Você está na página 1de 7

PROVA DE LINGUA PORTUGUESA- 7° ANO

Professor: Rafael Tolfo


Nome:____________________________Turma:______Data:____________Valor:4,0
Nota:______________

Marque com um X as respostas das alternativas propostas:


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21
A X X X
B X X X
C X X X
D X X X
E X X X

Leia com atenção as questões a seguir relacionando-as ao que se pede, após marcar
a questão correta passe as respostas para a grade acima.
1 - A história do livro O Menino do Dedo Verde (escrito por Maurice Druon, em 1957)
não ganhou os mesmos contornos de fama de O Pequeno Príncipe, mas merecia
estampar produtos e arrancar suspiros assim como o menino no seu planetinha.
Tistu, o principal personagem do livro, tem o dom de fazer nascer flores em tudo que
encosta. A expressão “dedo verde”, usada na jardinagem, diz respeito àquelas
pessoas com:
A) Dom para cuidar das plantas. No personagem, essa capacidade extrapolava o limite
humano: era como um super poder.
B) Dom para cuidar das pessoas. No personagem, essa capacidade extrapolava o limite
humano: era como um super poder.
C) Dom para cuidar das ruas. No personagem, essa capacidade extrapolava o limite
humano: era como um super poder.
D) Dom para cuidar das palavras. No personagem, essa capacidade extrapolava o limite
humano: era como um super poder.
E) Dom para cuidar das professoras. No personagem, essa capacidade extrapolava o
limite humano: era como um super poder.

2- O guri era tido como um esquisito. Não se encaixava em padrões e não ia bem na
escola; dormia logo que o professor começava a falar, pois achava tudo muito
maçante. Seus pais decidiram que ele deve, então:
A) sair do rumo tradicional, mas não conhecer o mundo por conta própria, com os próprios
olhos, atrás do dinheiro de seus pais viajando pela Europa.
B) sair do rumo tradicional e conhecer o mundo por conta própria, com os próprios olhos e
não só pelo o que estava escrito nos livros.
C) seguir o rumo tradicional e conhecer o mundo através de tudo que havia escrito nos
livros.
D) estudar no Colégio Franciscano Sant’Anna.
E) sair do rumo tradicional, mas não conhecer o mundo por conta própria, com os próprios
olhos, atrás do dinheiro de seus pais viajando pela América do Sul.
3- A história trata de convívio em sociedade, pincela nuances da desigualdade
social, fala muito sobre ética e cidadania. A obra ainda questiona os padrões
tradicionais de educação, que pode minar talentos. Escrita há quase 40 anos, a obra
é considerada inovadora porque foi uma das primeiras a tratar sobre:
A) Teologia
B) Biologia
C) Ecologia
D) Filosofia
E) Português

4- Maurice Druon consegue representar a felicidade através de flores e de um


pequeno menino. Tistu é um menino que não se da muito bem na escola por dormir
toda aula e seus pais têm que passar por uma grande dificuldade para tratar disso,
qual foi essa dificuldade?
A) Sua limitação em não poder mover o Dedo Verde
B) Sua falta de delicadeza com os professores
C) Sua fala que não era muito boa
D) Sua aprendizagem na escola
E) Sua falta de vontade de andar de pônei

5- Tistu mora em Mirapólvora que possui a melhor fábrica de canhões e armas para a
guerra, que pertenciam ao pai de Tistu, o Sr. Papai. Aos oito anos os pais de Tistu o
colocam na escola, mas ele é expulso no terceiro dia de aula, pois dormia durante as
aulas, sendo assim, decidem que a educação do filho será realizada em casa, sem
livros, ou coisas que lhe dessem sono. O jardineiro, Sr. Bigode, é quem descobre
sobre seu talento: o fabuloso dedo verde, que faz com que:
A) As pessoas cresçam.
B) Nasça frutas em árvores.
C) As pessoas amassem todos animais.
D) Os pôneis consigam falar.
E) floresça lindas flores em minutos.

6- Sr. Bigode passa a ser também seu conselheiro, e amigo, além de professor. Com
outros professores, Senhor Trovões e o médico, ele visita lugares como a prisão, a
favela e o hospital e em cada lugar aprende uma lição. Mas esses são lugares tristes
para Tistu, então ele usa seu talento para alegrar Mirapólvora, que logo se torna:
A) Miramudas de flores.
B) Miraplantas.
C) Mirarosas.
D) Miraárvores.
E) Miraflores.

