Você está na página 1de 23
2 GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL MENSAGEM no 3/2 /2019-GAG Brasilia, £8 de nssverd Ye 2019. Excelentissimo Senhor Presidente da Camara Legislativa, Dirijo-me a Vossa Exceléncia e aos demais Deputados Distritais para submeter & apreciagéo dessa Casa o anexo Projeto de Lei que “Cria o Instituto de Pesquisa e Estatistica do Distrito Federal - IPEDF e dé outras providéncias”. A justificagao para a apreciacio do Projeto ora proposto encontra-se na Exposic&o de Motivos do Senhor Secretario de Estado de Economia do Distrito Federal. Dado que a matéria necesita de apreciacéio com relativa brevidade, solicito, com base no art. 73 da Lei Organica do Distrito Federal, que a presente Proposicdo seja apreciada em regime de urgéncia. A Sua Exceléncia 0 Senhor Deputado RAFAEL PRUDENTE Presidente da Camara Legislativa do Distrito Federal NESTA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL PROJETO DE LEI N° , DE 2019 (Autoria: Poder Executivo) Cria 0 Instituto de Pesquisa e Estatistica do Distrito Federal - IPEDF e da outras providéncias. A CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL decreta: Art. 1° Fica criado, sob a forma de autarquia, o Instituto de Pesquisa e Estatistica do Distrito Federal — IPEDF, pessoa juridica de direito piiblico, com autonomia administrativa e financeira, vinculado Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal. Paragrafo Unico. 0 IPEDF tem sede e foro no Distrito Federal e duracao por tempo indeterminado. Art, 2°0 IPEDF tem como objetivo promover e disseminar informacées sociais, econémicas, cartograficas, demograficas, georreferenciadas, geograficas, urbanas, rurais, regionais e ambientais para o Distrito Federal e prestar suporte na formulagéo, acompanhamento, monitoramento e avaliacdo de politicas publicas. Pardgrafo Unico. Para 0 cumprimento de sua finalidade, 0 IPEDF configura-se como Instituigao Cientifica, Tecnoldgica e de Inovacao - ICT, nos termos da Lei n° 6.140, de 3 de maio de 2018, cabendo-Ihe 0 desenvolvimento de pesquisas basicas ou aplicadas, de cardter cientifico e tecnolégico, e o desenvolvimento de novos produtos, servigos ou processos destinados a tecnologias de gest&o que aumentem a eficacia e a qualidade dos servicos prestados pelo Distrito Federal aos cidadaos. Art, 3° Compete ao IPEDF: 1—desenvolver e disseminar estudos e pesquisas aplicadas; I - produzir e organizar informagées sociais, econémicas e ambientais sobre 0 territdrio do Distrito Federal e da Regio Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno — RIDE; Ill - subsidiar a formulagdo, acompanhamento e avaliagdo de planos, politicas e programas governamentais; IV - gerir e executar o Sistema de InformacGes Estatisticas do Distrito Federal ~ SIEDF; IV ~ participar da Infraestrutura de Dados Espaciais do Distrito Federal; V — integrar 0 Sistema de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal — SISPLAN e oferecer subsidios e apoio ao Sistema de Informagao Territorial e Urbano do Distrito Federal — SITURB; VI — propor eixos estruturantes de desenvolvimento do Distrito Federal, conforme Plano Estratégico do Distrito Federal; <\ GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL VII — participar da anédlise periddica de resultados pactuados no Plano Estratégico do Distrito Federal e, especificamente, a andlise de conjuntura de cenarios e de indicadores estratégicos, conforme dispuser a legislacéo; VIII ~ fomentar e incentivar a pesquisa socioeconémica aplicada e 0 estudo das politicas piblicas e de organizagies publicas, visando a0 desenvolvimento sustentavel do Distrito Federal, da Regido Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno ~ RIDE e de outras areas de influéncia do territdrio distrital; IX — cooperar com governos e entidades municipais, estaduais, nacionais e internacionais, conforme Piano Estratégico do Distrito Federal; X — realizar intercémbio com entidades de ensino € pesquisa, nacionais e internacionais, interessadas em assuntos econdmicos, ambientais e sociais; XI — representar, conforme delegac&o, 0 Distrito Federal perante os organismos relacionados & gestéo de informagées sociais, socioeconémicas, ambientais, territoriais e governamentais em assuntos que Ihe competem; XII ~ expedir normas para 0 desempenho das competéncias; XIII - elaborar proposta orgamentéria e administrar receitas e despesas; XIV ~ celebrar convénios e contratos com drgdos e entidades; e XV — administrar os recursos