariontes (protozoários e algas) de águas
coletadas no meio (avaliação de relatório).
 Prova escrita - comparativa de vírus, monera e protistas.

IV – Os fungos:
 As diferenças estruturais e adaptativas no grupo dos fungos: o que é um fungo?
 Interações biológicas entre alguns fungos e o homem (micoses).
 Importância dos fungos unicelulares e pluricelulares nos ecossistemas naturais (líquens, micorrizos e decompositores)
e na indústria (alimentos e farmacêutica).
 Características e importância dos liquens como indicadores biológicos.

 Diferenciar a organização estrutural dos fungos unicelulares e pluricelulares dos seres vivos anteriores.
 Entender o modo como vivem os fungos e como se associam a outros seres.
 Estabelecer seu papel ambiental e seu aproveitamento industrial.

 Aula expositiva dialogada.


 Leitura e interpretação de textos.
 Vídeo didático.
 Atividade experimental: observação de fungos unicelulares e pluricelulares do ambiente natural e cultivo em meio de
cultura de esporos em diferentes ambientes (relatório de avaliação).

V – As plantas:
 Caracterização e classificação geral dos diversos grupos vegetais: o que é um vegetal?
 Aspectos evolutivos gerais e classificação dos grupos vegetais.
 Aspectos gerais da morfologia dos vegetais superiores (raiz, caule, folhas e flores em gimnospermas e angiospermas).
 Aspectos gerais da fisiologia dos vegetais superiores (fotossíntese, respiração, transpiração/gutação e crescimento).
 As plantas e o meio em que vivem: adaptações de sobrevivência.

 Observar a diversidade de grupos de plantas e sua relação com o meio ambiente.


 Estabelecer a relação evolutiva dos diversos grupos vegetais.
 Compreender as especializações da célula vegetal como a unidade básica das plantas.
 Caracterizar aspectos gerais da morfologia dos vegetais superiores (raiz, caule, folhas e flores).
 Caracterizar aspectos gerais da fisiologia dos vegetais superiores (fotossíntese, respiração, transpiração, crescimento e
reprodução).
 Identificar e citar exemplos de cada uma das divisões que compõe o reino vegetal.
 Perceber a importância ecológica e social dos ecossistemas vegetais para a vida no planeta.

 Aula expositiva dialogada.


 Leitura e interpretação de textos.
 Vídeo didático sobre o assunto.
 Atividade experimental: observação dos diversos grupos vegetais no ambiente natural e descrição de suas adaptações
ao meio.
 Atividade experimental: observação de aspectos anatômicos macroscópicos e microscópicos de uma flor completa, de
estruturas da folha e do caule de certos grupos vegetais (relatório de avaliação).
 Prova escrita.
 Desenvolvimento júri simulado sobre a emissão de CO2 no planeta, o clima e a exploração das matas e florestas.

VI – Os animais:
 Caracterização e diversidade no reino animal: o que é um animal?
 Aspectos evolutivos gerais e classificação dos grupos animais.
 Adaptações evolutivas: anatômicas, fisiológicas e ambientais dos diversos filos animais.
 O ser humano e sua fisiologia animal - aspectos gerais da anatomia e fisiologia humana.

 Observar a diversidade de grupos animais e sua relação com o meio ambiente.


 Entender a classificação zoológica sob o enfoque evolutivo.
 Compreender as diferentes características estruturais, adaptativas e evolutivas dos diferentes grupos animais.
 Caracterizar a evolução dos diversos sistemas orgânicos dos filos animais.
 Compreender o funcionamento dos sistemas orgânicos nos seres humanos e sua relação com o metabolismo e sua
sobrevivência em diferentes ambientes.

 Aula expositiva dialogada.


 Leitura e interpretação de textos.
 Vídeo sobre o assunto.
 Atividade experimental: observação de aspectos anatômicos e fisiológicos de invertebrados e vertebrados (relatório de
avaliação).
 Prova escrita.

VII – Anatomia e fisiologia humana:


 Saúde e bem estar humana.
 Homeostase: equilíbrio entre saúde.
 Mecanismos homeostáticos.

 Caracterizar os diversos aspectos relacionados à saúde humana e ambiental.


 Caracterizar os aspectos sociais e ambientais do fenômeno saúde e bem estar.
 Estabelecer e compreender os mecanismos homeostáticos que regulam e coordenam o funcionamento do corpo
humano.
 Identificar diferentes doenças que afetam seres humanos e seus tratamentos/prevenção.
 Anatomia e fisiologia da integração de diversos sistemas/órgãos do corpo humano: locomoção, digestão e respiração;
circulação, mecanismos de defesa e excreção; coordenação e regulação nervosa.

 Aula expositiva dialogada.


 Leitura e interpretação de textos.
 Vídeo sobre o assunto.
 Júri simulado – os mecanismos homeostáticos e sua relação com as atividades sociais de nossa vida (avaliação).
 Construção de cartazes sobre o tema, relacionando saúde – doença – homeostase.
 Prova escrita.
VII - ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA:
Saúde e bem estar:
Caracterizar os diversos aspectos relacionados à saúde humana e ambiental.
Caracterizar os aspectos sociais e ambientais do fenômeno saúde e bem estar.
Aula expositiva dialogada.
Leitura e interpretação de textos.
Vídeo sobre o assunto.
Atividade experimental - visita orientada ao museu anatomia/fisiologia CCB (relatório de avaliação).
Prova escrita.
Saúde X Doença (homeostase):
Identificar as diferentes doenças que afetam seres humanos.
Identificar as diferentes formas de prevenção e/ou tratamento das doenças humanas.
Anatomia e fisiologia dos diversos sistemas do corpo humano:
Sustentação, digestão e respiração;
Circulação, mecanismos de defesa, excreção;
Coordenação e regulação.
Caracterizar o funcionamento dos diversos órgãos e sistemas do corpo humano e sua relação com os aspectos sociais e
econômicos.