7- Tistu teve como seu primeiro professor o Sr. Bigode, mas em segundo momento
Tistu tem um outro professor, o qual apresenta a Tistu a cadeia e a favela, quem é
esse professor (nome) e o que o menino aprende com esse ele?

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________
8- Quando Tistu conheceu a favela, ele viu pessoas muito pobres, morando em
casebres lúgubres e levando uma vida dura e miserável.
Ao voltar, ele teve a ideia de mudar o aspecto daquele lugar utilizando seu polegar
verde novamente. Na manhã do outro dia, aquele horrível lugar transformara-se em
uma área lindamente florida, ou seja, uma verdadeira paisagem de cartão postal.
As pessoas acharam aquele lugar tão belo e formoso que começaram:
A) A ter shows de cantores locais
B) Construir um estádio de futebol.
C) A pagar entrada como se ali fosse um museu.
D) Exportar jardineiros para o mundo todo.
E) A pedir ao prefeito para erguer ali uma estátua a Tistu.

9- O extraordinário poder de Tistu será usado nas mais diversas situações, na


tentativa de mostrar às crianças (mas não só a elas) o poder das coisas simples
sobre os problemas humanos. O autor nos leva a refletir:
A) A alta na inflação nos preços dos canhões.
B) Sobre violência, desigualdade social e até sobre guerra.
C) A falta de interesse da família em acompanhar as atividades de uma criança.
D) A valorização do ensino tradicional baseado em repetição e memorização.
E) A falta de companheirismo das pessoas com seus parentes.

10- Um livro lindo, que através da inocência dos olhos de uma criança, revela a
beleza de uma vida feita de bondade, apontando, assim:
A) soluções simples para grandes problemas que os adultos são incapazes de resolver.
B) soluções difíceis para pequenos problemas que os adultos são incapazes de resolver.
C) soluções simples para grandes problemas que os adultos são capazes de resolver.
D) soluções difíceis para grandes problemas que os adultos são incapazes de resolver.
E) soluções difíceis para pequenos problemas que os adultos são capazes de resolver.

11- Considere a frase “Ele andava triste porque não encontrava a companheira” – os
verbos grifados são respectivamente:
A) transitivo direto – de ligação;
B) de ligação – intransitivo;
C) de ligação – transitivo indireto;
D) transitivo direto – transitivo indireto;
E) de ligação – transitivo direto.

12- “Para todos os males, há dois remédios: o tempo e o silêncio”, os termos


grifados possuem que classificação quanto à análise sintática? Classifique-os:

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________

Tistu

“- Em que é que você está pensando, Tistu?


- Estou pensando que o mundo podia ser bem melhor do que é.”
Era uma vez um menino do dedo verde que vivia em Mirapólvora.
Verde, símbolo da natureza.
Verde, símbolo da esperança.
Tistu transformou a cidade de Mirapólvora, com seu dom de semear flores onde quer que
tocasse.
A obra de Maurice Druon é calcada em várias antíteses: guerra x paz, morte x vida, tristeza
x alegria, humanidade x angelitude.
É interessante frisar que esse menino tão especial simplesmente dormia nas aulas.
Aulas?
Jaulas.
E aprende, fazendo.
E aprende, vivendo.
Aprende a aprender.
Tistu é uma criança que protege os adultos.
Do abandono.
Do desespero.
Da rejeição.
Do desamor.
O menino do dedo verde escreve poesias no ar.
E evoca o cheiro da terra molhada.
E evoca o canto dos pássaros.
E evoca o sabor agridoce.
E evoca o aperto de mãos.
E evoca a visão do arrebol.
Capaz de encantar os alunos, capaz de lhes ensinar lições sobre o respeito à natureza, a
busca da paz e da fraternidade.
Trabalhar com esse livro na sala de aula significa abrir as portas da escola para uma
mensagem constituída de valores universais que enriquecerão o repertório moral e
intelectual dos alunos.
Como professora, eu faria com meus alunos uma maquete da cidade de Mirapólvora.
Faria dobraduras de flores com eles, como tulipas e rosas e enfeitaria a sala de aula com
elas.
Transformaria os dez dedinhos de Tistu em personagens: como se relacionaria o dedo
verde com os outros dedos? Haveria colaboração? Haveria competição?
Proporia a produção de um texto sobre a escola de Tistu, com base, igualmente, na frase
de Rubem Alves: “Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas”.
Estimularia a criação de outros personagens: como seria o menino do dedo azul, do dedo
amarelo e do dedo vermelho?
Enfim, curtiria, e muito, todas essas brincadeiras literárias, com meus alunos.
E se Tistu semeava flores, como professora, quero semear ideias!...
“O Sr. Papai se lembrou das palavras do Sr. Trovões: A gente não pode se opor às forças
da natureza. É claro que nada podemos contra essas forças, refletia Sr. Papai, mas
podemos pô-las a nosso serviço.”

