Você está na página 1de 11

1

FACULDADE DE MAUÁ

BRENDA LOUISE DOS SANTOS


LEONARDO MATHEUS DOS SANTOS BEZERRA
REBECA MARINELLI BASSO
VINICIUS BERLATO CHRISTOFOLLI

CPC 36

MAUÁ/SP
2019
2

BRENDA LOUISE DOS SANTOS


LEONARDO MATHEUS DOS SANTOS BEZERRA
REBECA MARINELLI BASSO
VINICIUS BERLATO CHRISTOFOLLI

CPC 36

Trabalho apresentado no curso de administração


na matéria de contabilidade geral, como requisito
para obtenção de nota.
Orientador: Professor Carlos Menezes

MAUÁ/SP
2019
3

Sumário

INTRODUÇAÕ ...................................................................................................................... 4
O QUE É CPC? ..................................................................................................................... 5
CPC 36 .................................................................................................................................. 6
Empresas que são exigidas as demonstrações.................................................................. 7

Empresas que não são exigidas as demonstrações ........................................................... 7

Como elaborar as demonstrações...................................................................................... 7

Mensuração ....................................................................................................................... 7

Exemplo do balanço consolidado ...................................................................................... 8


Exemplo de demonstração consolidada ............................................................................ 8
CONCLUSÃO...................................................................................................................... 10
REFERÊNCIAS ................................................................................................................... 11
4

INTRODUÇAÕ

Diante dos novos cenários econômicos, foi criada em uma convenção, o comitê de
pronunciamentos contábeis, que tem por finalidade emitir pronunciamentos técnicos,
ele foi segregado em diversos temas e finalidades.

Nesse trabalho abordaremos o tema: comitê de pronunciamentos contábeis de


número 36, seu objetivo é exigir de entidades controladoras, seus demonstrativos
contábeis consolidados, contendo os tributos, lucros, prejuízos de suas controladas.

Quantos aos demonstrativos, será explicado o que são e como são feitos, contendo
exemplos e explicações sobre o mesmo.

Ao final apresentaremos uma conclusão sobre o assunto e as referências utilizadas


para desenvolver o tema.
5

O QUE É CPC?

CPC foi criado pela Resolução nº. 1.055, de 07 de outubro de 2.005 do Conselho Federal
de Contabilidade – CFC é um comitê de pronunciamentos contábeis e tem como função
emitir Pronunciamentos Técnicos sobre procedimentos de Contabilidade e também os
divulgar.

O CPC é composto por:

 Seis entidades, sendo que também poderão ser convidadas no futuro outras
entidades;
o Associação Brasileira das Companhias Abertas (ABRASCA);
o Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de
Capitais (APIMEC);
o Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBOVESPA);
o Conselho Federal de Contabilidade (CFC);
o Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IBRACON) e
o Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras
(FIPECAFI).
 São dois membros por entidade, contadores em sua maioria e não recebem
remuneração, totalizando 12 pessoas.
 Além dessas entidades e pessoas, podem entrar algumas outras como Banco do
Brasil, SUSEP e CVM.
6

CPC 36

A CPC 36 foi criada pelos órgãos que regem o CPC e foi aprovada em 06/11/2009,
porém foi revogada por sofrer diversas atualizações. Sua versão mais recente foi
aprovada em 07/12/2012.

Esse CPC tem como finalidade exigir que as entidades controladoras, emitam e
divulguem demonstrações consolidadas de todas as suas entidades controladas.
Também tem a função de divulgar como serão montadas essas demonstrações
consolidadas.

Mas o que são demonstrações consolidadas?

