Você está na página 1de 5

Uma Escola faz-se com

Todos!

Regimento
EMAEI
Equipa Multidisciplinar de Apoio à
Educação Inclusiva
Índice d) Um psicólogo, representante do
Página Serviço de Psicologia e Orientação
Artigo 1.º - Definição …………….…………………….…… 2 (SPO).
Artigo 2.º -Constituição da EMAEI… ……………..…. 2
Artigo 3.º - Competências da EMAEI………………... 2 2. São elementos variáveis da EMAEI:
Artigo 4.º - Âmbito de Ação ….…………………….….. 3 a) Um docente de Educação Especial;
b) O diretor de turma;
Artigo 5.º Funcionamento da EMAEI…..……..……. 3
c) Outros docentes do aluno;
Artigo 6.º Processo de Identificação da
d) Encarregado de Educação do aluno
necessidade de Medidas………………………………….. 3 identificado;
Artigo 7.º - Coordenação da EMAEI………………….. 4 e) Outros técnicos que intervêm com o
Artigo 8.º - Convocatórias ……………………….………. 4 aluno, caso existam.

Artigo 9.º - Registos ……………………………..…………. 4


Artigo 10.º - Deliberações ……………………………..… 4 Artigo 3.º
Competências da EMAEI
Artigo 11.º - Disposições finais …………………..……. 4
Legislação de Referência ………………………….…….. 5 a) Sensibilizar a comunidade educativa
para a educação inclusiva;
b) Propor as medidas de suporte à
Artigo 1.º aprendizagem, a mobilizar, em cada
Definição
caso identificado;
A Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação c) Acompanhar e monitorizar a aplicação
Inclusiva (EMAEI) constitui-se como um dos das medidas de suporte à
recursos organizacionais específicos de apoio aprendizagem;
à aprendizagem e à inclusão, tendo em vista d) Prestar aconselhamento aos docentes
uma leitura alargada, integrada e participada na implementação de práticas
de todos os intervenientes no processo pedagógicas inclusivas;
educativo. e) Elaborar o Relatório Técnico-
Pedagógico (RTP), previsto no artigo
Artigo 2.º 21º e, se aplicável, o Programa
Constituição da EMAEI Educativo Individual (PEI) e Plano
Individual de Transição (PIT) previstos,
1.São elementos permanentes da EMAEI:
respetivamente, nos artigos 24º e 25º;
a) Um dos docentes que coadjuva o
f) Acompanhar o funcionamento do
Diretor;
Centro de Apoio à Aprendizagem
b) Um docente de educação especial;
(CAA);
c) Três elementos do conselho
g) Criação de formulários de escola, no
pedagógico com funções de
âmbito da Educação Inclusiva;
coordenação pedagógica de
h) Solicitar, sempre que considerar
diferentes níveis de educação e
necessário, mais informações ou
ensino;
documentos junto do responsável pela
identificação;