humanos, materiais e financeiros da incumbéncia ou propriedade da instituicéo. Pardgrafo Unico. O IPEDF pode exercer, ainda, outras competéncias atribuidas por legislacao especifica ou delegada. Art, 4° O IPEDF busca promover por meio de sua atuacio: I= uso do conhecimento cientifico na gestio de politicas piiblicas; II - desenvolvimento econémico sustentavel do Distrito Federal e da RIDE, com a reduc&o da pobreza e das desiqualdades socials, ambientais e territoriais; III ~ participago da sociedade civil nos planos e nas politicas econémicas € sociais de institulc6es que colaborem com o planejamento governamental; IV ~ integrago da Regio Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno ~ RIDE aos estudos e projetos; V - desenvolvimento social e responsabilidade ambiental; VI - eficiéncia na implementagao das politicas piblicas e no emprego dos recursos ptiblicos. Art. 5° O IPEDF dispde da seguinte estrutura organizacional: I- Presidéncia; II - Diretoria de Desenvolvimento Institucional; II] - Diretoria de Estudos e Politicas Ambientais e Territoriais; IV - Diretoria de Estudos e Politicas Socials; e a GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL V - Diretoria de Estatistica e Pesquisas Socioeconémicas. Parégrafo unico. A competéncia das unidades administrativas deve ser definida no Regimento Interno do IPEDF. Art. 6° Constituem patriménio do IPEDF os bens e direitos de sua propriedade e os que Ihe forem conferidos ou que venha a adquirir ou incorporar, inclusive sistemas e banco de dados. Art. 7° Constituem receitas do IPEDF: 1- dotagdes orgamentarias consignadas no orgamento do Distrito Federal; I - receitas provenientes de convénios, acordos e servicos prestados a érgdos e entidades; III - saldos de exercicios anteriores, observado o cisposto na legistacaio espectfica; IV - outras receltas que auferir. Art. 8° As atividades do Instituto seréo desempenhadas por servidores da carreira de Politicas Publicas e Gestéo Governamental, observada a legislacsio vigente. Art. 9° A Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN entrara em processo de liquidac3o na data de publicacéio desta Lei. § 1° O Poder Executivo deve transferir para 0 IPEDF o acervo técnico e Patrimonial da CODEPLAN necessarios a implantacao e funcionamento da autarquia. § 2° O IPEDF deve substituir a CODEPLAN na composiggo de conselhos, comissdes, grupos de trabalho e demais érados colegiados. Art. 20. A Procuradoria-Geral do Distrito Federal deve providenciar a substituicgo processual da CODEPLAN nas causas judiciais em que a empresa seja autora, ré, assistente, opoente ou terceira interessada. Pardgrafo tinico. O Distrito Federal sucede a CODEPLAN nos direitos e nas obrigagdes decorrentes das causas judiciais mencionadas no caput. Art. 13. Ficam extintos os empregos em comisséo e fungées gratificadas, bem como © conselho fiscal e 0 conselho de administrac3o, constante no Anexo I desta Lei. Art. 12. Ficam criados, sem aumento de despesas, os empregos em comissdo os conselhos fiscal e de administracéio destinados a liquidagaio da CODEPLAN, nos ‘termos do Anexo II desta Lei, Art. 13. Ficam criados, sem aumento de despesas, os cargos de natureza especial e comisséo destinados ao IPEDF, nos termos do Anexo III desta Lei. Art. 14. Compete ao Liquidante da CODEPLAN, entre outras atribuicdes legais: a GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL I - apresentar 4 Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal, no prazo de até 30 dias, contado da sua nomeacao previséio de recursos financeiros e orcamentdrios para cumprir as metas estabelecidas e, a cada dois meses, relatério de andamento dos trabalhos; II - constituir equipe para assessoré-lo no desempenho de suas atribuicdes, mediante a contratac&o de profissionais que detenham conhecimentos especificos necessdrios, observado 0 art. 12 desta Lei; Ill - utilizar a razéo social da CODEPLAN, seguida da expresso “em liquidago”, em todos os atos e operacdes; IV - prestar contas de seus atos a assembleia geral. V — promover Programas de Desligamento Voluntério - PDV, observadas as normas vigentes. Art. 15, As despesas referentes a liquidaco séo de responsabilidade da CODEPLAN e, subsidiariamente, do Distrito Federal. Pardgrafo Unico. Fica a Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal autorizada a colocar a disposic’o do liquidante recursos oriundos de dotagées orgamentarias consignadas em lei, com a finalidade de adimplir as despesas com a liquidaco, inclusive 