Segundo o CPC 36:

“As demonstrações contábeis de grupo econômico, em que os ativos, passivos,


patrimônio líquido, receitas, despesas e fluxos de caixa da controladora e de suas
controladas são apresentados como se fossem uma única entidade econômica”-
“CPC, site oficial, 2012”

Ou seja, elas são compostas por uma série de relatórios contábeis como:
 Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) e Demonstração do
Resultado Abrangente (DRA);
 Demonstrações das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL) e de Lucros ou
Prejuízos Acumulados;
 Demonstração dos Fluxos de Caixa do período;
 Demonstração do Valor Adicionado (DVA);
 Demonstrações Comparativas;
 Relatório dos Auditores Independentes (se houver);
 Parecer do Conselho Fiscal;
 Relatório do Comitê de Auditoria (se existirem).

A consolidação é a forma de unir as demonstrações da controladora com as


controladas, ou seja, ao pegarmos o resultado final da controladora e das
controladas, é necessário retirar o percentual da controlada pertencente a
controladora. É importante para a empresa porque ela fornece uma imagem
transparente e de integridade, fazendo com que as pessoas tenham uma confiança
naquela entidade. É importante que ela seja montada de forma clara e objetiva para
7

que quem leia entenda sobre o que está sendo falado e assim evitando
interpretações diferentes e erradas.

Empresas que são exigidas as demonstrações

 Companhias de capital aberto (S.A.);


 Entidades controladoras (holdings);
 Sociedades limitadas (Ltda.);
 Sociedades controladas em conjunto.

Empresas que não são exigidas as demonstrações

 Controladoras que também são controladas por outras empresas


 Que não tem suas dívidas e patrimônios negociados publicamente

Como elaborar as demonstrações

A entidade controladora deve montar sua demonstração a partir das políticas


contábeis, contendo todos os relatórios citados acima.
O grupo econômico (controladora e controladas) deve utilizar práticas contábeis
corretas para que não haja diferenças nos resultados, levando a fazer uma nova
apresentação das demonstrações.
A entidade deve divulgar informações acerca da natureza da relação entre a
controladora e suas controladas, bem como outras exigidas pelo Pronunciamento.
Obs.: caso a controladora perca seu poder sobre a controlada é necessário excluir
os ativos e passivos da mesma, do balanço patrimonial consolidado.

Mensuração

As entidades devem incluir as receitas e as despesas de suas controladas nas


demonstrações consolidadas desde a data em que adquire o controle até a data em
que deixa de controla-la.
8

Exemplo do balanço consolidado

Exemplo de demonstração consolidada


9

No primeiro exemplo, é apresentando um balanço explicativo consolidado. As Cias


são as companhias controladas (CIA B e C) pertencentes a uma certa controladora
(CIA A), o percentual de participação da controladora em suas controladas é de 40%
e 70%. Logo ao final do cálculo do lucro a controladora deve retirar o seu percentual
dessas empresas e soma-las ao seu resultado, ocorrendo assim a consolidação.

No segundo exemplo ocorre o mesmo, porém é apresentado a demonstração


completa, onde o percentual já retirado é somado ao valor total de ativos e passivos
da controladora, com as eliminações e o resultado consolidado.
10

CONCLUSÃO

Entendemos no decorrer dessa pesquisa, que o CPC, vem para carregar e reger
pronunciamentos técnicos, orientações e interpretações, a partir das seis entidades
que os rege.

Dentro da pesquisa do Art.36, foram explicados brevemente a função dele, de


demonstrações consolidadas, que divide o valor das controladas e depois o valor da
controladora e no fim soma e combina todos os itens, a fim de realizar uma
demonstração de todo grupo econômico, visando uma pesquisa com uma visão
completa e apresentando os resultados como um todo.
11

REFERÊNCIAS

Fonte das imagens:

https://www.linkedin.com/pulse/voc%C3%AA-sabe-como-fazer-uma-
consolida%C3%A7%C3%A3o-de-cont%C3%A1beis-pedro-campos

http://profmariojorge.com.br/exame-de-suficiencia/o-que-e-consolidacao/

Referências dos textos:

http://www.cpc.org.br/CPC/Documentos-Emitidos/Pronunciamentos/Pronunciamento?Id=67