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
BRÜCKELMANN, R. H.(org). Conexões com a Biologia. V.2. Moderna: 2013. (livro didático turma)
AMABIS, J.M.; MARTHO, G.R. Biologia dos Organismos. V2. Moderna: 2005.
BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias.
Brasília: MEC/SEB, 2008.
BIZZO, N. Ciências Biológicas. In: DPEM/SEB/MEC. Orientações Curriculares do Ensino Médio. Brasília: MEC/SEB,
2004.
BARNES, R.D. Zoologia dos Invertebrados. São Paulo: Roca, 1984.
LOPES, S.; ROSSO, S. Biologia. São Paulo: Saraiva, 2005.
MARGULIS, L.; SCHWARTZ, K.V. Cinco reinos: um guia ilustrado dos filos da vida na Terra. Rio de Janeiro:
Guanabara Koogan, 2001.
MARTHO, G. Pequenos Seres Vivos. São Paulo: Ática, 1990.
MORANDINI, C. Atlas de botânica. São Paulo: Nobel, 1981.
SCHIMIDT-NIELSEN, K. Fisiologia animal. São Paulo: Edgard blücher, 1986.
SILVA JÚNIOR, C.; SEZAR S. Biologia. São Paulo: Saraiva, 2005.
SOBREIRA, A. et. col. Técnicas Gerais de Laboratório. Campinas: Edart, 1985.
STORER, T.I. et. col. Zoologia Geral. Rio de Janeiro: Companhia Editora Nacional, 1991.
THOMAS-DOMÉNECH, J.M. Atlas de Botânica. São Paulo: Ibero-Americana, 1985.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO
COLÉGIO DE APLICAÇÃO

PLANO DE ENSINO

DISCIPLINA: Biologia e Programa de Saúde


PROFESSORES: Alberto Vinicius Casimiro Onofre (Turma 3° Ano C)
Marcos Vinícius Mocellin Ferraro (Turmas 3° Ano A e B)
ANO LETIVO: 2016
CARGA HORÁRIA: Quatro aulas semanais, sendo uma compartilhada com a disciplina de Química
NÚMERO DE AULAS PREVISTAS
 1º Trimestre: Turma A = 50 aulas; Turma B = 50 aulas; Turma C = 48 aulas.
 2º Trimestre: Turma A = 56 aulas; Turma B = 56 aulas; Turma C = 52 aulas.
 3º Trimestre: Turma A = 44 aulas; Turma B = 44 aulas; Turma C = 48 aulas.

1. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:


"Despertar o interesse e a curiosidade científica do educando acerca dos fenômenos naturais, através dos hábitos de
observação, análise crítica e espírito de iniciativa, com vistas à sua formação integral e como forma de mediar o
conhecimento e a atuação crítica na sociedade, frente aos problemas biológicos da natureza".

2. OBJETIVO DA DISCIPLINA NA SÉRIE:


“Possibilitar ao aluno a apropriação do conhecimento sobre hereditariedade, os processos evolutivos e as relações
ecológicas entre os seres vivos, responsáveis pela manutenção e continuidade da vida”.

3. METODOLOGIA:
 Aulas expositivas e dialogadas
 Atividades individuais e em grupo
 Leitura dirigida de textos
 Exibição de vídeos e animações
 Viagens de estudo e visitas monitoradas

4. AVALIAÇÃO:
 Prova escrita
 Atividades
 Apresentação de trabalhos
 Relatórios de aula prática e das visitas monitoradas.
 Projetos
5. CONTEÚDO
1º UNIDADE (REVISÃO):
 Estrutura dos ácidos nucleicos: DNA e RNA;
 Processos moleculares: Duplicação, transcrição e tradução;
 Estrutura dos cromossomos e divisão celular;
 Alterações cromossômicas humanas.
2º UNIDADE (GENÉTICA):
 Noções de probabilidade
 Termos básicos da genética
 Primeira lei de Mendel
 A relação meiose-primeira lei de Mendel
 Genealogias e Heredogramas
 Ausência de dominância
 Alelos múltiplos ou polialelia
 Segunda lei de Mendel
 A relação meiose-segunda lei de Mendel
 A herança dos grupos sanguíneos humanos;
 Pleiotropia, interação gênica e herança quantitativa;
 Genes ligados e mapeamento genético;
 Sistemas de determinação do sexo;
 Engenharia genética
3º UNIDADE (EVOLUÇÃO):
 O pensamento evolutivo e as teorias da evolução;
 Evidências evolutivas;
 A genética de populações e os processos evolutivos;
 Evolução humana
4º UNIDADE (ECOLOGIA):
 Conceitos básicos de Ecologia;
 Fluxo de energia no ecossistema
 Ciclos biogeoquímicos;
 Estudo de populações;
 Relações entre os seres vivos;
 Sucessão ecológica e Biomas;
 Consequências da interferência humana do ambiente.
 Desenvolvimento sustentável

6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
BRÖCKELMANN, R.H. Conexões com a Biologia. 1ªed. São Paulo: Moderna, 2013.
AMABIS, J.M.; MARTHO, G.R. Biologia em contexto. 1ªed. São Paulo: Moderna, 2013.
LINHARES, S.; GEWANDSZNAJDER, F. Biologia hoje. 2ªed. São Paulo: Ática, 2013.
LOPES. S.; ROSSO, S. Bio. 1ªed. São Paulo: Saraiva, 2010.
BIZZO, H. Novas bases da Biologia. 1ªed. São Paulo: Ática, 2010.
OSORIO, T.C. Ser protagonista: Biologia. 2ªed. São Paulo: SM, 2013.