0 pagamento de pessoal, e outras obrigagdes da CODEPLAN decorrentes de norma legal, ato administrativo, deciso judicial transitada em julgado ‘ou contrato. Art. 16. Os empregados da tabela de emprego permanente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN em liquidacao sero administrados pelo liquidante, vedado novos provimentos. Pardgrafo Unico. Fica vedada a extinco da empresa publica sem que fique garantido pelo Governo do Distrito Federal os vinculos contratuais jé existentes. Art, 17. Os empregados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN em liquidacio sero colocados & disposico no IPEDF e, mediante opcSo do empregado € no interesse da Administracéo Publica, nos demais érgéos e entidades do Governo do Distrito Federal. Art. 18.0 IPEDF deve manter a escrituracdo contabil e fiscal em livros préprios, revestidos das formalidades legais e capazes de assegurar a sua exatidao. Art. 19. O IPEDF goza de isencSo de impostos federais, estaduais, distritais e municipais em rela ao patriménio, & renda e aos servigos vinculados @ suas finalidades essenciais ou delas decorrentes, Art, 20, 0 IPEDF deve encaminhar aos érgaos competentes a documentacSo para registro e funcionamento. Art. 21. A Secretaria de Estado de Economia do Distrito Federal deve prestar © apoio & implementac3o e & manutencdo das atividades do IPEDF até a sua completa organizacéo. < GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL Art, 22.0 Poder Executivo disporé sobre a estrutura da CODEPLAN em liquidaco e do IPEDF no prazo de 60 dias, contado da data de publicacdo desta Lei. Art, 23. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicagao. v GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ANEXO I EXTINCAO EMPREGOS EM COMISSAO E FUNCOES GRATIFICADAS DA COMPANHIA DE PLANEJAMENTO DO DISTRITO FEDERAL - CODEPLAN Simbolos Quantidade | Presidente TS 1 vitor = | a ECS-01 l - - 1 ECOL , 18 eo 0000 7 gco3 a 35 | reo - FG-02 7 13 - -_ F603 me [ FG-04 2 | EXTINGKO DO CONSELHO FISCAL E DO CONSELHO DE ADMINISTRAGAO DA COMPANHIA DE PLANEJAMENTO DO DISTRITO FEDERAL — CODEPLAN jor Mensal (R$). ‘consetho | Quan c ade ve Fiscal | 5 | 2.792,10 Aéministragéo | | 2.792,10 | GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ANEXO IE CRIACAO DE EMPREGOS EM COMISSAO NA COMPANHIA DE. PLANEJAMENTO DO DISTRITO FEDERAL — CODEPLAN — Em Liquidacéo Quantidade Valor Mensal Emprego | (Rs) | Liguidante ECOL 1 10.351,54 | "Chefe de Pessoal EC-02 1 [ 6.506,35 “Assistente ° Assistente Financeiro | | | | Administrativo EC-03 | 1 4.684,66 EC-03 Assistente Juridico EC-03 CRIACAO DO CONSELHO FISCAL E DO CONSELHO DE ADMINISTRACAO. DA COMPANHIA DE PLANEJAMENTO DO DISTRITO FEDERAL - CODEPLAN — Em Liquidaggo 7 Valor Mensal Conselho | Quantidade (R$) Administragéo GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ANEXO IIT CRIACAO DE CARGOS DE NATUREZA ESPECIAL E EM COMISSAO NO INSTITUTO DE PESQUISA E ESTATISTICA DO DISTRITO FEDERAL — IPEDF | ARGOS | —— Simbotos, «=| == Quantidade en -03 : 1 - nee | | 2evi2019 [SENIGDF - 29772572 - Exposigso de Motivos GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL codpalan COMPANHIA DE PLANEJAMENTO DO DISTRITO FEDERAL COUP BE ALRELE TD I STO Exposigo de Motivos SEI-GDF n.° 6/2019 - CODEPLAN/PRESI/PROJUR Brasilia-DF, 11 de outubro de 2019 Excelentissimo Senhor Governador, Submeto a apreciacdo de Vossa Exceléncia Exposi¢ao de Motivos € 0 Projeto de Lei, anexo, que objetiva alterar 0 modelo institucional da Companhia de Planejamento do Distrito Federal — CODEPLAN, empresa ptiblica que entrard em liquidago, por meio da criac&o do Instituto de Pesquisa e Estatistica do Distrito Federal - IPEDF, sob a forma de autarquia, com 0 objetivo de promover e disseminar Informages sociais, econdmicas, cartograficas, demograficas, georreferenciadas, geogréficas, urbanas, turais, regionais e ambientais para o Estado e realizar o acompanhamento, monitoramento e avaliacio das politicas ptiblicas desenvolvidas por esse governo. Destaca-se que a Exposico de Motivos foi juntada aos autos em arquivo no formato .pdf (doc. 29776724), considerando que o sistema SEI no é compativel com os gréficos e tabelas constantes no referido documento. Ante esses breves esclarecimentos, submeto 8 apreciacio de Vossa Exceléncia, oportunidade em que renovo meus protestos de estima e consideracao. {assinado eletronicamente) JEANSLEY LIMA, Presidente Documento assinado eletronicamente por JEANSLEY CHARLES DE LIMA - Matr.0003645-5, Presidente da