Você está na página 1de 3

EBD – O REINADO DE DAVI – 01 DE DEZEMBRO DE 2019

1) Soberania de Deus. Veja que Deus não ficou satisfeito com o desejo do
povo de ter um rei sobre eles, igual as outras nações. Mesmo Samuel
tentando dissuadir o povo, Deus disse que o povo O estava rejeitando e
que era para deixar ter um rei, 1 Sm. 8.7. Porém, em seguida Deus
escolhe quem será o rei, no caso, Saul, que no final o povo seria
abençoado, 1 Sm. 9.16.. Aqui aprendemos que existe a vontade
diretiva e vontade permissiva de Deus. Aqui é o perigo. Mesmo o
povo tendo um desejo que não agradara Deus, Ele por misericórdia
acabou contornando a situação no princípio. Depois, sabemos do
final da triste história de Saul.

 Algo semelhante aconteceu com o Moisés, onde insistiu a presença


de Deus para acompanhar o povo no deserto. Deus tinha dito que faria
de Moisés uma grande nação, porém esse se recusou e queria
acompanhar o povo. Mais tarde, o próprio Moises se irritou com o povo
e acabou não entrando na terra prometida.

 O livro nos traz um ignota. Veja que em 1 Sm. 13.13. Se Saul


obedecesse o seu reino teria sido confirmado para sempre. É evidente
que isso não ocorreu por causa da desobediência dele. Porém,
séculos atrás já estava escrito, nos dias do patriarca Jacó em Gn.
49.10, que o cetro não se arredará de Judá, ou seja, a tribo
governante sobre o povo de Israel seria a tribo de Judá, a qual
pertencia Davi e nosso Senhor Jesus Cristo. A tribo de Saul é de
Benjamim.

 Veja que havia uma predestinação, ao menos ao princípio. Samuel


poderia ter dito: isso aconteceu porque era previsto. Pelo contrário, ele
repreendeu severamente Saul e esse foi julgado por Deus

 O reinado de Davi é uma espécie de reinado do Messias,


cumprindo-se a profecia de Gn. 49.10 e Mq. 5.2.

2) Qualidades de DAVI

 Judeu da tribo de Judá


 Considerado o homem segundo o coração de Deus, 1 Sm.14
 Trabalhador, pois tinha o ofício de apascentar ovelhas
 De boa aparência, 1 Sm.16.12
 De boa presença, 1 Sm. 16.12
 Tocava instrumento, 1 Sm. 16.18
 Animoso, 1 Sm. 16.18
 Homem de guerra, 1 Sm. 16.18
 Sisudo (prudente, sensato), 1 Sm. 16.18
 Gentil, 1 Sm.16.18
 Tinha a presença de Deus, 1 Sm.16.18

Onde que mostra que Deus colocou ele no trono e depois o capacitou???

3) A escolha de Davi, também era um cumprimento da Lei, Dt.17.15, pois


dessa vez era o Senhor Deus quem estava escolhendo.

4) O ofício que Davi exercia contribuiu muito para exercer o reinado.


Lembramos que ele era pastor de ovelha, ou seja, desenvolveu a
habilidade do cuidado, proteção, provedor lutador, etc. Isso nos mostra e
patente que nossa profissão, trabalho é essencial para exercermos a obra
de Deus. Ex. Pedro, de pescador se tornou pescador de homens.

5) Davi fez aliança, 1 Cr.11.3. A importância de contar com as pessoas para


exercer o ministério.

“Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há


segurança”. Provérbios 11:14

“Quando não há conselhos os planos se dispersam, mas havendo muitos


conselheiros eles se firmam”. Provérbios 15:22.

“Cada pensamento se confirma com conselho e com bons conselhos se faz a


guerra”.Provérbios 20:18

“Com conselhos prudentes tu farás a guerra; e há vitória na multidão dos


conselheiros”. Provérbios 24:6

Vamos lembrar que temos a bíblia e oração como instrumentos para guiar as
nossas vidas. Porém é sempre bom ouvirmos conselhos de pessoas
sábias e entendidas, com experiência. Atenção: saiba pedir conselho para
quem vive e tem experiência no assunto que você precisa. Ex. Conselho
espiritual, financeiro, advogado, nutricionista, conjugal.

“Um homem isolado, que ore, já tem alguma ajuda; mas o homem que tenha um
bom amigo para lhe dar conselhos ainda está em melhor situação. Mas o homem
bom, que tem muitos conselheiros, é o que se acha na melhor posição possível,
quando precisa tomar certas decisões importantes”. Champlin

6) Reformas que Davi fez

 Edificação de Jerusalém

 Religiosa – Trazer a arca da aliança para Jerusalém (ato de Davi) e


construir o templo lá (ato de Salomão), contribuiu significadamente
para o monopólio e centralização da adoração em um local,
Jerusalém. Esse ato demonstrou o interesse de Davi pela saúde
espiritual do seu povo.

Davi teve a geniosa ideia de construir um templo. Algo não previsível,


2 Sm. 6.1-15.

 Aliança Davídica – 2 sm.7.13 e 16.

7) Orgnização política

 Joabe – chefe do exército


 Zadoque e Aimeleque – líderes religiosos
 Escrivão

A importância da administração.