Regimento – EMAEI Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho


2
i) Analisar a informação processual, minutos mais tarde com a presença de
recolhida pelos elementos variáveis, 50% dos seus elementos.
com vista à proposta conjunta das 5. Poderão decorrer reuniões informais de
medidas de suporte à aprendizagem a trabalho, entre os elementos, no âmbito
mobilizar, e monitorização da da avaliação e elaboração de propostas de
aplicação das mesmas; intervenção, com periodicidade e local a
j) Definir grupos de trabalho, atendendo determinar pelos próprios, conforme as
à especificidade das várias situações; necessidades emergentes.
k) Para a avaliação especializada, a
Equipa nomeará um docente de Artigo 6.º
educação especial e (o)s técnico(s) a Processo de Identificação da
envolver no processo; Necessidade de Medidas
l) Proceder ao registo de todos os 1. O processo de identificação da
processos identificados e analisados, necessidade de medidas, através do
criando uma base de dados geral com encaminhamento para a EMAEI,
os processos individuais, onde deverá obedece a critérios previamente
constar a informação recolhida e a definidos:
intervenção subsequente. a. Apresentação de formulário de
identificação, por iniciativa dos
Artigo 4.º pais ou EE, dos docentes ou de
Âmbito de Ação outros técnicos ou serviços que
intervêm com o(a) aluno(a).
Os alunos que frequentam a Escola b. O formulário de identificação
Secundária de Vila Verde (ESVV). deverá ser devidamente
preenchido, explicitando de
Artigo 5.º
Funcionamento da EMAEI forma fundamentada as
barreiras existentes e as razões
1. A EMAEI funciona na ESVV, na sala de que levam à necessidade de
projetos. medidas de suporte à
2. Os elementos da EMAEI dispõem de aprendizagem e à inclusão,
autonomia técnica e científica, inerente à acompanhadas de toda a
especificidade de cada uma das respetivas documentação considerada
áreas de especialidade. relevante.
3. As reuniões conjuntas formais da EMAEI c. O encarregado de educação
decorrerão na escola, na presença dos deverá autorizar a avaliação e a
membros permanentes e/ou membros intervenção.
variáveis, dependendo da ordem de 2. Para a avaliação especializada, a
trabalhos. coordenadora da equipa nomeará um
4. As reuniões conjuntas formais têm início à docente de educação especial e o(s)
hora marcada com a presença da técnico(s), docente(s) e/ou outros
totalidade dos seus membros ou quinze elementos a envolver no processo;

Regimento – EMAEI Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho


3
Artigo 7.º Artigo 8.º
Coordenação da EMAEI Reuniões

1. O coordenador é designado pelo 1. As reuniões formais conjuntas realizar-


Diretor, ouvidos os elementos se-ão às quintas-feiras das 15:20 horas às
permanentes da EMAEI; 16:50 horas.
2. Compete ao coordenador:
a. Identificar os elementos 2. Para as reuniões extraordinárias, caso
variáveis referidos no nº. 2 do haja necessidade, serão convocados com
artigo 2º, conforme cada caso a antecedência de 48 horas, os membros
identificado; (permanentes, e variáveis, se se aplicar)
b. Convocar os membros da da EMAEI, devendo incidir
EMAEI para as reuniões preferencialmente para o mesmo dia da
conjuntas formais; semana e horário da equipa, devendo
c. Dirigir os trabalhos; nela constar sempre a respetiva ordem
d. Adotar os procedimentos de trabalhos.
necessários de modo a garantir
a participação dos pais ou Artigo 9.º
Registos
encarregados de educação nos
termos do artigo 4º do 1. De tudo o que ocorrer nas reuniões
Decreto-Lei nº54/2018, de 6 de formais conjuntas da EMAEI será feito
julho, consensualizando um registo em modelo definido pela
respostas para as questões que escola para o efeito, que deverá
se coloquem; constar do dossier da Coordenação.
e. Tomar e dar conhecimento aos
demais elementos da EMAEI de Artigo 10.º
toda a documentação, Deliberações
legislação e correspondência
As deliberações são tomadas por consenso.
destinada à equipa;
Na ausência deste, as deliberações serão
f. Promover a eficaz articulação
tomadas por maioria absoluta.
dos/entre os serviços e
profissionais;
g. Representar a EMAEI em Artigo 11.º
reuniões para as quais seja Disposições finais
solicitado;
h. Exercer as demais 1. As dúvidas suscitadas na interpretação do
competências que lhe sejam presente regimento são apresentadas ao
atribuídas pelo Regulamento Coordenador que tomará as providências
Interno ou pela lei geral. que considerar adequadas.
2. O presente regimento poderá ser revisto,
mediante proposta do Diretor, do

Regimento – EMAEI Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho


4
Coordenador, ou de um terço dos
membros da EMAEI.
3. As alterações ao presente regimento
carecem da aprovação, por maioria
absoluta, dos membros da EMAEI.
4. Em tudo o que fica omisso a este
regimento, aplica-se a lei vigente.

Legislação de Referência

Decreto Lei n.º 55/2018 de 6 de julho.


Decreto Lei n.º 54/2018 de 6 de julho.

Regimento – EMAEI Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho


5