Companhia de Planojamento do Distrito Federal, em 11/10/2019, as 16:49, conforme art. 6° do Decreto n° 36.756, de 16 de setembro de 2015, publicado no Disrio Oficial do Distrito Federal n® 180, quinta-feira, 17 de setembro de 2015. A autenticidade do documento pode ser conferida no site: httpi//sei.df.gov.br/sei/controlador_externo.php? acag=documento_conferir&id_orgao_acesso_externo=0 verificador= 29772672 cédigo CRC= 76FD67B9. "Bra Patriménio Cultural da Humanidade" Setor de Administrago Municipal-SAM, Bloco H- Bsirro Asa Norte - CEP 70620-080- DF 3342-2003 (00121-00001937/2019-73 Doc. SEVGDF 29772872 hipadlisel étovbiselcartrclador php2acz0=documento imprimir webSacao.origemearvore.visualizarBid_documento-351023108inira siste.. 1/9 fceadonlar j foLeonien . cpus rato osreb a EXPOSIGAO DE MOTIVOS N° 06/2019 Excelentissimo Senhor Governador, Submeto a apreciagdo de Vossa Exceléncia 0 Projeto de Lei, anexo, que objetiva alterar 0 modelo institucional da Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN, ‘empresa piblica, por melo da criagao do Instituto de Pesquisa e Estatistica do Distrito Federal - IPEDF, sob a forma de autarquia, com o objetivo de promover e disseminar informagdes sociais, econdmicas, cartogréficas, demograficas, georreferencadas, geogréficas, urbanas, rurais, regionais e ambientais para o Estado e realizar 0 acompanhamento, monitoramento e avaliagéo das politicas piblicas desenvolvidas por esse governo. Criada em 1964, inicialmente com a denominacéo de Companhia do Desenvolvimento do Planalto Central, a CODEPLAN foi responsavel pelo processamento de dados de todo o Governo do Distrito Federal. Em 1999, sua atuagdo prioritaria foi na rea de tecnologia da informagao. Em 2007, voltou a gerir as agdes de produgao de dados socioecondmicos sobre o Distrito Federal, bem como o Sistema de Informagées Estatisticas do DF — SIEDF. Atualmente denominada Companhia de Planejamento do Distrito Federal, a Codeplan ¢ uma empresa publica de direito privado, integrante da administragao indireta do Distrito Federal, vinculada a Secretaria de Estado de Economia, sendo os seus objetivos estabelecidos no art. 3° do seu Estatuto Social: “Realizar @ promover pesquisas @ estudos econémicos, sociais, demograficos, cartogréficos, georreferenciados, urbanos @ ambientais para subsidiar 0 governo do Distrito Federal na Tormulagao de polltica piblicas, do planejamento governamental, do programas para o desenvolvimento do Distrito Federal, da Regio Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno — RIDE ¢ de outras reas de influéncia do territério distrital," Sem atividade econémica, o papel que a Codeplan vem desempenhando no contexto governamental é similar as de autarquias ou fundagdes publicas federais, tals como 0 Instituto de Pesquisa Economica Aplicada (Ipea), 0 Instituto Brasileiro de Geografia ¢ Estatistica (IBGE) e instituigdes estaduais de pesquisa. Suas atividades sao de intoresse de Estado, definidas trés dreas técnicas (finalisticas) de atuagao: i. Estudos e pesquisas sobre as condigées de vida da populagao © as politicas sociais; ii, Estudos e pesquisas demograficas e socioeconémicas; ii, Estudos e pesquisas urbanas e ambientais. fradecodlan i oases Bo sen oe ‘Ao relomar sua missdo de produgao e disseminagdo de informagées, a Codeplan passou a produzir dados referenciais para o Governo do Distrito Federal e para a sociedade civil, tais como, séries econémicas (Pesquisa de Emprego e Desemprego - PED, Produto interno Bruto - PIB, Indice de Desempenho Econémico do Distrito Federal - IDECON), estudos sociodemograficos (Pesquisa Distrital por Amostra de Domicilios — PDAD e Pesquisa Metropolitana por Amostra de Domicilio - PMAD), andlises sociais tematicas (recortes de género, raga, geracionais), estabelecendo parcerias com importantes drgaos de pesquisa nacionais e internacionais (Organizagao das Nagdes Unidas - ONU, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica - IBGE, Instituto de Pesquisa Econémica Aplicada ~IPEA, Departamento Intersindical de Estatistica e Estudos -DIEESE) © secretarias de estado. © seu modelo de empresa publica, sem atividade econémica, totalmente dependente de recursos do Tesouro do Distrito Federal e com atividades e finalidades tipicas do Estado tem gerado uma instabilidade institucional, em virtude da facilidade de mudangas da missdo da empresa, por meio de alteragao do estatuto ou regimento. Nos tltimos anos, a empresa jd exerceu fungdes de empresa de informatica, de