Você está na página 1de 2

CRÉDITO

CREDERE: FÉ. AGENTES SUPERAVITÁRIOS E AGENTES DEFICITÁRIOS. MERCADO DE CRÉDITO.

“O CRÉDITO NÃO CRIA CAPITAIS”. “O CRÉDITO NÃO É MAIS DO QUE A PERMISSÃO PARA USAR
O CAPITAL ALHEIO” STUART MILL. TROCA DE UM BEM ATUAL POR UM BEM FUTURO.

CRÉDITO = CONFIANÇA + TEMPO (CERTEZA, SEGURANÇA E FACILIDADE NA SUA CIRCULAÇÃO)

CRÉDITO REAL (HIPOTECA OU PENHOR) vs CRÉDITO PESSOAL (AVAL OU FIANÇA).

CRÉDITO DE CONSUMO vs CRÉDITO DE PRODUÇÃO.

TÍTULO DE CRÉDITO É A MATERIALIZAÇÃO DO CRÉDITO. ART. 887, CC “DOCUMENTO


NECESSÁRIO AO EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOME NELE CONSTITUÍDO”.

CARACTERÍSTICAS DOS TÍTULOS DE CRÉDITO


CARTULARIDADE: vale pra quem tem o título.

LITERALIDADE: vale o que está escrito no título.

AUTONOMIA: INOPONÍVEL EXCEÇÕES PESSOAIS AO TERCEIRO DE BOA-FÉ (PRESUMIDA).

ABSTRAÇÃO: não depende do negócio que lhe deu origem.

INDEPENDÊNCIA: vale por si só.

NOTA PROMISSÓRIA
Compromisso escrito e solene, pelo qual alguém se obriga a pagar a outrem certa soma de
dinheiro.

Requisitos: ‘nota promissória’, promessa de pagar, nome do beneficiário, data e local de


emissão, assinatura do emitente.

CHEQUE – DEC. 57.595/1966 C/C LEI 7.357/1985.


O cheque é ordem de pagamento à vista emitida contra um banco em razão de fundos que a pessoa
(emitente) tem naquela instituição financeira.
FORMALISMO.
DÍVIDA AUTÔNOMA: independe
do negócio que lhe deu origem.
CHEQUE AO PORTADOR: até R$
100,00
CHEQUE NOMINAL:
CIRCULAÇÃO: ninguém é
obrigado a aceitar cheque.
CHEQUE CRUZADO: em branco
ou em preto.

CHEQUE ENDOSSADO: transmissão de direitos e corresponsabilidade do endossante.


Responsabilidade do Banco pela legitimidade (STJ). Coobrigação. Assinatura no verso.
AVAL: Obrigação solidária. Assinatura no anverso. Ou informar que é aval no verso. Benefício
de Ordem. Ato unilateral (não depende da vontade do avalizado). Outorga uxória.
ENDOSSO, AVAL OU FIANÇA?
PRÉ-DATADO: Dano moral (Sum. 370). Descaracterização. Nota Promissória (STJ).
CHEQUE VISADO vs CHEQUE ADMINISTRATIVO vs CHEQUE CRÉDITO EM CONTA (no cruzado).
SUSTAÇÃO DE CHEQUE: inoponível pelo sacado. Estelionato.
PRAZO DE APRESENTAÇÃO: 30 ou 60 dias. Pré-datado estende o prazo. 6 meses após prazo.
PRESCRIÇÃO: 6 meses após prazo de apresentação. Após, ação monitória. 5 anos (206, CC).

DUPLICATA – LEI 5.474/1968


Tem base na fatura duplicada (art. 219, C. Com./1850). Só pode se tiver prova da venda de
mercadorias ou serviços. Art. 172, CP.
Requisitos: art. 2º, §1º Lei 5.474/1968. Padrão Res. CMN 102/68.
Título causal de aceite obrigatório.
À vista ou com dia certo. Emitido pelo credor.

PROTESTO: ato oficial pelo qual se prova a não realização da promessa contida na letra.
OBRIGATÓRIO ou FACULTATIVO.

CCR / CCI / CCC E CCE


Emitida pelo produtor para a instituição financeira que o financia. Pode juros compostos.
Vende título no mercado.

CCB
Emitida por qualquer pessoa. Vinculada a qualquer operação.

CD, WARRANT, CDA E WA


Conhecimento de depósito + warrant.

CDI / CDA / CDCA

LCI / LCA

LETRAS DE ARRENDAMENTO MERCANTIL