Você está na página 1de 4

O Discípulo e a Corsa

Salmos 42:1-2
1 - ASSIM como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a
minha alma por ti, ó Deus!
O cervo, ou a corsa são pequenos animais que vivem em quase toda Europa,
se expandindo para o oriente entre Rússia, Ásia Menor, Irã, Iraque, Síria e
algumas outras regiões. Elas são da mesma família do nosso veado
campestre.
Suas principais características são:
1) Olfato: Ela tem um olfato muito apurado, consegue sentir o cheiro de
águas a quilômetros de distância e é capaz ainda de descobrir lençóis
freáticos metros abaixo da superfície.
2) Só bebe água limpa: A corça não bebe qualquer água, ela só bebe
água limpa, por isso não se importa de caminhar quilômetros para ir
as fontes de águas, onde são limpas e cristalinas.
3) Necessita de água para beber e se banhar: Sem água o corpo da corça
fica enfermo, sua pele racha e passa a produzir um odor específico,
tornando-se facilmente encontrada pelos seus predadores. A Corça
sabe que somente as águas podem curá-la. Quando entra na água
sua pele é curada, o odor “da sede” some e seus predadores inimigos
não a encontram mais.
4) Velocidade: A corça atinge grandes velocidades quando sente o
cheiro das águas mesmo a quilômetros de distância em rumo a sua
busca por saciar sua sede e curar suas feridas.

Somos muito parecidos com a corça, por isso o salmista se compara a ela.
Nos versículo 2 e 3 o salmista diz: 2 A minha alma tem sede de Deus, do
Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus? 3 As
minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me
dizem constantemente: Onde está o teu Deus?
Novamente no V10 ele vai dizer: Com ferida mortal em meus ossos me
afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu
Deus?
Para o Salmista isso era um dos mais dolorosos insultos

Como tem sido sua busca pelo Senhor? Qual o tamanho da sua sede? Você
é capaz de saber onde a presença do Senhor estar e ir a o encontro dela?
Ou se satisfaz com pouca ou qualquer coisa? Reflitam nestas perguntas que
depois falaremos sobre elas...

Alguns detalhes importantes sobre o texto: O Salmos 43 provavelmente é


a continuação do 42. Tudo faz menção em ser um salmo de Davi, que fez
esta oração ao Senhor, escreveu e entrou aos filhos de Coré para
transformar em canção.
Nos versículos 4 e 5 ele diz: 4 Quando me lembro disto, dentro de mim
derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à
casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava. 5
Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim?
Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.
A saudade de Davi por estar na presença de Deus era imensa, ele tinha
esperança de outra vez adorar e louvar ao Senhor no templo como já havia
feito, sua alma se torna abatida por estar longe do lugar onde presença do
Senhor se manifestava, que por algum motivo precisou se afastar da sua
terra e se viu distante, em meio a outras culturas e estas pessoas
mostravam “seus deuses esculpidos” para ele o questionando “onde está o
teu Deus?” o nosso está aqui: e mostravam suas imagens.
É o grito de um homem que está longe das ordenanças exteriores e culto
de Deus, suspirando pela antiga casa, já há muito estimada, de seu Deus, e
ao mesmo tempo é a voz do crente espiritual, sob depressão, desejando
ardentemente a renovação da presença divina, lutando com suas dúvidas e
temores, contudo, ainda se mantendo em pé pela fé no Deus vivo. A grande
maioria da família do Senhor já velejou no mar que aqui é tão graficamente
descrito. É provável que a fuga de Absalão que Davi fez possa ter sido
quando ele compôs este salmo.
Mais uma vez eu pergunto: Como tem sido sua busca pelo Senhor? Qual o
tamanho da sua sede? Você é capaz de saber onde a presença do Senhor
estar e ir a o encontro dela? Ou se satisfaz com pouca ou qualquer coisa?

A corsa anseia por águas – O Senhor é o Rio de Águas Vivas – Em João 4,


Jesus se apresenta a mulher samaritana como “A Fonte de Águas Vivas” –
Ele está aqui hoje, Ele quer que você seja saciado pela sua presença
Você consegue sentir o “Cheiro das Águas”? Como está seu olfato espiritual
esta noite? Comece a sentir o “cheiro da presença de Deus aqui” Ele está
aqui neste lugar.
Seus inimigos podem ter perseguido você, mas os Rios de águas vivas do
Senhor estão neste lugar, assim como a corsa que quando se banha nas
águas são curadas, o Senhor quer curar você está noite, curar seu coração
de sentimentos que lhe feriram.
Quando a corsa mergulha nas águas, ela deixa de transmitir o “odor” que
atrai sua presa. O Senhor te convida a se lavar nas águas do Espirito, os
pecados exalavam do seu corpo atraindo mais e mais abismos para sua vida,
mas o Senhor te convida a se lavar nas águas do Espírito, curar suas feridas
e te saciar.

Corra, com todas as suas forças esta noite, sinta o cheiro das águas, sinta a
presença do Senhor neste lugar, venha Beber das Fontes de águas vivas e
se saciar no Senhor, venha ser lavado pelo Espírito Santo e ter seus pecados
perdoados, venha se banhar e ter suas feridas curadas....

O Salmista ainda diz no V. 5 e repete no V 11 : Por que estás abatida, ó


minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois
ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.

O Senhor é a sua salvação, Ele está aqui, ele te chama não para um
tempinho no rio, mas para Viver Nos Rios de Águas Vivas.
Apelo:
Se você tem sede pelo Senhor saia do seu lugar e venha a frente para saciar
sua sede
Se você está vivendo uma vida longe da presença do Senhor e o pecado
exala em seu corpo atraindo outros abismos, corra esta noite para os braços
do Senhor, venha aqui a frente para se lavar no Senhor.
Se você foi ferido, machucado, está sofrendo, as águas Vivas vão te curar...
venha a frente para receber a cura

“quem tem sede, venha; e quem quiser, receba de graça a água da vida.”
(Apocalipse 22:17)