cartografia, de processamento de dados e de pesquisa. Diante desse cenario, importante anotar que, desde 2004, o Tribunal de Contas do Distrito Federal - TCDF vem apontando para a necessidade de alteracao da natureza juridica da Companhia, tendo em vista o crescimento dos repasses do Tesouro Distrital, aliado 4 auséncia de receitas operacionais (anexo |), Outro fator importante @ ser considerado, diz respeito & implementacdo dos ditames advindos da Lei n® 13.303/2016 ~ Lei das Estatais, que impoem novas praticas de governanga que acabam por acrescer os custos da gesto da Companhia, Nesse contexto, considera-se que a alteragdo do modelo institucional, em médio e longo prazo, podera gerar vantagens tributdrias, processuais e trabalhistas ao Distrito Federal, No que tange as vantagens tributarias, constata-se que as empresas ptiblicas tém obrigagao dos seguintes tributos: PIS/PASEP, COFINS, CLSS e IR sobre lucro, De acordo com o regulamento do Imposto de Renda, as empresas tém obrigago de recolher os citados tributos, A COFINS ¢ 0 PIS/PASEP tém como fato gerador © faturamento da Companhia, nas aliquotas de 7,65% e 1,65%, respectivamente, 0 IRe a CSLL, remontam as aliquotas de 15% e 9%, respectivamente, ocorrendo somente quando a Empresa tem lucro real. Verifica-se que esses tributos podem ocorrer ou nao, contudo a obrigagao legal existe. No caso das autarquias a obrigacao legal de tributos se resume ao PASEP, sobre a folha de pagamentt, na aliquota de 1% (um por cenio). Nesse diapaséo, constata-se, ainda, que as empresas possuem a obrigagao de apresentacéo_das seguintes Declaragées: DCTF; REINF; E-SOCIAL; EFC — Contribuigées; ECD — Escrituragao contabil Digital; ECF — Escriturago Contabil e Fiscal; e Livro Eletrénico ~ SEFP. Ja as autarquias estao desobrigadas das 03 (Irés) primeiras. coadeodian conus oe ence ro sta ee Quanto as questées processuais, a quantidade de agdes judiciais descritas a seguir refere-se processos em tramitagao, com indicagao da possibilidade de perda. Observa-se que a maioria das agdes sao de Ambito trabalhista, referentes ao regime de trabalho da Companhia, Celetista ¢ 0 Acordo Coletivo de Trabalho, sendo que 0 maior volume de recursos, R$ 8.766.120,00 (cito milhdes, setecentos e sessenta e seis mil, cento € vinte reais), estd classificado como possivel ou provavel perda. No que se refere a forga de trabalho, a Companhia conta, atualmente, com 384 (trezentos e citenta e quatro) empregados no seu quadro de pessoal, dos quais 165 (cento e cinquenta e nove) encontram-se cedidos para outros érgaos publicos, © outros 19 (dezenove) aposentados por invalidez, por motivos de satide, dispondo, assim, de 200 (duzentos) empregados da Tabela de Emprego Permanente - TEP para desenvolver suas atividades. Quantidade de Empregados e salario médio mensal: i, Nivel Basico: 209 — salario médio: R$ 8,599,26 Nivel Médio: 110 ~ salario médio:_ R$ 13,075,61 ili, Nivel Superior: 65 — salario médio: R$ 20.979,67 iv. Salario médio mensal do total: RS 11.207,82. Do quadro de pessoal da Codeplan, 54,43%, sao de nivel basico e apenas 16,93% sao de nivel superior, contrastando com a atual missao da Companhia. Os empregados de nivel basico sdo, em sua grande maioria, origindrios das atividades de informatica, Dos 384 (trezentos ¢ oitenta ¢ quatro) empregados pertencentes a TEP, 189 (cento ¢ citenta € nove) sao aposentados e esto em atividade. A idade média geral, atual, 6 de 56 anos e 8 meses, codonlarr ous enn oo sara rece Idade dos Servidores A250 51260 61a70 70.475 End Do total de empregados da TEP, 201 (duzentos e um) séo mulheres e 183, (cento e oitenta e trés) homens. Levando-se em conta o fator previdencidrio estabelecido até dezembro de 2018, de 85 anos para mulheres e 95 anos para homens, demonstra-se nos graficos abaixo a expectativa de aposentadoria da totalidade dos empregados: mpegs da Coden d Sex Fern porate Lenogo da otean Seno Minn pra {see tengo Coton) Tiate Toe Cotes). Em relagao aos custos com pessoal, a folha de pagamento da Codeptan perfaz o montante médio mensal de RS 7.680.457,92 (sele milhdes, seiscentos e oltenta mil € quatrocentos e cinquenta e sete reais e noventa e dois centavos), conforme disposto No quadro a seguir: Folha de Pagamento Mensal Panay tors y SEDE SS 26,704.83. 