Você está na página 1de 4

11.

EPI - Equipamentos de Proteção Individual

Quando as medidas adotadas para a segurança não neutralizam os riscos na fonte geradora, ou
na trajetória do risco, o importante é proteger o trabalhador por meio do uso de Equipamentos de
Proteção Individual (EPI).

“10.2.9.1 Nos trabalhos em instalações elétricas, quando as medidas de proteção coletiva forem
tecnicamente inviáveis ou insuficientes para controlar os riscos, devem ser adotados
equipamentos de proteção individual específicos e adequados às atividades desenvolvidas, em
atendimento ao disposto na NR 6.” (NR 10).

Conforme a NR 06, os EPI´s devem ser fornecidos gratuitamente aos trabalhadores, que deverão
passar por treinamentos para saberem a forma de usar, higienizar e armazenar adequadamente os
materiais que irão receber.

Todos os EPI´s devem possuir o Certificado de Aprovação (CA), atualmente sob


responsabilidade do INMETRO, e devem ser entregues aos trabalhadores:
 Considerando a adaptação ao item, para diminuir o desconforto natural ao uso;
 Atendendo as especificidades de cada atividade profissional;
 Respeitando o nível de gradação dos riscos.

11.1. Vestimenta
Já foi ilustrado no item 9.7 sobre arcos elétricos, o uniforme anti-chamas, como vestimenta para
quem trabalha com energia elétrica de alta tensão. Há diversos modelos dependendo do nível de
proteção a que se destina.
11.2. Capacete ou protetor facial
O capacete com aba total tem a função de proteger a cabeça do trabalhador contra lesões por
queda de objetos, ou por batidas em postes, mourões, veículos, etc. Também ajuda a isolar contra
choques de até 30.000 Volts. Deve ser bem instalada com a carneira ajustada na cabeça e a jugular, no
pescoço. Dependendo da atividade do trabalhador, é necessário o uso do protetor facial.

11.3. Luvas isolantes

Seu papel é proteger as mãos do trabalhador contra os choques elétricos, via contato com
instalações ou partes energizadas tanto em baixa quanto alta tensão. Para vários níveis de isolamento e
em vários tamanhos, indica-se colocá-las com o auxílio de talco.

11.4. Luvas de vaqueta

Para serem usadas sobrepostas às luvas isolantes, protege as mãos do trabalhador contra
cortes, perfurações, abrasões e atritos.
11.5. Óculos de proteção

Utilizados para proteger a visão do trabalhador contra lesões ocasionadas por projeção de corpos
estranhos ou pela exposição de radiações nocivas. Podem ser de lentes incolores ou coloridas, são
indicadas conforme as especificidades da atividade do trabalhador.

11.6. Calçados de segurança

Protegem os pés do trabalhador contra acidentes causados por cortes, perfurações,


instabilidades de terreno, queda, escorregão, e ainda choques elétricos. São confeccionados de couro,
com palmilha também de couro e solado de borracha ou poliuretano, isentos de qualquer componente
metálico.

11.7. Creme protetor solar

O creme protetor solar protege mecanicamente o trabalhador contra a radiação elétrica e solar,
pois seus componentes impedem a passagem dos raios solar ou elétrico para a pele.
11.8. Cinturão de segurança tipo pára-quedista

Uso obrigatório para trabalhos em altura, o cinturão de segurança protege o trabalhador contra
quedas ocasionadas pelo desnível. Deve ser usado em conjunto com o talabarte, trava-quedas e demais
acessórios.

79

Você também pode gostar