Análise da professora Kate Lúcia Portela, sobre o livro: DRUON, Maurice. O


menino do dedo verde. 2. ed. Tradução de D. Marcos
Barbosa. https://www.recantodasletras.com.br/ensaios/3898087

13- De acordo com o fragmento do trecho “gente não pode se opor às forças da
natureza. É claro que nada podemos contra essas forças, refletia Sr. Papai, mas podemos
pô-las a nosso serviço”, a palavra grifada exerce a função de:
A) objeto direto;
B) sujeito;
C) objeto indireto;
D) predicativo do sujeito;
E) predicativo do objeto.

“O menino do dedo verde escreve poesias no ar.”

14- No fragmento acima há um(a):

A) adjunto adnominal;
B) adjunto adverbial;
C) objeto indireto;
D) predicativo do sujeito;
E) predicativo do objeto

15- “Era uma vez um menino do dedo verde que vivia em Mirapólvora” as palavras
grifadas, funcionam como:
A) objeto direto;
B) adjunto adverbial;
C) objeto indireto;
D) predicativo do sujeito;
E) adjunto adnominal.

“Como professora, eu faria com meus alunos uma maquete da cidade de


Mirapólvora.”
“Tistu é uma criança(...)”.
16- Pela ordem, os predicados das orações acima classificam-se como, respectivamente:
A) nominal – verbo nominal;
B) verbal – nominal;
C) verbal – verbo-nominal;
D) verbo-nominal – nominal;
E) verbo-nominal – verbal.

17- Ainda em relação à ideia anterior, numere as orações abaixo de acordo com a
tabela, atendendo à predicação dos verbos:
Intransitivo - VI
Transitivo Direto - VTD
Transitivo Indireto - VTI
Transitivo Direto e Indireto ou Bitransitivo - VTDI
De Ligação - VL
( ) “Haveria colaboração.”
( ) “O menino do dedo verde escreve poesias no ar.”
( ) “A obra de Maurice Druon é calcada em várias antíteses.”
( ) “(...)esse menino tão especial simplesmente dormia nas aulas.”
( ) “Proporia a produção de um texto.”
A) VTD – VTD – VL – VI - VI
B) VTI – VI – VL – VTDI - VL
C) VTD – VTD – VL – VI - VTD
D) VTI – VI – VL – VTDI - VTD
E) VTD – VTD – VL – VI - VTDI

Disponível em: http://3.bp.blogspot.com/_3V9Dg6--hEw/TH8Cf9bqnxI/AAAAAAAAAPc/JO7WYa8En5Q/s1600/tira.de.jpg-


07/03/18
18- Marque a opção em que todas as palavras possuem a mesma classificação
tônica da palavra ônibus:
A) paletó, avô, pajé, café, jiló
B) parabéns, vêm, hífen, saí, oásis
C) você, capilé, Paraná, lápis, régua
D) elétrico, matemática, química, física
E) caí, aí, ímã, ipê, abricó

19- Em relação ao vocábulo “você” da tirinha acima, justifique o motivo que essa
palavra leva esse acento e cite pelo menos mais 3 palavras com a mesma
classificação:

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________

Dispoonível em: https://www.facebook.com/pg/Tapejara-o-%C3%9Altimo-Guasca-141101619390399/posts/ -14/08/19

20 – Tia Arnica é uma coadjuvante de Tirinha que circula no Jornal Diário de Santa
Maria do Personagem Tapejara. De acordo com a figura acima ela questiona o
farmacêutico se o mesmo teria “REMÉDIO” para a memória, sendo assim a palavra
destacada possui acento agudo por uma regra de acentuação. Qual das alternativas
abaixo possui somente palavras classificadas pelo mesmo motivo da destacada?
A) Glória, História, Leal
B) Jesuíta, Balística, Xisto
C) Vocalísta, Ciência, Arte
D) Apoio, Céu, Tédio
E) Paciência, História, Ciência

““O Sr. Papai se lembrou das palavras do Sr. Trovões: A gente não pode se opor às forças
da natureza. É claro que nada podemos contra essas forças, refletia Sr. Papai, mas
podemos pô-las a nosso serviço.”

21 - A função sintática das palavras em destaque do fragmento acima é:


A) Adjunto Adnominal
B) Adjunto Adverbial
C) Vocativo
D) Aposto
E) Objeto Direto