65,02% ‘CEDIDOS si2476,3643,13% REQUISITADOS: 119.277,73 155% ROS Alta Além dos empregados da Tabela de Emprego Permanente, a Companhia Possui previsao regimental de 147 (cento e quarenta e sete) cargos comissionados, 1 (um) cargo de Presidente e 4 (quatro) cargos de diretores, nos quantitativos e valores abaixo discriminados codoglan canvas ao esto en | ESTRUTURA DE CARGOS COMISSIONADOS EFUNGOES GRATIICADAS ~CODEPLAN Er ty 3a 5.17447 15.174A7 1.26454 A281 5.86746 22,727,958 295.463,79 4 G7 skermon A5s234 L5i7AS| 21186 BLEI072 1063.65.42 Eu = e2m0zss SiGe 193896 2690032 i045%871,_1359135,21| Ra Sand Cray Poca Ma a ry Ea oer rary Pe abt) Tomar wunrnaae 1748921 17,489.21 1.42243 334.693,02 9.85307 177.355,26 14.779,61 265638,77 | 3.453303,97 4 936081 37.441,64 | 332014 | Logos 1447743 | Se0r9,36 72903033 35 m0775 31037160 7595430 & 4as6867/9 608377991 50 286853779950 731668 5 2naa wears 25366 19535 4448520 370730 2 404,79 3090538 | 2.57545 858.48 11,550.08 46,283,359 | 601.762,09 447 7as9ess5 | c1sszan| s6ee405 BRLSaS) Teasley (ESSIOAaeT a | sy i2m senso mn) T aed 8540 7 toy | sae 7a 58 aa sea em zat Bos Cree) 020070 | w71M8s8 | 22m) DIAN Lakme || warransZE3 Cumpre destacar que dos 147 (cento e quarenta e sete) cargos comissionados, 58 (cinquenta e oito) séo Empregos em Comisséo (EC's) de livre Nomeacao e exoneragao, ocupados por especialistas atuantes, em sua maioria, nas atividades finalisticas da Companhia e 89 (oitenta e nove) Fungées Gralificadas (FG's), exercidas, exclusivamente, por empregados pertencentes a TEP da Companhia. rcoadoolar 4 Sobre essa questdo, propée-se, com a criagao do Instituto, a extingao dos cargos acima relacionados, combinada com a criagao dos cargos a seguir apontados: ESTRUTURA DE EMPREGOS EM COMISSIONADOS ~ CODEMLAN EM UQUIDACAO ico Bony eee Parga Sed Be A Se aa mary eat one CLT reer 5 103sis4 2085154 | AEBS BATS 400560 | AS50433) 0155590 Cece 50635 650635 S229 W8OTS 251579 S7ASBT R6a0 Posen ad i asics dose 177 a0as Saga aye 8681 RASe2Ss aDLLA7 2575995865 1185250 4620511 6O.BEAS Pareto ened bea Be Sa RUC 40374249520 320477,27 1534329 | 2.055323 | 1086692.01 S10, sa0sgi2 | 188g 2 32000779, 60.088. : ji : 3 ‘ad Cee a eae estes 3035154 | 51.757,70 2577073552 9895800 BS7374 16855106 iL souess7a7 35650635 | aarr225 SaI568 aiLeal | 4085865.31 1B aseyes st25.58 2isagea 115262,54 1498.154,27 3s 31005 | 140765,24 3557283 | 192.376A3_2500893,56 30 | 2ss77iaea10 despa iroaaeA 150579948 0 2aair4 Weare) 186812 | eT | S72R8S 5 7ekstes | SSeien 2785 | seoEee SorIarEo Hote Pe ee ESTRUTURA DOS CONSELHOS FISCAL E ADMINISTRAVO - CODEPLAN EM. LIQUIDAGAO z rm mms cy Ec eae ES a ce eens 278210 | 15-95050 279210, 46.752,60 20103120 5 13,960.50 : - 278240 1675260 201.03120 codoolan canter ces ret CUSTO TOTAL - INSTITUTO + CODEPLAN EM LIQUIDACAO Registra-se, que além do decréscimo no valor dos salarios e encargos sociais, conforme tabela acima, haverd uma economia nos beneficios de alimentaao do trabalhador e do auxilio creche, dos empregados de livre nomeagao e exoneracao, como segue: ‘Auxilio Alimentagao I Auxilio Creche Empresa Publica _| RS 1.003,89 [Empresa Publica R$ 425,37 [autarquia [RS 394,50 | Autarquia | RS 95,00 Ainda sobre o tema forga de trabalho, importa informar que a Companhia, nos exercicios de 2016/2017, implementou um Programa de Desligamento Voluntario, tendo alcangando a edesao de 105 empregados, gerando uma economia até o més de setembro de 2019 de R$ 34.344.163,13 (trinta e quatro milhées, trezentos e quarenta e quatro mil, cento e sessenta e trés reais e treze centavos). PDV 2016/2017 |ADESAO AO PDV 105 Economia com folha de pagamento 65157 560,65 Valor gasto corn ncantve 40% FSTS Svizsin as Valor gasto com incentive mensal - POV 2508048533 Desembolso 29,793,397,56 Realizada a alteracéo do modelo institucional, serd proposto um novo Programa de Demisséo Voluntaria — PDV aos empregados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN. Com 0 novo PDV se prevé uma economia de até R§ 115.180.247,19 (cento e quinze milhdes, cento e sessenta mil, duzentos e quarenta e sete reais e dezenove centavos) em até 5 (cinco) anos, a economia com Tedugdo de despesa seré progressiva a medida que o numero de adesoes aumente. ook teraeseed 0 I codoonlan i BO Emus ene Piereaerte) 2020 ANOS 21.105.096,92, 57.813.536,72 73.078.732,06 Eee eee “1.973 635,14 | -57.580.123,60 Ademais, apresenta-se a situagdo financeira da Companhia, que ¢ totalmente dependente de recursos do Tesouro, ¢ integralmente sujeita a Lei de Responsabilidade Fiscal, referente ao exercicio de 2018: CAPITAL SOCIAL Coy em FRnFRar 12.191.633,56 | 99,6560 CAURRYDANGUAICAPITALDO 41.867,95 0.3422 ‘BRASIL — NOVACAP RANCH DEBRASTINA S/A— BRB 226,09 "0.0018 rie | 12.233.727,60 | 100,00 RECEITAS 2018 eee) id VALOR (85) ‘GOVERNO'DO! DISTRITO FEDERAL ae 129.625.673,23, ae DESPESAS 2018 104488.990,03 78,97 26.552.736,59 20,63 TAVESTIMENTC 5.62011 840 sre 131.067.346,73 cododan ou 0 rans oo ase ate DEMONSTRATIVOS E ANALISE EXCLUSIVAMENTE DAS CONTAS QUE COMPOEM 0 PATRIMONIO LiQUIDO - PL, VINCULADA A DEMONSTRAGAO DE RESULTADO DE EXERCICIO DRE E A DEMONSTRAGAO DAS MUTAGOES DO PATRIMONIO LIQUIDO — DMPL, A PARTIR DO EXERCICIO FINANCEIRO DE 1995 até 2018 ILUSTRAGAO HISTORICA DO PATRIMONIO LIQUIDO - PL Composigao da conta contabil - Sado em R$ 1,00 EXE nent) =18.036.425, “49,842,451 | -42.286 947 |-24.136,110 eee eee ee) Ci eee 42.056290 21076179 11,76237 Lucro/Prejuizos Acumulados -54920875, = Peed proe) 2012 2011 Beet Gioos7=33 ||| aiaiaea | eieeas 92.253727 | 2.233.727, 42,233.727 32.790 =30.119/607 | 31.333 260 |(12,647,082) | 135,602/591 Deseo conta a eS Oriente) 281.036 $47,768 448.154 4.841.718 nee 32293.727) 42.233727 | 12233727 | 10083727 eee Tai?) 428.038 | 3040 | 571/829 ee ee 026-408 11,814,397 | 12,712.02, 17,647276 Peete ee Peony ~102.593.639 | “786254 | “4.943.722 | “4.24078 12:233.727|| 12:233,73, 12.233.727 | 12.233.727 975.224 1.538.310 Pea ence 115,802,591 -14.559.252 radedian Poteet tert Pais ekuncd PATRIMONIO LiquiDo tai Social Realizado tea Pee PATRIMONIO LiQuIDO Por todo 0 exposto, conclui-se que o Governo do Distrito federal necessita de uma instituigao de suporte técnico e institucional para formulacdo e reformulagdo de politicas puiblicas de modo a aperfeigoar os programas governamentais, disseminando informagées para o planejamento e desenvolvimento do Distrito Federal e da Regio Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entomo ~ RIDE, Para isso é necessario produzir, articular e desenvolver estudos e pesquisas aplicadas para a elaboracao de planos e programas governamentais. © ceme da questo é a instabilidade institucional a que a empresa esteve submetida ao longo dos anos. Sua missdo foi alterada sucessivamente. Os técnicos contratados em diferentes momentos respondiam a essa instabilidade institucional. A solugao apresentada se baseia em uma nova estrutura organizacional e institucional que vincula de forma mais clara a atuacéo das diferentes diretorias das éreas fim da futura autarquia, com a missao de Instituto, cria mecanismos que dificultam a sucessiva alteragao dessa misséo e é composta por um quadro de pessoal especializado © baseado em uma estrutura de carreira que prioriza o incentivo & produtividade e exceléncia. Além disso, a proposta ndo gera custos adicionais imediatos, principalmente por estar vinculada a um Programa de Desligamento Voluntério. A criagao do Instituto visa, portanto, consolidar uma instituigao de Estado, auténoma, de exceléncia ¢ referéncia em pesquisas primarias e secundarias, estudos & anélises, produgéo de informagéo e conhecimento, avaliagao de politicas publicas reconhecida pela sociedade e responsdvel por subsidiar as diversas etapas do ciclo de politicas puiblicas do Governo do Distrito Federal, Desse modo, a alteracio do modelo de gestdo ira gerar estabilidade institucional, uma vez que sera definido por Lei, como entidade da administracao indireta. codoolan casa ce navsuteiO costo eae Destaca-se que a proposigéo que cria a autarquia nao afeta outras normas, uma vez que a implementagao e organizacéo da autarquia sera objeto de regulamentacao especifica, oportunidade em que as normas contrarias seréio revogadas. ‘A medida prevé, ainda, que as atividades do Instituto serdio desempenhadas por servidores da carreira de Politicas Publicas e Gesto Governamental, ja existente no Ambito do Distrito Federal, observada a legislacSo vigente, néio havendo a necessidade da criagao de nova carreira, Ademias, cumpre destacar que a Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN entrar em processo de liquidacao quando da publicacio da referida Lei, conforme estrutura de liquidacao definida no anexo da Lei. Isso porque, n&o pode haver duas estruturas realizando a mesma atividade no mbito da Administragao Publica do Distrito Federal. ‘Os empregados da tabela de emprego permanente da CODEPLAN em liquidago, que muito tem a contribuir ao Instituto, sergio administrados por um liquidante exercerao suas atividades no IPEDF, estando a disposicao do Instituto, e, opcionalmente, poderdo exercer atividades nos demais érgios e entidades do Governo do Distrito Federal. Sendo vedada a extincéo da empresa pliblica sem que fique garantido os vinculos contratuais nos termos existentes. Assim, com a alteragéio do modelo institucional em médio e longo prazo, a ‘Companhia ird reduzir os gastos com obrigagées trabalhistas decorrentes do regime celetista, inclusive dos Empregos em Comissdo (EC's) de livre nomeago e exoneracao. Por fim, cumpre destacar que o Instituto utilizara os empregados da tabela de emprego permanente, espago fisico, mobilidrio e equipamentos utilizados atualmente pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN. Desse modo, a Proposicdo no acarretara em aumento de despesas com pessoal, com mobilidrios ou equipamentos, néo havendo necessidade de adequaco orcamentaria e financeira, ‘Ante esses breves esclarecimentos, submeto a apreciagio de Vossa Exceléncia, oportunidade em que renovo meus protestos de estima e consideracao, Brasilia, 11 de outubro de 2019, {assinado eletronicamente) JEANSLEY LIMA Presidente 2ariieo19 SSEUGDF - 30563622 - Dospacho A GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE ECONOMIA DO DISTRITO FEDERAL ] Secretaria Adjunta de Planejamento e Orcamento SS Subsecretaria de Orcamento Puiblico Despacho SEIGDF SEEC/SPLAN/SUOP Brasflia-DF, 29 de outubro de 2019 ASAORC, Em anélise ao teor da norma contida no Anteprojeto de Lei CODEPLAN/PRESI/PROJUR 29776326, informamos que a norma em si ndo tem o condo de criacdo/expansio da acao governamental que acarrete incremento de despesa, tratando apenas da modificago do regime juridico da Companhia de Planejamento do Distrito Federal. Desta forma, ratificamos a declaracioprestada através do _Declaracdo CODEPLAN/DIRAF/GAB 29777945, de que este projeto de lei no acarreta impacto orcamentario. Recomendamos a citiva do érgéo central de administracdo financeira, para ratificacdo no que tange ao aspecto financeiro. Atenciosamente, Thiago Conde Subsecretério Documento assinado eletronicamente por THIAGO ROGERIO CONDE - Matr.0187361: Subsecretério(a) de Orsamento Pablico, em 23/10/2019, as 17:43, conforme art. 68 do Decreto n° 36.756, de 16 de setembro de 2015, publicado no Diério Oficial do Distrito Federal n? 180, quinta-feira, 17 de setembro de 2015. ‘A autenticidade do documento pode ser conferida no site: http://sei.dt.gov.br/sei/controlador_externo.php? acao=documento_conferir&id_orgao_acesso_externo=0 verificador= 30563622 cédigo CRC= EAOBS7A8, “Brasilia Patriménio Cultural da Humanidade" | Anexo do Palacio do Buriti, 102 Ander, Sala 1.000 - Bairro Zona Clvico-Administrativa ~ CEP 70075-$00 - DF 3966-6151 (00121-00001937/2019-71 Doc. SeV/60F 30563622 Criado por thiago.conde, versio 2 por thiago.conde em 29/10/2019 17:43:03. Minesitent At nauhulcatinentintainenhntaranaraimenta viewaizerkaran nknemcarvara vciafrarRid daciimanin=RAQN@ARRinfen sistamant 1/1 2arvere019 SEVGOF - 29777945 - Declorago GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL reanipnlar COMPANHIA DE PLANEJAMENTO DO DISTRITO FEDERAL cofepnicn CSB RANE 00 BSTOTA FEE Diretoria Administrativa e Financeira Gabinete da Diretoria Administrativa e Financeira Declarago SEI-GDF - CODEPLAN/DIRAF/GAB DECLARACAO Declaro, nos termas do inciso Ill do artigo 12 do Decreto n® 39.680, de 21 de fevereiro de 2019, que a proposi¢io de anteprojeto de lei (doc. 29776926), constante do Proceso n& 00121-00001937/2019-71, o qual cria o Instituto de Pesquisa e Estatfstica do Distrito Federal — IPEDF, no gera impacto orcamentério-financeiro, raz3o pela qual no acarretaré aumento de despesa, conforme tabelas anexas (doc. 29778450). Atenciosamente, JULIANA DIAS CRUZ Diretora Administrativa ¢ Financeira Documento assinado eletronicamente por JULIANA DIAS GUERRA NELSON FERREIRA CRUZ - ‘Matr.0003672-2, Diretor(a) Administrativofa) e Financeiro(a), em 11/10/2019, &s 16:51, conforme art. 62 do Decreto n* 36.756, de 16 de setembro de 2015, publicado no Disrio Oficial do Distrito Federal n? 180, quinta-feira, 17 de setembro de 2015. sala | Beis Aautenticidade do documento pode ser conferida no site: http://se.dé.gov-br/sei/controlador_externo.php? acao=documento_conferir&id_orga0_acesso_externo= vverifcador= 29777945 cécigo CRC= 791AE3AA, rasa -Patriménia Cultural da Humanidade” Setor de Administraco Municipal -SAM, Bloco H - Bairro Asa Norte - CEP 70620-080 - DF 3342-1108 00121-00001937/2019-71 Doc. SEYSOF 2977945 Criado por 36722, versio 4 por 36722 em 11/10/2019 16:51:37. tosis df. gov.buseVeortrolador pypPacan=documente_viouslzerBacao_origomarvore_visuakzeréid_documento=381081596intra_sistemamt... Wt